Home Aviação Comercial Binter recebe seu primeiro jato E195-E2

Binter recebe seu primeiro jato E195-E2

928
8

São José dos Campos – SP, 21 de Novembro de 2019 – A Binter, companhia aérea da Espanha, celebrou a incorporação do seu primeiro jato E195-E2 à sua frota em cerimônia realizada hoje na sede da Embraer em São José dos Campos. A empresa é a primeira cliente europeia a receber a maior das três aeronaves da família E-Jets E2 de jatos comerciais. A Binter possui um pedido firme para cinco E195-E2.

“Estamos extremamente orgulhosos em entregar o primeiro E195-E2 na Europa para uma companhia aérea regional tão bem-sucedida. A Binter exibirá o melhor da aeronave enquanto expande sua rede para mais cidades”, disse John Slattery, Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial.

“O evento de hoje é muito especial para todos nós, que fazemos parte da Binter. Esta aeronave Embraer E195-E2 é um passo importante na história de nossa empresa que se tornará também uma operadora de jatos. Este novo marco, que coincide com a comemoração dos 30 anos da Binter, agrega mais avanços aos que já fizemos nos últimos anos e que ajudam a perseguir nosso principal objetivo: a melhoria da conexão das Ilhas Canárias, entre as ilhas e também com destinos externos”, disse Pedro Augustín del Castillo, Presidente da Binter.

A aquisição do E195-E2 é parte da iniciativa geral de modernização de frota da Binter. Cada aeronave tem uma configuração de classe única com 132 assentos. O novo avião será empregado em uma rede de rotas que incluem oito cidades nas Ilhas Canárias, nove cidades na África e duas em Portugal. Ano passado, a Binter transportou 3,6 milhões de passageiros.

O E195-E2 recebeu, em abril, o Certificado de Tipo de três órgãos regulatórios: a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a Administração Federal de Aviação (Federal Aviation Administration – FAA) e a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA).

Testes em voos confirmaram que a aeronave é ainda melhor do que a especificação original. O consumo de combustível é 1,4% menor do que o esperado, chegando a 25,4% de economia por assento comparado com o E195 da primeira geração. Já os custos de manutenção são 20% menores e o E195-E2 é a aeronave mais ambientalmente amigável da categoria, operando com o menor nível de emissões e de ruído externo. A margem cumulativa para o limite de ruído ICAO Stage IV varia de 19 a 20 EPNdB, 4.0 EPNdB menor do que seu concorrente direto.

Assim como o E190-E2, o E195-E2 também possui os intervalos de manutenção mais longos no mercado de aeronaves com corredor único, com 10 mil horas de voo para atividades básicas de manutenção e sem limite de calendário para operações típicas do E-Jet. Isso significa 15 dias a mais para a utilização da aeronave em um período de dez anos, comparado à atual geração de E-Jets.

O E195-E2 apresenta novos motores de alto desempenho, asas completamente novas, fly-by-wire completo e um novo trem de pouso. Em comparação com a primeira geração do E195, 75% dos sistemas da aeronave são novos. O E195-E2 tem três fileiras adicionais de assentos. A cabine pode ser configurada com 120 assentos em duas classes ou até 146 em classe única.

A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e conta com mais de 100 clientes em todo o mundo. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves foram entregues. Atualmente, os E-Jets estão voando na frota de 80 clientes em 50 países. A versátil família de 70 a 150 assentos voa com companhias aéreas de baixo custo, bem como com operadoras regionais e tradicionais.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

8
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
João AdaimeRenato AvelinoLuiz TrindadeFabio JefferFlanker Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
João Moro
Visitante
João Moro

Que seja um excelente sucesso esta versão!

Fernando EMB
Visitante
Fernando EMB

Mais um operador dos E2… Wideroe, Air Astana, Azul, Helvetic e agora Binter.

Legal ver os E2 se espalhando pelo mundo… Pena que a quantidade entregue ainda é pequena.

Flanker
Visitante
Flanker

Belo design dessa aeronave! A penúltima foto, de frente, mostra a curvatura das asas próximo à fuselagem e esses motores novos, maiores em comparação com a versão anterior da aeronave, ficaram show. Dão uma impressão de robustez, além de ficar bem bonito!

João Adaime
Visitante
João Adaime

Prezado Flanker
Claro que você sabe disso, mas não custa contar para que outros colegas fiquem sabendo. O novo formato da asa dispensou a existência dos winglets.
O Fernando EMB poderia explicar melhor esta inovação.
Abraço

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

Pois então, pode parecer chato e repetitivo, mas até agora tudo isso, todas essas entregas da Embraer foi foram feitas sozinhas, sem a participação daquela empresa norte americana voraz e cheia de estratégias

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Eu tou estranhando… Kd a Boeing participando destas entregas? Afinal ela não comprou o setor comercial da Embraer? Pq ela não esta participando das entregas?

Fernando EMB
Visitante
Fernando EMB

Repetindo… Ainda não foi finalizado o acordo. Então por enquanto não tem nada de Boeing.

Renato Avelino
Visitante
Renato Avelino

Parabéns à Boeing.