domingo, maio 22, 2022

Gripen para o Brasil

F-35: Pentágono corrige bug do capacete de US$ 400 mil

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

As forças armadas dos EUA podem finalmente ter encontrado uma maneira de corrigir uma falha no capacete de mais alta tecnologia do mundo usado pelos pilotos do caça mais caro da história.

Um bug na tela do capacete de US$ 400.000 usado pelos aviadores do F-35 causava um brilho verde ao voar em condições de pouca luz e agora é esperado que seja corrigido usando um tipo diferente de iluminação de semicondutor.

O brilho verde perturbador foi considerado tão crítico que foram impostas restrições a alguns pousos noturnos em porta-aviões, e a falha foi classificada como uma correção de “Prioridade 1” pelo escritório de testes do Pentágono. Linhas trêmulas também eram visíveis para alguns pilotos.

A gigante da defesa Lockheed Martin Corp. foi contratada pelo Escritório do Programa Conjunto F-35 para o redesenho, modificando peças de cabeça instalando novos diodos orgânicos de emissão de luz para substituir os monitores tradicionais de cristal líquido.

“Em parceria com o F-35 Joint Program Office e nosso cliente da Marinha dos EUA, trabalhamos para fazer a transição da tecnologia de capacete de um LCD tradicional para um sistema LED orgânico”, disse o gerente do programa Jim Gigliotti por email. A Lockheed Martin não forneceu um valor para o número de capacetes que exigem modificações ou o custo de atualização.

A tecnologia OLED pode fornecer vários benefícios de fabricação e de usuário sobre as alternativas mais antigas do LCD, incluindo o uso de telas flexíveis, melhor qualidade de imagem e tempos de resposta mais rápidos, e são usadas em TVs de tela plana, smartphones e relógios de pulso digitais. Os benefícios do OLED, no entanto, podem resultar menos tempo de vida útil da tela.

O anúncio do contrato para os novos displays de capacete acontece poucos dias antes de uma audiência conjunta dos painéis do Comitê de Serviços Armados da Câmara do problemático programa F-35 de US$ 406 bilhões, o projeto de armas mais caro da história.

O projeto foi atormentado por problemas durante sua fase de desenvolvimento de duas décadas. No ano passado, o Escritório de Prestação de Contas do Governo disse que o projeto apresentava 966 falhas pendentes, com mais de 150 que não se espera que sejam resolvidas antes da produção total.

E o jato furtivo ainda está a meses de testes rigorosos de combate contra os sistemas de defesa de possíveis adversários. No entanto, o Pentágono está confiante nas habilidades da aeronave. No mês passado, foi concedido um contrato de US$ 34 bilhões para mais 478 caças, levando a contagem de produção existente para 1.000 aviões – de um total planejado de pelo menos 3.100.

O F-35 está disponível em três variantes e é usado pela Força Aérea, Marinha e Corpo de Fuzileiros Navais. Mais de 10 países se comprometeram a comprar o avião, incluindo Japão, Coreia do Sul, Grã-Bretanha, Israel, Austrália e Holanda.

Os capacetes de ponta são fabricados como parte de uma joint venture entre a Rockwell Collins Inc. e a Elbit Systems of America. Eles combinam Kevlar e fibra de carbono e são feitos sob medida para se ajustarem perfeitamente aos contornos cranianos de cada piloto. Capacetes substitutos podem ser feitos usando um banco de dados de medições de cabeça mantidas para cada piloto.

Um recurso de alta tecnologia da tela do capacete é a capacidade de um piloto ver imagens de vídeo de onde pousará simplesmente olhando para baixo durante a descida vertical. O travamento de armas pode ser alcançado olhando para os alvos através do capacete.

“Estamos desenvolvendo, aprimorando e implementando o novo sistema e o feedback dos usuários foi extremamente positivo”, disse Gigliotti. Os pilotos estão “empolgados com esse novo equipamento”.

FONTE: Bloomberg

- Advertisement -

36 Comments

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Blayke

Tá aí uma boa notícia. Notório avanço

Temos o ser humano dominando tecnologias ou a tecnologia dominando os seres humanos ?

A imaginação é o limite.

Ricardo Bigliazzi

É alienígena… ha ha ha

Mgtow

Sinistrão esse capacete

Washington Menezes

Para eu tomar um recorde de dislaikes, ( agora só falta resolver os outros 2000 problemas).

Antunes 1980

Fale bem ou fale mal, mas fale de mim. Assinado: Lockheed Martin F-35 Lightning II

Ricardo Bigliazzi

Estão algumas “prateleiras” acima do resto.

entusiasta militar

o maior bug eles nao arrumaram que é o preço absurdo desse capacete … eles nao tem dó do dinheiro do contribuinte … ai amanha vem o chines no Brás e lança uma copia ching ling desse mesmo capacete so por $40000 e nao da pra reclamar

Space Jockey

E quem rí hoje do capacete e do caça é o mesmo que vai ser subjugado amanhã…

Jodreski

Acho que a aeronave e o custo de treinar um piloto para ela é bem maior do que o custo desse capacete, trazer mais consciência situacional ao piloto aliado a I.A. com certeza torna o conjunto muito mais letal e com maires chances de se evadir (se caso necessário). Ou seja, sim o capacete é caro, mas vale o investimento. Aposto que todos que o criticam queriam ter suas forças armadas o usassem (se tivessem dinheiro para tal).

Crau

Soluções simplistas para questões altamente complexas só servem para expor a completa idiotice de quem as propõe.

Matheus

Depois que os países clientes pagarem outro bilhão.
No dia que o FBI fizer uma Lava-Jato encima desse programa, o “MIC” vai desabar.

PauloOsk

Eu vi ele de perto no Melbourne Air Show aqui na FL com o f35 demo team. Parece coisa de outro planeta.

Kemen

O capacete pode ter muita coisa implementada, tal como escrito no texto do tópico, mas qual o ganho real paupável com essas implementações, em relação aos capacetes tradicionais, pelo que sei travar as armas os outros também fazem sem ser pelo capacete, olhar pelo capacete imagens de video de onde vai pousar… justifica o custo/beneficio ? Para alguns deve justificar sem dúvida. Eita bicho feio, asusta os outros, mas vamos… não se pode negar que é um avanço tecnológico, falta cair o preço ou ter concorrência. Capacete na medida do cranio de cada piloto, é sério ou brincadeira, sai piloto… Read more »

RICARDO NUNES BARBOSA

Todo HMD exige ajuste particular para cada piloto. O Gen III dispensa NVG, um ganho enorme em ergonomia.

Kemen

R. N. B. obrigado pela informação. Você ou algum outro poderia informar no que o HMDS é superior ao HMSS? Grato.

Kemen

Beleza, pergunta gera pontuação negativa! kkkkkk

Carlos Campos

a Fusão de sensores do F35 não é so na tela WAD é no capacete tudo mastigado para o piloto derrubar inimigos, o F35 faz 9G, e com o capacete por exemplo o alvo não sai da mira do piloto quando ele faz qualquer manobra, não tem como sair da mira do F35 a curta distância, a não ser que o piloto fique numa posição onde seu pescoço o impeça de mirar, outra coisa é ele ser logo alertado sobre SAM, podendo ver de onde tá vindo missil e manobrar melhor, segundo dados de uma REDFLAG o F35 derruba 20… Read more »

Tadeu Mendes

Com êsse capacete, o piloto práticamente se funde com os computadores de bordo.

É uma sinergia entre a capacidade cognitiva/sensorial do piloto, com podêr computacional do F-35.

Sérgio Luís

Esqueceu de dizer que o pentágono também se fundi junto com as telemetrias de todos F-35!
Aí fica melhor ainda ñ é!?!?

JUNIOR

De acordo com a BAE Systems, o capacete de maior tecnologia do mundo na atualidade e o seu modelo Striker II.

Vale destacar que a AEL sistemas, está desenvolvendo dentro do projeto Gripen NG o capacete Targo que emprega tecnologias análogas e se propondo os mesmos resultados, já tendo sido adquiridos pelas forças aéreas do Brasil e Suécia.

Eduardo de Assis Ribeiro Filho

Informação interessante. Não conhecia esse projeto Targo. Seria bom se o site trouxesse algo sobre o seu desenvolvimento.

Kemen

Não se divulga muito, pois os capacetes não definem o desempenho e o poder de um caça, são um implemento facilitador. É como um carro com ar condicionado automático x ar condicionado regulável manualmente.

http://www.ael.com.br/targo.html

Ricardo Bigliazzi

Muito bom, que se concretize a noticia. Se o “pacote Gripen” entregar metade do que promete já será muito bom, nos colocando na liderança inconteste no Continente

Kemen

Aqui tem um pequeno detalhe da Elbit sobre o Targo, foi desenvolvido o HMS para os F-35 e o JHMCS para o Targo do Gripen.

Our portfolio of helmet mounted systems for fixed-wing aircraft includes the HMS for the F-35 Joint Strike Fighter, the Joint Helmet Mounted Cueing System (JHMCS), the TARGO family of helmet mounted avionics, the Display and Sight Helmet (DASH) family and the Night Vision Cueing Display (NVCD) system.

teropode

Xiiiii.,cheguei tarde mas mesmo assim é bom lembrar que os EUA tem o péssimo hábito de inflacionar os gastos nominais com projetos notórios para desviar verbas para os projetos secretos , que aliás não estão conectados na rede .

Matheus

“projetos secretos”

Belo nome pra desvio de dinheiro.

teropode

No momento falamos d3 EUA.

MMerlin

É um belo nome e sem dúvida é o fim de uma grande parte dos fundos desviados, ou você acha que F-35 e o B-21 são os projetos mais avançados em que a USAF estão envolvida?

Denis

Beleza! Agora ele vai custar US$800 mil. ;D

Ricardo Bigliazzi

É, fica melhor a cada dia.

Kemen

Bem, o F-35 não tem HUD, espero que o capacete não falhe, porque não mantiveram também o HUD, seria uma maior segurança, apesar de restar a posibilidade da visão direta do piloto.

Denis

Beleza! Agora ele vai custar US$800 mil. 😉

elima70

Se por ventura o piloto for abatido, a principal preocupação dele é o capacete! aonde esconder.

Denis

Kkkkkkkk! Boa.

Crau

É impressionante perceber como é difícil e complexo o desenvolvimento de um armamento tão tecnológico quanto esses caças. Então, quando aparece um Putin da vida arrotando o lançamento de armas hipersonicas indetectaveis e indefensáveis, tiradas da cartola de um dia para o outro, vale dar umas boas risadas.

Kemen

O capacete do Gripen não deixa a dever ao capacete do F-35. Capacetes são uma sofisticação facilitadora para o piloto, não é um dispositivo totalmente imprescindivel, mas é necessario nas aeronaves de 4. geração em diante. – O capacete do Gripen E é o Targo, o sistema de visualização esta integrado nele inclusive a noturna, a AEL (subsidiaria no Brasil da Elbit) é encarregada de fornece-los a Elbit. Ele permite localizar, rastrear, identificar e combater alvos aéreos e terrestres. As informações do vôo podem ser vistas nele (altitude, velocidade do ar, alvos, informações de rastreamento e mirar nos alvos com… Read more »

Últimas Notícias

Operação Rimon 20: Caçadores israelenses versus caçadores soviéticos

Sérgio Santana O fim da Guerra dos Seis Dias de 1967 deixou as forças israelenses no lado leste do Canal...
- Advertisement -
- Advertisement -