Home Aviação de Ataque Croácia lança licitação internacional para comprar esquadrão de caça

Croácia lança licitação internacional para comprar esquadrão de caça

7290
90
MiG-21 da Croácia
MiG-21 da Croácia

ZAGREB, Croácia – A Croácia, membro da Otan, informou no dia 15 de janeiro que se consultou outros sete países para comprar um esquadrão de caças multifuncionais para sua força aérea.

O pedido do governo croata para uma dúzia de aeronaves usadas ou novas foi enviado para os EUA, Suécia, França, Itália, Noruega, Grécia e Israel.

A lista de desejos inclui F-16 americanos, israelenses, noruegueses e gregos, o sueco Saab JAS 39 Gripen, o Rafale francês e o jato Eurofighter da Itália.

No ano passado, a Croácia optou por 12 caças israelenses F-16, mas o acordo de US $ 500 milhões fracassou.

Washington insistiu em que Israel retirasse atualizações que foram adicionadas às aeronaves adquriridas dos EUA há 30 anos.

Os sofisticados sistemas eletrônicos e de radar foram cruciais na decisão da Croácia de comprar os F-16 de Israel, em vez dos EUA ou da Grécia, que também haviam licitado o contrato.

O governo da Croácia disse que espera receber as novas ofertas até maio e tomar a decisão até agosto.

A Croácia enfrenta uma mini corrida armamentista com a vizinha aliada russa Sérvia, que recebeu recentemente 10 caças russos MiG-29.

A Croácia aderiu à OTAN em 2009 e à União Europeia em 2013.

FONTE: The Associated Press

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro Costa
Leandro Costa
9 meses atrás

Mais uma torcida para o Gripen. Esperando que os entraves em repasse de certas tecnologias pelos EUA e preços altos de Rafales Eurofighters ajudem a venda do pequeno sueco.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Leandro Costa
9 meses atrás

Essa notícia já tem uns dias e saiu um pouco diferente em outras fontes. Segundo a Reuters: “Na quarta-feira os pedidos serão enviados aos Estados Unidos e à Suécia para novos caças (Lockheed Martin) F-16 e (Saab) Gripen, respectivamente. Também enviaremos pedidos de caças usados para França, Itália, Noruega, Grécia e Israel”, disse o governo em comunicado. Interpretando: Caças novos somente se forem os mais baratos: F-16 ou Gripen. Ou caças usados de outros países. No caso da França devem ser os Mirage 2000, nos casos de Noruega, Grécia e Israel, os F-16, no caso da Itália, não sei, porque… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Lucianno
9 meses atrás

É uma boa interpretação. E sim, acredito serem os Typhoon Tranche 1 italianos mesmo. De qualquer maneira ainda são aeronaves bem caras de se operar, mesmo se a aquisição ainda for barata, o que acredito que não seja.

Ainda assim, como não sabemos quais serão os requisitos croatas, não temos nem como especular qual será a escolha, mas podemos sempre torcer. 😉

Francis M. Cunha
Francis M. Cunha
Reply to  Lucianno
9 meses atrás

O Brasil poderia aproveitar a oportunidade e vender os Mirage 2000.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Francis M. Cunha
9 meses atrás

Francis, conforme o texto da matéria:

O Brasil não está entre os países que a Croácia solicitou oferta.

A França, que foi convidada, já está oferecendo Rafale, não Mirage 2000.

Por fim, conforme notícia do ano passado, o Brasil não tem Mirage 2000 pra vender:

https://www.aereo.jor.br/2019/05/29/fab-vende-cacas-mirage-2000-para-a-empresa-francesa-procor/

Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Francis M. Cunha
9 meses atrás

Até onde lembro os M2000 da FAB já foram vendidos, correto????

Camargoer
Camargoer
Reply to  Francis M. Cunha
9 meses atrás

Olá Granfis. Acho que a FAB já vendeu os F2000. A Croácia precisa de aviões voando. Alguém teria que bancar a revisão e modernização.

Valgo
Valgo
Reply to  Francis M. Cunha
8 meses atrás

Pra quem????

J R
J R
Reply to  Lucianno
9 meses atrás

Dessa forma faz mais sentido.

Valgo
Valgo
Reply to  Leandro Costa
8 meses atrás

Tio Sam mandou,o Brasil acatou!!!

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
9 meses atrás

Vai sair F-16 (menos de Israel e dos EUA). kkkkkk

Space Jockey
Space Jockey
9 meses atrás

Segue o baile

GFC_RJ
GFC_RJ
9 meses atrás

Especialistas podem me corrigir, mas não vejo a Croácia com disposição ($$$) para um esquadrão de zero-balas. Portanto, não acho que vão de Gripen E não.
Agora, se a Suécia vai oferecer uns C/Ds usados…

Grozelha Vitaminada Milani
Grozelha Vitaminada Milani
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

Então a melhor solução seriam leasing de Gripen C/D.

Cai como uma luva e facilita a futura migração para o E/F.

ALEX TIAGO
Reply to  Grozelha Vitaminada Milani
9 meses atrás

Bom dia Grozelha. Você ja viu valores dos alugueis Gripens da Hungria ou outro pais não me lembro da forma leasing apenas de aluguel e mais pacote. Se tiver algumas informações agradeço pois os dados aos quais tive acesso ja se faz muito tempo e na epoca, achei bem alto por se tratar de aluguel mas opiniões apenas divergentes em pontos especificos. Se caso puder compartilhar algo mais recente aggradeço.

Lucianno
Lucianno
Reply to  ALEX TIAGO
9 meses atrás

Alex,
no link abaixo tem os valores:
https://sv.wikipedia.org/wiki/Saab_39_Gripen

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

O Gripen C/D versão M20 é uma opção muito boa, que tem algumas das novas tecnologias do Gripen E/F! A Saab chegou a oferecer a FAB alguns Gripens C/D em leasing em 2014, na época a FAB desistiu por conta do preço mas teria sido muito interessante se tivéssemos pego um esquadrão que serviria para ajudar na adaptação de nossos pilotos e também aumentaria a capacidade da FAB.

Coutinho
Coutinho
Reply to  GFC_RJ
9 meses atrás

Olá GFC_RJ. Se os EUA venderem os F-16 via FMS, há uma grande chance para a Croacia adquirir um esquadrão. E a Suecia também pode facilitar como fez com o Brasil. Afinal, só começaremos a pagar após o ultimo exemplar do lote ser entregue.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
9 meses atrás

Torço pro Gripen.
Mas acho que vai dar F-16.

gordo
gordo
9 meses atrás

Puro formalismo para Inglês ver e forçar um pouco o preço para baixo ou outras vantagens, vão de F-16 e provavelmente de Israel. Se quisessem algo novo a logica seria o Gripen, preço e as características de operação favorecem o caça Sueco, mas não querem e não tem dinheiro para algo novo e o F-16 ainda dá um bom caldo.

Marcos10
Marcos10
Reply to  gordo
9 meses atrás

Os EUA negaram a venda.

Daglian
Daglian
Reply to  Marcos10
9 meses atrás

Não é bem isso. Os EUA barraram a venda dos F-16 *de Israel* para a Croácia pois os F-16 israelenses estavam literalmente tirando uma venda dos próprios F-16 americanos. Sendo assim, os EUA proibiram Israel de vender os F-16 com seus sistemas eletrônicos avançados como forma de impedir a venda e, assim, emplacar a venda dos seus próprios.

Em suma: os EUA não negaram que os croatas comprassem F-16. Eles apenas querem que a Croácia adquira os F-16 diretamente dos EUA.

Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Reply to  Daglian
9 meses atrás

Os donos do mundo… Mesmo sendo piores do que os israelenses querem empurrar goela abaixo….

Daglian
Daglian
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
9 meses atrás

Sinceramente, não entendo o seu comentário. Vai na linha da “demonização” dos americanos. Oras, eles são os donos das tecnologias do F-16! Eles o projetaram e fabricaram. Estão exercendo seus direitos para proteger seus interesses. Qualquer país inteligente do mundo faria o mesmo! No entanto, como são os americanos, eles “se acham os donos do mundo”. Você sinceramente acha que os americanos não têm tecnologia para fornecer eletrônica igual ou superior à instalada nos F-16 israelenses? Obviamente têm. Na minha visão, sabendo dos termos da parceria EUA-Israel, os israelenses que foram espertinhos nessa situação… mas até aí, de trouxa, no… Read more »

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Daglian
9 meses atrás

Salvo engano Israel recebeu esses f16 sem custo ou a custo extremamente baixo através de acordos de cooperação, logo podiam oferecer a preços inferiores aos similares dos USA.

Antunes 1980
Antunes 1980
9 meses atrás

Rafale e Eurofighter fora do páreo devido ao custo alto de operação.
Demais com chances reais.

Qualquer vetor é melhor que esta coisa feia que eles operam atualmente.

comment image

Marcos10
Marcos10
Reply to  Antunes 1980
9 meses atrás

Pois eu acho o MIG 21 o máximo.

gordo
gordo
Reply to  Marcos10
9 meses atrás

Devem existir muitos aviões feios e acredito que a maioria nem entrou em produção, provavelmente obedecendo as palavras Marcel Dassault.
Também acho o MIG 21 lindo assim como o A4, o F-4 Phantom, MIG 25 e por ai vai, essas aeronaves tem um diferencial que atrai minha admiração. Além de terem um desempenho de voo que deu a elas uma longa vida é o fato de serem fruto de uma engenharia bem mais Humana, a coisa ficava nas pranchetas, réguas, transferidores, compassos, réguas de calculo e a capacidade de abstração.

Coutinho
Coutinho
Reply to  gordo
9 meses atrás

Concordo com você sobre o MIG-25. Ele tinha um design bem futurista para a época. O MIG-31 tambem é muito bonito.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Marcos10
9 meses atrás

Lindo é o SU-22

comment image

Matheus Augusto
Matheus Augusto
Reply to  Antunes 1980
9 meses atrás

Essa coisa feia já foi top um dia, tudo tem sua época.
Mas já ta na hora de trocar mesmo.
Torço para o Gripen nessa.

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Antunes 1980
9 meses atrás

Com uma pintura dessas nem precisa ativar o radar pra localizar o avião… o míssil vai sozinho até o alvo… heheheh

Camargoer
Camargoer
Reply to  JuggerBR
9 meses atrás

Olá Jugget. Acho que ocorre o contrário. Quando o míssil “ver” o MIG com essa pintura, ele vai virar para o lado com vergonha alheia. É possível que ele queira voltar para o trilho de lançamento.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Antunes 1980
9 meses atrás

Acho o Mig-21 bonitão e cara de agressor.

Júlio Cesar Azevedo
Júlio Cesar Azevedo
Reply to  Antunes 1980
9 meses atrás

Pessoal.

Está pintado com a Cor da Bandeira da Croácia kkkkk

Filipe Prestes
Filipe Prestes
9 meses atrás

Estranho os EUA vetarem o F-16 israelense com upgrade aos croatas tendo em vista que também são um membro da Otan.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Filipe Prestes
9 meses atrás

Olá Filipe; talvez a intenção fosse reabrir a licitação para que a Croácia adquira F16 excedentes dos EUA (nenhuma relação com a qualidade dos F16 israelenses ou diretrizes da OTAN). Desde o colapso da URSS, a OTAN perdeu importância estratégica. Talvez seja necessário fundar a OTANdoB, agora no Pacífico.

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Filipe Prestes
9 meses atrás

Filipe, não foi restrição tecnologica, foi restrição de mercado….

Os EUA querem vender eles mesmos os F-16….

Isto já ocorreu no passado, quando o Israel tinha proposta de tunar os F-4 Phanton…..e os americanos naquele momento não queriam que eles vendessem pois tiraria mercado de vendas novas do F-18….

William Duarte
William Duarte
Reply to  Filipe Prestes
9 meses atrás

Não é estranho isso chama comercio. Tio Jacob vai na venda do tio Sam e compra um produto que o Tio Sam faz, leva para sua lojinha, muda alguma coisa para melhorar e coloca para vender, tio Sam descobre vai na lojinha do Jacob e avisa você pode usar mas vender não.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  William Duarte
9 meses atrás

Uma treta é o que é…

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  William Duarte
9 meses atrás

Na verdade, o tio Jacob ganha um presente do tio Sam, dá uma garibada e bota na lojinha para vender mais barato que o tio Sam.

Adriano RA
Adriano RA
9 meses atrás

Resta ver se os suecos ainda estão dispostos a oferecer Gripens C/D via leasing. Parece-me que não querem diminuir o número desses aviões na Força Aérea Sueca…

Lucianno
Lucianno
Reply to  Adriano RA
9 meses atrás

Não todos os Gripens C serão aposentados na Força Aérea Sueca. Os Gripens D continuarão em serviço visto que não pretendem adquirir a versão F.

Flanker
Flanker
Reply to  Lucianno
9 meses atrás

Isso acontecerá se, e somente se, os suecos encomendaram mais do que os 60 Gripen E encomendados até agora. Só com os 60 encomendados, eles vão manter ao menos igual número de Gripen C.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Flanker
9 meses atrás

Flanker,

ficarão somente com 60 Gripen “E” além dos “D”. Decisão do Parlamento Sueco, dominado por esquerdistas e ecologistas. Hoje existem somente 72 Gripens “C” em operação na Suécia.

Segue as fontes:
https://sv.wikipedia.org/wiki/Svenska_flygvapnet
https://sv.wikipedia.org/wiki/Saab_39_Gripen
https://en.wikipedia.org/wiki/Swedish_Air_Force

Flanker
Flanker
Reply to  Lucianno
9 meses atrás

Olha, tem matéria do PA, de maio de 2019, falando que a decisão de manter os C/D operando até depois de 2030 seria tomada até o final daquele mês. Depois disso, não achei mais nenhuma publicação no PA sobre o tema. Naquela matéria, o número informado de C/D em operação na Suécia era de 100 aeronaves. Mas, imdepende de qualquer coisa, duvido muito que eles ficarão com somente os 60 E e mais os D. A Rússia alido lafo é motivação mais que suficiente para eles manterem, no mínimo , a quantidade atual de 100 aviões, indépendente da versão. E… Read more »

Camargoer
Camargoer
9 meses atrás

Olá Colegas. Nem tanto nem tão pouco. Um esquadrão de caças novo deve custar alto em torno de US$ 1 bilhão. O PIB da Croácia é cerca de US$ 60 bilhões. Os gastos militares são da ordem de US$ 1 bilhão. Seria muito difícil caber uma aquisição de caças novos considerando as outras necessidades militares. A licitação anterior (vetada pelos EUA) era de US$ 500 milhões, o que incluir muito armamento, suporte, e treinamento. Não sei se os EUA teriam mudado de opinião após 1 ano. Talvez os EUA queiram apenas vender seus excedentes de F16. Se for isso, talvez… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer
9 meses atrás

“Acho que é uma boa oportunidade para a Suécia vender F39C/D usados de sua força aérea.”
Concordo.
Mas os suecos tem que oferecer um bom off-set e forma de pagamento do tipo “carnê das Casas Bahia”, coisa que os americanos são mestres

Camargoer
Camargoer
Reply to  Willber Rodrigues
9 meses atrás

Olá Wilber. Você tem razão. As condições de financiamento são tão importantes quanto o desempenho dos caças. Acho que de modo geral, tanto os F16 quando os F39C/D serão bons aviões para os croatas. Acho que o Gripen tem vantagens técnicas sobre os F16, mas os EUA conseguirão oferecer melhores condições de financiamento e venda. Eu apostaria nos dois. Não tem favorito.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
9 meses atrás

Gripen!! Cada dia que passa e pelo que leio parece ser a melhor opção dentro de sua categoria. Bom para a Suécia e para nós, quanto mais celulas voarem, melhor!!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Ricardo Bigliazzi
9 meses atrás

Olá Ricardo. Se os croatas escolherem o F39C/D, acho que o Brasil teria pouco a ganhar (seria bom apenas se eles escolhessem o F39E/F)

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Camargoer
9 meses atrás

Exatamente,além do fato que a Saab tem o mercado europeu como potencial cliente,e nossos Gripen,América do sul e África…

Luiz Trindade
Luiz Trindade
9 meses atrás

Se os americanos ficarem frescando em passar o F-16 com os devidos avanços não duvidaria a China oferecer seus caças… Pessoalmente torço pelo Gripen…

nonato
nonato
Reply to  Luiz Trindade
9 meses atrás

Não entendi.
Caças americanos, pode, mas não de Israel?
São mais modernos do que os caças americanos?
É compreensível não querer passar a última tecnologia.
Mas quem vende F 35, não entendi porque implicar com F 16 usado…

Camargoer
Camargoer
Reply to  nonato
9 meses atrás

Olá Nonato. Acho que só podemos especular as razões… Talvez os EUA usaram de seu poder de veto sobre a venda a terceiros de material militar fabricado por eles para forçar a Croácia a adquirir dos excedentes dos EUA (o deserto está ficando pequeno). Talvez de fato os F16 de Israel carreguem tecnologia que os EUA consideram sensível para ir para países da periferia. Talvez seja um passa moleque em Israel. Talvez os EUA viram uma oportunidade de de serem F16 novos e garantir que a linha de produção ainda seja mantida. Eu só não acreditaria que Trump fez isso… Read more »

Lucianno
Lucianno
Reply to  Camargoer
9 meses atrás

Parabéns, são os melhores comentários para esta reportagem!
“passa moleque”… foi ótimo. kkkk

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Camargoer
9 meses atrás

Eu só não acreditaria que Trump fez isso para pressionar a venda de F39 novos para beneficiar o Brasil. Com cerveja e amendoim!

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  nonato
9 meses atrás

Mestre Nonato, não é restrição de tecnologia….é restrição de mercado para direcionar a venda direta pelos americanos e atualização com eles… Israelenses sempre tiveram este tipo de veto em algum momento, pois são craques em tunar aparelhos usados que ficam melhores que os novos, ou que no mínimo, apresentam um custo benefício tão grande que pode drenar o mercado de usados dos paises de origem….EUA ganham muita grana com FMS e venda de manutenção e atualização….e israelense é danodo de ter pacotes excelentes nisto….Isto aconteceu por o F-4 Phanton que dizem que atualizado a epoca, ficava melhor ou tão bom… Read more »

Claudio Moreno
Claudio Moreno
9 meses atrás

Boa noite Senhores!

Como eu acho lindo o MIG21, um clássico entre os aviões de combate. A foto do artigo merece parabéns.

CM

Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Claudio Moreno
9 meses atrás

Concordo. Belíssima máquina. E esse padrão de pintura e emblemas nacionais também são belíssimos.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Claudio Moreno
9 meses atrás

2

MMerlin
MMerlin
9 meses atrás

Off-topic: Para quem não conhece, recomendo fortemente. Já estive a trabalho pela região e pude conhecer o país. Sua costa fragmentada é extremamente bonita chegando, em alguns casos, ao nível surreal! Mas transforma o trabalho da Guarda Costeira da Croácia em um verdadeiro pesadelo.

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  MMerlin
9 meses atrás

e a culinaria é sensacional!!!

Rodrigo LD
Rodrigo LD
9 meses atrás

Agora vão os F-16 usados de Israel. Podem anotar aí, camaradas. Já deram a dica no início da matéria.

Junior
Junior
Reply to  Rodrigo LD
9 meses atrás

Se os EUA já vetaram a primeira vez, vão vetar a segunda também caso Israel faça uma proposta, como a primeira proposta de Israel irritou os americanos deu bastante confusão e rolou até veto, não duvido nada que Israel nem apresente proposta dessa vez

Tomcat4.0
Tomcat4.0
9 meses atrás

Que bela foto do Mig-21 viu, acho ele um desenho agressivo ,um belo caça.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
9 meses atrás

Vejam este desenho do que seria o Mig-41 com uma pegada no desenho do Mig-21, achei bem mais bacana que o desenho do F-35, mas creio que não vingou.
comment image
comment image

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Tomcat4.0
9 meses atrás

Esta é apenas uma imagem. Ela não tem e não pode ter nenhuma personificação na realidade. Apenas uma foto da cabeça do artista

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Evgeniy (RF).
9 meses atrás

Evgeniy, sinto te desapontar mas tem até reportagens falando deste projeto, basta pesquisar. Era ,na época(2017) esperado que esta máquina entrasse em serviço em 2025.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Tomcat4.0
9 meses atrás

Sim, havia essas mensagens, mas não está claro qual a relação delas com a realidade. Isto foi dito com um novo interceptador para substituir o MiG-31. Mas não acontece que um avião que ninguém tenha visto estaria pronto até 2025. Além disso, a declaração do MiG era tão vaga que realmente não estava claro do que se tratava. Ou sobre a apresentação do layout ou sobre o primeiro voo. A imagem em si, como eu disse, não tem nada a ver com a realidade, apenas uma fantasia da minha cabeça. Se não me engano, este é um espanhol que desenhou… Read more »

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Tomcat4.0
9 meses atrás
carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Tomcat4.0
9 meses atrás

já vi estas imagens, tambem acho lindo este design limpo e de características stealth.

Um Lift moderno deveria ter um design parecido….ou até quem sabe uma pequena baia interna de armas ou combustivel extra…

Certa vez, brinquei de desenhar algo parecido, mas usei o MAKO como base. Ele era de design bem stealth tambem….

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
9 meses atrás

comment image

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
9 meses atrás

comment image

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
9 meses atrás

comment image

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
9 meses atrás

E ai, sempre achei que o Brasil poderia fazer um LIFT próximo ao F-5, mas com uma baia interna com design stealth parecido com o MAKO.
comment image

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Tomcat4.0
9 meses atrás

comment image

Alcides
Alcides
9 meses atrás

Se forem inteligentes, compram um caça europeu.

Alcides
Alcides
9 meses atrás

Tenho uma caçadeira, dois canos sobrepostos, estado como nova e caixa de cartuchos. Oferta de duas fisgas. Bom preço!

Magost
Magost
9 meses atrás

Engraçado eles não estarem interessados nos F/A-18 Hornet do Kwait que a Marinha brasileira quer…

Camargoer
Camargoer
Reply to  Magost
9 meses atrás

Talvez eles não tenham a pretensão de ter um porta aviões.

Flanker
Flanker
Reply to  Camargoer
9 meses atrás

Esses F-18C/D que o Kwait disponibilizará logo, são excelentes aeronaves. Bastante úteis para uma Força Aérea que precisa se reequipar, como a Croata. Já para uma Marinha que nem navios possui direito, são algo que não é prioritário.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

“Washington insistiu em que Israel retirasse atualizações que foram adicionadas às aeronaves adquiridas dos EUA há 30 anos. Os sofisticados sistemas eletrônicos e de radar foram cruciais na decisão da Croácia de comprar os F-16 de Israel, em vez dos EUA ou da Grécia, que também haviam licitado o contrato”. Americanos fazendo pressão em Israel,afinal os israelenses oferecem o melhor deles que é a tecnologia… “A lista de desejos inclui F-16 americanos, israelenses, noruegueses e gregos, o sueco Saab JAS 39 Gripen, o Rafale francês e o jato Eurofighter da Itália”. Eu pensei que não havia mais JAS-39 Gripen para… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
9 meses atrás

O MiG-21 é feio,mas dessas aeronaves soviéticas,bonita mesmo são os SU-22UM3K…

comment image

Augusto L
Augusto L
9 meses atrás

A Croácia tem é que procurar um F-16 usado e aprimorar pro bloco 50/52, nada mais nada menos.
de resto é comprar uma defesa aérea de curto ou médio alcance usada e continuar a compra do ATACMS que tentou comprar no passado.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
9 meses atrás

Tomara que compre F-16 americanos usados e baratos ja basta pra eles … pra que comprar caças caros se a Temida Russia é um urso hibernando com sonhos de so paz e amor agora kkkk

J R
J R
9 meses atrás

Será que os Rafales e EF que estão na briga são usados também? Não faz sentido licitar aviões do “deserto” junto com caríssimos Rafales, EF e Gripen E, faria mais sentido cotar o C/D…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
9 meses atrás

Bem a vamos ver, o paspalho disse que os europeus tem que contribuir mais para a NATO, nesse caso França, Inglaterra e Suécia se tornariam os fornecedores preferencial, afinal estariam na prática contribuindo para o fortalecimento da NATO.

Kemen
Kemen
9 meses atrás

Pois é, me parece uma prova de que alguns F-16 de determinado(s) pais(es) tem equipamentos que não correspondem às informações que são divulgadas, na realidade os que se divulgam são outros. E a Croacia é um pais da OTAN e da UE! Seria uma boa alternativa para eles comprarem caças de origem europeia em vez de F-16 “beia boca”.