Home Aviação de Caça Índia envia caças LCA Tejas à fronteira com o Paquistão

Índia envia caças LCA Tejas à fronteira com o Paquistão

3347
55
LCA Tejas

Dando seguimento a um enorme aumento militar na fronteira entre a Índia e a China, a Força Aérea Indiana (IAF) fortaleceu sua fronteira oeste e desdobrou seus jatos LCA Tejas (LCA).

“O LCA Tejas foi desdobrado pela Força Aérea Indiana na frente ocidental perto da fronteira com o Paquistão para cuidar de qualquer possível ação do adversário ali”, disse uma fonte do governo e citada pela ANI.

De acordo com a reportagem, o primeiro esquadrão do caça autóctone – 45 Squadron (Flying Daggers), que era baseado em Sulur sob o Comando Aéreo do Sul, foi destacado para um papel operacional na área.

Com o aumento das tensões na Linha de Controle Real (LAC), a China e a Índia têm um grande acúmulo no leste de Ladakh – o foco da disputa entre as tropas de ambos os lados, onde a Índia perdeu 20 soldados.

No discurso do dia da independência, os jatos desenvolvidos pela Hindustan Aeronautics Limited (HAL) foram recentemente elogiados pelo primeiro-ministro Narendra Modi. Ele também anunciou o acordo de compra da versão LCA Mk IA. O comentário é visto como um impulso para a campanha ‘Make in India’ para impulsionar a produção local de defesa.

Em meio ao aumento das tensões entre as duas nações dotadas de armas nucleares, o contrato de 83 caças Mark 1A deve ser finalizado até o final deste ano. Pode-se notar que o primeiro esquadrão de caças autóctones consiste em aeronaves com a versão Initial Operational Capability (IOC).

O segundo esquadrão consiste em caças da versão Full Operational Capability (FOC), que foram operacionalizados pelo chefe da Força Aérea RKS Bhadauria na base aérea de Sulur em 27 de maio.

As bases aéreas avançadas da Força Aérea Indiana (IAF) estiveram diligentemente envolvidas em operações ao longo das fronteiras oeste e norte. Também realizaram operações diurnas e noturnas durante as recentes tensões com a China ao longo da Linha de Controle Real (LAC) e está realizando extensas operações de voo nos últimos dias.

FONTE: The EurAsian Times

Subscribe
Notify of
guest
55 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Costumamos desprezar o importância da Índia no cenário do Oriente, mas eles são importantes, grandes e bem armados. Não chegam a ser tão grandes como os chineses, porém ambos não acumulam experiencias de combate significativas nas últimas décadas, e como se diz no futebol, “jogo é jogo… treino é treino”.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

um adendo: Após a redução do exército chinês com o intuito de modernizar a força, a Índia passou a ter o maior exército do mundo.
A China possui muito mais homens na força aérea e na marinha, mas o exército indiano ficou maior que o chinês.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

A China não acumula experiencia em combate. Diferentemente da Índia, que além das três guerras com o Paquistão, sempre existem embates fronteiriços com o Paquistão. Por exemplo ainda em 2019, tivemos o bombardeiro dos Mirage 2000 dentro do território paquistanês e posteriormente duelos entre ambas forças aéreas que culminaram com a derrubada de um F-16 do Paquistão e de um Mig-21 indiano.

Antoniokings
Antoniokings
1 mês atrás

A Índia tem dois gigantescos problemas nucleares cercando-a.
China e Paquistão.
Ela está praticamente ‘arrolhada ‘entre esses dois gigantescos aliados.
Situação estratégica muito difícil.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

A China tem uma situação semelhante, fica entre a Rússia e a Índia, e lembre-se que a Rússia é um dos principais fornecedores de armas para a Índia. Hoje as relações China-Rússia estão muito boas, mas já foi complicada e já houve várias pequenos conflitos de fronteira entre eles, na época da Guerra Fria os dois lados deixavam grandes unidades militares próximas a fronteira e existia um risco de guerra entre eles, mas depois que foi assinado um acordo reconhecendo a fronteira entre a Rússia e a China a situação melhorou muito, mas não sabemos como a Rússia reagiria num… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Os conflitos China e URSS foram na década de 1960 em virtude de políticas específicas da época, como as orientações marxistas de Mao e dos líderes soviéticos.
A probabilidade disso ocorrer atualmente é zero.
Pelo contrário.
As duas potências estão com vários processos de integração econômica e até militar.
Diriam que são aliadas.

Nostra
Nostra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

There are no friends among nations only interests .

And interests are based on needs which change in the course of time.

Wait and watch

Teropode
Reply to  Nostra
1 mês atrás

Não perca seu tempo , ele possuí indignação seletiva , portanto é campo fértil para hipocrisia.

Last edited 1 mês atrás by Teropode
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Reply to  Nostra
1 mês atrás
Perfect, where do I sign?
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Pare com essa ladainha anti-China que isso não convence mais.
Aliás, um dos artífices desse discurso anti-China, Steve Bannon, ex-assessor de Trump, acabou de ser preso acusado de fraude.
Bem sugestivo, né?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Vão em cana e logo aparecem com US$ 5 milhões para pagar a fiança.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

‘E que diabos tenho eu com Trump e seus comparsas?’

É que utilizam exatamente o mesmo discurso.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
30 dias atrás

Eu gosto tanto da china quanto vc gosta dos EUA e de Israel….. se a china inteira desaparecesse do planeta, seria a maior maravilha da história.

Nostra
Nostra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Let me give a recent example

China had objected to Russia after it came to know India had asked permission to integrate french mica AAM on su30mki .

The bars radar is russian and even though the radar computer is indian yet india requested russian permission and Russia still went ahead despite Chinese objection and okayed india to go ahead with the integration of mica with su30mki.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nostra
1 mês atrás

Um pequeno exemplo de desacordo em um processo de integração de armas não desabona o sentido geral da cooperação Rússia-China.
Ademais. elas são aliadas e não vassala uma da outra.

Nostra
Nostra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Selective arguments don’t undermine the ground reality of geopolitics or rather realpolitiks. Russia is not a vassal because the Chinese haven’t been able to make Russia into one. Russia is maintaining it’s independence because it doesn’t want to play second fiddle to none. She has relationship with china because currently it serves her interest , not because they are friends. They are no friends among nations only interests. Russia stands to loose if china becomes more powerful than it , Russia will continue to undermine the Chinese to the point that chinese self interests continues to remain either at mutual… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Indian military is well aware of this and hence their doctrine talks of a 2.5 front war.

2 years back IAF conducted a massive pan India exercise GAGAN SHAKTI with over 1,100 aircrafts which were deployed at their operational locations and more than 11,000 sorties were flown, which included approx 9,000 sorties by fighter aircraft all within 72 hours.

This was done to validate IAF concept of fighting a 2.5 front war.

Last edited 1 mês atrás by Nostra
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
1 mês atrás

LCA MK1 was also part of the exercise. Each LCA MK1 carrried out 6 sorties per day . And had the best scores in air to surface weapon delivery.

6973514_dagc0qavwaakxp6_jpeg_jpega6154f65d7882f5ae7fa79fbead55315.jpeg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
1 mês atrás

2.5 front means

1st front China
2nd front Pakistan
.5 front fifth column ( Islamists and naxals-communists in the country )

Last edited 1 mês atrás by Nostra
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nostra
1 mês atrás

Bem lembrado.
A China ainda não ‘explorou’ devidamente a questão dos naxalistas que possuem vastas extensões de terra onde o Governo indiano praticamente não atua.
E a questão islamita também tem potencial explosivo, visto que os muçulmanos são parte muito expressiva do sociedade indiana.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Mas a questão islâmica como você fala também é uma dor de cabeça na China, os uigures são um exemplo disso.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Mas em proporções diferentes.
A comunidade islâmica na Índia tem cerca de 15% dos habitantes ou aproximadamente 200 milhões de pessoas.
Já os uigures são cerca de 8 milhões e vivem bem isolados na longínqua e semi-desértica Xinijiang

Nostra
Nostra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Well irony is major percentage of Indian muslims will go to fight against the Chinese.

Question is how many Chinese Muslims will fight for China ?

Nostra
Nostra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Lol China already supports naxals , they among others hire missionaries to supply money and logistics. Naxals survives only because of democratic foolishness. They will not last 1 week if full power given to police . And china also help terrorists from NE india set up training camps in yunan province and along china Myanmar border . 2 or so years ago indian intelligence blew up Chinese built infrastructure along china myanmar border as well as destroy training camps set up by chinese in myanmar. Nothing in this world is so simple , if one can play the game ,… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Nostra
Teropode
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Mais besteira , vc fala como se a China não tivesse teto de vidro , estas minorias só criam problema se forem no mínimo 2% da população , na Índia isto não ocorre , já da China não se pode falar a mesma coisa .30% dos chineses não são hans. Vai gostar de fazer papel de bobo assim lá na China 😂😂😂😂

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

E todo o oceano que a rodeia dos outros lados? O que farão a China e Paquistão para fechar as vias de comunicação maritimas da India? Fechar todo o Indico? Como tenciona a Marinha Chinesa controlar essa extensão de oceano?
Outra pergunta, sabe por acaso qual o valor estatégico de controlar o planalto dos Himalaias e a razão para esses conflitos? Estará a India numa posição vantajosa em relação à China em relação a algo?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MestreD'Avis
1 mês atrás

Pelo que estamos lendo no Poder Naval, a Marinha chinesa já é muito grande e está aumentando ainda mais. Deverá se tornar a maior do Mundo em pouco tempo.. Com relação ao Himalaia, devemos lembrar que a guerra entre os dois países, ocorrida em altitudes muito elevadas, foi facilmente vencida pela China. Jornais da época faziam apostas de em quanto tempo os chineses chegariam a Nova Deli Óbvio que de lá para cá os dois países cresceram e se fortaleceram, mas eu aposto todas as minhas fichas na China, pois é mais poderosa militarmente e tem a maior estrutura industrial… Read more »

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

A maior parte da marinha chinesa se constituem de corvetas que são menores que o navio de patrulha oceânica Amazonas e que tem um alcance questionável. são vasos para defesa costeira.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

ela é sim uma marinha grande mas os números aparentam algo que não são.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Indianos sempre foi osso duro de roer…eles sabem em lutar e bem

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

gigantescos? A China sim, mas o Paquistão possui um PIB cerca de 9 a 10x Menor que o da Índia e gastos militares cerca de 6x menores.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

“A Índia tem dois gigantescos problemas nucleares cercando-a.”
E vice-versa, não é?

Teropode
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Quantas besteira , só na sua cabeça mesmo pra dar importância a aliança entre os pastuns e os Hans , aliás os radicais paquistanês estão amando o tratamento vip que os chineses estão dando aos seus muslins , campos de reeducação , colônias de Hans budistas sendo instaladas nas terras dos muslins chineses , promoção do extermínio dos horingas em Miamar e outras coisas mais , dito isto ; quem confiaria nesta aliança ? A China vê os párias paquistanês como peões para serem sacrificados , os pastuns sabem disto , são subservientes mas sabem que se bobear a China… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Recomendo assistir o Elias Jabbur e Paulo Gala, principalmente na última entrevista no GGN, para entender a nova narrativa que o deep state esta criando face a desvantagens entre os Estadunienses e os Chineses em relação a produção e desenvolvimento dos nano condutores, alias tem uma referência interessante, como Taiwan ficou proibida de fornecer componentes para eletrônico para China, advinha quem foi a empresa gigante asiática passou a fornecer.
Fato é quem tem domínio nesse campo da nano tecnologia logo terá vantagem em aplicação militares o que da uma vantagem estratégica e tanto em relação aos seus inimigos e adversário.

Rico Zoho
Rico Zoho
1 mês atrás

A Índia deve estar a temer um ataque em pinça vindo do Paquistão e da China contra o nordeste do país para tomarem completamente a região da Caxemira do controle indiano. Eu não estranharia nada se Pequim e Islamabad não tenham está estratégia montada no papel. Um ataque rápido por terra e ar, fechando e deixando a Caxemira isolada do resto do país.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

Que se deixe bem claro que as nações envolvidas produziram suas armas nucleares não foi à toa e sabem muito bem as consequências de ato impensado. Termos um incidente local é uma coisa, invasão territorial é outra. Eu pergunto: Caxemira vale algumas ogivas nucleares em seus respectivos territórios?!? Outra pergunta: Kd o conselho de segurança da ONU para começar a pressionar a China a ser mais cautelosa nesse assunto?!?

Jacinto
Jacinto
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

ONU?

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Jacinto
1 mês atrás

Sim… ONU… Falo Conselho de Segurança… Kd?!?

Mgtow
Mgtow
Reply to  Luiz Trindade
30 dias atrás

Começar pressionar a China? E a India, é uma santinha nessa historia? Esse ideologismo que cega bovinos como vc esta tornando o debate impraticavel em qualquer esfera.

Teropode
Reply to  Mgtow
30 dias atrás

Ate o momento a Índia não está tentando roubar , tomar posse das terras do Tibet , Nepal , Butão e de todo mar entre a península coreana até a região da Nova Guiné , deixando 4 outros países sem águas costeiras , da China não se pode afirmar a mesma coisa . Há muitos bovinos cegos que não percebem isto , seletivamente estes bois só olham para a cachimira.

Flanker
Flanker
Reply to  Mgtow
30 dias atrás

Um cara com esse nick acusando os outros de ideologismo? Hahahahaha

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Se forem ter briga com a China os caças de primeira linha vão ter que ir para a região do conflito, mas não podem deixar a fronteira do Paquistão sem nada, é natural que enviem os Tejas para lá, vão fazer o policiamento da região e em caso de alguma ação hostil vão ter capacidade de dar o primeiro combate dando tempo dos caças de primeira linha chegarem depois.

Nostra
Nostra
1 mês atrás

War between china and india will happen. ( pakistan will most probably join in ) Only question is when , both don’t want to take the first step and wants the other to commit first. Use of nuclear weapons is exaggerated too much , except in the case of pakistan , who are basically driven by religious fervor, so are prone to stupidity . In that case they will invite their own demise. In case of china and india nuclear option is more or less out of question because in case of use of nukes, each other will hit both… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Nostra
Jacinto
Jacinto
Reply to  Nostra
1 mês atrás

Is this true?
Mood of the Nation Poll: 59% say India should go to war with China over border dispute”
(source: India Today)

Nostra
Nostra
Reply to  Jacinto
1 mês atrás

Mood of the nation poll is a media conducted survey from a very limited pool of participants . Best taken with a pinch of salt. So the headline ” mood of the nation ” is misleading. I personally don’t care for such polls . ( ironically India Today is a covert anti national media ) As per my information military was in favour of attacking the Chinese to punish them. However bureaucrats managed to convince the government to go for non kinetic ways to punish the Chinese. As for civilians , they will be ok if there is war and… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Nostra
Jacinto
Jacinto
Reply to  Nostra
1 mês atrás

Thanks for your input.

Alex prado
1 mês atrás

Essa briga entre Índia/Paquistão/China me recorda dos tempos de colégio… Um professor de história que fez doutorado por lá falava que a China um dia iria voltar a fazer barulho na região.

João Adaime
João Adaime
1 mês atrás

Podemos fazer um paralelo de China, Índia e Paquistão com três pessoas se encarando. Cada uma com uma granada sem o pino na mão. Qualquer uma que seja abatida, soltará a granada e todas morrerão.
Simples assim.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 mês atrás

Pelos comentários aqui, nota-se que China e Índia vão se matar numa carnificina nuclear sem limites!

Deviamos mudar para outro planeta…

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
1 mês atrás

Alguém pode falar sobre esse avião?

Tiger 777
Tiger 777
Reply to  ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
1 mês atrás

Nobre André, neste link aqui do poder aéreo, tem a parte dos comentários do Nostra com muitas informações. https://www.aereo.jor.br/2020/05/28/caca-tejas-padrao-foc-entregue-a-forca-aerea-indiana/

Saudações.

Foxtrot
Foxtrot
1 mês atrás

A importância do desenvolvimento autóctone.
Na hora que a coisa fica feia a Índia enviou justo o avião feito em casa.
Mesmo operando diversos modelos importados.
Nada como uma boa necessidade ou experiência para ensinar lições valiosas .

Emmanuel
Emmanuel
1 mês atrás

Tejas é um avião feio.
Mas essa é uma verdade que muitos não estão preparados para ouvir.
A China é só uma bolha que vai estourar em algum momento.
Mas essa é uma verdade que Kings não está preparado para ouvir.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Emmanuel
30 dias atrás

Tejas avião feio?
De onde tirou isso?
Quase mesmo designer do Rafale, Mirrage, Gripen e outros lindos aviões ocidentais e orientais.
Feio é o F-5, A-4 e outros diversos aviões ocidentais.
E para piorar os modernos norte americanos além de feios (alguns) são ineficientes!

Teropode
Reply to  Emmanuel
30 dias atrás

Mais feio doque o F35 eu dúvido , portanto …