Cooperação brasileira pode abrir caminho para mísseis de cruzeiro sauditas

    13463
    107
    O KACST anunciou em 19 de novembro que uma equipe saudita-brasileira desenvolveu um motor turbojato chamado TKF-500.

    A King Abdulaziz City for Science and Technology, da Arábia Saudita (KACST), anunciou em 19 de novembro que uma equipe saudita-brasileira desenvolveu e construiu com sucesso um motor turbojato chamado TKF-500 para aplicações militares e civis.

    Não foram divulgados mais detalhes, mas o envolvimento brasileiro quase certamente veio do fabricante de turbojatos Polaris (atual Turbomachine), que já produz vários desses motores.

    Seu TJ1000 está sendo usado para o míssil de cruzeiro lançado da superfície (MTC-300) que está atualmente sendo desenvolvido pela Avibras para o Exército Brasileiro.

    O míssil de cruzeiro com alcance de 300 km será lançado a partir de lançadores montados nos lança-foguetes ASTROS II do Exército Brasileiro, um sistema que também está em serviço com as Forças Terrestres Reais da Arábia Saudita (RSLF).

    TJ1000
    TJ1000

    FONTE: Jane’s

    Subscribe
    Notify of
    guest
    107 Comentários
    oldest
    newest most voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Manock
    Manock
    9 meses atrás

    Como assim? Brasil cooperando com ditaduras??? que absurdo!!!

    hahahaha

    Nada como o tempo, não é mesmo?

    João Moro
    João Moro
    Reply to  Manock
    9 meses atrás

    Só um detalhe que passou desapercebido, Manock: A forma de governo na Arábia Saudita é a Monarquia Absolutista, ou seja, lá tem REI e não ditador. Abraço!
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Ar%C3%A1bia_Saudita

    Manock
    Manock
    Reply to  João Moro
    9 meses atrás

    Ufa, REI ABSOLUTO é melhor que ditador, né?! valeu pelo ensinamento.