sexta-feira, julho 23, 2021

Gripen para o Brasil

EA-18G Growler voa com o jammer Mid-Band da próxima geração

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Next Generation Jammer Mid-Band (NGJ-MB) da Marinha dos EUA completou com sucesso seu primeiro voo de sistemas de missão com um EA-18G Growler na Naval Air Station Patuxent River, Maryland, no dia 7 de agosto.

“Que dia incrível para a Marinha dos EUA, nossos parceiros australianos e a comunidade Airborne Electronic Attack (AEA)”, disse o capitão Michael Orr, gerente do programa AEA Systems (PMA-234). “Testemunhamos um primeiro voo bem-sucedido com a capacidade NGJ-MB totalmente integrada ao EA-18G Growler, validando os últimos quatro anos de desenvolvimento e os extensos esforços desses últimos meses em preparação. Estou extremamente orgulhoso de todo o governo e da equipe da indústria.”

O primeiro voo, conduzido pelo Air Test and Evaluation Squadron (VX) 23, é uma verificação de segurança de voo (SOF) que garante que os pods possam ser levados com segurança na aeronave EA-18G para voos de teste subsequentes.

“Houve muita discussão sobre como o pod NGJ-MB afetaria o manuseio do Growler e foi empolgante sentir o jato como em qualquer outro voo”, disse o tenente Jonathan Williams, piloto de testes do VX-23. “Temos uma grande equipe de teste a quem agradecer por fazer o hoje acontecer e estou ansioso para ver como a equipe Growler traz todo o potencial do pod NGJ-MB.”

O sistema NGJ-MB, desenvolvido pela Raytheon Intelligence and Space, é parte de um sistema NGJ maior que aumentará e, por fim, substituirá o legado ALQ-99 Tactical Jamming System (TJS) usado atualmente no EA-18G Growler.

O NGJ-MB é um pod de interferência externo que abordará ameaças avançadas e emergentes usando as mais recentes tecnologias digitais, baseadas em software e Active Eletronicically Scanned Array e fornecerá recursos avançados de AEA para interromper, negar e degradar os sistemas de defesa aérea e de comunicação terrestre do inimigo.

“A comunidade AEA confia no ALQ-99 TJS há décadas”, disse o tenente Jonathon Parry, oficial de projeto aeromecânico da NGJ-MB. “Já se foi o tempo dos sistemas isolados de mísseis superfície-ar que operavam em um pequeno espectro de frequência e não se integravam a um Sistema Integrado de Defesa Aérea maior. Os adversários modernos estão desenvolvendo emissores complexos que usam técnicas avançadas para derrotar o bloqueio legado. O NGJ-MB fornecerá novos recursos para a frota para garantir o domínio do espectro contra ameaças atuais e futuras.”

O PMA-234 é responsável por adquirir, entregar e manter os sistemas AEA, fornecendo aos comandantes combatentes recursos que permitam o sucesso da missão.

FONTE: Naval Air Systems Command

- Advertisement -

13 Comments

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Eduardo Broglio Gasperin

Quem lembra dos lindos EF-111 Raven? Passaram aperto por não carregar armamento. Esses Growlers podem se defender?

João

Ele tem até 9 encaixes para mísseis. Embora eu suspeite que para o seu tipo de tarefa levar armamento possa ser contra producente

Fabio Araujo

Sim, eles podem levar mísseis ar-ar se necessário.

Lyw

Sim, e atacar também!

GFC_RJ

Sim, podem carregar mísseis ar-ar.
Mas eles não operam sozinhos, possuindo escoltas durante as missões.

Carlos Campos

Teve um que em simulação abateu um F22 em BVR

JuggerBR

Growler vai seguir voando um bom tempo ainda, ferramenta muito util pra segurança dos esquadrões da Marinha.

Plinio Jr

Diferente dos EF-111 eles atacam alvos e possuem capacidade de autodefesa com mísseis ar-ar….nem precisam de escolta caso necessário, podem realizar as missões sozinhos …

Rodrigo Maçolla

Sim essa é a grande Vantagem EA-18G Growler, ele é um avião especializado, mais ainda é um caça, é uma arma fantástica ! um coringa sem duvida

Paulo

O EA6 Prowler, que é contemporâneo do EF-111 e foi substituído pelo Growler, possuía capacidade de levar armas.

Rodrigo v

Quem faz o papel do Growler na USAF ? sead ?

Plinio Jr

São vetores da Marinha Americana (USN) Rodrigo, suas principais funções são ECM (contra medidas eletrônicas) , SEAD (supressão de defesas inimigas), SEAD/DEAD (supressão e destruição de defesas inimigas) entre outras, podendo atuar até como vetor de ataque e patrulha aérea caso necessário….

DSC

As aeronaves especializadas para missões SEAD na USAF são o EC-130H Compass Call e o F-16CJ (o F-35 e o F-22 também tem capacidade de ataque eletrônico mas só na banda X).

EC-130H Compass Call:comment image

F-16CJ:comment image
comment image

Last edited 11 meses atrás by DSC

Últimas Notícias

Nigéria recebe primeiro lote de aeronaves A-29 Super Tucano

A Força Aérea da Nigéria recebeu na quinta-feira, 22 de julho, o primeiro lote de seis aeronaves A-29 Super...
- Advertisement -
- Advertisement -