Home Espaço Operação Falcão I/ 2020

Operação Falcão I/ 2020

2836
28

CLA lança Foguete de Treinamento Básico

Operação Falcão I/ 2020

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) realizou na tarde desta quinta-feira (25) o lançamento de um Foguete de Treinamento Básico (FTB) na Operação Falcão I/ 2020. A operação integra o cronograma de atividades de lançamento do CLA do ano de 2020. Além do treinamento operacional das equipes envolvidas, a Operação exercita as principais funções de comunicações, telemetria, rastreamento e gerenciamento dos procedimentos de segurança e comandos para lançamentos.

O lançamento ocorreu às 17h52min (horário de Brasília) com o veículo atingindo uma altitude máxima (apogeu) superior de 30 quilômetros em 1min15seg. Em um total aproximado de 2min44seg de tempo em voo até o término do rastreio sobre a costa alcantarense.

“Destaca-se na Operação Falcão a operacionalidade do Centro, treinamento de equipes e meios, sendo essa operação voltada principalmente para a preparação para atividades de grande porte”, afirma o Diretor do CLA, Coronel Aviador Marcello Correa de Souza.

A Operação iniciou no dia 22 de junho, seguindo com os procedimentos de segurança de interdição e esclarecimento de área marítima, patrulhamento terrestre e aviso aos navegantes para a comunidade pesqueira local.

O Foguete de Treinamento Básico utiliza combustível sólido e é estabilizado por quatro hastes aerodinâmicas. O sistema de lançamento emprega um casulo reutilizável que pode ser novamente empregado em outras operações para integração do veículo junto à plataforma de lançamento.

A Operação Falcão, com apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB), é a primeira a ser realizada no CLA no ano de 2020 e, neste lançamento, não havia carga útil cientifica.

FONTE/FOTOS: CLA

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
9 dias atrás

É bom se manter afiado, se os acordos assinados vingarem vão precisar.

Reginaldo
Reginaldo
Reply to  Fabio Araujo
9 dias atrás

Kkkk. Muito engraçado, tem bons comediantes por aqui…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Reginaldo
9 dias atrás

kkkkkk, pois é coisas da vida, melhor lançar isso do que vender travesseiro da nasa.

Eliton
Eliton
9 dias atrás

Eu vi o vídeo de lançamento e confesso que eu ri, achei ate bonitinho o foguetinho subindo, parecia São João.
Apesar de tudo, nada mal pra um pais que começou a lançar foguetes na década de 60, devagarinho a gente chega la.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Eliton
9 dias atrás

Nada mal? Isso é péssimo! A evolução do setor espacial nacional é um dos maiores exemplos de incompetência na gestão e gerenciamento de projeto do país.
Referente ao treinamento, é o básico, mas poderia ser muito melhor aproveitado se cedessem espaço para mais empresas do setor privado, que adorariam participar de tal exercício, aumentando a frequência de execução dos mesmos expandindo o interesse na área.

Last edited 9 dias atrás by MMerlin
Eliton
Eliton
Reply to  MMerlin
9 dias atrás

Acho que você não entendeu, mas tudo bem.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  MMerlin
9 dias atrás

Evolução? Que evolução?? O que aconteceu se chama devolução.

Andre
Andre
Reply to  MMerlin
9 dias atrás

Tanta vontade de criticar e não se deu ao trabalho de prestar atenção ao comentário, que foi feito com uma pequena dose de ironia.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Andre
9 dias atrás

Ué, meu comentário é a maneira de expressar a decepção com a total incompetência do setor espacial brasileiro, se é que esse negócio aí ainda é digno do nome.
Não gostou? Vai plantar bananeira. Acho que essa tecnologia pelo menos o país domina.

Last edited 9 dias atrás by Joao Moita Jr
Sagaz
Sagaz
Reply to  Joao Moita Jr
9 dias atrás

Então o senhor que tem que ir plantar a dita especialidade sua, afinal o revoltado que não gostou da notícia é o senhor. Para que consumir material de divulgação e reportagem de tecnologia brasileiro? Só para desaforar?

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Eliton
9 dias atrás

O lançamento é simplesmente ridículo. O CLA é um canhão para matar passarinho. Muito caro para ficar lançando rojão de vareta.

Leandro
Leandro
Reply to  Eliton
9 dias atrás

Eliton, concordo com você, de forma mais moderada, pois temos em pleno 2020 um evento que guardadas as proporções é a Alemanha já possuía na 2ª GM. De certa forma é uma tecnologia de 75 anos atrás.

Teripode
Reply to  Eliton
8 dias atrás

Bem devagarinho mesmo , sem queimar etapas kkkkkkkkk

Luiz Antonio
Luiz Antonio
9 dias atrás

As equipes operacionais devem manter suas proficiências e isso é o mínimo que devem fazer, inclusive, e principalmente, com os procedimentos de segurança. O pessoal não tem culpa alguma das irresponsabilidades das pessoas que gerenciam o programa espacial e daqueles que decidem sobre os recursos a serem aplicados. Na minha opinião, o Programa Espacial inteiro deveria ser oficialmente suspenso, para não consumir os poucos recursos que recebe, pois não têm como transformar esses recursos em avanços. Realidade Catastrófica. O acidente do VLS e as trapalhadas do projeto Ciclone com alguns milhões de reais pelos ralos tremendamente suspeitos, destruíram quaisquer possibilidades… Read more »

Foxtrot
Foxtrot
9 dias atrás

Enrolação.
Cadê o lançamento do 14-X, SARA sub orbital, Missão Aster, L-75, outro lançamento do L-15 etc etc etc.
Se antes mesmo com tantas dificuldades tínhamos um programa especial, agora com o “aluguel” da base de Alcântara só nos restará lançar foguetinhos.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Foxtrot
8 dias atrás

O problema não é o aluguel da base porque esse acordo não impede que o Brasil use-a,e mesmo que impedisse nós ainda teríamos o Centro de Lançamento Barreira do Inferno,o problema é a falta de interesse e comprometimento de sucessivos governos com o programa espacial brasileiro,que honestamente jamais foi um projeto sério como o indiano ou o israelense. Como eu já disse diversas vezes aqui na trilogia,a culpa não é só dos políticos,é também dos oficiais de alta patente que apenas se preocupam com seus soldos e as pensões de suas filhas encalhadas e não movem um músculo para bater… Read more »

francisco
francisco
Reply to  Allan Lemos
8 dias atrás

Esqueceu de citar o Irã que,ao que parece, tambem já passou o Brasil.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
9 dias atrás

Apenas para complementar, não sobrou nada para lançar qualquer coisa diferente do que esses FTB’s. O VLM foi definitivamente enterrado. O motor s-50 apresentou problemas estruturais também, portanto, é passar a régua. Não tem jeito. Acabamos sem satélites, sem lançadores e sem dinheiro. `Parabéns aos Envolvidos” Fecharam o ciclo.
Depois ficam enchendo o saco com esse papo de “vira-lata”

Pedro
Pedro
9 dias atrás

PE verdade que não existe ou existia rede de internet ? E só depois que mandam as fotos e vídeos dos lançamentos? É em razão de segurança, proibição americana ou Banânia? Abraços.

Rogerio
Rogerio
9 dias atrás

Morei 4 anos em São Luis / MA, nuca vi um lanamento. A FAB só avisa depois do lançamento. Parece tudo ultra secreto.

Last edited 9 dias atrás by Rogerio
Halley
Halley
Reply to  Rogerio
7 dias atrás

É pra não passar vergonha ao vivo

fewoz
fewoz
9 dias atrás

Eu juro que tento ser otimista, mas é difícil, haha. Tenho a impressão que até o Programa Espacial Argentino é melhor que o nosso (O lançamento do Tronador foi interessantíssimo). Corrijam-me se estiver errado.

Italo Souza
Italo Souza
9 dias atrás

Em 60 anos de lançamentos de foguetes e o Brasil ainda se mantém neste padrão, eu no sei se está se especializando or está com dificuldades para evoluir.

Allan Lemos
Allan Lemos
8 dias atrás

Como eu já disse diversas vezes aqui na trilogia,a culpa não é só dos políticos,é também dos oficiais de alta patente que apenas se preocupam com seus soldos e as pensões de suas filhas encalhadas e não movem um músculo para bater à porta dos parlamentares e/ou do governo federal para exigir mais verbas para as forças armadas. O resultado é este,ver a Índia lançando armas destruidoras de satélites e Israel lançando missões para a lua enquanto que o Brasil consegue no máximo lançar um foguetinho de São João de a cada 2-3 anos.Só lembrando que esse é o país… Read more »

Mgtow
Mgtow
8 dias atrás

Pena que a caterva de vendilhões da patria que ai está nesse (des)governo, permitiram pela primeira vez na historia um enclave de forças estrangeiras no nosso territorio. Quando se fala no CLA um ódio me corrói.Como nacionalista que sou, é um sentimento impossivel de deter.

Zorann
Zorann
8 dias atrás

Para o infinito e além!

Halley
Halley
7 dias atrás

Está na hora do povo buscar por seus parlamentares para começar a reduzir o gasto com defesa e com este ilusório programa espacial. Décadas de investimentos já provaram que os militares brasileiros têm prioridades salariais mais em conta do que a eficácia de suas funções.

Goes
Goes
7 dias atrás

Nesse mesmo site há um lançamento em 2016 (só para ilustrar como estamos na mesma) de um FTB que alcançou o mesmo apogeu, ou sega 4 anos até aqui e nada mudou ou melhorou!
Após o VLS o Brasil passa é vergonha com um programa (se podemos chamar assim) medíocre que a Alemanha nazista na segunda guerra mundial já desenvolvia com mais progresso. Triste ver que a falta de vontade política resulte nisso.