Home Aviação de Ataque Caça F-16 belga intercepta jatos russos sobrevoando um navio de guerra dos...

Caça F-16 belga intercepta jatos russos sobrevoando um navio de guerra dos EUA

10198
56

Um caça F-16 belga que patrulhava a região do Báltico na manhã de sexta-feira interceptou dois caças da Força Aérea Russa sobrevoando um destróier norte-americano na costa da Lituânia.

Um vídeo divulgado pelo Comando Aéreo Aliado da Otan na segunda-feira mostrou os jatos russos “manobrando no espaço aéreo internacional” sobre o USS Donald Cook, um destróier dos EUA enviado ao Mar Báltico desde 11 de abril.

“O F-16 belga realizou uma interceptação profissional e saiu de cena, demonstrando que a Otan continua pronta, vigilante e preparada para responder a qualquer ameaça em potencial”, disse o comando aéreo em um breve comunicado.

O USS Donald Cook é enviado à região com foco na “estabilidade regional” e “aprimorando as capacidades de guerra antissubmarino no Atlântico”, disse a Otan.

O USS Porter também foi enviado em 13 de abril para um exercício conjunto com a Regina Maria, uma fragata romena.

“Esses desdobramentos mostram que os aliados da Otan estão trabalhando juntos, determinados a garantir que adversários em potencial não explorem a situação para promover seus interesses”, disse Oana Lungescu, representante da Otan, em comunicado nesta sexta-feira.

Os membros da Otan rotacionam suas patrulhas no espaço aéreo do Báltico. As forças armadas dos EUA tomaram nota das recentes provocações feitas por caças russos.

Em 8 de abril, caças F-22 dos EUA interceptaram dois IL-38 russos, uma aeronave de patrulha marítima, entrando no Mar de Bering na Zona de Identificação de Defesa Aérea do Alasca.

Uma semana depois, um caça russo Su-35 interceptou um P-8A Poseidon da Marinha dos EUA, uma aeronave de guerra antissubmarino e anti-superfície, sobrevoando o Mar Mediterrâneo. O jato russo fez uma “manobra invertida” a 5 metros da frente do avião dos EUA, disse o comando da US Naval Forces Europe-Africa, acrescentando que a tripulação do P-8A Poseidon experimentou “turbulência” durante os 42 minutos do encontro.

No domingo, outro caça Su-35 interceptou um P-8A Poseidon sobre o Mar Mediterrâneo de maneira semelhante.

Jatos belgas interceptaram aeronaves russas no passado. Em setembro, os F-16 belgas foram acionados para interceptar dois bombardeiros russos Tu-160, acompanhados por dois Sukhoi Su-27 no mar Báltico.

FONTE: Business Insider

Subscribe
Notify of
guest
56 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme Poggio
Editor
2 meses atrás

Parece que juntaram dois vídeos de dias diferentes. Num deles aparecem dois bombardeiros Su-24 e no outro um caça Su-30 e um caça Su-27. Nesse dos caças dá para ver o USS Donald Cook no segundo plano.

Jack
Jack
Reply to  Guilherme Poggio
2 meses atrás

Sim parece mesmo…

Antoniokings
Antoniokings
2 meses atrás

Pressão no Mar Báltico, Golfo Pérsico, Mar do Sul da China……
E parece que há uma recomendação do Pentágono para diminuir o número de porta-aviões.
Tá ficando difícil…….

Adriano RA
Adriano RA
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Com o INF (Tratado de Mísseis de Alcance Intermediário) sendo abandonado e com o desenvolvimento dos novos bombardeiros, mísseis hipersonicos, etc, talvez não valha mesmo a pena manter muitos porta-aviões… em especial contra Rússia e China… Valem a pena contra potências regionais ou países pequenos… Mas nesse caso um punhado resolve a situação. Não precisa manter dez deles perambulando pelos mares, a um custo exorbitante.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Adriano RA
2 meses atrás

Adriano RA

Faz sentido.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Faz sentido em partes Kings, os EUA ainda são potência militar mundial, agora uma coisa é certa, essa pandemia vai mudar muitos paradigmas no campo da economia e sociológicas, que vai ter reflexos na geopolítica.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Nilton

Correto.
As mudanças serão dramáticas.
E o coronavírus apenas acelerará o ritmo dessas mudanças.

Torama
Torama
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Kings, eu nunca concordo com o que vc fala, mas respeito muito a postura educada que vc mantem em seus posts.

Agora essa sua mania de ficar falando consigo mesmo é muito perturbadora!
Seriam todos esses nicks que você usa diferentes personalidades?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Torama
2 meses atrás

Não precisa concordar.
Basta ler e absorver algo útil.

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Aí reside a dificuldade.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leo Rezende
2 meses atrás

Concordo.
Ultimamente, a leitura e a compreensão de textos não têm sido o forte no Brasil.
Deve ser efeito do Wapp e do Youtube.

Kemen
Kemen
Reply to  Adriano RA
2 meses atrás

Concordo, as novas armas já em desenvolvimento final, mudariam a estratégia naval, se o desenvolvimento de novas contra medidas para essas armas não chegarem a tempo.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
2 meses atrás

Fico aqui pensando se a integração proposta pelo Mercosul tivesse realmente dado certo e por conseqüência tivéssemos hoje um organismo de defesa em comum, aos moldes da OTAN, mas ajustado as nossas deficiências financeiras. Ao menos patrulhariamos nossas ZEEs e manteriamos os chineses e japoneses fora de nossas reservas de pesca.

Pgusmao
Pgusmao
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Só esqueceste que a maioria dos países do Mercosul eram esquerdistas e aliados da China, inclusive a Argentina cedeu seu território para uma controversa base chinesa!!!

Tiago Gimenes
Tiago Gimenes
Reply to  Pgusmao
2 meses atrás

Não faz diferença alguma, alinhamento o alinhamento ideológico (se é que ocorria de forma tão estreita) não significa que ficaríamos calados diante de eventos assim. Se em um mundo paralelo a tal integração tivesse saído do papel, talvez hoje estivéssemos melhor no sentido de segurança e de tratados de cooperação. Ou não Mas dado a diferença e o fato de os países serem democracias (exceto a Venezuela) a mudança drástica de poder poderia ameaçar essa integração impedindo-a de existir. Ontem vermelho, hoje azul, depois vermelho de novo, dai vem o verde, então vamos azul e voltamos para o vermelho etc…… Read more »

Caerthal
Caerthal
Reply to  Tiago Gimenes
2 meses atrás

Meu Contador de Ingenuidade disparou agora.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Pgusmao
2 meses atrás

Mas foi essa mesma Argentina que afundou barcos pesqueiros chineses recentemente, coisa que deveríamos fazer também.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Seria maior museu militar a céu aberto então, de tanta tranqueira que tem na AL.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

kkkkkkkk boa.

Hugo
Hugo
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

triste mas é a realidade, pelo menos em parte.

Kemen
Kemen
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

Entendi Defensor, mas tem uma excessão, a Guiana Francesa que forma parte dos territorios de ultramar da França, que é um pais latino e tem umas ilhas também.

pangloss
pangloss
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Luiz Galvão, somar carências só serve para aumentar problemas.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Pgusmao e Pangloss,

Sim, concordo. Foi apenas uma hipótese, mas que se fosse possível seria benéfica para todos.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

A Guerra Fria voltou com tudo!

A C
A C
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Caro Fabio,

Foi mais um encontro relativamente corriqueiro entre as forca aerea belga cumprindo sua obrigacao junto a OTAN em um ambiente aereo Europeu “confinado”.
Para a forca aerea belga, eh uma excelente evidencia para reinvindicar mais investimentos na mesma.

Alias, obrigado pelo link abaixo. Uma historia fantastica, desconhecida por muitos e muito bem escrita e detalhada.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

OFF – Segue o link de um relato da Operação Roraima em 1969 ( que eu desconhecia ), que foi uma ação dissuasória contra militares venezuelanos que entraram no Brasil para dar apoio há uma revolta na Guiana. No relato segue como foi o deslocamento e a ação de dois B-26 que foram de Natal para Boa Vista.
https://velhogeneral.com.br/2020/04/17/operacao-roraima/

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Ótimo artigo, excelente. Parabéns por compartilhar.

Tiago
Tiago
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás
G SILVA
G SILVA
2 meses atrás

O ser humano é a maior ameaça à vida na Terra. Acumula meios de destruição nos quais foram investidos, só em 2019, um trilhão e 822 bilhões de dólares: armas letais, totalmente ineficazes face ao invisível coronavírus.

Paulo V S Maffi
Paulo V S Maffi
2 meses atrás

Se eu não me engano, esse é aquele navios jameado pelos russos no mar mediterrâneo (ou negro?) há alguns anos atrás.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Paulo V S Maffi
2 meses atrás
kobáuca
kobáuca
2 meses atrás

Tentei identificar se algum estava armado com mísseis, mas consegui ver nada, acho que tinham só tanques extras!!!
Alguém poderia me dizer se estou correto???

kobáuca
kobáuca
2 meses atrás

Buguei no minuto 0:32 do vídeo!!!
Ele tá filmando um su-30 em um vôo paralelo ao dele!!!
Aí muda de direção a imagem para um su-35,
Mas vindo em direção oposta, mas a filmagem ainda parece ser de um vôo paralelo ao outro!!!
Como pode isso Arnaldo???
E não tem sequência de cortes!!!

Maurício.
Maurício.
Reply to  kobáuca
2 meses atrás

Kobáuca, o F-16 está entre os dois Su, só que o da esquerda do piloto está mais a cima, dando a impressão que está vindo de outra direção.
Não sei se essa era sua dúvida, nem sei se eu estou certo rsrsrs.

Felipe
Felipe
2 meses atrás

Gostaria de saber como enviar um navio para o quintal do inimigo é “trazer estabilidade para a região”…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Felipe
2 meses atrás

O que você define como ‘quintal do inimigo’?

Delfim
Delfim
Reply to  Felipe
2 meses atrás

Assim como o Golfo do México não pertence aos EUA, mas um submarino russo emergiu lá e foi um chilique só no Pentágono.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Delfim
2 meses atrás

Salvo engano existe um acordo entre EUA e URSS/Rússia que estabelece uma distância mínima que SSBN’s devem ficar da costa um do outro, caso contrário poderiam ser consideradas ações ofensivas. Vai ver foi por isso. Mas gostaria de ler sobre isso. Vou pesquisar.

Sergio
Sergio
2 meses atrás

Essas brincadeirinhas de gato e rato são irritantes…….

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Sergio
2 meses atrás

Melhor que passar a carreira toda sentado em Base Aérea voando 40-50h por ano.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 meses atrás

Pelo menos a vida destes caras não tem tédio…

Todo mundo sabe que n é pra valer e vai todo mundo lá tirar foto.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
2 meses atrás

Exceto quando aparece aquele cara que se acha malandro e decide que é tão bom piloto quanto aqueles em equipes de demonstração aérea, aí pode melar tudo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

Em todas as profissões existe o mau profissional..

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 meses atrás

Tom & Jerry

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
2 meses atrás

Nada de novo no front …

TJLopes
TJLopes
2 meses atrás

Quantas marinheiros terão desertado dessa vez?

Paulo
Paulo
Reply to  TJLopes
1 mês atrás

Todos.

E foram recolhidos em hospitais para apoio psicológico.

Matheus
Matheus
2 meses atrás

Que trilha sonora ruim.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
2 meses atrás

Santos Dumont, na minha humilde opinião, era um idealista tolo. Os irmãos Wright acabaram ganhando muito dinheiro com o avião. Enquanto Santos Dumont se suicidou.

MestreD'Avis
MestreD'Avis
2 meses atrás

Como se diz em Portugal, vou pôr veneno nessa discussão…
Para ser coerente com outros posts, a matéria não deveria ser titulada “F-16 bota SU35 para correr no Báltico”???

Antunes 1980
Antunes 1980
2 meses atrás

Vejo muitos foristas comentando sobre uma possível terceira guerra mundial.
Porém nem a Rússia, muito menos os Estados Unidos querem um conflito. Não há motivos para isso.
Até por que mesmo sendo um potência nuclear, é evidente que a quantidade e a qualidade de vetores da OTAN é superior.
Vale a pena assistir o canal da OTAN no YouTube para ter uma noção do poderio europeu.
Rafale, Thyphoon, Gripen, F-16, F-18 e agora com os F-35. Deve ser realmente um osso duríssimo de se roer.

jagderband#44
jagderband#44
2 meses atrás

Dá vontade sentar o dedo.

Kemen
Kemen
2 meses atrás

Estou esperando para ver um disparo acidental, em alguma dessas interceptações corriqueiras.

bit_lascado
bit_lascado
2 meses atrás

No vídeo do F-16 curvando atrás dos russos só consigo imaginar o som do AIM-9 travado neles

Delfim
Delfim
2 meses atrás

Os americanos refutam SD, entre outros fatores, por ele não se encaixar no pensamento weberiano-protestante da prosperidade ser uma dádiva divina e moral.