Home Aviação de Caça VÍDEO: F-5Ms x Rafales no simulador Command Modern Operations

VÍDEO: F-5Ms x Rafales no simulador Command Modern Operations

4231
66

Criamos no simulador Command: Modern Operations nosso primeiro cenário de combate aéreo: caças F-5M x Rafales sobre a Amazônia.

É um cenário hipotético que visa apresentar a interface e as funcionalidades do Command Modern Operations aos leitores do Poder Aéreo/Forças de Defesa.

A ideia é criarmos outros cenários e seguirmos aumentando a complexidade gradativamente.

Aqueles que quiserem ver outros cenários específicos sendo simulados é só pedir nos comentários. Atenderemos aos pedidos na medida do possível.

Aproveitamos também para convidar nossos leitores a subscreverem nosso canal no Youtube clicando aqui.

F-5EM e Rafale no Tacview que funciona integrado ao Command Modern Operations

Subscribe
Notify of
guest
66 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
1 mês atrás

Esse cenário não foi tão hipotético assim… Mas muito bem pensado.

J L
J L
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
1 mês atrás

É para bom entendedor meia palavra basta !

Fers
Fers
1 mês atrás

Os vídeos vão ser sempre postados no canal?

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Reply to  Fers
1 mês atrás

Sim

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

opa!
1a sugestao: Argentina vs UK sobre as Falklands: Migs-35 ou JF-17s ou FA-50s vs F-35B.
2a sugestao: duelo de Porta Avioes sobre Taiwan: Liaoning/Shandong vs Ford/Izumo

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Legal! Anotado

Samuca cobre
Samuca cobre
1 mês atrás

Foram derrubados 2 Rafale contra 4 F 5…
Se formos ver em valores…prejuízo deles,mas em vidas … levamos a pior!!!

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Samuca cobre
1 mês atrás

O problema é que eles tem quase 180 rafales e nós temos apenas 43 f-5M kkkkkkk

Kemen
Kemen
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Não podem deixar o pais desguarnecido, também não podem deixar de prestar apoio à OTAN, não poderiam usar os 180, dos quais alguns também estariam em manutenção. O mesmo no que se refere a manutenção valeria para nós.
E teriamos que considerar defesas terrestres se o combate fosse sobre o território de algum dos beligerantes. Guiana ou Brasil…

Marcelo M
Marcelo M
Reply to  Samuca cobre
1 mês atrás

Ainda assim. Essa “kill ratio” mostra que os F5M são muito melhores do que se imagina, para um avião que tem sua origem nos anos 50. Perder de 4x 2 para o rafale seria muito além de qualquer expectativa. Suponho que isso só seja possível com os E99 e o datalink.

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Marcelo M
1 mês atrás

E Python e Derbys…

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Marcelo M
1 mês atrás

E com os F5 a atacar primeiro, se fosse o inverso talvez nem ocorresse os dois abates.

Matheus
Matheus
Reply to  Samuca cobre
1 mês atrás

Apesar do desfecho decepcionante, realmente me surpreendeu, os F-5EM são muito melhores do que se imagina.
A interoperabilidade entre os F-5 e o R-99 pareceu ser de ponta, fico imaginando se é por cusa do Link BR2.

Kemen
Kemen
Reply to  Samuca cobre
1 mês atrás

Rafales, se armados com Meteor, mesmo com eletrônica antiquada e 4 Tiger II contra 2 Rafale, seria surpresa se fosse real, infelizmente. Mas tudo é possivel, depende de muitas outras coisas.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Alexandre Galante
1 mês atrás

Galante esse vídeos quando forem feitos vão ser postados na trilogia ou vão fazer um canal no Youtube?

Frederico
Frederico
1 mês atrás

É possivel colocar o apoio do EMB-145 AEW&C?

E colocar o Gripen x SU 30?

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
1 mês atrás

Simplesmente sensacional

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
1 mês atrás

Uma pergunta, os dados usados na simulação são dados reais dos mísseis Derby e Mica? As capacidades das aeronaves são semelhantes às reais?

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Duas sugestões F16 chilenos contra os Mirages e Mig-29 peruanos e Kfir C-10 colombianos contra os SU-30 Venezuelanos.

Inspetor Gambiarra
1 mês atrás

Muito, muito interessante. Me lembra um Logus 2,0 121cv usadão, quinto dono com um rack no teto parecendo um fogão continental encarando no braço curvas sinuosas de subida de serra poderosos Corollas e Civic’s com seus mais de 150 cv’s e seus duendes eletrônicos.

Maurício Veiga
Reply to  Inspetor Gambiarra
1 mês atrás

Fiz muito isso na BR 277 sentido Curitiba/Paranaguá a bordo de um Chevette 1.6s aro 13 ano 91, o 4×2 sempre foi a meu favor…

ednardo curisco
ednardo curisco
1 mês atrás

São excelentes para treinamento. Mas quando se pensa em cenário de combate real, tem que avaliar diversos outros fatores como sistemas de defesa anti áereo, como está o teatro de guerra, o que há de AWACS e por aí vai.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  ednardo curisco
1 mês atrás

Caro Ednardo, Um MODELO é uma representação SIMPLIFICADA de uma realidade específica. Simplificações servem para se poder manipular essa realidade mais facilmente, testando-se valores às variáveis. Isso vale para quase qualquer ciência. Um túnel de vento, por exemplo é um modelo, bem como uma simples funçãozinha algébrica cartesiana. Economia e mercado financeiro abusa desse expediente. Como nosso editor falou, ele fez um cenário (modelo) bem simples e testou. O resultado foi este. O que o planejador pode fazer a partir daí é inserir complementos para que se tente formas do resultado ser mais favorável (ex. impedir que esse E3 saia… Read more »

CRSOV
CRSOV
1 mês atrás

Notei que os Rafales usaram MICA ao invés do METEOR nessa simulação !! Se usassem o METEOR talvez nem desse para os F 5M engajar os Rafales antes de entrarem na NO ESCAPE ZONE dos METEOR !! Notei que os DERBY usados tiveram metade do aproveitamento e a outra metade foram jameados e enganados pelos sistemas defensivos dos Rafales !! Talvez os DERBY usados pela FAB já estejam bastante defasados com relação aos mísseis mais modernos !!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  CRSOV
1 mês atrás

Vai ver o F-5 não seja a melhor plataforma para lançamento dos Derby também se pensarmos no quesito energia.

Kemen
Kemen
Reply to  CRSOV
1 mês atrás

Se fosse o Gripen E, além do jammer interno do sistema, e a possiblidade de lançar Chaff & Flare no dispensador, também poderia optar por lançar DRFM jammers pelo mesmo dispensador, foi testado e comprovado pela Saab como o melhor sistema ejetavel de jammer atual, que direciona para longe os misseis disparados para atingir a aeronave.

2Hard4U
2Hard4U
1 mês atrás

Adorei o cenário criado e o resultado final não me surpreendeu.
Como sugestão crie um cenário igual, porém substituindo os F5-EM pelos Gripen E/Meteors.

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  2Hard4U
1 mês atrás

Aí sim, a brincadeira ficaria interessante..

Soldadinho pmesp
Soldadinho pmesp
1 mês atrás

Sei não, melhor simular no war thunder mesmo.

Brincadeira galera

Tiago Jeronimo Lopes
Tiago Jeronimo Lopes
1 mês atrás

Ótima ideia, simulações de combate / jogos de guerra são extremamente interessantes, sou uma viúva do finado <code>www.redteam.com.br</code> que fazia vária simulações interessante no cenário sulamericano.

Andre
Andre
Reply to  Tiago Jeronimo Lopes
1 mês atrás

Foi deles uma simulação de guerra Brasil vs Venezuela em que usariamos o são paulo com aviões a7 e misseis de cruzeiro?

Fers
Fers
Reply to  Tiago Jeronimo Lopes
1 mês atrás

Fale mais desse tal Red Team

Soldadinho pmesp
Soldadinho pmesp
1 mês atrás

Dúvida, como seria esse combate se os F-5EM fossem apoiados por um único Gripen NG bem Armado ?

Funcionário dos Correios
Funcionário dos Correios
1 mês atrás

Ótimo cenário! Ficou muito.

Foxtrot
Foxtrot
1 mês atrás

Simulador mesmo, pois na prática os Rafalrs possuem mais manobrabilidade, rasão de subida etc do que o F-5 que mesmo modernizada ainda é um projeto dos anos 60/70.
Acredito que em um hipotético confronto do F-5 com qualquer caça moderno de 4,5 geração, estaria no combate BVR.
Mas como não sou especialista deixo a cargo dos especialistas de plantão.

Last edited 1 mês atrás by Foxtrot
Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Alexandre Galante
1 mês atrás

Obrigado pelo esclarecimento caro Alexandre !

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

As imagens me lembram muito o Tacview do DCS

Flanker
Flanker
1 mês atrás

Não quero criticar o trabalho de ninguém, e fazer esses simuladores dá muito trabalho, mas parece mais com console de radar, de comando e controle, ou mesmo com os consoles dos E-99. Eita negócio mais sem graça! E repito, respeito o trabalho se quem fez/faze de quem curte isso….mas, minha opinião pessoal é essa….um negócio muuuito sem graça.

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Matheus Augusto
Matheus Augusto
1 mês atrás

F-5 contra Rafale parece até covardia, mas até que não se sairam tão mal.

Poderia ser Gripen NG versus Rafale, ai sim seria interessante.

carvalho2008
carvalho2008
1 mês atrás

Mestre Galante,

O amigo não fez gol de mão não??!!…pois os Rafales estavam dentro da fronteira e aparentemente os F-5M largaram com a vantagem de já estar definido como liberados para o ataque….Os dois lados já estavam autorizados a abater o outro desde a decolagem??? pois parece que os rafales apenas reagiram ao ataque inicial…ai depois de disparado o Missil é so rezar… porque os rafales não dispararam primeiro ou concomitantemente??

De qualquer forma, um Kill ratio de 4×2 estaria muito bom….

Caio Cipriano
Caio Cipriano
1 mês atrás

Eu não entendi pq os rafales não atacaram logo quando detectaram os F-5. Precisaria configurar os f5 como hostis também?

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Não faltou defesa no contra ataque? Flare a chaffs deveriam ter sido usados pelos F-5, bem como uma segunda salva de 4 Derbys. Com a segunda salva acho que teríamos chance de vencer, ou no minimo zerar os Rafales do céu.

Wilson
Wilson
1 mês atrás

Seria algo parecido como CRUZEX I.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Para DCS ainda é imbatível

Wilson
Wilson
1 mês atrás

Em uma situacao real provavelmente o resultado seria parecido com o resultado do CRUZEX I.

bjj
bjj
1 mês atrás

Acho que seria interessante recriar cenários que realmente aconteceram, seja em exercícios ou guerra reais, para ver se os números se aproximam. Tipo, Gripen C deu 4 x 0 no J-11 nos exercícios entre Tailândia e China. Será que no simulador, recriando exatamente este cenário, os números finais seriam próximos dos reais?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
1 mês atrás

A ECEMAR usa um software semelhante, chamado MARTE, no jogo de guerra AZUVER. Mas o objetivo do AZUVER está mais no cenário estratégico, ou de planejamento e condução da guerra. Menos no tático.

bjj
bjj
1 mês atrás

Outra sugestão: Gripen E x Su-35 sobre a Suécia.

Marcelo
Marcelo
Reply to  bjj
1 mês atrás

esse eh bom tambem! E uma variacao, se ja houver o Su-57disponivel no database do jogo, Gripen E vs Su-57.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
1 mês atrás

Boa!

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
1 mês atrás

Tantas conjucturas, tantas questões, tantos prováveis cenários de combate.

Isso porque se trata de um software que tenta chegar o máximo possível da realidade. Imaginem na realidade mesmo com mais complexidade e vertentes.

É de se tiver louco.

Más a minha sugestão seria a óbvia e de comum com muitos amigos.

Nosso Gripen versus os caças da América do Sul. Tem bastante brincadeira pra se fazer no final de semana.

Joli Le Chat
Joli Le Chat
1 mês atrás

Se a simulação continuasse, os Rafales iriam atrás do E99?

Walderson
Walderson
1 mês atrás

Galante, e um cenário dos F-5EM X Rafale, mas com os E-99? Será que daria o mesmo resultado?

Frederico
Frederico
1 mês atrás

A/OA-10 Thunderbolt x EMB-314 “Super Tucano”

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 mês atrás

Realidade: FAB exterminada em 3 dias pelos fazedores de queijo, Bolsonaro em cadeia nacional “é só uma briguinha talkey?”

Marcelo
Marcelo
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

hehe

PauloOsk
PauloOsk
1 mês atrás

Na hora que apareceu a foto do Rafale deu ate um desanimo. hahaha. Muito bom!!!

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Eu tinha feito coisa semelhante na DCS e em combate 2×2 os F5E foram superiores a todos os aviões russos menos ao Mig29 e 31 e aos Flanker..

O Foxbat utilizava da velocidade superior para escapar depois do primeiro abate.

Dod
Dod
1 mês atrás

Caraca, 4 f-5 ainda conseguiu abater 2 Rafale, fiquei de cara.Achei que isso nem era possível!

Wellington Góes
Wellington Góes
1 mês atrás

Lembrei do software, havíamos conversado sobre alguns vídeos feitos com ele de outros possíveis confrontos, tempos atrás, lá no grupo de WhatsApp… Muito bom!!!

Quanto ao F-5M é um pequeno notável… Não é uma aeronave ‘carro chefe’ para se ganhar uma guerra, mas em quantidade considerável, dará trabalho… Não a toa continua em operação mundo a fora até hoje…. Mas lembrando, não deu o que tinha que dá, nada desse papo de ficar modernizando ad eternum… Deixa isto pro Irã.