sexta-feira, dezembro 3, 2021

Gripen para o Brasil

Custos do F-35 caem para produção, mas aumentam para operação

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-35 em manutenção

O programa mais caro do Pentágono está começando a parecer um pouco mais barato, com a última estimativa de desenvolvimento e compras baixando 7,1%, com um custo de US$ 397,8 bilhões.

Menos encorajador para os legisladores que elaboram orçamentos de defesa e para os contribuintes é o custo da operação e manutenção da frota por 66 anos: US$ 1,182 trilhão, um aumento de 7,8% sobre a estimativa do escritório do Pentágono F-35 no ano passado, segundo avaliação anual do Departamento de Defesa obtido pela Bloomberg News.

A estimativa de aquisição mais baixa produzida pelo escritório do programa F-35 é a mais recente de uma série de boas notícias, que também inclui a entrega pontual de aeronaves, a eliminação de todas as falhas consideradas ameaçadoras para os pilotos e uma redução constante desde 2018 no número de deficiências de software potencialmente prejudiciais à missão.

O Relatório de Aquisição Selecionada, que não foi divulgado ao público, também afirmou que o programa F-35 antecipa as vendas ao longo do tempo de 809 aeronaves para parceiros internacionais, acima das 764 projetadas no ano passado.

FONTE: Bloomberg News

- Advertisement -

59 Comments

Subscribe
Notify of
guest
59 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rui Chapéu

Na mesma notícia: “The Pentagon assessment says that updating its numbers based on actual production performance data by Lockheed and its subcontractors, rather than projections, resulted in the reduction in acquisition cost estimates. For example, the “unit flyaway cost” of an F-35 for the Air Force’s version of the fighter, not including the engine, declined by $12.1 million to $57.4 million. The Air Force plans to purchase 1,763 jets, the most of the U.S.’s planned 2,456 aircraft. The Marine Corps version dropped to $72.1 million from $80 million, and the Navy model fell to $72.3 million from $79.5 million.” U$57,4 milhões um F-35A sem motor. Com motor vai pra… Read more »

Lu Feliphe

O preço final de uma aeronave é muito relativo, pois não só o custo de aquisição, como também manutenções, a compra dos armamentos, hora de vôo e outras coisas muito importantes que também custam.

GFC_RJ

Hermann, Jeffery W et alli. New Directions in Design for Manufacturing. 2004.

Este estudo dizia que o custo de aquisição de um F-16 era apenas de 15-20% do total de sua vida útil. Aliás, isto vale para qualquer plataforma militar de alta tecnologia. Um F-35, contendo mais tecnologia embarcada amplia ainda mais este processo.

Essa matéria, portanto, diz que o custo menor (de aquisição) baixou. Já o custo maior (todo o resto) aumentou.

Abs.

Lu Feliphe

Sim, eu só estava ressaltando isso.

Adriano RA

Sugiro vocês lerem esse material da USAF sobre custo de manutenção dos aviões ao longo do tempo. “Operating costs of aging air force aircraft”:
https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://www.cbo.gov/system/files/2018-09/54113-aging_aircraft.pdf&ved=2ahUKEwj-xLa7r97pAhULHbkGHU-zC80QFjABegQIAhAB&usg=AOvVaw2PShFMxXhlkUpOAy04CdSE

Adriano RA

Desculpas pelo comentário adicional, mas achei interessante o elevado aumento do custo de manutenção do Hércules C-130H, ao longo dos anos (Figura 3). KC-390 neles!

GFC_RJ

Caro Adriano,

Excelente material! Baixei e estudá-lo-ei.

Documento oficial do Congresso americano. Ajudará a entender melhor tecnicamente a política de “estocagem” e de FMS sobre os seus programas de EDA.

Muito obrigado.

Antonio Palhares

Ai que fica provado que a OTAN é o melhor negócio para a indústria de alta tecnologia dos Estados Unidos.

Alexandre Santos

Raios e Chuva…. já foram resolvidos?

Willber Rodrigues

Considerando-se a quantidade de F-35 que só os EUA vão adquirir pras suas 3 forças armadas, 1 trilhão em 60 anos não me parece ser absurdo.
Principalmente se nesse cálculo estiver incluso as atualizações do caça ao longo do tempo.

Fabio Araujo

Ainda é um caça caro! Queria ver o comparativo de custos entre o F-35, o SU-57 e dos chineses J-20 e J-31!

Evgeniy (RF).

<span lang=”pt”>Seria necessário saber quanto o Su-35S realmente custa para a Força Aérea Russa. Sobre o custo do Su-57 e até agora não há dúvida.</span>

Plinio Jr

No momento só pode fazer comparações com o J-20 que dizem estar operacional , tanto o Su-57 quanto o J-31 ainda encontram-se em ensaios…..

Lucianno

Eu também gostaria de ver. Pena que não será possível porque não existem informações confiáveis a respeito de custo de caças russos ou chineses.

Marcos10

Os preços desse avião vão continuar caindo. Futuramente, quando novas soluções de manutenção forem adotadas, os custos de manutenção também irão cair.

Outra questão que ninguém leva em consideração, é que com uma aeronave dessas, ao invés de ir para uma missão com 24 aeronaves, posso ir 6 e cumprir a mesma missão, com poucos riscos.

Daniel Ricardo Alves

Em teoria, né? Ele ainda não foi testado em combate e assim como a tecnologia stealth evolui, a do radar também. E uma das falhas do avião é justamente no revestimento furtivo.

Carlos Gallani

Não foi testado?

Marcos10

Mais um adepto do radar da ondas imaginárias, que capta tudo, inclusive naves de outras dimensões, mas que ainda não existe.
Por hora os israelenses fazem a festa.

José

Não foi testado mesmo
Nem as armas que Israel produz (que são de excelente qualidade) foram uzadas em condições mais difíceis
Qualquer SAM que passar aqui na rua sem a devida escolta basta eu jogar uma garrafa de vidro com gasolina que o mesmo será inutilizado

Salim

Segurança de ponta custa caro, se engana quem acha contrario. F35 teoricamente e o melhor que pode ser comprado. Quem náo tem fica abaixo e mais vulnerável.

Antoniokings

Esse projeto não tem solução.

Rui chapéu

Realmente xings!

O f-35 é um problema pros inimigos e eles não vão encontrar uma solução!

Pablo Maroka

Tremem ao ver aquela maravilhosa bandeira vermelha, azul e branca.

Clésio Luiz

Discordo do colega. Solução existe, basta um presidente com colhões (de verdade, não como o vira-casaca do Trump) rasgar o contrato de pai pra filho ou “de político para financiador de campanha”, fazer um novo estipulando que cada desvio dos requerimentos vai sair do bolso do fabricante, igual a que a Boeing assinou com o KC-46 e está tomando prejuizo até agora.

Mas ninguém quer perder aquele doce dinheiro de campanha, não é mesmo?

Antoniokings

E nem estamos considerando o que se gastou no desenvolvimento do projeto, que foi um absurdo.

MestreD'Avis

Como assim?! O custo de desenvolvimento e compra está bem legível na matéria…

MFB

Disse o desocupado que passa o dia na internet enaltecendo ditaduras.

Junior galvao

O problema da aeronave foi nao ser testada ao maximo no começo da produçao ….tiveram q solucionar os problemas ao longo das entregas è um aviao com um desenhoo futurista ate parece uma nava alienígena kkkk provavelmente próximos anos sera um equipamento mt bem usado

Gabriel BR

O custo operacional está fora da realidade da maioria dos países do mundo.

nonato

Com a queda no preço do petróleo, o preço da hora de vôo deve ter caído bastante.

Marcos10

Nonato,
O custo operacional dessa aeronave não é só combustível. Grande parte dos custos está na quantidade de horas/homem necessários para inspeções e manutenções.

Pablo Maroka

Em uma palavra: o futuro se tornando o presente.

E assim segue a supremacia americana nos ares

MGNVS

Depois é o Rafale quem leva o titulo de “jaca voadora”.
Ainda bem que o Brasil escolheu o Gripen

Junior galvao

Como toda arma de guerra amigo o gripen tbm precisa ser testado …

MGNVS

Junior
sim… o Gripen ainda nao foi devidamente testado, mas tbm nao se tornou um escoadouro de dinheiro do contribuinte igual é a Jaca-35

Lu Feliphe

O Rafale embora é extremamente caro, o Rafale não teve vários problemas no início.

Tadeu Mendes

MGNVS,

Esta jaca voadora entra na Síria, bombardea alvos iranianos; voando em um espaço aéreo defendido por Pantsir, por S-300, e pêlo escambal a quatro, e volta tranquilamente para a base aérea de Nevatim , e o inimigo nem sabe o que aconteceu.

MGNVS

Tadeu Mendes
Essa é sua opiniao.
Nao concordo em nada com ela, mas como vc mora nos EUA e é seu dinheiro que esta sendo gasto no F35 entao sinta-se a vontade para defender esse poço sem fundo.

Tomcat

MGNVS, quando li a matéria me veio a mente aquele meme de Star Wars com a a fala do Vader sobre ser pai do Luke. O Rafale pro F-35 ” Eu sou seu pai” kkkk.

MGNVS

Tomcat
boa…. kkkkkkkkkk

Nilton L Junior

Bem bem, não existe Força Aérea top de orçamento baixo

Tutu

Será que não teria espaço para alguém projetar um caça VTOL mais barato, um sucessor espiritual do Harrier?

Acho que pode interessar muitas marinhas, inclusive a MB.

Lu Feliphe

O f 35 já está substituído o Harriers em muitos países.
Fora que o Brasil não tem nenhum navio capaz de receber uma aeronave do estilo.

Curiango

Olhando o modelo de PA hibrido Italiano pensei o mesmo. Um sucessor do herriier

Salim

F35b, o Harrier era caríssimo de comprar e manutenção cara e difícil.

MestreD'Avis

O sucessor do Harrier chama-se F-35B. Se acham que é possível fazer um caça STOVL/VTOL mais barato tem que escolher: Opção 1 – Furtivo mas subsonico, Opção 2-Supersonico mas não furtivo e de curto alcance, Opção 3 – Longo alcance mas não furtivo e subsónico.

Se alguma marinha estiver interessada, põe os requisitos na mesa e a industria responde.

Paulotd

Esse caça conseguiu dizimar a frota da Usaf e Us Navy sem que o inimigo disparasse um único míssil. Um saco sem fundo de custos, desperdício de tempo, dinheiro, insistência em uma tecnologia duvidosa para a nova geração de radares e sensores que estão vindo aí. Arma boa é arma disponível, e esse caça vive mais na oficina que nos ares.

Para quem já teve milhares de F-4 Phantom, F-101. Pq não insistir no F-15 SE e no F-16 Vyper?

A Alemanha pulou fora e escolheu o F-18 super Hornet. Foram sensatos.

Marcos10

Porque os F15 e F16 são aeronaves projetadas na década de 70, isso são quase cinquenta anos atrás.

Paulotd

F-15 SE e F-16 Viper são praticamente outra aeronave em relação ao projeto dos anos 70. Novos radares, sensores, motores, aerodinâmica. Inclusive o Viper usa um radar semelhante ao do F-35, e o F-15 SE pode levar incríveis 22 mísseis ar-ar, um monstro. Ambos conseguem superar a barreira bdo Mach 2, enquanto o F-35 atinge Mach 1.8 no máximo.

Outra coisa, ouvi em artigos na Janes que os chineses tem um desenvolvimento de radar capaz de travar um míssil num Rcs de uma bola de gude a 100km. Pode ser o fim dos stealth.

Last edited 1 ano atrás by Paulotd
MestreD'Avis

Mas Paulotd, se esse radar maravilhoso consegue travar num RCS desse tamanho a 100Km, a que distancia trava num F-15?

Marcos10

Você pode pegar um fusca e botar o motor que quiser e os acessórios que quiser, mas vai continuar sendo um fusca.

A grande vantagem de um F35 é sua furtividade.

Lu Feliphe

Porque as forças armadas dos EUA ainda insistem em continuar com o desenvolvimento esse caça, além de que a Alemanha decidiu adquirir o f 18, porque segundo o governo participar do programa de desenvolvimento do f 35 seria caro e não estava de acordo com os interreses nacionais sobre o desenvolvimento de sua industria de defesa

Last edited 1 ano atrás by Lu Feliphe
Sergio

F-35. Mais conhecido como “ABACAXI” voador…..

Ricardo da Silva

“F-35 Aadvark II”
E a história continuará se repetindo ?
 

Marcos10

Ficam nessa conversa de que o F-35 é o mais caro projeto da história. Pura balela!
Peguem o projeto e o custo unitário do B-1 e atualizem para preços de hoje.

Tomcat4,2

Tipo de matéria(assunto) que me faz pensar em um pote cheio de pipocas e uma garrafa de Coca Cola pra consumir enquanto leio os comentários que vão do céu ao inferno sobre o F-35.rs

Fabio Araujo

OFF – Opção francesa para a Argentina! Mas se o Brasil achou caro manter o Mirage 2000 imagina como será para a Argentina?
 
https://www.zona-militar.com/2020/06/01/fuerza-aerea-argentina-la-opcion-francesa/

Tomcat4,2

Será que sai o negócio??Agora, além de fazer dindin com aeronaves paradas e tal ,o que será ,a mais, que os franceses desejam com toda essa gentileza com os hermanos(primeiro navio, Super Etendard e agora Mirage)???

Tadeu Mendes

DSC

AIM HIGH

Últimas Notícias

Argentina e China fortalecem cooperação na área espacial e de defesa

Os governos da Argentina e da China concordaram na quarta-feira (1/12) em fortalecer os laços bilaterais, particularmente em ciência...
- Advertisement -
- Advertisement -