Home Aviação Civil GF pode comprar R$ 100 milhões em passagens aéreas da Gol

GF pode comprar R$ 100 milhões em passagens aéreas da Gol

9504
127

O governo federal poderá comprar 100 milhões de reais em passagens aéreas da companhia aérea Gol (SA:GOLL4), afirmou o presidente-executivo da empresa, Paulo Kakinoff, nesta quarta-feira, como forma de ajudar o grupo a atravessar os efeitos da pandemia de coronavírus.

O executivo afirmou ainda, durante uma conferência online, que o BNDES poderá concluir os termos finais de um pacote de apoio financeiro avaliado em 2 bilhões de reais até a próxima semana.

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest
127 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings
Antoniokings
4 meses atrás

Nossa!

JuggerBR
JuggerBR
4 meses atrás

Podiam usar isso pra acabar com o GTE… Lugar de político é no avião de carreira, e não em jatos militares de transporte executivo.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  JuggerBR
4 meses atrás

Concordo.

marcus
marcus
Reply to  Rinaldo Nery
4 meses atrás

Aqui onde moro, as lojas que estão fechadas já tiraram as placas, com certeza não reabrirão. As pequenas e médias empresas são as que geram mais empregos.
Qual apoio estão recebendo do governo?

Xerem
Xerem
Reply to  marcus
4 meses atrás

Exato !

PACRF
PACRF
Reply to  marcus
4 meses atrás

Nenhum. Afinal, a pandemia não existe, é só uma “gripezinha”.

Xerem
Xerem
Reply to  Rinaldo Nery
4 meses atrás

E isso ai coronel estou com o senhor e nao abro !

Mauro
Mauro
Reply to  JuggerBR
4 meses atrás

Seriam linchados, e sabem disso, este é o grande problema de não usarem aviões de carreira.

Xerem
Xerem
Reply to  Mauro
4 meses atrás

E so nao roubarem e trabalhar direito para o povo .

ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
Reply to  Xerem
4 meses atrás

Desde quanto a canhota vermelha está preocupada com “roubo”, se o roubo é o objetivo político da canhota vermelha?? Os canhotos querem linchar e matar os políticos do outro lado exatamente porque os canhotos querem roubar e se perderem as eleições eles não poderão roubar.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
4 meses atrás

Que alívio que agora o país é conduzido por homens sérios e honestos…

ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
Reply to  Joao Moita Jr
3 meses atrás

Governos anteriores desviaram 1 trilhão de reais e financiaram ditaduras vermelhas com dinheiro desviado do Brasil. Este grupo vermelho ainda prometeu soltar bandidos da cadeia se fossem eleitos e tiveram 44 milhões de votos das pessoas que agora acusam escândalo de um assessor que fez rachadinha. São estes 44 milhões de honestos eleitores vermelhos que querem falar de honestidade?

Camargoer
Camargoer
Reply to  ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
3 meses atrás

Andre. O PIB do Brasil seria da ordem de 6 trilhões de reais. Um trilhão de reais seria 15% do PIB. Em 2015, a queda do PIB foi de 3% e ocorreu toda aquela crise. Não tem onde esconder um trilhão de reais….

ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Camargoer. Leia as notícias sobre a Delação do Palloci relativo ás operações do BNDES nos governos anteriores. Ele relata 800 bilhões em empréstimos via BNDES para empreiteiras aliadas dos governos mais operações de “empréstimos” para obras em Cuba, Venezuela, Equador, Argentina e África. Some os escândalos dos Fundos de Pensão, Petrobras, Eletrobras e usinas Hidrelétricas..

Camargoer
Camargoer
Reply to  ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
3 meses atrás

Caro Andre. Empréstimos são auditados pelo banco e registrados em contratos. Eles possuem garantias e objetivos. A Embraer usa financiamentos do BNDES para vender aviões, a VW usou recursos do BNDES para modernizar a fábrica no ABC, prefeituras emprestam recursos do BNDES para ampliar redes de saneamento (e pagam depois as prestações com recursos de impostos), pequenas e médias empresas usam o BNDES para financiar vendas de maquinas, agricultores usam o BNDES para comprar máquinas e equipamentos, empreiteiras usam BNDES para financiar suas obras. Empréstimos do BNDES não são desvios. São empréstimos.

Delfim
Delfim
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Na prática basta não honrar o pagamento do empréstimo.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Delfim
3 meses atrás

Caro Delfim. Um empréstimo tem garantias. Por exemplo, o BNDES está cobrando a devolução dos aviões vendidos para uma empresa inglesa que faliu e eram a garantia do financiamento. Uma empresa que pega um financiamento no BNDES (empréstimo pessoal é em banco) passa por um processo regular de avaliação de crédito. De um lado, a empresa coloca garantias, e do outro as liberações ocorrem seguindo etapas. Isso no BNDES, no Banco do Brasil, no Itaú…. se a empresa não pagar, o banco tentará renegociar (toda operação de empréstimo tem um risco, se o departamento técnico dá o aval ao empréstimo,… Read more »

cerberosph
cerberosph
Reply to  ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
3 meses atrás

Fonte: site de fake news e vozes da minha cabeça

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Joao Moita Jr
3 meses atrás

No Governo Federal é. Nos estados nem todos.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Mauro
3 meses atrás

Falso. Com exceção do presidente da Câmara e do senado, todos os deputados e senadores usam aviões de carreira e nenhum sofreu atentado.

Xerem
Xerem
Reply to  JuggerBR
4 meses atrás

Onde eu assino amigão ?

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  JuggerBR
4 meses atrás

Apoio!

PACRF
PACRF
Reply to  JuggerBR
4 meses atrás

Só da Gol, e as outras empresas aérea?

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

De preferência eles deveriam pagar as suas passagens com o auxílio viagem que ganham.
Absurdo isso!

Camargoer
Camargoer
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

Olá Jugger. Eu também acho que seria mais barato pagar passagens em aviões de carreira do que usar os aviões do GTE, até porque metade dos vôos são entre Brasília e São Paulo ou Rio de Janeiro, e por Bra de 2/3 são para alguma capital estadual. O problema também tem outro lado. Praticamente metade dos vôos do GTE são para os comandantes militares e ministro da defesa. Portanto seria um equívoco dizer que são os políticos que abusam do GTE. Dados fornecidos pela FAB.

GripenBR
GripenBR
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

E aí? E agora José (Como diria Drummond). O mesmo orçamento militar da Itália (Que não é exatamente um exemplo de país honesto) mas as FAs muito mais modestas em termos de equipamentos. Porque?

Camargoer
Camargoer
Reply to  GripenBR
3 meses atrás

Caro Gripen. Acho que não dá para comparar o orçamento das forças armadas italianas com as operações do GTE da FAB, mas certamente o fato da Itália (assim como a França, a Inglaterra, a Alemanha e o Japão) produzirem a maioria dos seus equipamentos militares pode ter grande influência na otimização dos gastos miltiares.

Bille
Bille
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

Pode até ser… e seria muito bom. Mas o pessoal q vai de GTE só vai de GOL se fretarem o avião vazio…

A realidade é essa.

Agora, podem usar essas passagens pra fechar voos charter de operação acolhida e pra movimentar a Força Nacional, pra qualquer lado necessário, a Força Nacional Penitenciária tb, etc…

Camargoer
Camargoer
Reply to  Bille
3 meses atrás

Caro Billie. Transporte tático de tropas pode ser feito com o KC390. Para ter uma ideia dos valores, assumindo um bilhete aéreo de R$ 1 mil, seriam 100 mil passagens aéreas. Contudo, um contrato desses seria para o governo pagar as passagens quando são solicitadas, nunca para gerar crédito que vai sendo abatido. Sou um dos primeiros a defender a necessidade do governo federal de apoiar as empresas brasileiras neste período crítico, mas algumas coisas precisam ser colocadas, como a garantia dos empregos. Uma alternativa seria a venda dos aviões para o GF, que os alugaram para as empresas aereas.… Read more »

Fabio Araujo
Fabio Araujo
4 meses atrás

Se levar em conta todas as passagens compradas por todos os escalões do governo desde a administração direta até as estatais e empresas de capital misto isso deve dar 1 no máximo 2 anos passagens aéreas. Se colocar o Congresso acaba em pouco tempo.

PauloR
PauloR
4 meses atrás

Liberalismo não sobrevive sem o estado para segurar as calças. Agora cade aqueles que cobram menos estados pra dizer que é um erro o estado interferir na economia?

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  PauloR
4 meses atrás

Tu tá brincando, né?

O Estado que paralisou a atividade econômica e você me diz uma lorota dessas?

Acho que você deveria ter ficado calado ao invés de falar uma bobagem dessas.

Apenas para te informar, 8 milhões de empresas foram obrigadas a fecharem as portas por conta de decretos governamentais, enquanto que “apenas”2 milhões de empresas fecharam por livre e espontânea vontade.

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  Matheus Santiago
4 meses atrás

Matheus Santiago, atividade econômica foi parada devido a situação de pandemia, e infelizmente o governo tentou salvar a economia, fingido que não está acontecendo nada, tomamos a pior escolha possível, pq no final, não salvamos nem CNPJ’s ou CPF’s. Ficaremos com um dos maiores saldos de infectado e morte, sem falar que economia vai encolher mais de 10%.
Só para questão de informação, no momento é impossível saber quantas empresas irão falir, até mesmo pq tem muito empresário que vai aproveitar agora dar calote.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
4 meses atrás

Não, a atividade econômica não foi parada devido a crise do Covid-19, mas sim por decisões governamentais, quem se sujeitou a fechar praticamente todo o comércio foram os governantes e não o comércio.

Aliás, se a próxima pandemia acontecer daqui a 3 anos, vamos parar novamente? Se isso acontecer e provavelmente irá acontecer, o Ocidente acaba, pois os países do Oriente foram muito mais pragmáticos com relação a administração da crise do que os países ocidentais.

Não vou me alongar nessa conversa por conta de sairmos do foco da matéria.

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  Matheus Santiago
4 meses atrás

Matheus Santiago, saia na rua e me diz se fecharam todo o comércio? Muitos continua aberto, ou porque foram considerados essenciais ou pq burlaram a quarentena, e não houve opção para os governantes escolher, a nível mundial teve muitos que tentaram manter a atividade normal, mas não conseguiram por muito tempo. Se tiver outra pandemia da mesma maneira e nível de contágio da covid, sem um tratamento específico para ela, lamento teremos que parar mesmo, pq essa é um dos últimos recurso para diminuir o contágio. Se o ocidente esquecer o conhecimento obtido nessa situação, na próxima vai repetir o… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Matheus Santiago
3 meses atrás

Caro Matheus. A decisão de fechar o comércio e a movimentação das pessoa foi tomada PARA EVITAR A DISSEMINAÇÃO DO VÍRUS. Sem o vírus, não haveria necessidade do isolamento social. Recomendo você ler o livro “A grande gripe”. Recomendo também ficar em sua casa, usar máscaras e lavar as mãos.

marcus
marcus
Reply to  EVERTON SBRISSE
4 meses atrás

Muitas que fecharam não voltarão a funcionar. O pequeno empresário vive do dinheiro do dia a dia.

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  marcus
4 meses atrás

Marcus, eu sei essa realidade, sou advogado autônomo da área empresarial, senti no bolso o problema, mas tmb percebi que muitos empresários já estão aproveitando, para frauda o fisco, não pagar imposto ou débitos trabalhista, nesses dias conversei com alguns colegas de profissão, relataram o mesmo problema. Já existe algumas tese jurídicas, alegando que a pandemia pode ser justificativa para não pagamento de dividas.

Camargoer
Camargoer
Reply to  marcus
3 meses atrás

Caro Marcus. Ha uns 3 meses, defendi aqui que o governo federal deveria ter tomado algumas ações rápidas. 1. Um abono para quem recebia o bolsa-família. 2. Um abono para quem recebia uma aposentadoria entre 1 e 2 salários mínimo para completar o benefício até o teto de 2 SM. Acelerar a concessão de aposentadorias. Creio que falei isso no final de fevereiro, quando o Ministério da Saúde já divulgava mais de 10 mortes por Covid19. Isso teria beneficiado famílias de baixa renda, que essencialmente não têm condições de gerar poupança devido as suas necessidades de bens de primeira necessidade.… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  EVERTON SBRISSE
4 meses atrás

O brasil tem uma taxa de óbitos baixos até se comparam com países europeus, até o momento, se vc não pegou covid, não se preocupe vc vai pegar, agora a Gol por mim que quebre

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Carlos, é difícil alegar isso, temos um problema sério de sub notificação, testamos muito pouco comparados com os europeus, nossa situação e que estamos a cegas nessa pandemia, só saberemos o estrago depois que acabar, e ainda por estimativa. Sigo as recomendações de higiene para não pegar, até mesmo, pq não desejo colocar minha vida em risco, nessa roleta russa.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

Os europeus também tem subnotificação e aí, temos o Ranking de schrodinger, o Brasil pode ser o melhor país a enfrentar a pandemia, ou pode ser o pior, e ninguém tem como provar 100% nada.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Caro Carlos. Não é necessário extrapolar dados para considerar subnotificações. Usando os dados oficiais (mesmo após o estrago do Wizard, o falso mágico de Oz) é possível observar a catástrofe sanitária. São cerca de 1000 mortos por dia. O país já lidera a taxa mundial de morte por dia (superou os EUA). Pior, a taxa de disseminação continua ascendente.

Meira Ricci
Meira Ricci
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Quanto ódio e idiotice em poucas linhas defecada!

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

Everton Sbrisse;
Não mesmo! Os serviços “escolhidos” como “essenciais” – pelos governadores – não param nem por causa da pandemia!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Matheus Santiago
4 meses atrás

Então qual a solução?
Liberar a economia em nome do ‘liberalismo’ para que as pobres empresas pudessem trabalhar e todos morrêssemos contaminados?
E outra.
Quando a Gol tem lucro, sai distribuindo dividendos, seus diretores vivem no ‘bem bom’, no meio do luxo e etc.
Aí, tem prejuízo e a conta vai para o Governo.
Ah, vá!
Guardasse dinheiro como reserva.

JSilva
JSilva
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Sim, o correto é que todas as empresas e pessoas físicas tivessem uma reserva para crises, mas as primeiras preferem viver de endividamento e as segundas da cultura do consumo. E o Governo poderia não fazer nada, mas as consequências seriam falências e desemprego em massa. Novas empresas surgiriam no lugar das falidas mas não na velocidade desejada. Por isso foi uma decisão quase unânime em todo o mundo que o Estado teria que entrar para evitar a quebradeira. Mas isso também tem efeitos colaterais, que serão várias empresas zumbis que sobreviverão apenas por essa ajuda e que não gerarão… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Matheus Santiago
3 meses atrás

Caro Matheus. Em 1918, o vírus influenza (da gripe comum) sofreu uma mutação em alguma região do Kansas (nos EUA) e se tornou muito agressivo. Ele foi levado primeiro para uma base militar do exército dos EUA por soldados que estavam de folga no Kansas, e de lá for espalhado para outras bases nos EUA, para a Europa por soldados infectados que embarcaram para a guerra, para outras cidades costeiras dos EUA por meio de embarcações infectadas, para cidades ao longo das ferrovias. Em poucas semanas, o vírus estava espalhado em todo o mundo. As estimativas foram de 50 milhões… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Prezado Camargoer, não é um ataque pessoal, so para te mostrar outra perspetiva . Você fala de “prejuízo econômico ” como fosse algo irrelevante, como se este mesmo não pudesse causar uma catástrofe social de iguais proporções. É fácil falar de proprietários malvados quando se é concursado e depende do estado, quando seu soldo continua entrando do mesmo jeito, ou quando seu plano de saúde já é uma garantia entre outros benefícios. Meu amigo, eu agradeço a Deus de ter uma reserva, mas quando as portas da minha atividade fecha não há ninguém para garantir meu futuro , eu tenho… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Caro Thiago. Discordar de um argumento em um debate nunca pode ser visto como um ataque pessoal, pelo contrário. Um debate é o confronto de ideias diferentes. O fato dos proprietários exigirem que os trabalhadores compareçam ao trabalho é parte essencial do contrato de trabalho. Sem a obrigação legal para fechar os estabelecimentos, os trabalhadores que optarem pelo isolamento social poderão ser demitidos por justa causa. O prejuízo econômico do isolamento social é inferior ao prejuízo causado pelo adoecimento das pessoas, do custo do tratamento, do custo das sequelas causadas pela doença e pela morte das pessoas. Uma situação como… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  PauloR
4 meses atrás

Tô aqui, deixa quebrar! quer dinheiro, que consiga emprestar

Andre
Andre
Reply to  PauloR
4 meses atrás

Parabéns, você não faz a menor ideia do que é o liberalismo e a mentira criada em São Bernardo do Campo, nos anos 90, segue ecoando até hoje. Apenas para ilustrar seu desconhecimento, foram os liberais do partido democrata que tentaram implementar o Obamacare.

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  PauloR
3 meses atrás

PauloR;
e quem obrigou indústria, comércio e demais atividades econômicas a fechar? Foi o Espírito Santo?
Tenha dó!

bjj
bjj
4 meses atrás

Enquanto isso as pequenas e médias empresas não estão conseguindo acesso ao crédito. Mas como disse o Guedes: “Nós vamos ganhar dinheiro usando recursos públicos pra salvar grandes companhias. Agora, nós vamos perder dinheiro salvando empresas pequenininhas”.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  bjj
4 meses atrás

Não diga noticias velhas… O governo federal liberou empréstimos para quem comprovar renda superiores a 50mil no ano passado. Dar dinheiro, precisa de garantias de retorno. No mínimo…

CM

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

O problema é justamente esse, o empresário precisa comprovar renda, sendo que a maioria usa meia nota, caixa 2, ou qualquer outra coisa para sonegar

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

Sonegação em determinados casos é legítima defesa contra quem assalta o seu patrimônio, sem lhe fornecer nada em troca , mantendo absurdos e mordomias de funcionários públicos .

Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Caro Thiado. Sonegação é crime. Está no código penal. Quem sonega é criminoso. Não existe exceção ou justificativa para cometer um crime ou incentivar a alguém cometer um crime. Impostos e taxas não são assaltos. Quem assalta ou rouba é bandido.

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Sua perspectiva, respeito mas me reservo o direito de discordar. Pra mim isto é equiparavel ao ” pizzo” da máfia, ou seja extorsão ou nas melhores do caso fraude institucionalizada. Pretender algo, um tributo forçoso, na base da imposição sem fornecer algo em troca, nem serviços básicos para dignidade do cidadão enquanto a guarda municipal vai passear de Jeep Renegade, ou pior abusar da própria posição para tirar vantagem quando estes mesmo indivíduos teriam teoricamente me fornecer tais serviços. Só é crime para os pequenos empresários enquanto para outros há sempre a via da elisão, incentivos fiscais, desconto, isenção ou… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Caro Thiago. Há uma diferença entre o “Estado democrático” e uma “Máfia” (pode ser PCC, Cartel de Sinaloa, etc). O Estado democrático é reconhecido como parte integrante da sociedade, enquanto que uma facção criminosa se precisa se impor pela força. Um Estado antidemocrático também precisa se impor pela força, e portanto é ilegítimo. O regime do Apartheid era reconhecido pela população branca mas precisava se impor por meio da violência sobre a população negra. O fato da liderança de um governo ser constituído de pessoas corruptas demanda ação das instituições de justiça do próprio Estado. A presença de uma liderança… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

“Há uma diferença entre o “Estado democrático” e uma “Máfia” (pode ser PCC, Cartel de Sinaloa, etc). O Estado democrático é reconhecido como parte integrante da sociedade, enquanto que uma facção criminosa se precisa se impor pela força” Caro Camargoer, todo regime se impõe pela força e obediência do cidadão, as pessoas abrem mão de certos direitos para um governo ou outra autoridade a fim de obter as vantagens da ordem social, segurança e direitos ( contrato social- Thomas Hobbes …etc) Mas para que isso aconteça há de se ter também uma narração que legítima essa autoridade, para que esta… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

” A presença de uma liderança corrupta é causa de crise de governo, sem que isso signifique uma crise institucional. ” Não há uma liderança corrupta, fosse assim seria suficiente remove-lá para ter um sistema livre corrupção. Há uma máquina, um sistema inteiro, que não fornece representação e não é possível cobrar e vigiar atuação. Não são apenas políticos e sim os três poderes, os aparatos, a burocracia que permite de controlar a máquina ( aquilo que Trump chama vulgarmente de ” deep state”), colusao entre alguns setores da sociedade ( indústrial e financeiro ), impossível de se desmontar que… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Ate parece que voce quer de alguma forma intimidar seu interlocutor com essa colocação, so faço questão de lembrar que ainda nao existe crime de opinião. Sistemas são feitos para ser mudados quando iníquos e injustos. Se algo tornasse legalizado e corriqueiro nao significa que seja justo ou moralmente aceitável. Que o diga a revolução francês e a classe clerical e aristocrata que viviam sobre as costas do país, ainda mais isentos de tributos e ricamente custeados. Se o individuo cria laços afetivos com suas correntes e seu carcereiro é ja uma patologia . Aconselho uma otima obra que com… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Thiago
Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Carto Thiago. Sonegação é crime. A mudança do sistema de impostos dentro da legalidade é feita por meio do rito legislativo. A história do Brasil tem vários exemplos da criação, extinção e alteração da legislação fiscal para adequá-la ás mudanças sociais. Os processos revolucionários ocorrem pela ação dos grupos que estão fora do poder. A contrarrevolução pelos grupos que detém o poder.O processo revolucionário ocorre pela implantação de um novo regime a partir do colapso de um regime anterior. Há casos em que as revoluções levaram a uma ampliação dos direitos humanos. Outras revoluções levaram a uma redução dos direitos… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Claro que a revolução não é legítima, mas é possível reverter o sistema recusando-se de participar de maneira pacífica . “Étienne afirma que é possível resistir à opressão, e ainda por cima sem recorrer à violência – segundo ele a tirania se destrói sozinha quando os indivíduos se recusam a consentir com sua própria escravidão. Como a autoridade constrói seu poder principalmente com a obediência consentida dos oprimidos, uma estratégia de resistência sem violência é possível, organizando coletivamente a recusa de obedecer ou colaborar.” Portanto para mim permanece mais que válida a recusa de participar e aceitar o sistema atual.… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Thiago
3 meses atrás

aí você vem me dizer que o criminoso é aquele que se recusa de participar ou colaborar/ sustentar, não pagando o devido tributo ao rei. Enquanto o rei é mais que legitimado para usar a força e processar você por não querer participar ? Quer dizer você criminaliza um ato pacífico de resistência e desobediência mas justifica e legitima uma resposta violenta e coercitiva. Há algo bem errado nesse raciocínio.

Thiago
Thiago
Reply to  Thiago
3 meses atrás

É fácil apontar para a violência do rio quando transborda mas porque antes não enxergas a violência e opressão exercida, anos após anos , das represas que acorrentam o percurso natural das águas?

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

“No taxation without representation!”
Nesse caso não me sinto representado e nem muitos menos tenho algo em troca para amar ou querer sustentar um sistema injusto, falho e corrupto.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Caro Thiago. Uma coisa é sentir-se representado ou não representado pelo governo que foi eleito e exerce o poder. Outra coisa é reconhecer o regime no qual esse governo exerce o poder. As eleições servem para a troca de governo dentro da estabilidade de um regime. A troca de governo ocorre dentro da normalidade legal do regime. A troca de regime ocorre por meio da revolução. A importância do Estado Democrático de Direito é o de preservar os direitos da minoria contra as tiranias dos governos da maioria. Um sistema não é corrupto. Pessoas são corruptas. Pessoas comentem crimes.

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Camgoer, a questão não é o governo atual, é justamente o regime que não permite uma verdadeira representação , sua propria arquitetura pemite e facilita abusos e prevaricação, portanto sim as pessoas sao corruptas porem um sistema falho, construído com dolo , permite e facilita determinadas figuras de exercer esses atos Ja escrevia La Boetie, todo regime procura se legítimar através dessa narração, antes mesmo que pela força e coerção, antes mesmo do monopólio da força, ele tem que justificar e fornecer uma narrativa do seu poder. Os indivíduos se associam e aceitam acriticamente, permanecem sob o jugo do tirano… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

“A importância do Estado Democrático de Direito é o de preservar os direitos da minoria contra as tiranias dos governos da maioria. ”
Certinho, a narração que legítima e transforma em direito o poder do atual regime, que te fornece uma pseudo representação e alimenta uma falsa percepção de segurança. Onde você vê os direitos da minorias preservados? Que minorias? Onde você viu este direitos preservados ? Nas comunidades sem água e sem esgoto ? Na prevaricação com a força do cidadão? lembre-se que não estou falando de governo, pois um ou outro o esquema permanece o mesmo, iníquo vexatório.

Last edited 3 meses atrás by Thiago
Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Caro Thiago. Primeiro, vamos separar a história do Estado brasileiro da discussão teórica sobre o conceito de Estado, principalmente do Estado Democrático de Direito, que seria o modelo que nos interessa. Até a vinda de D.João VI para o Rio de Janeiro, o Brasil era governado por Portugal em um regime colonial. A colônia servia para abastecer a metrópole com matéria-prima e consumir os produtos vindos da metrópole. O Brasil passa de colônia a sede de um império absolutista. O Estado brasileiro que surge com a independência, mesmo sendo constitucional, manteve o poder político com a mesma elite agroescravocrata. Isso… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Como não existe distribuição de renda espontânea (exceto nos casos raros de filantropos e outras pessoas de natureza solidária), a redução da desigualdade precisa ser feita pelo Estado (como por exemplo nas democracias escandinavas). Portanto, a sonegação além de criminosa e antidemocrática, também vai favorece a desigualdade social. …. Entendo seu ponto, mas a desigualdade é uma herança e a culpa ou ônus não deve recair sobre o pequeno empresário. Que se faça essa redução da desigualdade buscando os reais responsáveis e onde as riquezas e patrimônios atuais foram originados por esses tipos de práticas no passado. Vão atrás do… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Caro Thiago. Em média, os países da OCDE tem uma carga fiscal em torno de 33% (as democracias escandinavas tem uma carga maior) que é mais ou menos a mesma carga tributária no Brasil. Contudo, os impostos sobre renda representam cerca de 40% da arrecadação nos países da OCDE, enquanto no Brasil os impostos sobre renda apenas 11%. No Brasil, o ensino superior constitui o principal meio de ascensão social, mas também mostra a desigualdade. O filho de pais com ensino fundamental incompleto tem apenas 5% de chance de concluir o ensino superior. O filho de pais com nível superior… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Eu considero antidemocrático e lesivo dos direitos mais elementares do indivíduo a imposição do tributo baseado pela força, respaldado pela maioria que legítima o uso da violência contra quem que se recusa de participar. O conceito de ” Voluntary taxation” não me parece algo antidemocrático. Não há saída, ou o Estado cumpre sua parte do contrato social, ou isenta o cidadão do vínculo do tributo. Filantropos todos nos somos filantropos, até eu ou voce quando ajuda seu vizinho desempregado ou faz doação de feiras básicas. Apesar que hoje filantropo virou um termo inflacionado para enfeitar os barões do mercado como… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Thiago
Camargoer
Camargoer
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Caro Thiago. Por convicção humanista, acredito (e nesse caso acreditar é o verbo correto) que cada pessoa tem o direito natural e universal á vida. Este é o único direito inalienável da pessoa. A garantia deste direito fundamental se dá pelo Estado de Direito Democrático (os outros modelos de Estado, como o absolutista, fascista, totalitário, etc, nunca respeitaram o direito fundamental á vida). Uma democracia moderna é sustentada pelo respeito ao estado de direito, pelo exercício da soberania popular e pela defesa dos direitos humanos. Os impostos são um dos modos do Estado reduzir a desigualdade social e exercer a… Read more »

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  Thiago
3 meses atrás

Thiago, você desconhece o significado jurídico de legítima defesa.

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

Meu caro Everton, antes de afirmar que o seu interlocutor desconhece algo tente trazer algo informação para enriquecer o debate além de ajudar o conhecimento de quem está debatendo com você. Você conhece conceitos como voluntary taxation ? Sabe quem é /foi Lysander Spooner ? Já leu ” The Constitution of no Authority”? Já teve modo de se aproximar de conceitos como contrato social ou contratualismo? Thomas Hobbes e Jonh locke?

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

George Washington :”The Parliament of Great Britain hath no more Right to put their hands into my Pocket without my consent, than I have to put my hands into yours, for money.” In Second Treatise of Government (1690), John Locke took the position that all rights come from the people, and that the people must give their consent to be governed by elected representatives. L.K. Samuels extended John Locke’s assertion under the “Rulers’ Paradox” to illustrate why the collection of taxation could be seen as voluntary. Samuels contends that the Lockean “consent of the governed” only applies to rights that… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

Meu prezado Everton, antes de sentenciar algo que supostamente seu interlocutor desconhece tente argumentar, agregar e enriquecer seu comentário e quem está lendo. Você já teve modo de se aproximar de conceitos como voluntary taxation? Ja teve modo de ler autores como Lysander Spooner e No Treason em específico ” The Constitution of no Authority” …leu algo sobre conceitos como contratualismo ou contrato social? Thomas Hobbes, John Locke? Quais são os valores liberais estao na base da criação da democracia representativa e o Estado de direito ? Ja foi à fonte ou simplesmente repite e escute o que maioria afirma?

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

“In Second Treatise of Government (1690), John Locke took the position that all rights come from the people, and that the people must give their consent to be governed by elected representatives. L.K. Samuels extended John Locke’s assertion under the “Rulers’ Paradox” to illustrate why the collection of taxation could be seen as voluntary. Samuels contends that the Lockean “consent of the governed” only applies to rights that people possess, which are then loanable to a governing body, under the social contract. In cases of torture, kidnapping, wiretapping, theft, and assassination and other such transgressions, Samuels asks: “Where and how… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

The Parliament of Great Britain hath no more Right to put their hands into my Pocket without my consent, than I have to put my hands into yours, for money- George Washington

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

lhe deixo para refletir Margaret Thatcher : ” Não existe dinheiro público, existe apenas o dinheiro dos pagadores de impostos.” “Um dos grandes debates do nosso tempo é sobre quanto do seu dinheiro deve ser gasto pelo Estado e com quanto você deve ficar para gastar com sua família. Não nos esqueçamos nunca desta verdade fundamental: o Estado não tem outra fonte de recursos além do dinheiro que as pessoas ganham por si próprias. Se o Estado deseja gastar mais, ele só pode fazê-lo tomando emprestado sua poupança ou cobrando mais tributos, e não adianta pensar que alguém irá pagar.… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

Se quer realmente entender meu ponto leia “No Treason The Constitution of no Authority”.

Overandout
Overandout
4 meses atrás

Ué, esse não era o governo liberal na economia?

Marcos10
Marcos10
4 meses atrás

Se o Governo for comprar e distribuir, vou esperar a compra das passagens da LATAM. Preciso passagem só de ida para ir embora desse país.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  Marcos10
4 meses atrás

Por falta de adeus… Até nunca mais. Correr é a alternativa dos não guerreiros.

CM

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

“correr é a alternativa dos não guerreiros”
Curioso, porque a maioria dos que votaram no atual governo se mudaram pra Portugal e Miami na primeira oportunidade…só eu, conheço uns 20 casos…

Andre
Andre
Reply to  Willber Rodrigues
4 meses atrás

“A maioria”? O cara recebeu 50 milhões de votos, imagine 25 milhões de brasileiros em Portugal e Miami….cada sem noção que aparece….

Marcos10
Marcos10
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Recomendo ler “Triste fim de Policarpo Quaresma”.

Thiago
Thiago
Reply to  Marcos10
3 meses atrás

Aquele livro para mim foi um trauma! 🤣 ero ainda adolescente, idealista e patriota ferrenho. Vi é em uma livraria em Roma, a capa tinha as cores da bandeira brasileira e logo acendeu minha paixão pelo Brasil ai meu pai me deu de presente. Lindo livro , mas no começo não entedi o intuito do autor e fiquei triste,desmoronando todo minhas convicções patrióticas.
Resta a dica , nunca julgar um livro pela capa hahaha

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Marcos10
4 meses atrás

A LATAM também está atrás dessa grana, mas…
Entrou em recuperação judicial e, portanto, seu processo vai exigir um processo bem mais lento.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
4 meses atrás

Boa noite a todos os Senhores! Sabía decisão. Espero realmente que se concretize a notícia. Ademais desta iniciativa, a Itapemirim tem interesse em retornar às atividades e mais uma outra empresa deseja estabelecer – se no mercado. Isso vai ao encontro do que defendi a mais ou menos um mês atrás aqui no Aéreo e um “espertão” me criticou. Ainda dei pro cretin…. dicas de compra de ações na Bovespa se for esperto (coisa que penso que não é, mas sim apenas mais um moleque atrás de um teclado, deveria comprar…). Na oportunidade disse que agora é o momento de… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Cláudio, todos nós aviadores torcemos para que isso ocorra, pois serão mais oportunidades de emprego. Mas, o que estamos vivendo agora são Acordos Coletivos de Trabalho de redução salarial para que as empresas sobrevivam, além de outros cortes. A situação está muito crítica. Não me parece um momento oportuno para a criação de companhia aérea. Não sei qual o truque da Itapemirim.

marcus
marcus
Reply to  Rinaldo Nery
4 meses atrás

O truque é, tomar dinheiro do governo é não pagar. Da Itapemirim só restou o nome. Estava quebrando, e foi comprada do Camilo Cola por um grupo de investidores de São Paulo.A Itapemirim já fabricou os próprios ônibus, o Tribus.

tribus.jpg
Xerem
Xerem
Reply to  marcus
4 meses atrás

Meu tio trabalhou 40 anos la e me disse quando o dono morreu foi uma guerra danada entre os filhos que conseguiram torrar toda a grana e faliu na minha opinião o governo nao tem que dar um centavo que quebre ate o talo .

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  Rinaldo Nery
4 meses atrás

Olá caro Nery, Pois é… vamos ver no que vai dar. Como o senhor bem disse: isso é o que todos nós esperamos, aviadores, empresários comprometidos com o social, brasileiros inteligentes e igualmente comprometidos com a civilidade e desenvolvimento sustentável social. Mas basta ver pela quantidade de “não likes” (não que isto me importa, já que para mim são opiniões pessoais de gente que não conheço e que talvez não tiveram a chance ou desejo de estudar o suficiente para enxergar além da “telinha”) que foi apontado lá no comentário acima, para se notar o nível de conhecimento e desenvolvimento… Read more »

Junior
Junior
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

“Possível nova aérea brasileira abre seleção de pilotos de Boeing 727”

Sinto cheiro de picaretagem no ar, como tudo no Brasil. Com tanto 737 e A320 dando sopa, os sujeitos me escolhem 727, ainda existem aviões como esses voando

Fred
Fred
4 meses atrás

Reza a lenda que todo liberal vira estatista na crise.

Apesar do blá blá bla de Guedes e companhia, dos mimimises e olavistas, quando o cinto aperta, a mão invisível só serve pra limpar a bunda e é o colo do Estado que paga a conta.

Na covid, o Estado brasileiro jorrou dinheiro em bancos, grandes empresas e pingou pro povo carente morrendo de fome, sem ter água pra higienizar as mãos.

O discurso ultra liberal derreteu, o Estado, por decisão desse governo, escolheu salvar a grande burguesia, espremer o pequeno empresário e estrangular o pobre…

Mauro
Mauro
Reply to  Fred
4 meses atrás

Tenta em 2026, mano.

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  Fred
4 meses atrás

O problema do liberal e isso, em épocas de crise eles ficam sem reação, pois se intervém na economia, se sentem traídos em seus valores. Mas cá entre nós, o estado deve estar aonde precisa, quando não precisa ele tem mais que sair da frente e deixar a iniciativa privada trabalhar.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  EVERTON SBRISSE
4 meses atrás

Meu caro, Da mesma forma que existem socialistas mofados que ainda não saíram da guerra fria e nem dos anos 60, existem liberais mofados dos anos 80/90 que ainda acreditam no tal do Estado Mínimo com aquela formuleta produzida em Chicago. Portanto, não é legal generalizar.  Sou um liberal e para mim a ideia de Estado Mínimo é mofada. Ponto. Mas isto não significa que a estrutura atual do Estado brasileiro não seja mais mofada ainda. Nenhuma retórica justifica um Estado que custe 40% do PIB e nos entregue esse nível de concentração de renda, nos entregue esse desempenho pífio… Read more »

JSilva
JSilva
Reply to  GFC_RJ
3 meses atrás

É exatamente isso.
O liberalismo moderno aceita o papel do Estado, mas como órgão regulador e nas áreas fundamentais e não como defende a esquerda antiquada do Brasil, que acha que Vale, empresas de Telecomunicações, Embraer e etc, ainda deveriam está na mão do Estado. Essa coisa de estado mínimo é bem da década de 80. Aqui no Brasil temos bons economistas liberais, como Marcos Lisboa, Alexandre Scheinkman, Eduardo Gianetti, Mônica de Boule, Mansueto Almeida… você não lê nenhum deles com esse discurso antiquado.

Last edited 3 meses atrás by JSilva
EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  GFC_RJ
3 meses atrás

GFC_RJ, concordo com a maiorias dos seus argumentos, mas o real problema do estado brasileiro, não é o seu tamanho, mas sim sua eficiência, creio que esse ponto que torna um estado forte. Sobre as reformas, creio que exista sim espaço para fazê-las, mas tem que ser feita devagar e continua, até pq normas são criadas de maneira abstrata, mas quando se aplica aos fatos do cotidiano, acabam tomando outro sentido, e muita da vez, são totalmente diferente do sentido que o legislador quiz dar. E não adianta ter um governo com proposta de reformas rápidas, e outro em seguida… Read more »

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  EVERTON SBRISSE
3 meses atrás

Caro ES, “E não adianta ter um governo com proposta de reformas rápidas, e outro em seguida ficar 10 anos ou mais, sem reformar nada”. Touché.  Como ficou mais de 10 anos sem reformas alguma, reformas estas que já estavam atrasadas, agora tenta-se recuperar esse tempo todo perdido em um mandato presidencial. Fica uma sensação de algo atropelado, mas a urgência já era grande antes da COVID. Questão de tamanho do Estado é uma questão menos econômica e muito mais política. Quer mais ou quer menos Estado? Quer focar em crescimento ou em distribuição? O Estado pode ficar fora de… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  GFC_RJ
3 meses atrás

Olá GFC. Logo acima, em um comentei com nosso colega Thiago que a carga tributária média na OCDE é de 33% (similar á corga tributária brasileira). As democracias escandinavas tem uma carga tributária um pouco acima de 40%. Contudo, os impostos sobre renda representam mais de 30% dos tributos, no Brasil os impostos sobre renda estão em torno de 11%. Entre muitos fatores, a baixa incidência de impostos sobre renda no Brasil explica o alto nível de desigualdade social (o índice GINI no Brasil é 0,53 enquanto o índice GINI médio da OCDE é 0,31).

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Caro Camaergoer, Sim, a estrutura tributária brasileira é extremamente regressiva e contribui diretamente para a maior concentração de renda. Isso DEVERIA até ser um consenso. A reforma tributária (umas das reformas do Estado ao qual venho referindo) é urgente, não de hoje, mas há uns 20 anos pelo menos. Para trazer mais racionalidade, simplicidade e… progressividade.  Os números por você apresentados sobre a RECEITA tributária são um pouquinho piores. A RECEITA tributária brasileira é de 35 a 36% do PIB, isto é, acima da média da OCDE. Mas o CUSTO do Estado está em torno de 40%, incorrendo em um… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  GFC_RJ
3 meses atrás

Ola´GFC. Obrigado pela recomendação do Lisboa (apesar de preferir a de Bolle). Você levantou uma questão pouco discutida que são os impostos sobre serviços, até porque há uma enorme informalidade. A questão dos impostos sobre a renda é um dilema tostiniano. Distribuir a renda para aumentar a base de tributação, ou aumentar a base de tributação para aumentar a renda? O Brasil sempre esteve com um PIB entre os 15 maiores do mundo, até mesmo no período colonial, mas a riqueza sempre esteve concentrada. Desigualdade social é um obstáculo para a democracia.

samuka
samuka
Reply to  Fred
4 meses atrás

” é o colo do Estado que paga a conta.” – apenas uma correção, nós e nossos filhos, pagamos e vamos continuar pagando essa conta, por muito tempo ainda….

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  samuka
3 meses atrás

Quem paga a conta, sempre, é todo cidadão – pessoa física ou jurídica – que paga seus impostos!
“Non c’è miracolo”

Carlos Campos
Carlos Campos
4 meses atrás

Eu deixava quebrar, sou mais ajudar as pequenas empresas, elas que levam esse país nas costas

Up The Irons
Up The Irons
Reply to  Carlos Campos
4 meses atrás

Concordo que as empresas menores precisam de ajuda, mas a Gol tem 17 mil funcionários. Não seria bom uma empresa desse porte quebrar; nem para os funcionários e nem para os consumidores…

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Carlos Campos
4 meses atrás

Não é uma questão de optar por uma ou por outra. Nesse momento tem que ter programas específicos de ajuda para os dois. Setor aeronáutico está parado no mundo todo. “Deixar quebrar” significa quebrar toda uma cadeia por trás, inclusive, de pequenas e médias empresas. Afinal de contas, os aeroportos (e seu comércio interno) dependem da Cia Aérea, os hotéis dependem da Cia aérea, as pousadas dependem da Cia Aérea… até jipeiros, jangadeiros etc. etc. etc. Fora que… Serviço de transporte aéreo é considerado essencial que, se parar de uma hora para outra, pode prejudicar inúmeros serviços igualmente ou mais… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  GFC_RJ
3 meses atrás

aí meu querido tem outras empresas que podem fazer isso, a Gol não é única.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Meu amigo, Qual empresa assumirá o lugar? A LATAM está em recuperação judicial, a Azul também irá ter (ou já está com) algum tipo de ajuda e a Avianca quebrou ano passado. Qual novo investidor entrará com capital em um setor cuja capacidade ociosa está em 80% ou mais? Tem que ser entendido que essa matéria fala da ajuda específica à Gol, mas a pandemia afetou todo o setor aéreo. Assim, não é um problema somente da empresa, mas do setor industrial aéreo todo. E cada empresa está tendo ajuda de acordo com suas necessidades e capacidades caso a caso,… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
4 meses atrás

Não defendo a atitude, apenas comento que a Alitalia (apenas exemplo) também esta sendo salva pelo Governo Italiano.

E os Bancos que fizeram os Leasings??? ninguem fala nada…

Thiago
Thiago
Reply to  Ricardo Bigliazzi
3 meses atrás

Lufthansa também…

orivaldo
orivaldo
4 meses atrás

Ja que estão usando meu dinheiro espero conseguir pelo menos uma dessas passagens. E outra, se forem salvar algum banco com minha grana, espero melhor atendimento

Last edited 4 meses atrás by orivaldo
Sagaz
Sagaz
4 meses atrás

Se a Gol falir outra empresa entra no lugar, o mesmo para todas as outras, inclusive de outros setores… Usar o dinheiro do contribuinte é demais. Deixem o sistema se equilibrar, sai a gol, passagens sobem, interessa a outros players, aumenta a concorrência, passagens caem e o sistema vai encontrando o novo equilíbrio.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Sagaz
3 meses atrás

um homem que raciocina direito

Edu
Edu
4 meses atrás

Essas passagens compradas com nosso dinheiro serão pra mim e pra você?

Nan
Nan
Reply to  Edu
3 meses atrás

Na minha opinião deveriam dar essas passagens às pessoas que precisam viajar de um estado pra outro;atrás de emprego

Foxtrot
Foxtrot
3 meses atrás

Que absurdo!
O TCU aceitará isso.
O GF deve emprestar via BNDES dinheiro a GOL com juros de mercado como acontece em qualquer transação comercial.
Se fosse em qualquer outro governo passado já estariam chingando aqui no fórum.
Meu Deus é muita hipocrisia para meu gosto.

Lucas
3 meses atrás

É uma medida necessária para o momento, logo voltamos ao normal

Bruno Moura
Bruno Moura
3 meses atrás

Não quero ver , dinheiro dos meus impostos sendo usado , para salvar empresa moribunda. Se for para colocar dinheiro publico na empresa , então que afaste os controladores (Famiglia Constantino) e a estatize , reclama-se muito que estatais sugam verbas do governo ( muitas dão lucro para o mesmo). mas apoiam dar essa mesma verba ,a fundo perdido para empresa particular. Devo acreditar que esse tipo de gente, é aquela que quer comer a fatia de mercado da estatal , Se utilizando , do mesmo dinheiro publico que era investindo nela , já o lucro , este irá todo… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Bruno Moura
Thiago
Thiago
Reply to  Bruno Moura
3 meses atrás

Me lembra aquele bordão em auge na crise de 2008: quando se ganha o lucro é para os poucos privilegiados, na hora da crise o prejuízo deve ser socializado. Bem espalhado, um pouco para todos .

Camargoer
Camargoer
Reply to  Bruno Moura
3 meses atrás

Caro Bruno. A situação hoje é excepcional. Apenas o governo federal tem condições de atuar na economia neste momento. Os bancos estão com liquidez mas não conseguem as garantias pessoais e das empresas para emprestar, as empresas estão sem faturamento e sem capital de giro. O problema da Gol é parecido ao de muita empresas (de todos os tamanhos). Durante a crise de 29, o governo dos EUA optou por esperar o mercado se estabilizar, o que aprofundou a crise. Foram as ações do governo Roosevelt que permitiram a economia se reorganizar.