terça-feira, setembro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer fecha acordo de proteção dos empregos com sindicatos

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

São José dos Campos-SP, 10 de abril de 2020 — O Sindiaeroespacial e o Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo concluíram hoje a votação realizada com os colaboradores da Embraer que aprovou o plano de preservação dos empregos, que prevê a suspensão temporária de contratos de trabalho com ajuda compensatória e a redução de jornada e de salário, com garantia de emprego no retorno ao trabalho.

Os acordos são resultados de decisões tomadas em conjunto com as entidades sindicais, governos e direção da companhia para minimizar os possíveis impactos desse momento de crise para as pessoas, clientes e sociedade.

O Sindiaeroespacial representa os funcionários das unidades da Embraer em São Paulo, Campinas, Sorocaba e Taubaté. Já o Sindicato dos Engenheiros representa essa categoria profissional em todas as plantas da companhia no Estado de São Paulo, incluindo São José dos Campos, Campinas e Gavião Peixoto. O Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu já havia colocado o acordo em votação nesta semana, obtendo 93% de aprovação.

As ações emergenciais e temporárias são válidas a partir de 13 de abril e terão duração entre 60 e 90 dias, e garantia de emprego pelo período correspondente ao tempo em que estiver em redução de jornada e salário ou suspensão do contrato.

Para os colaboradores em atividades essenciais e trabalho presencial, não haverá alterações na jornada ou salários.

Os profissionais que passarão a desempenhar suas atividades em home office terão redução de 25% da jornada de trabalho pelo período de 90 dias e a garantia de emprego será por período corresponde ao que o colaborador estiver nessa condição. Esses profissionais também terão direito ao auxílio do governo federal de até R$ 453,00.

O grupo de colaboradores que terão suspensão temporária do contrato de trabalho (layoff) por dois meses recebem garantia de emprego por período correspondente ao que estiverem nessa condição. Nessa modalidade, os colaboradores terão a ajuda compensatória mensal, já somada ao benefício emergencial de preservação do emprego pago pelo Governo Federal.

A Embraer permanecerá em contínuo diálogo com os clientes, fornecedores e governos para atender as necessidades essenciais do setor e da população, priorizando sempre a saúde e segurança dos seus colaboradores e a preservação de empregos.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Adaime

Enquanto algumas empresas fazem drama e sindicatos querendo cobrar para homologar acordos, estes aí resolveram rapidinho a questão. Lidar com pessoal de alto nível é outra coisa.

Antoniokings

‘O Sindiaeroespacial e o Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo concluíram hoje a votação realizada com os colaboradores da Embraer que aprovou o plano de preservação dos empregos….’

Rodrigo Martins Ferreira

O Movimento Sindical é algo extremamente positivo e necessário.

Aqui no Brasil nós ( que trabalhamos de verdade e não os inúteis), temos a tendência a ver os sindicatos como algo negativo.

O problema não são os sindicatos, são como eles são geridos no Brasil.

As poucas vezes em que fui CLT tive que pagar para o SINDPD, que nunca fez absolutamente nada por mim.

Luiz Floriano Alves

No momento em que os sindicatos passaram a receber verbas expressivas começou uma luta pelo poder sindical. Com o poder politico e econômico os sindicatos adquirem m muita força e se desviam de suas atribuições legais. Nos EU vimos os sindicatos serem absorvidos por facções criminosas. Acabaram extorquindo dos vantagens, produtores,a ponto de inviabilizar a industria americana. /quando trabalhei na industria de carnes,k de exportação tínhamos que pagar a um sindicato dos portos americanos, para liberar as cargas. Se não o fizéssemos seriamos boicotados e a carga não sai do navio ou do porto.

Rafa_Positronn

Os sindicatos são movimentos que defendem seus interesses

simples assim

assim como existem sindicatos patronais, os sindicatos dos trabalhadores negociam pensando nos seus

engraçado que ninguem nunca vê queimação de filme em relação as federações e confederações patronais

são eles quem subornam politicos e compram deputados e senadores

o coitado do trabalhador tem que se conformar em morrer de fome ou de coronavirus

Kevin O Julios

Pelo título deu a entender que o acordo seria para a proteção dos empregos não contra a demissão pelo coronavirus, mas sim por conta da transferência da linha de produção do Brasil para os EUA. Bom se fosse.

Fernando EMB

Que transferência de linda de produção???? Não viaja.

MFB

República sindicalista do Brasil. Aqui empresário não contrata, praticamente adota um filho.

Rafa_Positronn

Ta mais do que certo

Pq na hora do aperto, essa crise veio pra mostrar que quem ta na linha de frente pra morrer é o trabalhador

que é quem constrói a riqueza alheia em ultima instancia

MFB

É por isso que você é empregado, não patrão.

Rafa_Positronn

Voce me conhece de onde mesmo ?

Rafa_Positronn

Existem dois tipos de empresários

um que tem uma mentalidade mais evoluida, diferente dessa elite do atrado daqui do Brasil

e outro tipo, que não se importam se seus trabalhadores vão morrer com falta de ar no meio da rua, contanto que se matem de trabalhar, como aconteceu com o Jornalista do SBT

Não me incluo no segundo grupo

simples assim

Últimas Notícias

Pintura comemorativa nas aeronaves da RSAF no 91º Dia Nacional da Arábia Saudita

O 91º Dia Nacional da Arábia Saudita contou com a apresentou das aeromaves Eurofighter Typhoon, Tornado, F-15C Eagle e...
- Advertisement -
- Advertisement -