VÍDEO: Projetos estratégicos da Aeronáutica na CREDN

    6340
    177

    A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) recebeu ontem explanação a respeito do atual estágio dos Projetos Estratégicos da Aeronáutica, com ênfase nos FX-2  e KC-390.

    Os expositores foram o tenente-brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, chefe do Estado-Maior da Aeronáutica – EMAER; e o brigadeiro do Ar Valter Borges Malta, presidente da Comissão Coordenadora do Projeto Aeronave de Combate – COPAC.

    A apresentação mostra que a disponibilidade financeira para o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2020 está aquém das necessidades do Comando da Aeronáutica para tocar os programas ora em curso.

    Os programas Gripen (F-X2) e KC-390 são dois dos programas afetados pelo contingenciamento de recursos e cuja entrega das aeronaves foi atrasada para se ajustar à nova realidade orçamentária.

    O Gripen da FAB necessitaria do aporte de R$ 1,5 bilhão em 2020, mas terá menos da metade desse valor (ver gráfico abaixo).

    F-X2 Gripen – Desembolso contratual por ano

    Por conta dos contingenciamentos, a entrega dos Gripen será esticada até 2026, um atraso de dois anos.

    O KC-390 também sofreu atrasos por conta dos desembolsos menores que os previstos. O Programa precisaria de R$ 1 bilhão em 2020, mas terá menos da metade desse valor.