Home Aviação de Ataque Jato indiano Tejas ganha versão chamada SPORT para treinamento avançado

Jato indiano Tejas ganha versão chamada SPORT para treinamento avançado

4788
34
LCA Tejas biposto

Novo treinador geração 4++ poderá operar como avião de combate se necessário

A companhia estatal indiana Hindustan Aeronautics Limited (HAL) está desenvolvendo uma aeronave de treinamento avançado da geração 4++ que poderá ser usada para treinar pilotos da Força Aérea Indiana (IAF) antes que eles assumam o controle de caças de alto desempenho como o Rafale.

Denominado Supersonic Omni Role Trainer Aircraft (SPORT), o jato é baseado na versão biposto do Light Combat Aircraft (LCA) Tejas.

A nova aeronave poderá também ser usada não apenas como treinador durante o tempo de paz, mas também como aeronave de combate durante a guerra.

No módulo de treinamento da IAF, os pilotos de caça passam por treinamento básico, treinamento intermediário e, posteriormente, treinamento avançado em jatos.

Após o treinamento avançado em jatos, eles partem para uma aeronave de alto desempenho, como Rafale ou Mirage 2000 ou MiG-29.

Durante o período de treinamento avançado no Advanced Jet Trainer, como a aeronave Hawk, os pilotos não têm acesso a dispositivos de alto desempenho, como Helmet Mounted Display (HMD), Laser Designation Pod (LDP) ou bombas guiadas a laser ou míssil de cruzeiro.

No jato SPORT, os alunos poderão treinar com o HMDS, LDP, mísseis de cruzeiro, bombas guiadas a laser, mísseis antinavio, armas inteligentes e drones. A HAL concluiu o projeto preliminar e está fazendo o desenvolvimento da aeronave.

Durante o Aero India no início de 2019, um simulador do SPORT foi apresentado e os pilotos que o experimentaram deram um sinal de positivo.

LCA Tejas
O jato de treinamento SPORT será baseado no LCA Tejas biposto
Simulador do HAL Supersonic Omni Role Trainer Aircraft (SPORT)
Simulador do HAL Supersonic Omni Role Trainer Aircraft (SPORT)

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO SPORT

O Supersonic Omni Role Trainer Aircraft (SPORT) da HAL baseado no LCA biposto e possibilitará o treinamento nas seguintes áreas:

1. Treinamento de combate dedicado a grupos de engajamento de grandes forças
2. Conceitos e treinamento em nível tático e operacional Net Centric Warfare (NCW)
3. Conceitos de radar de controle de tiro (FCR) e treinamento de operações
4. Conceitos de busca e rastreamento por infra-vermelho (IRST) e treinamento de operações
5. Conceitos e treinamento de operações do sistema de exibição montado em capacete (HMDS)
6. Treinamento de combate BVR dedicado
7. Conceitos e treinamento dedicados de EW (Guerra Eletrônica)
8. Conceitos de ambiente a laser e treinamento sobre o uso de Pod Designador a Laser (LDP)
9. Exposição ao lançamento de mísseis ar-ar (BVR e CCM)
10. Exposição ao lançamento de ALCM, ASM
11. Prática de lançamento de PGM (com e sem designação de alvo pela aeronave mãe)

O Jaguar MAX e o SPORT utilizarão subsistemas comuns, como aviônicos, LRUs, etc. desenvolvidos para especificamente eles.

COLABOROU: Nostra

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carpophorus
Carpophorus
1 ano atrás

Essa é a versão com motor AP 2.0? Tem a injeção eletrônica ou ainda é carburado? Brincadeira a parte, finalmente vemos evolução no projeto, parece dessa vez vai dar certo…

Jorge Augusto
Jorge Augusto
Reply to  Carpophorus
1 ano atrás

“Tem carburador ou não tem carburador negão?”

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Carpophorus
1 ano atrás

Suspensão ativa, teto solar e WAD(pra curtir um filme durante a viagem,rs).
Falando sério, parece promissor.

Chris
Chris
Reply to  Carpophorus
1 ano atrás

Já eu senti falta de rodas aro 20 e do aerofólio ! E tinham que pintar de vermelho ou amarelo !

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

Tejas Sport, com teto solar, kit multimídia, aerofólios e rodas de liga leve.😉😎

Overandout
Overandout
1 ano atrás

Literalmente igual carro, não muda nada em relação ao normal, adicionam uns decalques esportivos e mudam o nome

Brunow Basillio
1 ano atrás

Treinador avançado 4++, jaguar Max já em fim de carreira da célula…..
Isso que chamo de ostentação…

Rommelqe
Rommelqe
1 ano atrás

Mais um com WAD…..

Antropólogo
Antropólogo
Reply to  Rommelqe
1 ano atrás

Só o gripelho pode ter WAD e HMD agora? Las sorras del gripelho se lloran…

Antropólogo
Antropólogo
Reply to  Antropólogo
1 ano atrás

Só 21 deslikes…Tô decepcionado com las sorras del canal…

Flanker
Flanker
Reply to  Antropólogo
1 ano atrás

Claro que qualquer um pode ter WAD….ninguém é dono da tecnologia e nem ela é exclusiva.
Quanto aos deslikes, você apareceu por aqui agora, escreve de forma debochada e agressiva e acha que os deslikes seriam por conta de “las sorras”??? Por acaso, os deslikes não seriam por conta justamente da sua forma de escrever, deixando a educação de fora de seu comentário???

Wilson Lobe Junior
Wilson Lobe Junior
Reply to  Antropólogo
1 ano atrás

Muitos podem ter WAD e HDM, a novidade é a FAB operar algo tão avançado. Que bom!

teropode
1 ano atrás

O treinador a jato desenvolvido no Brasil da de 7 a 1 neste ai.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

Pode ser que essa versão de treinamento possa ter mais chance de conseguir um usuário externo, mas geralmente o que se vê é surgir um avião de treinamento avançado e dele surgir um caça leve e não o contrário como nesse caso, primeiro surgiu o caça leve para dele surgir um treinador avançado!

pangloss
pangloss
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

Fábio Araújo, aí está a curva descendente do Tejas: não serve para combate, então vão tentar fazer dele um treinador.

Meireles
Meireles
1 ano atrás

Muitos riem deles, até eu as vezes, mas o know how da Índia em termos defesa área deve estar entre os melhores do mundo, eles possuem quase todos os tipos de caças do mundo, isso dá uma excelente experiência, não foi atoa que eles descartaram o Su-57, tem que ter muito conhecimento técnico, estão de parabéns!

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

A HAL disse que pretende baixar o preço do Tejas de 63 para 35 milhões de dólares. O motivo seria a concorrência do Gripen C que a Suécia anda oferendo por aí.

https://timesofindia.indiatimes.com/india/83-lcas-order-hal-may-finally-agree-to-lower-price/articleshow/70823895.cms

Mairton
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Pelo que li do texto, a redução se deve ha cortes e ajustes no pacote do Tejas, principalmente em relação a manutenção certo?

Nostra
Nostra
Reply to  Mairton
1 ano atrás

The high price quoted initially by HAL is due to one factor only – Lack of competition. There is no other India company which manufactures aircrafts and hence HAL has a captive market where they try to dictate their price. The price they quoted earlier for LCA MK1A was Rs 450 crore per aircraft as the basic price excluding maintenance and total life cycle costs. IAF and MOD is now negotiating a price in the range of Rs 250 crore and Rs 275 crore per aircraft as the basic price excluding maintenance and total life cycle costs. That is around… Read more »

ALEXANDRE
ALEXANDRE
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Agora a Argentina compra 2 .

pangloss
pangloss
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

De US$ 63M para US$ 35M???? Isso, por si só, já demonstra a (falta de) qualidade do produto.
Numa boa, se a India pagasse US$ 63M para que outro país se arriscasse a operar cada unidade dessa porcaria, ainda assim seria um mau negócio.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

O Gripen C é muito superior ao Tejas, posso estar engando mas acho que são até de categorias diferentes!

Meireles
Meireles
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Aí quando houver um terceiro cliente, ou se houver um terceiro cliente saberemos o preço verdadeiro do Gripen NG, com a tecnologia de meia dúzia de componentes do Gripen NG transferidos ao Brasil, o Gripen NG está saindo mais caro do que o F-35, depois quando recebe uma ameaça das super potências ninguém sabe explicar porque que o país não tem defesa aérea capaz de defender o Brasil. Eu vi um vídeo falando que apenas uma fragata Russa seria capaz de afundar todas embarcações navais do Brasil em 30 minutos, aí eu fico me perguntando, se estamos na era da… Read more »

Claudio
Claudio
Reply to  Meireles
1 ano atrás

Provavelmente esse vídeo tem alinhamento pró-americanos Israel, que coloca os russos e chineses como “inimigos”, vídeos doutrinadores tem de monte

Mairton
1 ano atrás

A India possui uma força aérea naval e em terra gigante. Só para a necessidade interna o programa já se justifica; porém a possibilidade de exportação sempre está na mesa e qualquer compra externa já é um gás e tanto no projeto.
Ganha a HAL e ganha o país, na continuidade da formação e fomento da industria local no desenvolvimento de soluções e tecnologias próprias em aviação.
Aliás… não duvido que, em algum momento, eles tenham olhado para nós e na forma como fizemos com a EMBRAER.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
1 ano atrás

Cadê a Argentina pra dizer que tem interesse nesse aí tb?

pangloss
pangloss
Reply to  Filipe Prestes
1 ano atrás

Os argentinos podem estar desesperados, mas aí já é demais… Tejas não dá.

JuggerBR
JuggerBR
1 ano atrás

SPORT ou SORTA? Em inglês as iniciais não seriam sport…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 ano atrás

Que chique, treinador para caça de alta performance, não sei porque precisam do Tejas.

Valter Sales
Valter Sales
Reply to  Nilton L Junior
1 ano atrás

Se a gente puder atribuir o incrível índice de acidentes na FAI a deficiências no treinamento…, então seria mais do que justificado um sistema de treinamento de vôo robusto

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Valter Sales
1 ano atrás

Valter para isso não precisa do Tejas ja que eles tem MIG, SU e futuramente o Rafale, ja que a idéia de ter esse treinador.

Paulo
Paulo
1 ano atrás

AMX-T seria um excelente, magnífico LIFT brasileiro, também com opção de ser usado como plataforma de armas durante guerras.

Alex
Alex
1 ano atrás

Esse Tejas e geracao 5++……. no quesito feiura. Deus me livre! Que bicho feio!

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

Motor ?