domingo, setembro 26, 2021

Gripen para o Brasil

Até 550 caças F-35 vão exigir reparos após falha na confiabilidade, afirma GAO

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-35A da Austrália

O F-35 Joint Strike Fighter continua a ser atormentado por problemas de qualidade e confiabilidade, com até 550 jatos exigindo reparos, incluindo duas dúzias já entregues à Austrália.

O Gabinete de Prestação de Contas do Governo dos EUA alertou em um relatório esta semana que os fornecedores do JSF estavam falhando em “atender aos padrões predefinidos de projeto” em milhares de processos de fabricação, e que as aeronaves já construídas “não atendem às metas de confiabilidade e manutenção do programa”.

O GAO disse que 870 “deficiências em aberto” com a aeronave foram identificadas em dezembro, incluindo nove problemas da “categoria um” que poderiam “comprometer a segurança (ou) a confiabilidade”. Ele descobriu que apenas 30% dos mais de 10.000 “processos críticos” identificados na fase de montagem “atualmente são capazes de fabricar um produto dentro dos padrões predefinidos de projeto”.

“Devido à simultaneidade de testes e produção, segundo um oficial do programa F-35, até 550 aeronaves entregues até 2020 precisarão de modernizações para corrigir deficiências e problemas de design encontrados durante os testes”, afirmou o GAO.

Até agora, a Lockheed Martin entregou 24 de 72 aeronaves F-35A Lightning II à Força de Defesa Australiana, a um custo de cerca de A$140 milhões cada.

FONTE: The Australian

- Advertisement -

53 Comments

Subscribe
Notify of
guest
53 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alexandre Santos

O que dizer….? Este avião é uma m…… muito cara. Creio que isso defina a situação.

Karl Bonfim

Para o Tio San a tecnologia stealth não tem volta, se não for com o F-117, F-22 e F-35, vai ser com outros aparelhos. Certamente nos próximos aparelhos muitos desses defeitos serão corrigidos.

MFB

Deveriam ter produzido mais F-22s, modernizado os outros vetores já cpnsolidados e ter ido com calma com um novo programa. Quiseram abraçar o mundo com o F-35 e com isso veio uma grande sacola de problemas. Agora, não tem como voltar atrás. O avião vai amadurecer, vai cumprir a missão, mas o custo que já era astronômico vai virando algo pornográfico.

Allan Lemos

Pois é,e ao que me parece o futuro F-15X será um caça muito mais confiável do que esse F-35.Pelo visto o Congresso comprou gato por lebre com esse avião.

Régis Athayde

Isso que acontece ao dar um cheque em branco para a mesma empresa, a LM. Deveriam ter escolhido o projeto da Boeing e, talvez, não estivessem com tantos problemas. Agora só resta chorar pelo leite derramado.

Adriano RA

A origem do problema é a forma como o contrato foi montado/pensado. Desde o início a Lockheed sabia que o Programa seria grande e importante demais para ser cancelado. Agiu com a conivência do Departamento de Estado e entregou 550 protótipos, sem se importar com nada a mais. Barca furada total esse Programa.

Adriano RA

Vamos lembrar o que passava pela cabeça dos americanos e europeus quando o F-35 foi concebido (fim dos anos 90 e virada do milênio). O F-22 era o “ultimate fighter”, praticamente sem necessidade…pois a nova ordem mundial pós guerra fria indicava um domínio absoluto dos EUA, sem qualquer ameaça por conta da china e sua industria de defesa, na época, rudimentar. Resolveram então fazer um “pato invisível” (F-35) que seria o suprassumo da tecnologia, algo que não teria desafios nos céus. Seria o último caça tripulado. A LM ganhou o contrato e encheu os bolsos de dinheiro, enquanto seus clientes,… Read more »

Nilton L Junior

Bem isso.

OSEIAS

Vi recentemente um documentário sobre a Stunk Works, como conseguiu construir do black Bird, a CIA chegou a montar uma empresa de fachada na Europa para comprar o titânio dos russos sem saberem que era para a aeronave. O que aconteceu com a Lockheed Martin? Os caras perderam a mão completamente. Mas posso estender a pergunta a indústria aero espacial americana. O que aconteceu com os caras? Sem ônibus espacial, Boeing caindo pelas tabelas, F-35 a cada pente-fino se descobre mais problemas. O que aconteceu?

horatio nelson

skunk works.

OSEIAS

obrigado pela correção.

Pedro

Esses jatos foram feitos pela FIAT sera? Pq olha, até a FIAT faz um produto com mais qualidade do que isso. Vc ter muitos fornecedores e uma parcela considerável deles escolhidos por meios políticos e nao técnicos, certamente faria o controle de qualidade desse produto algo impossível. Quiseram abraçar o mundo e estenderam o escopo da aeronave de forma irresponsável (lembro que era para ser o principal caça e avião de ataque dos EUA, mas caminha para que a superioridade aérea seja feita pelos F-15 ainda), e para piorar, a cada mês ao invés de diminuir os problemas os mesmos… Read more »

horatio nelson

seja feita pelos F-15 e f-22

JuggerBR

Lendo a matéria dá a impressão que o caça vai desmanchar no ar…
Ou exageraram no tom ou tem um milagre acontecendo, porque não tem F-35 caindo como moscas…

Antoniokings

Foi como eu escrevi anteriormente em relação ao F-22.
Imagine isso no calor da batalha ter de parar para alguns reparos.
Sem chances.

Heinz Guderian

Você querer comparar o F-22 com esse fiasco ai, é de sangrar os olhos.
F-22 é um dos melhores caças do mundo, se não o melhor.
Já o F-35 não pode nem atingir velocidades supersonicas se não perde a pintura, aquele seu comentário é mais direcionado para o F-35 e não para o F-22.

Marcos10

O F-22 também tem muitos problemas. A questão é que não se comenta sobre ele. Os problemas vão de oxidação até reparos constantes no material de cobertura da aeronave, de falhas no sistema de oxigênio até abertura do canopy.

Antoniokings

Tanto faz ser F-22 ou F-35.
O conceito é o mesmo.

MFB

Tem que piorar muito para virar um avião de segunda linha nível Rússia.

Adriano AR

Kings, aqui vou discordar. F-22 e F-35 possuem conceitos de projeto aerodinâmico (hardware) semelhante, mas para por ai. Entendo o que diz em relação à dificuldade de manutenção, mas o F-22 difere do F-35 por ter sido sempre pensado em ser uma bala de prata. É aquele que chega e acaba com a briga de início. Nunca foi pensando, como o F-35, em ser o substituto de caças tão diferentes como o A-10, o F-16, o Intruder e o F-18… Querem que o F-35 seja “bucha de canhão”, o que é um absurdo. O F-22 nunca foi pensado para ser… Read more »

Antoniokings

Adriano AR

O que vc diz é correto, mas não exclui a minha argumentação (como vc mesmo concorda).
Vc não pode ter um avião que voa meia dúzia de vezes e depois fica semanas parado para reparos.
Isso em um guerra é inconcebível.
SDS

Nilton L Junior

Diz ai sabichão, qtos F-22 quebraram trem de aterrizagem.

Carlos Ravara

O problema, AntonioKings, é que perder um F-22 está perdido para sempre

Antoniokings

E um mega prejuízo no bolso

Cristiano de Aquino Campos

Interessante e que todi reparo por falha ou má qualidade e paga pelos clientes. Assim e muito comôdo para a fabrica.
Os custos dos reparos causados pela fabrica deveriam ser todos da fabrica.

Fabio Araujo

Isso é o que dá quando se procura economizar ao máximo na escolha dos fornecedores, termina que a economia de alguns centavos em coisas como parafusos fios, tubulações e outros insumos mais simples terminam comprometendo a qualidade de um caça de milhões e gerando um grande prejuízo. E depois o setor de compras que preferiu escolher o preço em vez da qualidade não é responsabilizado.

Caio

E por essas e outras , que sempre escrevo que o Brasil poderia se atrever mais na produção de suas armas, pois o f35 foi um projeto colossal, com valores imensos e mesmo assim não para de apresentar problemas, então porque a maioria dos produtos de defesa desenvovidos por aqui, são engavetados, quando não dizem mesmo que não prestam. Vai entender.

Ricardo da Silva

Só tenho uma coisa a dizer:
“F-35 Aardvark II”

Italo Souza

“e lá vamos nós” hahahahah F35 nunca decepciona.

horatio nelson

ja estou de saco cheio desse lixo o piloto tem q se concentrar mais em manter essa porcaria voando e sobreviver do q outras coisas, pior projeto da historia da aviação, até um mig 21 é melhor q essa m… ai, eles tinham q ter ao inves de investir nesse lixo investir nos f-22 e f-15 esses sim são aviões q não deixam a desejar…no dia q precisarem do f35 os pantsir,s-200.s300,s400,s500,migs,sukhois,mirages,gripen,e até aquelas porcarias e lixos chineses vão fazer a festa!

Mauro

O F-35 é igual carro usado, são duas alegrias, uma quando compra e outra quando vende.

Antoniokings

Assim vc está ofendendo as milhares de pessoas que compram Fusquinhas usados.
kkkkkkk

Gabriel BR

Eu estou avisando faz tempo…

Gabriel

Longe de querer amenizar os contínuos problemas apresentados durante o desenvolvimento e fabricação do F-35, uma diferença fundamental, quando comparados com outros projetos de 5ª geração, é a maior publicidade que é dada aos problemas apresentados e confiabilidade das informações. Não creio que outros projetos, de mesmo patamar tecnológico, tenham muito menos problemas, mesmo que pouco ou nada seja noticiado. De qualquer maneira, me parece que o principal equivoco foi iniciar a fabricação, em escala, de um projeto que não estava devidamente testado/aprovado/amadurecido. Apesar de tudo, é um caminho “sem volta”, cabendo agora serem realizados os ajustes necessários, mesmo que… Read more »

CRSOV

Nossa esse F 35 quando um problema é solucionado aparecem outros dez !! Quanta zika tem esse avião !!

ADRIANO MADUREIRA

E ainda tem gente que sonha com essa aeronave para a FAB…

Ainda bem que ela voou longe daqui, estamos bem servido com oque receberemos…

ADRIANO MADUREIRA

O LOCKHEED-MARTIN F-35 É BEM DIZER UM PEUGEOT COM ASAS😁😁😁😁🇨🇵‼️

José

Povo fica sempre comparando com Su-57
Nem sabem o por que do nome Su-57
Os europeus tinham e tem que subsistir os F-16
Investiram Bilhões no projeto que é uma furada
Caro pra comprar, manter…
Vcs falam muito sobre as surras que Israel deu nos Árabes porque tinham um melhor treinamento
E agora?
Como ter um bom treinamento com esse custo?

Defensor da liberdade

Banheira como tudo made in USA.

Salim

E comum industria aeronáutica emitir boletins técnicos com correções e o nivel de severidade do mesmo. Com todas as aeronaves ocorre isto, quem e do ramo ou pesquisa um pouco sabe. O F35 náo foge a esta regra. Se for utilizado um pouco de bom senso e avaliar: NR aviões ativa, NR horas voada, acidentes levando em conta parâmetros anteriores e impedimentos técnicos que obriguem aterramento da frota, concluímos que: F35 e um sucesso de vendas, seguro e operacional.Disponibilidade e efetividade em combate e dado classificado em qualquer forca aérea do mundo, portanto somente teremos dados qdo entrar combate real.… Read more »

Luiz Galvão

“É comum industria aeronáutica emitir boletins técnicos com correções e o nivel de severidade do mesmo.”

Sim. A aviação comercial que o diga. O Boeing 737 (Não estou falando do MAX) , por exemplo, teve alguns problemas serissimos com o travamento do estabilizador, o Electra desintegrando as asas, o DC10 com os pilones, etc. Nem por isso deixaram de ser aviões seguros após as devidas correções.

Andre

550 aeronaves entregues até 2020. Realmente é um enorme fiasco.

Deve ser por ser esse enorme fiasco que Israel, Japão, Coréia querem mais unidades….

Por curiosidade, a força aérea russa tem 550 aviões de caça?

Evgeniy (RF).

Se você está curioso, use o Google e digite: o número da Força Aérea Russa. Então você encontrará o resultado que está procurando.

Antoniokings

Entregar 550 aviões, a maioria para o próprio País, não quer dizer muita coisa.
Só multiplica o problema por 550.
Ademais, não podemos esquecer do F-103 que teve mais de 2500 unidades produzidas e era uma jaca voadora.
Conhecido como ‘fazedor de viúvas’.

Augusto L

F-104.
E era so a Alemanha que reclamou do caça.

Karl Bonfim

F-22 com produção interrompida, F-35 (A, B e C) com uma montanha de problemas que vão custar uma fortuna e um tempão para serem solucionados, indianos desistindo do SU-57 (criminoso) e o mesmo em banho Maria na Rússia, e que não vai cumprir o que todos os parâmetros (os russos parecem mais pé no chão neste quesito), etc e tal. Fico pensando, e os caças stealth xing ling como estão? Duvido que alguém saiba, venha saber e divulguem.

Rodrigo Maçolla

Pois é projetos novos, revolucionários, etc sempre apresentam algum problema e precisam de correção, mais nunca antes na história se viu tantos “BO” como nesse avião ….

Porque será que a Alemanha foi de F-18 Super hornet ?

Resposta: Como sabemos Os Alemães que de bobos não tem nada

Ramon

Praticamente toda semana tem alguma noticia falando de problema nesse F-35, realmente esse avião pode ser um faz tudo por isso ele é tão complexo, mas creio que em caso de um conflito mais longo e que requer constante prontidão esses problemas podem prejudicar a disponibilidade dele e prejudicar muito a capacidade de defesa de seus utilizadores, por isso ao meu ver nenhum país deve apostar todas as suas fichas nesse caça por enquanto.

tadeu54

Essa aeronave é na verdade uma aula de como NUNCA projetar / construir um avião !

Rodrigo LD

Isso é o que acontece quando se faz aquisição militar por pressão/decisão política e não baseada em avaliação/análise técnica séria. Que os próximos pretendentes ao F-35 fiquem atentos! Abraço, camaradas.

Sergio

Este caça é realmente magnífico. Pilotá-lo deve ser comparado a ter uma repentina dor de barriga a dois dias do vazo sanitário mais próximo…

Sérgio Luís

Nada de bom sobre esse infeliz!!

Mgtow

Xiiiiii. Espero que J20 ganhe cada vez mais mercado dessa farsa de preço estratosferico que é o F35

Últimas Notícias

USAF seleciona o turbofan F130 da Rolls-Royce para o programa de remotorização do bombardeiro B-52

A Força Aérea dos EUA anunciou em 24 de setembro que deu à Rolls-Royce um contrato de US$ 500...
- Advertisement -
- Advertisement -