Home Aviação Militar Bombardeiros B-52 sobrevoam países da OTAN em demonstração de força para Putin...

Bombardeiros B-52 sobrevoam países da OTAN em demonstração de força para Putin e Bielo-Rússia

4507
123

Bombardeiros B-52 da Força Aérea dos EUA voaram em formação cerrada sobre todos os 30 países da OTAN no dia 28 de agosto para marcar o compromisso dos EUA com a Aliança Atlântica e provavelmente como um aviso aos líderes da linha dura como Vladimir Putin da Rússia e Alexander Lukashenko da Bielorrúsia.

Oficiais da USAF disseram que seis dos veneráveis ​​bombardeiros B-52 Stratofortress estão participando da missão de um dia chamada Allied Sky.

Um par de bombardeiros designados para a 5ª Bomb Wing na Base Aérea de Minot, ND, sobrevoará o Canadá e os Estados Unidos, enquanto quatro B-52s de uma Base da Força Aérea Real em Fairford, no Reino Unido, voarão na parte europeia da missão.

Os bombardeiros se conectarão com as forças aéreas de vários membros da OTAN durante o dia, que fornecerão escolta de caça e reabastecimento aéreo.

“Os compromissos de segurança dos EUA com a aliança da OTAN permanecem fortes”, disse o General da Força Aérea Tod Wolters, Comandante Supremo Aliado da OTAN. “A missão da força-tarefa de bombardeiros de hoje é outro exemplo de como a Aliança mantém a prontidão, melhora a interoperabilidade e demonstra nossa capacidade de cumprir os compromissos do outro lado do Atlântico.”

Estados membros da OTAN, da Bélgica ao Reino Unido, estão participando da simulação de bombardeiro.

“Ao aprimorar ainda mais nossos relacionamentos duradouros, enviamos uma mensagem clara aos adversários em potencial sobre nossa prontidão para enfrentar qualquer desafio global”, disse o general Wolters.

Subscribe
Notify of
guest
123 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings
Antoniokings
3 meses atrás

Posso imaginar as caras de preocupação de Putin e Jinping.
Às vezes, acho que os EUA vivem em uma realidade paralela.
Estão alheios ao que está acontecendo ao seu redor.
Parece Hitler em seu bunker nos dias finais da Guerra..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Valeu HMS Tireless!

Silas
Silas
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Receeeeeba…. falou groselha, ouviu kisuco!!!! kkkkk….sábias palavras, Observador!!!

Fernando
Fernando
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Exatamente. Enquanto a Rússia puder riscar qualquer país do mapa, não terá que se preocupar com nenhum aventureiro que possa assumir a Casa Branca. No mais esses exercícios já estavam programados a muito tempo e fazem parte da rotina da OTAN.

Last edited 3 meses atrás by Fernando
Diogo Luiz Bizatto
Diogo Luiz Bizatto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Flawless Victory! Observador Wins! Fatality!

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Então, não vejo nada demais em um bombardeiro estratégico de longo alcance sobrevoar o espaço aéreo de países aliados.
Aliás isso era para ser rotina ate, como era na epoca da guerra fria.

Maicon
Maicon
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
3 meses atrás

Eu não enxergo bem, mas nos primeiros cabides subalares do Buff haviam bombas…

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
3 meses atrás

A cara do Putin de preocupado… SQN!

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
3 meses atrás

30 países para tentar conter a “falida” Rússia? Achei que o EUA sozinho era capaz… SQN!

Last edited 3 meses atrás by Sincero Brasileiro da Silva
Jonny BR
Jonny BR
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
3 meses atrás

A Russia tem sim as suas dificuldades econômicas, mas ali aventureiro nenhum tenta a sorte, isso se chama respeito.

André Amorim Mondelo
André Amorim Mondelo
Reply to  Jonny BR
3 meses atrás

Teve um no seculo passado que tentou e acabou se lascando.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
3 meses atrás

“SQN”… A nova bandeira do socialismo é rosa

Mgtow
Mgtow
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
2 meses atrás

Formiga sabe a folha que rói meu caro Sincero…huehuehue

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
3 meses atrás

É nessas horas que vemos que o Tio Sam sozinho não são de nada. Precisam de patota pois não se garantem.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Frequentemente leio aqui que a rússia. irã e china são aliados e atuariam juntos contra os eua…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Acredite.
É verdade.

https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/12/26/interna_internacional,1110564/china-russia-e-ira-farao-exercicios-navais-conjuntos.shtml

E novos estão sendo programados.
Em tempo:
A Índia anunciou que não participará de exercícios militares com a Rússia enquanto a China estiver participando.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

KIng, Saudações tricolores o único!!! Claro que acredito e tem mais 3 que se juntariam, coréia do norte, venezuela e cuba… Apenas quis ressaltar que todos andam de patota…. Faz parte…. Abraços

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Saldanha

Acredito que muitas coisas importantes estão ocorrendo e outras ocorrerão.
De qualquer maneira, serão tempos interessantes para podermos acompanhar.
SDS tricolores.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

E?????………Qual a novidade?????

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

O Irã só tem que tomar cuidado para não afundar as maquetes antes de chegar ao campo de batalha

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

A Rússia derrotou, simplesmente, as duas maiores máquinas de guerra até então, até ela mesmo de tornar a maior de todas.
Refiro-,me aos exércitos de Napoleão e Hitler.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

O erro destas 2 máquinas de guerra, foi abrir várias frentes de batalha….Se fosse no x1 já ia ser complicado, imagina tendo 2,3 frentes… abraços

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Prezado Saldanha

Na Operação Barbarossa. a Alemanha utilizou cerca de 4 milhões de soldados, o que representava cerca de 80% de suas forças terrestres à época.
Ademais, à época da invasão da Rússia, a Alemanha tinha como outras frentes importantes apenas um pequeno Exército de ocupação na França e o Afrika Korps que era um corpo de Exército.
Certamente, a magnitude das batalhas ocorridas na União Soviética não tiveram precedentes e provavelmente nunca ocorrerão novamente. .

Andre
Andre
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Em 5 de junho de 1944 a Alemanha ainda controlava os países bálticos, praticamente toda a Ucrânia, a bielo-russia e ocupava um grande pedaço da Rússia, inclusive leningrado permanecia sob cerco.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andre
3 meses atrás

E menos de um ano depois, o rolo compressor soviético, com cerca de 11 milhões soldados, estava ocupando Berlim.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

As pessoas continuam confundindo o Land e Lease. As sovieticos não precisavam de tanks, aviões ou artilharias como é muito falado ou alegado. os EUA deu para os sovieticos oque eles mais precisavam e que pouco é valorizado: capacidade logística. Os EUA enviou para a URSS trilhos ferreos o suficiente para construir uma nova ferrovia transiberiana, alem de enormes quantidades de veiculos de transporte e locomotivas. tente estimar a importancia logistica disso. acha que os soviéticos teriam chegado chegado em Berlim tão rápido sem logística? Por Deus, a Royal Navy chegou até a emprestar o Battleship HMS Royal Sovereign para… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

As pessoas continuam confundindo o Land e Lease”

Só você lê-lo que não terá confusão alguma

André Amorim Mondelo
André Amorim Mondelo
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Victor Filipe, e inegável que a ajuda material americana ajudou muito os soviéticos, mas essa ajuda somente começou a ser sentida em 1943. Antes disso O exercito vermelho teve que enfrentar praticamente sozinho a Wehrmacht. Em 1941 e 14942 mais de 80% das divisões alemãs estavam concentradas na frente Oriental, poucas divisões (apenas 2) estavam alocadas no Afrika Corps e o restante das forças eram forças praticamente em nível de treinamento alocadas na “Muralha do Atlantico” não sendo adequadas operações ofensivas. Hitler praticamente perdeu a guerra em 1942 ao não alcançar os campos petrolíferos do Cáucaso. Antes da ajuda americana… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  André Amorim Mondelo
3 meses atrás

O pouco que foi enviado em 1942 fez uma diferença tremenda na combalida economia de guerra soviética já que boa parte do seu parque fabril estavam ‘em trânsito’ para além dos Urais no final de 1941 e simplesmente ainda não estavam operando à níveis razoáveis, bem como toda a questão alimentar que a política de terra devastada arrasou. Se houve um momento em que o Lend Lease foi importante para a sobrevivência Soviética, esse ano foi 1942, inclusive com equipamentos militares.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Não tô com saco nem paciência pra te ensinar história da 2a GM, mas procure e descobrirá as quantidades gigantescas de veículos, aviões, etc, etc, etc que os EUA e outros países forneceram para os cossacos na luta contra Hitler………e desde quando a Rússia é a maior de todas? Em que? Só se for em território e em consumo de vodka………

Brummbär
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Em 1939, os soviéticos produziram 29 milhões de toneladas de petróleo, em comparação com o Land Lease receberam apenas 2.599.000 toneladas de petróleo.
Por meio do Land Lease, eles receberam 9600 peças de artilharia, 18,7 mil aviões e 10 mil tanques. Em comparação, ao mesmo tempo, os soviéticos produziram 489900 peças de artilharia, 136800 aviões e 102500 tanques…

Andre
Andre
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

Não se esqueça que grande parte deste petróleo produzodo pelos socialista soviéticos em 1939, 1940 e 1941 teve como destino seus aliados socialistas na Alemanha e foi fundamental para os esforços alemães na Polônia, na França, na Grécia, no Noruega e no norte da África.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Andre
3 meses atrás

Só uma correção. A Alemanha não era socialista.

Cristiano GR
Cristiano GR
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

O termo nazista vem de nacional socialista. Podia não ser de esquerda, mas se chamava de socialista.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Cristiano GR
3 meses atrás

Então Cristiano, isso está totalmente errado. E não sou eu quem diz isso. É o próprio Hitler, tanto em seu livro quanto quanto em entrevistas posteriores em que repórteres da época perguntaram justamente isso à ele.

Como por exemplo:

https://www.theguardian.com/theguardian/2007/sep/17/greatinterviews1

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Andre
3 meses atrás

Aliados socialistas na Alemanha? Você está bem? Nazismo é extrema direita amigo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Peter Nine Nine
3 meses atrás

ha ha ha

Brummbär
Reply to  Andre
3 meses atrás

Andre
A operação Barbarossa tinha com um de seus objetivos atingir os campos de petróleo do Cáucaso em apenas 4 mêses, e sabe o porque?
Por que os alemães só tinham combustível suficiente para manter grandes ofensivas por apenas 4 mêses.

Andre
Andre
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

Pois é, eles estavam atacando seus aliados e principais fornecedores de combustível…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

E quanto to lend lease fez com que os soviéticos tivessem logística? Quantos caminhões foram enviados? Quantas locomotivas foram enviadas? Quanto de comida foi enviada?

Sem o lend lease pode até ser que os soviéticos conseguissem sobreviver, mas teria sido MUITO mais difícil.

Flanker
Flanker
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

De quais fontes vc tirou esses números de produção soviéticos??

Brummbär
Reply to  Flanker
3 meses atrás
Cristiano GR
Cristiano GR
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

Fonte?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Cristiano GR
3 meses atrás

A documentação é totalmente livre hoje em dia. Só vocêr ler lá e não se basear no que os russos falam.

Até hoje n entendi o pq os russos tem problemas em aceitar que receberam esta ajuda.

Brummbär
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
3 meses atrás
Brummbär
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
3 meses atrás

Os russos não tem problema nenhum em reconhecer a ajuda do Land Lease(https://youtu.be/8wCG0nYeBYQ), eles tem problema em lidar com essa mentira de que o Land Lease os salvou

Brummbär
Reply to  Cristiano GR
3 meses atrás
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

O que é bem estranho, considerando que tem autor Russo que chegou à afirmar que sem o Lend Lease, a economia soviética teria entrado em colapso.

Um pouco mais de bom senso é necessário na hora de analisar esse tipo de coisa. O Lend Lease foi extremamente importante sim, e quem nega isso é apenas ingênuo.

https://www.youtube.com/watch?v=IJ9PiDvI4pY

Brummbär
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Também há autores russos que afirmam que o Lend Lease foi insignificante.
A verdade é que o Lend Lease ajudou, mas não salvou a USSR, e negar isso é que é ser ingênuo.
https://youtu.be/usBKGE4w5NI

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

Vai ver eles acham que foi insignificante porque eles não viram a quantidade de explosivos enviados para a URSS já que os estoques de munições estavam obsoletos ou esgotados. Os envios de munições (ou por assim dizer ‘pólvora’) foi o equivalente à algo em torno de 55% do que a URSS utilizou durante a Guerra inteira. Seria interessante ver como eles iriam se virar sem isso. O que salvou a URSS foi o soldado soviético e isso é fato. Mas foi uma combinação de fatores, e um dos fatores mais importantes foi o Lend-Lease e toda a capacidade necessária para… Read more »

Brummbär
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

“É impossível dizer que o Lend-Lease foi insignificante, mas também é impossível dizer que o Lend-Lease ganhou a guerra sozinho.”
Ate que enfim você escreveu algo que eu concorde.

Brummbär
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

“campanha de bombardeios dos EUA e Inglaterra que destruíram o esforço industrial dos nazis”
Besteira!
O pico de produção de tanques por parte da Alemanha foi em 1944, neste ano eles produziram 18956 tanques, em comparação 11511 tanques foram produzidos em 1943.
A campanha de bombardeiros aliados só serviu para matar civis, e nada mais.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

Ué Brummbär, o pico de produção de caças pela Alemanha foi em 1944… coincidentemente esse foi o ano em que a Luftwaffe foi derrotada de vez, justamente através da campanha de bombardeiros aéreos diuturnos que você diz que não serviram para nada. A diretiva ‘Pointblank’ no final das contas foi cumprida e foi muito além.

Maicon
Maicon
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Os nazis conseguiam repor os caças e tanques, mas não conseguiam mais dispor de combatentes com experiência para operá-los.

Brummbär
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

A cada ano que passava os bombardeiros aumentavam e aunica coisa que diminuia era a população civil alemã, se o bombardeiros fossem realmente efetivos a gente veria um declínio na produção industrial alemã, e não um aumento.
Em Dresden, por exemplo, mais de 20000 civis morreram ao mesmo tempo que a parte industrial da cidade sofreu danos minimos.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

Pois é. Quais eram os alvos em Dresden? Quais eram as técnicas de bombardeio da época? Quando foi que o parque industrial alemão entrou na fase de economia de guerra? O que poderia ser considerado alvo? Qual impacto dos bombardeios na cadeia de produção alemã e sua qualidade no campo de batalha? Qual o impacto do bombardeio na cadeia logística? Qual impacto dos bombardeios na Guerra Aérea? Por que motivo os motores Jumo 004B dos Me-262 falhavam tanto, para citar apenas um caso? Quando você responder à todas essas perguntas, você vai perceber que os bombardeios foram muito efetivos sim.… Read more »

Brummbär
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

E que atrito foi esse que fez a produção alemã aumentar, ao invés de diminuir?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

O atrito com a Luftwaffe, por exemplo, que acabou dando a superioridade aérea e posterior dominação aérea, que viabilizou contínua quebra da cadeia logística alemã via interdição do campo de batalha, a inabilidade alemã de manter os meios de produção e de materiais necessários à aparelhos de maior qualidade, a falta de capacidade de treinamento de pilotos, etc. A própria Luftwaffe foi incapaz de fazer exatamente a mesma coisa contra a Inglaterra em 1940, por exemplo. Os números de produção dizem uma coisa que simplesmente não se refletiu na capacidade de combate, ainda mais levando em consideração a imensa disparidade… Read more »

Brummbär
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

O maior atrito da Luftwaffe foi no fronte oriental onde eles tiveram as maiores perdas…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Brummbär
3 meses atrás

Brummbär, as maiores perdas da Luftwaffe na frente oriental ocorreram principalmente porque enquanto no oeste um avião danificado poderia pousar em algum lugar e ser posteriormente reparado e colocado em serviço, devido à péssima logística alemã, o mesmo avião seria perdido. O mesmo acontece com aeronaves que necessitavam de manutenção, peças sobressalentes, etc. Com a retração dos exércitos alemães, muitos aviões que poderiam ser reparados foram destruídos. Isso multiplicava em muito o número de perdas e conta como atrito também. Mesmo assim, muito do poderio aéreo da Luftwaffe sobre o front leste foi enviado de volta para defesa do Reich… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Tireless

Essa sua obstinação em defender os EUA e Israel em todos os comentários que participa deve lhe render bons dividendos
Só pode.
Anote-os todos, para depois vc poder comparar com o que vai acontecer.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Muito bacana você acrescentar informações pertinentes, mas se me permite, não adianta entrar numa seita e falar para as pessoas mudarem de ideia, deixa esses caras falarem sozinhos… Abraço

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Digo o mesmo da sua obstinação em defender tudo que venha da China.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Ja me falaram que eu sou este cara tb…

André Amorim Mondelo
André Amorim Mondelo
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Observador com relação a Napoleão eu concordo com você. O mesmo era um gênio militar (Hitler nem chegava aos pés dele), mas quando o mesmo estava em uma posição muito forte, tendia a cometer erros. O principal defeito de Napoleão era a tendencia de subestimar os seus adversários, erro esse que levou a avaliar erroneamente o caráter do czar Alexandre I de levar a guerra até o fim. Napoleão esperava que uma vitoria decisiva no campo de batalha iria trazer Alexandre a mesa de negociações. Isso o levou a adentrar cada vez mais na imensidão do império russo em busca… Read more »

Alexandre Esteves
Alexandre Esteves
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Realmente, Antoniokings. 1812, Napoleão, com a ajuda do General Inverno; 1945, com a ajuda do General Inverno e soldados ingleses, americanos, canadenses,… e brasileiros também.
Aliás, a logística (sem a qual não se faz guerra) dos aliados, fornecendo alimentos, armas e munições também foram muito úteis.

joao pedro
joao pedro
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Por gentileza vai estudar.

Flanker
Flanker
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Hahahaha….piada da semana……..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Andre
Andre
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

E verdade. Ter a maior e mais moderna força aérea e maior e mais moderna força naval não serve para nada. O importante e ter meia dúzia de idólatras nos foruns de internet.

Antonio palhares
Antonio palhares
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Os nazistas eram inferiores ?
Estude a batalha de Kursk. A maior batalha de todos os tempos.
Ali foi quebrada a espinha dorsal dos nazistas.
O resto ficou fácil para os aliados.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antonio palhares
3 meses atrás

Perfeito.
A Batalha de Kursk foi a maior entre blindados da História.
Vitória soviética e o fim definitivo das pretensões de Hitler.
Antes dela, tivemos dois grandes baques para os nazistas, em Moscou e Stalingrado.
Ao final da Guerra, a URSS era capaz de mobilizar milhões de homens para operações como a Bagration e logo depois transferir outros milhões para lutar contra o Japão em Machukuo.

Marcos R
Marcos R
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Na carroceria de caminhões studebaker…assim como se Vc observar fotos da invasão de Berlim verá os onipresentes studebaker renovando katiushas e transportando tropas!

Last edited 3 meses atrás by Marcos R
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Marcos R
3 meses atrás

Lend Lease enviou mais caminhões para a URSS do que os alemães conseguiram produzir durante toda a guerra. Só em 1942, o ano em que o Lend Lease foi pequeno, foi responsável por 5% de todo o PIB da URSS e proveu um alívio necessário para que as próprias fábricas soviéticas pudessem entrar em operação. Não foi pouca coisa mesmo, e geralmente havia foco exatamente no que os soviéticos ou não podiam produzir ou não tinham qualidade de produção necessária. Os bairristas não entendem que não é uma crítica à capacidade soviética ou o peso de seu papel na guerra,… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antonio palhares
3 meses atrás

Importante salientar, que a Batalha de Kursk foi uma grande “emboscada” que os soviéticos deram nos nazistas.
A capacidade alemã era tão grande, que quase reverteram a situação, mesmo tendo “caído na armadilha”.
A “salvação” soviética foi a Operação na Sicília, que levou a manutenção da principal reserva alemã longe de Kursk, que eram as forças blindadas de Manstein, o mais notável general alemão.

André Amorim Mondelo
André Amorim Mondelo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Agnelo, a batalha de Kursk e considerada como empate pelos historiadores. Model havia conseguido penetrar 22 km e Maisnten 34km, se o avanço de Model tivesse sido menos modesto talvez os alemães tivesem fechado o saliente ao redor de Kursk. Mas apesar de ter começado a usar a suas reservas, Koniev que estava guardando a retaguarda ainda tinha sua frente praticamente intacta. Sem duvidas foi uma batalha titanica, talvez a maior da historia. Ambos os lados usaram o que tinham de melhor. Mas as reservas russas fizeram a diferença na campanha subsequente, e os exércitos de Manstein ficaram muito castigados… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  André Amorim Mondelo
2 meses atrás

Obrigado pelo comentário.
Importantes informações.

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Meu caro, discordo. Não se trata de ter medo da Rússia, porque se é verdade que ela é intocável em seu território, também o é que não pode fazer muito fora de suas fronteiras, a não ser que a ameça seja nuclear. A mensagem passada foi simples: estamos juntos! Putin deve, realmente, ter perdido o sono, pois as besteiras trumpistas não acabaram com a OTAN. Eu acho que o Tio Sam pode muito sozinho, mas é a mesma tecla que bato na questão chinesa: porque ele agiria sozinho? Dê uma olhada na constelação de aliados dos EUA e nos parcos… Read more »

Billy
Billy
3 meses atrás

Bombardeiros fazem História!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Billy
3 meses atrás

Bom filme, mas o livro é bem melhor. Só fui ler o livro pra lá de década depois de ver o filme pela primeira vez. Eu recomendo bastante.

Zorann
Zorann
3 meses atrás

Este segundo vídeo é top demais… abanando as asas e passando por cima do B-52…. top demais.

Paulotd
Paulotd
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Esse B-52 deveria estar com uma escolta de F-35 ou ao menos uns F-16.

Adriano RA
Adriano RA
Reply to  Paulotd
3 meses atrás

Os pilotos russos estão cada vez mais agressivos. Nas décadas de 50 e 60 era “olho por olho, dente por dente”, mas a postura atual complacente dos militares e políticos da OTAN acaba por fortalecer essas iniciativas russas. Uma hora vai dar m.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Adriano RA
3 meses atrás

Isto não vai resultar em resposta alguma.

Só mostra a falta de profissionalismo dos russos.

O que pode acontecer e irá em questão de tempo é um acidente.

Sem quere o cara bate no B52 e caem os dois..

Vai gerar uma guerra ? Não!

Mas vai pegar mal para aqueles que não seguem os procedimentos corretos.

JSilva
JSilva
Reply to  Paulotd
3 meses atrás

Se um caça de escolta permite que um outro caça armado passe quase ppr dentro de um bombardeiro qual é sua função então?

JSilva
JSilva
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Nunca vi uma manobra tão próxima dos russos, isso foi agora durante esse exercício? Onde estavam as escoltas?

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  JSilva
3 meses atrás

Pasme-se, pois são comuns.

Flanker
Flanker
Reply to  Zorann
3 meses atrás

No texto não fala sobre a interceptação pelo Sukhoi. Onde ela ocorreu? Os aviões da OTAN sobrevoavam qual país?

Marcos R
Marcos R
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Águas internacionais sobre o mar negro.

Melkor
Melkor
3 meses atrás

Os russos tem um complexo de inferioridade. Precisam continuamente mostrar ao mundo que eles existem e que são machões.
Apesar de terem um pesinho na Europa, a verdade é que o país é quase todo asiático. Parece que historicamente os russos sempre foram excluídos das rodas monárquicas européias, e desde então se tornaram aquele vizinho chato que liga o som alto para incomodar todo mundo ou estaciona o carro em frente ao portão para fechar a calçada.
Se não fossr pelo punho de ferro de suas ditaduras é provável que o país não mais existisse comono conhecemos.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
3 meses atrás

É só o que resta para os EUA mesmo, vôos, navegações de provocação, ameaças, ninguém mais respeita suas sanções, nem compram suas porcarias, só resta latir, que decadência kkkkkkkk

Last edited 3 meses atrás by Defensor da liberdade
Flanker
Flanker
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

Ninguém mais respeita suas sanções? Por que ninguém vendeu armas ao Irã durante a sanção que terminou há pouco?

Sagaz
Sagaz
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

Você está falando isso usando a internet, tomando uma coca? Usando um iPhone? Um Dell? Usando uma calça Jeans? Ouvindo um rock? Blues? O que de russo ou chinês faz diferença na sua vida? De certo não é a liberdade que diz defender.

Antunes 1980
Antunes 1980
3 meses atrás

A OTAN não teria a força e organização sem os Estados Unidos.
Alemanha, França e Inglaterra não tem força política e militar para encarar a Rússia.
E estes exercícios são ações artificiais de demonstração de poder bélico.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
3 meses atrás

O fato é que os países que tem a tríade nuclear se garantem no fato que um atacar ou outro não vai ficar para contar história e ponto. As defesas de um lado ou de outro (EUA ou Rússia) são puro entusiasmo de quem não cresceu e não saiu do século XX. Trocando em miúdos… Se tudo falhar em armamento convencional a maleta estará à disposição para o fim do mundo civilizado que conhecemos!

MGNVS
MGNVS
3 meses atrás

Ah sim… ate parece que o sistema de defesa aerea da Russia nao ia monitorar esse voo e nao ia travar seus misseis nesses avioes… muita gente aqui assistindo filme do Rambo na sessao da tarde… so que na vida real a coisa muda de figura… o outro lado tbm atira e o Rambo morre.
Passa o tempo e o pessoal aqui nao muda nunca.

Wagner
Wagner
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

Pois é,a Russia ficou com tanto medo que mandou o SU27 “brincar” no meio da turma.

cerberosph
cerberosph
Reply to  Wagner
3 meses atrás

Pois é, a USAF já está de mimimi que os su27 fizeram manobras perigosas, se não sabe brincar não desse para o play. Têm uma foto da cabine do B52 que o su27 está quase dentro dela kkkk

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  cerberosph
3 meses atrás

Aposto que os pilotos da OTAN adoram e só não se juntam às manobras porque o comando não deixa, essa é a verdade.

Flanker
Flanker
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

E você, mas no depois de sumido, volta e tb não mudou nada………alguém disse que esses voos não seriam monitorados? O que tem a ver o c* com as calças?

MGNVS
MGNVS
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Flanker Aprendeu bem a pegar so parte do comentario alheio e distorcer o resto… Flanker deve ser o novo Procurador Geral dos EUA aqui no forum…. kkkkkkkk… para de assistir filme da sessao da tarde onde os EUA sempre sao “invenciveis” e nenhum soldado americano morre… kkkkkkkk… vc sempre entra nessas disputas de torcida aqui sem levar em consideracao o que o outro lado tbm pode fazer…. ainda bem que nem vc e nem outros iguais a vc fazem parte do Alto Comando Militar Americano senao o mundo ja tinha acabado umas mil vzs por pura falta de responsabilidade e… Read more »

Last edited 3 meses atrás by MGNVS
SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

Não vai, o B-52 ataque de milhares de km de distância, pode atacar Moscou a partir da Alemanha

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Só lembrar que o sistema anti aéreo da Rússia usa mísseis que quase cobrem toda a Alemanha.

O famoso sistema de pack, aquele que vai embrulhado e só reage perto do alvo.

Last edited 3 meses atrás by Italo_souza
Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Não se esqueça que o Tu-160 pode fazer o mesmo só que Moscou.

Andre
Andre
Reply to  Vinicius Momesso
3 meses atrás

O tu 160 não pode acatar Washington da Alemanha…para atacar DC ele teria que, ou sobrevoar todo o pacífico e boa parte do EUA continental, ou toda a Europa ocidental e boa parte do Atlântico, ou vir sobre o ártico e sobrevoar boa parte do Canadá.

A Rússia, se quiser atacar os EUA, depende exclusivamente de seus submarinos, e teria que passar pela us navy, muito maior e mais moderna que a marinha russa, ou dos ICBMs soviéticos.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Andre
3 meses atrás

E as fronteiras da Sibéria não servem de nada né? Burro são os estrategistas militares que dizem que a posição geológica da Russia é muito privilegiada, não precisando atravessar grandes distâncias para um enventual ataque.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Vinicius Momesso
3 meses atrás

Bem, ele estava falando de Washington, e não de Anchorage, por exemplo, então sim, a distância que bombardeiros Russos precisavam enfrentar é maior. Segundo que não sei nada sobre posição geológica, mas a posição geográfica da Rússia é sim privilegiada. Ainda mais se levarmos em consideração a teoria do ‘Heartland.’ O fato é que a Rússia é uma potência terrestre. Qualquer aventura além de suas fronteiras, assim como foi no passado, vai ser feita sobre a terra. É muito difícil para a Rússia, e também para a China, mas essa em menor grau, projetarem poder para fora de suas áreas… Read more »

Andre
Andre
Reply to  Vinicius Momesso
3 meses atrás

Enquanto os americanos pode atacar moscow do espaço aéreo alemão, os russo podem atacar o Alasca, talvez Seattle, com muito esforço LA…mas não chegam perto de Washington.

MGNVSS
MGNVSS
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Smoking
Ah sim… a Russia nao tem misseis anti-aereos de longo alcance e nem caças interceptadores… é so os EUA irem la bombardear e voltar… raciocinio perfeito o seu.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  MGNVSS
3 meses atrás

Tem míssil anti aéreo com mais de 2000km de alcance? não

MGNVS
MGNVS
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Smoking
Te respondi mas ficou preso no spam.
Vou repetir aqui.
Vc tem 14 anos de idade?
Cai na real.
Entao os B-52 vao e jogam suas bombinhas na Russia e nao acontece nada? Os russos vao ficar la quietinhos, sentados chorando num canto?
Ainda bem que vc e outros aqui com seu tipo de pensamento raso nao tem voz de comando em nenhuma força militar senao vcs ja tinham feito uma merda atras da outra.

Paulo
Paulo
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

É verdade. Nada muda.

Inclusive os ‘haters’ dos ianques.

MGNVSS
MGNVSS
Reply to  Paulo
3 meses atrás

Paulo … exatamente … nada muda… haters da Russia vs haters dos EUA… briguinha de torcida pra ver qual país vai destruir o mundo primeiro independente de qual seja… e toda essa baboseira ideologica.

DSC
DSC
3 meses atrás

Off Topic
Demo do Gripen C no Kauhava Airshow 2020:
https://youtu.be/KHI4hPd8Rhw

Italo Souza
Italo Souza
3 meses atrás

A Rússia tem um sistema de alerta e combate anti aéreo que cobre muito mais do que é realmente seu território, incluindo uma grande parte da Europa, creio que B52 é apenas uma demonstração de política, no chegam a representar grande ameaça e nem mandar recado.

Só para refrescar a memória, até hoje os sistemas anti aéreos russos são a sua maior defesa, já que possibilita o imediato contra ataque.

Política é política, isso apenas serve para passar aos países menores que ainda se mantém o apoio militar.

MGNVSS
MGNVSS
Reply to  Italo Souza
3 meses atrás

Italo
Ate que enfim um comentario sensato.
Igual vc escreveu, essa demonstracao serve apenas para afagar o ego dos países menores que nao tem condicoes de se defenderem.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Italo Souza
3 meses atrás

Não sei que sistema interceptariam um bombardeio a 1000km de distância.
So na cabecinha de vcs !

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Os mesmo vale no caso do Tu-160.

Fernando
Fernando
3 meses atrás

Show, a aliança mais poderosa do mundo.

Jonny BR
Jonny BR
3 meses atrás

Me impressiona os foristas desprezarwm tanto o poder de reação Russo, a verdade é que a russia não quer nada com ninguém, mas tem perfeito poder de responder a altura a qualquer travessura da OTAN. Enquanto eles possuirem a Arma do diálogo – NUKE – ninguém vai importunar o Urso, aquilo ali nao é bagunça.
Me irrita essa narrativa de que a Russia é o Bad guy da história, alguém tem acompanhado o noticiários e aejam honestos consigo mesmo.

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
3 meses atrás

Show de belas máquinas… F16, B52, Eurofighter, Gripen e Flanker ^_^

Paulo
Paulo
3 meses atrás

Na Guerra fria a URSS se borrava de medo dos EUA.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Paulo
3 meses atrás

Sério? Não sabia!

Mgtow
Mgtow
2 meses atrás

Huummm, oque temos aqui? Os financiadores de revolucões coloridas estão bravinhos porque não conseguiram colocar as garras na Bielorussia igual fizeram na Ucrãnia. Essa parafernalia só assusta os “iraques e afeganistãos” da vida.