Home Aviação Militar China realiza exercícios ‘regulares’ perto de Taiwan em preparação para confronto militar

China realiza exercícios ‘regulares’ perto de Taiwan em preparação para confronto militar

8541
210
Caças J-11 e bombardeiro H-6K, em foto de 2018

O Exército de Libertação Popularda China (PLA) realizou exercícios militares com aviões de guerra perto da ilha de Taiwan no dia 10 de abril, e esses exercícios, que ocorreram pelo menos quatro vezes desde o tradicional feriado do Festival da Primavera em janeiro, tornaram-se regulares e agora fazem parte dos preparativos da luta militar contra a ilha, disseram especialistas do continente.

Vários aviões de combate do PLA, incluindo os bombardeiros H-6, os aviões de alerta aéreo antecipado KJ-500 e os caças J-11, realizaram um exercício de longo alcance sobre o mar a sudoeste, perto da ilha de Taiwan na sexta-feira, informou a mídia de Taiwan, citando a autoridade de defesa da ilha.

Os aviões do PLA entraram no Oceano Pacífico Ocidental através do Canal Bashi e depois retornaram à base pela mesma rota de onde vieram, disseram reportagens da ilha.

Song Zhongping, especialista militar do continente e comentarista de TV, disse ao Global Times na sexta-feira que os exercícios eram parte dos preparativos para o potencial confronto militar contra a ilha de Taiwan, e esses exercícios se tornaram regulares e rotineiros.

Após o feriado tradicional do Festival da Primavera, no final de janeiro, o PLA conduziu uma missão de patrulha de prontidão para combate, apresentando navios e aviões de guerra em 9 de fevereiro, exercícios conjuntos em 10 de fevereiro e exercícios “raros” noturnos de aviões de guerra em 16 de março, todos perto da ilha de Taiwan , apesar do novo surto de coronavírus (COVID-19).

Song disse que espera que o PLA realize gradualmente exercícios maiores e mais frequentes, e que os exercícios se tornem mais direcionados e tenham mais dissuasão, como ataques de decapitação contra forças secessionistas e operações de negação de área contra intervenção estrangeira.

Os exercícios servem para que os secessionistas de Taiwan saibam que o apoio de forças estrangeiras é inútil e também que as forças estrangeiras entendam que o PLA possui a capacidade e determinação de resolver a questão de Taiwan, disse Song.

Os exercícios na sexta-feira também ocorreram depois que os EUA assinaram recentemente a Lei da Iniciativa Internacional de Proteção e Aperfeiçoamento de Aliados de Taiwan (TAIPEI), que permite que os EUA reduzam, expandam ou encerrem compromissos econômicos e diplomáticos com países que adotam ações para prejudicar Taiwan, e ajude a ilha de Taiwan a obter participação em organizações internacionais, como membro ou como observador, e a fornecer armas para a ilha.

Zhu Fenglian, porta-voz do Departamento de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado, disse após a assinatura da lei dos EUA em 26 de março que a reunificação e rejuvenescimento nacional da China não serão interrompidos por nenhuma força.

FONTE: Globaltimes.cn

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
210 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Mayer
Fabio Mayer
2 meses atrás

Vão aproveitar a pandemia que eles mesmos causaram, para fazer uma agressão militar?

Comunistas sendo comunistas…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio Mayer
2 meses atrás

Agressão militar?
Só estarão reintegrando uma província rebelde ao Continente.

USS Independence
USS Independence
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

É muito comunismo reunido em um único comentário.

Falcon
Falcon
Reply to  USS Independence
2 meses atrás

Ele ta louco pra ser escravo da ditadura chinesa …

edimar
edimar
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Você pensa quando escreve ou apenas joga os dedos sobre as teclas ou touch screen seja lá o que usa.

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

O que faz um simpatizante do comunismo num país democrático? Você está no país errado.

Pedro
Pedro
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Rapaz, você está certo. Tanto, Taiwan, quanto a China se vêm como China, com seus respectivos governos rebeldes. Um (Taiwan) como senhor herdeiro do antigo império HAN (império do meio) e outro como um poder antagônico, mas que também é chinês. No livro:”Sobre a Chine” e “A ordem mundial” de Kissinger tratam bem disso,

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pedro
2 meses atrás

Pedro

Depende do ponto de vista.
De um lado você pode ter 1,4 bilhão de pessoas certas e 23,8 milhões de pessoas erradas.
Ou pode ter 23,8 milhões de certas ou 1,4 bilhão de erradas.

Nemo
Nemo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Bom dia Kings, eu não lhe conheço e raramente comento, mas pare para pensar no que voce escreve e perceba a vergonha desnecessária que voce passa.

Não seja comunista ou capitalista, apenas realista.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nemo
2 meses atrás

Prezado Nemo

A questão não é ser comunista ou capitalista.
É ver as coisas como, simplesmente, elas são.

SDS

Marcio AD
Marcio AD
Reply to  Nemo
2 meses atrás

Quem disse que ele pensa, se bem que essa deve ser a realidade paralela na qual ele vive. Todo comunista crê piamente que está certo e somente ele é dono da verdade e da razão, assim sendo dentro do ponto de vista utópico tudo que escreve, diz ou pensa é a mais pura verdade.

Rafael
Rafael
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Eu nem leio mais os comentários desse simpatizante do comunismo, quando vejo o nome dele já dou deslike sem ao menos ler as bobagens que ele escreve.

Ricardo Barbosa
Ricardo Barbosa
Reply to  Rafael
2 meses atrás

Somos dois

Marcio AD
Marcio AD
Reply to  Ricardo Barbosa
2 meses atrás

Somos 3

Nerudarruda
Nerudarruda
Reply to  Marcio AD
2 meses atrás

somos 4

Mgtow
Mgtow
Reply to  Rafael
2 meses atrás

Não leem os comentarios. mas ficam todos polvorosos com os comentarios(certeiros) do Kings….kkkkkk… Dale kings!!

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Uma província rebelde que não tinha sequer muita atenção do governo chinês até que eles, uma m… de ilha, dão mais dinheiro que o país da China. Dae o interesse deles. Além do mais o Mao Tsung não teve interesse em anexar a ilha no final da revolução deixando a ilha para o Chiang Kai-Shek. Agora vem com papo de uma China… Papo furado… Tão de olho é como podem tirar dinheiro das riquezas produzidas lá!

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Luiz Trindade
2 meses atrás

A China sob Mao tentou anexar Taiwan alguns anos depois da guerra, mas não conseguiu por efeito de ação dos EUA. A China não anexou no final da revolução porque não tinha meios navais para se chegar a ilha, só o que poderiam fazer era realizar bombardeios e isso seria extremamente imprudente por parte dos comunistas. Portanto, antes mesmo de Taiwan ser um “Tigre Asiático”, eles tentaram anexar o território, mas não obtiveram sucesso em sua empreitada. Mas sem dúvida o fator econômico pesa ainda mais para a China continuar na sua luta de tentar anexar Taiwan, o que antes… Read more »

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

A província não quer, e acabou a conversa. Ninguém pode obrigar.

Gil
Gil
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Em verdade os rebeldes estão na parte continental, foram o que deram o “golpi”

China não vai invadir Taiwan, não tem ovos pra isso.
Iriam perder grande parte pelo que eles tem trabalhado nas últimas décadas.

m. wolf
m. wolf
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

meu caro existe uma coisa chamada direito a autodeterminação dos povos.

William Duarte
William Duarte
Reply to  m. wolf
2 meses atrás

O direito de autodeterminação dos povos não se aplica a ditaduras sanguinárias comunistas, veja o caso do pós guerra no Leste da Europa, a China também não leu este “capítulo do livro da humanidade” veja como exemplo o Tibet e a pressão que vivem Nepal e Butão, deve ser péssimo ser vizinho deste monstro que não entende e não aceita o direito internacional e o pior tem fã clube espalhado no mundo, tem pessoas que tem prazer de serem rotuladas de idiotas, uma coisa é não gostar do atual presidente outra é amar ditaduras comunistas.

William Duarte
William Duarte
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Concordo – Amanhã zarparemos para pegar a província rebelde da Cisplatina e não aceitaremos nenhuma opinião ao contrário, pois é nosso de direito, feito isso ajudaremos os irmãos Argentinos retomar as Malvinas. O fanatismo politico é perigoso e um pessimo instrumento nas mãos de líderes sejam de esquerda ou da direita. Lembrei de uma piada que a bandeira comunista tem três ferramentas: O martelo e a foice na bandeira e um picareta segurando ela.

NEI
NEI
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Você deveria fechar essa sua boca KINGS, só fala besteiras. Vaza do Brasil.

José
José
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Então,segundo o seu raciocino, tem que¨reintegrar uma província rebelde¨, Brasil, ao continente¨, Portugal.
São infindos os casos.

Augusto Mota
Augusto Mota
Reply to  Fabio Mayer
2 meses atrás

São a pior praga da humanidade, torci tanto para que o protesto na Praça da Paz Celestial derrubasse esse regime assassino e tirânico, mas os comunas massacraram e trucidaram todos os estudantes, é difícil se rebelar contra forças militares maciças e poderosas criadas para matar o próprio povo e o resto do mundo que se meter no caminho deles. Que Deus e os EUA nos ajudem, ou seremos comidos por eles literalmente.

Dimi.ferreira
Dimi.ferreira
Reply to  Augusto Mota
2 meses atrás

Aí é que esta….os EUA nao ajudarao sem uma gorda..gigantesca benevolencia de algum pais que quiser ficar debaixo de suas asas…..e essa historia ainda vaaiiii longeeeee….

Space jockey
Space jockey
Reply to  Augusto Mota
2 meses atrás

Que NÓS nos ajudemos e criemos vergonha na cara para não depender de nenhum desses dois, assim como fez a Índia.

Rafael
Rafael
Reply to  Space jockey
2 meses atrás

O primeiro comentário sensato que leio aqui na trilogia sobre EUA x China. Parabéns.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Space jockey
2 meses atrás

Até pq no grande esquemas das coisas o Brasil não é ninguém… triste mas verdade!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Carlos Gallani
2 meses atrás

Brasil só sabe fazer esquema para roubar o próprio povo, maioria aqui são desmiolados, exceto EU!

Andre
Andre
Reply to  Fabio Mayer
2 meses atrás

Fabio, gostaria de destacar dois itens da declaração de Praga, do parlamento europeu, em 2009 (https://www.europarl.europa.eu/sides/getDoc.do?pubRef=-//EP//NONSGML+MOTION+B6-2009-0165+0+DOC+PDF+V0//EN) A. whereas the 20th-century history of Europe is marked by massacres of human beings by other human beings on an extraordinary scale made possible mainly by the usurpation of absolute power by totalitarian Communist and Nazi regimes, E. whereas there is an evident need for the public exposure and for a moral assessment of the practices of the totalitarian Communist regimes, which took the form of systematic and ruthless military, economic and political repression of the people by means of arbitrary executions, mass arrests,… Read more »

PACRF
PACRF
Reply to  Fabio Mayer
2 meses atrás

Uma guerra contra Taiwan não interessa à China, pois implicaria na destruição da ilha, que é um polo de desenvolvimento econômico. Além disso, implicaria em problemas diplomáticos, que teria que enfrentar em um momento de fragilidade por causa da pandemia. Capitalistas sendo capitalistas: invasão de Granada, do Panamá, do Iraque (duas vezes), ataque à Líbia e invasão do Afeganistão, pois guerras são criadas por razões econômicas/políticas. Independentemente do protagonista ser “comunista” ou “capitalista”.

Peter nine-nine
Peter nine-nine
Reply to  Fabio Mayer
2 meses atrás

Pandemia que eles criaram….. 198 ignorantes metem like nisto…..

Pandemia que eles criaram… Os coronavírus não são de hoje, não são criação chinesa. Como todos os vírus, estes sofrem mutações, no ser-humano ou em animais, nesse sentido, não só era uma questão de tempo que o SARS-CoV-2 surgisse, como é apenas uma questão de tempo que um novo surja, no mesmo ou em qualquer outro país.

DfA
DfA
Reply to  Peter nine-nine
2 meses atrás

Independentemente da origem do virus, parece estares esquecido do aproveitamento politico e economico que o Governo totalitario Chines está a fazer.
E sim foram eles(chineses) os responsaveis pelo surgimento da nova estirpe do Covid provocado pelo seu apetite insasiavel por especies exoticas acondicionadas em condições deploraveis.
Antes de chamares ignorantes aos outros reflete um pouco sobre a tua sensatez…

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Fabio Mayer
2 meses atrás

Só explica o que a China ganharia causando uma pandemia só para retomar uma ilha?
Distração, não tem como.
Enfraquecer adversárioa militares?
Tambem muito dificil.
Só o que vai acontecer com a pansemia e uma recessão ecobômica que vai atingir todos, incluso a China.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

Infelizmente mais cedo ou mais tarde isso vai estourar num conflito.

Victor Filipe
Victor Filipe
2 meses atrás

Taiwan tem capacidade militar para cobrar caro uma invasão chinesa. e é por isso que a china ainda não invadiu. china quer mostrar poder e força para tentar trazer a ilha de forma pacifica porque ela sabe que se for conquistar na força apesar de conseguir conquistar os custos da conquista fariam a empreitada militar ser um baita prejuízo financeiro e material…

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Nem a URSS era tão voraz assim nos tempos da
Guerra Fria com é a China hoje em dia.

Pedro
Pedro
Reply to  Vinicius Momesso
2 meses atrás

Só perguntar a própria China e ao Japão esta afirmação. A Rússia é o império mais guloso da história, e ainda nem citei Ucrânia.

Moriah
Moriah
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Acredito que eles possuam um estoque grande de mísseis anti-navio e antiaéreos para manter a PLAN longe de um desembarque seguro. Imagina o Liaoning sendo atingindo por um ou dois desses…

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Concordo, Tawian vai conseguir resistir o suficiente para uma reação americana que deve acontecer por conta de acordos de defesa. Uma união pacífica como aconteceu com a Alemanha só vai ocorrer se acontecer na China o que aconteceu na Alemanha o fim do regime comunista, mas apesar da China ter uma economia cada vez mais voltada para o mercado o Partido Comunista Chinês não esta dando sinal de uma abertura política, pelo contrário ele esta firme e forte no poder.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Exatamente… E Taiwan tem de redobrar suas capacidades inclusive de lançar misseis em direção à Pequim para ficar bem, mais mutissímo caro essa invasão. E a China invadindo, Taiwan tem usar tática de terra arrasada para não deixar nada para China. Nem os ossos dos Taiwaneses para eles pisarem!

nonato
nonato
Reply to  Luiz Trindade
2 meses atrás

Poderiam ter mísseis nucleares.
Inclusive armas em outros países como Japão e Coreia do Sul.
Talvez Guam, também.

sergio ribamar ferreira
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Concordo com o sr. Victor. toda ação mesmo bem planejada sofre uma reação. a China continental pode sim sofrer danos militares e econômicos mesmo ganhando. “Seria uma vitória de Pirro.”

Carlos Borsa
Carlos Borsa
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Concordo contigo Victor. Você lembra do conflito China e Vietnã do Norte em 1979? Durou um mês com pesadas baixas para o exército chinês.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Se a China invadir vai sofrer sanções econômicas. A China é vassalo do mundo, se ninguém consumir dela e ela não poder comprar o que necessita, acabou a China.

G SILVA
G SILVA
2 meses atrás

É bom os EUA irem se acostumando que após o período pós coronavírus, a correlação de domínio mundial será pelo menos tripartite : China/EUA/RUSSIA !

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  G SILVA
2 meses atrás

Já é.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Já é (2).
E com os relatórios do FMI divulgados hoje, a posição da China spo vai se fortalecer.

XFF
XFF
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Já é (4)

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

A China é aquele jogador de WAR que já dominou todo tabuleiro, só que não fez alarde, manteve o silêncio e tá só vendo os dados rolarem…

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  G SILVA
2 meses atrás

Já é (3) .
E não muito longe, a Índia vai morder uma parte desta pizza! 😉

Space jockey
Space jockey
Reply to  Tomcat4,2
2 meses atrás

E o gigante bobão do Sul dorme em berço esplendido.

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
Reply to  Space jockey
2 meses atrás

O braziu não é uma nação…É só um país…

Mgtow
Mgtow
Reply to  Space jockey
2 meses atrás

O gigante bobão agora assassinado de vez por esse grupo de bandidos que aí está. Jogaram-nos para ficar embaixo dos EUA.

Andre
Andre
Reply to  G SILVA
2 meses atrás

Russia é ex potência, vive de seu passado glorioso e de seus ICBMs soviéticos. Hoje divide o segundo escalão com países como França e RU (o que não e pouco mas…) e já está atrás da China.

A China é a bola da vez para ameaçar a hegemonia americana. Vamos ver até quando…

XFF
XFF
Reply to  Andre
2 meses atrás

André….
A Rússia não buscar dominar o mundo, eles apenas se preocupam com segurança deles. Já possuem segurança garantida, pois ninguém ousaria a atacar ou invadir a Rússia. Até Tio Sam morre de medo da Rússia.

Andre
Andre
Reply to  XFF
2 meses atrás

Assim como o reino unido e a França….como eu disse, virou potência de segunda. E esse medo mútuo assegurado é graças aos anos dourados da URSS e seus icbms.

PauloOsk
PauloOsk
Reply to  G SILVA
2 meses atrás

Its all fun and games, ate a US Navy aparecer com o Big stick na mao. Ai nao tem macho que fica na frente pra conta historia.

Jota Ká
Jota Ká
Reply to  PauloOsk
2 meses atrás

Big Stick contaminado por corona! 😊

Agnelo
Agnelo
Reply to  G SILVA
2 meses atrás

Rússia????? Menos…
China… Tá crescendo muito, mas quando a construção civil falsamente motivada acabar, quando a Indústria Militar precisar se manter, quando as províncias q estão na idade média quiserem o mínimo de vida normal e com a reestruturação das relações de comercio e produção se reorganizarem pos-COVID, como será o crescimento?
No mais… obviamente não há como Taiwan vencer a China, mas vai custar muuuuuito caro e, principalmente, como a China garantirá legitimidade frente ao mundo?
Pode a China enfrentar o mundo?
Novamente, após o COVID, o domínio silencioso q a China construiu vai diminuir.

XFF
XFF
Reply to  Agnelo
2 meses atrás

Angelo…
Que mundo é esse que você fala? O que eu saiba é que o Brasil não vai fazer nada.rs

Agnelo
Agnelo
Reply to  XFF
2 meses atrás

Um mundo q se adapta frente bizarrices como a China…. e frente pessoas q apoiam barbaridades onde a bandeira é vermelha, mas choram com o mínimo de “aperto” onde há democracia.
kkkk

NEI
NEI
Reply to  Agnelo
2 meses atrás

Problema é como se adaptam. Forçando seus trabalhadores terem jornadas de até 12 horas. Isso que é gostar de seu povo. Já aqui no Brasil, é roubar o povo não ser preso por isso.

Tomcat4,2
Tomcat4,2
2 meses atrás

Já vejo que daí sairá a treta da terceira guerra mundial.

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Tomcat4,2
2 meses atrás

Terceira e última.

Paulo
Paulo
2 meses atrás

Esse comportamento me lembra perfeitamente o Japão em 1937. Eles eram militarmente superiores no pacifico. Não acreditavam na vontade americana em querer lutar. Os Chineses estão brincando com a capacidade americana de defenderem Taiwan 🇹🇼. Trump já demostrou em várias oportunidades que sabe blefar e endurecer. Os Chineses vão acabar tomando uma coça… quando preciso os americanos sabem lutar, a história já demonstrou isso várias vezes. O Japão aprendeu muito bem essa lição. Pelo visto a China não aprendeu com a História.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Uma coisa é ruim, a China não é o Japão. O potencial econômico e militar da China moderna supera o japonês antes da Segunda Guerra Mundial.

João
João
Reply to  Evgeniy (RF).
2 meses atrás

É um fato! Estamos falando de 1937 e 2020. Assim como há uma grande diferença na capacidade militar americana em 1945 e em 2020. Analise com a devida proporção.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Evgeniy (RF).
2 meses atrás

Comparar a China com o Japão antes da 2 Guerra Mundial não tem muita utilidade. A China deve ser comparada com a URSS e apesar da China investir proporcionalmente menos em Defesa, ela possui uma economia muito maior, mais moderna e mais diversificada. Além de uma população muito maior também. Portanto, a URSS perdeu no poder econômico para os EUA, já a China superou a economia americano em 2014 e em 2023 terá o PIB de 1 EUA e Meio. Daqui a míseros 3 anos. Isso não sou eu que diz, é o FMI. Só entrar e checar. Eles divulgam… Read more »

João
João
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Será mesmo!?!? Vender todos os insumos do mundo e ganhar muito dinheiro com isso não faz da China 🇨🇳 o xerife do mundo. Se fosse assim, a Alemanha seria uma super potência. Muito superior aos Ingleses. O arsenal nuclear americano é muito superior ao chinês. Tá bom para você? Ou você acredita mesmo que dominar o mercado de máscaras faz da China a nação dominante 😏

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  João
2 meses atrás

João o Sr. Realmente acredita naquele Arsenal nuclear divulgado há anos?
Existem estudos sérios que indicam que a China está ampliando modernizando seu arsenal nuclear para níveis muito próximos dos EUA e Rússia.
Ou o Sr. Acha que o Trump resolveu sair de acordos com a Rússia e modernizar o arsenal nuclear porque?

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Luis,

As relações econômicas irão mudar daqui para frente. O consumo Americano de produtos feitos na China ja está diminuindo.Polo

A dependência nos produtos importados da China, serão canalizadas para outras fontes.
O Brasil poderia inclusive se tornar um polo atrativo para as indústrias que estarão migrando para for a da China.

O mundo mudou e nada será como antes.

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Evgeniy (RF).
2 meses atrás

Um esforço de guerra da população americana com renda per capta superior à da China tem o potencial de causar um boom em termos de armamento, surgimento de novas tecnologias, rapidez de lançamento de navios etc.
Se há uma coisa que ninguém dúvida é do patriotismo americano quando a coisa fica feia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Lúcio Sátiro
2 meses atrás

Esforço de guerra com renda per capita?
Então, Luxemburgo seria a maior potência do Planeta.
Esforço de guerra depende da produção total e não per capita.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Japão em 1937 – 100 milhões de habitantes.
China em 2020 – 1,4 bilhão de habitantes.
Há uma ‘pequena’ diferença entre eles.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Não entendi, explica melhor…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  DOUGLAS TARGINO
2 meses atrás

O fato é que até a 15 anos atrás a China não tinha nem Marinha de águas azuis direito. Não tinham meios, nem navais, nem aéreos, de se colocar uma força expressiva aonde quer que fosse no globo, nem mesmo em Taiwan, que é pertíssimo do continente. A coisa mudou de figura. Hoje eles tem capacidade de enviar tropas mais do que suficientes para tomarem Taiwan e certamente tem recursos para fazerem isso. Claro que à um custo significativo e com todas as consequências decorrentes dessa decisão. Claro que não se pode pensar em armar toda a população Chinesa, porque… Read more »

XFF
XFF
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

Ninguém morre de amor por Taiwan, somente Tio Sam. Acho que Tio Sam não entraria em confronto militar com uma potência nuclear pra defender uma pequena ilha.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  XFF
2 meses atrás

Verdade. Mas a noção da coisa não é simplesmente salvar Taiwan, mas sim à si mesmo em longo prazo. Assim como tem muita gente que acha que se tivessem parado a Alemanha quando ela remilitarizou a Renânia, Hitler não teria sido tão voraz nos anos imediatamente posteriores. O conceito é o mesmo.

Mas sim, muito pouca gente morre de amor por Taiwan e te garanto que muitos dentro dos EUA não acha que valem à pena segurar Taiwan, mas é aquele negócio, são facetas da democracia, coisa com a qual a China não precisa se preocupar.

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

Não farão isso no curto prazo. O preço será altíssimo.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  José Carlos David
2 meses atrás

Concordo com você, José Carlos David.

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

É bem por aí, ou se traça uma linha vermelha em Taiwan, ou veremos a repetição dos erros históricos do ocidente, em não reprimir de imediato as invasões perpetradas pela Alemanha e Japão, que arrastaram o mundo para a 2ª GGM. O governo comunista chinês é que nem tiririca num gramado, você a vê e nada faz, uma semana depois ela se alastra e você nada faz, passado um mês seu gramado começa a morrer. Eles já testaram o mundo várias vezes, primeiro quando forneceram armas e tecnologia nuclear a Coreia do Norte, depois quando unilateralmente traçaram a “linha das… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  DOUGLAS TARGINO
2 meses atrás

‘Não entendi, explica melhor…’

Os números não mentem.
A China é um problema muito, mas muito maior para os EUA do que foi o Japão.
Não há como comparar, principalmente levando-se em conta o fato que a China está assumindo a predominância mundial em quase todos os campos.
E os campos militar, político e econômico não serão exceções.

Edimar
Edimar
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Quando cita a quantidade de habitantes eu apenas vejo a quantidade de baixas civis.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Edimar
2 meses atrás

Edimar, no esforço de guerra, quase todos vão à luta. Ou como tropa ou na cadeia logística de armas e alimentos. Uma população de 1,4 Bi conta muito nesse quesito. Claro que não é só isso. Mas é um fator a ser considerado. Por isso o PIB total diz mais do que o per capita em caso de guerra. Pois reflete a capacidade de produção de um país. Em esforço de guerra se amplia consideravelmente esta capacidade produtiva para produzir armas, munições, etc. Por isso o Brasil que é um anão militar do ponto de vista de modernidade e quantidade… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Econômico? Vai competir
Militar? Precisa mais… ter não é operar
Político? A China não tem mesmo a mesma influência americana no mundo.
E cientifico- tecnológico e psicossocial? Esqueceu?
Em ciência e tecnologia, quem produz e quem cópia?
No psicossocial? O mundo vê qual cinema? Ouve qual música? Fala qual língua? Q roupa q veste? A produção cultural q sobressai no mundo é de quem?

Thiago
Thiago
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Imensa diferença nos número, mas sobretudo há fatores geográficos que incidem ainda mais. O Japão é um arquipélago, bastante pobre e carente de recursos. Relativamente fácil de sufocar. A expansão imperial teve como principal motor justamente a necessidade de dominar e conquistar um próprio espaço vital em busca de recursos na região que na época era sob controle das maiores potências ocidentais. Fatores ideológicos, como racismo e nacionalismo exacerbado; a vontade de revanchismo contra o ocidente( odiado mas admirado); a militarização da sociedade e a cultura nipônica fizeram o resto.
A China são outros quinhentos.

Paulo
Paulo
Reply to  Thiago
2 meses atrás

ué?!?!? E a China hoje é como? A indústria Chinesa vive de que? De onde vem o alumínio Chinês? De onde vem o Petróleo Chinês? De onde vem a segurança alimentar Chinesa? Que nome se da ao que o partido comunista chinês faz na sociedade chinesa? São outros quinhentos? Que quinhentos?

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Concordo. A China é um tigre desdentado. Se fechar o comércio mundial eles morrem de fome. Basta cortar a quantidade de soja dos Estados Unidos, Brasil e Argentina mandam pra lá. Eles vão praticar o canibalismo.

Thiago
Thiago
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Paulo, contextualize as coisas ! Voce quer equiparar o mundo de inicico 1900 com hoje ? Um pouco de história e um mapa fariam bastante clareza na sua mente. A China tem um território continental similar ao dos EUA, tem profundidade estratégica, tem recursos para sobreviver e resistir, talvez não o suficiente para se desenvolver, mas um território tão imenso faz toda a diferença, a Grande Marcha de Mao deixou algumas noções disso , não? Com certeza importa muitas materias primas mas em um regime de ” livre mercado”, onde ninguém é obrigado, totalmente diferente do sistema vigente na época,… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Sim são outros quinhentos, aliás outro mil! Se voce desconsidera noções geográficas históricas políticas e econômicas não é culpa minha. Estrangular um pais continental como a China não é brincadeira, ainda mais hoje que adquiriram grande capacidade técnica e industrial. Não foi brincadeira derrotar a Alemanha nazista que era minúscula quando comparada aos aliados, por população economia e extensão geográfica. Na época para você ter noção o Império britânico reinava sobre 24% da população mundial, enquanto a Alemanha representava o 3,8 da população mundial. O PIB dos EUA na época era mais que dobro do alemão ( que pôr sinal… Read more »

XFF
XFF
Reply to  Thiago
2 meses atrás

Belas aulas em Geopolítica , Thiago!.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Thiago
2 meses atrás

A China hoje tem cerca de 20% do PIB mundial em PPP.
Enquanto os EUA 15%.
Dois monstros.
Mas a China está se distanciando muito rápido.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Thiago
2 meses atrás

Boa Thiago, mas eu colocaria os fatores ideológicos como o principal e a crença do espaço vital como consequência desse pensamento que você descreveu.

Thiago
Thiago
Reply to  Augusto L
2 meses atrás

Augusto L, certamente, conceitos e teses geopoliticas da época estritamente ligada às ideologia daquele século. Racismo, Nacionalismo etc. Sou porém do parecer que as ideologias acobertam e procuram justificar os interesses ( os que hoje sao chamados interesses nacionais), não os criam . Se não fosse o conceito do espaço vital da geopolítica nazista seria inventadas outras teses para justifica-los. Assim como todas as nações do mundo fizeram e criaram as próprias “mitologias”, narrações, tese e ideologia para justificar e embasar seus objetivos. Abraços Augusto

João
João
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Amigo, num mundo com armas nucleares, o fator populacional não tem peso algum. Recomendo o primeiro capítulo do documentário “A Guerra do Pacífico em Cores”.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  João
2 meses atrás

João

Pau que dá em Chico, dá em Francisco.
A probabilidade dos EUA pulverizarem a China é a mesma da China pulverizar os EUA.
Dito isto, passando para os campos militar convencional e econômico, a China está nadando de braçada.

Joao
Joao
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Amigo Antoniokings! Tu é muito querido pelos seus comentários kkkkkkkkkk obs: não há garantia de destruição mútua 🇺🇸 🇨🇳.

USS Independence
USS Independence
Reply to  Joao
2 meses atrás

O torcedor-comentarista fanático por comunistas e vermelhos, parece torcer para a turminha de olhos puxados destruir o mundo.
As vezes acho que faz isso só pra provocar. Não acredito de coração que alguém que viva em uma democracia, falha, mas mesmo assim uma democracia, fique tão empolgado com a possibilidade de ver um regime ditatorial comandar nossas vidas.
Parece um psicopata vendo filme de policial e torcendo para o criminoso.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Mais alvos…

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Kings e suas fake news… sempre… parece o Governo da China ou o Lulla: em suas coletivas quando começava a falar numeros que ninguém conferia…

População do Japão:

69,25 milhões de habitantes em 1935
71,9 milhões de habitantes em 1940
72,14 milhões de habitantes em 1945
83,2 milhões de habitantes em 1950

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
2 meses atrás

Que seja, mais longe ainda dos quase 1,5 bi da China.

NEI
NEI
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Fake

RockShooter
RockShooter
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Depois que inventaram os artefatos nucleares, o número populacional se tornou insignificante!!
No caso da China, serão apenas mais bocas para alimentar, que se tornarão mais pessoas para morrerem de fome!!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  RockShooter
2 meses atrás

Todo mundo numa guerra passa fome, pois todas as fábricas são orientadas para fabricar munições e ração para milico, até os EUA tiveram desabastecimento de alimentos na WW 2.

Marcelo Binot
Marcelo Binot
Reply to  Paulo
2 meses atrás

A China não é o Japão, o manpower chinês é imenso, a indústria e os recursos naturais tbm. Lembrando da guerra da Coréia onde os chineses quase chutaram a ONU de lá.

Tiger 777
Tiger 777
Reply to  Marcelo Binot
2 meses atrás

Tua opinião, não tem embasamento histórico.
Os Chineses tiveram 500.000 baixas militares.
E a ONU, manteve o governo de Seul.
Estude antes de comentar.

Pedro
Pedro
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Rapaz, mais uma vez no mesmo tópico, eu digo, os EUA, sempre contaram que a China continental, mais cedo ou mais tarde iriam retomar a ilha. É bem sabido isso pela diplomacia Americana, no mínimo desde do reinício das conversações e aproximação na década de 60 e 70.

Abraço.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Paulo. Ótimo comentário. A história mostra como o Japão, que era uma das maiores potências na época da segunda guerra mundial, subestimou o poder de construção industrial dos EUA.
Não dá para comparar o nível de produção do Japão daquela época com a China de hoje. Mas a China ainda tem um ponto fraco menos relevante nos EUA, a dependencia em commodities básicos (como ferro e alimentos) estrangeiros.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
2 meses atrás

A China tem hoje cerca de 25% da produção industrial do Mundo e aumentando essa participação.
Os EUA têm cerca de 15% e perdendo participação.
Esses dados são de 2017.

Em 2005, a China tinha 11,5% e os EUA 20,2%.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Paulo
2 meses atrás

Falando asneira. Quando que a historia mostrou isso? Nas grandes guerras os EUA entraram no final ja pegando os adversarios em frangalhos. Depois disso só invasões a nações militarmente atrasada. Só pra lembrar na guerra da Coreia, a China com um exercito de caponeses entrou de voadora na cervical tanto dos EUA e seus lacaios ocidentais e os varreram do territorio norte coreano.

Marcelo Binot
Marcelo Binot
2 meses atrás

A probabilidade de um conflito de maiores dimensões envolvendo potências regionais e globais na região vem aumentando. O mundo deve estar preparado psicologicamente e militarmente para isso. Uma pena, nós aqui estarmos andando a caminho de tartaruga para uma modernização. Ainda agradecendo que projetos como as nossas “fragatas”, submarinos e caças estão andando. Precisamos de mais equipamentos de qualidade.

João Bosco
João Bosco
2 meses atrás

O problema é o seguinte: economia. SE os chineses invadirem Taiwan, devem lembrar que o boicote econômico dos EUA e Aliados diretos (EUA, UE, aliados da Ásia e Oceania – Austrália e Nova Zelândia ) e indiretos será enorme, fora o boicote da ONU e provavelmente até da Rússia – que não vai querer ter problemas econômicos com a UE e aliados e até com os EUA por causa dos chineses . Ai , fica a questão: vale a pena a China entrar numa fria – prepare-se ara a guerrilha, pois os Taiwaneses não vão se entregar fácil a ilha… Read more »

Moriah
Moriah
Reply to  João Bosco
2 meses atrás

Isso que já tem 50 grandes empresas saindo da China em meio à guerra comercial com os states. Com o Covid-19 já parece tendência…Agora com uma invasão pura e simples de Taiwan, que deve levar a guerra até o nível mais dramático e televisionado ao mundo todo, aí é que não fica ninguém na China. Só um bloqueio de Brasil, África do Sul e Austrália com minério de ferro e outros metais, mina o gigante asiático… E ainda tem petróleo, etc… Ou seja, não vale a pena. A única maneira seria uma anexação pacífica, o que não está nos planos… Read more »

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  João Bosco
2 meses atrás

Tal como a Alemanha e o Japão antes da 2ª GGM a expansão bélica e industrial chinesa mostra-se apenas aparentemente invencível. A China é o que se denomina nas Relações Internacionais, como sendo uma potência de tempos de paz, visto que não possui em seu território dos insumos necessários a manutenção sustentada de um esforço de guerra contra forças aliadas ocidentais. Apesar de seu vasto território, a China possui severa dependência da normalidade do tráfego marítimo internacional, para a manutenção de sua segurança alimentar e para a obtenção de insumos básicos industriais, tais como, petróleo, minério de ferro, bauxita/alumina, alumínio,… Read more »

Moriah
Moriah
Reply to  2Hard4U
2 meses atrás

Exatamente

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  2Hard4U
2 meses atrás

Perfeito. E é bom lembrar que quanto mais industrial uma sociedade, cada vez mais camadas dessa sociedade são dependentes dessa indústria. Quando ela vem à diminuir ou cessar suas atividades, muito é afetado.

α Tau
α Tau
Reply to  2Hard4U
2 meses atrás

Basta a China fazer apenas um embargo de suas reservas de terras raras e em seis meses entregam os pontos…

Dr. Pimpolho
Dr. Pimpolho
Reply to  α Tau
2 meses atrás

Alguem come terras raras? Embargo por embargo…

α Tau
α Tau
Reply to  Dr. Pimpolho
2 meses atrás

A China é o maior produtor de terras raras e detém as maiores reservas…Ela controla mais de 90% de toda a produção e fornecimento de terras raras do mundo… Os eua dependem dela para cerca de 80% de seus metais de terras raras…Para demonstrar sua importância estratégica, os metais de terras raras estão entre os poucos itens chineses que o governo trump excluíram da lista de itens sujeitos a tarifas/impostos extras…. Os metais e ligas que os contêm são usados em praticamente toda e qualquer tecnologia…principalmente militar…Um embargo da China comprometeria seriamente as capacidades de fabricação de armas dos eua… Read more »

sergio ribamar ferreira
Reply to  2Hard4U
2 meses atrás

Concordo com o Sr. 2Hard4u. A China depende de tudo. Existe uma área desértica imensa.. Porém, caso ocorra um conflito a hipótese provável é um efeito dominó que afetará toda Ásia: Japão as duas Coreias, Vietnã, Índia etc. Também como hipótese caso a China continental venha a invadir Taiwan as consequências seriam como uma vitória de Pirro. O enfraquecimento econômico e militar seria inevitável. Sr. 2Hard4U seu raciocínio perfeito. Grande abraço e desculpe a intromissão.

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  sergio ribamar ferreira
2 meses atrás

Sergio estamos aqui para discutir ideias e cenários.
Grande abraço também.

Thiago
Thiago
Reply to  2Hard4U
2 meses atrás

Um embargo global seria imaginável se a comunidade internacional inteira estivesse declaradamente apoiando os EUA e Taiwan. Quantos países hoje reconhecem Taiwan ? Pouco mais de meia duzia, quase ninguém quer quebrar as relações com a RPC por Formosa. Quanto a dependência do tráfico marítimo isso vale para todos os países do mundo, pós quem controla essas rotas marítimas( passagens istmos e canais estratégicos para o comércio global ) são os EUA, com seu formidável poder naval. Potência talassocratica por excelência. Mas é ja visível os projetos em obra da República Popular Chinês para assegurar e manter o fluxo de… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  2Hard4U
2 meses atrás

Concordo que para a RPC não iria ser rentável retomar a ilha por meio militar. Por via econômica, diplomática e cultural é bem mais plausível daqui à algumas décadas. O braço militar é mais uma pressão par mostrar que todo o jeito não haverá saída.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
2 meses atrás

Que legal, veremos as esmagadoras forças chinesas em ação… pela primeira vez… sem tiros de festim ou mesmo em paradas militares contra uma coalisão bem treinada em combate.

Se fosse Russo começaria a pensar em reforçar o flanco leste

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Ricardo Bigliazzi
2 meses atrás

Você não pode pensar.

ALTAIR IGNEZ DE SOUZA
ALTAIR IGNEZ DE SOUZA
2 meses atrás

Posso até estar enganado, mas tudo isso não passa de simples provocação, presidente chines não seria tão louco a esse ponto, sabe que enfrentaria uma guerra com poucas chance de vencer, todos paises da região se uniriam contra ela com uma ou outra exceção, sem contar o próprio povo, que vive sob um regime autoritario que aproveitariam para tentar derrubar o governo.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
2 meses atrás

Essa discussão sobre poderio militar de um, de outro, de dois ou de tres é pura perda de tempo. Já se sabe qual o maior poder para destruir qualquer país, seja China, EUA ou Russia. Um agente invisível com material genético encapsulado. E tome isolamento. Tudo é paralisado e a paura toma conta de qualquer machão. Alguém ainda tem dúvidas?

fernando
fernando
Reply to  Luiz Antonio
2 meses atrás

Ainda tem gente que acredita que a proxima guerra será atomica….

pangloss
pangloss
2 meses atrás

Taiwan/2020 será a Tchecoslováquia/1938 ou as Malvinas/1982?

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  pangloss
2 meses atrás

Será a Polônia!

Rafael M. F.
Rafael M. F.
Reply to  Carlos Gallani
2 meses atrás

Ou a Finlândia…

Jagderband#44
Jagderband#44
2 meses atrás

Agora vai.

Mauro
Mauro
2 meses atrás

Vão desmoronar sem que seja necessário disparar um único tiro.

O mundo inteiro está retirando suas empresas de lá. Japão, Coreia do Sul, Europa e Estados Unidos. Acabou a farra de uma suposta mão de obra abundante e barata.

Japão e Coreia do Sul estão pagando dois bilhões de dólares por cada empresa que abandone a China, União Europeia proibiu empresas chinesas de comprarem empresas europeias e está chamando as suas de volta. EUA estão fazendo a mesma coisa.

Acabou, fio.

Nilton Reis Jr.
Nilton Reis Jr.
Reply to  Mauro
2 meses atrás

O nível de desilusão dos vira-latas é impressionante.
Lembrando que essa neo-xenofobia não ajuda ninguém – nem mesmo os propagadores, os EUA.
A ascensão da China é tão cristalina quanto o nascer do sol.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
Reply to  Nilton Reis Jr.
2 meses atrás

Não é neo-xenofobia. É fato.

Custos de produção na China se tornaram elevados, e a Covid-19 cataliza um movimento que já se encontra em andamento: mudança da cadeia de suprimento da China para Índia e países do Sudeste Asiático.

Mesmo empresas chinesas estão se movimentando nesse sentido.

cerberosph
cerberosph
Reply to  Rafael M. F.
2 meses atrás

Isso só mostra que a produção industrial Chinesa esta madura e não interessa mais produzir bens com pouca complexidade industrial, Por isso a Xiaomi está mudando suas fabricas para a India e a Sansung e a Apple para a Malásia, Vietnam etc. Essa exportação só demostra que o capital na China entrou em um nível mais elevado.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
Reply to  cerberosph
2 meses atrás

Madura?

China ocupa o 19o lugar em complexidade econômica. o Top 5 é composto respectivamente por Japão, Suíça, Coréia do Sul, Alemanha e Cingapura.

Nível mais elevado? Faça-me rir…

Os dias de hub manufatureiro da China estão contados…

Lucianno
Lucianno
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Está correto a União Europeia proibiu mesmo. Como o Brasil não fez o mesmo o chineses estão comprando tudo por aqui, principalmente no agronegócio.

Jagderband#44
Jagderband#44
2 meses atrás

Falando sério. Sabemos que nada vai acontecer.
O PC chinês não é bobo de invadir TW e sofrer um embargo econômico sem precedentes.
Não terá petróleo, minério de ferro, soja entre outros. Como alimentar 1,4 bi de bocas?
Não tem pesqueiro ilegal que chegue a tempo.
É só mais um daqueles movimentos de blefe que já vimos tantas e tantas vezes.

Décio
Décio
2 meses atrás

A China ainda vai causar a terceira guerra mundial tudo por ganância e poder.

Antunes 1980
Antunes 1980
2 meses atrás

A China vai lançar bombas como estas aqui !

– 1957: gripe asiática
– 1968: gripe de Hong Kong
– 1997: gripe aviária A (H5N1)
– 2003: SARS
– 2019: COVID-19

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Antunes 1980
2 meses atrás

O COVID-20 está em gestação.

Tiago Jeronimo Lopes
Tiago Jeronimo Lopes
2 meses atrás

Não defendo a ideia, mas que o momento seria o ideal pra China invadir, estrategicamente falando, seria.

Diego
Diego
Reply to  Tiago Jeronimo Lopes
2 meses atrás

Com a economia americana fechada pelo vírus e o foco mundial na pandemia, tb concordo.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Diego
2 meses atrás

Mas vc não tenha dúvida que a mobilização de guerra colocaria a quarentena em segundo plano, a china atacar Taiwan hoje arrastaria o Otan inteira para o conflito, seria a terceira guerra mundial e a Rússia assistiria sem se envolver e de camarote!

Lucas Lima
Lucas Lima
2 meses atrás

Off-topic: Se esse coronavirus foi feito em laboratorio ou nao ngm sabe..mas parece que qualquer “deterrence” biologica que os EUA poderiam ter foi pro espaço! Digo isso pq desde sempre acompanho nao somente em filmes..todo um suposto poder de guerra biologica dos mesmos..divisão grande do exercito em pesquisas sem fim de curas e em armas biologicas..fato é que ngm gastaria milhoes pra produzir um virus pra ser facilmente debelado, no entanto, um virus de letalidade baixissima e com grupos de risco bem definidos praticamente arrasou o império e fechou o mundo! Existem virus com potencial pandemico com letalidade na faixa… Read more »

Maurício.
Maurício.
2 meses atrás

Ué, mas um exercício militar não é em si uma preparação para um possível confronto? Ou os países fazem exercícios militares apenas para se divertirem?
No mais, acho que a China não vai invadir Taiwan, e se invadir, dúvido que os EUA se metam, para modernizar e vender novos F-16 já foi uma lenga-lenga, a Rússia fez o que fez na Criméia e ficou por isso mesmo, os grandes não brigam entre si.

Anderson Rodrigues
Anderson Rodrigues
2 meses atrás

Taiwan precisa da segunda emenda, e misseis nucleares.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
2 meses atrás

A direita nutella sempre com teorias de China cria virus bla bla bla, pode começar jair se acostumando, a China é potência militar e econômica, na Asia é hegemônica, cedo ou tarde vai fazer um acordo com a província rebelde e se consolida ainda mais o restabelecimento dos seus território, alias, esta claro em seu livro de defesa.

Andre
Andre
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Isso já foi combinado com Taiwan, com o Japão, com os EUA, ou está apenas no livro de defesa chines?

Em caso de guerra, como a china faria para retirar o volume gigantesco de dinheiro que ela tem investido no EUA?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Andre
2 meses atrás

Não sei Andre só eles sabem o que fazer, mas imagino que eles tenham feito algum cenário para uma situação como essa.

Victor Filipe
Victor Filipe
2 meses atrás

Eu não acho que Taiwan vai se entregar pacificamente. apesar da torcida organizada clamar calorosamente que estar em baixo das garras do dragão é algo bom a população de Hong Kong e Taiwan não parecem concordar.

α Tau
α Tau
2 meses atrás

O engraçado é que, quem não concorda com os eua são, ditadores, fascistas, um perigo para a paz mundial…e sempre eles estão certos…e todo o resto está errado…Os eua seguem na linha de confrontar qualquer país que tente ir contra seus interesses, seja no campo econômico, seja no campo militar e não pensam duas vezes em utilizar de seu poderio bélico para isso…

NEI
NEI
Reply to  α Tau
2 meses atrás

Nunca disse isso aqui. Falo que a Democracia é o melhor caminho, ou vc adora o comunismo?

Pedro
Pedro
2 meses atrás

Pessoal, sem resenha. Vocês acham que a China iria aproveitar o momento para realmente retomar parte de seu território. Falo território, que no livro de Henry Kissinger, ele bate muita nesta tecla, que tanto Taiwan, quanto a China, se vêm como China e tratam um e o outro como seu território, somente com governos distintos. E após a reaproximação EUA x CHINA isso era só uma questão de tempo.

Chegou a hora, ou foi exercício de musculatura?

Abraço.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
2 meses atrás

A China é quem sabe… A retaliação financeira caso invada Taiwan vai ser catastrófica para eles. Bem pior que foi para a Rússia. Que Deus nos ajude e evite esse derramamento de sangue!

RICARDO nascimento de Andrade
RICARDO nascimento de Andrade
2 meses atrás

Caros companheiros ,pensemos de forma estratégica por um instante, a China tem plenas capacidades de invadir Taiwan , quando se fala em pesadas baixas devo lembrar que o conceito de guerra chinês. Não leva em conta as baixas como no ocidente, na cabeça dos estrategistas chineses esse não seria o momento oportuno! Pensem bem o s governos mundiais detidos em volta de uma pandemia o único porta aviões mais próximo da área preso em guam ,muito das forças mundiais paralisadas , pensando de forma puramente estratégica esse seria o momento ideal com a economia em frangalhos muitos países ficariam apenas… Read more »

Italo Souza
Italo Souza
2 meses atrás

Quero ver se a China fosse o Brasil e Taiwan fosse Fernando de Noronha, os comentários aqui seriam totalmente diferentes.

Ricardo Barbosa
Ricardo Barbosa
2 meses atrás

Para um desembarque exitoso no litoral de Taiwan (um litoral difícil), a China teria que desembarcar algo como 400 a 500 mil fuzileiros num espaço de 72 horas no máximo. Paraquedistas não contra indicados nesse tipo de teatro. A capacidade de reação de Taiwan é muito rápida, até pela extensão do país e possui forças armadas bem treinadas e com razoável equipamento. Seguramente a China venceria todas as batalhas no ar e no mar, mas duvido que conquistasse a ilha sem pagar um custo impagável . Situação muito próxima do dilema norte-americano de invadir o Japão de 1945.

USS Independence
USS Independence
2 meses atrás

Defender as provocações da China é o mesmo que dizer que os alemães estavam certos em invadir os Sudetos,
A defesa que alguns fazem desse tipo de regime é doentia. Defender ideologias que não respeitam os mais básicos dos direitos humanos é algo que só pode ser estudado como patologia.
Será que esses que defendem China, Venezuela, Coreia do Norte, Cuba ou Rússia já esteve em alguns desses lugares ou é apenas um doutrinado que repete o que escutou de professores dementes em salas de aulas infestadas de comunistas?

USS Independence
USS Independence
Reply to  USS Independence
2 meses atrás

Parece que o moderador não gostou de meu texto.

Alessandro
Alessandro
2 meses atrás

Cansei de dizer que Taiwan perdeu o bonde e deveria ter feito sua bomba atômica, agora pode ser tarde e o conflito num futuro breve deve ser inevitável, os taiwaneses vão perder sua liberdade, suas vidas, e tudo que conquistaram quando a ilha cair na mão desses c o m u n a s.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Mas o problema de Taiwan era logístico, cercada por todos os lados de chineses, acho que nem mesmo os EUA forneceriam o know how para não se desgastar com a China, não tem como comparar com Israel por exemplo, que estava em situação mais confortável para ter logística para seu programas de armas nucleares. Um programa nuclear com meios próprios seria quase impossível de acontecer.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

Sim é vdd, com a China bem ae do lado fungando no cangote realmente a logística deles é bem mais complicada que o normal, ainda mais para fazer testes, por isso que era muito importante a ajuda dos americanos logo após a separação que fizeram da China. Acho que Taiwan confiou e ainda confia demais numa suposta intervenção americana caso a China tente tomar a ilha, acredito que seja por isso que nunca cogitaram criar sua bomba, e vão pagar um preço muito alto por isso no futuro.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
2 meses atrás

Acho que Taiwan só vence a China se esta última tentar desembarcar tropas na ilha, pois no ar a derrota de Taiwan já é certa, a China deve ter todas as coordenadas dos aeroportos, bases aéreas e grandes rodovias taiwanesas que dá para atingir facilmente com mísseis de cruzeiro, visto que Taiwan está a menos de 200 km da China. Uma saraivada grande destes mísseis no nestes pontos e já era a capacidade de combate da força aérea taiwanesa. Já se a China desembarcar tropas na ilha seria um pesadelo para os chineses, já que cada buraco de Taiwan pode… Read more »

UFO
UFO
2 meses atrás

Vale destacar que os EUA estão sem porta aviões na área devido ao covid 19. Em termos táticos, trata-se de um momento único para se atacar Taiwan, pois a resposta americana seria muito limitada.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
2 meses atrás

Não se preocupem pessoal…este exercício de força tarefa foi também só pra conter e combater o narcotráfico pelas proximidades da região, como fizeram no Caribe…Quem sabe dentre breve a Rússia esteja fazendo o mesmo pelas proximidades do reino da arábia maldita também…

Saudemos a Mandioca..!!!…

Kemen
Kemen
2 meses atrás

A China Continental não invadira a China-Taiwan se os U.S.A. não derem sua permissão. Tudo o resto é só fantasia, imaginação e propaganda.

Oséias
Oséias
2 meses atrás

Parabens aos chineses da ilha, são heróis da liberdade por não se ajoelharem perante o regime totalitario do partido comunista chinês, a praga mais perigosa do mundo desde o partido nazista.

Marco
Marco
2 meses atrás

A China tem disposição de fazer um bloqueio naval a Taiwan?

Flanker
Flanker
2 meses atrás

Uma coisa que eu acharia ótimo: destruição total da china …..Não deixar pedra sobre pedra…..e depois salgar a terra para nem ervas daninhas nascerem naquele chão. ….acabaria com o maior poluidor do mundo e diminuiria em 20% a população do planeta….seria ruim para os chinas….mas, ótimo para o resto do mundo.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Hitler, Mao, Stálin, Pinochet, curtiram isso….

Luis
Luis
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

mao curtiu isso.. vc nunca vai falar coisa com coisa na vida? ditadores vão curtir o fim de uma ditadura, impossível tentar levar a sério o q esse apelido irônico escreve

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Luis
2 meses atrás

Hen hein, tem problemas de interpretação de texto meu filhinho?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Flanker, quando eu disse no fim do ano que Winston Churchill um dia estaria no sentado no colo do cap***, você veio cheio de mimimi, agora você deseja que um país inteiro seja destruído por causa de seus líderes ditadores, milhões de inocentes iriam morrer por causa de “meia dúzia” de velhos ditadores.
A sua hipocrisia é impressionante!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Pois é, a única forma de acabar com a China é com armas nucleares, milhões de inocentes morreriam nos ataques e depois deles, com fome, doenças, queimaduras e deformidades. Esse cara aí é um hipócrita, desejar tamanho mal a um povo por causa de meia dúzia de picaretas em Pequim.

Flanker
Flanker
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

Hipócrita? Eu? E quando você, kings, 100-nick e outros e.s.c.r.o.t.o.s da mesma laia defendem o fim de Israel é o que? Daí pode? Ora….vai pro raio que te parta…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Não aceitar o Estado é diferente de pedir que seu povo seja aniquilado.

Flanker
Flanker
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

O meu comentário teve o efeito que eu esperava! O superlativo choca, não é? E qual foi o mal que Churchill fez que lhe condenou ao inferno? Eu escrever o que esctevi sobre a China te incomodou? Pois o que o Xings e outros dizem aqui, demonstrando subserviência e capachismo aos chinas, não te incomoda? Você de fato acredita que eles vão se restringir às suas fronteiras? Você acha que a construção enorme de navios, caças e tudo mais são somente para mantê -los dentro de suas fronteiras? Quando eles estiverem nos ameaçando, direta ou indiretamente, quero ver onde vai… Read more »

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Flanker, nesta vc foi bem infeliz muchacho, matar mais de um bi de pessoas por causa de seus líderes seria o fim da picada !!!

Flanker
Flanker
Reply to  Tomcat4,2
2 meses atrás

Leia meu comentário em resposta ao Maurício…….sejam menos literais……entendam o enredo.
Além disso, não se preocupem como povo chinês…..deixem para se preocupar quando eles notarem suas botas em solo brasileiro.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Flanker, eu te dei uma resposta, mas meu comentário foi deletado! Já percebi que o Galante não gosta que falem mal de Churchill…
Sua ideologia não permite você ver, mas você tem que se preocupar tanto com as botas chinesas mas também americanas.
Não adianta espernear com o poderio chinês, temos que se preocupar com nossa incapacidade de enfrentar um país inimigo, seja ele qual for.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
2 meses atrás

Os chineses estão se achando hein! Estão muito confiantes (primeiro passo para a derrota). Depois que tomaram o Mar do Sul da China, de quebra construiram e militarizaram várias ilhas artificiais e ninguém fez nada, por isso, eles vão continuar apostando alto. Se será que eles não estudaram a História da Segunda Guerra Mundial, que eles mesmo sofreram na carne? Alguém já avisaram para os xing lings o que aconteceu com nações arrogantes, poderosas e militarmente avançadas como eles, especialmente os japoneses e alemães? Outra lição que esses xing lings devem entender: desde que o mundo é mundo especialmente no… Read more »

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Karl Bonfim
2 meses atrás

Poisé e já lemos tempos atrás que já há planos nos EUA para um possível ataque preventivo para frear a China e já haviam pessoas defendendo estas idéias, imagine agora pós Covid e com seus compatriotas morrendo . 😉

Vilha
Vilha
2 meses atrás

Desculpe a desinformação, mas foram relatados casos de infectados dentro dos quadros militares chineses?

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Vilha
2 meses atrás

Obviamente essa informação jamais teremos.

Jagderband#44
Jagderband#44
2 meses atrás

Senhores editores, comentário retido.
Atenciosamente,

USS Independence
USS Independence
2 meses atrás

Seis horas esperando o moderador ter a coragem de banir ou aprovar meu texto.
Parece censura!

XFF
XFF
Reply to  USS Independence
2 meses atrás

Tem certeza que não está usando vários nick fake pra comentar? (USS Independence)

α Tau
α Tau
Reply to  USS Independence
2 meses atrás

Meus comentários também não saem no ForTe e no Poder Naval…

Caravaggio
Caravaggio
2 meses atrás

Em mensagem a Donald Trump, o ex-presidente dos EUA, Jimmy Carter, explicou ao chefe da Casa Branca as razões do declínio americano e da ascensão da China: “…Você tem medo que a China nos supere, e eu concordo com você. Mas você sabe por que a China nos superará? Eu normalizei relações diplomáticas com Pequim em 1979, desde essa data… você sabe quantas vezes a China entrou em guerra com alguém? Nem uma vez, enquanto nós estamos constantemente em guerra. Os Estados Unidos são a nação mais guerreira da história do mundo, pois quer impor aos Estados que respondam ao… Read more »

Tomcat4,2
Tomcat4,2
Reply to  Caravaggio
2 meses atrás

contra fatos não há argumentos!!!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Caravaggio
2 meses atrás

Telefone sem fio, isso aí? Porque essa conversa entre Trump e Carter ocorreu ano passado. Busquei na fonte, da Newsweek. Covid-19 nem passava pela cabeça das pessoas, então seja lá quem escreveu esse texto tinha uma agenda bem definida em mente. Primeiro que não foi Carter quem normalizou as relações com a China. Foi Nixon. Segundo que esse papo dos 300 bilhões é pura balela. Ele falou em 3 trilhões de dólares. A China não desperdiçou um centavo em guerra. E trilhões se preparando para elas. Embora Carter tenha dado bastante ênfase em infra-estrutura, o que é bastante compreensível, ele… Read more »

Claudio Severino da Silva
Claudio Severino da Silva
Reply to  Caravaggio
2 meses atrás

E se tivéssemos tomado U$ 300 bilhões para instalar infraestruturas, robôs e saúde pública nos EUA teríamos trens bala transoceânicos de alta velocidade. “Teríamos pontes que não colapsam, sistema de saúde grátis para os americanos não infectarem mais milhares de americanos do que qualquer país do mundo pelo COVID-19.”
O ex-presidente Obama tentou implantar um SUS americano e foi taxado de comunista (naturalmente pelos donos dos planos particulares de saúde ). O resultado estamos vendo.

ecosta
ecosta
2 meses atrás

Seria muito bom se o Brasil convidasse todo o povo de Taiwan a adquirir cidadania brasileira e trouxesse todo o parque industrial dele para cá. E deixasse apenas a ilha para os chineses.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  ecosta
2 meses atrás

Cara, tenho um colega de profissão nascido em TW. A família mudou-se para o BR nos anos 80 com medo de uma invasão comunista. São bons de trabalho viu?

Wilton Feitosa
Wilton Feitosa
2 meses atrás

Quando começo a ler um comentário onde o cara diz que a china é comunista, paro e vou ver o ano da postagem, e me espanto…
Em plana segunda década do século XXI, ainda há quem ache que a China é comunista ….

USP
USP
2 meses atrás

Até acho que a China vence a batalha “militar” com muitos custos e perdas; Mas, certamente, perderá esta guerra, devido a grande derrota na batalha ¨politica” que a sucederá . Agora, venho-me a mente a guerra russo finlandesa …. Que Deus nos proteja!

CostNor
CostNor
2 meses atrás

Claramente China quiere tener su propio Vietnam o Afganistan; is up to you chinitos

kaleu
kaleu
2 meses atrás

A China assumiu ares de grandeza, seu líder XI Jimping é um ardente adorador do Partido, fiel aos princípios de Mao Tse Tung, e está convencido que a China é a maior Potência do Planeta e está disposto a assumir essa postura e o pior, alimenta diariamente a ideia do expansionismo do Partido Comunista Chinês … seus tentáculos estão em todos os Países com as devidas bençãos dos globalistas, ONU, OMS e afins … adquiriram empresas de comunicação em todos os continentes …. por mais inacreditável que pareça na semana passada assisti atônito uma propaganda do PLA Exército de Libertação… Read more »

kaleu
kaleu
2 meses atrás

Complementando, ainda existe o agravante de que o Gov. Chinês não se importa com vidas, e isso torna esse País ainda mais perigoso de se enfrentar

Pedro
Pedro
Reply to  kaleu
2 meses atrás

Estive lendo dia destes, a População da China apesar de monstruosa, vem dando sinais claros de envelhecimento, inclusive, nos moldes europeus. Eles que se cuidem, pois a gordura um dia acaba.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
2 meses atrás

E na segunda-feira os EUA demonstrando presença militar ativa na região: https://www.thegatewaypundit.com/2020/04/meanwhile-guam-us-air-force-lines-b-52-bombers-runway-show-force/