Home Aviação de Ataque Caça russo Su-57 mais uma vez testado na Síria

Caça russo Su-57 mais uma vez testado na Síria

6576
108

Todas as tarefas planejadas foram cumpridas com sucesso, de acordo com o chefe do Estado-Maior da Rússia

MOSCOU, 18 de dezembro/TASS/. O Ministério da Defesa da Rússia testou mais uma vez os caças Su-57 multifuncionais na Síria, e todas as tarefas foram cumpridas com sucesso, disse o chefe do Estado-Maior da Rússia, Valery Gerasimov, a militares estrangeiros na terça-feira.

“Os ensaios dos caças Su-57 de quinta geração continuam. Eles foram testados novamente na Síria e todas as tarefas planejadas foram cumpridas com sucesso”, disse Gerasimov à Krasnaya Zvezda.

Ele acrescentou que, em geral, as unidades de aviação e militares receberam 139 aeronaves modernas de vários tipos em 2019.

108 COMMENTS

  1. Essa foto do avião.
    Parece não ter fuselagem.
    Só uma asa enorme e trens de pouso.
    A vista superior traseira parece não haver nada.
    Tipo uma lâmina delgada e chata.
    Não vejo espaço para armamentos e combustível, que logicamente existe.
    O SU 57 cumpriu suas missões: soltar bombas sobre acampamentos de opositores ao regime comunista.

      • Não sei como alguém deu dislike.
        São os haters de internet.
        Incapazes de contraargumentar uma opinião, bastante coerente, dão dislike.
        É chique seguir a manada.
        Que o avião parece não ter corpo ou fuselagem, diferente de um F 22, parece.
        É uma opinião.
        Trens de pouso muito elevados, desproporcional com o avião.
        Essa é a impressão visual que tenho.
        E qualquer um que olhar atentamente terá.
        Falo da primeira foto.
        Depois do canopi baixa abruptamente.
        Parece que o avião é só asa, canopi e entradas de ar.
        Não vejo volume para outras coisas, inclusive motor, tanques de combustível e baías de armas.

        • Você não se deu conta do tamanho desse avião, certo? Para te dar uma idéia: a área das asas é de 78 metros quadrados. Dá para colocar uma apartamento de 2 quartos nesse espaço.

          Sobre a tal Rússia comunista, como já comentei em outro artigo: pode ser um capitalismo meio mafioso (crony capitalism) mas é capitalismo.

          • Aí discordo. Para ser capitalismo de verdade tem que ter rule of law. Capitalismo de privilégios, igual aqui com a política dos “campeões nacionais” não é de verdade. Não tinha cinco anos da queda da URSS e já havia vários bilionários russos. Resultado de networking, privilégios e laranjas da máfia.

          • Aqui as fortunas na forma de terras, foram distribuidas a familias amigas do rei e que perduram até os dias se hoje em roupagens novas. Maldito seja o inventor do, mudar para continuar.

        • caramba, voce tirou o dia para levar ovo, né? Sem ofensa, mas há claros limites entre asas e fuselagem, mesmo em vista superior. O desenho segue uma tendência iniciada no final dos anos 60, vide F-15. Asa alta, área grande, trapezoidal, fuselagem larga, abandonando o formato cilíndrico. Motores separados, combustível (e eventualmente armas) no centro. Não é opinião, é fato. E a questão do comunismo também.

    • Bashar al assad, e comunista desde quando?
      Nem a Russia e comunista desde os anos 90.
      Só porque a Russia defende seus interesses econômicos e politicos estratégicos que em certo momento vão contra os mesmos interesses dos EUA ou OTAN, não quer dizer que eles são comunistas.

    • Soltar bombas sobre acampamentos de opositores do regime comunista ? Não seriam aqueles terroristas cortadores de cabeças, destruidores de patrimônio da humanidade, cognominados de “oposição moderada ?

      • Estás sendo dicotômico também, pois o que você disse é verdade…..entretanto, Assad e os seus são tão nefastos e criminosos quanto os que lhe fazem oposição….,ali, ninguém se salva…..

    • Okay nonato, reparei que você requesitou que as pessoas o contrariem ao invés de colocar um puro Deslike, nesse sentido lá tentarei, pese embora o seu comentário não faça lógica nenhuma e, daí, ninguém o conseguir contrariar, pois é daquelas coisas que estão “simplesmente mal”.
      Parece que não tem fuselagem: ora fod@sse, o avião é feito de que então?
      Só uma asa enorme e trens de pouso: sim, o avião tem uma notável envergadura de asa e, trens de pouso(graças a Deus ne), qual é o problema nisso mesmo?
      A vista superior traseira parece não ter nada: nonato, é impossível fazer sentido disto que escreveu…
      Uma lâmina delgada e chata: estou a aqui a tentar imaginar o que é uma lâmina chata… Uma navalha anti-social? Uma lâmina achatada (não são todas?)?
      Não vejo espaço para armamentos e combustivel: ora, exactamente como você mesmo disse a seguir, “que logicamente existe”.
      O SU 57 cumpriu a sua missão, soltar bombas em cima de acampamentos (…) : meu caro, vou me abster da discussão ideológica, mas acho que vale a pena referir que largar bombas em cima de rebeldes e inimigo armado de AK constitui grande parte das “missões bem sucedidas” da grande maioria dos “caças bons”, lista essa que, de acordo com as suas ideologias, não inclui caças (bons) russos.
      Parece me a mim que, de facto, o seu espírito crítico perante material cuja origem lhe cause fastio, lhe desperta um certo extremismo e uma pura e simples grande vontade de dizer o que não gosta, sem perceber que a única razão para isso é de facto uma questão ideológica, que obviamente pensa ser a mais correcta, tudo isto sem perceber que o faz, ou seja: voce vê o SU 57 e, por ser russo, você sabe imediatamente que não o aprecia, muito antes de sequer conseguir analisar, no caso, a sua estética. Quando finalmente passa para a fase de avaliação, a verdade é que você já está com o discurso pronto para criticar, quando tal acontece, tudo o que você observar irá lhe parecer que está mal, “que não faz sentido” e que não é bom.

      Já eu, que prezo pela minha imparcialidade, tenho a dizer: mas que beleza de aeronave.

    • Comunista Hummmm, engraçado essas piadas que até o senhor presidente da República brasileira faz e a população andou repetindo, isso se chama autoritarismo misturado com intolerância.

      Interesses conflitantes no significam “comunismo”, até porque o senhor Bolsonaro odeia tanto comunismo, mas vive a correr atrás dos investimentos da China e Rússia.

      Isso de comunismo e capitalismo morreu nos 90, qualquer um que levante essa briga de bandeira novamente é apenas um palhaço divertindo a população com intrigas e comédia.

      • Os conceitos mudaram, o que existe hoje é o liberalismo americano ou a social democracia europeia e o capitalismo de estado (caso da China e um pouco menos a Rússia)

  2. Se Gerasimov tiver contado a verdade, então desta vez eles foram no “modo” Stealth, por que ninguém viu, não vazou nada rsrs…
    Há uns 4 meses vi mesmo notícias que eles teriam retornado a Síria, mas as fontes que deram a notícia não apresentaram nenhuma prova, apenas usaram fotos e vídeos de sua primeira passagem neste País; deve levar em consideração que agora os Russos fizeram uma boa estrutura na Base, vários hangares, armazéns etc, ficou difícil para os satélites..

  3. A Síria virou o campo de provas operacionais russo, eles colocam os equipamentos em uso, observam as falhas levam de volta para a Rússia fazem as modificações e levam de volta para a Síria para testar as modificações! Os armamentos americanos evoluíram muito no Vietnã, por exemplo a ideia de que o F4 não precisava de canhão se mostrou um grande erro e tiveram que colocar primeiro um pod de canhão e depois um canhão orgânico!

      • Li na época em um blog russo, que o Uran-9 tinha sofrido de varios problemas quando foi testado( longe do campo de batalha) na Siria. Agora retornou novamente. É testando que se corrigem os erros.

      • O MI-28 foi testado lá mas houve problemas devido ao ambiente, O Mi-28 foi ativamente usado pela Força Aeroespacial da Rússia durante a guerra na Síria e, durante este período, foram identificados numerosos problemas com os sistemas eletrônicos de bordo e com as características do motor.

        Uma maquina tem que estar apta a funcionar sobre qualquer clima,seja no deserto escaldante do oriente médio ou no ártico.

        Tudo influencia, a temperatura,a areia fina até a luminosidade,pode acontecer em qualquer aeronave…

        O caça f35 teve um bug no capacete de US$ 400.000 dos pilotos , que causou um brilho verde “perturbador” quando os caças voaram em condições de pouca luz, poderá ser incorporada em breve.

        Os militares dos EUA esperam superar o bug, considerado tão crítico que impediu alguns pousos noturnos de jatos F-35 em porta-aviões

    • Uma informação que tenho é que os russos (Vympel) estariam desenvolvendo um pequeno míssil ar-ar para ser utilizado no Su-57.

      Este míssil se parece com o R-77 e também se assemelha ao P-77 porém, ligeiramente menor.

      Uma curiosidade é que este míssil possuiria pequenos orifícios na frente (eles podem ser projetados para um fusível sem contato a laser). Ele dispararia a uma certa distância da aeronave inimiga, liberando uma nuvem de elementos prejudiciais.

      O dado interessante é que uma arma tão compacta expandirá as capacidades do Su-57, pois permitirá o transporte de um número maior destes mísseis em seus compartimentos laterais.

      Grato

      • PRAEFECTUS
        Aquele míssil que a mídia fez alarde por aí possivelmente é apenas um R-77 incompleto..
        Tem fotos antigas do mesmo míssil na linha de montagem dos R-77..
        O Su-57 usarão K-77 para BVR e K-74ME no combate visual, talvez use um desenvolvimento do R-37 o R-37M ou KS-172 para alvos maiores a longa distância..

        • Brunow,

          o colega está enganado, este míssil inclusive foi apresentado em exposição estática na feira ONG Vympel. A exposição foi dedicada ao 70º aniversário da empresa.

          Grato

          • Rapazinho teimoso esse Brunow…rss Mas tudo bem, é bom questionar para entender algo, vamos lá…

            Meu caro, o míssil que mencionei de fato, é ao que parece um projeto novo. Gostaria que você e quem quiser confirmar o que digo faça o seguinte…

            Pesquise em fotos no Google e compare!

            Pegue qualquer foto do R77 ou outros mísseis ar-ar russos parecidos e confira, que, no caso deste novo artefato, você verá que o “bico é mais largo” e o corpo do míssil é mais curto. Mas, o que mais chama atenção são os “orificios no bico” do mesmo. Não encontrado de forma alguma no R77 ou R74 por exemplo.

            Mas, pra jogar mais luz no assunto, compartilho o link abaixo de uma matéria no The Drive falando sobre o fato (onde aliás, poderão comparar/visualizar melhor as fotos).

            Grato

            https://www.thedrive.com/the-war-zone/31206/is-this-mysterious-russian-air-to-air-missile-tailored-to-fit-the-su-57s-side-bays

          • Só um adendo pra explicar melhor, o míssil possui orifícios no “bico e no corpo” do míssil, como podem ver nas fotos no The Drive.

            O que supõe, que, no caso dos orifícios no “bico,” serviria para disparar algo a uma certa distância da aeronave inimiga, liberando uma nuvem de elementos prejudiciais. E os “orifícios” no corpo do míssil, especula-se que neste caso, lhe conferiria a capacidade de vetoração de empuxo.

            Grato

          • PRAEFECTUS
            Relaxa, não estou sendo “teimoso”, eu li esta matéria do The drive há alguma semanas atrás,  só estou reproduzindo para vc a contrapartida de alguns Fóruns russos de defesa, após a matéria do The drive, várias mídias especializadas russas fizeram a contra análise, comparando fotos do R-77 sem a seção central com o suposto novo míssil, (inclusive as fotos que postei aqui é deste fórum). E alguns afirmaram não ser um novo míssil, então chega se a conclusão: nada melhor que Russos para conhecer de armas russas…
            Mas vamos aguardar, quem sabe os analistas russos estão errados e o editor do The drive certo…

          • Meu caro Brunow,

            as fotos da matéria do The Drive são do evento ocorrido na própria VYMPEL…

            Imagino, que só quem é míope, não ser capaz de notar (pelas fotos) que trata-se de fato de um novo produto da VYMPEL, ou quando muito, uma nova variante do R77 com novas capacidades (orifícios no “bico,” e orifícios no “corpo” do míssil) e de menor tamanho para poder ser transportado em maior número no compartimento de armas do Su-57.

            Además, seria interessante o colega disponibilizar os links dos sites russos em questão, para darmos uma olhada nos argumentos…

            Fico no aguardo!

            Grato.

        • Tem também um novo míssil para atacar alvos em terra chamado Monolith que vai ser testado por agora. Aguardemos para ver o resultado.

      • Há muito tempo os mísseis ar-ar tem a capacidade de explodir a certa distância da aeronave alvo, lançando sobre ela uma grande quantidade de material, como esferas de tungstênio, por exemplo. E também, obviamente, a destruição do alvo pode se dar por impacto direto do míssil.

  4. É por isso que eu digo que, não importa quão bom seja o J20, os russos operam seus equipamentos em teatro reais, desdobrados em território estrangeiro, adquirindo expertises que não podem ser roubadas por um hacker.

    Em matéria de caças stealth a Rússia segue firme na segunda posição.

    • Como é mesmo que a “torcida vermelha” fala… peraí… lembrei:

      “Contra um monte de guerrilheiros mulambentos que contra atacam com pedras e cusparadas?????”

      Segue o jogo

      • Hahaha….bem isso! Mas, na visão deles são só os EUA e Israel que lutam contra fanáticos de sandálias e um AK-47 a tiracolo …. os russos lutam contra os guerreiros mais bem armados, treinados, ferozes e mortais do mundo…,.sqn…..

  5. Fico imaginando que ele está sendo testado contra o que!?!?
    Está testando a furtividade?
    Contra qual oponente?
    Ak-47 ?
    Stynger?
    ZU-23 ?
    Lá só tem galinhas mortas uai!
    Penso o seguinte se vc tem algo furtivo vc deveria testar contra um oponente à altura!
    Tipo Israel que pelo jeito já constatou que o f-35 ñ é furtivo coisissima nenhuma!
    Nunca mais foi visto voando sobre a fronteira com a Síria!
    Sumiu!!!

    • Contra Israel e ocasionar um incidente internacional? Ninguém fará isso mesmo porque a Rússia e Israel mantém relações cordiais. Não estamos mais na guerra fria a Três décadas…

      • Nem na guerra fria Israel tinha problems com a Russia e a União soviética, mesmo eles fornecendo armas aos inimigos de Israel na região.

    • Sérgio, lá na Síria vc tem ao lado Israel, que é amigo do Putin, ou seja o Su 57 está sendo testado em um outro ambiente, contra os sistemas israelenses.

    • Deve estar sendo testado mesmo e no leste europeu Báltico etc , a Russia esta praticamente cercada esqueceu? só que ninguém vai divulgar o possível rastreio do criminoso ou a Russia que deitou e rolou sem ser notado.

    • Sergio, concordo em parte com você, testado na Síria contra oque?!?!!? Acredito que tanto o su57 e o f35 se forem rastreados ninguem irá fazer alarde disto. Quanto ao F35 ser visto sobre Síria, acredito que vc está sendo ingênuo, pois sobre operações F35 e do su57, hoje só temos efeito destas operações sera matar a cobra e não mostrar o pau. Como exemplo temos o missil que atingiu casa lider terrorista jihad em Damasco. O missil chegou la, porem de onde veio ninguem sabe, inclussive as baterias de defesa e radares nem foram acionadas. Isto te da uma pista de como e a operação destes vetores.

      • Salim
        Israel ñ esta preocupado com jihadistas!
        O problema é o Irã na Síria!
        Atualmente existem todo tipo de drone e mísseis de longo alcance que isenta presença de aeronaves de ataque furtivas sobre a Síria!
        Agora se provarem que foram bombas de queda livre que matou o jihadistas aí o assunto muda!
        Já tem mais de um ano que aguardo o f-35 Deus Vivo sobrevoar Damasco! Massss..

    • Talvez seja colocar a aeronave em ambientes diferentes, pilotos em proximidade em situações hostis, testar prontidão, interação com forças de diferentes países, por a prova adoutrina, etc.
      Resumindo, tirar aviões, pilotos e técnicos da zona de conforto.

      • Flanker
        Ingenuidade pensar que uma aeronave tão “cobiçada”vá levantar vôo e ñ ser notada e moritorada!
        Radares russos.
        Satélites russos.
        Hesbolah por todos os lados.
        Irã.
        Todos ávidos por um pedacinho dessa aeronave!
        Agora só falta dizerem que o f-35 é um “ovni” e por isso ninguém vê!

  6. Na minha opinião de leigo mais entusiasta da aviação militar um teste de verdade seria por exemplo um sobrevôo em Jerusalem. Se fossem detectados simplesmente pediriam desculpas e retornariam para casa. Claro que exagerei um pouco mas um teste em um espaço aéreo 100% controlado nem faço idéia do que pode ser feito mas deve dar para fazer em casa mesmo.

    • Teste contra radar você faz em casa mesmo, contra tudo o que você tiver de meios de detecção, já que a técnologia e a mesma de norte a sul. O que devem ter testado e como o caça se sai naquele tipo de região e ambiente.

    • O SU47 Berkut foi um demonstrador de tecnologia, e era muito diferente do SU57 mostrado assima, pois o SU47 tinha asas com enflechamento negativo, tornando ele inconfundível.

      • Na verdade o Su47 era para ter sido lançado bem antes, mas foi cancelado em 1988. Duas fotos foram desclassificadas pela Sukhoi, mostrando uma maquete em tamanho real do mesmo. Pelas imagens nota-se que o Su47 já apresentava conceitos furtivos no desenho: como baia interna para mísseis e motores cobertos. Ledo engano achar que os Soviéticos estavam “dormindo no ponto” neste quesito. OBS: Fotos aguardando moderação.

        • Vinicius Momesso.
          Na realidade esta foto está um pouco distorcida dos fatos, (foi editada).
          Nos anos 80 não se imaginava em Su-47..
          A cronologia dos fatos resumida, contada na literatura russa é mais ou menos assim:
          Em 1979 o órgão responsável soviético lançou o Programa I-90 ( um caça de nova geração que seria usado nos anos 90 e subsequente), a Sukhoi mais fraca na época já entrou com poucas chances de vencer, o escritório MIG venceu, e propôs dois caças, um leve e um pesado, por falta de dinheiro logo o projeto da aeronave leve morreu, seguiu se com a pesada que virou anos mais tarde Mig-1.42/44.
          Os responsáveis na URSS queria que a Sukhoi mesmo não estando desenvolvendo a aeronave principal da Força Aérea, desenvolvesse também um projeto, mas o responsável do Designe Bureau recusou alegando que os recém criados Su-27 tinha grande capacidade de evolução, não precisando assim desenvolver uma nova aeronave, mas isso mudou em 1983 quando trocaram o chefe do Design Bureau, este novo projetista era um aficionado em CBS, então começaram a criar o projeto S-22, um monomotor leve, com asas invertidas e Designer furtivo, depois de todo projeto desenhado, descobriram que pelo peso da aeronave não teriam um motor para ela, logo em seguida o chefe do projeto saiu, chegou um novo, e usou os estudos anterior para recriar a aeronave e resolver o problema do motor, nasceu assim um novo S-22 bimotor (usaria uma versão a avançada do motor usado no Yak-141), só que este projeto já não chamava S-22 mas sim S-32 (a foto) devido a falta de grana se interrompeu o projeto em 1988.
          Mas a Marinha Soviética gostou dos resultados dos testes, queriam uma versão embarcada do S-32, que seria uma mistura de Su-27K (Su-33) com S-32 que chamaria Su-27KM, seria furtivo com asas invertidas etc, logo veio o fim da URSS e a Sukhoi continuou por conta própria, no início dos anos 90 criou se o primeiro laboratório de vôo para estudos, o S-37 “Águia dourada” (que depois no final dos anos 90 passou a chamar Su-47), ficou só num laboratório de vôo mesmo (não foi protótipo), que no início dos anos 2000 foi usado para estudos para se criar o Pak Fa hoje Su-57, muitas pessoas acham que o Su-47 era um protótipo de caça de 5° geração para a Força Aérea, mas não é, era apenas um avião laboratório para se estudar o CBS ( Asas invertidas), posteriormente se os resultados fosse bons e tivesse chegado financiamento, nasceria o Su-47 ou Su-27KM embarcado..
          O resumo e este…

          • Muito obrigado pelo esclarecimento! Você é fluente em russo? Por que para se conhecer a fundo a maquina de guerra soviética/russa profundamente, é necessário no mínimo esse requisito.

          • Sobre ser fluente, me viro com posso…
            Mas vc encontrando as fontes ou livros certos, vc consegue conhecer um pouco sobre a história da aviação Soviética, tente dar uma “garimpada” em
            airwar. ru e testpilot. ru tem muita coisa interessante sobre aviação, não só russa mas mundial ..

  7. Tem gente que esta tomando o chá da damaris só pode, regime comunista na Síria e invisibilidade com furtividade, eta mundo plano.

    • Tudo que voa, contando Su-30/34/35, helicópteros, Drones, aviões cargueiros, treinadores. Os Russos saíram de 4078 aeronaves início ano passado para 4163 este ano, sempre sai um relatório no primeiro mês do ano informando o que receberam e os tipos..

  8. Da pra ver claramente que os dois últimos protótipos do Su-57 tem um acabamento bem melhor , Motores cobertos , etc.
    Tem gente que diz que o J-20 é bem mais stealth Só pelo formato , mas é ser meio ingênuo achar que os russos não tem capacidade de fazer um avião no formato do J-20 ou F-22 , eles não fizeram pois não acharam que seria necessário. Formato de um avião basta mandar os engenheiros fazerem um desenho de um avião com as formas mais furtivas possível e regular o maquinário das fábricas para fazer tal avião. O difícil é fazer os matérias compósitos , os radares , motores , fusão de dados , etc. Os chineses no máximo tem um avião no formato furtivo , mas e o resto ? O Su-57 até onde se sabe é muito mais avião que o J-20 .

    • Acho que a eletrônica chinesa está bem avançada, até mesmo graças ao ocidente que terceirizou a produção dos bens de consumo para lá, vide os celulares, já são os terceiros maiores fabricantes. O ponto fraco deles ainda é a potência e durabilidade dos motores, mas estão trabalhando e investindo muito dinheiro nisso. Eventualmente irão resolver esses problemas, mais uns 10 ou 15 anos.

    • Também achei que o avião está “Bem” melhor acabado, sem aqueles rebites praticamente expostos, como já foi comentado aqui anteriormente.

  9. Uma aeronave de superioridade aérea testada em um TO sem espaço aéreo contestado ?! Poderia testar na Rússia que daria no mesmo, nem no chão existe mais oposição na Síria. Fakezeira.

  10. LINDA camuflagem…, poderiam adotar essa nos nossos Gripens, com as estrelas da FAB verde e amarelo, ficaria TOP…

    • Verdade! Dá para para ver os sorrisos de “orelha à orelha” das criançinhas sírias quando os anjos da liberdade da Coalização Internacional vem jogar presentes sobre as mesmas.

    • Então a comunicação entre pilotos russos e controladores foram interceptada ? Podem avisar a todo mundo que os imbecis dos russos não são capazes de terem comunicação segura!

  11. Testar um avião não significa “apenas” constatar se os dispositivos e meios concebidos e realizados para obter efeito stealth são eficazes. Tem que avaliar uma porrada de variáveis…inclusive os meios de apoio em solo em condições mais próximas da realidade…
    O Su57 e o J20 são dois aviões totalmente diferentes e concebidos para condições de emprego muito distintos.

    • Questionam muito a capacidade stealth do SU-57, o que é correto, mas se esquecem que grande parte dos caças, inclusive na Europa, além de nós também vamos de 4,5 geração. Até os chineses terão em sua espinha dorsal o J-10 por muito tempo

  12. Vai ser bonito assim lá na …… Se os russos colocam bocais das turbinas iguais aos do F-22 ai acabaria de levar o prêmio de mais belo de vez.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here