Home Aviação de Ataque Índia vai comprar 12 Sukhoi e 21 MiG-29 em meio a impasse...

Índia vai comprar 12 Sukhoi e 21 MiG-29 em meio a impasse com a China

8133
126

A proposta de aquisição para a compra de 33 novas aeronaves para a Força Aérea da Índia em um valor estimado de Rs 5.000 crore

A Índia decidiu fortalecer seu poder aéreo com a compra de 12 novos Sukhoi e 21 novos MiG-29. A Força Aérea Indiana já iniciou o processo e uma proposta de aquisição rápida foi enviada ao Governo da Índia a esse respeito.

A proposta foi encaminhada ao Ministério da Defesa que decidirá sobre o projeto no valor estimado de Rs 5.000 milhões de rupias (cerca de US$ 660 milhões) esta semana, disseram fontes do governo central ao India Today.

Nas cópias da proposta examinadas pelo India Today, é mencionado que, para adquirir os MiG-29 adicionais da Rússia, haverá modificações no contrato existente para atualizações do MiG-29.

Este será o segundo lote de 33 novas aeronaves a serem adquiridas pela Força Aérea após a assinatura do contrato em 2016 para 36 aeronaves Rafale. A Força Aérea Indiana também propôs que o governo compre todo o equipamento associado aos aviões de combate em uma aparente tentativa de impedir a emissão de peças de reposição no futuro.

A oferta de aquisição ocorre no momento em que Índia e China estão em um intenso impasse no vale de Galwan. Na noite de 15 de junho, um confronto violento entre tropas indianas e soldados do Exército de Libertação Popular (PLA) resultou em 20 pessoas do 16º regimento de Bihar sendo mortas no cumprimento do dever.

FONTE: India Today

Subscribe
Notify of
guest
126 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
4 meses atrás

Melhor prevenir que remediar, se estourar a guerra contra a China podem precisar. Como o Putin vai agir num conflito Índia/China vai ficar neutro, apoiar a Índia ou apoiar a China?

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Se for, como tem se mostrado, esperto vai apoiar a Índia pois a Rússia pode ser ,no futuro, uma vítima do expansionismo chinês.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Vai apoiar quem pagar mais!

JS666
JS666
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Vai ficar neutro vendendo pros dois.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  JS666
4 meses atrás

No estilo dos Rothschilds.
Acho que a Força Aérea Indiana possui todos os modelos e tipos de aeronaves até hoje produzidos. Se eu fosse um alienígena querendo aprender sobre toda a tecnologia aeronáutica da terra, eu ia para lá.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Joao Moita Jr
4 meses atrás

A logística da FAI deve ser uma loucura.

Elson de Oliveira da Silva
Elson de Oliveira da Silva
Reply to  Alexandre Cardoso
3 meses atrás

Na questão logística os indianos, ou você acredita que eles são muito burros ou muito inteligentes. Fico com a segunda opção. Eles adquirem tecnologia francesa, russa, americana, etc …. acredito que estejam aplicando tecnologia reversa de forma massiva

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Meu chute ? Os dois !
Os dois países são clientes de defesa russos… Publicamente, alegariam uma neutralidade… Por baixo dos panos, forneceria suprimentos para os dois.

André Stein
André Stein
Reply to  Alfredo Araujo
4 meses atrás

Acredito que ele deva tomar partido, não tem como fazer as coisas por baixo do pano…. Eu apostaria em um apoio a India

nonato
nonato
Reply to  Alfredo Araujo
4 meses atrás

Para a China a Rússia não fornece quase nada…
A China só compra para copiar…
Depois, para de comprar…

Formiga
Formiga
Reply to  nonato
3 meses atrás

Só petróleo, gás, minerio. E o sonho do Putin de aquecimento Global aumentando áreas férteis na Siberia está se concretizando.

Matheus
Matheus
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Expansionismo Chines na Sibéria é real, no longo prazo a Russia vai se alinhar com a India.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Matheus
4 meses atrás

E no sul da Rússia com muitos chineses indo para lá, se a Rússia não tomar cuidado poderá ter problemas no futuro.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Em que sul da Rússia existem muitos chineses?

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Evgeniy (RF).
4 meses atrás

Quantos sul a Rússia possui????????
Achava que qquer País tivesse somente um Norte e um Sul.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Alexandre Cardoso
4 meses atrás

Aparentemente, este é algum tipo de sul especial, onde os chineses vão em massa, de acordo com o comentário anterior.
E, no entanto, sim, na Rússia o conceito de sul será extensível.

nonato
nonato
Reply to  Alexandre Cardoso
4 meses atrás

Para o bom entendedor meia palavra basta.
Se não me engano, a Russia tem uns 11 fusos horários, uns 7.000 km entre leste e oeste.
Mas nesse caso deve se tratar da fronteira com a China…

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Matheus
4 meses atrás

Bem, quantos chineses existem na Sibéria? você os viu pessoalmente, aparentemente contou tudo, me diga quantos existem?

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Matheus
4 meses atrás

Isso é o que chamei de esboços do oeste.
O artigo contém apenas frases gerais e fatos distorcidos intencionalmente.
Um certo fato do acordo russo-chinês é adotado e a idéia de que os chineses invadem massivamente a Rússia é sugada.
Mais mentiras diretas.

Kemen
Kemen
Reply to  Evgeniy (RF).
4 meses atrás

Na realidade é uma fronteira pouco vigiada, principalmente no inverno, mas incursões de civis chineses para caçar dentro do territorio da Siberia russo tem ocorrido a muitos anos, a Russia nunca deu muita importancia ao fato mantendo uma certa e discreta vigilancia sempre que possivel pois são ações de civis, contrariando até o governo chines que não incentiva isso.

Last edited 4 meses atrás by Kemen
Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Kemen
4 meses atrás

Os caçadores estão atirando em tigres? Isso não é expansão. Além disso, os meninos do casamento aqui são todos locais e não têm nada a ver com os chineses. Não há expansão chinesa na Rússia. Este é um mito que vem principalmente do oeste. Eu moro na fronteira com a China. Além de comerciantes de roupas nos mercados locais, não há chineses aqui. Além disso, metade deles será vietnamita. Bem, ainda existem turistas, dos quais existem muitos, após a queda do rublo em 2014. A invasão chinesa da Sibéria e do extremo leste da Rússia, este é um mito geralmente… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  Kemen
4 meses atrás

One reason why Russia wants to walk out of INF is because it wants to start deploying IRBMs along the eastern military district as a additional buffer.

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Those who say it is a myth from west then why has Russia concentrated most of its Iskander-M SRBMs in the eastern military district bordering china ? 
comment image

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Porque a saturação com novas brigadas a oeste dos Urais ainda não aconteceu. Quero dizer, a formação de novas equipes.
E é muito cedo no oeste para concentrar novas brigadas. Eles serão implantados em massa quando os mísseis americanos de médio alcance aparecerem na Europa Oriental. A espera não é longa.
Até o momento em que a negociação de mísseis mais curtos e de médio alcance morreu, simplesmente não fazia sentido manter a maior parte das brigadas de mísseis no oeste do país.

Nostra
Nostra
Reply to  Evgeniy (RF).
4 meses atrás

So why deploy the same all along in operationally active bases comparatively closer to Chinese borders rather than in peacetime bases further inland ?

100nick-Elâ
100nick-Elâ
Reply to  Nostra
3 meses atrás

Essas bases são uma reserva contra o Ocidente. Obviamente, chamariam muita atenção se fossem dispostas na fronteira oeste, servindo de argumento para aumentar o medo imaginário que os europeus, alimentado de forma proposital pela elite do Império, têm da Rússia. Eles estão próximos da China (no momento), mas são destinados ao Ocidente. Os idiotas – como você – vão se tranquilizar sabendo que os mísseis estão próximos da China e vão ter sonhos dourados com uma briga entre os dois gigantes – que nunca ocorrerá (a menos que situação geopolítica mudasse radicalmente).

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  100nick-Elâ
3 meses atrás

Essas bases são apenas bases.

100nick-Elâ
100nick-Elâ
Reply to  Evgeniy (RF).
3 meses atrás

Na tua opinião. Bases nunca são apenas bases.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  100nick-Elâ
3 meses atrás

Essa é a saturação usual de acordo com o estado. Essas brigadas são designadas precisamente ao distrito militar oriental.
Naturalmente, eles podem ser transferidos para qualquer lugar, mesmo para a região de Kaliningrado, mesmo para a região de Yuzhno-Sakhalinsk. Mas estas são as brigadas do distrito oriental.

Nostra
Nostra
Reply to  100nick-Elâ
3 meses atrás

Believe what you want but anonymity does not goes give the right to insult others , it speaks bad of people who do so .

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Nostra
3 meses atrás

Porque complexos operacionais-táticos não têm nada a ver dentro do país. É por isso que eles são chamados de tático operacional.

Fabrício
Fabrício
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Wishful thinking danado, heim? Apessoa não tem ideia do que tá falando, mas acredita firmemente no que acha sem, entretanto, ter NENHUMA base. Os chineses simplesmente não se interessam pela Rússia. Como se pode afirmar isso? Simples. Apenas 0,02% da população russa é etnicamente chinesa (em torno de 29 mil pessoas). No Canadá os chineses são 7,1% da população ou 2,69 milhões de pessoas! Nos EUA os chineses compõem 1,3% da população ou 4,39 milhões de indivíduos. Na Austrália, correspondem a 5,6% 1,44 mihão de pessoas. Até o Japão tem muito mais chineses (e japoneses e chineses têm enorme rivalidade… Read more »

Lucianno
Lucianno
Reply to  Fabrício
3 meses atrás

“Inóspito” caberia melhor na frase em vez de “agreste”.

Os chineses vão para os USA, Canadá ou Austrália em busca de liberdade e melhores condições de vida. Ninguém quer sair de uma ditadura e ir para outra, ainda mais se for para passar fome e frio na Sibéria.

Fabrício
Fabrício
Reply to  Lucianno
3 meses atrás

“Agreste” e “inóspito” são intercambiáveis. Dizem a mesma coisa. Por questão estilística sempre prefiro ‘agreste’.

Nostra
Nostra
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Just sharing a small information which only handful of people know.

CIA operated SIGINT and ELINT stations in Chinese territories along the south Russian borders targeting the Russian test ranges in cooperation with Chinese MSS.

Funny isn’t it ?

Current status I am not aware . But I will bet they are still operational

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Sinister huh !

Nothing like day after day !!! 😉

Last edited 4 meses atrás by Tomcat4,2
Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

As boas relações entre hindus e russos é histórica, diferente do que acontece com os chineses, onde em diversos momentos ficaram tensas…a expansão chinesas não será interessante para os russos em um futuro próximo….e a China está cada vez menos dependente de material militar russo….

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Eu na minha vã ignorancia acho que vai ficar neutro porém continuar dando suporte a Índia! Como assim alguns podem perguntar… Oficialmente não vai dar apoio à ninguém porém nos bastidores continuará a dar recursos para Índia porque paga!

Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Putin eh inteligente e vai estudar o que eh melhor para o futuro da Russia. Uma guerra entre os 2 gigantes nao interessa a Russia. Apoiar um eh fechar as relacoes com o outro.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Guerra onde?

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Nilton L Junior
3 meses atrás

Tu leu a reportagem que houve um confronto entre os dois países em suas fronteiras?!? Ahhhh… Mas foi um incidente diplomático mas não guerra… Eu respondo… Por enquanto neh…

Matheus
Matheus
4 meses atrás

Provavelmente virão diretamente dos estoques Russos.
India quer esses caças pra ontem.

Rodrigo V
Rodrigo V
Reply to  Matheus
4 meses atrás

Ola, Acho que nao, pois a avionica dos MKI indianos e completamente diferente. Esse pedido e para manter a linha de producao dos SU-30 por mais algun tempo. Ja o pedido dos 29 sim deve ser uma resposta para o prontidao deles.

Antunes 1980
Antunes 1980
4 meses atrás

Quantos vetores MIG-29 e SU-30 a força área e a marinha indiana operam?

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Antunes 1980
4 meses atrás

A índia conta com:

272 Su-30MKI
69 MiG-29UPG
57 Mirage 2000

(tem outras aeronaves, mas julgo que essas são as mais relevantes para manter supremacia aérea)

José
José
Reply to  Victor Filipe
4 meses atrás

Até ano passado um piloto de F-16 do Paquistão pensava assim…

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Victor Filipe
4 meses atrás

Tem algumas dezenas de Mig-21 modernizados em operação, estão recebendo o Rafale (devem ter poucas unidades) e podem colocar os Mig-27s em operação pois foram retirados há pouco tempo…

Tutu
Reply to  Plinio Jr
4 meses atrás

Acho que em caso de necessidade a mesma situação dos Mig-27 também se aplica aos Jaguar.

Tutu
Reply to  Plinio Jr
4 meses atrás

São 60 Mig-21 Bison

Antoniokings
Antoniokings
4 meses atrás

Daqui a pouco essa crise passa.
E o único País que sairá ganhando será a Rússia que vai vender mais armas.

Nostra
Nostra
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Doubt if the crisis will pass

Anyways let’s see

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

O acúmulo de tropas e armas na região mostra que não está passando, as relações entre russos e hindus sempre foram boas, diferente das relalções entre chineses e russos….a probabilidade de , se houver um conflito, a Rússia deve dar apoio a Índia….política e logisticamente se falando…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Plinio Jr
4 meses atrás

Não creio que ocorra conflito.
China e Índia tem muito mais a ganhar trabalhando juntas do que brigando por um pedaço de terra inóspito.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Fala isto para eles, matando-se no pedaço de terra inóspito como vc alega e a cada dia aumentando o volume de tropas na região…

J C LARA
J C LARA
Reply to  Plinio Jr
4 meses atrás

Hindu é a religião. Quem nasce na Índia é indiano.

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  J C LARA
4 meses atrás

Isso sem dizer que grande parte dos indianos são muçulmanos.

J C LARA
J C LARA
Reply to  Rommelqe
3 meses atrás

Os muçulmanos são minoria na Índia. Quando houve a partition, no sub-continente indiano, os muçulmanos ficaram com a parte que hoje é o Paquistão e os hindus ficaram com a Índia.

Nostra
Nostra
Reply to  J C LARA
4 meses atrás

As per proper definition

Hinduism or rather correct name Sanatan Dharma is not a religion , it is a way of life .

Second part you are correct

Nostra
Nostra
4 meses atrás

This is old information turned into new news by media .

More than 1 and a half year ago IAF people visited Russia to inspect mothballed stocks of Mig 29 and cleared it for acquisition and subsequent upgrade to Mig 29 UPG standard.

The 12 Su30mki is replacement for attrition losses due to accidents etc . It will be manufactured by HAL .

IAF used the opportunity of current conflict with China to get the government to clear the purchase quickly which otherwise will take many years due to bureaucratic hurdles and lethargy.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Era a minha dúvida, os Mig-29s adquiridos viriam de estoque russos para serem modernizados para o padrão UPG hindu….

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Plinio Jr
4 meses atrás

Se não precisarem entrar em ação antes!

Last edited 4 meses atrás by Fabio Araujo
JuggerBR
JuggerBR
4 meses atrás

Um conflito desses poderia responder finalmente se o treinamento chinês é bom ou não. Eles estão desenvolvendo máquinas novas muito depressa, mas os militares ssbem dar bom uso disso?

Nostra
Nostra
4 meses atrás

With respect to AMCA 5th gen aircraft , latest news is that the fabrication and installation of AMCA modular cockpit shell has been initiated

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Also BrahMos air launched cruise missile (ALCM) received the first ever fleet release clearance (FRC) recently .

It is IOC , all the learnings will help to enhance the scope of the missile in future advanced missions for FRC ( FOC ) .

Cleber
Cleber
4 meses atrás

Sera q nao poderiamos vender algo para a India produzido aqui ? Agora , eles vao as compras .

Ricado R
Ricado R
Reply to  Cleber
4 meses atrás

Uma boa pergunta, eu posso está errado, porque eu não sei como anda a nossa produção do nosso avião de alerta antecipado da Embraer E-99, seria uma boa assim como o A29 para dar apoio, outro avião que poder talvez ganhar um mercado seria o KC mas eu não sei como está a linha de produção, mas essa é minha opinião, vamos esperar outros comentários porquê ate eu quero saber

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Cleber
4 meses atrás

Só me vem a cabeça o Sistema Astros 2020. O ST funcionaria bem no Himalaia?

Last edited 4 meses atrás by Fabio Araujo
Cleber
Cleber
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Pensei em radares , Astros 2020 , ST , KC 390 , Guaranis .

Ricardo
Ricardo
Reply to  Cleber
4 meses atrás

Fabio e Cleber, vc lembram muito bem dos Astros, como o Fábio lembrou em região de montanha o sistema Astros foi testado ? Se não foi ainda talvez seja uma boa ideia?, em Fábio talvez eles tenham que mexer no sistema de GPS dos carros de controle de tiros e outros componentes para compensa os relevos e talvez no combustível utilizando nos mísseis para eles não congelar

Arariboia
Arariboia
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Vamos voltar pra realidade pessoal!
ST lá só como alvo aéreo… Lá nao é TO da AL de baixa intensidade e tecnologia.
R-99 indiano é indo infinitamente superior e diferente ao da FAB. Esse sim tem valor.

Nostra
Nostra
Reply to  Cleber
4 meses atrás

If war happens and Indian war reserves run risk of low , then ammo supply IMO.

I forget the name of the Brazilian ammo company, they are one of the largest manufacturers of ammo.

They also building a factory in India with a Indian private company to manufacture ammo of various calibres.

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Currently under construction , but stopped due to Wuhan virus.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Nostra
4 meses atrás

CBC is the ammo company.
But what I heard was a joint venture to produce in India not ammo, but small guns from Taurus Armas. Taurus is controlled by CBC since 5 or 6 years from now..

Regards.

Lu Feliphe
Reply to  GFC_RJ
4 meses atrás

Na realidade era a Taurus que fez uma parceria com a empresa indiana.

Nostra
Nostra
Reply to  GFC_RJ
4 meses atrás

Joint venture between SSS Defence and Brasileira de Cartuchos (CBC) Brazil for producing ammo at a facility being built in India .

Facility was due for completion this year but postponed due to Wuhan virus.

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

SSS defence manufacturers sniper rifles and various assault rifles . Own IPR .
comment image

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

comment image

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

comment image

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

comment image

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
4 meses atrás

comment image

Lu Feliphe
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Nostra, the name of Brazilian ammo company is Taurus they made a joint venture with Jindal Steel.

Nostra
Nostra
Reply to  Lu Feliphe
4 meses atrás

I meant SSS defence JV with CBC Brazil ( for manufacturing ammo ) , Jindal Defence JV with Taurus Armas Brazil is different ( for manufacturing small arms )

Lu Feliphe
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Yes, it’s nice to see the aproximation between both industries.

Last edited 4 meses atrás by Lu Feliphe
Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Cleber
4 meses atrás

Também vejo o Astros como um bom negócio para a Índia.Ricardo, a Índia já opera o EMB-145 AEWCS (E-99).
comment image

Ricardo
Ricardo
Reply to  Tomcat4,2
4 meses atrás

Muito agradecido pela lembrança Tomcat4,2., se eles já usam é bom estamos preparados para vender mais alguns caso seja necessário?

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  Cleber
4 meses atrás

Pensei em frango congelado! Milhões de toneladas.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Edson Parro
4 meses atrás

eles poderiam abrir para gado e porcos, os soldados tem que comer alguma coisa na guerra

nonato
nonato
Reply to  Carlos Campos
4 meses atrás

Gado os hindus não comem.
Porco também acho que não.
Para algumas religiões é carne impura.

Ricardo
Ricardo
Reply to  Carlos Campos
4 meses atrás

Indianos não comem vacas eu não lembro se o porco ele também não comem

Guizmo
Guizmo
Reply to  Ricardo
3 meses atrás

Não comem vacas ou porco, apenas picanha e linguiça

Nostra
Nostra
Reply to  Ricardo
3 meses atrás

Majority are vegetarian

Beef is taboo , pork some Hindus eat

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Espero que ninguém mais depois desta fique falando em BRICS..

Só existe na cabeça de gente sem recheio craniano.

Thiago
Thiago
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Nem por isso, A OTAN e o G7 estão passando por vários desentendimentos e conflitos internos. Depois que Trump assumiu o cargo, esse distanciamento acelerou e ficou mais evidente. Trump que ataca a Alemanha e a UE, ameaça e sanciona os próprios aliados . A situação da Turquia não é nem necessário evidenciar o quanto é ambígua . O mundo está mudando , com ele temos que mudar e se adaptar
avaliando cada cenario. Alianças de geometria variavel, desenhado novos esquemas toda vez que necessário.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Thiago
4 meses atrás

Os europeus estão beiçudos com o Trump, porque ainda não precisaram dele de verdade…

A hora que precisarem vão abaixar as cabecinhas, colocar os rabinhos entre as pernas e pedir pinico como sempre fizeram.

Thiago
Thiago
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Eita, quanta arrogância para um indivíduo cujo nome é europeu, que escreve e lê em uma língua europeia, cujo país só existe da forma atual graças à grandes atos heroicos dos exploradores europeus, comparável ao aluagem ( este grande feito também só foi possível graças a um Europeu : Wernher von Braun). Tua própria bandeira , teu sistema estatal, tuas ideologias políticas ( dir×ta ou esq××da) direta consequências de filosofias e pensadores europeus. Quanto aos EUA, se resume tTudo no mesmo, europeus que se estabeleceram em um terra abençoada. O Trump caiu no pinico estadunidense por um tal de Frederick… Read more »

nonato
nonato
Reply to  Thiago
4 meses atrás

O problema não são os europeus, masa arrogância de alguns “líderes “, como Macron e Ângela Merkel.
Não gastam nem 2% do pib, agora querem cantar de galo.
Trump peca na forma, mas está certo no conteúdo.
Os europeus sempre posando de pacifistas.
Mas na hora de segurar o pepino pedem socorro aos Estados Unidos.
1a e 2a guerras mundiais, guerra fria…
E agora cantam de galo.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Verdade pura. Os europeus se tornaram frouxos graças a doutrinação socialismo que tanto adoram.

Igor Alves Rodrigues
Igor Alves Rodrigues
4 meses atrás

Não entendi, não seria o caso de comprar mais caças franceses Rafale? Porque comprar caças russos? Os franceses não são bons o suficiente pra resolver a questão?

Lucianno
Lucianno
Reply to  Igor Alves Rodrigues
4 meses atrás

Pelo o que entendi os indianos tem pressa, virão aeronaves já prontas do estoque russo, apenas com algumas modificações para se adequar ao padrão indiano.
Tem a questão política também, até mais importante, sendo os russos fornecedores de ambos, seria interessante reaquecer a relação com os mesmos que havia esfriado após o cancelamento do Su-57 por parte da Índia.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Lucianno
4 meses atrás

Bem capaz de que depois de tal atrito, os indianos voltem a falar dos sukhoi-57 com os russos,afinal,chineses com SU-35, J-20 e J-31 não seria uma boa para os indianos…

Lucianno
Lucianno
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
3 meses atrás

Eu acredito que sim. Seria bom para Índia e para Rússia. Para índia porque por mais que gastem e se esforcem uma tecnologia furtiva não se desenvolve facilmente. E a China tem.
Para Rússia porque a China é um aliado e vizinho muito agressivo e ambicioso. Melhor que a Índia esteja forte e preocupe a China.

Nostra
Nostra
Reply to  Igor Alves Rodrigues
4 meses atrás

Su30mki ordered is for attrition replacements.

Mig29 ordered is to leverage the additional mig29 mothballed stocks already available with Russia.

Additional Rafale will be ordered after the initial 36 rafales are delivered.

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Nostra
4 meses atrás

Dear Nostra: there is some news about Gripen eventual acquisition?

Nostra
Nostra
Reply to  Rommelqe
4 meses atrás

In my personal opinion Gripen acquisition is very difficult . Reasons are many .

1. Sweden cannot guarantee sovereignty of platform . Many foreign subsystems from many foreign countries.

2. Sweden government is considered to be covertly unfriendly – questions Indian sovereignty and territorial integrity.

3. Geopolitical gain from Sweden is zero.

Etc

nonato
nonato
Reply to  Nostra
4 meses atrás

In terms of technology transfer, it would be the best. In my opinion, it would be a good idea to buy 100 gripens NG, and require that saab help solve all the problems with the tejas. I have the strong impression that the tejas is not good enough. It may be good to make numbers, but not quality. As to foreign systems, the engine is GE, the same the tejas uses. I think tbat having 100 gripens, 250 tejas, 200 SU 30, 70 rafales, 50 F 35, 30 SU 35 would be a good mix. If it were I, I… Read more »

Lucianno
Lucianno
Reply to  nonato
3 meses atrás

Não tem sentido comprar o Gripen porque a Índia terá o Tejas que terá capacidades muito próximas.

A Índia precisa mesmo é de um caça furtivo e também substituir os antigos Mig-29 da marinha por um caça médio, tipo SH ou Rafale.
Além de um caça muito capaz para ataques nucleares (Rafale? Su-57?). Somente uma boa capacidade de dissuasão nuclear para intimidar um gigante como a China.

nonato
nonato
Reply to  Lucianno
3 meses atrás

É que eu acho o gripen um caça bem conceituado, um geração 4 ++ com toda a moderna tecnologia.
O Tejas está sendo desenvolvido há uns 20 anos e não me passa confiança.
A vantagem de comprar gripens seria ter caças top baratos de comprar e manter e deixar o Tejas nos cascos.
O Tejas é independência e quantidade.
A saab ajudaria.
Mas claro que a urgência seriam mais caças médios e grandes, de repente mais Rafales, ou Typhoon ou F 15 x ou F 18.
Quem sabe uns 50 F 35.

Nostra
Nostra
Reply to  Rommelqe
4 meses atrás

Personally if it was left to me I would prefer giving interest to setting JV with Embraer to develop and produce transport / passenger aircrafts.

Future domestic requirements are huge 500-1000 aircrafts.

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Igor Alves Rodrigues
3 meses atrás

A China tem caças adaptados igualmente os indianos, no caso das aeronaves Russas, elas estão melhores acostumadas a região em questão que é fria e alta.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
4 meses atrás

Os soldados do PLA pelo jeito são melhor na pedrada, na mão e na paulada porque esses eram as armas do confronto.

Matheus Augusto
Matheus Augusto
Reply to  Nilton L Junior
4 meses atrás

Morreram mais Chineses que Indianos ….
Kung Fu não ta ajudando muito pelo jeito

nonato
nonato
Reply to  Matheus Augusto
4 meses atrás

Eram 300 chineses e 50 indianos lutando…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Matheus Augusto
3 meses atrás

É efeito da quarentena, ficaram gordos

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Nilton L Junior
4 meses atrás

na verdade já foi descoberto que morreu mais chineses e o Governo da China tentou acobertar os dados, então na pedrada e paulada os Indianos vencem e eu espero que com um fuzil eles também sejam bons.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Bem nesse caso o PLA precisa melhorar em muito, ponto para os Indianos.

nonato
nonato
4 meses atrás

Aviões russos parecem ser mais baratos. Por isso, parece uma boa compra.
Mas só 33 é pouco.
Se eu fosse Modi, compraria mais.
E poderia comprar também dos americanos, em um bom acordo.
F 18, F 15. Usados ou novos para entrega imediata.
Número é importante.
Mas qualidade e prazo também.
O ideal seria uns 100.
Podendo ser até usados para agilizar.
A Boeing toparia na hora.
F 18.
Ou até F 16 do deserto FMS para fazer número.

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  nonato
3 meses atrás

Estados Unidos não tem caças pra ceder, a não ser os do deserto, mas esses precisariam de meses pra serem postos novamente em condições, além de estarem no deserto por serem muito usados. Quem pode ter caças ‘sobrando’ é os franceses com Rafales, e o consórcio Eurofighter com Typhoons alemães e austríacos parados. Aí nesse caso o que pega é o treinamento, não é só ter o avião disponível, os pilotos e pessoal de terra tem que saber operar.

nonato
nonato
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

Contrata mercenários…

Plinio Jr
Plinio Jr
4 meses atrás

Estas tensões devem forçar a índia a acelerar seus processos de compras de novos armamentos , inclusive um caça de 5a,geração, algo que os chineses possuem e vão buscar equilibrar a região….é bom os russos acelerar o programa Su-57, caso contrário , não ficaria surpreso de voltarem seus esforços para os EUA para compra de F-35s….

nonato
nonato
Reply to  Plinio Jr
4 meses atrás

Há muito tempo sugiro que a Índia precisa de caças stealth para ontem.
Se a Itália que está longe de uma guerra comprou uns 70 F 35, por que a India não compra pelo menos 50?

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
4 meses atrás

O tio Ivan agradece🤔🤔😂🇷🇺‼️

LeoL
LeoL
4 meses atrás

Os Chineses são péssimos clientes da Rússia, compram uma pequena quantidade e lançam uma versão chinesa idêntica sem licença. Desde de aviões inteiros a motores. Os indianos ao contrário são grandes clientes a décadas sempre respeitando todos os contratos e licenças. Putin que de bobo não tem nada saberá quem apoiar.

Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

Superioridade aérea é questão de vida ou morte numa guerra moderna.

Italo Souza
Italo Souza
3 meses atrás

A festa está esquentando, já vais ter macho em cima da mesa daqui a pouco, a briga é garantida.

Como a China vai reagir a essa compra é que será interessante.

Luís Henrique
Luís Henrique
3 meses atrás

1) A Rússia não vai ajudar a Índia. A Rússia está cercada pela Otan, o que eles menos querem é problemas nas fronteiras “Sul”, ainda mais com um monstro como a China. 2) A Força Aérea chinesa possui vantagem tanto numérica quanto qualitativa. Os Su-30 MKI, MIG-29 UPG e Mirage 2000-5 podem se sair bem contra os J-11, Su-30 e primeiras versões do J-10. Mas o J-10C e o J-16 “parecem” ser superiores, tanto em eletrônica embarcada, com radares AESA como em furtividade. O J-20 é considerado 5a geração, ainda que este caça não tenha atingido 100% do seu potencial,… Read more »