quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Gripen para o Brasil

Primeiro caça Gripen da FAB vai sobrevoar Brasília no Dia do Aviador

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O primeiro Gripen brasileiro (clique na imagem para ampliar)

Segundo informações contidas em uma reprodução de tela que circula nas redes sociais, o primeiro caça Saab F-39 Gripen (número de série 39-6001) da Força Aérea Brasileira deve voar sobre Brasília-DF no dia 23 de Outubro de 2020, Dia do Aviador.

O primeiro caça Gripen brasileiro chegará de navio em setembro no Porto de Navegantes, município brasileiro do estado de Santa Catarina, região sul do país. O município de Navegantes conta com o Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder, importante terminal de cargas e passageiros.

De lá, o avião deve seguir em voo para as instalações da Embraer em Gavião Peixoto, interior de São Paulo-SP.

O Gripen E 39-6001 dará continuidade às campanhas de ensaio realizadas na Suécia relativas ao Programa Gripen Brasileiro.

- Advertisement -

176 Comments

Subscribe
Notify of
guest
176 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Victor Ziz

Que sensacional.

WVJ

Calma antes de comemorar, ainda há tempo para o maior pesadelo: Parceria com a Suécia cancelada; em troca F-18 pra FAB.
Desculpa aí, mas estou incomodado pela notícia sobre o A-Darter.

Victor Ziz

De onde você tirou que a parceria pode ser cancelada? A história dos F-18 para a Marinha não passou de um rumor. A questão dos A-Darter não me parece o fim do mundo, pois a FAB apenas escolheu o que lhe parece melhor.

WVJ

Não adiantou ter pedido desculpa pela brincadeira? Deixei claro que seria o maior pesadelo e que só comemorarei qdo tivermos montando/fabricando o gripen aqui.
Sobre o darter ainda espero que seja um erro, um fake, sei lá…. qdo vai entrar na sua cabeça que defesa significa poder se virar qdo for preciso. Aprender a fazer, experimentar, aprimorar, isso vale mais a longo prazo que ter uns mísseis prontos.

Marcelo

A questao do A-Darter me parece uma confusao feita pelo jornalista. A compra dos Iris-T eh conhecida desde o comeco do programa, ja que a industrializacao do A-Darter ia demorar. Com a quebra da Mectron isso deve atrasar ainda mais, e se foram comprados 12 direto da Denel, na verdade isso eh uma boa noticia porque nao creio que irao para os A-1M e sim para os Gripens mesmo. A fabricacao no Brasil deve demorar e chuto que seria feita pela Avibras, mas ai eh chute mesmo.

Henrique de Freitas

Correto

Flanker

É exatamente o que penso. O que foi informado qdo a FAB divulgou a lista dos armamentos do Gripen, é que tanto o Iris-T com o o A-Darter seriam adquiridos. Basta procurarem essa informação. E o que foi informado de novo pelo referido site? É muita fumaça e quase nenhum fogo…

Marco

Bom dia, concordo na integralidade com você, os comentaristas aqui, precisam conhecer a extrutura de “poder”, aqui, quem pode! Cada míssil produzido, tem códigos de controles, que são verdadeiros IMEIS, onde quem os usa, se não for o produtor, fica DEPENDENTE da boa vontade de quem vendeu… Na guerra das Falklands, (Malvinas), os EUA forneceram os códigos para a Inglaterra, da mesma maneira que a França, negou fornecer os códigos dos EXOCET, respeitando um acordo, tratado, que ela lá atrás, quebrou com ISRAEL…. O desenvolvimento e pesquisa das empresas nacionais como AVIBRAS, são preponderantes na individualização e domínio próprios da… Read more »

Carlson

A questão não é o melhor míssil ou não, a questão é a nossa soberania nossa industria de defesa que tem que ter capacidades de construir as próprias armas para a defender e não virar cliente e viver pagando aos outros países quase de tudo isso se eles quiser vender e se a compra não for barrada como já aconteceu com Argentina ou com o próprio Brasil na segunda guerra mundias com as bateria dos submarinos… Investiram dinheiro no MAR-1 depois desistiram agora investiram no desenvolvimento em conjunto com a Africa do sul e irão desistir também do A-Darter? se… Read more »

francisco Farias

Deve ter alguém ganhando com tudo isso. Desistir de um investimento é jogar dinheiro fora.

Camargoer

Olá WVJ. Acho que você exagerou um pouco. O programa está bem avançado. Se quiser dar uma ideia errada para o governo seria encerrar o programa no primeiro lote e em seguida adquirir lotes de F18 eventualmente dos excedentes dos EUA. Há garantia do programa seria o financiamento externo.

AMSS

PQP! Interpretação de texto tá ótima!

Ele foi irônico devido a FAB não adquirir os A-Darter e decidir comprar IRIS-T.

Camargoer

Caro AMSS. O que separa a ironia de uma observação exagerada costuma ser afiada como navalha. Se precisa explicar, deixa de ser ironia.

Mario José

A ironia é difícil de ser definida e compreendida quando escrita, pois o que diferencia o real e a ironia é o tom e tom é praticamente impossível de ser traduzido em escrita.

Sérgio Luís

O problema é que um Gripen tá saindo pelo valor de dois f-35! Aí quem ñ pararia para pensar!?!?

Last edited 6 meses atrás by Sérgio Luís
Denis

Você está incluíndo os custos de operação e manutenção do F-35 no seu cálculo? Porque se estender por toda a vida útil da aeronave, a orquinha é um pesadelo.

AMSS

Sim, pq o modelo de negócio é idêntico…

Camargoer

Caro Sérgio. A conta seria mais complicada. Quando um país adquire um novo caça, junto com o valor do equipamento também tem o valor do treinamento dos técnicos e engenheiros, das armas, das ferramentas de manutenção, dos sistemas de testes, do treinamento dos pilotos. Isso tudo eleva o custo das primeiras unidades. Lotes posteriores são mais baratos. Se a FAB adquirisse o F35 mesmo por FMS sairia muito mais caro do o valor pago pelos EUA, provavelmente cada F35 seria mais caro do que os F39 adquiridos pela FAB.

Cristiano GR

É piada? Ou lhe falta informação mesmo?
O programa JSF do F35 é apontado como o mais caro da história. Esses custos não estão sendo repassados a todos os parceiros do programa integralmente, ficando a maior parte com os americanos. E quando o assunto é defesa o valor não importa tanto quanto as garantias, o acesso as informações, a soberania e independência almejadas e conquistadas.

Karl Bonfim

Fala sério hein!!

Kemen

Putz… tem que ir até Brasilia para ver o nosso Gripen voando?
E os outros? Por que não voar depois em outros lugares também?

Denis

Amigão, só vinha pra cá em 2021, e agora vem em outubro de 2020. Dá um desconto aí, vai…

Grozelha Vitaminada Milani

Nossa que maravilha.

Chega de navio da Suécia, desembarca em Santa Catarina, … (longe de SP onde se encontram as unidades da Embraer) … põem num caminhão, no trajeto enche o tanque no posto Ipiranga, descarrega no aeroporto, dá na chave e sai voando.

Me digam o que andam tomando que também quero entrar nessa vive loka.

Que viagem.

Como estamos modernos. Viva a indústria 4.0!!!

Silas R. Zeferino

Mais um perdidão… sai do tik tok!

Grozelha Vitaminada Milani

Mais um Geek que a NASA precisa estudar e contratar.

Brigadeiro dos teclados!

Bruno Albuquerque

1) vc leu o texto?
2) tem algum aeroporto do lado de algum porto em SP?

Grozelha Vitaminada Milani

Então, desembarca em SP e leva até a Embraer de carreta.

Na Embraer remonta, testa no chão e depois voa.

Quer que eu DESENHE???

Salim

Base aérea Santos, esta no porto, 1500 MTS pista. Vê no google darth. Da 320 km de Gavião Peixoto.

Glasquis7

Soube que ele só voará nas regiões pré-determinadas pois conta apenas com essas autorizações.

De quem dependem essas autorizações, da FAB ou da SAAB?

Last edited 6 meses atrás by Glasquis7
Leandro Costa

FAB, SAAB, ANAC, DECEA…?

Glasquis7

Certo mas, neste caso específico?

Leandro Costa

FAB e SAAB/EMBRAER são certos. Afinal de contas é a FAB que manda na aeronave, sendo que a SAAB/EMBRAER que vão dar o ‘ok’ por se tratar de aeronave de testes. Acho que DECEA nem precisa, afinal de contas é controle de espaço aéreo, então acho que é a ANAC que tem que dar um certificado de autorização para o tipo da aeronave, algo que no caso do Gripen deve ser feito de forma bem rápida.

Salim

Acho que náo. Lembrando que vira pra testes ainda, avião náo esta homologado ainda. Comparando co kc390 que demorou cerca de 4 anos homologar, gripen ate estar full operacional vai demorar.

Rinaldo Nery

Leandro, a aeronave é MILITAR! ANAC não manda nada. Quem certifica/homologa é o IFI.

Leandro Costa

Sinceramente eu fico bem mais feliz em saber disso hehehehe

glasquis7

Obrigado pelo esclarecimento Coronel.
Só uma outra dúvida, já abusando da sua boa vontade, nesta próxima fase de testes, os pilotos serão da FAB ou serão pilotos da SAAB?

Mauro

Você soube é?? qual a fonte? pode colocar o link ou é apenas coisa da tua cabeça mesmo?

Glasquis7

KKK.
Como dói ne? KKK

Recomendo um psicoterapeuta pr vc. Está precisando… Depois da notícia do A Darter então???

KKKKKKKK
Vai cara, se trata e esquece de mim. Até parece minha ex mulher despeitada.
KKK

Mauro

Ou sua, tua cabeça e pronto, acabou de confirmar que é apenas trolagem.

Glasquis7

justamente nena, é trolagem minha!!!
KKK

SAAB.jpg
Glasquis7

Agora posso por vc na minha lista de Fanclube, tem o Bardini, o Alex e um penca KKKKK

Analista da Receita Federal

Aproveita e põe o meu nome também.

Glasquis

Vc, quer que eu ponha no teu também.
Blz, dou um jeito.

Analista da Receita Federal

O que vc escreveu só confirma que vc é um arrogante, mal educado, desajustado mentalmente , doente e despreparado.

Peço ao Alexandre Galante que leia a sua resposta acima e bloqueie você eternamente.

Glasquis7

Mauro:

Ou sua, tua cabeça e pronto, acabou de confirmar que é apenas trolagem.”

Me mostra aí onde está a minha trolagem?

Fiz uma pergunta e nada mais. O resto vcs criaram. Respondo à altura de como vcs me tratam.
Se o fizer com educação, do mesmo jeito o tratarei.

Funcionario da Comlurb

Eu também. Não perco as asneiras que você escreve por nada.

Funcionario da Comlurb

Vai rindo mesmo, aliás ria enquanto pode porque daqui a pouco, por conta de sua arrogância e soberba, vai ser bloqueado outra vez.

Vai rindo.

Glasquis

Desculpa, vc poderia me explicar aonde está a minha arrogância ao perguntar sobre quem emite os permissos pro caça voar?

Pois há muito mais arrogância e soberba no teu comentário do que no meu.

Outra coisa, me mostra quando eu fui bloqueado do Poder aéreo pois não lembro disso.

Funcionario da Comlurb

Pois é. Verdade. no poder aéreo AINDA não , mas já foi no Naval.

Glasquis7

E por que foi, vc sabe?

ted

Na pagina da FAB tem a informação que ele esta autorizado a sobrevoar o deserto de atacama.

Renato

Boa pergunta.
Estou rindo pacas.

Glasquis7

Pois é, tem quem não tem nada pra fazer então, fica me seguindo pelo fórum.

KKKK

glasquis7

O melhor de tudo é que tenho uma legião de Fãs me seguindo KKK agora não estou mais sozinho KKK

Rinaldo Nery

Quem te disse essa despautério? O amigo do cabo corneteiro?

Glasquis7

Minh pergunta ficou presa na moderação então aqui vai de novo

Qual despautério, ou acaso o caça pode voar livremente pelo país todo?

glasquis7

Então, qual é o despautério coronel?

Nilson

Pelo que li em outro espaço, o avião ainda será da Saab por algum tempo, inclusive nessas datas faladas na matéria. Então, a autorização é diplomática e de controle aéreo e alfandegário, para avião de propriedade estrangeira ficar voando pelo país. Por isso só pode voar nas rotas autorizadas.

Nilson

A autorização que foi noticiada é assinada pelo Comandante da Aeronáutica.

Leandro Costa

Essa de vir de navio, coisa que eu duvidava totalmente, é que me pareceu algo estranho. Mas se é isso… é isso. Queimei a língua feio.

Leandro Costa

Nem soube que Gripens estiveram no Rio. Queria mesmo ter visto isso. Bem, pelo menos passaram bem pelas ruas do Rio. O caminho do porto até a BASC não é dos mais agradáveis hehehehe

Alexandre Galante

Passaram por bairros bem pobres. O jornal O Globo publicou umas fotos na época.

Anderson Petronius RJ

AG, o porto do Rio agora é mais apoio off shore. Usaria o Porto de Sepetiba a 12 KM da BASC, e dali pra Gavião é um “pulo”…não e bairrismo, não me entra na cabeça ir prum porto a mais de 700 km de distancia.

ted

Região sudeste tem alto trafego de aeronaves.

Argos

Tão alto a ponto de não autorizar UM voo de caça? E ainda mais, nessa época de pandemia? É cada uma q eu leio…

Rinaldo Nery

Nada a ver…

Salim

Estranho mesmo, santos vs gavião Peixoto da 320 km do rio quase dobro 560 km. Passa em santos vai pro sul ai volta. Pra vôo 300 km da pra usar ate pista da base de santos que tem 1600 metros.

Anderson Petronius RJ

desculpa…tem o porto de Sepetiba RJ que é “ao lado” da BASC. e dali pra Gavião Peixoto é um pulo de voo.
Não me netra na cabeça uma ida prum porto a quase 800km de distancia…

Rommelqe

Caro Anderson: ele tera que ser testado nas proximidades do aeroporto onde desenbarcar até ser confirmado que poderá fazer o voo até Gavião Peixoto. Na região de Navegantes os testes poderão ser ralizados sem maiores interferencias. A escolha do aeroporto de Navegantes está correta.

Leandro Costa

Anderson, eu não ficaria surpreso se o motivo pela escolha do Porto de entrada seja devido à facilidades aduaneiras. Sim, por mais que seja um equipamento militar, ainda há que se passar por todo o processo de importação da aeronave, etc. Provavelmente passando por algum regime especial, mas ainda assim necessário. Tendo dito isso, Itajaí pode simplesmente oferecer um processo mais célere para que isso seja feito de maneira mais adequada.

Aliás, alguém lembra se foi por lá que recebemos os blindados?

Salim

Blindados iam pro sul, ai tem logica. Vantagem aduaneira para caça FAB!? Só se vão trazer muamba no avião.

Glasquis7

Poupa horas de voo.

Pablo Astorga

Lo bueno es que el F-35 no necesita nada de eso, ¿no?

Daniel

Pablito na área de novo.

José

Faz todo sentido vir de navio.
Junto com material de apoio, ferramental, sobressalentes e etc.
Sem escalas, sem necessidade de enviar por exemplo um C-130 para buscar esse material (ou mais de um).
Bem mais econômico.

Leandro Costa

Pela ótima de material de apoio realmente faz bastante sentido. E certamente aeronaves tanque teriam que vir junto e provavelmente fazer escalas. De navio isso tudo é desnecessário. Agora estou tentando visualizar na minha cabeça como foi feito o despacho aduaneiro disso hehehehe

Solskhaer

Como é que é?!?!?!?!?

Solskhaer

… estarei na Ala 1 ou nos arredores com certeza!

Taso

se tiver horário, avisaaaaa!! tks

Fernando EMB

O documento em questão é uma autorização de sobrevoo. Vale apenas para o translado Navegantes-Gavião Peixoto, área de testes da Embraer, e ida para Brasília no dia do aviador.

Glasquis7

Isso mesmo. A minha dúvida é, quem emite essa autorização, FAB ou a SAAB?

Fernando EMB

A FAB emitiu a autorização.

Glasquis7

Obrigado!

Rommelqe

Claro que é a FAB/ANAC ….ou voce acha que uma entidade privada tem essa liberdade? Estamos falando de trafego aéreo…se a BMW (que possui uma fábrica do lado de Navegantes) quiser sair com um carro experimental na estrada logicamente precisa de autorização previa. Aliás do lado do aeroporto há varios estaleiros…qualquer embarcação recem fabricada precisa de autoprização para sair navegando, ou não?

glasquis7

Na verdade, mesmo que vc não saiba, e pelo seu comentário, não sabe mesmo, quem controla o trafego aéreo no Brasil é a DECEA, não a ANAC nem a FAB, embora sejam todos interligados e próprio DECEA seja dependente da FAB.

Às vezes perdemos a oportunidade de postar besteiras apenas pra atazanar a vida de quem faz uma pergunta com o único intuito de esclarecer uma dúvida.

Rommelqe

O DECEA é um órgão pertencente à FAB e a ANAC é um órgão civil.
Talvez um dia vc conheça um pouco mais de Brasil.

Rommelqe

Apenas para esclarecer um pouco mais esta questão: no Brasil uma aeronave que ainda está em fase de desenvolvimento e testes – que é o caso do nosso GRIPEN em apreço – precisa, obter o chamado AEV – Autorização Especial de Voo.para que possa realizar voos sem que interfira com o trafego normal. Quem emite essa autorização é a ANAC, órgão civil que opera, logicamente, em perfeita sintonia com a FAB. Em particular o DECEA, que é um órgão subordinado à FAB, não é o responsa´vel pela emissão deste tipo de permissão.Enfatiza-se que o exemplar do GRIPEN do qual estamos… Read more »

glasquis7

O DGAC não é militar, é civil, o que ocorre é que o Chile tem militares em todos os órgãos públicos considerados sensíveis pra segurança nacional. Sendo assim, dentro do diretório do DGAC deve sempre ter um militar. Mas o orgão se rege de forma independente da FACh e não segue normas militares, sendo seus funcionários, na enorme maioria civis. Ocorre o mesmo com as Empresas Estatais que trabalham em áreas militares como o caso de ENAER, ASMAR e FAMAE, que também contam com militares no seu diretório mas são apenas empresas públicas, (mesmo que FAMAE tenha como nome Fábricas… Read more »

Glasquis7

Curiosa sua compreensão de leitura. Eu postei:

quem controla o trafego aéreo no Brasil é a DECEA, não a ANAC nem a FAB, embora sejam todos interligados e próprio DECEA seja dependente da FAB. “

O que é a realidade e o seu comentário corrobora isso. Isso eu postei ontem, vc levou 22 horas em descobrir depois de pesquisar, que o meu comentário está certo.

Tem gente que dá volta e volta e acaba no mesmo ponto

Cavalli

Meu Deus, quanta bobagem.

Alguém acredita que irão barrar uma Certificação de uma aeronave da FAB? Um caça no “esrado da arte” feito na Suécia? Quem precisará de Certificações, serão estes órgãos mencionados (ironia).

Cavalli

“estado da arte”

Felipe Maia

Acredito que a vinda por navio se deve aos custos e ao fato de a aeronave ainda está em desenvolvimento.
Todavia, mesmo nossos Super Tucano vão voando até os clientes.
Os Rafale foram voando para a Índia.
O Gripen não pode fazer um voo sobre o Atlântico, mesmo levando mais combustível interno e externo?

Glasquis7

É uma aeronave de teste, não pode voar em território estrangeiro e da Suécia até o Brasil precisa fazer escalas em território onde não tem certificação pra voar

Grozelha Vitaminada Milani

Gênio dos Céus. Obrigado pelas informações.

Fico pensando como, como, como os C/KC-390 foram fazer as certificações de baixa temperatura fora do Brasil.

Qual navio transportou o Millenium para a base aérea americana que fez as certificações e testes????

A NASA precisa urgentemente abrir um grande centro de estudos e contratar os Nerds que opinam nesse site!

Se cuida Ellon Moska … kkkkk

Mauro

Foi para Portugal também, regido pelas normas da UE, sem certificação alguma naquela época.

O cara aí só fala pavada, sem a menor noção do que diz.

Vai dizer porque o KC-390 é verde e o Gripen é cinza.

Não manja lhufas.

glasquis7

Pro cara que disse que o Brasil lança uma chuva de AV-MTC sobre o Chile, mesmo tendo um alcance apenas de 300 KM. E depois quiz consertar dissendo que o AV-MTC e por isso podia se levado até lá e ser lançado do ar. Mesmo existindo apenas os protótipos de teste e nenhum deles ser certificado pra lançamento desde aeronaves, é lógico que fica fácil dizer que o Gripen atravesa o Atlantico né? Agora te conto um segredo. O KC é um cargueiro e pode levar bastante combustível, tem uma autonomia de mais e 6.000 Km. por isso pode atravessar… Read more »

glasquis7

“Fico pensando como, como, como os C/KC-390 foram fazer as certificações de baixa temperatura fora do Brasil” Simples, foram voando até a Base Aérea de Chabunco em Punta Arenas no Sul do Chile e lá fizeram as certificações de vento cruzado. Vc entende que existe uma pequena diferença entre voar do Brasil ao Chile, tendo uma série de pistas pra pousar durante a viagem que tem uns 3.500 KM desde São José dos Campos mas fez ainda uma escla técnica no Salgado Filho em Porto Alegre mas, já tinha as certificações suficientes e a quantidade de horas de voo necessárias… Read more »

Grozelha Vitaminada Milani

O Gripen, evolução das versões A,B,C e D, não pode carregar tanques externos sob as massas? Não faz REVO? Além de 3 (três) unidades operacionais do KC-390, a FAB possui 2 KC-130. Se você não quis entender, vou tentar mais uma vez explicar, pois não é possível desenhar. Não precisa de certificação para voar, precisa de autorização. O C/KC-390 quando voou fora das áreas de Gavião Peixoto – SP, não tinha as certificações. Outro coisa, esse 1o. F-39 versão E monoposto vai continuar seu programa de teste e homologações na Embraer. Talvez no final de 2021 seja repassado para a… Read more »

Grozelha Vitaminada Milani

Massas não, ASAS.

Glasquis

Vc está confundindo certificação com homologação e acho que são coisas diferentes. O KC que rodou o mundo tinha as autorizações, mas não estava homologado, além do mais, as homologações são por etapas. Um avião como o KC não é homologado de uma vez e pra tudo. primeiro é homologado pra voo, depois pra operacão depois pra operacão em determinada pista e assim vai. Vc pode ver que este caça vem sem ser homologado nem certificadoe por isso tem autorização de vôo apenas em regiões específicas. A dúvida que eu tinha se essas regiões são determinadas pela SAAB por estar… Read more »

Glasquis

“quando o KC voou pra fora das áreas de Gavião Peixoto não tinha as certificações”

Não tinha, mesmo por que voou pra ir fazer as certificações mas, já tinha comprovado condição de operação sobre o Continente então recebeu as devidas autorizações tanto da Argentina quanto do Chile e depois dos EEUU mas, essa autorização e a mesma que recebe este Gripen, traslado e voo teste pra provas e certificação em determinada região.

Glasquis

“não pode carregar tá ques externos sob as asas?”

Depende. Se fez a certificação de vôo com tanques sob as asas sim, caso contrário não. Além do mais, é uma aeronave em testes, é muito arriscado soltar ele num voo de mais de 4.000 Km. Sem pistas pra pouso em caso de emergência e os custos tornam a operação dispensável.

Vc já viu o E/F voando com tanques externos?

Up The Irons

Chuva de mísseis no Chile é piada de mal gosto, pois somos países amigos e temos infinitamente mais coisas em comum do que diferenças. Mas uma correção: como o próprio chefe do projeto disse ano passado, o míssil terá o alcance que o EB precisar. Os 300 quilômetros de alcance serão APENAS para a versão de exportação!

Silvano

Algo hipotético, mas sim, podemos fazer, somos capazes disso.

Glasquis

Desculpe mas tinha lido que o alcance máximo seria entre 550 e 800 Km.

Isso confere ou realmente terá mais do que isso?

RPiletti

Glasquis, isto é informação “classificada”, o míssil tanto poderá ter mais de 1.000km de alcance como poderá nem ser fabricado… partindo da premissa de que será fabricado e o desenvolvimento seja continuado, com a versão ar-solo, aquele mesmo que testaram em Canoas/RS no F-5, poderá sim ter mais que 800km de alcance. Mas, e tudo neste país tem vários mas, depois do A-Darter, tudo é possível.

Glasquis7

Mas tenho entendido que aquele teste em Canoas, foi pra desenvolver o envelope aéreo do míssil não pra implementação Ar Solo

glasquis7

Só uma dúvida, se é informação classificada, como é que vc maneja e publica essa informação?

RPiletti

Publiquei algum dado exato?

Salim

Kc390 foi e deu tour pelo mundo, sem estar homologado. Mistério.

glasquis7

As Homologações são feitas na medida que se fazem necessárias e são escalonadas. Me explico. Tem homologação de voo, de operação, de voo por instrumentos, de carga, pouso em determinadas pistas, até pra salto em paraquedas tem homologação. Então precisa ver se realmente foi sem homologação ou ver se estava homologado pra voo em determinado segmento ou em determinada condição ou se foi como protótipo. Já no caso específico do Gripen, não tem autonomia pra atravessar o Atlântico. Além do mais, ele vem pra ser certificado aqui no Brasil e por isso só pode voar sob autorizações especiais. Por isso… Read more »

Last edited 6 meses atrás by glasquis7
Marcos Cooper

Glasquiz7 nem perca seu tempo…

Glasquis

Grato pelo seu conselho, acho que realmente vc tem razão. Qualquer explicação, dúvida ou discordância eles consideram uma ofensa.
Tem cara que até negativou meu “obrigado” só de perseguição.

KKK

Last edited 6 meses atrás by Glasquis
Camaergoer

Ola Glasquis. Já negativaram perguntas, agradecimentos, dados estatísticos, parabenizações… inclusive um colega disse que costuma negativar o que publico sem ler. Vai entender.

Leandro Costa

Me negativaram acima por eu ter feito uma retratação dizendo que eu mesmo estava errado anteriormente hehehehe.

Glasquis7

Pior que eu lí esse comentário também.
Parece que tem gente que entra sem saber e quer sair do mesmo jeito mas com uma aprovação de todos.

Salim

O que vc escreveu e claro e sabido. O que escrevi e que avião não está pronto e vai demorar até estar full operacional. Não está testado pra revo e envelope de voo. Tem que deixar claro que vai demorar, avião Não é igual carro, só virá pra propaganda como maquete e depois vai pra teste homologação novamente.

Jadson Cabral

Agora as dúvidas quanto à maneira como a aeronave viria estão sanadas

Matheus

Espero que já venha com a pintura que a FAB use.
Essa da foto é bem “incompleta”.

Luiz Antonio

Amigo, esqueça essa “neura” de pintura. Esse assunto já cansou.

AMSS

Nosso maior evento cívico-militar é o Dia da Independência, será uma pena não ter o Gripen participando do desfile aéreo, 46 dias separam a Independência do Dia do Aviador.

Torço para que possam adiantar o cronograma.

José

Será que com essa pandemia haverá o tradicional desfile de 7 de setembro?
Talvez algo sem público presente, só para fazer alguns vídeos e fotos.

Fernando EMB

E porque fazer as coisas na correria? Já pediram autorização de sobrevoo para o final de setembro. Então esquece.

Salim

Aqui SP regulam tudo no 7 setembro, contenção, ate no domingo aéreo regulam vôo f5. Só vai voar Brasília pra ‘ otoridade.’

JuggerBR

Se desembarca em setembro, já deve estar embarcado agora ou quase.

Marcos10

Com certeza. Se vem por um navio da Marinha do Brasil, com velocidade de 6 nós, deve ter saído o ano passado.

Fabio Araujo

Que massa!

Fabio Araujo

Bem que poderiam antecipar para ele voar em BSA não do dia do aviador, mas sim no dia 7 de Setembro!

Last edited 6 meses atrás by Fabio Araujo
Flamarion

Parece que ninguém leu a matéria sobre o A-Darder, nela do, que o míssil ainda não está homologado para o Gripen, mas que no futuro haverá novas encomendas.

Luiz Antonio

entregues pessoalmente pelo Papai Noel. Ele até alugou renas adicionais para trazer a meia-dúzia.

Jef2019

Excelente notícia…espero que se confirme essa data….so nao entendo porque chegará via maritima e não em voo….lembro que os mirage 2000 c vieram em voo inclusive com lindas fotos….seria porque ainda encontra-se em fase dw ensaio e não pode correr este risco de longa viagem?

William

Não tem aeronave pra abastece-lo em voo

Lucianno

Acredito que seja pelo risco. Além do mais não existe urgência por parte da FAB.

ghutoz

hahahaha moro na cabeceira da pista de navegantes literalmente!!! verei de camarote!!!!

Bueno

VC vai transmitir ao vivo… da seu jeito
kkkk

ghutoz

faço sim, não vou perder por nada essa chance! ver o motor roncar pela primeira vez no brasil vai ser D+

Salim

Faz live youtube, vai bombar.

Leandro Costa

Ambas as sugestões acima são válidas hehehehe

Marcos10

O importante mesmo é que o avião posa desfilar. Se fosse navio iria passear, desfilar pela Baia de Guanabara com todo o almirantado gritando olé, olé, olá.

ted

Navegantes fica ao lado de Itajaí onde serão construídas as fragatas tamandaré. Santa Catarina Bombando.

MARCELO Nascimento

Quem estará nos comandos? Será o Cap. Forneas?

Rinaldo Nery

É Major já. Faz algum tempo.

Pablo Maroca

Gripen vc é um caça fantástico!

nonato

Não seria mais prático vir voando?
Vai fazer o que em Gavião Peixoto?
O avião não está pronto?

Paulo Lahr

Está acontecendo. Sonho se realizando. Ainda me lembro da primeira capa do programa fx da revista Força Aérea que comprei. Mais de 15 anos isso. Acho que era de 2003.

Alex Faulhaber

Quando diz “deverá seguir em voo”, eu imaginei ir em voo desmontado em um C-130 ou no C-390, não?

Rodrigo Maçolla

Quem vai ter a honra de pilota-lo aqui ? Nesse que sera um evento histórico em uma data tão importante

Ted

Um dos 2 pilotos que estão na Suécia acompanhando o desenvolvimento do caça

Gabriel BR

Oba! Minha cidade e vou estar na esplanada para filmar hehehehe

Daniel

Virá de navio, beleza.
Então ele já está embarcado ou em vias de né? Pergunto isso porque até navegar pra cá, desembaraçar, transportar em carreta, realizar testes ou alguns ajustes levará um certo tempo.
Como comentaram aí, entendo também que o mesmo deveria desembarcar em Santos já que a questão de vir por águas marinhas seria o custo da logística.

Last edited 6 meses atrás by Daniel
Ted

Ou em vias de né né né..
O que é isto ?

"Você" pagador de impostos

O Governo vai fazer aquele show como de costume teatrinho, falar sobre soberania e etc.. mas nas outras questões como o cancelamento do programa dos mísseis brasileiro como o MAR-1 e agora a aparente falta de interesse pelo A-Darter não tem transparência nenhuma eles falam sobre soberania mas não tem planos ou interesse algum para incentiva a industria de defesa do Brasil a construir as próprias armas para a defesa.

Rinaldo Nery

Mimimimi….. Chora na cama que é quente.

Glasquis7

Parece um Concorde Modernizado

Luiz Antonio

…Entre 9 e 19 passageiros….sei. deve ser bem “econômico”, senão o cara terá que deixar o coração, os pulmões, os rins, o figado, etc, já no check-in.

Marcelo 75

Já era tempo! Embora chegando um pouco “atrasado (antes tarde do que nunca) não por culpa da SAAB, diga-se de passagem! Como se dará e quanto tempo a FAB mudará a doutrina de operação? Isto é opera-lo como Gripen-E e não como F-5! Uma mudança radical de um novo conceito vislumbra o horizonte, uma vez que o salto qualitativo presumo que se dê, não somente no modo físico (caças), o que mudará o piloto em si a forma de ver e rever seu conceito em relação a forma operacional hoje em vigor ? Lembrando que a USAF demorou a adaptar-se… Read more »

Rinaldo Nery

O Grupo Fox, no COMPREP, já trata disso.

GFC_RJ

E pelo que acompanho, já o estão fazendo há um par de três ou quatro anos…

João Adaime

O local para desembarque parece mesmo ser o mais apropriado. O porto fica cerca de um quilômetro do aeroporto. O Gripen não precisa ir de carreta. Um trator de reboque pode fazer o serviço.
Na foto em anexo pode-se ver uma das cabeceiras da pista no alto à direita. A pista possui 1.701 metros de comprimento por 45 de largura.
Rebocado ou em cima de caminhão, será um acontecimento na cidade.

a 1 porto.jpg
Ted

Evento istorico! Primeira decolagem em terras tupiniquim. E um montão de self.

Daniel

Como assim?
Basta desembarcar, rebocar até aquela pista, encher o tanque de querosene e decolar? Simples assim?
Não seria necessário realizar alguns ajustes e testes?

João Adaime

Caro Daniel
Eu apenas comentei que será fácil o deslocamento via terrestre do avião desde o porto até o aeroporto.
O que será feito no aeroporto, não faço a menor ideia. Pessoalmente, acredito que ele já foi testado suficientemente para poder voar até Gavião Peixoto.
Eu diria que é só calibrar os pneus, verificar o nível do óleo e da água, limpar o para-brisa, ajustar a posição do acento e dos retrovisores, abastecer e seguir viagem. Ia esquecendo: e colocar umas músicas bacanas no aparelho de som.
Este último parágrafo foi brincadeira.
Abraço

Daniel

kkkkkk boa.
Mas ele irá mesmo decolar desta pista até Gavião Peixoto?

João Adaime

Caro Daniel
Este é um aeroporto internacional. Ali pousam Boeing, Airbus e Embraer.
Abraço

a 3 aeroporto.jpg
João Adaime

Aeroporto de Navegantes

a 2 aeroporto.jpg
Ted

Terá um sobrevôo rápido para teste. Depois enche o tanque e gavião Peixoto

Salim

Base Santos esta porto Santos. Comandante Nery peço sua opinião profissional se esta opção e viável.

Erick Nilson Silva

E que venham os Sukhois SU30 de Madurito…
A brincadeira agora estará em outro nível aqui na América do Sul.

Yuri Dogkove

Imaginem o Gripen armado de MAA-1B, A-Darter e MAR-1… Só imaginem!!!

Daniel

Trocaria o MAA-1B pelo Meteor, afinal, não faz sentido MAA-1B e A-Darter juntos.

Felipe Maia

De Linkoping a Natal são 8.500 KM de distância. Considerando que o Gripen E tem um ferry range declarado de 4.000 KM, podemos supor que no traslado ele faria duas paradas, por exemplo, em Portugal (2.500 KM) e Cabo Verde (6.000 KM). Ou seja, trazer o Gripen voando é, em tese, perfeitamente factível. O motivo de vir de navio se deve ao fato de ainda ser uma aeronave em fase experimental, como disse aí em cima o Galante. Provavelmente o vetor nunca fez um voo tão longo até agora. A finalização do processo de certificação da aeronave se dará em… Read more »

RENAN
CARLOS MOLISANI

o Gripen está sobrevoando nesse momento o centro de Brasília, acompanhado de um F-5 F e um black hawk estacionário para filmagens/fotos. E hoje o sol resolveu colaborar e dar as caras na capital!

- Advertisement -

Combates Aéreos

Atingido, mas não abatido – 1

A foto acima mostra um Mirage IIIC de Israel logo após o mesmo pousar (ou melhor, planar para o...
- Advertisement -
- Advertisement -