Home Aviação de Caça VÍDEO: Dogfight de Mirage 2000-5 grego e F-16C turco

VÍDEO: Dogfight de Mirage 2000-5 grego e F-16C turco

5350
92

O vídeo abaixo foi filmado pela câmera do Head Up Display (HUD) de um dos dois caças Mirage 2000-5EG Mk2 pertencentes ao 331º Mira “Thiseas” durante um encontro com os jatos turcos F-16C Block 40 sobre o Mar Egeu.

De acordo com as reportagens gregas, o vídeo foi filmado no domingo, 3 de maio, quando os Mirages gregos foram enviados para interceptar dois F-16 turcos que supostamente estavam assediando um helicóptero grego NH-90 que transportava o ministro da Defesa Nacional Nikos Panagiotopoulos e sua equipe.

A simbologia do HUD está no modo de combate aéreo que deve permitir que o piloto use o canhão e o FOX 2 (míssil ar-ar guiado por IR): pode-se ver claramente a CCIL (linha de impacto calculada continuamente) do canhão, bem como o círculo estadiamétrico, enquanto se ouve o tom do buscador de IR.

A Grécia alega com frequência que os céus das ilhas disputadas do Mar Egeu são violados pelos jatos da Força Aérea da Turquia.

A Grécia reivindica 10 milhas de espaço aéreo em torno de uma cadeia de ilhas gregas alinhadas ao longo da costa oeste turca, parte delas está muito próxima do continente, enquanto a Turquia reconhece apenas seis milhas (ou seja, a extensão das águas territorias gregas).

Subscribe
Notify of
guest
92 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Paulo
Luiz Paulo
2 meses atrás

Mas que enquadrada bonita!

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Luiz Paulo
2 meses atrás

Se a Turquia atacasse a Rússia por trás, será que os gregos ajudariam? 😲

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Vai depender do posicionamento da OTAN e isso vai depender do motivo do ataque, se a OTAN analisar e ver que tem que ajudar a Grécia como membro da OTAN vai ter que fazer a sua parte.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

A Turquia também é da OTAN.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Charles Dickens
2 meses atrás

Por isso que eu disse que vai depender da OTAN, se a Turquia for atacada a OTAN tem que defender, mas se a Turquia ataca primeiro nesse caso o conselho da OTAN vai se reunir e analisar se a Turquia tem razão para atacar e se a OTAN vai apoiar ou não!

Denis
Denis
Reply to  Charles Dickens
1 mês atrás

Hah!

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Ajudariam os russos né?

Hélio
Hélio
Reply to  Clésio Luiz
2 meses atrás

Rússia é Grécia tem uma relação de séculos, ambos são herdeiros do império bizantino e já se meteram em muitas guerras religiosas juntos.

Felipe
Felipe
Reply to  Hélio
2 meses atrás

Já tiveram muitas guerras entre eles, também!

SPQR
SPQR
Reply to  Hélio
2 meses atrás

A Grécia é herdeira, a Rússia só se acha.

Hélio
Hélio
Reply to  SPQR
2 meses atrás

Não, meu querido, a Rússia surgiu do casamento entre o duque de Moscou e a Princesa bizantina. O império russo era como o império bizantino em exílio.

SPQR
SPQR
Reply to  Hélio
2 meses atrás

Adotar o alfabeto, religião e arquitetura não faz de você herdeiro de um império, do contrário o Brasil poderia reivindicar sucessão do império português. O fato de Ivan III ter se casado com Sofia Palaiólogina não fez dele herdeiro do Império Romano (“Bizantino”) do Oriente, principalmente porque houve um parente masculino de Constantino IX Palaiólogo que sobreviveu à invasão turca e que tinha preferência no título sobre qualquer mulher. Ele sim, era herdeiro. Curiosamente, ele vendeu o título a Carlos VIII, rei francês, e a França também se declarou Terceira Roma… A história russa da Terceira Roma foi mais uma… Read more »

Moriah
Moriah
Reply to  SPQR
2 meses atrás

Por herança genética, são os gregos mesmos. Infelizmente eles ainda continuam sem sua capital histórica…

Moriah
Moriah
Reply to  SPQR
2 meses atrás

Sobreviveram dois irmãos, Thomas e Demétrio. Este último foi executado com todos os filhos, menos um, pq se encontrou com Davi Comeno e Maomé II entendeu como traição. Thomas, depois de render Mistra, foi pra Itália, onde de lá casou a filha acima, mas seu filho Andreas morreu esquecido e na pobreza, e sem descendentes, é o que dizem… Os ruriks russos poderiam exigir o título por causa dessa união aí, mas o último morreu pouco antes dos romanovs assumirem (por acaso), o império russo.

Hélio
Hélio
Reply to  SPQR
2 meses atrás

Você ao menos conhece a história do império bizantino, meu amigo? Estude a formação da Rússia e pare de buscar informações soltas no Google para fingir que consegue discutir o assunto.

nflopes
nflopes
Reply to  SPQR
2 meses atrás

Um missionário grego, Cirilo, adaptou o alfabeto grego para a Rússia, daí chamado alfabeto cirílico.

Hermes
Hermes
Reply to  SPQR
1 mês atrás

SPQR. Só um adendo: os Rus não eram eslavos e sim vikings nórdicos que logo se miscigenaram com os eslavos.

Lucianno
Lucianno
Reply to  SPQR
1 mês atrás

Ótimo comentário!!!

Moriah
Moriah
Reply to  Hélio
2 meses atrás

Acredito que se o império bizantino não tivesse sido extinto, talvez hoje ele teria um posicionamento menos ocidental e mais pró-rússia, uma vez que os russos repetem (até nos nomes e outros costumes) o que os romaiois faziam no império. a autocracia era um fundamento importante em 1.058 anos do império oriental.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  SPQR
2 meses atrás

Não meu caro, como a cultura russa tem várias matrizes históricas e culturais, uma delas certamente e a cultura bizantina alfabeto, religião e outras, descontinuada pelo Império Otomano (atual Turquia). Portanto, a Rússia não teve se achar, ela é uma das herdeiras da Cultura bizantina.

SPQR
SPQR
Reply to  Karl Bonfim
2 meses atrás

Comentei acima, por engano. Abs.

Moriah
Moriah
Reply to  Karl Bonfim
2 meses atrás

Lembrei do livro “Lendas de Bizâncio” no filme Guardiões do Dia…a ligação é forte culturalmente.

Moriah
Moriah
Reply to  Hélio
2 meses atrás

Existiam generais e divisões gregas dentro do exército imperial russo.

Luiz Paulo
Luiz Paulo
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Duvido

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

João os Russos querem vender gaz para Europa, o dia que os Russos entrar em conflito com a Europa não vai ser uma coisa boa pra ninguém.

Antonio Lopes
Antonio Lopes
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Laços econômicos trazem a paz.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Joao Moita Jr
1 mês atrás

Ninguém atacaria a Russia, não vale a pena pois o ataque é economicamente inviável e não há objetivo concreto a ser atingido. Mataríamos todos os Russos e tomaríamos as terras deles? A Russia está mais “coxinizada” (variação de “Coxinha”) que o próprio Brasil. A disputa sempre será econômica com intervenções importantes em alguns países menores importantes economicamente ou politicamente (Iraque e Síria por exemplo) para o Mundo ou região em conflito. Quem lidera o processo de dominação econômica tem mais poder. A dominação americana nos últimos 75 anos é fruto da dominação não somente militar mas principalmente econômica. Isso é… Read more »

PauloOsk
PauloOsk
Reply to  Luiz Paulo
2 meses atrás

Foi o que eu pensei.. que enquandro viu!!! O que os pilotos turcos devem ter pensado… rsrs

Paulo
Paulo
Reply to  PauloOsk
2 meses atrás

Devem ter pensado que poderiam ter alijado os dois gigantescos tanques de combustivel, e tentado manobras mais evasivas… isso aí não foi dogfigth

Matheus
Matheus
2 meses atrás

Contra um Deltawing em baixa velocidade ninguém tem chance.

Flanker
Flanker
Reply to  Matheus
2 meses atrás

Depende de qual deltawing você está falando…..se for um com fly by wire (tipo M2000) até pode ser….mas, os Mirage III e V eram péssimos em baixas velocidades. Não é à toa que os pilotos de Mirage III da FAB apelidaram o avião de Ferro de Passar, visto sua personalidade um tanto “geniosa” em baixas altitudes e velocidades. Por isso foram adicionados os canards nas modernizações feitas nessas variantes ao redor do mundo e nas cópias feitas por Israel, na forma do Nesher/Dagger.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
2 meses atrás

O “dedinho coça” uma hora dessas…

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Vinicius Momesso
2 meses atrás

2!!!!!!!!!!!!!!!!

Wilson França
Wilson França
Reply to  Vinicius Momesso
2 meses atrás

Só pra vc, jogador de vídeo game.
Se fosse um piloto militar estaria profissionalmente aguardando as ordens e com certeza torcendo para não iniciar uma guerra.

Hilton
Hilton
2 meses atrás

Tenso, não abateu pois com certeza não foi autorizado!

Sergio
Sergio
2 meses atrás

Quem diria hein??? Um F-16 suando com um mirrage 2000…

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Sergio
2 meses atrás

Me dói o coração ver que mal uso tiveram os Mirage 2000 no Brasil, aposentados tão precocemente, e agora amontoados ao Deus dará, juntando poeira e ferrugem. Para um país ainda na mão de F-5, foi um pecado não ter feito de tudo para manter-los operando.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Os Mirage já chegaram só o pó da rabiola.

Carlos p silva
Carlos p silva
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Nunca acredite em tudo. Foi mais uma aloprada coordenada do que pó da rabiola…

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

O que dói mesmo é saber que a linha de montagem poderia ter vindo para o Brasil, porém o FX não vingou nos anos 90.

Os Mirage 2000 que recebemos eram defasado e quando venceu as horas de voo o custo ficou proibitivo para mante-los operacionais e atualizadas. A Força Aérea da Índia pagou algo próximo a U$ 47 milhões por cada Mirage 2000 para mante-los operacionais e atualizados.

Saudações!

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Consta que já foram vendidos.

Ao meu ver, a FAB viu que enquanto mantivesse o F-2000 operando, Brasília iria continuar empurrando o FX-2 com a barriga. Só depois que os Mirage saíram de operação foi que os políticos se mexeram.

No fim das contas, a FAB fez o que tinha que fazer, infelizmente. Tivessem os políticos daqui mais vergonha na cara, estariam operando até a chegada do Gripen.

pangloss
pangloss
Reply to  Clésio Luiz
2 meses atrás

Clésio, foram vendidos como sucata, a preço de mariola.
E não creio que os políticos tenham interesse ou discernimento sobre temas de defesa.

Augusto Mota
Augusto Mota
Reply to  pangloss
2 meses atrás

pangloss, se não me engano o senador Romário era membro da comissão permanente de defesa…Já viu, É DO BRASIL!!!!!!!!!!!! É TETRA!!!!!!!!!

pangloss
pangloss
Reply to  Augusto Mota
2 meses atrás

Romário? Comissão de defesa? Mas ele não era centroavante? Não tinha vaga na comissão de ataque?

Flanker
Flanker
Reply to  pangloss
2 meses atrás

Como sucata, não. Foram vendidos para serem desmilitarizados e usados para treinamento de combate aéreo contra Forças Aéreas européias e dos EUA.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Clésio Luiz
2 meses atrás

Clésio,

Se não me engano o Rinaldo Nery falou isso outro dia, sobre o fato de manter os Mirage atrasar o FX2.

Flanker
Flanker
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Onde eles estão amontoando pó e ferrugem? Foram vendidos para uma empresa que fornece serviços de treinamento para OTAN e EUA…ficaram apenas 2 ou 3 exemplares que estão muito bem preservados e protegidos.

Rodrigo V
Rodrigo V
Reply to  Sergio
20 dias atrás

essa versao do Mirage 2000-5 Mk2 e completamente diferente dos nossos. Nada a ver com a versao C.

Victor Filipe
Victor Filipe
2 meses atrás

Pilotos gregos são indubitavelmente melhores que os pilotos Turcos e eles sabem usar as vantagens de seu caça. Querer se livrar de um Mirage em um dogfight tentando fazer manobras de alto AOA (alto angulo de ataque) é uma esperança vaga e inútil, ele vai superar você. Não sei como a aproximação aconteceu mas o piloto turco deveria ter tentado jogar onde o F-16 é mais forte, salvo engano o F-16 é superior nas “turn rate fight”, posso estar engano mas o Mirage consegue taxas de curva instantâneas incríveis mas o F-16 é superior em taxa de curva sustentada oque… Read more »

Augusto Mota
Augusto Mota
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

cara, na boa, acho que o turco nem sabia que tinha um inimigo atrás dele, a impressão que me deu é que ele estava passeando quando o Mirage entrou atrás sem querer.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Augusto Mota
2 meses atrás

E o controle de terra, será que os turcos não estavam monitorando os caças gregos? Seria uma falha gritante se o caça grego chegasse tão perto e o piloto turco não fosse avisado pelo pessoal de terra.

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Augusto Mota
2 meses atrás

Na verdade no, ambos ali estavam fazendo um jogo de provocações, você lembra que foi falado que tinha dois F16 turcos ? Então significa que provavelmente esse estava jogando atraindo parte da atenção enquanto o outro lidava com o segundo mirage e calculava o abate do primeiro. Táctica militar, você tem que confiar em seus meios e suas armas, conhecê-la e saber utilizar, será que as contramedidas do F16 deixariam ele ser abatido por um míssil proveniente francês ? Sendo que as armas da Otan são bem conhecidas entre os membros. O canhão era simples resolver, bastava o F16 entra… Read more »

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Não sei se são tão superiores assim, creio que estejam no mesmo nível, pois vivem se enfrentando nesses encontros e isso faz com que tanto os gregos quanto os turcos se aprimorem.

João Bosco
João Bosco
2 meses atrás

Se o ploto tivesse tido autorização, ele tinha abatido o F-16 em menos de 15 segundos só com o canhão.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
2 meses atrás

Close call
F-16 VS MiG 29

https://youtu.be/5n9pHDH6jQk

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Existe um erro crasso nesse vídeo… o Narrador cita que o Wingman do piloto que estava sendo perseguido pelo MiG-29 disparou um “heat Seeking AIM-7” contra o MiG-29… acontece que o AIM-7 é um míssil guiado por radar semi-ativo. algo muito diferente de Heat seeking…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

E eram F-15’s. Moita. Tá ficando velho! 😛

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

To ficando? Ja fiquei…

mauricio nogueira vaz
2 meses atrás

se fosse um combate real mesmo acho que seria um erro do f-16 turco não alijar os dois tanques de combustível das asas, isso faz o f-16 perder muita energia, o que seria a vantagem dele contra o mirrage 2000 na minha opinião. o m2000 tem muita sustentação pra puxar muito G em um curto espaço de tempo mas o f-16 consegue gerenciar por mais tempo energia e colar atrás do mirrage…

Alexandre
Alexandre
2 meses atrás

Tudo normal por lá, com mirages 2000-5 gregos, sempre humilhando os F 16 turcos! Por isso a força aérea helênica, que opera os dois caças, disse que os Mirages 2000 são superiores aos F16, eles sabem o que falam.

Marcelo Mendonça
Marcelo Mendonça
2 meses atrás

Esses encontros acontecem a anos e já teve sim dedo nervoso que disparou. Eles estão acostumados, tanto gregos como turcos.

Luís Henrique
Luís Henrique
2 meses atrás

Sim. Mirage 2000-5 é um caça excelente. Porém sempre foi caro. Lembro do FX1, o Mirage 2000-5 BR seria produzido na Embraer, tinha a pouco empregado o Mica IR e “arrebentado” em um exercício onde 2 Mirage contra 8 caças da Otan, os Mirage abateram 6 caças de uma vez com os novos Mica IR… Enfim, era uma excelente escolha, mas o valor cogitado na época era o mais caro de todos e apesar da parceria com a Embraer, o Mirage 2000-5 Mk2 ficou em Penúltimo lugar na avaliação da FAB. Os Valores foram os seguintes: Mirage 2000-5 Mk2 =… Read more »

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

36 su35 ia cair muito bem!!!!

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Valores corrigidos em 2002 no FX1 Mirage 2000-5 Mk2 = U$ 1.070 mi (chegando em U$ 1.259 mi com armamentos) Gripen C = U$ 950 mi F-16 C = U$ 800 mi (desconto de 100 mi) MiG-29 = U$ 700 mi (desconto de 50 mi) Su-35 = U$ 680 mi (desconto de 120 mi) Su-35 Ficou em 1o lugar na avaliação, era o único caça Pesado e com a proposta mais Barata. E na época o Rublo estava bem mais valorizado que hoje. Em 2000 1 Dólar = 28 Rublos Em 2002 1 Dólar = 31 Rublos (o que ajudou… Read more »

JSilva
JSilva
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Agora que Su-35 era esse?
O Su35S (BM) que conhecemos entrou em operação na década de 2010, uma década após o FX-1.
Devia ser alguma versão modernizada do Su-27M… No FX-2 sim era o Su-35 que conhecemos hoje como Su-35S.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  JSilva
2 meses atrás

Sim. Era o primeiro Su-35. Como a Rússia não vendeu, eles continuaram desenvolvendo e apresentaram o Su-35BM, que acabou entrando em produção como SU-35S.

O Su-35BM oferecido no FX2 era mais moderno, pois os anos foram passando e todos os caças sofreram melhorias…

Lucianno
Lucianno
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Luís Henrique,
Qual a fonte desta informação sobre a avaliação da FAB? Na época a FAB não chegou a emitir um parecer classificando as aeronaves.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Lucianno
2 meses atrás

Foi vazado, não oficialmente.
Tem nesse link:
http://sistemasdearmas.com.br/fx/fx11intro.html

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Não achei nada lá não, Luís. Pode ser mais específico?

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

Na avaliação técnica do programa FX-BR, não oficializada, de acordo com os critérios da FAB, ficou com a seguinte classificação: em primeiro ficou o Sukhoi Su-35/Su-35UB e em segundo o Saab/BAe JAS-39 Gripen Block III; o Lockheed Martin F-16C/D-50/52+ ficou em terceiro, preenchendo também os requisitos técnicos da FAB, mas com ressalva política; o Dassault Mirage 2000-5 Mk 2BR e RSK MiG-29SMT ficaram em quarta e quinta colocação respectivamente, e não preencheram os principais requisitos técnicos da FAB. O orçamento inicial era de US$ 788 milhões, mas que pode chegar a mais de US$ 1 bilhão. As proposta de orçamento… Read more »

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Rommelqe
2 meses atrás

Obtido da referência indicada pelo Luís Henrique, o site excelente “Sistemadearmas”

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

Rommelqe colocou. Está no link. Lembro na época muita discussão em fóruns. A Embraer fechou com a Dassault no Mirage 2000-5 MK2, chamado aqui de Mirage 2000 BR. A FAB não gostou. A Embraer fez lobby pelo Mirage 2000. Na época tanto Dassault como Thales compraram muitas ações da Embraer. A FAB queria outro caça, mas com o lobby da Embraer pelo M2000, azedou o processo, segundo algumas fontes não oficiais. Depois de uns anos, o governo Lula reabriu com o nome FX2, aumentou de 12 para 36 unidades e com um limite maior de valor, propostas mais caras foram… Read more »

Lucianno
Lucianno
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

A proposta da Sukhoi era muito atraente. Mas a FAB deveria ter feito a opção pelo Mirage 2000 no projeto FX, mesmo que não fosse o caça que ela queria, pelo fato do salto tecnológico que o país teria com a linha de produção sendo transferida para a EMBRAER. Os franceses fazem praticamente tudo, motor, radar, etc. , não é como no Gripen onde pagamos uma fortuna pela transferência de tecnologia da carcaça e ainda ficamos dependentes dos USA (motor/aviônica), Itália (radar), Alemanha e Inglaterra. Assim não teríamos o caça tampão e não seria preciso modernizar o jurássico F-5. E… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Lucianno
1 mês atrás

Lucianno, ninguém transfere 100%. Os franceses podem até serem mais independentes que a Suécia na produção de caças, produzindo motores, etc. mas isso não significa que eles concordariam em transferir todas as tecnologias para o Brasil. O melhor modelo de parceria, em minha opinião, é com um player que possui mais tecnologia, mas não domina tudo, porém possui dinheiro, demanda e vontade política para chegar lá. Ai você pode conseguir uma parceria igualitária. Todos os avanços e conquistas do parceiro, serão também conquistas nossas. Agora, quem já domina todas as tecnologias, não precisa de nós, e buscarão uma parceria do… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Nunca ouvi falar…

Kemen
Kemen
2 meses atrás

F-16 na mira sem duvida. Depois do Mig 21 modernizado da India, um Mirage 2000-5 quase…
Também é possivel que o piloto turco tivesse instruções para evitar o combate. Também não aposto muito no treino dos pilotos turcos, não fez nenhuma manobra evasiva, só fugiu, com o F-16 teria varias alternativas, split-s, pitchback, loop up, high yo yo, high yo yo defense, etc, mas só empreendeu uma fuga burra. Talvez até por isso os gregos divulgaram o video… va la se saber.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Kemen
1 mês atrás

Algumas manobras aí são ofensivas, e não defensivas…

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

OFF – E por falar em Mirage 2000, foi identificada a presença de Mirages 2000 dos Emirados Árabes Unidos no Egito especula-se que podem estar se preparando para atuar na Líbia.

https://www.itamilradar.com/2020/05/07/uae-mirages-deployed-in-egypt/

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Esses mirage foram usados em conjunção com os do Egito para atacar um depósito de armamentos turco na Líbia. Tem até video circulando no twitter

https://twitter.com/BabakTaghvaee1/status/1258176284624109571

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
2 meses atrás

Já vi muitos afirmarem que dogfight era coisa do passado… Será mesmo?????

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Saldanha da Gama
2 meses atrás

Pois é, Saldanha da Gama, boa colocação. É complicado essa afirmação que o Dogfight foi coisa do passado. Acredito que os caças sempre terão de serem preparados para o Dogfight. É vital.

Kemen
Kemen
Reply to  Saldanha da Gama
2 meses atrás

Eu acredito que sim como dizem alguns especialistas, mas eu acho que sempre podera ocorrer algum dogffigth, no caso em questão temos que considerar que não foi um combate aberto, não era uma guerra, os caças M 2000-5 apenas davam cobertura, e os F-16 apenas ameaçaram ou até foram mostrar que estavam ali para defender seu espaço aéreo ou o que fosse.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Saldanha da Gama
2 meses atrás

Sempre vai existir a possibilidade de combate aéreo porque geralmente quem dita as ROE’s são políticos, e nunca se sabe ao certo o que vão querer.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Saldanha da Gama
1 mês atrás

Primeira lei do combate aéreo: ¨quem vai te abater é aquele que você não vê.¨

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
2 meses atrás

OTAN X OTAN! Se não fosse pela sua posição geográfica, a Turquia não faria parte da Otan. Na boa, não acho que o piloto do F-16 estava dando tudo que podia. Ele sabia que não seria derrubado. Não estava cometendo nenhum procedimento para tal. Estavam os dois em céus internacionais!

carcara_br
carcara_br
2 meses atrás

aos 19-20s era o momento exato do f-16 fazer um pugachev cobra rsrsrsrs.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
2 meses atrás

Rapaz… Mostra que o Mirage 2000 nas mãos habilidosas dá trabalho heim…

rui mendes
rui mendes
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

O Mirage 2000-5 MK2 em comparação com o F16 Blq52+ é muito superior, pelo menos é o que dizem os pilotos Gregos e especificam, em combate BVR o Mirage é muito superior, por conta do seu radar e dos mísseis mica, tanto que dizem que se rebentasse uma guerra, era o seu avião para tentarem a superioridade aérea, quem quiser confirmar, é só ler a revista militar ´´Air Forces montly´´ deste mês, e ver a entrevista com alguns pilotos de caça da força aerea Grega, ainda lembram que tanto os seus Mirage 2000-5 Mk2 como os seus F16 Blq52+, foram… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
2 meses atrás

O chamado “fungando no cangote” parabéns ao piloto grego fez o dever de casa.

PCOA
PCOA
2 meses atrás

O que devia ter se alarme soando na cabine do F-16 não deve ter sido brincadeira

Carlos Ravara
Carlos Ravara
2 meses atrás

Bem que poderia haver um modo mágico ou algo assim para devolver à Grécia boa parte de suas ilhas, inclusive as localizadas na costa turca.
Não tem nada a ver com a fronteira grega… dói o coração ver minaretes na Basílica de Santa Sofia. Apaixonados por História entenderão.

Moriah
Moriah
2 meses atrás

Ah…eu no simulador não teria piedade: “Ciente, na mira”.