Home Aviação de Caça Novo radar AESA da Hensoldt para o Eurofighter

Novo radar AESA da Hensoldt para o Eurofighter

1357
8

O Bundestag alemão decidiu desenvolver o novo Radar AESA, no qual a HENSOLDT tem um grande envolvimento, para a frota alemã Eurofighter

Taufkirchen, 17 de junho de 2020 — O fornecedor de sistemas de sensores HENSOLDT congratulou-se com a decisão do Bundestag alemão de desenvolver o novo radar AESA (Active Electronic Scanning Array) para toda a frota alemã de Eurofighter como um sinal positivo para a Alemanha como base tecnológica e para uma cooperação europeia bem sucedida no setor da defesa.

“Com esta decisão, a Alemanha está assumindo um papel pioneiro no campo da tecnologia chave para o Eurofighter pela primeira vez”, disse Thomas Müller, CEO da HENSOLDT. “Isso criará empregos de alta tecnologia na Alemanha e dará ao Bundeswehr o equipamento necessário para responder a novas ameaças. Além disso, é um sinal para a Europa que a Alemanha está investindo em uma tecnologia de importância crucial para a cooperação europeia em defesa”.

Com a liberação do orçamento para o desenvolvimento, produção e integração de um novo radar para os aviões de combate Eurofighter – a participação da HENSOLDT é superior a 1,5 bilhão de euros – o Comitê de Orçamento do Bundestag abriu caminho para a modernização do Eurofighter em uma área crucial, tecnologia de sensores. Em contraste com o desenvolvimento do radar até agora em um consórcio sob liderança britânica, a responsabilidade do sistema de radar agora passará para as mãos da casa de radar alemã HENSOLDT.

A empresa, com sede em Taufkirchen, Baviera, já estava envolvida no desenvolvimento e produção da tecnologia de sensores Eurofighter atualmente em uso. A HENSOLDT emprega 2.000 pessoas em seu centro de radar em Ulm. Somente nos departamentos de radar do Eurofighter, espera-se um aumento de 400 empregos altamente qualificados durante a duração do programa. No desenvolvimento de radares, a empresa trabalha em estreita colaboração com a principal contratada Airbus e o grupo espanhol de eletrônicos de defesa Indra.

Ao mesmo tempo, o Bundestag também aprovou o orçamento para a aquisição de quatro navios de combate multiuso MKS 180 para a Marinha Alemã. Como resultado da especificação do produto, a HENSOLDT está fornecendo quatro radares navais TRS-4D, também baseados na tecnologia AESA para este projeto. Radares deste tipo já estão implantados em vários navios da Marinha Alemã.

DIVULGAÇÃO: Hensoldt

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

nao ficou claro, mas da a entender que esse radar alemao sera diferente do radar britanico e que entrara em operacao primeiro com os Emirados (ou Quatar)?

Lucianno
Lucianno
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Radar alemão para os Typhoons alemães. Emirados não compraram Typhoons. Quatar comprou 24 através do Reino Unido com o radar AESA CAPTOR-E sendo este radar fabricado por uma parceria da Itália com a Inglaterra. O Kuwait também irá receber os seus 28 Typhoons com este radar. Aparentemente o radar da Hensoldt e o CAPTOR-E serão sementantes. O Eurofighter foi ter um radar AESA muito tardiamente, quando todos concorrentes já possuíam esta tecnologia devido a relutância do governo alemão em liberar recursos para o desenvolvimento deste radar. Então Itália e Inglaterra fizeram o radar sozinhas, principalmente para fomentar a exportação do… Read more »

Ari Levinson
Ari Levinson
Reply to  Lucianno
1 mês atrás

Os alemães tumultuaram o desenvolvimento do radar CAPTOR-E de todas as formas ao insistir em mais modos ar-solo ao passo que os britânicos, que viram o crescimento das capacidades de EW russas na Síria, queriam incluir modos de ataque eletrônico.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Uma boa atualização para o Eurofighter, antes tarde do nunca.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

A principal razão do tardio desenvolvimento do radar aesa para o Typhoon, pelo menos uma das razões, é que o radar original do Typhoon , é o melhor do mundo, entre os radares mecânicos, ou não aesa.

rui mendes
rui mendes
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Muito bom , a aprovação da verba, para as fragatas MKS-180.

Lucianno
Lucianno
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

De fato Rui, o radar mecânico do Typhoon é o melhor do mundo. Mas nada comparado com um radar AESA, outra tecnologia que está em um patamar muito superior. Acredito que as razões para o desenvolvimento tardio são restrições orçamentárias e falta de sinergia entre os sócios do consorcio Eurofighter.
Observe que as exportações de fato somente deslancharam após o Captor-E ser lançado.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Lucianno
1 mês atrás

Sim, é verdade.