domingo, setembro 26, 2021

Gripen para o Brasil

EUA retaliam com ataques aéreos no Iraque

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Os EUA lançaram ataques aéreos na quinta-feira contra um grupo de milícias apoiado pelo Irã que atingiu uma base militar no Iraque, disse o Pentágono.

Na quarta-feira, grupos de milícias apoiadas pelo Irã no Iraque mataram dois soldados dos EUA e um soldado britânico. No início da quinta-feira, as principais autoridades do Pentágono disseram que “todas as opções estão sobre a mesa” para uma resposta.

“Os Estados Unidos não tolerarão ataques contra nosso povo, nossos interesses ou nossos aliados”, afirmou o secretário de Defesa Mark Esper em comunicado. “Como demonstramos nos últimos meses, tomaremos as medidas necessárias para proteger nossas forças no Iraque e na região”.

A coalizão liderada pelos EUA no Iraque anunciou na quarta-feira à noite que 18 foguetes Katyusha atingiram Camp Taji ao norte de Bagdá, matando três e ferindo 12.

“A morte de dois militares americanos nas mãos de uma milícia apoiada pelo Irã exige ação”, twittou o ex-conselheiro de segurança nacional John Bolton. “A capacidade continuada do Irã de atacar nossas forças por meio de proxies regionais demonstra a necessidade de pronta retaliação, não simplesmente contando com ‘pressão máxima'”.

- Advertisement -

21 Comments

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Barba

Vai chegar o momento que a paciência americana com o Irã vai acabar….

Augusto L

Ja acabou tanto que mataram o solemani

Sérgio Luís

Nossa,
Achei que era o “Deus Vivo” F-35 acionando o pós combustor e rugindo sobre o Iraque!!!
“Lá vai o onipotente de trilhões de dólares”
Só que ñ!!!
Vamos de F-15 mesmo!
Rsrsr

Ricardo Barbosa

O ataque incluiu F-15s e F-35s

Sérgio Luís

Só se for com escolta de F-15!

Fabio Araujo

Estão num espaço aéreo teoricamente amigável, colocar o F-35 para fazer uma missão que o F-15 pode executar numa região próxima aos sistemas de defesas sírios e russos que estão operando na Síria é se arriscar a permitir que esses sistemas coletem dados dos F-35.

Sérgio Luís

Fábio,
Pensa um pouco!
Vc pretende utilizar os F-35 quando!?!?
Na terceira guerra mundial!?!

Luís Henrique

Para que enviar o melhor caça se o alvo são milícias pé rapadas?
Os EUA possuem cerca de 3.000 caças e acredito que o número de F-35 esteja em 10% da frota.
Obviamente, eles não vão ficar usando F-35 em tudo quanto é missão.
Pense um pouco antes de criticar.

Sérgio Luís

Luís
Então tá entra vc também na fila e me avisa quando ele for lá na Síria e enfrentar os s-300 e 400 !
Rsrs
Mas ñ demora para Ñ ficar obsoleto!

Andre

Visto os recentes ataques aéreos turcos e israelenses, contra os SAMs na Síria, não existe a menor necessidade de utilizar os f35, os f16, tanto nas mãos dos turcos quanto na mão dos israelenses, têm se mostrado suficientes para atacarem a Síria, tendo s300, s400, s500, s600 ou qualquer outro SAM que esteja lá. Apesar se não ser necessário, os f35 já estão na área.

Wesley Alves

Então o melhor avião para a missão seriam os Super Tucanos A-29.

Leandro Costa

Não alimentem o Troll.

Sérgio Luís

Rsrsrs

Antoniokings

A posição americana no Iraque não é das melhores.
O Iraque tem maioria xiita e o Governo atual, que protege os interesses americanos, é extremamente impopular e reconhecido pela população como muito corrupto.
Parece que o cronômetro foi disparado.

Augusto L

O governo atual é pro iraniano e os protestos são amplamente sunitas e anti Irã, tanto que o Irã teve q depois fomentar protestos anti americanos travestidos de anti-americanismo.

Se informe melhor, mais uma vez passando informações erradas.

Antoniokings

O Governo atual não tem qualquer postura anit-americana e coopera plenamente com as forças americanas lá estacionadas.
Se o Governo iraquiano tirar esse apoio e deixar as pequenas forças americanas à mercê de ataques guerrilheiros, a situação dos americanos entorna de vez.
Mas, até agora não fizeram nada.

Marco A

Augusto L, as informações erradas fazem parte do repertório. Não liga não.

Andre

Visto os recentes ataques aéreos turcos e israelenses, contra os SAMs na Síria, não existe a menor necessidade de utilizar os f35, os f16, tanto nas mãos dos turcos quanto na mão dos israelenses, têm se mostrado suficientes para atacarem a Síria, tendo s300, s400, s500, s600 ou qualquer outro SAM que esteja lá. Apesar se não ser necessário, os f35 já estão na área.

jose benedito

” Os Estados Unidos não tolerarão ataques contra o nosso povo . . .” são bem cara de pau, invadem o país dos outros e ainda se sentem no direito de ficar melindradinhos se sofrerem alguma ação contrária, só o termo ataque já é um deboche ,nação hipócrita!

Wesley Alves

Israel usou outro avião russo a passava por ali de sombra radar como forma de defender seus F-16, ocorrendo a derrubada do avião russo. O jogo sujo israelense não significa que seus caças são eficientes contra as baterias antiaéreas. O Stealth do F-35 seria útil sim, nessas missões. Problema é q se usar, russos descobrirão seus defeitos e anunciar tecnologias para neutralizar, e isso não é bom para as vendas do F-35.

Leandro Costa

Depois poste as fontes disso e o nome da bebida que está consumindo, porque essa é da boa.

Últimas Notícias

USAF seleciona o turbofan F130 da Rolls-Royce para o programa de remotorização do bombardeiro B-52

A Força Aérea dos EUA anunciou em 24 de setembro que deu à Rolls-Royce um contrato de US$ 500...
- Advertisement -
- Advertisement -