Home Aviação de Caça Erdogan e o Sukhoi Su-57 Frazor

Erdogan e o Sukhoi Su-57 Frazor

9137
144

Por Sérgio Santana*

Erdogan – “Ele já voa?”
Putin – “Voa, vão mostrar hoje”
Erdogan – “E posso comprá-lo?”
Putin – “Pode comprar”

Foram essas as palavras do breve e animado diálogo entre o presidente da Turquia, Recep Tayip Erdogan, e seu colega russo, Vladimir Putin, durante os momentos iniciais da 14ª edição do Moscow International Aviation and Space Salon (mais conhecido como MAKS, que vai de hoje até domingo na cidade de Zhukovsky) em que o mandatário turco foi apresentado ao modelo do caça de quinta geração Sukhoi Su-57 “Frazor”, apropriadamente registrado com o número “057” em exibição estática no evento.

Sabe-se que a Turquia está formalmente interessada em outro produto da Sukhoi, o Su-35 “Flanker-E”, como forma de amenizar a sua retirada do programa multinacional de outra aeronave da mesma geração conceitual do Su-57, o Lockheed Martin F-35 “Lightning II”, após ter encomendado mísseis superfície-ar Fakel S-400 “Triumf”/SA-21 “Growler”, de fabricação russa.

Entretanto, apenas o Su-57 seria um substituto do mesmo nível que o F-35. Deve ser lembrado que uma eventual aquisição do “Frazor” pela Turquia aumentaria a produção da aeronave, que por ora conta com apenas umas poucas dezenas a serem entregues para a Força Aeroespacial da Federação Russa nos próximos anos.

Outras consequências da possível operação do Su-57 pela Türk Hava Kuvvetleri (THK, a Força Aérea da Turquia) serão de natureza tática e estratégica. No primeiro caso, a nova aeronave seria certamente envolvida (para não dizer exibida) nas várias incursões diárias sobre o Mar Egeu como forma de provocar a Elliniki Polemiki Aeroporia (EPA, a Força Aérea da Grécia, a arqui-inimiga da Turquia) devido a controvérsias acerca da extensão da Região de Informação de Voo dos dois países. Atualmente, a Turquia utiliza aeronaves McDonnell-Douglas F-4 Phantom II e Lockheed Martin F-16 Fighting Falcon nestas missões (curiosamente, a Grécia também emprega o “Viper”, além do Dassault Mirage 2000, quando vão interceptar os invasores turcos).

A consequência estratégica, se a Turquia optar mesmo pelo Su-57, muito provavelmente será a remoção das bombas nucleares da OTAN atualmente estocadas no seu território. É muito improvável que a aliança ocidental permita que parte do seu armamento estratégico continue em solo turco, considerando que a operação do caça russo de quinta geração certamente implicará no aumento da movimentação de pessoal técnico russo por lá, visto que já estarão presentes de maneira periódica por conta do emprego dos mísseis S-400 (embora a própria Grécia opere artefatos similares, mas da geração anterior, os S-300, há um bom tempo).

Assim, é inegável que o interesse de Erdogan por armamento russo tende a aprofundar e ampliar as mudanças já em curso nas relações da Turquia com a OTAN.


*Bacharel em Ciências Aeronáuticas (Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL). Pesquisador do Núcleo de Estudos Sociedade, Segurança e Cidadania (NESC-UNISUL). Pós-graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC/MG). Autor de livros sobre aeronaves de Inteligência/Vigilância/Reconhecimento. Único colaborador brasileiro regular das publicações Air Forces Monthly, Combat Aircraft, Aviation News e Jane’s.

Subscribe
Notify of
guest
144 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Minuteman
Minuteman
1 ano atrás

Admito. Até eu queria alguns desses aqui.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Minuteman
1 ano atrás

Só mesmo voce …

Eu nao, porque teremos o Gripen que é sem dúvida o melhor caça nao stealth da atualidade … mas precisamos sim com urgência da compra de um 2º ou 3° lote.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Eu também pensava assim, fechar com o Ocidente porque esses é que são nossos parceiros, estreitar laços com os EUA e escantear Rússia e China… até o Macron dar com a língua nos dentes e entregar um plano muito antigo de um grupinho de potências para com o Brasil… Bom, continuo achando que nossos valores são muito mais próximos aos EUA e Europa do que com o Oriente, e não confio em hipótese alguma na China, mas aparentemente EUA e Europa não nos tratam como irmãos, e sim como celeiro, então temos que ser espertos e possuir equipamento militar (principalmente… Read more »

JSilva
JSilva
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

Eu sempre tive essa mesma visão… mas sempre vi nos debates o pessoal desacreditando e minimizanso as falas antigas de líderes, principalmente europeus, sobre a condição da Amazônia. Bastou um presidente inepto adotar uma política que diverge do que os europeus pensam para a Amazônia e volta essa conversa adormecida. O que fica nas entrelinhas é que o Brasil sempre será dono da Amazônia desde que não divirja do que o mundo pensa para aquela região que é o de preservação ( o que aliás eu até concordo). Portanto, um mínimo de diversificação não faria mal, não precisa ser que… Read more »

Wagner
Wagner
Reply to  JSilva
1 ano atrás

Estaria correto em dizer que você nunca esteve na região amazônica?

JSilva
JSilva
Reply to  Wagner
1 ano atrás

Sim, você está correto, ainda não estive na Amazônia. Mas isso é argumento? Só quem esteve na Amazônia sabe a realidade de lá, quem lê e acompanha os noticiários mas não esteve lá está fora dos debates?
Até a Nasa está confirmando os dados do aumento desmatamento, os cientistas também vão se desacreditados porque nunca estiveram lá?

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

Demorou pra perceber isso demais…

Bosco
Bosco
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

Space,
Enquanto “o Cara” e sua trupe estava no poder não havia risco do grupinho de potências colocar seu plano em ação porque estava tudo “em casa”.
O problema não é o que está acontecendo na Amazônia já que é o que sempre aconteceu, o problema é o que está acontecendo em Brasília. É esse o “problema” que incomoda os globalistas de olho na “preservação” da Amazônia.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Não interessa o problema, o problema eles sempre vão inventar, temos que apresentar o remédio, e ele é amargo. Não existe isso de ser gigante e abençoado de recursos e ser indefeso, é uma equação que não fecha. Se não deixam construir uma bomba de jeito nenhum como a maioria alardeia então investimos no que pode e ponto final.

Dudu
Dudu
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco:
Realmente o problema é o que está acontecendo em Brasília.Consegue ser pior do que o que acontece na amazônia.Está queimando mais o Brasil que as próprias queimadas…

Ícaro Gabriel
Ícaro Gabriel
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

Compartilho da mesma opinião Space Jockey, ter o melhor dos dois mundos é uma necessidade estratégica para um país que não tem uma vontade grande em investir pesado no desenvolvimento de novas tecnologias como é o caso do Brasil.

Francisco AMX
Francisco AMX
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

“Gripen que é sem dúvida o melhor caça nao stealth da atualidade” pode isso, Arnaldo? não! não pode! rsrsrs

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

E Putin esta quase conseguindo um comprador para o SU-57! Será o Adeus turco ao F-35? Não duvido da engenharia russa já se mostraram muito competentes para projetar excelentes aviões, mas os chineses começaram depois e o caça deles de 5ª geração esta mais adiantado, se bem que teve muita espionagem em cima dos americanos por parte dos chines!

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

O F-35 é um ótimo caça para os EUA mas para a Turquia o melhor seria comprar logo uns 50 Sukhoi SU-57 e assim, teria uma maior aproximação com a Russia

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Comprar 50 aviões top de uma nação faz qualquer país vendedor se aproximar… rsrsrs

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

Sabe a história do São Tomé, só vendo para crer, o Su-35 até pode ser mas u SU-57, pra depois os Turcos voltarem atrás e ter um caça Russo para NATO.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Nilton L Junior
1 ano atrás

Pois é…

Pau que bate em Chico, bate em Francisco.

Em 2021 ou 22 tem eleições na Turquia..

E se o Erdogan for derrotado ?

Fabio Mayer
Fabio Mayer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

É improvável que um ditador seja derrotado nas urnas…

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Fabio Mayer
1 ano atrás

Ele já foi nas municipais…

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Ele não foi. foi parte de seus apoiadores…

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Tb é vdd

Ricardo
Ricardo
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Putin não é burro. Quando a Turquia quis o s400 a condição de Putin foi pagamento adiantado, assim se a Turquia pulasse fora ficaria com prejuízo bilionário. Agora não será diferente .

Kemen
Kemen
Reply to  Nilton L Junior
1 ano atrás

É mas pelo jeito o Putin não esta nem ai com esse problema! A não ser que a Russia use o mesmo procedimento dos USA, no caso da venda a Turquia, limitando seu uso ou emprego em determinadas operações.

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Nilton L Junior
1 ano atrás

Vdd

João Moro
João Moro
1 ano atrás

Já era esperado que a Turquia procurasse o SU-57. Agora resta saber se este SU-57 terá as mesmas capacidades do F-35 ou superiores.

Ironcop
Reply to  João Moro
1 ano atrás

A Índia abandonou o projeto alegando que o caça não cumpria com os requisitos, por aí você já tem um norte.

William Duarte
William Duarte
Reply to  Ironcop
1 ano atrás

Amigo, eu não confio muito na avaliação da Índia, tendo visto o Tejas, a reforma no Jaguar, etc, talvez comentaram este fato apenas para afastar do projeto, pois o mesmo ainda não estava totalmente acabado, e ficaram com receio de ter uma grande dor de cabeça, tal qual está acontecendo com o operadores do F-35, o que poderia durar anos para arrumar os possíveis problemas, pois diferentemente do Ocidente a Russia não é muito de divulgar seus problemas no desenvolvimento de seus equipamentos de guerra. Mas mesmo assim, não acho que a avaliação indiana como “norte” para definir algo bom… Read more »

Brunow Basillio
Reply to  William Duarte
1 ano atrás

Em relação aos Indianos a muita contradição, pois os mesmos ainda cogita comprar o Su-57.. O abandono da Índia ao projeto foi devido a recusa da Rússia em compartilhar com a Índia as tecnologias embarcadas no caça, se fosse por causa de “qualidade e acabamento” eles teria aceitado o F-35 que a LM cançou de fazer lobby para que os Indianos pudesse compra lo… E sobre a Turquia, dificilmente ela compraria o Su-57, pois isso afetará o desenvolvimento de seu caça doméstico, além do Su-57 sair muito caro para os Turcos, eles não operam caça Russo, teria que mudar toda… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Deals between countries involves lots of factors. And untill and unless one knows the inside details , one is apt to miss the woods for the trees. Firstly IAF and DRDO personnel’s were stationed in Russia for a considerable amount of time and had access to PAKFA as part of the 256 million dollar agreement for initial involvement. So they have the basis to make a call on the feasibility of their requirements and the capabilities of the same. From what I know PERSONALLY, few years back when the deal was called off IAF allegedly as per their internal study… Read more »

MBP77
MBP77
Reply to  Nostra
1 ano atrás

Para quem ficou com preguiça de traduzir, segue a parte em Português que o colega Nostra postou acima e que merece particular atenção: * “A IAF não seguirá o caminho do SU30MKI, onde financiou e contribuiu para isso sem nada para mostrar. SU30MKI variantes foram vendidas em todo o mundo, mas a Índia não ganhou sequer um dólar por isso, entre outras desvantagens.” * De forma sucinta, o indianos não gostaram de financiar para os outros lucrarem. E não estavam dispostos a fazer isso de novo. Diga-se de passagem, não estão errados em pensar e agir assim. A Turquia que… Read more »

Brunow Basillio
Reply to  MBP77
1 ano atrás

A Índia vai operar maior frota de Su-30 do mundo, monta o caça localmente, gerando emprego e renda e ainda quer royalty quando a Rússia vender o Su-30 para outros países ?
Será que a LM paga royalty do F-35 quando ela vender para um cliente que não seja Parceiro?
O Brasil vai ganhar royalty se o Gripen E for Fabricado na Índia ?

Nostra
Nostra
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Sir no offence but you make me laugh. You make it as if Russia did a favour by agreeing to sell / allow India to manufacture su30. Let me enlightenment you on the reality When IAF was evaluating the su30 but was still not convinced of buying it , the then Russian President Yeltsin phoned Indian PM requesting him to buy the su30 and expedite the acquisition process because Russia needed a emergency cash transfusion plus Yeltsin was fighting re-election and needed the goods news to convince the voters from his constituency many of whom were Sukhoi workers laid off… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
1 ano atrás

I hope people here will have a good laugh after reading the above real story of ballburster ToT deal of the century lolzzzzz

Brunow Basillio
Reply to  Nostra
1 ano atrás

I will ask two questions … If Russia was like this, not fulfilling agreements, inventing clauses etc .. Because after that, India signed another deal for MKI, Why did you buy Aircraft Carriers? Why did they rent submarines? Why Bought Submarines? Why Bought MBT? Why Bought Frigates? Why Bought S-400? Why Bought Helicopters? Why Bought Rifles? Why is India still buying from Russia being so ruin, as you said? Does India buy protection from the Russians so that they can defend it from the Chinese and Pakistanis? Another question ! What were these 400 Indian Scientists doing in Russia for… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Sir calm down , I only give my side of the story , anybody is free to accept or reject it. Anyway coming to your questions Please allow me to ask you this questions in return First have you been ever part of a intergovernmental negotiation team or part of the diplomatic corps or have you ever participated in geo political or military negotiation at international levels to understand the complexity of the various relevant factors in play ? Second do you think relationship between 2 nations is exclusive to arms deals or is it inter connected to geo political… Read more »

Brunow Basillio
Reply to  Nostra
1 ano atrás

“Lord calm down, I just give my side of the story, no one is free to accept or reject it.”

We cannot tell a story! We confirm facts! story are for children … You came here and exposed a lot of words … Now come and say you wrote only your part of the story, does the IAF have a different “story” than yours?

Nostra
Nostra
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Facts are facts , be it mine or anybody else . To believe or not to believe is a matter of personal convenience. A person will believe what she or he wants to believe , so I prefer to leave it to the others . Google whatever I have said and determine your self, as long as your are honest in the effort. Actually I made a mistake in engaging in the discussion because 2 annonymous people engaging in a online discussion is in reality a futile effort . Sorry for wasting your time If it’s any consolation you are… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Regarding aircraft carrier , India had no choice since the remaining one was due to be decommissioned. Russia offered theirs for sale and India bought it by paying hard cash . Nobody did anybody any favours. Russia had 3 frigates lying in various stages of construction because Ukraine refused to supply the engines. So who did Russia ask for help ? India, why ? Because they knew India will help. And they did. Bought all 3 of them and since Russia was in the backfoot got a good deal interms of ToT. Russia needed money to run its sick shipyards… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Nostra
1 ano atrás

Hey Nostra. Thanks for the info. And looks like you got your baptism of fire in Brazilian Discussion Forums lol However, your post had me scratching my head a little bit and I couldn’t help but wonder about something. Has this always been that way in negotiations between Russia and India? If you’re able, could you give us a quick run down about the relations between India and the Soviet Union. One of the perks of being one of the leading non-aligned countries during the Cold War is that you could get stuff from both sides and I’m wondering how… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  Leandro Costa
1 ano atrás

Let’s expand the scope by discussing about Indian realpolitik during the cold war days which can be best understood by studying the Indian manuscript Arthashastra a 2500 years old manual on statecraft, diplomacy and strategy, economics etc written by Chanakya. FYI the phrase ” enemy of my enemy is my friend ” is credited to Chanakya. I will now directly quote from Henry Kissinger’s book World Order Start of quote ” The Arthashastra sets out, with dispassionate clarity, a vision of how to establish and guard a state while neutralizing, subverting, and (when opportune conditions have been established) conquering its… Read more »

Junior Boas
Reply to  Ironcop
1 ano atrás

Mas os indianos voltaram atrás e mantém interesse no caça Russo

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Ironcop
1 ano atrás

A India já esta voltando ao projeto… So pra inicio de contestação do seu comentário…

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  João Moro
1 ano atrás

Os turcos têm muito a oferecer aos russos com conhecimento adquirido.

Claudio
Claudio
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

Assim como alguns f-16 de presente , afinal eles tem mais de 100, ninguém sentiria falta de um

Leônidas
Leônidas
Reply to  João Moro
1 ano atrás

F-35 é só propaganda, os americanos ainda tem medo do mig-29.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Leônidas
1 ano atrás

Os americanos são medrosos mesmo! Quando a União Soviética apresentou o Mig-23 e o Mig-25 morreram de medo e consequentemente investiram bilhões de dólares para fazer a fantástica sequencia de caças F-14, F-15, F-16 e F-18. Hoje que tudo virou historia sabemos que os Mig-23 e Mig-25 eram muito limitados e inclusive inferiores ao velho F-4, mas na época meteram um medão nos USA. Posteriormente os soviéticos apresentaram o Mig-29, e novamente os americanos ficaram com medo, mas logo em seguida acabou a União Soviética e os Mig-29 da Alemanha Oriental foram enviados aos USA, daí os americanos descobriram que… Read more »

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  João Moro
1 ano atrás

Acho que o SU-57 tem as mesmas capacidades que o F-35 ou seja ate melhor ja que da indústria aeronáutica Russa … com certeza, é muito melhor que a copia chinesa kkk

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  João Moro
1 ano atrás

Esse encontro me lembrou uma bagunça que aconteceu em Brasilia um par de anos atrás em que um Presidente de 9 dedos se reuniu com um Presidente de Brinquedo da França e depois de uma noite de cachaçada da boa os dois estavam a falar no dia seguinte que a compra dos Rafale estava mais do que bem encaminhada.

Segue o Jogo, acho que tem gente nos EUA torcendo pela compra dos Su-57 Russos pela Turquia, pelo menos ficam sabendo que os Turcos não estão tão bem armados assim.

Chris
Chris
Reply to  João Moro
1 ano atrás

É perceptivel que nem tem um revestimento stealth como F-35, F-22 e J-20 !

FERNANDO
FERNANDO
1 ano atrás

Eu – “Ele já voa?”
Putin – “Voa, vão mostrar hoje”
Eu – “E posso comprá-lo?”
Putin – “Pode comprar”

Yesssssssssssssssssssssssssssssssss

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  FERNANDO
1 ano atrás

Eu estou plenamente de acordo…mas não sou de esquerda…sou adepto do moderno conservadorismo russo.

Jeff
Jeff
1 ano atrás

Erdogan – “Ele já voa?”
Putin – “Voa, vão mostrar hoje”
Erdogan – “E posso comprá-lo?”
Putin – “Pode comprar”
Erdogan – “Ele solta pecinha?”
Putin – “Não tanto quanto os chineses”
Erdogan – “E dá muito problema?”
Putin – “Bem menos que o F-35”
Erdogan – “Então vamos colocar no pacote dos S-400, passa a régua e fecha a conta.”

Minuteman
Minuteman
Reply to  Jeff
1 ano atrás

Putin poderia mandar uns de presente para o Brasil.

Galeão Cumbica
Galeão Cumbica
Reply to  Jeff
1 ano atrás

Pelo q falaram dos arrebites, nesta segunda foto não aparenta q os arrebites ficam assim expostos, parece um acabamento muito bom.

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Galeão Cumbica
1 ano atrás

A segunda foto só pega uma pequena área, veja na primeira foto logo abaixo da numeração.

Bosco
Bosco
Reply to  Jeff
1 ano atrás

Erdogan – “Ele já voa?” Putin – “Voa, vão mostrar hoje” Erdogan – “E posso comprá-lo?” Putin – “Pode comprar” Erdogan – “Ele solta pecinha?” Putin – “Informação confidencial” Erdogan – “E dá muito problema?” Putin – “Bem menos que o F-35” Erdogan – “E quem garante?” Putin – “la garantia soy yo” Erdogan – “E quanto custa” Putin – “Vê quanto custa o F-35 que eu cobro a metade. Aqui a economia é planificada”. Erdogan – “Ah! Beleza! Então vamos colocar no pacote dos S-400, passa a régua e fecha a conta, porque se eu aceitei comprar os mísseis… Read more »

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 ano atrás

Vender SU-57 para ERDOGANGSTER 🤔🇹🇷⁉️

Esse turco é tão confiável quanto um peugeot…

Mas acredito que com certeza os Estados unidos🇺🇲 vai impor o seu CAATSA act, afinal eles são a favor do livre mercado, desde que comprem deles, então com certeza presenteará a Turquia com sanções por comprar equipamento russo.

FERNANDO
FERNANDO
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

Oh, dor de cotovelo!
Esquece, a Túrquia não é um país da América del Sur ai.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

Acho que a Turquia não muito preocupada com o CAATSA.
Já vislumbrou que o seu futuro será com a China e o Oriente.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Eu gostei dos emoji que ele publicou, deve ter sido mais fácil do que o comentário.

Bosco
Bosco
Reply to  Nilton L Junior
1 ano atrás

Nilton,
Parece que a sua URSAL vai ter que se contentar em ser menor porque a Amazônia vai ficar nas mãos dos eurobambis.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Antonio,
Quando o Erdogan meteu um balaço na traseira daquele caça russo lá na Síria você não o achava tão legal não, né?
Naquela época ele era só um lunático ladrão de petróleo lacaio do imperialismo rsrssss
A capacidade camaleônica de vocês é algo admirável. rsss

Topol
Topol
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Mas ele realmente era! Quem mudou de lado foi o Erdogan, veja como é grande a generosidade de Putin, além de não carbonizar a Turquia ainda lhe vende seus melhores equipamentos ! Tudo para conter um inimigo ainda maior…

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Topol
1 ano atrás

Podem falar o que for do Putin, mas o cara é um Estadista sem igual no momento.

Leo Neves
Leo Neves
1 ano atrás

Esse 057 parece ser a versão de exportação, reparei que este não tem as marcações dos radares laterais , provavelmente a versão de exportação conte somente com um AESA em vez de 6 .

Video de um Su-57 054 abrindo o para quedas de frenagem antes de tocar o solo. O impacto foi forte mas parece que não causou nenhum problema. Se fosse o J-20 chinês aposto que teria soltado pecinha.
https://youtu.be/RGyL_NJhCWU

ScudB
ScudB
Reply to  Leo Neves
1 ano atrás

“Esse 057” nem voa. Foi feito para trabalhar com otimização dos sistemas em terra e resolver questões de ergonomia.

MGNVS
MGNVS
Reply to  ScudB
1 ano atrás

ScudB
Saudacoes
Como vc é profundo conhecedor dos armamentos russos, por favor responda: o SU-57 sera um aviao equiparavel ao F-35? ou ele sera menos stealth porem com funcoes e missoes diferenciadas em relacao ao caça americano?

MGNVS
MGNVS
Reply to  ScudB
1 ano atrás

ScudB
Uma outra questao: Vc confia no Erdogan?
Quem garante que Erdogan futuramente nao se voltaria contra a Russia e dps daria de “presente” o S-400 e o SU-57 para Otan? E mais, se Erdogan realmente estiver se alinhando a Russia, imagine so o peso desse tipo de aliança na geopolitica da regiao? Imagine Turkya, Russia, China e Iran numa aliança? Sem contar sinda que Russia traria junto as ex-republicas sovieticas da Asia Central e a China traria junto o Pakistao, Bangladesh e Mongolia.

Nostra
Nostra
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

Mongolia is not part of Chinese circle as of now , can’t say about future.

And it is safe to say neither is Bangladesh.

Leo Neves
Leo Neves
Reply to  ScudB
1 ano atrás

ScudB
Não sabia disso, valeu pela explicação. Então ele não tem motores ?

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 ano atrás

Será que os turcos podem oferecer algo aos russos, ou o conhecimento deles na construção de partes do JSF não é tão grande assim? Pelo que li eles são responsáveis por 937 itens do caça americano. Fuselagem central, material composto, trem de pouso, peças de motores de produção F135 para incluir rotores de lâminas integrados de titânio, unidade de interface remota de míssil e tela panorâmica do cockpit,fabrica 40 por cento do Sistema de Fiação e Interligação Elétrica F-35 (EWIS), fabrica e monta as fuselagens centrais, produz peles compostas e portas de compartimentos de armas, e fabrica condutas de entrada… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

Quem sabe participação na venda de gaz para Europa.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Vai sair 100 aeronaves facin ai…

nonato
nonato
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Não sei de onde tiram tanto dinheiro.
Só F 35 iam comprar mais do que as potências europeias.
Enquanto o Canadá é a maioria novela para comprar novos caças.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  nonato
1 ano atrás

vendo a posição estratégica da Turquia é fácil pensar em gastar pra se proteger de todos …

Mas seria ótimo para a Russia vender para a Turquia o SU-57 que com certeza é muito melhor que o caça chinês e eu espero que venda mesmo muitos deles juntos com muitos outros S-400 que todos temem kkk

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  nonato
1 ano atrás

É pq o canadá se escora nos EUA.

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Cristiano Salles (Taubaté-SP)
1 ano atrás

Tirando aqueles Yakolev, Antonov…, acho a maioria dos Mig’s e Sukhoi’s…, bem bonitos…

Essa camuflagem do Su-57, poderiam adotar nos nossos Gripens…, com as estrelas verde e amarelo, ia ficar lindo os Gripens…

Por dentro, acho que os Russos melhoraram muito a eletrônica embarcada, devido à abertura econômica…, devem estar semelhantes aos ocidentais…

Só a padronização de peças e ferramentas, que acho que não estão num padrão, tipo ISO 9000…

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

Rolou até sorvetinho para lubrificar a compra:

https://www.youtube.com/watch?v=1250zTfVndE

JT8D
JT8D
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

O amor é lindo …

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Agradecimento pelo SU-24 rsrs

Luís Henrique
Luís Henrique
1 ano atrás

A Turquia é um país que leva a defesa a sério.
Eles possuem mais de 200 F-16.
Iam adquirir 100 F-35.
Eles possuem um grande orçamento para aquisições.

Com toda certeza, se eles comprarem caças russos, eles podem comprar em grande quantidade.

Não me surpreenderia se o Erdogan comprar 100 Su-57 ou até mais.
Um mix de Su-35 e Su-57 também é provável.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
1 ano atrás

Vendo por fora, tanto esse Su, quanto F35 e J20, aparentam ter o mesmo tipo da acabamento, agora por dentro ja são “outros 500” .

Rodrigo
Rodrigo
1 ano atrás

Vai comprar e paga como??? o Su57 qdo estive 100% operacional já vai esta 15 anos ou mais atrás em desenvolvimento tecnológico dos caças americanos….Pois já estará disponíveis os caças de 6 geração. Mais mesmo assim tem que dar os parabéns por conseguir esse tipo de aeronaves com pouco recursos

nonato
nonato
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

Desde quando tecnologia depende de recursos?
Claro que um mínimo de recursos são necessários.
Mas se você não vai comprar, mas desenvolver, 100 x mais recursos não significa 100 x mais tecnologia.
Lembre que nos temos tinta Ram. Sem gastar quase nada.
Você acha se o México gastar 100 bilhões de dólares criam tinta Ram?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  nonato
1 ano atrás

No seu mundo as pessoas trabalham de graça ? Começa por profissionais bem remunerados a nível internacional.

E isto custa bem caro.

Theo Gatos
Theo Gatos
1 ano atrás

Esclarecendo o contexto sobre um ponto do texto… A Grécia não foi atrás de adquirir o S-300, quem adquiriu foi o Chipre, mas a Turquia passou a ameaçar invadir mais porções de terra da ilha além das já ocupadas se o Chipre não se livrasse do sistema, a Rússia não aceitou de volta simplesmente e o ocidente negociou a permanência desses na Grécia que tradicionalmente já operava o sistema Patriot. . A IDF, que já tinha bastante proximidade com os gregos em exercícios periódicos regionais, aproveitou para treinar contra essas baterias que também estavam em operação na Síria e, aparentemente,… Read more »

Brunow Basillio
Reply to  Theo Gatos
1 ano atrás

Só um detalhe sobre o treinamento da OTAN com o sistema S-300 não é novidade, e nem risco para os Russos, além da versão da Grécia ser diferente do da Síria… O que muitos não Sabem é que Eslováquia também operam S-300, Bulgária já operou até pouco tempo, os próprios EUA compraram o deles, possivelmente da Bielorrússia ou Ucrânia num passado recente…
Então a OTAN conhece a muito tempo o Sistema S-300…

XFF
XFF
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

As versões que S-300 que a Grécia e Bulgaria possuem são da década de 90 e não foram atualizados. A versões atuais são bem mais avançados e sem comparação com os atuais S-300.

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  XFF
1 ano atrás

Até que enfim alguem lucido e bem informado… Parece, pelos comentarios anteriores aqui, que todos os S-300 são iguais, mesmo tendo sido produzidos com 20 anos de diferença…

nonato
nonato
Reply to  Theo Gatos
1 ano atrás

Falta agora chegarem o S 400 e o SU 57 para a OTAN estudar.

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Cristiano Salles (Taubaté-SP)
1 ano atrás

A melhor coisa foi termos comprado um caça com alta manobralidade, pois logo logo…, vão inventar radares para os caças de 4 geração que detectao, os caças de 5 geração…, e ai…, o que vai contar é a velha manobralidade e os mísseis que sobrepõe ao do adversário…

Parece que a China já tem um radar que, consegue detectar os caças de 5 geração…

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Cristiano Salles (Taubaté-SP)
1 ano atrás

Muito legal seu comentario recheado de suposições…. Detectar o de 4ª ou de 5º geração depende da capacidade de distancia do radar unicamente… Todas as materias que vc ler vão lhe dizer que a capacidade de manobra do F35 e inferior aos de geração passada… Ele é feito para atacar sem ser detectado e voltar… não para dodgefight…

RENAN
RENAN
1 ano atrás

A questão é quanto custa para exportação?
Vamos dizer que o F35 custe 90 milhões de dólares a unidade
Então o equipamento Russo para ser competitivo teria que custar 65 milhões a unidade até 75 milhões de dólares.
O su35 custa 45 milhões cada
Uma bela aeronave por um preço muito bom.
Com 10 bilhões de dólares a Turquia pode adiquir 120 SU-57 com todo o pacote por uns 10 anos

Brunow Basillio
Reply to  RENAN
1 ano atrás

“O su35 custa 45 milhões cada”

Qual Su-35 custa 45 milhões ? Se vc estiver falando do Su-35 Russo vc está muito longe do preço real…

RENAN
RENAN
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Amigo não se Fassa de difícil
Nós fale o valor exato por favor

Brunow Basillio
Reply to  RENAN
1 ano atrás

O preço correto da unidade somente os Russos sabem, o que se sabe são valores aproximados baseados em contratos assinados, no caso do Su-35 em específico:
Su-35 U$ 85 milhões (fonte: thediplomat ” valor baseado na venda do caça para a China)
Já o Su-30 em valores por unidades segundo a mídia Indiana..
Su-30MKI U$70,3 milhões índia ( Fabricado na Índia)
Su-30MKI U$42,15 milhões ( Comprado direto da Rússia)

Nostra
Nostra
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

And do you know the reason why made in India SU30mki is more expensive than the made in Russia Su30mki ?

Read my post ” ballbuster ToT deal of the century ” written above to know the reason why.

Brunow Basillio
Reply to  Nostra
1 ano atrás

I know Indian … Incidentally, I disagree with your comments, because I know details of the agreement of Russian sources from years ago, and in these sources it is very transparent there: *India would produce MKI at HAL factory after 2001, and for each unit produced would pay licensing fees. * I also found no report from the Russian authorities agreeing to pay “Royalty” for the sale of the Su-30MKM or MKA. You can learn more about the Russian side MKI deal on the Bastion-karpenko Blog. Today, MKI’s level of industrialization is 51% manufactured in India, 49% from Russia because… Read more »

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Uma análise superficial poderia indicar que o su-35 pra China saiu mais caro porque eles tem receio de vender tecnologia de ponta pra China, por motivos óbvios, logo, embutem no preço um “seguro”. Aliás, quase certeza que no aéreo mesmo teve matéria sobre isso já.
Chega aos 45m? Nem a pau, mas também não creio que chegue realmente aos 85m dos pra China.

RENAN
RENAN
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Nunca será isso, a não ser que vc está considerando todo o contrato com manutenção, míssel, bancadas de teste, treinamento e alguma transferência de tecnologia.
Pois nunca um su30 e su35 custará isso
Abraço

Brunow Basillio
Reply to  RENAN
1 ano atrás

Tem o Google disponível para vc pesquisar, mas duvido que vc ache uma fonte Russa ou Ocidental dizendo que o Su-35 custe menos de U$70 milhões..
Já os Su-30 aí são valores que a IAF paga, por isso não tem erro..
Vou deixar aqui um link, tem os preços de alguns caças..
https://aviatia.net/

Space Jockey
Space Jockey
1 ano atrás

Se derrubarmos um SU-24 deles também seremos bajulados dessa maneira ?

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

Não, vamos ganhar retaliação pesada; mas se fóssemos um país estratégico da OTAN, onde inclusive estivessem abrigadas armas nucleares, aí sim e houvesse uma oportunidade para criar um racha na OTAN, sim, seríamos bajulados

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Nós ja sofremos retaliação pesada com este monte de MAVs no Brasil.

Difícil piorar mais

FERNANDO
FERNANDO
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

Humm, melhor não dar está ideia.
Os russos adoram o Brasil

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  FERNANDO
1 ano atrás

Adoram chantagear o Brasil

RENAN
RENAN
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

Não precisamos muito de aviões pois tem gripen chegando.
Mas precisamos de navios
Manda nossos modernos submarinos alemães para o caribe e vamos afundar as embarcações russas que visitam a Venezuela, então vamos descobrir.
Se ele nos vende uns navios de guerra com tecnologia relevante.

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  RENAN
1 ano atrás

Errado…. Precisamos de meios de DEFESA. quem não pode lutar de igual pra igual fica na defesa e, de preferencia, usa da dissuassão através do perigo de grandes perdas em caso de nos atacar…

Ou seja, precisamos de defesas terrestres de tres camadas, tanto terra-ar, como terra-mar. Geralmente se produzem em velocidade superior a navios. Depois precisamos adquirir submarinos que irão garantir o receio de navegar por aqui com seus navios de batalhas e, por ultimo, adquirir meios de ataque, como avioes e navios de combate.

Claudio
Claudio
1 ano atrás

Edorgan é um líder forte, sabe impor respeito perante os interesses da Turquia , não abaixa a cabeça para os americanos e nem país algum, não admitem que nenhum governo estrangeiro seja dono do destino de sua nação, é admirável o patriotismo deles , se não querem vender F-35 beleza , eles procuram outro, não se lamentam, enquanto aqui a Europa peida e a galera cojita a se atirar no colo de americanos e israelenses.

Minuteman
Minuteman
Reply to  Claudio
1 ano atrás

Antes falar sobre isso, compare as forças armadas da Turquia em relação as nossas. Aí verás o motivo de pedirmos ajuda aos outros.

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Minuteman
1 ano atrás

Cara, ele fala da Europa!!!

Flanker
Flanker
Reply to  Carlos Ravara
1 ano atrás

“…enquanto aqui, a Europa peida e a galera…..”

No comentário original do colega, ele esqueceu da vírgula depois da palavra “aqui”….e eu coloquei….e com isso, ele quis dizer, sim, que ele se refere ao Brasil. Macro, Merkel, etc não estão se atritando com Bolsonaro? Acredito que seja nesse sentido que ele escreveu….

Claudio
Claudio
Reply to  Flanker
1 ano atrás

Corretor automático estraga oque eu escrevo

nonato
nonato
Reply to  Claudio
1 ano atrás

Enquanto isso, Macron quer negociar com os iranianos que estão construindo armas atômicas e querem destruir Israel, mas querem penalizar o Brasil por causa de queimadas.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

Turquia pode comprar? Pode.
Vai comprar? Provável.

Mas eu duvido que será na mesma quantidade que seria de F-35. e se for de uma quantidade significativa, não vai vir Su-35. pelo menos não em um futuro próximo.

A não ser que o tio Putin de o desconto camarada pra eles. mas a industria aérea Russa já ta quase quebrando por causa disso (se formos dar credito a uma matéria aqui do PA de algumas semanas atrás que o governo Russo paga o que quer pelos caças e não oque vale)

PPrr
PPrr
1 ano atrás

Brasileiro é tão vira-lata que ta rindo pq o caça Russo não tem qualidade quanto os do EUA (o que é verdade), mas rindo de uma forma como se o últimos fossem projetos Brasileiros e pertencessem à FAB.

Leônidas
Leônidas
Reply to  PPrr
1 ano atrás

Que isso, os Mig-29 são melhores que esses f-35

Joanderson
Joanderson
1 ano atrás

Se o PIB russo fosse de pelo menos 3 trilhões,creio qui a tecnologia deles tava no msm nível da americana,com o pouco qui eles tem eles já fazem muito.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Joanderson
1 ano atrás

Não parece provável. A tecnologia deles está onde está graças a maior parte do que veio da URSS. A URSS não era nada pequena como a Rússia economicamente e mantinham a economia como em guerra constante. Dito isso, basta notar que boa parte da tecnologia atual em armas ainda é de iterações em relação ao que tínhamos no mundo em 1991. O F-22 mesmo é algo vindo de um protótipo que voou em 1990. Dito isso, custa menos prosseguir do que começar e é por isso que a China com muito mais dinheiro não está nem perto na maior parte… Read more »

Joanderson
Joanderson
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Não penso assim cara,a URSS era um país qui competia com os EUA mais já começaram em desvantagem enquanto os EUA não receberam nem um tiro de revólver durante a segunda guerra mundial os russos foram quase qui totalmente destruídos e foi acabando a 2 guerra e começando a guerra fria msm assim se reerguerao a medida do possível sendo eles praticamente sozinhos porq todos os seu aliados eram países pobres da África e Ásia,em quanto os EUA ricos e com aliados também ricos,mas msm assim a indústria militar, aeroespacial,e nuclear da Rússia não perde em nd pra países europeus… Read more »

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Joanderson
1 ano atrás

Amigo, de uma olhada nos mapas da guerra. A Rússia foi toda invadida até chegar nas portas de Stalingrado. Se somar todo o chão russo tomado não dá 1/4 de toda a Rússia. As indústrias deles foram desmontadas e mandadas pra leste, ao mesmo tempo que os EUA desmontaram fábricas e mandaram pra URSS. Eles começaram a ser potência graças ao fim da guerra e em que pese estarem atrás, literalmente a tecnologia aérea foi resetada ali! Os aviões a jato nasceram, os radares nasceram. Tudo era mais simples por ser o começo. O mesmo vale pros navios mais tarde… Read more »

Heitor
Heitor
Reply to  Joanderson
1 ano atrás

Joanderson… sem a virada em Estalingrado, o Amerika teria chegado na América (entendedores entenderão)

Jadson Cabral
Jadson Cabral
1 ano atrás

Tomara que voar seja suficiente!

100nick-Elâ
100nick-Elâ
Reply to  Jadson Cabral
1 ano atrás

Tomara que alguém te ouça, já que vc é mais esperto que Putin, Erdogan e todos os engenheiros russos juntos.

Mauro Oliveira
Mauro Oliveira
1 ano atrás

Que fofo. De ditador pra ditador…..

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Mauro Oliveira
1 ano atrás

Se na terra de pindorama tivesse um ditador patriota igual ao Putin. Não seria esta draga que não fabrica, nem vende nada de valor agregado e tecnologia de ponta. Que Marinha de Guerra, Força Aérea e Exercito Pindorama não teria. Jamais seria ameaçada por qualquer pau mandado Francês falando em subtrair e internacionalizar território seu.Eu adorava a ditadura do general Geisel.

Fernando
Fernando
1 ano atrás

“Erdogan: faz quantos Km por litro?”

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Dois dos principais representantes do eixo do mal.
O eslavo apoia o hezbolah e o otomano apoia a al nusra.

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

O Eixo do mal é a CN o Iran e o Iraque, o Bush falou

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nilton Reis Jr
Nilton Reis Jr
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

E os EUA apoiam os ursinhos carinhosos. Ganhei.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 ano atrás

Deus morto, Deus posto!

Rosenvald
Rosenvald
1 ano atrás

Será que o S-400 turcos poderiam defender o Irã de um ataque de Israel, pois umas das possiveis rotas passariam pela Turquia ?

Space Jockey
Space Jockey
Reply to  Rosenvald
1 ano atrás

No ataque a usina de Osirak (Iraque) eles passaram pela Arábia Saudita, provavelmente fariam o mesmo hj, pois a AS é inimiga do Iran e o deserto propicia vantagem de voo baixo, assim como ocorreu em 1981.

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Space Jockey
1 ano atrás

O Iraque não tinh o o nv de defesa aerea que o Irã possui… nem perto…

XFF
XFF
Reply to  Rosenvald
1 ano atrás

Isso é pra vc ter ideia a pressão sobre Erdogan para não comprar S-400…..

XFF
XFF
Reply to  XFF
1 ano atrás

Isso é pra vc ter ideia a pressão sobre Erdogan para não comprar S-400…..
O Tio Sam não queria que a Turquia possuísse armas que possam ameaçar Israel ou limitar a capacidade da Força Aérea de Israel. Esse é um dos motivos por trás da pressão que a Turquia vem sofrendo em relação a compra do S-400. Com S-400, a Turquia consegue enxergar tudo que acontece em Israel, pouso, decolagem e posições dos caças de Israel na região. Além disso, Turquia pode cooperar com o Irã, dificultando qualquer ataque de Israel contra o Irã.

Kemen
Kemen
1 ano atrás

Se um não vende compra de outro, generalizando… nada mais lógico. Mas ainda não comprou vamos ver o que vai acontecer.
Os USA aprovam a venda dos F-35 à Turquia ou, a Turquia compra caças da Russia, ou a Turquia não compra nada e espera a desenvolvimento do seu Stealth, ou a Turquia compra um caça qualquer de outro pais mas não da Russia nem dos USA.

Space Jockey
Space Jockey
1 ano atrás

Erdo – Ele já voa?
Puty – Não, ele veio no guincho!

Gabriel BR
Gabriel BR
1 ano atrás

Se tivermos 72 aeronaves Su-57 a nossa soberania sobre a Amazônia estaria mais do que garantida.

Alison Lene
Alison Lene
Reply to  Gabriel BR
1 ano atrás

Errado. Ainda precisaria de defesa aereas fixas e moveis pra compor a defesa de tres camadas…

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Alison Lene
1 ano atrás

Bateria Antiaérea serve para complementar a defesa aérea e resguardar instalações estratégicas…você acha possível montar um sistema de três camadas na Amazônia inteira?! Pelo amor de Deus amigo…

Luis
Luis
1 ano atrás

muito legal um caça de quinta geração cheio de rebites, acho esse ar retrô um charme. singela homenagem dos projetistas ao valoroso su-2 da segunda guerra mundial.

Antonio Araujo
Antonio Araujo
1 ano atrás

A Turquia está no time do Brasil. O time daqueles que compram e não dos que manufaturam o caça. A Rússia está no time dos que fabricam como os Estados Unidos. A diferença entre os que fabricam e os que não fabricam diz tudo o que se precisa saber em matéria de defesa, na minha opinião.