Home Aviação de Ataque ‘Bomba ninja’ possui lâminas que destroem os terroristas sem risco de danos...

‘Bomba ninja’ possui lâminas que destroem os terroristas sem risco de danos colaterais

9504
90
Desenho da bomba ninja mostra como as lâminas são abertas para destruir o alvo

O dano colateral em missões de fogo indireto conduzido contra alvos inimigos em centros urbanos densamente povoados tem sido uma crítica contra as forças dos EUA.

Nunca antes o papel de especialistas em apoio de fogo teve que garantir tanto que ataques de artilharia, lançamento aéreo, morteiros e até mesmo apoio de fogo naval sejam realizados com precisão, minimizando o potencial de vítimas civis.

Mas mais de uma dúzia de atuais e ex-funcionários dos EUA disseram ao Wall Street Journal no início de maio que a possibilidade de danos colaterais foi significativamente reduzida devido ao desenvolvimento secreto de um míssil capaz de eliminar alvos sem qualquer explosão.

A arma está em uso há algum tempo, enquanto sua existência foi mantida em sigilo pela Agência Central de Inteligência e pelo Pentágono, segundo o Wall Street Journal.

Criada a partir do amplamente utilizado míssil Hellfire, o R9X – também conhecido como “Ginsu voadora” (em alusão às facas Ginsu) ou “bomba ninja” – é equipada com uma ogiva não explosiva capaz de esmagar seu alvo com mais de 30 quilos de metal.

A bomba ninja de precisão também é equipada com seis lâminas internas que podem atravessar edifícios ou carros com facilidade. Essas longas lâminas se abrem na forma de um halo ao redor do míssil, momentos antes de pulverizar seu alvo como uma bigorna raladora de queijo enviada do céu, disseram autoridades ao WSJ.

O desenvolvimento da ogiva começou em 2011, sob o governo do ex-presidente Barack Obama, segundo a reportagem, à medida que intensas campanhas aéreas no Oriente Médio e na África se arrastavam, ressaltadas por preocupações de danos colaterais em regiões densamente povoadas.

Em lugares como Iraque, Afeganistão, Síria, Somália e Iêmen, os alvos de terror começaram a cercar-se de mulheres e crianças para complicar as medidas de retaliação.

A R9X foi projetada levando em conta esses cenários.

Por causa de sua designação para eliminar apenas um ou dois indivíduos em um carro ou complexo, seu uso permanece limitado – apenas cinco ataques no total foram realizados em operações no Iraque, Síria, Líbia, Somália e Iêmen, informou o WSJ – em missões visando prédios maiores ou grupos que geralmente pedem variantes explosivas.

Um desses ataques foi realizado em janeiro de 2019 contra o terrorista acusado de orquestrar o mortal atentado ao destróier USS Cole em outubro de 2000, segundo a reportagem.

Jamel Ahmed Mohammed Ali al-Badawi, um antigo agente da Al Qaeda que estava na lista do FBI dos terroristas mais procurados, estava dirigindo sozinho no Iêmen quando a R9X caiu do céu, destruindo o veículo e o conteúdo do banco do motorista.

A especulação circulou após missões como a conduzida contra al-Badawi, segundo a reportagem, já que as fotos depois da ação não mostraram sinais de terra queimada ou veículo em chamas típicos de um ataque com mísseis Hellfire.

Tão precisa é a munição, disse um ex-oficial ao WSJ, que um alvo no banco do passageiro de um carro em movimento pode ser eliminado sem matar o motorista.

E como o projeto do R9X foi feito “com o propósito expresso de reduzir as baixas civis”, disse um funcionário ao WSJ, o custo e o tempo são eficazes, já que os drones não precisam permanecer orbitando enquanto aguardam que o alvo se afaste de civis.

Várias autoridades disseram que o governo dos EUA deveria ter discutido publicamente a R9X quando foi desenvolvida pela primeira vez para mostrar ao mundo a disposição de minimizar as mortes de civis.

FONTE: Military.com

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fila
Fila
1 ano atrás

1o de abril?

MCX
MCX
Reply to  Fila
1 ano atrás

Se pra vc evolução e humanização de uma arma para os civis é uma mentira, sim. Forte abraço.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  MCX
1 ano atrás

É mesmo, vai ter um sensor poderoso que tirará leituras do cérebro dos alvos, identificando quem é terrorista e quem é civil.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

bom mesmo é matar o terrorista sem se preocupar quem estiver por perto, “grande pessoa” vc é

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Quem garante que essa aí não vai matar também?

Bosco
Bosco
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Defensor,
A única maneira de não ter danos colaterais é não haver guerra. Em havendo o que se deseja é a redução dos danos colaterais. A “eliminação” de danos colaterais é impossível.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Eu ainda acho que homens no terreno fazem melhor esse trabalho, como snipers.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Amen!!!

NEI
NEI
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Nem sempre se consegue colocar um homem no terreno que o criminoso está. Essa é a razão para se ter uma arma dessas.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Israel daqui a pouco vai testar lá na Palestina…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

Ví em algum lugar ( tô tentando lembrar a fonte ) que tambem estavam utilizando mísseis Hellfires sem a cabeça explosiva, usando cimento no lugar. O míssil matava o alvo utilizado energia cinética.
Imagino quando as armas laser estiverem menores, um enxame de drones sobrevoando o alvo e disparando laser de milahres de graus contra alvos humanos.

Bosco
Bosco
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Willber,
Foram bombas Paveway.

Mauro
Mauro
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Li algo a respeito também, foi batizado pelo Pentágono como Míssil Hellmarreta.

Francisco Braz
Francisco Braz
1 ano atrás

Caraca!!! Voltamos à idade da pedra. Tacando tijolos uns nos outros. É o fim da civilização. rs rs rs

Pampapoker
Pampapoker
Reply to  Francisco Braz
1 ano atrás

Então estamos na 4 guerra mundial,.. Albert Einstein citou… Não sei como terminará a terceira guerra mundial, mas a quarta vai ser com pau e pedras. Não resisti kkk

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Máquina de cortar, fatiar e picar de terroristas.
Daqui a pouco vai ser vendido no Polishop.

Salim
Salim
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Pensei no mesmo kkkk

M.@.K
M.@.K
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

hahahahahahahaha

Lucio Sátiro Maia
Lucio Sátiro Maia
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Sim, o Juarez da Tekpix deve estar ansioso para anunciar o “brinquedo”

Salim
Salim
1 ano atrás

Esta arma foi usada a pouco tempo na faixa Gaza para matar um líder terrorista do Hamas que era responsável pela distribuição dinheiro que vinha do Irã, o carro ficou moído por dentro.

Rui chapéu
Rui chapéu
Reply to  Salim
1 ano atrás

Eu vi foto desse carro.

Acho que se buscarem no Google acham o carro. Dá pra ver os cortes estranhos por cima e sem sinal de explosão.

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
Reply to  Rui chapéu
1 ano atrás

Rui, se o terrorista tivesse usando o óculos “ambervision” teria desviado dessa bomba Ginsu a tempo, 🙂

Marcos
Marcos
Reply to  Rodrigo Maçolla
1 ano atrás

KKKKKKKKKKKKK, essa foi dos anos 90,kkkkkkk

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Rodrigo Maçolla
1 ano atrás

Poderia usar uma roupa a base de meias Vivarina, também resolveria.

Theo Gatos
Theo Gatos
Reply to  Rodrigo Maçolla
1 ano atrás

E se ele estiver usando meias Vivarina capaz de sobreviver ao impacto das lâminas!
.
Kkkkkkkkkk

Emerson
Emerson
Reply to  Salim
1 ano atrás

Matéria do meiobit “https://meiobit.com/401457/eua-comprando-armamentos-basicamente-da-acme-e-funciona/”

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

É verdade esse ‘bilete’.

PauloSollo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Resta aos russos tomarem a mesma iniciativa depois dos terríveis danos colaterais que causaram à população civil da Síria com suas milhares bombas burras, a maioria lançada a grandes altitudes.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  PauloSollo
1 ano atrás

aquilo ali devia ser proibido, usar bomba burra hj em dia não é mais aceitável.

Hélio
Hélio
Reply to  PauloSollo
1 ano atrás

Quem bombardeia hospitais dos médicos sem fronteiras por engano são outros.

Bosco
Bosco
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Hélio,
Não sei o que você lê mas geralmente quem faz isso (e temo, não ser “por engano”) são os russos: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/mundo/2019/05/05/interna_mundo,753250/tres-hospitais-no-nordeste-da-siria-sao-alvo-de-ataques-russos-diz-on.shtml

Pedro
Pedro
1 ano atrás

Feio vai ser qdo a bomba Ginsu encontrar algum terrorista vestido com a meia vivarina. Ai teremos a luta do seculo!!!

tony
tony
Reply to  Pedro
1 ano atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
Reply to  Pedro
1 ano atrás

KKKKK, só faltou os sujeitos usarem o óculos ambervision para visão em combate

Marco
Marco
Reply to  Pedro
1 ano atrás

E a bomba tem que estar polida com a CERA AURI para diminuir o arrasto aerodinâmico rssss.

NEI
NEI
Reply to  Marco
1 ano atrás

Com Bombril nas antenas kkkk

BMIKE
BMIKE
1 ano atrás

Caramba, que viagem é essa? Atinge terroristas com precisão. … identificando o bandido do mocinho por intuição própria? Noção 0….

Bosco
Bosco
Reply to  BMIKE
1 ano atrás

Um Reaper pode reconhecer uma face a 10 km de distância.
Mas a maioria das missões de eliminação de terroristas se dá com ajuda de equipes em terra ou “agentes” infiltrados que confirmam a identidade do “suspeito”.

Lucio Sátiro Maia
Lucio Sátiro Maia
Reply to  BMIKE
1 ano atrás

A inteligência em terra pode acompanhar o indivíduo-alvo e dar as coordenadas para o lançamento

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

“um alvo no banco do passageiro de um carro em movimento pode ser eliminado sem matar o motorista.”
Esse tal ex-oficial está seguindo os passos do comandante sueco e do tal Fu chinês.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
1 ano atrás

Quando a R9X caiu do céu, destruindo o veículo e o conteúdo do banco do motorista.
E de arrepiar isso ai.

nonato
nonato
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Linguagem bem incomum.
O conteúdo do banco do motorista…

Denis
Denis
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Pois é, foi altamente grosseiro.

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Lâminas contra terroristas barbudos ? Vão barbeá-los ? 😂😂😂

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Boa!!! 😉

Lucio Sátiro Maia
Lucio Sátiro Maia
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Lembre-se que os terroristas barbudos também gostam de usar lâminas na garganta de suas vítimas. Gillete neles

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 ano atrás

Ahaa para com isso!!
Ridículo
Não estraguem um míssil fez história!

MCX
MCX
Reply to  Sérgio Luís
1 ano atrás

Vc prefere q lancem 8 kg de explosivo sobre uma área povoada pra atingir apenas um homem? Isso nao é estragar um míssil q realmente fez historia, mas sim reduzir as consequências dele aos civis. Forte abraço

Bosco
Bosco
Reply to  MCX
1 ano atrás

Há vários vídeos que mostram o Hellfire sem uma ogiva explosiva atravessando um automóvel como um prego quente na manteira. Como o CEP do míssil é de 1 metro nada mais criativo que instalar nele “lâminas” capazes de compensar o ‘erro” . https://www.military.com/video/operations-and-strategy/air-strikes/mq-9-fires-dual-mode-brimstone-missile/3538472564001

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

No caso do vídeo é o Brimstone, que nada mais é que o Hellfire britânico.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Então não seria melhor tomahawk com a espada do Conan!?!?

Victor F.
Victor F.
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Nesse vídeo, em 1’18” dá para ver a onda de choque que é gerada quando o míssil com carga explosiva atinge o veículo. É impossível quem estiver num raio próximo ao centro da explosão não sair bem arrebentado.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Sérgio Luís
1 ano atrás

Pelo amor de Deus!!!!

Bosco
Bosco
Reply to  Sérgio Luís
1 ano atrás

Não sei o porquê do espanto. Aliás, essa ideia já foi aventada na década de 80 na função antibalístico. Os americanos estudaram um míssil que abria um guarda chuva para compensar uma possível falta de precisão. http://www.russianspaceweb.com/images/spacecraft/military/asat/hoe/hoe_1.jpg
Mas no final os mísseis PAC-3 e THAAD não fizeram uso do sistema.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Já eu não sei o porquê da “espada”!

Bosco
Bosco
Reply to  Sérgio Luís
1 ano atrás

Sérgio, Eu achava que a sua implicância com o F-35 era baseada em critérios técnicos mas pelo visto você não aprecia nada que venha dos EUA por puro ranço ideológico. Cuidado hem! A coerência é uma característica nobre . Você pra mante-la deveria se recusar (e estender essa recusa aos membros de sua família) a todo tipo de tratamento de saúde ou exames de imagem, etc. 99% de todo equipamento médico hospitalar provém dos EUA e 95% dos médicos que fizeram especializações fora do Brasil o fizeram nos EUA. E tomara que não tenha um carrão Ford ou Chevrolet na… Read more »

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco,
Para com isso rapaz!! Presta atenção nos meus comentários parceiro eu sou fã do F-15 que fez,faz e fará história na aviação (F-15 X) e não
venha com essa retórica política pro meu lado não! Me deixa fora disso!
Com relação ao “Deus Vivo” (F-35) é só uma opinião! Onde vc conclui a sua e eu a minha.
Relaxa

RENAN
RENAN
1 ano atrás

Quem investe em pesquisa e tecnologia se tem a garantia de ter uma solução para cada momento.

Imagino a importância de uma arma com tanta precisão.

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Um cartucho 7,62×51, .338 Lapua ou até um .50 BMG sai bem mais barato.
.
Enquanto não ver uma foto disso aí após o uso, vou acreditar tanto quanto no estupro pelo Neymar. Tomé não deixou de ser apóstolo por ver para crer.

Bosco
Bosco
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Mas prender um “sniper” na estação de armas de um Reaper não seria confortável.

Delfim
Delfim
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Ora, se infiltra o sniper. Sempre se fez isso.

Mauricio R.
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Tá ficando meio que manjado, e pode dar bem errado.
Um grupo de 6 operadores do USMC foi inserido em uma localidade na Síria.
Foram localizados, identificados e um a um assassinados.

Mauricio R.
Reply to  Bosco
1 ano atrás

A mais longa morte por sniper, foi um canadense no Iraque em 2017: 3540m
Usando munição .50BMG.
A vantagem continua sendo do míssil.
Interessante que o combustível do foguete do míssil, não explode no impacto.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
1 ano atrás

Não estou vendo meu comentário, pra variar acho que o WordPress fez o que sabe de melhor que é atrapalhar, segue um link com a foto de um teto de carro atingido por um destes, ótimo texto do Cardoso:
https://meiobit.com/401457/eua-comprando-armamentos-basicamente-da-acme-e-funciona/

LBacelar
LBacelar
Reply to  Carlos Gallani
1 ano atrás

Legal que a matéria de um site provavelmente “geek”, é mais elucidativa que a matéria de um blog de defesa rs

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  LBacelar
1 ano atrás

Procure conteúdo deste autor, vc vai se impressionar com o contraditorium, ele tem livros inclusive!

Coutinho
Coutinho
1 ano atrás

Apresentamos a novissima Bomba Ginsu. Porque a lenda continua…

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 ano atrás

Dizem por aí que estão estudando a possibilidade enviar junto um “cavaleiro normando”sentado em um
Míssil TOW.

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
1 ano atrás

Muito loco essa “bomba Ginsu” gostei será que da pra comprar pelo 0800 ? 🙂 Brincadeira a parte é uma grande ideia

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

A eficiência do setor de tecnologia de uma nação bélica em prol da diminuição de mortes desnecessárias de inocentes, estão de parabéns pela atitude. Bela e interessante bomba.

Pampapoker
Pampapoker
1 ano atrás

Imagine o que os EUA ainda não tem escondido na manga, lembram do helicóptero que caiu na operação Netuno, se não fosse a sua queda, ninguém saberia de sua existência.

João Augusto
João Augusto
1 ano atrás

“o conteúdo do banco do motorista”
Já vi todo tipo de eufemismo, mas esse bateu recorde.

Marcello Magnelli
Marcello Magnelli
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

Faz parte do processo de “desumanizar” os alvos humanos. Ou seja, você não assassinou um “ser humano” mas sim eliminou alguma coisa qualquer.

Manoel Jorge Marques Neto
Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Tudo isso para movimentar grana e roubar recursos naturais de outros países. Quem mata mais no mundo é os Estados Unidos. Fato. Sempre usou o Afeganistão como laboratório para os seus brinquedinhos de matar. Quando matam várias crianças em Hospitais ou escolas falam SORRY!! E fica por isso mesmo. Pior que os EUA já foram aliados de todos estes países….Te cuida Brasil!!!!!!

Bosco
Bosco
Reply to  Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Manoel, Realmente! Tenho que concordar com você. Os EUA ataca os melhores países do mundo, com os melhores IDHs, a maior renda per capita e PIB e os coloca no mais baixo nível. Olha por exemplo o Iraque. Um exemplo de país, com melhores IDHs que a Dinamarca. PIB altíssimo. Distribuição de renda altíssimo. Onde não havia pobreza. Democracia plena e aí, do nada, aparece os EUA e fode com o país. O mesmo pode-se dizer do Afeganistão. Verdadeira joia. Riqueza abundante. A população com alto nível de qualidade de vida, educação, saúde, democracia, segurança, justiça exemplar. E aí vem… Read more »

Manoel Jorge Marques Neto
Manoel Jorge Marques Neto
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Você falou a verdade…eles só atacam países onde existe recurso natural e que o IDH é baixo. Certo. Atacou todos esses países. Agora são países desenvolvidos porque os EUA os salvaram da miséria…Só que não…petróleo já é americano e os minerais da Afeganistão também.

Bosco
Bosco
Reply to  Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Manoel,
Não me referi a países atacados e sim aos países colonizados e explorados pelo infame capitalismo.
Os atacados, esses os EUA deve querer que eles se lasquem. Não há porque ter dó do inimigo.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Mas vale salientar que, ao meu ver, os “atacados” (lê-se: Líbia, Iraque e Afeganistão) estão na mesma merda que sempre estiveram. É puxar muito o saco de ditadores islâmicos querer achar o contrário.
No caso de alguns países aquele ditado “não há nada tão ruim que não possa piorar” não se aplica. Eles já se exploram e se matam a tanto tempo que não será os EUA que fará diferença.

Manoel Jorge Marques Neto
Manoel Jorge Marques Neto
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Entendo. Só que muitos que eram inimigos de ocasião hoje são controlados pelos EUA e continuam na miséria. Colonização era outro momento. Hoje a colonização que se faz é mais para extrair riquesas e deixar o povo a própria sorte. Se bem pensar sempre foi assim. Alguns países conseguiram sobreviver e crescer.

LBacelar
LBacelar
Reply to  Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Quem mais mata no mundo é o socialismo e suas vertentes

Bosco
Bosco
Reply to  Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Por mais que odiemos os horrendos capitalistas istas imperialistas istas colonialistas istas fascistas istas, a verdade nua e crua é que nenhum país “explorado” ficou pior do que já estava quando esses “istas” por lá aportaram para lhes sugar o sangue. Não foram os “istas” que encheram o subsolo de suas vítimas com petróleo ou minério. Elas já estavam lá e não eram aproveitados para o bem estar do povo e não há nada que afirme que isso iria acontecer um dia se esses países atrasados tivessem sido deixados ao “deus-dará”. O que de fato ocorreu é que a chegada… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Mas no mundo do faz de contas realmente seria muito louvável se um John Rockfeller chegasse num país miserável do 3º mundo, riquíssimo em petróleo, com seu soberano totalitário e sua casta de privilegiados e totalmente indiferentes à miséria da nação e fizesse palestras para os locais poderem empreender e lucrar com suas riquezas naturais e palestras para a classe dominante deixar de ser ditatorial e egoísta, em favor de regimes republicanos e democráticos.
Por não ter feito isso realmente os EUA é sim um miserável explorador imperialista.

Manoel Jorge Marques Neto
Manoel Jorge Marques Neto
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Questão é que existem países e países. Brasil tem uma classe política que favorece muito deixar seu povo miserável as custas de um segundo país com as características dos istas. Já Dinamarca e Suécia não.

Bosco
Bosco
Reply to  Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Manoel,
Seja mais específico. Dê um exemplo prático dessa exploração imperialista no Brasil que tanto te incomoda.
*Se o problema for mesmo esse, então não culpe os americanos e sim nossa patriótica elite política. Aliás, há 30 anos somos governados pela vertente esquerdista da política, que em tese, defende uma agenda em favor dos oprimidos.

Manoel Jorge Marques Neto
Manoel Jorge Marques Neto
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Exatamente minha resposta anterior. Culpa do povo brasileiro que não sabe escolher seus representantes e acabam elegendo pessoas que não tem ideologia política e sim interesse próprio fazendo com que outros povo (países) tirem proveito. Estados Unidos não tem culpa de se agarrar na fraqueza de países tidos como terceiro mundo e de nunca deixar países com as características do Brasil crescer pois tendo domínio usa e abusa como bem quer. Ou você acha que é interessante para os EUA o Brasil ter uma industria de defesa estruturada?

Bosco
Bosco
Reply to  Manoel Jorge Marques Neto
1 ano atrás

Manoel,
Eu tenho certeza que os EUA não tem o mínimo interesse no Brasil ter uma industria de defesa estruturada, assim como a China, a Rússia, a Europa, a Argentina….
E assim como o Brasil não tem interesse em que o Paraguai ou a Argentina tenham uma industria de defesa estruturada e assim como eu não tenho interesse e nem torço para meu vizinho ou um amigo ganhar na Mega Sena.
O que acho interessante é a insistência de alguns em citar exclusivamente os EUA em detrimento de todo o resto e de todo o contexto.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 ano atrás

Engraçado o uso do termo de terrorista para aquilo que o ocidente teve seu embrião.

Gus
Gus
1 ano atrás

Lendo os comentários cheguei à conclusão de que este site reúne uma concentração anormal de adolescentes psicopatas.

Ricardo
Ricardo
1 ano atrás

Bomba Katana ou Bomba Kendo.