Home Aviação de Ataque EA-18G Growler voa com o jammer Mid-Band da próxima geração

EA-18G Growler voa com o jammer Mid-Band da próxima geração

1472
13

O Next Generation Jammer Mid-Band (NGJ-MB) da Marinha dos EUA completou com sucesso seu primeiro voo de sistemas de missão com um EA-18G Growler na Naval Air Station Patuxent River, Maryland, no dia 7 de agosto.

“Que dia incrível para a Marinha dos EUA, nossos parceiros australianos e a comunidade Airborne Electronic Attack (AEA)”, disse o capitão Michael Orr, gerente do programa AEA Systems (PMA-234). “Testemunhamos um primeiro voo bem-sucedido com a capacidade NGJ-MB totalmente integrada ao EA-18G Growler, validando os últimos quatro anos de desenvolvimento e os extensos esforços desses últimos meses em preparação. Estou extremamente orgulhoso de todo o governo e da equipe da indústria.”

O primeiro voo, conduzido pelo Air Test and Evaluation Squadron (VX) 23, é uma verificação de segurança de voo (SOF) que garante que os pods possam ser levados com segurança na aeronave EA-18G para voos de teste subsequentes.

“Houve muita discussão sobre como o pod NGJ-MB afetaria o manuseio do Growler e foi empolgante sentir o jato como em qualquer outro voo”, disse o tenente Jonathan Williams, piloto de testes do VX-23. “Temos uma grande equipe de teste a quem agradecer por fazer o hoje acontecer e estou ansioso para ver como a equipe Growler traz todo o potencial do pod NGJ-MB.”

O sistema NGJ-MB, desenvolvido pela Raytheon Intelligence and Space, é parte de um sistema NGJ maior que aumentará e, por fim, substituirá o legado ALQ-99 Tactical Jamming System (TJS) usado atualmente no EA-18G Growler.

O NGJ-MB é um pod de interferência externo que abordará ameaças avançadas e emergentes usando as mais recentes tecnologias digitais, baseadas em software e Active Eletronicically Scanned Array e fornecerá recursos avançados de AEA para interromper, negar e degradar os sistemas de defesa aérea e de comunicação terrestre do inimigo.

“A comunidade AEA confia no ALQ-99 TJS há décadas”, disse o tenente Jonathon Parry, oficial de projeto aeromecânico da NGJ-MB. “Já se foi o tempo dos sistemas isolados de mísseis superfície-ar que operavam em um pequeno espectro de frequência e não se integravam a um Sistema Integrado de Defesa Aérea maior. Os adversários modernos estão desenvolvendo emissores complexos que usam técnicas avançadas para derrotar o bloqueio legado. O NGJ-MB fornecerá novos recursos para a frota para garantir o domínio do espectro contra ameaças atuais e futuras.”

O PMA-234 é responsável por adquirir, entregar e manter os sistemas AEA, fornecendo aos comandantes combatentes recursos que permitam o sucesso da missão.

FONTE: Naval Air Systems Command

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
3 meses atrás

Quem lembra dos lindos EF-111 Raven? Passaram aperto por não carregar armamento. Esses Growlers podem se defender?

João
João
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
3 meses atrás

Ele tem até 9 encaixes para mísseis. Embora eu suspeite que para o seu tipo de tarefa levar armamento possa ser contra producente

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
3 meses atrás

Sim, eles podem levar mísseis ar-ar se necessário.

Lyw
Lyw
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
3 meses atrás

Sim, e atacar também!

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
3 meses atrás

Sim, podem carregar mísseis ar-ar.
Mas eles não operam sozinhos, possuindo escoltas durante as missões.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
3 meses atrás

Teve um que em simulação abateu um F22 em BVR

JuggerBR
JuggerBR
3 meses atrás

Growler vai seguir voando um bom tempo ainda, ferramenta muito util pra segurança dos esquadrões da Marinha.

Plinio Jr
Plinio Jr
3 meses atrás

Diferente dos EF-111 eles atacam alvos e possuem capacidade de autodefesa com mísseis ar-ar….nem precisam de escolta caso necessário, podem realizar as missões sozinhos …

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
Reply to  Plinio Jr
3 meses atrás

Sim essa é a grande Vantagem EA-18G Growler, ele é um avião especializado, mais ainda é um caça, é uma arma fantástica ! um coringa sem duvida

Paulo
Paulo
Reply to  Plinio Jr
3 meses atrás

O EA6 Prowler, que é contemporâneo do EF-111 e foi substituído pelo Growler, possuía capacidade de levar armas.

Rodrigo v
Rodrigo v
3 meses atrás

Quem faz o papel do Growler na USAF ? sead ?

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Rodrigo v
3 meses atrás

São vetores da Marinha Americana (USN) Rodrigo, suas principais funções são ECM (contra medidas eletrônicas) , SEAD (supressão de defesas inimigas), SEAD/DEAD (supressão e destruição de defesas inimigas) entre outras, podendo atuar até como vetor de ataque e patrulha aérea caso necessário….

DSC
DSC
Reply to  Rodrigo v
3 meses atrás

As aeronaves especializadas para missões SEAD na USAF são o EC-130H Compass Call e o F-16CJ (o F-35 e o F-22 também tem capacidade de ataque eletrônico mas só na banda X).

EC-130H Compass Call:comment image

F-16CJ:comment image
comment image

Last edited 3 meses atrás by DSC