Home Aviação de Ataque A mais avançada variante do caça F-15 voa pela primeira vez

A mais avançada variante do caça F-15 voa pela primeira vez

9647
131

A versão mais avançada do caça a jato multifuncional F-15 fez seu voo inaugural. Com o piloto-chefe de testes da Boeing, Matt Giese, nos controles, o F-15QA que está sendo desenvolvido para a Qatar Emiri Air Force (QEAF) decolou do Aeroporto Internacional Lambert em St. Louis, em 13 de abril, para um voo de 90 minutos.

O primeiro voo da mais recente variante do venerável avião de combate da Guerra Fria envolveu a execução de uma decolagem vertical “Viking” de alta potência, para rapidamente ganhar altitude, ativando o pós-combustor completo para subir em um ângulo extremamente alto. Isso foi seguido por manobras no espaço aéreo de teste, onde a aeronave gerou 9 Gs. Durante o voo, os engenheiros monitoraram a telemetria enquanto o radar e a aviônica do F-15QA eram postos em prática.

Embora o F-15 tenha voado pela primeira vez na década de 1970, a Boeing diz que o F-15QA incorpora tecnologias de última geração, incluindo controles de voo fly-by-wire e um cockpit digital. Além disso, existem sensores modernizados, radar e sistemas de guerra eletrônica, e o que é descrito como o computador de missão mais rápido do mundo.

O F-15QA está sendo fabricado sob um contrato de US$ 6,2 bilhões do Departamento de Defesa dos EUA para construir 36 aeronaves para a QEAF, com o primeiro programado para ser entregue em 2021. Além disso, a Boeing fornecerá treinamento para a tripulação e para manutenção de aeronaves F-15QA.

A Boeing também está se preparando para produzir uma versão doméstica do F-15QA chamada F-15EX. A empresa aeroespacial planeja construir oito dos caças, levando a uma possível frota de até 144.

“Este primeiro voo bem-sucedido é uma etapa importante para fornecer à QEAF uma aeronave com o melhor alcance e carga útil da categoria”, diz Prat Kumar, vice-presidente da Boeing e gerente de programa F-15. “O avançado F-15QA não apenas oferece recursos “game changer”, mas também é construído usando processos avançados de fabricação que tornam o jato mais eficiente de fabricar.

No campo, o F-15 custa metade do custo por hora de voo de aeronaves de combate similares e oferece muito mais carga útil em alcances muito maiores. Isso é sucesso para o combatente”.

Concepção artística do F-15QA

FONTE: Boeing

Subscribe
Notify of
guest
131 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Mayer
Fabio Mayer
6 meses atrás

Cada vez mais parecido com F-35 e F-22…

MFB
MFB
Reply to  Fabio Mayer
6 meses atrás

Rapaz, precisa fazer um exame de vista, viu?

Fighting_Falcon
Fighting_Falcon
Reply to  Fabio Mayer
6 meses atrás

Quer dizer em sistemas não é Fábio? kkk

nonato
nonato
6 meses atrás

Poderiam colocar algum .motor mais moderno e econômico, mexer em alguns itens para aumentar a furtividade, usar tinta RAM, tanques conformais, baias de armas conformais.
Tentar modernizar sem perder o desempenho.
Transportar uns 30 mísseis em cachos…

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  nonato
6 meses atrás

O Motor atual não é o mesmo do primeiro F-15A ele mudou muito e pode ser considerado um motor praticamente novo. o F100-PW-229 que é usado nos F-15E por exemplo usa tecnologia dos motores do F-22 e F-35. Tanques conformais ele já usa. olha ao lado das entradas de ar aquelas curvas são tanques conformais. a USAF opera F-15 com tanques conformais desde a versão E. Aplicação de material RAM não é problema deve ser a coisa mais simples dentro do que você falou e eles com certeza devem usar nessa nova versão. Baias de armas internas é um problema.… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Só uma pequena correção, Victor. O F-15 sempre teve previsão de uso de tanques conformais. Embora o F-15E tenha tornado esses tanques matéria de uso praticamente contínuo, um pequeno grupo de F-15C’s também utilizou. Eram aqueles desdobrados normalmente para Keflavik, salvo engano. Tem algumas fotos deles por aí e é realmente estranho ver F-15 monoplaces usando esses tanques. Fui descobrir isso tem relativamente pouco tempo atrás.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

Dessa eu não tinha ideia. Vlw

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás
nonato
nonato
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Confesso que não sei detalhes sobre os motores nem sobre os outros itens (como os tanques conformais, até porque pouco se fala dessas questões na maioria das matérias acerca do F 15). Suas informações parecem interessantes. Não sei se seria interessantes mexer em alguns pontos para reduzir o RCS. Talvez entradas de ar, caudas (esqueci o nome técnico) inclinadas como no F 22, talvez empuxo vetorado com bocais serrilhados. Quanto à baía de armas, minha idéia seria algo semelhante aos tanques conformais. Algo a ser adaptado sobre a fuselagem ou asas, de forma a esconder o míssil em cápsulas stealth.… Read more »

Tomcat4,2
Tomcat4,2
6 meses atrás

Outra lenda viva e voando cada vez mais atualizado, aeronave fantástica e poderosamente mortal . Sonho de consumo pra qualquer força aérea !!!

Agnelo
Agnelo
Reply to  Tomcat4,2
6 meses atrás

Que caça é esse??? Fantástico mesmo!!

EB75
EB75
Reply to  Agnelo
6 meses atrás

Vc tá brincando né irmão ? Como assim que caça é esse ?

Agnelo
Agnelo
Reply to  EB75
6 meses atrás

Gíria da minha terra!
Conheço esse ai desde desde!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Agnelo
6 meses atrás

Agnelo é baiano, tá de quarentena desde que nasceu kkkkkkkk

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Agnelo
6 meses atrás

A versão mais nova do F-15( o qual em sua versão Strike Eagle é um verdadeiro bombardeiro tático de tanta carga q leva, mas todas as versões levam muito armamento ), primo, sem geometria variável, do saudoso F-14 Tomcat.

Anthony
Anthony
Reply to  Tomcat4,2
6 meses atrás

Com certeza!

Maaass… particularmente… ainda “nao m conformo” de terem aposentado o TomCat!!!! “Imperdoavel”!!! Tinha muito a oferecer ainda!

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Anthony
6 meses atrás

Anthony,

O Tomcat (eu até tenho) duas replicas em casa (escala 1:48) deveriam têr sido feito um upgrade , desenvolver uma versão mais avançada.

Eu tive a oportunidade de vêr o F-14, bem de perto e até subi na plataforma , para dar uma olhada no cockpit dêle. Isso foi em 1986, quando essa máquina espetacular, ainda estava em serviço na USN.

Eu não gostei do Hornet, mas depois passei a admirar o Super Hornet.

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Tadeu Mendes
6 meses atrás

Vi um vídeo do canal hoje no mundo militar falando sobre uma proposta que havia(não sei se verídica, depois vejam o vídeo) para modernização do Tomcat e nos desenhos se vê bocais das turbinas parecidos com os do F-22, pensa num Tomcat com aqueles bocais e uma eletrônica embarcada porreta( a questão é que ele, devido a toda sofisticação era muito caro de operar e ficou inviável o valor de seu upgrade), faria o aborto do Hornet na prancheta da Boeing!!! 😉

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Tomcat4,2
6 meses atrás
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Tomcat4,2
6 meses atrás
Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

É esse Super Tomcat aí mesmo q rola no vídeo que mencionei Leandro. Top demais. Lembra os Valkiries de Macross Frontier (animê japonês onde caças idênticos ao Super Tomcat viram robôs//dos quais tenho um exemplar).

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Tomcat4,2
6 meses atrás

Sim, of Valkiries foram diretamente inspirados no Tomcat. De vez em quando aparecem imagens de modelos do Tomcat junto dos Valks do desenho. Faz tempo que não vejo Macross. É uma boa pedida para a sessão ‘Relembrar é viver’ da pandemia hehehehe.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Anthony
6 meses atrás

Boa tarde Anthony
Sem dúvida.
Caro de se operar, mas se tivessem percebido a necessidade pelos cenários futuros….. imagine ele modernizado, como o 15, 16 e 18 tem sido…
Imagine um radar mais top do q tinha somado a um AIM-54 Phoenix X…
Sds

willhorv
willhorv
6 meses atrás

Fantástico!!!

Detalhe da arte…o mesmo caça, entra no TO em profundidade (alcance com tanques extras), suprime defesas (com mísseis anti radiação e ecm), localiza, identifica e ilumina os alvos (com pods de designação) e ataca 10 deles (com jdam), e ainda se defende das ameaças aéreas (aim120)!!

E ainda vaza do TO em alta velocidade e altitude!!!

O pesadelo de qualquer atacado!

PauloR
PauloR
Reply to  willhorv
6 meses atrás

Parece fácil do jeito que você fala, mas ate os houthis já derrubaram um desses, sinal de que não é exatamente como você pensa.

Haroldo
Haroldo
Reply to  PauloR
6 meses atrás

Nunca nenhum F-15 (até onde eu saiba) via HMM Caiafa Master, Arte da Guerra) foi derrubado em combate. Pode ter caído por falha.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Haroldo
6 meses atrás

Seja lá quem é esse Master, ele está errado. F-15’s foram perdidos em combate sobre o Iraque durante a Guerra do Golfo em 1991, vítimas de fogo anti-aéreo. Nunca foram abatidos por aeronave inimiga.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Haroldo
6 meses atrás

Haroldo, o F-15 que caiu na Líbia também caiu por “falha mecânica”, mesmo parecendo um queijo suíço.https://exiledonline.com/wp-content/uploads/2011/03/f-15-libya-exiledonline.png

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Sem querer desmerecer sua argumentação, mas a imagem é bem pequenininha, e sem necessidade.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

Leandro, tinha uma imagem maior na internet mas não achei, só não entendi o porquê que é sem necessidade? Você ficou magoado com a verdade? O único que pode dizer o que pode ou não pode no site é o Galante!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Minha resposta anterior aparentemente caiu no filtro.

Enfim, nos dias atuais, onde qualquer celular tem uma câmera capaz de tirar fotos em alta resolução, me parece extremamente suspeito que uma foto ‘reveladora’ não revele absolutamente nada por ter sido postada em tamanho diminuto. Daí a falta de necessidade. Mas já que você não entendeu e tem mania de perseguição ou acredita em qualquer coisa, problema seu, mas até aparecer algo mais verossímil prefiro acreditar na versão oficial.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

Leandro, mania de perseguição? Esclarece essa parte porque eu não entendi, realmente, fiquei curioso.
O abate do F-15 foi na Líbia e em 2011, quase dez anos atrás, naquela época e na Líbia ainda não tinha celulares com as capacidades de agora, e na internet tinha uma foto maior mas eu não achei.
A diferença entre nós, é que você acredita na conversa fiada tanto dos fabricantes como dos operadores, já eu, prefiro acreditar nos fatos.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Você nem percebe a sua própria contradição, né? Heheheheheh Como é que eu acredito na conversa fiada de alguém se eu NÃO estou acreditando na sua conversa fiada e ainda por cima estou querendo ver uma imagem maior justamente para ver se as minhas conclusões sobre o ocorrido mudam ou não? E se você olhar mais acima, bem lá em cima, vai ver algo que escrevi sobre F-15’s abatidos, já que não existem aeronaves invencíveis, então acho que você é um pouco precoce em tirar suas próprias conclusões antes de ter todos os fatos. A mania de perseguição é que,… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

Leandro, eu respondi e mostrei aquela imagem do F-15 todo furado ao Haroldo, porque ele disse que nunca um F-15 foi abatido em combate, o que para começar, não é verdade. A minha resposta mais ríspida que eu dei a você, foi pelo fato de você dizer que era desnecessário eu ter postado aquela imagem. A minha paixão é por aeronaves, o país da qual elas vem, para mim não faz a menor diferença, não sou americano, russo ou chinês, no caso, eu acho o F-15 um baita caça, mas também não me importo em falar a verdade e falar… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  PauloR
6 meses atrás

Da mesma forma que não se entrega uma ferrari para qualquer um. O carro pode ser fantástico, mas se o cara não dirigir direito, vai acabar no poste.

Rpaulo
Rpaulo
Reply to  PauloR
6 meses atrás

Rapaz, isto que é criticar por criticar, sem fundamento…

Mauro
Mauro
Reply to  PauloR
6 meses atrás

Foi esse aqui: Vídeo FLIR exibindo abate de F-15S da Arábia Saudita sobre o Iêmen.

https://www.aereo.jor.br/2018/01/08/video-flir-exibindo-abate-de-f-15s-da-arabia-saudita-sobre-o-iemen/

Joelson Cesário da Costa
Joelson Cesário da Costa
Reply to  Mauro
6 meses atrás

Também, dá uma Ferrari pra um Nakagima pra vc ver… ele soca ela no muro já na largada!! 🙂
Brincadeiras a parte, um avião cair ou ser derrubado, creio que envolva muitos fatores.
O caça é bom, é top, mas um dia… uma dia.. algum irá rumar pro chão!!

Renato B.
Renato B.
Reply to  Mauro
6 meses atrás

Impressionante, um marco triste para um avião tão vitorioso.

Teropode
Reply to  PauloR
6 meses atrás

Não vejo esta falta de fé quando vc se refere ao su 30,35 , por que será?

Doug385
Doug385
Reply to  PauloR
6 meses atrás

Alguém pode me dizer o que os árabes sabem operar direito, fora colete explosivo?

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Doug385
6 meses atrás

Douglas385,

Kkkkkkkk…..genial.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Doug385
6 meses atrás

Camelos durante o dia e cabras durante a noite!
(A interpretação deste comentário exige malícia.)

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Carlos Gallani
6 meses atrás

Carlos Gallani,

Eu entendi a malícia no seu commentário. Kkkkkkkk

O pior é que é a pura verdade.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Carlos Gallani
6 meses atrás

Pior que é mesmo, de acordo com um monte de relatos que já ouvi hehehehehe

willhorv
willhorv
Reply to  willhorv
6 meses atrás

Estamos falando de uma versão nova aos F15 C/D/E e etc.
Este possui nova suíte….equipamentos modernos…e se mesmo assim faltar algo, ele ainda tem o pilone central para agregar alguma coisa….como por exemplo um pod dedicado de interferência ECM.
O caça é….pra mim…..o Caça!!!

Doug385
Doug385
6 meses atrás

É incrível a capacidade de armamentos dessa aeronave.

Allan Lemos
Allan Lemos
6 meses atrás

Impressionante como para eles não basta apenas fazer um bom produto,eles querem sempre melhorar os que já têm.Se levassemos defesa a sério por aqui,já teriamos desenvolvido,ou ao menos estariamos planejando desenvolver,novas e melhores versões do AMX e/ou do Super Tucano.Mas nem nisso os nossos incompetentes oficiais pensam em fazer.

Doug385
Doug385
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Você pagaria o desenvolvimento do seu bolso? Não desmereça o trabalho dos outros se conhecer a fundo

Anthony
Anthony
Reply to  Doug385
6 meses atrás

Disse tudo!

Negativaram pq c num eh “doutrinadinho” e concordou com ele…

Quem negativa, e essa “rac@” socialistopat@ q nao sabe de nada, nao estuda e o q sabe, eh pq “alguem m falou”! Sem embasamento solido nenhum!!!

Aff!!!

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Doug385
6 meses atrás

O dinheiro que vai para o Ministério da Defesa já sai do meu bolso,assim como do seu e do de todos nós.O problema é que a maior parte dessa grana vai para as contas gordas dos oficiais.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Nossa! Tô rico e não sabia… Conta gorda…

Wilton Feitosa
Wilton Feitosa
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Gastar milhões, ou até bilhões, que não temos, pra se proteger de quem mesmo?

Anthony
Anthony
Reply to  Wilton Feitosa
6 meses atrás

Guerra do Paraguai… Guerra da lagosta nao ensinaram nada ne?

Santo Deus!!!! Maldita “Patria educadora” (sic!) que doutrina nossa populacao!!!

Saudades da serie vagalume e revoltado pq “a arte da guerra” nao faz parte (obrigatoria) do curriculum das escolas, como na china!!!

“Suar na paz para nao sangrar na guerra!

Haroldo
Haroldo
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Quem daria o aval e o $ é o Congresso,

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Haroldo
6 meses atrás

Lógico,mas para isso os oficiais teriam que ir de porta em porta nos gabinetes dos parlamentares para pressiona-los por verbas.Mas nossos congressistas são completamente alheios aos nossos projetos militares.

Anthony
Anthony
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Nao os Oficiais, idiot@!!! Os “politicos” nao permitem!

Quando Os Oficiais sao chamados a “opinar”, Sai projetos como o Tucano, Super tucano e KC-390…

Va estudar! Como “doutrinadinho”, c ta 10! Como pessoa, quando muito, lastimavel!

Se oriente!

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Anthony
6 meses atrás

Meu caro,os oficiais não têm que serem chamados,eles têm que ir lá no Congresso e fazer lobby,e não ficar esperando as verbas caírem do céu.Lá nos EUA,se um parlamentar propor tirar 1 dólar do orçamento do Departamento de Defesa,no outro dia haverá uma fila de oficiais de altíssima patente em frente ao gabinete dele para fazê-lo mudar de ideia.Já no Brasil,se o Executivo ou o Congresso cortar 50% do Ministério da Defesa,eles não vão estar nem aí já que o salário deles não pode diminuir. Nossos políticos são péssimos na área de defesa,isso é fato.Mas os nossos oficiais também não… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Allan, as Forças possuem Assessorias Parlamentares pra isso. Não posta bobagem (pra não usar outra palavra….) sem saber. Revoltadinho de iPhone.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Nós não temos demanda interna, dinheiro para desenvolver algo no concorridissimo mercado internacional, não ha vontade política e nossos oficiais maiores estao obrando para qualidade de nossos equipamentos!
Seria quase impossivel desenvolver e manter um projeto de primeira linha por aqui, já é um milagre o super tucano e o Astros pra falar a verdade, nem quero imaginar o Brasil desenvolvendo um Rafale por exemplo!

Ivo
Ivo
6 meses atrás

O duro é acreditar que a hora de vôo custa só a metade que um concorrente direto.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Ivo
6 meses atrás

Sem citar q

Augusto Mota
Augusto Mota
Reply to  Ivo
6 meses atrás

È o preço do avanço tecnológico, não se compara banana com maça, não se iluda, tem gente que gosta de viver de passado, o futuro é stealth, quem não tem invisibilidade não serve para tudo. Esse novo F-15 é magnífico e contra países de 3º mundo vai penetrar e fazer a festa que é uma beleza, mas contra cachorros grandes vai quebrar os dentes.

Anthony
Anthony
Reply to  Augusto Mota
6 meses atrás

Serio? o “futuro é stealth”???

1-Pra toda evolucao, cria-se uma “contra evolucao”
2-Ate o Br ja “inventou” uma tinta para reduzir a assinatura radar…
3-etc… preguica pra elencar mais coisas…

No geral… VA ESTUDAR ANTES DE OPINAR!!! Aff….

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Anthony
6 meses atrás

Você manda os outros estudarem antes de opinar e não sabe nem do que ta falando O tamanho da estupidez que você digitou é imensurável… Uma contra evolução como você diz não necessariamente torna a tecnologia obsoleta. se fosse o caso o mundo militar seria muito diferente. Exemplo: Evolução/Resposta Munição HEAT/Blindagem Reativa Míssil Ar-Ar por calor/ECM e Flares Míssil Semi-ativo e ativo/ECM e Chaffs Submarinos/Toda a rede de guerra antissubmarina (listar tudo seria complicado) Nenhuma dessas contra evoluções anulou a evolução A tecnologia furtiva começou com o F-117 e enquanto radares atuais conseguem capitar ele em distancias relevantes a mesma… Read more »

Victor Barros
Victor Barros
6 meses atrás

Grande aeronave, imponente, um verdadeiro caçador. Ao Brasil e a sua força aérea fariam bem uma centena destes, putz, acordei, não passou de um sonho!

PACRF
PACRF
6 meses atrás

Por que uma força aérea compraria em 2020 um caça concebido há 50 anos, por mais modernizado que esteja?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  PACRF
6 meses atrás

A idade é o de menos. A relevância é o que conta.

Augusto Mota
Augusto Mota
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

Se fosse assim o F-14 ainda estaria voando. Não tem nada de relevância, o passado já passou, tem gente que acha que turbinar um pentium 486 com mais memória RAM resolve o problema, mas tem a lei de Moore, muita coisa mudou, eu até concordo que contra países latinos e contra o Irã ele dá conta 100%, mas contra a Rússia e a China, eu acho que não.

Anthony
Anthony
Reply to  Augusto Mota
6 meses atrás

O F-14 nao voa mais devido ao preco de sua manutencao, seu ZeRuela!

Asas de geometria variavel, “laminadas a laser”, socando numa “pista”, c tem nocao do desgaste de tudo isso ao passar dos anos? E o custo para substituir?

putz!!! Antes de postar essas “diarreias mentais”, nos poupe e va estudar pelo amor de Deus!!!

Diogo
Diogo
Reply to  Anthony
6 meses atrás

Anthony, discordar da opinião alheia é uma coisa, ofender é outra. Hoje em dia um “teclado” torna uma pessoa mais valente do que andar com um trinta e oito na cintura….

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Augusto Mota
6 meses atrás

Augusto, o caso é que, como o Garotinho já disse, o F-14 tinha um custo de manutenção muito elevado. Acharam por bem matar o desenvolvimento das novas versões do F-14 (A Grumman tinha diversos planos para ele, inclusive alguns muito interessantes), cortar o número de novas células de F-14D e partir para o desenvolvimento do Super Hornet depois do cancelamento do NATF (Naval Advanced Tactical Fighter), que seria uma espécie de F-22 da marinha, cujos designs iniciais eram um mistro entre F-22 e Tomcat. Muito do que motivou essa decisão não foi apenas o alto custo, mas também a percepção… Read more »

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

Muito boa explanação , Acredito que se lá nos anos 90, quando o último Tomcat saiu da linha de produção a Us NAVY , tivesse bola de cristal pra vislumbrar o grande crescimento da Marinha Chinesa por exemplo ou o caso do problemático e custoso desenvolvimento do F-35 eles teriam “brigado” mais pela continuidade do projeto do “Tomcat21” Mais também acho que a mudança de politica da escolha de novas armas e projetos principalmente no caso de caças hoje não cabe muito as forças em si, vejo o F-35 por exemplo mais como um projeto de arma do Pentágono quase… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rodrigo Maçolla
6 meses atrás

Rodrigo, é mais ou menos isso sim. Muito do que contribuiu para as decisões da USN durante a década de 1990 foi fruto do fim da URSS e a consequente percepção de que faltaria uma justificativa para a contínua manutenção dos orçamentos militares. Por parte da USAF o próprio F-22 caiu nessa e teve pouquíssimas unidades construídas perto do que foi planejado e hoje é uma aeronave cujo contínuo desenvolvimento está fazendo falta, apesar de que tecnicamente ainda não tem um rival à altura. O F-35 ter sido escolhido por todos, ainda na década de 1990 e o custo exorbitante… Read more »

Welt
Welt
Reply to  PACRF
6 meses atrás

Porque há 50 anos atrás foi atingido um certo “ápice” na construção de aeronaves por reator. Não da pra ser muito melhor que isso sem mudar processos de produção, materiais compósitos, novas formas aerodinâmicas.
Isso fez o projeto se pagar.
O que evoluiu drasticamente foi o “recheio”, isso pode ser atualizado etc.

Além desse ponto, aí entram os caças 5a geração.
Mas aí o salto é maior, e o cascalho também.
Pra treinar, manutenir, gerir uma frota de 5a geração, não é pra qualquer um.

PACRF
PACRF
Reply to  Welt
6 meses atrás

Agradeço a resposta Welt. O Gripen deve ser um projeto mais moderno, pois começou a voar em 1987, senão me engano.

Welt
Welt
Reply to  PACRF
6 meses atrás

O primeiro Gripen é de 87.
O “nosso” é mais novo porque é praticamente um projeto inteiro novo. Tem gente mais gabaritada pra falar disso.
O Gripen atual tem a seu favor o ponto justamente do recheio eletrônico muito robusto mas de novo, tem gente mais gabaritada pra entrar a fundo nisso.
Passei só pra ajudar na discussão que muitas vezes os comentários são simplistas no sentido de A ou B está errado.
Sendo que no espectro mais amplo, a equação não é tão simples.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  PACRF
6 meses atrás

Pq ele ainda tem função na USAF por três básico motivos, é um baita de um bombardeiro tático, é super eficiente em uma segunda leva de ataque onde F-35, F-22 e B-2 (B-21) já esfriaram as coisas e mantém um grande fornecedor funcionando até que seja necessário de outras formas, o F-15 ainda tem muita lenha para queimar apesar de aparecer em qualquer radar como um cruzador da segunda guerra mundial!

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
6 meses atrás

Eu ví a 1° foto antes de ler o título, e por 1 segundo eu achei que fosse o F-14

Luís Henrique
Luís Henrique
6 meses atrás

Que bela máquina.

Alguns sites indianos indicam que a Boeing vai oferecer o F-15 EX para eles no novo MMRCA 2.0
Então, além do F-21 (F-16V disfarçado), Super Hornet, Gripen E, Rafale, Eurofighter, MiG-35 e Su-35, está entrando mais um peso pesado na briga.

A Índia quer muito tot de motor para o seu projeto de caça de 5,5 geração AMCA.

Tanto F-16 como Super Hornet usam motores GE.
O F-15 usa motor Pratt e Whitney.
Dependendo da tot oferecida pela P&W, o F-15 EX pode despontar como melhor oferta americana.

Mauricio R.
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

F-15K; -15S; -15SA e -15SG usam a F-110 da GE.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
6 meses atrás

Porque não fazer isso com o F-18

Marcos10
Marcos10
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Alguns países – Austrália, Canadá, Espanha – optaram pelo F18. Que vantagem o F18 oferece vem relação ao F15?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Marcos10
6 meses atrás

Nesse sentido que opinei, porque não o F-18 uma vez que seu projeto é mais avançado que o F-15, motor, sensor, etc etc.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Nilton, são caças praticamente da mesma época, porém funções e tamanhos diferentes. Não dá para dizer que um é mais avançado que o outro. Inclusive, são do mesmo fabricante.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Leandro Costa
6 meses atrás

Leandro em termos de sensor é mais avançado, perde em raio de ação, salvo vir com tanques conformais.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Nope!

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Nilton, o F-15 EX assim como o QA usam um radar AESA que é maior, possui mais módulos transmissores/receptores e é mais potente que o APG-79 do Super Hornet. Ambos possuem sensores de mesma geração, porém o F-15 é maior, cabe um radar maior e mais potente. Mesmo com tanques conformais o SH melhora seu raio de ação, mas não chega nem perto do raio de ação do F-15. De pouco mais de 1.000 km vai para quase 1.300 km com CFT, enquanto o F-15 EX bate em praticamente 2.000 km de raio de ação. Carga de armas também existe… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Marcos10
6 meses atrás

Marcos, a 1a vantagem é ser um caça apto para operar em navios aeródromos, o que o F-15 não faz. Já, em relação ao uso por forças aéreas, as vantagens são relativas aos custos. O F-18 e o SH são mais baratos para adquirir e para operar. O SH também possui uma RCS menor, apesar de ser uma vantagem, é uma vantagem pequena já que ambos caças possuem RCS de mesma ordem de magnitude. E por possuir um radar maior e mais potente o F-15 provavelmente terá vantagem sobre o SH em detectar primeiro. Já, todos os outros parâmetros de… Read more »

kaleu
kaleu
6 meses atrás

Importante saber como ficou o RCS, essa aeronave é uma lenda, porém sua concepção é bem antiga, lembrando que a USAF não embarcou no Silent Eagle exatamente por isso, claro que pra confrontar os Flankers é a aeronave ideal, haja visto que o RCS dos Flankers também são significativos … mas os sensores modernos conseguem captar esses projetos mais antigos a longas distâncias, aí não adiante ser forte e musculoso, vai perder … Vamos ver se a USAF adota ou não essa solução, isso vai dizer muito sobre a REAL performance desse Eagle … mas, que ele é maravilhoso de… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  kaleu
6 meses atrás

A USAF ja adotou. Estao comprando o F-15EX.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
6 meses atrás

Chega a ser inacreditável, o meninão tem mais de 50 anos de projeto e nada do “lado de lá” é melhor do que Ele nos dias de hoje.

Que projeto, que avião!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
6 meses atrás

É um belo projeto que ainda tem muito para dar! Um projeto bem feito demora a envelhecer!

Foxtrot
Foxtrot
6 meses atrás

Coisa linda!
Um esquadrão (12 unidades) desse na FAB por favor ! Rsrsrs

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Foxtrot
6 meses atrás

E o Continente se ajoelharia aos nossos pés… hahaha

Mauricio R.
Reply to  Ricardo Bigliazzi
6 meses atrás

Duvido muito, mas algo desenvolvido a partir do 14-X e também um clone de ICBM, móvel de preferência (o povo do DNIT iria salivar de prazer), seriam meio caminho andado.
A outra metade do caminho dependeria de uma PEC, que autorizasse a pesquisa e a fabricação de artefatos nucleares.
Mas ai já é outra história.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Mauricio R.
6 meses atrás

Caro Maurício, para isso acontecer teríamos de deixar de sermos submissos e lacaios. Veja que compramos a Gripe Sueca (Gripen) sendo que desde a década de 80 a Embraer já tinha conhecimento para fabricar um caça hipertônico. Agora venderam a Embraer, a Base de Alcântara e sepultaram todos os projetos de P&D espaciais ou de Defesa nacionais. O próprio 14X já estava em condições de teste de vôo “há séculos” e estão postergando até hoje porquê? Hora bolas quanto custa colocar o modelo de vôo no VSB-30 e lançar? Já fazemos isso há anos e estamos fazendo em Osrange para… Read more »

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Ricardo Bigliazzi
6 meses atrás

Seu não viu Ricardo.
Temos SU-30 na região.
Não sei como anda os SU da Venezuela ( manutenção, armamento, prontidão etc).
Mas todos sabem que os caças Russos são conhecidos mundialmente por serem robustos, fácil operação e mortais (quando bem mantidos etc).

Mauricio R.
Reply to  Foxtrot
6 meses atrás

Despesa sem fonte definida de receita e bota receita nisso, não pode é crime.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Foxtrot
6 meses atrás

Eu só queria que os Gripens já comprados chegassem! HAHAHAHHAA

Tronnos
Tronnos
6 meses atrás

Se com a avionica antiga já era maravilhoso de voar, no simulador, claro, imagino agora, deve ter ficado um melzinho na chupeta.

willhorv
willhorv
Reply to  Tronnos
6 meses atrás

Tenho uma certa frustração por não ter comprado um manche de controle para PC que era bem fiel aos controles do F15….também não ia saber operar tamanha complexidade o danado tinha….tantos botões que na época fui jogar Age….era mais simples coletar comida, ouro e pedra.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
6 meses atrás

O revestimento externo (camuflagem pixelada) ficou barbarizante.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Tadeu Mendes
6 meses atrás

Você sabe que o F-15 da matéria nem pintado está e está sendo irônico, né?

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
6 meses atrás

O F-15 faria um casamento perfeito com o Gripen! Pra mim é o caça mais bonito do mundo.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
6 meses atrás

Casamento?

Maurício.
Maurício.
6 meses atrás

Eu sei que é uma questão estética e que não é relevante, mas eu sempre achei feio o bocal dos motores do F-15, esse da matéria e os da Coreia do Sul tem um bocal mais bonito.
https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRtGE6rv6zjZlY4mKaFRQdwA7-dpUZZEuZoBztVIzUfRn_FgGlQ&usqp=CAU

LEONARDO CORREIA BASTOS
LEONARDO CORREIA BASTOS
6 meses atrás

Fico imaginando como seria um bom e velho dogfight com o Su-35s…

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  LEONARDO CORREIA BASTOS
6 meses atrás

Essa era acabou meu velho, só vai acontecer por acidente, entramos no sex. XXI com a tríade do stealth, BVR e AWACS!

Mauricio R.
Reply to  Carlos Gallani
6 meses atrás

Mas o “stealth”, pelo menos o norte americano, é pra isso mesmo, operar o armamento existe o mais próximo possível ao alvo.
Então não é algo assim tão sem sentido.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Mauricio R.
6 meses atrás

O que nada tem haver com dog fight amigo Maurício!

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Mauricio R.
6 meses atrás

Mauricio, não é bem assim. A furtividade dos caças americanos é fundamental para atacar sem ser atacado. Atacar Antes de ser detectado. E se aproximar de defesas antiaéreas para atacar alvos bem defendidos. Isso não significa que irá utilizar armamento de curto alcance, mas que geralmente alvos bem defendidos estão “atrás” dos sistemas antiaéreos, portanto mesmo com armamento de Longo alcance, você precisa adentrar em território inimigo, evitar as defesas antiaéreas para ai sim detectar e disparar contra os alvos. Já em combate aéreo, o trabalho é AEW + aeronaves de ataque + caças furtivos + mísseis BVR de longo… Read more »

Maximus
Maximus
6 meses atrás

Eu acho o F-15 uma das mais magníficas obras da engenhosidade humana, um caça atemporal, de pura superioridade aérea e eficiência.

Vendo na foto acima aqui no PA, um F-15 “verde amarelo” camuflado, o meu patriotismo me leva a imaginar na nossa FAB.

Imaginem uma dupla F-15 e Gripen, pqp cara, seria muito massa!! Bom, sonhar não custa nada ainda né?!

Abs

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Maximus
6 meses atrás

Não faz sentido essa dupla!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Carlos Gallani
6 meses atrás

Carlos, não entrando no mérito ou no gosto pessoal do Máximos, mas essa dupla que ele propõe, guardadas as devidas proporções, é basicamente a mesma dupla que ainda é a espinha dorsal da defesa aérea americana, F-16 e F-15, então, até que faz algum sentido, não sei se me fiz entender.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Nao faz sentido sonhar com 12 F-15 sendo que compramos parcos e insuficientes 36 Gripens sob critérios de economia, essa dupla não faz sentido ou ficamos todos loucos!
Agora se estamos falando de sonho do tipo sem conectar nada e nele o Brasil ficar rico e tiver orçamento para comprar dois vetores novos diferentes então deixamos passar a oportunidade de aderir ao F-35A, a dupla não faz sentido mesmo!

Luiz Galvão
Luiz Galvão
6 meses atrás

Do ponto de vista político é muito interessante que os EUA estejam fornecendo um caça tão moderno e capaz para o Qatar, considerando que o país sofre embargo dos demais países árabes do Golfo e de Israel, por alegadas ligações com o terrorismo.
Pode ser um caso clássico do “money talks”.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Luiz Galvão
6 meses atrás

Prezado Luiz Galvão
Os EUA mantém no Qatar sua maior base militar de todo o Oriente Médio. Os interesses vão além do vil metal. Claro que se paralelamente puderem vender alguns brinquedinhos, melhor ainda.
Abraço

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  João Adaime
6 meses atrás

Caro João,
Grato pelo comentário e informação.
Abraço

leonidas
leonidas
6 meses atrás

Impressionante, um caça que já tem mais de 45 anos de projeto e ainda hoje o Brasil não conseguiria fazer nada sequer parecido com ele.
Obs: Lembrando que ele não é o caça mais avançado dos EUA…

Luís Henrique
Luís Henrique
6 meses atrás

O Qatar comprou 36 F-15 QA por U$ 6,2 bi
24 Eurofighter por U$ 6,6 bi
24 Rafale por U$ 7 bi

Depois adquiriu mais 12 Rafale…

O F-15 QA saiu bem mais barato do que os caças europeus…

willhorv
willhorv
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

Sonho de força aérea. Só o supra sumo!!

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

Caraca meu parceiro, que plantel!!!!

Denis
Denis
6 meses atrás

Vida longa à Águia. Penas, bico e garras novas para dominar os céus por mais cinquenta anos. Tá, eu sei que é lenda, mas concedam-me uma licença poética. 😀

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
6 meses atrás

É impressão minha ou o desenho das asas estão diferentes?

Mauro S.
Mauro S.
6 meses atrás

Quem diria que um dia o custo da hora de vôo seria argumento de venda para o F-15?

Rodrigo
Rodrigo
6 meses atrás

Não quero saber se é caro para comprar/manter/operar, se estamos quebrados, se é dos anos 70… Só quero como diz aquele meme “ME DÊ, PAPAI” 🙂

Alessandro Carlos de Oliveira
Alessandro Carlos de Oliveira
6 meses atrás

Não sou engenheiro aeronáutico e nem piloto militar, apenas gosto de aviação militar desde pequeno, uma coisa eu percebi quando entrei para ver os comentários, nunca vi tanta arrogância na minha vida , muitos aqui não são especialistas e comentam o que sabe ou acha, se for pra corrigir de forma educada é válido, peço mais humildade para aí os engenheiros do ITA ou pilotos de caça de vídeo game pfv!

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Alessandro Carlos de Oliveira
6 meses atrás

Podiam criar uma regra, só piloto, brigadeiro e engenheiro aeronáutico comentam, a gente manda todos os apaixonado calarem a boca pq o Alessandro não entende e/ou não está satisfeito com os padrões e o objetivos de área de comentários de um site de entusiastas!
Boa Alessandro vc ta serto!

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Carlos Gallani
6 meses atrás

¨Serto¨com certeza ele não tá…

Luis Costa
Luis Costa
6 meses atrás

Para dar uma ajuda financeira para o setor de aviação militar da Boeing , a USAF foi obrigada , pelo próprio governo , a comprar um lote de caças F-15 novos e modernizados. É o famoso loby do chamado ” complexo industrial militar “.