Home Aviação de Ataque VÍDEO: Su-25 Frogfoot do Chade dispara foguete acidentalmente no solo

VÍDEO: Su-25 Frogfoot do Chade dispara foguete acidentalmente no solo

5828
45

O foguete quase acertou um C-130 Hércules francês, mas atingiu uma casa matando quatro civis

Em 17 de abril de 2020, um foguete disparado acidentalmente por um Su-25 Frogfoot da Força Aérea do Chade estacionado na Base Aérienne Kossei NDjamena, Chade, atingiu um caminhão-tanque vazio, errou por pouco um C-130H da Força Aérea Francesa do Escadron de transport 2/61 Franche Comté, e caiu na casa do vice-comandante da Guarda Presidencial, general Mahamata Salaha Brahima, matando duas crianças e dois adultos e ferindo outras duas.

O vídeo de uma câmera de vigilância vazou on-line em várias plataformas e mostra o momento em que o foguete é lançado, acertando o caminhão-tanque e passando a poucos metros do Hércules francês.

As causas do incidente estão sendo investigadas.

FONTE: The Aviationist

Subscribe
Notify of
guest
45 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro
Pedro
2 meses atrás

Eita Por$#!!!!

carcara_br
carcara_br
2 meses atrás

O curioso que o foguete (S-25?) perfurou o caminhão tanque e seguiu…

Clésio Luiz
Clésio Luiz
2 meses atrás

Realmente, completo desleixo com as normas de segurança. Acho que foi ano passado que um F-16A (holandês?) disparou o canhão e incendiou outro caça estacionado mais adiante. Esse tipo de coisa tem que ser mostrado em briefings com o pessoal das bases ao redor do mundo, do guarda ao comandante, para todos se concientizarem das consequências de encarar normas com desleixo. “Ah mas vc não acho que eles já fazem isso?” Pelo visto não, já que as **rdas continuam acontecendo, como o caso do F-16 citado acima, ou o famoso looping de chão à chão que pilotos militares continuam fazendo,… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Clésio Luiz
2 meses atrás

Clésio, foi um F-16 Belga, ele recebeu até uma “killmark”comment image

Pedro
Pedro
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Kkkkkkkkkkkk. O que uma falta de guerra não faz com os atuais pilotos, né? Um “killmark” por isso é sacanagem. Abraço

MMerlin
MMerlin
Reply to  Pedro
2 meses atrás
Johnny
Johnny
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Falta agora um “killmark” de “caminhão tanque” no SU-25. Cada um tem o Killmark que merece. kkk

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Clésio Luiz
2 meses atrás

E também foi basicamente o que causou o incêndio à bordo do USS Forrestal em 1967

Wilson Lobe Junior
Wilson Lobe Junior
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

Mas o caso do florestal foi diferente. Mudaram procedimentos para ganhar agilidade (treinavam trazer míssil armado em avião desligado para a pista) e deu zebra.

Sergio
Sergio
2 meses atrás

INACREDITÁVEL cara…Matou 4……
Antes pegasse no C-130

Teropode
Reply to  Sergio
2 meses atrás

O c 130 estava vazio?

MMerlin
MMerlin
Reply to  Sergio
2 meses atrás

Caso a falha tenha ocorrido por erro humano, possivelmente o autor da proeza irá pegar a maior pena imposta por este país, que é a prisão perpétua.
Ocorre que na Bélgica existe o direito a eutanásia quando solicitada por condenados existindo justificativa válida. E existe alguns precedentes no país relacionado a questões psicológicas graves.

Victor Filipe
Victor Filipe
2 meses atrás

Não sei se isso chega a ser uma verdade mas lembro vagamente de estar vendo um vídeo sobre DCS e o “piloto” dizer que o avião em que ele estava não iria disparar de jeito nenhum enquanto tivesse peso nas rodas (estar no solo) Isso é realmente algo que acontece e se sim, é difícil colocar um sistema desses em todos os aviões de combate? Eu não me lembro que vídeo foi, faz uns 2/3 anos Mas só tem 2 canais de DCS que acompanho Grim Reapers (que é um pessoal que brinca mais e é mais descontraído) e o… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Po, Vitor, acompanho os dois também, embora eu esteja um tanto relapso com ambos ultimamente hehehee

Fers
Fers
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Recomendo um canal chamado Hellreign82, os vídeos dele não são comentados e dá uma imersão a mais, também tem o canal Aviação de Caça Brasileira que tem uns vídeos bons de DCS.

Mauricio Vaz
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Eu conheço os 3, são muito bons os tres xD. hoje o sidewinder postou um video com um dogfight entre f-16 e o mod do f-35A

PACRF
PACRF
2 meses atrás

Na Bélgica, um tempo atrás, um F16 disparou seu canhão em terra acidentalmente, também.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
2 meses atrás

Eu não sei como são os caminhões de combustível no Chade mas aqui no Brasil são de uma parede de aço considerável, impressionante como o foguete perfura parecendo que é de papel!
Uma tragédia infelizmente!

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Carlos Gallani
2 meses atrás

Ele atravessou ou só resvalou e ricochete por cima, foi essa impressão que tive.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Marcos R.
2 meses atrás
gordo
gordo
Reply to  Carlos Gallani
2 meses atrás

Procurei e existem outras imagens na NET pós passagem do foguete, e o tanque está perfurado. Realmente atravessa como se fosse de papel. As ogivas são bem densas e provavelmente a espoleta só é armada após um certo tempo de voo para a segurança da aeronave.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

Lamento pelas mortes, que acidente infeliz!

smichtt
smichtt
2 meses atrás

A trajetória do foguete não teria que ser retilínea?

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  smichtt
2 meses atrás

ele perfurou o caminhão alterando a trajetória

Samuca cobre
Samuca cobre
2 meses atrás

Me parece que o foguete resvala no caminhão tanque, e na sequência muda a trajetória…

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Samuca cobre
2 meses atrás

O míssil perfurou o tanque no compartimento traseiro. Normalmente os tanques de líquidos são construídos em tres ou quatro compartimentos (tanques que permitem inclusive o transporte de líquidos de naturezas distintas). De qualquer forma, as divisões entre os tanques são chamadas “quebra-ondas” para que os movimentos do líquido nas acelerações e frenagens do veículo interfiram o menos possível na dirigibilidade. O míssil, derivou para a direita, provavelmente porque teve sua trajetória alterada pelo “quebra-onda”.

smichtt
smichtt
Reply to  Luiz Antonio
2 meses atrás

É verdade. Obrigado pela explicação.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Samuca cobre
2 meses atrás
Luiz Trindade
Luiz Trindade
2 meses atrás

Que M&rd@ heim….

filipe
filipe
2 meses atrás

Parece coisa de cinema, ou é acidente ou é amadorismo. A Força Aerea de Angola opera 12 unidades desse caça a quase 30 anos na Africa com muita eficiência.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  filipe
2 meses atrás

E daí, filho? Dezenas de forças aéreas operam esse caça sem problema nenhum, não só os angolanos. Foi um caso isolado, erros acontecem, parece até que vocês são engenheiros e sabem exatamente a causa do acidente.

Lucas
Lucas
2 meses atrás

where we go one, we go all…
WWG1WGA….
THE STORM IS UPON US! The Silent WAR is happening…

Rogerio Franco
Rogerio Franco
2 meses atrás

Voei muito no aeroclube de Santa Maria que é junto com a base militar, lá os AMX eram armados sempre apontados para a pista vazia e o sistema de armas só era ativado na cabeceira prestes a decolar, já ouvi historias dos 30mm disparando no solo enquanto eram armados.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Rogerio Franco
2 meses atrás

Acontece. Algumas Bases possuem uma barreira de terra pra minimizar os danos em disparos acidentais. Em calibres menores, utiliza-se uma caixa de madeira com areia, rebocada por um trator, chamada ¨tartaruga¨. Em Natal, vi um disparo acidental de SBAT-70 num AT-27, no solo. A barreira de terra em Porto Velho, utilizada pelo 2°/3° GAV, eu quem mandei fazer em 1998.

nonato
nonato
Reply to  Rinaldo Nery
2 meses atrás

Mas coloca essas caixas onde? Colado aos foguetes ou separando o aeroporto do entorno?

Afonso
Afonso
Reply to  Rinaldo Nery
2 meses atrás

Rinaldo, excelente relato! Mais uma vez obrigado por agregar tanto conhecimento técnico a nós leitores e entusiastas.

Uma dúvida, este procedimento é um “padrão” para todas as bases, ou algo facultativo e atrelado a conhecimento comum?

Sdds e obrigado

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Rogerio Franco
2 meses atrás

Eu já soube de canhão de F-5 disparar acidentalmente quando se municiava o canhão. Por isso mesmo sempre estavam apontados para uma área de mínimo dano.
Tinha na FAB um UH-1H com um reparo numa das portas dos pilotos. A metralhadora coaxial disparou acidentalmente com a porta aberta.
Agora imaginem um avião disparar seu canhão em voo… E ser abatido pelos próprios projeteis… !!! Pois é, já aconteceu. Mas não foi na FAB.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
2 meses atrás

Bom dia
Gostaria de esclarecer aos moderadores deste espaço sobre meu comentário me referindo a “colocar um revólver nas mãos de um macaco” minha referência foi figurativamente o fato de disponibilizarem armamentos para pessoal despreparado, falhas de procedimento de uma força militar, qualquer que seja ela. Infelizmente o perfil de pessoas, elas sim preconceituosas, procuram acusar outras pessoas do que são, para satisfazer suas elocubrações neuróticas como se fossem os guardiães da verdade absoluta. Nem vou me alongar mais. Abraços.

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Luiz Antonio
2 meses atrás

Infelizmente hoje tudo é ofensivo, eu quando li lembrei imediatamente do vídeo do chimpanzé com o ak47, tudo é relativo ao olhar que Vc aplica sobre a frase.

Caio
Caio
Reply to  Luiz Antonio
2 meses atrás

Conversa fiada não é homem para assumir seus preconceitos.

Afonso
Afonso
Reply to  Luiz Antonio
2 meses atrás

Feliz que removeram o seu comentário Luiz, aqui é um fórum sério e de respeito, repense suas atitudes. Obrigado Poggio e Galente. Sds

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
2 meses atrás

Soltou pecinha??

Antunes 1980
Antunes 1980
2 meses atrás

Seria um defeito do equipamento russo? Ou descumprimento das normas de segurança por parte do piloto ?

Johnny
Johnny
2 meses atrás

Acredito que eu tenha presenciado a “versão civil” desse incidente. Em 1987, no aeroporto de Itaituba-PA, um learjet estava estacionado em frente ao hangar da Arara taxi Aéreo. Em frente a ele, um “mexânico” fazia um teste de motor em um cesna 182 que se encontrava apontado para a cabine de comando do lear, a cerca de uns cinco metros apenas. Resultado: o cesna saiu dos calços e atingiu a cabine do learjet que, provavelmente, nunca mais voltou a voar. Final da época áurea do garimpo naquele município.

ALISON L C SILVA
ALISON L C SILVA
2 meses atrás

Vi num site que foi erro humano durante uma manutenção