Home Ataque aéreo Forças israelenses atacam base aérea com caças MiG-29 na Síria

Forças israelenses atacam base aérea com caças MiG-29 na Síria

7184
71

Imagens de satélite mostram danos nos locais sírios como resultado de ataques aéreos israelenses

A ImageSat, uma empresa privada de inteligência, liberou uma série de imagens de satélite que mostram a extensão dos danos causados ​​à infraestrutura síria como resultado de ataques aéreos no país de 31 de março a 27 de abril.

Uma das imagens mostra a destruição na base aérea de Shairat, na região de Homs, em um ataque aéreo em 31 de março. De acordo com as imagens, um ataque aéreo destruiu equipamentos de navegação e deixou crateras na base aérea. Segundo a empresa, tudo isso foi consertado e a base retomou o trabalho duas semanas após o ataque.

Segundo especialistas militares, a base aérea da Síria abrigava pelo menos seis MiG-29, mas não se sabe se algum avião foi atingido.

Outra série de imagens mostra a destruição de ataques aéreos na área de Al-Sukhah, a leste de Homs, na Síria. Um ataque aéreo teria nivelado metade do armazém ao longo da estrada para Palmyra. A ImageSat afirmou que o edifício era usado para armazenar foguetes ou outras armas modernas.

A empresa de inteligência também publicou imagens de satélite, supostamente representando os efeitos de um ataque aéreo no aeroporto militar de Al Mazze, perto de Damasco.

Os meios de comunicação da Síria atribuíram muitos desses ataques aéreos à força aérea israelense. Tel Aviv não comentou essas declarações, apenas sugerindo vagamente que  poderia estar por trás dos ataques. No passado, Israel reconheceu a responsabilidade por alguns desses ataques. Israel alegou que eles foram dirigidos contra o Irã ou seus representantes, supostamente estacionados na Síria.

FONTE: bulgarianmilitary.com

Subscribe
Notify of
guest
71 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

A aviação israelense é mesmo respeitável e a inteligência também. A inteligência consegue identificar os alvos e a aviação vai lá e resolve a questão!

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Mal posso esperar para Israel ser testado de verdade tendo tudo faz, sendo feito contra. Vai ser um “baita” de um estudo de caso.

Andre
Andre
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Isso já aconteceu 3 vezes….

Anselmo da Costa Andrad
Anselmo da Costa Andrad
Reply to  Andre
1 mês atrás

Bem lembrado!

Observador
Observador
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

O amigo carece ler um pouquinho mais sobre as história da Força Aérea de Israel.

Izac João Gonçalves SIlva
Izac João Gonçalves SIlva
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

guerra do yom kipur foi memorável.

Tallguiese
Tallguiese
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Quantos anos vc tem? Cara Israel já esteve a beira da destruição mais de uma vez. Leia pelo menos um pouco sobre a história de Israel amigo.

Diogo
Diogo
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Israel nasceu sendo testado…

Mauro
Mauro
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Israel é o Pelé das F.A. mundial.

Chris
Chris
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

A verdade é que eles fazem a festa nos céus da Siria.

Se havia caças na base, pelo jeito, ficaram no chão. F-35 ?

Quem sabe um dia, possamos ver os equipamentos russos realmente vencendo algo.

IBIZ
IBIZ
1 mês atrás

Israel bombardear com sucesso a Síria não é mais nem notícia; já é rotina!

filipe
filipe
Reply to  IBIZ
1 mês atrás

De facto eles são os melhores do mundo…

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  filipe
1 mês atrás

Pena que a Síria não tem meios de retaliação, como mísseis de cruzeiro, anti-radar, bombardeiros de longo alcance… culpa dos iranianos!

Pedro
Pedro
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Na atual situação militar Síria, eles ficam ate aliviados que 100% do esforço israelense é contra o Ira e não eles propriamente dito. Tirando as defesas AAA, o restante das FAs Sirias, seja o exercito ou a força aerea esta literalmente no bagaço. Eles ate tem misseis que podem atingir Israel e fazer algum dano, mas nada alem disso. E o dia seguinte, faz o que daí? Qualquer dano mais forte que Israel faça ali, a Turquia e seus asseclas vai aproveitar ao máximo.

PACRF
PACRF
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

A Síria possuía meios na Guerra dos Seis dias em 1967, bem como possuía meios na Guerra do Yom Kippur em 1973. Estava equipada com o que a antiga União Soviética tinha de melhor. No entanto, foi derrotada em ambas. Nunca é demais lembrar que a Síria integrava uma coalizão com o Egito, a Jordânia e o Iraque na Guerra dos Seis Dias, e integrava uma coalizão com Egito e Iraque na Guerra do Yom Kippur, ou seja, não lutava sozinha.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Na verdade o grande culpado da falta de capacidade de defesa Síria é o Assad.

tony
tony
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Ueeeeee Não tem meios?
e as poderosas defesas antiaéreas Sirias que iriam destruir completamente a força aérea Israelense Se eles ousassem entrar no espaço aéreo Sirio.

José
José
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

A Síria tem tudo,pelo visto e dito só vc é que não sabe, ou não quer saber.
A Rússia só não fornece a Síria material nuclear, eles tem até o S-300, radares ditos furtivos que detectam aeronaves furtivas.
Tudo com a competência árabe!

Pedro
Pedro
1 mês atrás

A maioria desses ataques geralmente são em locais próximos a fronteira do Libano, que é “santuario” usado por Israel para que seus avioes ataquem a Siria sem estarem expostos. Ontem foi atacada uma base militar perto de Alepo, onde os atacantes vieram pela regiao controlada pelo SDF. Geralmente os avioes lançam misseis de cruzeiro de longo alcance em surtidas com poucos avioes para justamente nao chamar a atençao. Geralmente os alvos estao entre 100km a 130km das fronteiras. Desde o F-16 abatido, Israel dificilmente entra com seus avioes Siria a dentro pela sua regiao ocidental, ou qdo o faz vem… Read more »

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Os turcos aprenderam com isso, quando bombardeiam a Síria o fazem de seu território para evitar a defesa aérea síria!

tony
tony
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

kkkkkkkkkkkk Deixa ver se eu entendi teu raciocínio !!!! Quer dizer que a Turquia pode lançar um míssil ou uma bomba de dentro do seu território e acertar um alvo dentro do meu território, e eu não posso me defender disparando um míssil antiaéreo no avião atacante por que ele esta dentro do território Turco, Certo ??? kkkkkkkkkkk e cada uma desculpa mais criativa que a outra, parabéns pela criatividade kkkkkkkkkk

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Isso chama-se tática e extremamente válido. Burro e quem não as usa!

Pedro
Pedro
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Certeza, agora vá explicar isso aos Arabes!

Antoniokings
Antoniokings
1 mês atrás

Eles lançam diversos mísseis do território libanês.
Não entram mais no território sírio.
Se acertar alguma coisa, tudo bem.
Se não acertar, depois tentam de novo.
Enquanto o Tio Sam for garantindo essas estripulias.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Bem, é isso, não era do Líbano. E mais perto da Jordânia.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Não se esqueça que esses ataques israelenses são avisados aos russos, portanto estes também tem sua parcela de responsabilidade!

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Mas Kings, e o S300, Mig29, Pantsir, Russia ajudando na defesa…. Mais uma vez só para não perder a graça, e tem gente que acredita que a Russia vai defender a Venezuela… Cômico… mimimi falando que disparou de longe, que o s300 é de versão inferior, que a Russia optou por não se meter em 3…2..1..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rafael Coimbra
1 mês atrás

Tenta entrar lá.
Antes do S-300, os israelenses perderam um F-16 para os sírios.
De lá para cá, ficam lançando mísseis do espaço aéreo libanês, sob os protestos do governo local e as bençãos dos americanos.
Insta esclarecer que a ‘grande’ maioria da Força Aérea israelense é composta de F-16.
Portanto, não convém arriscar.

Andre
Andre
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Os russos tbm perderam um avião para as defesas aa sírias.

Se esse s300 é incapaz de defender os sírios dos antigos f16, visto que Israel continua atacando, servem para que?

E essa desculpinha que Israel ataca do espaço aereo libanês é a mais furada de todas. Se Israel tem apoio do tio sam e a Síria da mãe Rússia, e a Rússia não para de rosnar, o que impede a Síria de abater um avião israelense sobre o Líbano? A resposta é simples: incapacidade dos meios disponíveis.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Andre
1 mês atrás

“Se esse s300 é incapaz de defender os sírios dos antigos f16, visto que Israel continua atacando, servem para que?”

Se um F16 foi abatido por um S200, então por que diabos um S300 não daria conta? Outra, se o S300 é mais moderno, os sirios deveriam usa-lo, não ?
Por não o usam?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Israel perde um avião a cada 10 anos e vocês falam que estes sistemas russos são bons ?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andre
1 mês atrás

‘Se Israel tem apoio do tio sam e a Síria da mãe Rússia, e a Rússia não para de rosnar, o que impede a Síria de abater um avião israelense sobre o Líbano? ‘

Calma que está chegando o momento apropriado.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

kkkkk calma está chegando o momento? Faz uns 60anos que israel passa o rolo compressor nos caras e vc diz que eles estão esperando o momento certo kkkkkkkkkkkkkk rindo até chegar o momento apropriado!

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Qual ? A hora que eles perceberão que estão no lugar errado e não tem poder nem para guarnecer o espaço aéreo do seu maior aliado na região ?

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Antonioxiling,

Os F-35 entram e saem da Síria, quando querem e a hora que querem.

Esta mais recente onda de ataques é a confirmação disso.

Jä perdi até a conta das incursões e ataques da IAF dentro da Síria.

José
José
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

Exatamente!
Eu tenho lido em site sírio e russo, que as aeronaves de Israel já entraram no espaço aéreo da Síria, a despeito de forte proteção anti-aérea na capital, várias vezes, e não foram percebidas pelo sistema de defesa.
Segundo o mesmo há um radar chines, que já foi destruído uma vez, que detecta aeronaves furtivas, mas pelo visto há uma exceção, não detecta as aeronaves de Israel.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

não existe essa de não acertar, eles sempre acertam, lançam mais de um míssil sempre, é certeza de alvo destruído.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Essa semana dois aviões de carga iranianos pousaram no aeródromo da base russa em Latahkia. Não houve relatos de explosões na aérea, estranho.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

vdd? mas tu consultou o Mossad e a Inteligencia da IDF para ver se era previsto o ataque? muito extranho isso, acho que não foram churrascados como de costume, pq não eram um alvo, qualquer coisa fale com o Bibi

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 mês atrás

Nada de f-35 “natimorto” dar as caras !?!!
Dou conta ñ!!!!

Andre
Andre
Reply to  Sérgio Luís
1 mês atrás

Sérgio, você poderia confirmar quais aviões foram utilizados, incluindo sua fonte?

Na notícia não há qualquer menção aos meios…

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Andre
1 mês atrás

André,
Pergutei pro Mossad mas a pergunta está em análise!

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Sérgio Luís
1 mês atrás

André,
Agora escrevendo seriamente!
Vcs tem que parar com essa dependência de fontes,fichas técnicas, efeitos manadas, ler conclusões ufanistas.
Ahaa Para com isso !!
Veja vc mesmo os “fatos”da história da aviação militar!!
Tire vc mesmo suas conclusões!

Augusto L
Augusto L
1 mês atrás

Atacam não so pelo Líbano, pelo mar e pela Jordânia e Iraque também.

Inclusive o caso da derrubada do avião russo pela anti-aerea Síria, os F-16 estavam vindo pelo mar.

Wagner
Wagner
Reply to  Augusto L
1 mês atrás

Eu moro na Jordânia, próximo à Amman. Por onde exatamente passaram os aviões israelenses?

Augusto L
Augusto L
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Por onde não sei, mas jatos israelenses ja atacaram posições iranianas repetidas vezes no lesta da Siria e Iraque, inclusive se passando as vezes por aeronaves americanas.

Mas dado que as monarquias árabes por de baixo dos panos apoiam a ofensiva israelense ao Irã, não duvidaria que deixariam.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Eu moro perto de Damasco e não vi ataque nenhum.

Bispo
Bispo
1 mês atrás

qualquer ataque Israelense na Síria ..antes eles combinam com os russos….para não dar M.

“camaradas podemos acertar uns iranianos no setor…x….. por favor….

Andre
Andre
Reply to  Bispo
1 mês atrás

Mas que belo aliado os sírios arrumaram heim…

José
José
Reply to  Bispo
1 mês atrás

Não é verdade que todo ataque da força aérea de Israel seja feito ou dado aviso prévio aos russos.
Há vários casos:desde a omissão de comunicados, como comunicados com tempo muito curto entre o comunicado e ação efetiva da força aérea. Como os russos repassam as informações, Israel tem, em muitos ataques, evitado fazer esse comunicado prévio.

PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
1 mês atrás

Acho engraçado em 2020 ainda ouvir o mesmo papo de que a Rússia não defende seus aliados.
Assad está no poder ? Maduro tbm ? Agora faz um simples exercício de imaginação e retira a Rússia da equação.
Qual o resultado?
Negar a vitória Russa na Síria é prova de incompetência!
Vitória total? lógico que não .
Putin está preocupado com esses ataques ? Deve achar é bom, pois mantém os cachorros na coleira.
Assad está revoltado ? Não agradecido em respirar .
Então não vejo esse problema todo que vcs colocam

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
1 mês atrás

Esse é um exemplo de como a Inteligência Operacional é EXTREMAMENTE importante em qualquer conflito ou ação militar. Seleção de alvos é tudo uma campanha aérea, e essa seleção pode ser realizada em tempos de paz, também. E não há inteligência sem imagens, com alta resolução (abaixo de 1m). Por isso estamos adquirindo uma satélite de imagens de órbita baixa (CARPONIS). Excelente o exemplo da foto da matéria.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Rinaldo sera que o R-99 teria essa resolução ??

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Augusto L
1 mês atrás

Não.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

essa radar é de que fabricante? não ouvi falar dessa noticia, e quem vai lançar?

jairo
jairo
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Boa noite Sr. Rinaldo!
Poderia compartilhar mais informações a respeito da aquisição desse satélite e/ou serviço?
Desde já agradeço.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  jairo
1 mês atrás

Os requisitos foram expedidos, sem vencedor, ainda. Poderá ser, inclusive, uma constelação. O tempo de revisita, acredito, será o fator crítico. Após a assinatura do contrato o prazo para lançamento será de 3 anos.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Nery,

Sinceramente espero que não sêja fabricadona China.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

A princípio, poderia ser fabricado aqui.
Temos o satélite Amazônia-1 que, mesmo tendo 30% de peças de origem estrangeira, tem os outros 70% de fabricação nacional (exatamente este o motivo do aumento do prazo de entrega) e foi completamente projetado e integrado localmente. Claro que existe uma diferença enorme na resolução apontada pelo Rinaldo. O Amazônia-1 tem 60 metros de resolução, mas acredito que isto não seria uma restrição e sim, apenas foi o requisito mínimo para o que se propõem.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

Tadeu não importa muito onde é feito, a questão dos componentes de transmissão dos dados deve ser brasileiro, para que nenhum país tenha um backdoor onde eles saibam o que gente quer ver e o que estamos vendo.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Faz mais de ano que não ouvia uma nova notícia a respeito do Carponis-1. Bom sabem que está ativo, Rinaldo. Este satélite realmente revolucionará na questão de qualidade de imagem, trazendo uma resolução espacial de 0,7 metros.
A previsão permanece 2022?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Acredito que sim.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
1 mês atrás

* numa campanha aérea.

Luiz Candido
Luiz Candido
1 mês atrás

Eu acho muito interessante os comentários habituais neste site quando ocorre uma ação dos EUA ou de Israel. Todos se regozijam, escarnecem dos alvejados, pedem mais etc. Partem do princípio que estes países têm o direito de atacar quem bem entendem quando houverem por bem. Devem achar que na geopolítica os países se dividem entre “mocinhos” e “bandidos” e ficam sempre do lado dos “mocinhos”, o que é muito confortável. Lembro apenas que nós fazemos parte dos “bombardeáveis”, só não temos nossa infraestrutura destroçada pelos grandes heróis porque nos comportamos direitinho, dentro da nossa irrelevância.

Plinio Jr
Plinio Jr
1 mês atrás

E segue o baile israelense na Síria….o Kings adora…kkk

Mauro
Mauro
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Israel é brasil na libertadores, parafraseando Galvão Bueno.

charles
charles
1 mês atrás

Tira o dinheiro do contribuinte americano e Israel acaba no dia seguinte.

Tiger 777
Tiger 777
Reply to  charles
1 mês atrás

Menos Charles…
Israel tem uma economia diversificada.
Israel também é grande fabricante de armas. Eles não precisam reinventar a roda, se o Tio SAM, produz os caças, porque não aproveitar.
Os antisionistas, terão de aguentar o bravo povo de Israel.

Salim
Salim
Reply to  charles
1 mês atrás

Caro Charles.. PIB per capta israelense USS 36k, Coréia sul USS 30k, EUA USS 65k, Brasil USS 12k, China 8k. Quanto maior PIB per capta, melhor condição população e estabilidade. Temos paises que tem PIB respeitável e população grande. Exemplo e a nossa situação, Brasil pais rico, porem população e pobre, dai ocorre estas distorções monstruosas entre gastos do Brasil no setor publico e a penúria da população. Resumo Israel est na classe media mundial, um pouco abaixo dos europeus e crescendo.

Mgtow
Mgtow
1 mês atrás

Pq esse anão do mal fica atacando a Siria frequentemente? Não vejo a hora do Irã desenvolver seus artefatos nucleares para varrer esses párias da face da terra. Os caras vivem em territorio usurpado dos palestinos e ainda ficam infernizando a região.

José
José
Reply to  Mgtow
1 mês atrás

Território usurpado dos palestinos?Pelo dito e visto o anão aqui é vc que não conhece a história,os fatos e, o pior, deturpa em favor dos culpados e intolerantes e odientos agressores.
Quem deseja dessa maneira matar milhões de pessoas,iguais às todas pessoas que vivem nesse planeta, deve sofrer de uma grave patologia e sérios distúrbios mental.
Acorde que a vida logo passa!