Home Aviação Comercial Embraer deve receber aporte de US$ 1 bilhão do BNDES

Embraer deve receber aporte de US$ 1 bilhão do BNDES

2806
65

Segundo publicação, ideia é buscar liquidez para passar pela pandemia; empresa teve acordo desfeito com a Boeing

O BNDES deve aportar pelo menos US$ 1 bilhão para comprar ações a serem emitidas pela Embraer, segundo o jornal Valor Econômico. A fabricante de aviões negociava um acordo de associação (joint venture) com a Boeing, mas a americana recuou.

Segundo a publicação, o discurso oficial será o de que a Embraer foi vítima de uma traição da Boeing e precisa se recuperar para ser vendida.

O plano não é de que a União volte ao controle da empresa, e sim buscar liquidez para atravessar a crise desencadeada pelo coronavírus.

A Boeing anunciou no último dia 25 a desistência do acordo com a Embraer, afirmando que a companhia “não satisfez as condições necessárias”. O negócio previa o pagamento de US$ 4,2 bilhões por parte da empresa americana.

FONTE: www.seudinheiro.com

Subscribe
Notify of
guest
65 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
23 dias atrás

“O BNDES deve aportar pelo menos US$ 1 bilhão de dólares”…

pouco mais de R$5BI de reais…

Um empréstimo necessário para proteger a empresa,o governo não deve esquecer também da cadeia produtiva por trás da empresa.

MMerlin
MMerlin
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
21 dias atrás

Quem tiver a oportunidade de ver, está passando a live de outro veículo de comunicação referente ao assunto da Embraer.
Segue o link: https://www.youtube.com/watch?v=vrsKyhH0M1w

Fabio Araujo
Fabio Araujo
23 dias atrás

Essa é a função de um banco de investimento estatal, capitalizar a indústria nacional, mas isso tem que ser feito de forma transparente e responsável.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Fabio Araujo
23 dias atrás

Atente que eles estão falando em capitalizar ela PARA VENDER. Essa não é a função de um banco de investimento estatal.

FernandoEMB
FernandoEMB
Reply to  João Augusto
23 dias atrás

Entendi que estão capitalizando (comprando ações) para salvar a empresa e depois vender estar ações (e não vender a empresa)… Ou seja estão dizendo que não querem ficar com as ações, que é algo temporário. Mesmo porque não é o BNDES que define ou não venda da empresa, apenas das ações que estão em posse do Banco.

Junior
Junior
Reply to  FernandoEMB
23 dias atrás

Exatamente, até porque é assim que trabalha a BNDESPAR, braço de investimento do banco. Ela tem participação em várias empresas brasileiras. Creio que esse seja um investimento de longo prazo, tá comprando com as ações em baixa e vai tentar vender quando as ações se recuperarem

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  FernandoEMB
22 dias atrás

Uma empresa e feita de ações, que são parte dela. Então quando você compra uma ação, você esta comprando parte da empresa.
E por isso que, quem tem mais ações manda e portanto, quando falam em vender as ações, estão falando em vender a empresa.
Hoje o governo tem a maioria das ações.

Alexandre Franco
Alexandre Franco
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
22 dias atrás

Os quatro principais acionistas da Embraer, que detêm individualmente ao menos 5% das ações, são os fundos de investimentos Brandes Investment Partners (EUA; 14,4%), Mondrian Investment Partners (Reino Unido; 10,1%), BNDESPar (5,4%) e o Blackrock (EUA; 5,0%).

nonato
nonato
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
22 dias atrás

Governo tem a maioria das ações de que empresa?
Nem da Petrobras tem a maioria.
Tem a maioria das ações ordinárias, com direito a votos.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
22 dias atrás

Não tem não. As ações da empresa hoje são pulverizadas, sem um controlador majoritário.

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  FernandoEMB
21 dias atrás

Concordo Fernando!
Alem de tudo, essa decisão do BNDES é, na minha opinião, muitíssimo acertada, um grande negócio para o banco em si. Aliás, alguns tópicos passados aqui do Aéreo, postei que uma das possibilidades mais viáveis para o caso EMBRAER seria justamente aporte de recursos via BNDES. Com esse capital aportado no valor das acoes nos últimos pregões, equivale ao preço que teria sido pago pela propria Boeing …

MMerlin
MMerlin
Reply to  João Augusto
23 dias atrás

João. Quem falou em capitalizar foi o Fabio e não o artigo vinculado.
Se o BNDES entrou com o aporte, a diretoria da Embrear não deve ter conseguido, ou não quis, o valor via empréstimo. Tomara que não seja um mau sinal, mas isto tende a acontecer quando o risco, apontado por ambas as partes, é alto.
Espero que a Embraer realmente tenha separado os outros dois setores do comercial. Assim os demais projetos da empresa não serão comprometidos.

Hélio
Hélio
Reply to  Fabio Araujo
23 dias atrás

Exatamente, o grande problema é que a Embraer não é uma empresa nacional.

Carlito
Carlito
Reply to  Hélio
23 dias atrás

Quanta besteira…

FERNANDO
FERNANDO
23 dias atrás

Sabe, vou me naturalizar norte americano, e vou entrar com uma solicitação junto ao congresso americano para vencer a DARPA. hheheheh
Afinal, como muitos aqui dizem, empresa estatal e estratégica que não dá lucro algum, TEM QUE VENDER.
Um bilhão de meu bolso, para depois vender uma empresa estratégica e depois ter que ler aqui, como li, um senhor me humilhar.
Fechem está MERDA DE EMPRESA!!
O POVO BRASILEIRO AGRADECE.
EU AGRADEÇO!!!!!!!!!!!

zézão
zézão
23 dias atrás

Eu não recebo aporte mas pago uma exorbitância de impostos…

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  zézão
23 dias atrás

A diferença aqui é, se você sumir do mapa financeiro hoje, a receita federal nem vai perceber. Você é uma gota no oceano. Por isso você não recebe aporte. Se a Embraer sumir, o rombo em arrecadação por parte da Embraer e seus milhares de funcionários, além das empresas e funcionários que trabalham para ela, será gigantesco. Essa visão simplista que de que governos não devem socorrer setor privado da economia, é de uma miopia triste. Empresas grandes como a Embraer movimentam uma quantidade muito grande de impostos, pois não é só ela que gera arrecadação, seus funcionários também. Nenhum… Read more »

halley
halley
Reply to  Clésio Luiz
22 dias atrás

a grande questão é: será sábio aportar dinheiro num negócio cujo futuro tende a se esvair? Essa ajuda é apenas temporária e segurará as pontas por um tempo, mas o prospecto é de que a empresa não cresça a ponto de remunerar este capital investido e que ainda no futuro sejam necessários novos aportes. Fica a pergunta: quanto de dinheiro vc ou o Estado precisa perder para perceber que tomou a decisão errada?

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  halley
22 dias atrás

Faz essa pegunta também para os americanos e europeus que estão socorrendo suas empresas. Eles parecem confiar no futuro da aviação comercial.

PACRF
PACRF
Reply to  zézão
23 dias atrás

As três instâncias de governo (federal, estadual e municipal) gastam muito mal o dinheiro de nossos impostos. Não estou entrando no mérito do empréstimo do BNDES para a Embraer, é apenas uma observação de natureza geral.

Marcos10
Marcos10
23 dias atrás

Ninguém pode reclamar da Boeing ter desistido do negócio, pois a maioria era contra.

Thiago
Thiago
Reply to  Marcos10
23 dias atrás

Tá de brincadeira né?

Rui Chapéu
Rui Chapéu
23 dias atrás

Enquanto isso Warren Buffet vendeu todas suas ações de companhias aéreas pq acredita que o mercado vai demorar pra recuperar e todas vão só perder dinheiro por muito tempo.

A American Airlines já teve prejuízo declarado de 2,2 bilhões de dólares no primeiro trimestre.

Quando que essas empresas vão voltar a comprar aviões novos?

Quando que uma Embraer da vida, já endividada, vai conseguir pagar esse novo empréstimo??

Só estão queimando bala a espera de um milagre.

Alisson Marinao
Alisson Marinao
Reply to  Rui Chapéu
23 dias atrás

Pelo que entendi, não é empréstimo. O BNDES vai aumentar sua participação acionária para depois se desfazer das ações que comprou. Não entra na contabilidade da empresa como uma dívida.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Alisson Marinao
23 dias atrás

Para a Embraer é muito melhor que dívida. É dinheiro grátis. O risco é do investidor, no caso, nós.

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  Rui Chapéu
23 dias atrás

Bem, se continuar mais ou menos como está, nos próximos anos os países terão mais atividade de turismo interno do que externo. Os países se voltarão mais para o mercado interno. O que beneficiará os voos de perna curta, justamente o setor atendido pelos E-Jets da Embraer.

Tiago Guimaraes
Tiago Guimaraes
Reply to  Rui Chapéu
23 dias atrás

Embraer com problemas financeiros, Bombardier idem, Boeing com o problema do 737 e a Airbus da sinais de problemas financeiros. A Boeing teve um prejuízo líquido de US$ 641 milhões (cerca de R$ 3,4 bilhões) e a Airbus, de US$ 515 milhões (R$ 2,8 bilhões). Ambas as empresas anunciaram cortes de produção de aviões e demissão na mesma ordem.

Junior
Junior
Reply to  Tiago Guimaraes
23 dias atrás

A situação da Boeing é muito ruim, com mais de 50 bilhões em dívidas e com valor de mercado de 72 bilhões, ela agora pertence aos bancos e não mais a seus acionistas

Paulotd
Paulotd
Reply to  Junior
23 dias atrás

Governo Americano jamais vai deixar a Boeing falir. Empresa estratégica, se precisar imprimem bilhões de dólares para salva-la.

Enquanto aqui os vira-latas entreguistas de plantão acham que deveriam deixar falir essa excelente empresa estratégica e orgulho Brasileiro. Mas quando é para ajudar banco ninguém fala nada.

Pedro Calmon
Pedro Calmon
Reply to  Junior
22 dias atrás

Ela nao percence aos bancos. E acaba de levantar US$25 bilhoes em cash vendendo titulos de divida com vencimento ate 40 anos a juros baixissimos. Isso da a ela uma liquidez tremenda.

FONTE: https://finance.yahoo.com/news/boeing-raises-25-billion-bond-071511873.html

Junior
Junior
Reply to  Pedro Calmon
22 dias atrás

Pertence aos bancos é maneira de dizer, ela vai demorar anos até dar dividendos para seus acionistas, anos para recomprar ações valorizando as mesmas como ela estava acostumada a fazer nos últimos anos. A prioridade dela vai ser pagar a sua enorme divida, hoje ela de paga de juros 722 milhões todos os anos, a partir de agora vai somar mais 1,2 bilhões de juros por ano. Ela conseguiu chamar tantos interessados pelos seus títulos porque estava oferecendo 5% de juros em um titulo de 10 anos, agora você imagina a dificuldade que ela vai ter para pagar essa divida… Read more »

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Rui Chapéu
23 dias atrás

Warren Buffet não tinha morrido não amigo?

Coutinho
Coutinho
Reply to  Adriano Madureira
21 dias atrás

Não morreu ainda. Vai fazer 90 anos em 30 de agosto.

Joli Le Chat
Joli Le Chat
23 dias atrás

O chato é a parte “precisa se recuperar para ser vendida”.
Será que o único papel imaginável pelo governo para a empresa é esse?

JSilva
JSilva
23 dias atrás

Uma medida necessária, considerando que as ações estão com uma cotação bem baixa, no futuro o BNDES poderá vendê-las para o mercado com um ágio bem interessante para a União.

JSilva
JSilva
Reply to  JSilva
23 dias atrás

Fazendo uma conta de padaria rápida: Com o dólar de hoje a R$ 5,54, um bilhão de dólares seriam 5,5 bilhões de reais. Se a operação fosse feita hoje e, só pra simulação, fosse efetuada diretamente do mercado secundário (bolsa), com a cotação atual de R$ 7,77, o BNDES compraria aproximadamente 713 milhões de ações. A cotação antes da crise, de 2017 até fev/2020, vinha tendo um preço médio oscilando na casa de 16 a 18 reais. Vamos supor que a operação seja exitosa e a empresa futuramente, sendo conservador, recupere 70% de seu valor de mercado dos últimos 3… Read more »

Livonio Silva
Livonio Silva
Reply to  JSilva
23 dias atrás

Uma outra Conta de padaria: Se a Boeing estava comprando 80% da Embraer por 4.2B de dólares e a negocio foi fechado em 2017 com a cotação do real á 3,70 equivalia a 15.54b de reais, hoje com a cotação á 6.60 equivale apenas a 2.77B de dólares então se o BNDES está comprando 1b de dólares em ações, significa que o BNDES estaria levando entorno de 30% da empresa ou mais (sem levar em conta o valor das ações). Então o BNDES passa a ser um dos maiores acionistas se não o maior da empresa, automaticamente transformando a Embraer… Read more »

JSilva
JSilva
Reply to  Livonio Silva
22 dias atrás

Livonio, mas tem um detalhe, pelo que li essa operação ocorrerá no mercado primário, ou seja, através de uma nova emissão de ações para que os recursos sejam injetados diretamente na empresa. Então eu acho que teria que somar essa nova emissão com o total de ações atuais e ver como ficaria a nova composição acionária.

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  JSilva
21 dias atrás

EXATAMENTE! Mais do que salvar a EMBRAER esse é um excelente negócio, também, para o próprio BNDES e para o seu, o meu, os nossos bolsos de contribuintes. E milhares de trabalhadores agradecem.

Atlante
Atlante
23 dias atrás

Caros, Bom dia. Este movimento é bastante normal, muito fundos de investimentos privados compram ações de empresas (que se entendem que tenham fundamentos sólidos mas estejam em dificuldades), capitalizam a empresa e depois vendem a participação quando a empresa está melhor. Ou seja, é uma saida “de mercado” para a empresa mas aumenta a participação indireta do governo. Apesar disso, já que vamos usar dinheiro publico, preferia que o governo poderia simplesmente fazer uma compra com pagamento antecipado de equipamentos, mais Millenium, supertucano (ou deselvolver o hipertucano,rs) ou aviões de alerta antecipado etc,). Poderia ser ate o proprio BNDES neste… Read more »

Atlante
Atlante
Reply to  Atlante
23 dias atrás

Poderiam ate ser o pagamento de mais alguns gripens adicionais a serem fabricados pela embraer no final das entregas iniciais. Os gripens sairiam mais baratos pois já não incluiria a TOT do primeiro lote. O problema é que parte destes recursos acabariam indo parar na SAAB.

Curiango
Curiango
Reply to  Atlante
23 dias atrás

Estou com o Atlante

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  Atlante
23 dias atrás

Boa análise e sugestão.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Atlante
23 dias atrás

Essa sugestão não funciona… É necessário um aporte no curto prazo. Encomendas não são pagas na hora que se faz a encomenda… A maior parte é paga no entrega. O restante é pago só longo do processo.
Mesmo os recurso para se desenvolver um produto também são desembolsados ao longo do projeto.
Sua sugestão é boa como medida de continuidade, para ajudar a manter a operação no médio prazo.

Atlante
Atlante
Reply to  Fernando EMB
23 dias atrás

Mas é esse o ponto, o bndes antecipa o dinheiro pro curto prazo, mas a embraer vai entregar o produto la na frente, entao ela se capitalizaria agora e entregaria o produto depois…usando o mesmo financimento do BNDES…

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Atlante
23 dias atrás

Isso não existe. E de onde ela todo o dinheiro para produzir tais aeronaves lá na frente???
Se depois quiser encomendar aeronaves, vai ter de pagar.

Atlante
Atlante
Reply to  Fernando EMB
22 dias atrás

Este mecanismo sempre existiu, americanos e euripeus ja fizeram muito esse tipo de mecanismo. A empresa nao esta mal por que foi mal administrada ou coisa do tipo. Está mal porque uma conjuntura internacional unica deixou a empresa em maus lençois. Ou voce acha que todos os contratos dos americanos com macdonnel douglas, boeing, lockhead martin eram apenas por necessidade? Lotes adicionais fora de hora? Desenvolvimento de projetos justamente quando s empresas estavam mal de caixa. Não estou dizendo que é a melhor saída, estou dizendo que é uma das possibilidades já que vão usar dinheiro público. Eu preferiria essa… Read more »

nonato
nonato
Reply to  Atlante
22 dias atrás

Há uma diferença entre emprestar 5 bilhões de reais e comparar aeronaves no valor de 5 bilhões de reais (considerando que pelo menos 60% serão custos). Atésituação da maioria das empresas é catastrófica. Certamente há uma redução de até 80% das vendas no curto prazo (que empresa vai querer receber aviões se os que já têm estão quase todos no chão?) e uns 50% no médio prazo. Então o negócio será afetado. É necessário pagar os custos fixos e despesas . Talvez precisem demitir uns 30% da força de trabalho. Mesmo uma compra de 10 KC 390 por 700 milhões… Read more »

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Atlante
22 dias atrás

O que você teima em enteder é que a empresa precisa de dinheiro agora… E muito. Sua proposta de colocar encomendas e projetos não atende a isso. Precisa de dinheiro para pagar as contas, salários e etc… Quando se colocam projetos e encomendas o dinheiro vai para a empresa aos poucos, conforme milestones vão sendo atingidos. Não tem essa de adiantar dinheiro… Imagine o seguinte… Faço uma encomenda para entrega daqui a dois anos, e pago tudo agora. A empresa gasta a grana para se manter. E depois de um ano precisa gastar a grana (que já não tem) para… Read more »

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
23 dias atrás

Ta mais do que certo

Acho até que deveria ser um pouco mais pra alavancar os projetos de defesa

Mas já é um começo

E assim, vamos superando a moléstia do Estado Mínimo

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Rafa_Positronn
23 dias atrás

Foi o que fizeram com os irmãos Batista, O BNDES comprou ações da JBS, por meio da BNDESPAR.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
23 dias atrás

OFF- Um EMB-120 Brasília foi abatido por engano na Somália por tropas da Etiópia que faziam a segurança da região!

https://twitter.com/MoradNews/status/1257369268666195969

ODST
ODST
23 dias atrás

Sinal de que não há planos para vender a empresa ou qualquer área dela por enquanto. Melhor assim.

Fulcrum
Fulcrum
23 dias atrás

Eu financio a compra do projeto c919 ou do mc21. É a chance da emb dar a volta por cima.

G SILVA
G SILVA
23 dias atrás

Privatiza o lucro e socializa o prejuízo…… essa é “nossa” iniciativa privada !!

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  G SILVA
22 dias atrás

E o que está ser passando no mundo você não vê né!!!

Manoel Claudino
Manoel Claudino
Reply to  G SILVA
20 dias atrás

Pois é amigo =, nessa hora não aparece um Neoliberal ou defensor do Estado mínimo.

nonato
nonato
22 dias atrás

Se cada um dos 300 mil militares das forças armadas aplicasse 10 mil reais, daria 3 bilhões de reais para comprar uma boa fatia da empresa.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  nonato
22 dias atrás

Tem militar que ganha R$ 3 mil reais, como vai aplicar R$ 10 mil ?

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Diego Tarses Cardoso
22 dias atrás

Se cada brasileiro aplicar R$ 20,00 dá R$ 4 bilhões, até que fica barato salvar a Embraer.

Edson
Edson
22 dias atrás

Resumindo….. bota nosso dinheiro, depois vende pra algum gringo!
Sempre foi assim e não vai mudar…

orivaldo
orivaldo
22 dias atrás

Uma bela Grana. Da para fazer outro porto em cuba e sobra uns trocados pro charuto !!

Renato
Renato
22 dias atrás

Espero que está notícia não seja verdadeira.
A EMBRAER leva um toco da BOEING e o BNDES é que tem que arcar com as consequências?
Sempre fui contra essa venda para a BOEING.
Agora a EMBRAER que dê seu jeito através da justiça para ser ressarcida pela BOEING.
Fazer negócio assim é mole, deu alguma coisa errada mete a mão no dinheiro público para salvar negócio privado.
Essa sacanagem tem que acabar.

Matheus
Matheus
Reply to  Renato
21 dias atrás

Perai, então quando a Embraer acha uma solução para poder sobreviver você é contra e agora que ela está em sério risco de falir completamente no longo prazo e recebe ajuda governamental você também é contra?

Quer que eles façam o que? Tirem pedidos “daquele lugar”?

MMerlin
MMerlin
21 dias atrás

Quem tiver a sorte de ler, está passando uma live de outro veículo de comunicação referente ao assunto. Segue o link: https://www.youtube.com/watch?v=vrsKyhH0M1w

Manoel Claudino
Manoel Claudino
20 dias atrás

Pra usar dinheiro público, salvar ou criar empresas que depois passarão para a mão privada.
Nessa hora não tem nenhum Neoliberal e não tem Estado mínimo. Salvar uma empresa que já iria se transferir para outro país com dinheiro do Brasil, quero ver algum país estrangeiro salvando empresa brasileira.