Home Aviação Comercial ExpressJet adicionará 36 aeronaves ERJ145 à frota da United Express

ExpressJet adicionará 36 aeronaves ERJ145 à frota da United Express

2441
14
Embraer ERJ145
Embraer ERJ145

A transportadora regional norte-americana ExpressJet Airlines concordou em expandir sua frota da United Express com mais 36 aeronaves Embraer ERJ145.

Com essa adição, a ExpressJet Airlines se tornará a maior operadora de aeronaves Embraer ERJ145 de 50 assentos no mundo. A companhia aérea voa sob a marca United Express.

As novas aeronaves Embraer ERJ145 entrarão na frota no próximo ano, fazendo o número de ERJ145 na frota aumentar para mais de 125 aviões.

O presidente e CEO da ExpressJet Airlines, Subodh Karnik, disse: “A confiança da United na ExpressJet é uma prova da dedicação e adaptabilidade dos funcionários da ExpressJet.

“O crescimento de nossa frota e a atualização dos ERJ145s incorporam nossa visão: Ser a transportadora United Express que melhor entende e atende às necessidades da United Airlines.”

As duas empresas também estão trabalhando no estabelecimento de uma extensão de longo prazo do contrato de compra de capacidade da ExpressJet com a United Airlines.

Se concordar com o compromisso de longo prazo com o Embraer ERJ145, a ExpressJet também expandirá suas bases e instalações de tripulação nos centros da United, incluindo Denver.

O acordo também permitirá que a ExpressJet modernize sua frota retirando sua pequena frota de aeronaves E175 para se tornar uma companhia aérea de frota única.

A empresa também investirá no ERJ145, atualizando a aeronave com novos painéis, novos assentos e iluminação LED.

A vice-presidente sênior da United Express, Sarah Murphy, disse: “Assumimos o compromisso de longo prazo com o Embraer ERJ145 e projetamos a abrangente atualização de cabine, assento e entretenimento para oferecer uma experiência contemporânea ao cliente.

“Estamos confiantes de que nossos parceiros da ExpressJet podem executar essa visão”.

Em um desenvolvimento separado, a ExpressJet Airlines anunciou um incremento no seu programa de bônus para pilotos. Até US$ 40.000 serão oferecidos a comandantes qualificados quando concluirem o treinamento com a ExpressJet.

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
4 meses atrás

Eu pensei que a produção do ERJ145 tinha sido encerrada há anos, vão ser aviões novos ou de segunda mão?

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Taí uma pergunta para o FernandoEMB. A linha do EMB-145 está definitivamente encerrada, ou se aparecer encomenda, a produção pode reiniciar?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Clésio Luiz
4 meses atrás

É uma dúvida que tenho também. Mas se eu tivesse que chutar, eu diria que ainda dá para produzir. Lembro que poucos anos atrás foi noticiado que a EMB construiu um ou dois EMB-120 Brasília, e que estes ainda são construídos sob encomenda, ou seja, não há produção seriada, mas ainda podem fabricá-los. Acho que, talvez isso ainda possa acontecer com os EMB-145. Enfim… espero que alguém possa lançar uma luz sobre isso.

Johnny
Johnny
Reply to  Leandro Costa
4 meses atrás

Quando a matéria fala que as novas aeronaves entrarão na frota no próximo ano, dá a entender serem usadas pois, do contrário, já teriam que estar na carteira de encomendas da BOEING EMBRAER de 2020. Também em relação a atualização de iluminação de led, novos assentos e novos painéis, também aparentam remeter a uma reforma em células usadas.

Rodrigo
Reply to  Johnny
4 meses atrás

O nome escolhido pela Boeing foi: “Boeing Brasil – Commercial”

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Leandro Costa
4 meses atrás

Lembrei agora que o Legacy 650 é baseado na família ERJ e ainda está sendo oferecido no site de aeronaves executivas da Embraer. Então pelo visto a linha ainda não está completamente encerrada.

Johnny
Johnny
Reply to  Clésio Luiz
4 meses atrás

É que se fôssem novos a boeing/embraer seria a primeira a divulgar a venda de 36 aeronaves, o que não aconteceu.

Júlio
Júlio
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Na página da Embraer, o ERJ-145 continua como uma aeronave em produção. O 140 e 135 não.

Conan
Conan
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Aeronaves de segunda mão modernizadas. As linhas de montagem dos 135, 140 e 145 foram definitivamente encerradas já fazem alguns anos.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Também pensei o mesmo!

Fernando EMB
Fernando EMB
4 meses atrás

Racionalização da frota regional da United. A TSA encerra as atividades e passa seus ERJ-145 para a ExpressJet. Esta, por sua vez, passa seus 25 E175 recém recebidos para a Skywest.

Nolasco
Nolasco
4 meses atrás

Os ERJ nunca pararam de ser fabricados, os Legacy 600 continuam a ser entregues. O Coronavírus pode vai causar novamente uma preferência por aviões menores.

santana
santana
4 meses atrás

Os ERJ deixaram de serem fabricados definitivamente em 2019, nas asas do legacy 650, ja era..esses ai serao usados

Eduardo Almeida
Eduardo Almeida
4 meses atrás

A Família ERJ 145 ainda está ativa n site da Embraer. Os aviões da matéria são usados pelo texto pois sofreram modernização pela companhia.