Home Aviação de Ataque O novo caça F-35 de um trilhão de dólares não impressiona os...

O novo caça F-35 de um trilhão de dólares não impressiona os pilotos que preferem o velho F-22

34140
106
F-22 e F-35

O antecessor do novo jato de combate topo de linha dos EUA é muito superior, de acordo com os pilotos que escolheriam o F-22 Raptor em relação ao novo F-35 ‘sem dúvida’

O novo jato de combate da Lockheed Martin, o F-35, faz parte de um programa norte-americano que vai custar ao país US$ 1,5 trilhão. No entanto, embora os EUA tenha quebrado o banco para obter jatos de última geração, os pilotos ainda escolheriam seu antecessor, o F-22 Raptor, em batalha. Para começar, o F-22 Raptor é capaz de transportar mais mísseis ar-ar do que seu sucessor.

Ambos têm leque ilimitado para armas, mas o sistema de radar do F-22 está agora um pouco desatualizado, de acordo com especialistas.

Outra é que o F-22 Raptor é muito mais rápido que o F-35, com o primeiro usando dois motores e o último apenas um.

Isto significa que o F-22 Raptor, que foi introduzido pela primeira vez em 2005, pode voar a Mach 2, ou mais de 1.500 milhas por hora.

O F-35 é mais lento, voando a cerca de Mach 1.6, ou 1.200 milhas por hora.

Como resultado, quando se trata de combate aéreo, pilotos e entusiastas militares sempre escolheriam o F-22 Raptor apesar do enorme custo do F-35.

Alex Cucos, engenheiro aeroespacial, escreveu no site de perguntas e respostas Quora: “O F-22, por outro lado, é um caça americano que supera todos os outros. Stealth total, capacidade de super-cruzeiro (pode voar em velocidades supersônicas sem usar pós-combustores), extremamente ágil, capaz de transportar até 6 mísseis internamente, é uma fera”.

F-22 Raptor

Chris Morehouse, engenheiro aeroespacial da Força Aérea dos EUA, disse: “Até hoje, 20 de abril de 2019, o F-22A Raptor é o melhor absoluto no que faz. Caçar e derrubar outras aeronaves.

“Não há melhor caça de Domínio Aéreo em serviço hoje por qualquer força militar. Nenhum. Zero.”

Rishikesh Patil, especialista em tecnologia de defesa, disse: “O F-22 é o melhor sem dúvida. O F-22 Raptor é um caça furtivo de superioridade aérea. Ele é projetado para alcançar a dominância do ar.”

No entanto, as autoridades dos EUA estão dispostas a apontar que os dois jatos são entidades completamente diferentes e servem a propósitos diferentes.

O F-35 foi projetado para combate ar-terra, em missões de ataque, enquanto o F-22 é para combates aéreos.

Um porta-voz da National Interest, uma revista de assuntos internacionais bimestral americana, disse: “Se forçado a um dogfight, as habilidades e experiência superiores de um piloto americano F-35 podem ser o único fator que pode evitar que ele seja abatido.

“Basicamente, um piloto do F-35 deve evitar um dogfight a todo custo.”

FONTE: www.express.co.uk (Tradução e Adaptação do Poder Aéreo)

Subscribe
Notify of
guest
106 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Thiago Telles
Thiago Telles
1 ano atrás

Q comece o quebra quebra!

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Thiago Telles
1 ano atrás

Pega fogo cabaré!

Bosco
Bosco
Reply to  Carlos Gallani
1 ano atrás

Não se depender de mim. Me recuso a bater palma pra doido dançar.

Chris
Chris
Reply to  Thiago Telles
1 ano atrás

Ja peguei a pipoca…

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

O programa que deu origem ao F-35 se chamava JSF (caça de ataque conjunto). As 3 forças queriam algo mais simples que o F-22 para usar em missões de ataque, enquanto o F-22 e seus derivados (a versão naval NATF acabaria abandonada), cuidaria de obter a superioridade aérea. O requerimento de performance em combate ar-ar do F-35 era basicamente igualhar os caças “Teen” que ele substituiria (F-16 e F-18), o que acabou sendo obtido, no caso a performance similar ao F-18 Hornet. Os problemas começaram quando o governo de Obama erroneamente encerrou a linha de montagem do F-22. A Lockheed-Martin… Read more »

ednardo curisco
ednardo curisco
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

E dogfights sempre existirão. Talvez em menor escala, mas sempre existirão.

Ækay
Ækay
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Eu iria falar exatamente o que tu escreveu. São vetores com designações de combate totalmente diferentes.

Thiago Telles
Thiago Telles
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Perfeito! Isso aí.

Thiago Telles
Thiago Telles
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

O problema maior é que o f35 ficou muito longe da “simplicidade”. A complexidade do projeto foi subestimada e agora estao tentando descascar o abacaxi.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Com o F 16 foi a mesma coisa, chamaram de Mig 21 turbinado etc

O F 35 tem uma outra finalidade, não cabe fazer esse tipo de comparação, e outra os misses estão permitindo que o caça manobre menos, e no envelope de manobra do F 35 ele esta bem sim, outra coisa o DAS + AIM 9X permite muita coisa num dogfight !

Thiago Telles
Thiago Telles
Reply to  Munhoz
1 ano atrás

Pelo preço nao entrega. Nao tem jeito.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

O contribuinte americano deve chorar ao ver as más notícias sobre o F-35. Mas gente trouxa tem mesmo é que sofrer….

shambruno
shambruno
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

vc naum esta em posicao de criticar americanos seu Neanderthal vai dar um role com seu caca dos tempos do veitnam vcs sao a raca mais ignorante no planeta e mole?

Hélio
Hélio
Reply to  shambruno
1 ano atrás

Esse post é extremamente irônico.

Antonio José Rodrigues Pires
Antonio José Rodrigues Pires
Reply to  shambruno
1 ano atrás

O portugues e primeiro lugar depois vc tenta entrar no debate.

José campos
José campos
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Então, eles são tão inteligentes porque Deixou acontecer, olha eu sinto o cheiro da corrupção pública nos EUA. O povo americano deve ficar alerta.

Déner Moura
Déner Moura
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Quem dera tivéssemos acesso a um F35. O comparativo é o F22, INSUPERÁVEL NO MUNDO. Trouxas. Quanta viagem.

Ricardo Barizza
Ricardo Barizza
Reply to  Déner Moura
1 ano atrás

O F-22 é insuperável mesmo?
Não sou especialista, apenas um interessado no assunto, mas ando lendo muito sobre a superioridade dos SU-57 Russos.

Antonio José Rodrigues Pires
Antonio José Rodrigues Pires
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Os americanos nunca tiveram a frente dos russos em questoes de desenvolvimento aeroespacial a verdade e essa.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

Eu só vou levantar dois pontos aqui: Primeiro: Os pilotos de F-22 são a elite da aviação de caça Americana, são os caras mais experientes. (em horas de voo total) pra eles a aviação é a caça, Eles são focados no trabalho de manter superioridade aérea e apenas isso. Se você por um Piloto de F-22 em qualquer outra Aeronave multifunção essa será a resposta dele, independente de ser um F-16, Rafale, Gripen, J-20, Su-57 não importa. o F-22 é como um F-15A já foi. (apesar do F-22 ter uma limitada capacidade de ataque podendo transportar bombas) Ele foi projetado,… Read more »

André Macedo
André Macedo
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

A questão não é o F-35 ser um caça ruim, apenas não vale a fortuna e os problemas de projeto que ele apresenta! Na minha opinião deveriam voltar pro desenvolvimento de outra aeronave, o problema é que já gastaram rios de dinheiro e não vão querer simplesmente cancelar o programa agora, mas então significa que mais rios de dinheiro serão gastos corrigindo problemas básicos? Pelo que li, os sistemas “revolucionários” não tem relatos de falhas, mas de que adianta se os sistemas básicos tornam o avião pouco confiável? Sem falar no custo de manutenção e afins, onde já se viu… Read more »

kaleu
kaleu
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

O “problema” é que ele foi projetado SIM como vetor de ataque e supressão da defesa ante-aérea inimiga por isso o codinome JSF, Join STRIKE, assim foi pensado para atuar em conjunto com o F-22, cada qual na sua função. No meio do caminho “resolveram” eliminar o F-22 da equação e atribuir multifunções ao JSF, ou seja, a menos que começassem tudo de novo, ficaram evidentes as deficiências desse “multimissão” a respeito da superioridade aérea, é verdade que é melhor que seus pares em furtividade, mas, voa mais baixo, mais lento e menor manobrabilidade que qualquer outro caça multifunção. Já… Read more »

Essenf.Luis
Essenf.Luis
1 ano atrás

Questão para a US Navy (futuro sem o Super hornet?):
Como assim fugir de um dogfight? Quem vai proteger a esquadra / porta-aviões?
Não dá para considerar que 100% dos embates serão BVR

Mauro Oliveira
Mauro Oliveira
Reply to  Essenf.Luis
1 ano atrás

Da mesma maneira como é atualmente. de um pacote de 8 caças configurados para ataque, mais outros quatro configurados pra escolta. Os de escolta protegem o grupo de ataque. O grupo de ataque vai armado com mísseis e pode atirar, mas só a média distância. Pra fazer dogfight tem que soltar tanques e bombas pois assim ficam limitados a 4G O primeiro abate do F/A-18, alias foi dessa maneira. Os F-14 de escolta haviam sido desviados pra ajudar os F-15 a combater uma pequena força de Migs. Os E-2 avisaram os tenentes Mark Fox e Nick mongillo “bandidos no seu… Read more »

Jefferson
Jefferson
1 ano atrás

Isso é fato que o hoje o f22 é o único caça stealth totalmente operacional e pronto para combate, sem igual!! Dificilmente o f35 será igual no quesito ar-ar veremos se será capaz de fazer pelo menos ao que foi projetado!

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

https://www.youtube.com/watch?v=d0FTLFwOsSQ Esse é um vídeo com manobras do F-35 realizando manobras. Serve apenas para mostrar que ele não é a pedra que todos afirmam ser. (apesar de não ser uma bailarina também) o avião consegue virar, e virar relativamente bem.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Quem negativou o comentário, pelo menos veja o vídeo. Ficar cismando com um fato não vai mudar ele.

teropode
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Não negativei, mas as curvas são muito lentas , lembrando muito manobras do B52 , gente em matéria de dogfighter ele perde até para um B52 . Vão lamentar não ter F22 para fazer escolta . Isso é fato .

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  teropode
1 ano atrás

Qualquer aeronave perde energia nas curvas de alto G. essa aeronave nessas curvas esta pegando no minimo 8Gs… A velocidade com certeza caiu para baixo dos 600km/h e qualquer avião é assim

F-15 https://www.youtube.com/watch?v=lDK9IexsXUs
F-16 https://www.youtube.com/watch?v=p6T_0UzLU68
F-18 https://www.youtube.com/watch?v=B8aK_XP0HRc
Eurofighter Typhoon https://www.youtube.com/watch?v=Xzfnb_8tGEc
F-22 https://www.youtube.com/watch?v=79YDaenv_UU

Todas as aeronaves tem um inicio muito apertado na “entrada da curva” é quando elas puxam quase 9Gs. se perde muita velocidade nesse momento, para conseguir recuperar vai depender da relação peso/empuxo.

Alex
Alex
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Victor, o F-35 nao pode puxar 9 ou 8 G’s. Ele so pode puxar 7 G.

Alex
Alex
Reply to  Alex
1 ano atrás

DSC, Instantaneous Turn, nao e a mesma coisa que Sustained Turn. Os numeros que voce cita acima referem-se a Instantaneous Turn G’s, e nao Sustained Turn G’s. Essas aeronaves (F-35) tem muitas restricoes de voo, inclusive em manobras pois a manutencao e carissima. Aqui vai uma leitura, para esclarecer um pouco:

https://www.flightglobal.com/news/articles/reduced-f-35-performance-specifications-may-have-significant-operational-381683/

teropode
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Sei disso mas ; o F 35 parece ter a Bun** mais pesada , equivalente ao B52

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Só acrescentando:
Gripen https://youtu.be/eXaPfUs6sQw
Indo de -3g a 9 g.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  teropode
1 ano atrás

Obs: A ultima vez que um B-52 fez uma curva parecida com a desse F-35 ele acabou virando uma bola de fogo no chão

Jacinto
Jacinto
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Victor, você se refere àquele acidente em 1994 quando um B-52 caiu durante uma exibição? Naquele caso, foi 100% erro do piloto que estava voando muito fora do envelope de voo do B-52. As investigações mostraram que o piloto era meio doido mesmo, chegaram mesmo a cogitar que ele era, literalmente, doente mental: tinha Transtorno de personalidade narcisista

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Tb não lhe negativei. Mas o vídeo me fez lembrar das apresentações do Mirage III na BAAN lá pelos anos 90 durante os “portões abertos” (Eu ia todo ano).
Algumas passagens baixas em alta velocidade, umas curvas pra lá e pra cá.. Uma cabrada até sumir entre as nuvens e só. Mas pra te falar a verdade, as apresentações do Mirage eram mais empolgante do que essa aí do F-35..

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Rodrigo M
1 ano atrás

O video não é pra ser empolgante é pra mostrar a capacidade do F-35 em curva instantânea.

Alex
Alex
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Dei uma negativa. O bicho parece um trator manobrando….
Ate o F-5 , se tivesse um motor de 40,000 libras de empuxo, faria as mesmas manobras. E percebe-se que o piloto nao faz manobras de mais de 7 G’s.

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Alex
1 ano atrás

Me parece que na época do vídeo ele ainda não tinha a atualização que permite atingir 9 G.

Mauro Oliveira
Mauro Oliveira
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Manobrar manobra. Só não é melhor do que os atuais, só isso.

Ivanmc
Ivanmc
1 ano atrás

Eu sempre disse que o F-35 era um bombardeio lento e interceptador furtivo, mas não era um lutador nato. Se errar os mísseis, num engajamento, o F-35 será uma presa fácil. Porém, eu não dispensaria, mesmo sendo caro, até pelo know-how, numa boa.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 ano atrás

Conhece aquele ditado que papel aceita tudo?

JPC3
JPC3
1 ano atrás

Eu li a matéria para ver se era séria….

JPC3
JPC3
1 ano atrás

Exatamente, foram apenas algumas opiniões soltas.

Não sei a opinião de todos os pilotos, mas muitos se disseram bastante impressionados com o F-35. Segundo matéria antiga do National Interest alguns deles preferem o F-35 sobre o F-22

Tiago
Tiago
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Quando comparado a um F-15, F-16, F/A-18, AV-8B e A-10, o F-35 provavelmente deve ser mesmo muito impressionante. São aviões projetados décadas antes e tecnologicamente bastante inferiores ao F-35 – que foi projetado para ter o que a indústria militar dos EUA têm de melhor a oferecer. Já quando a comparação é com um F-22, a lacuna tecnológica é muito menor. Além disso, uma comparação entre os dois aviões só pôde contemplar um aspecto: o combate ar-ar, para o qual o F-22 foi talhado especificamente, enquanto o F-35 paga o preço por ser um caça mais versátil quando comparado a… Read more »

Carlos Gallani
Carlos Gallani
1 ano atrás

Até eu que sou quase tão burro quanto quem acredita em comunismo sei que o F-22 é mais máquina, choveram no molhado!

JPC3
JPC3
1 ano atrás

A gente vê o título e leva um susto, depois lê a matéria e percebe que os fundamentos são bem fracos.

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

E isso que ainda não foram testados contra os modernos radares russos e chineses.
Provavelmente, um trilhão de dólares jogados fora.

André
André
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Os “modernos radares russos” estao sendo vazados por F16 israelenses na Síria.

pangloss
pangloss
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O Sputnik tá pagando esses comentários em rublos, ou em alguma moeda decente?

Jardel
Jardel
Reply to  pangloss
1 ano atrás

A Sputnik tá pagando é esse blog… lamentável.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  pangloss
1 ano atrás

Criptomoedas de petróleo Venezuelano, certeza!!!

Edinho
Edinho
1 ano atrás

O F-35 não é sucessor do F-22, e sim do F-16.

Humberto
Humberto
Reply to  Edinho
1 ano atrás

Um pouco de preciosismo.
O F-35 complementa o F-22, para quem não se lembra, o programa do F-22 teve muito menos caças fabricados do que plano inicial, pois não existia um adversário a altura além do seu orçamento ter explodido várias vezes.
No mais, o projeto do F-35 em tese, irá substituir os A-10 e os F-16 na USAF, o SH na US Navy e os Hornet e Harrier II nos Marines.

Luiz Mendes
Luiz Mendes
Reply to  Humberto
1 ano atrás

Humberto,

Você esqueceu do F-15 meu caro.

Alex
Alex
Reply to  Edinho
1 ano atrás

Mais precisamente, o F-35 e sucessor do F-117. O F-22 e sucessor do F-15. O F-16 ainda reina supremo na sua categoria.

Luiz Mendes
Luiz Mendes
Reply to  Edinho
1 ano atrás

E do F-15 também.

PauloSollo
1 ano atrás

Esta afirmação do porta voz da National Interest(grande “ixpecialista”) é bem antiga e o F-35 já está demonstrando em shows aéreos que é bastante manobravel e apto ao dogfight, e já há vídeos disponíveis. Certamente que não se compara com as capacidades do F-22 mas é um exagero desqualificá-lo.

Sidney
Sidney
1 ano atrás

Mas algum PILOTO com Cérebro e com o mínimo de bom senso para missões de combate aéreo iria trocar o MELHOR, o MAIS CAPAZ, BIMOTOR, e para essa função exclusivamente projetado, além de também furtivo, F-22 pelo F-35 que é multirole e projetado para ataque em profundidade? Uma matéria dessas é simplesmente rídicula. Pilotos de Caça Americanos que voaram o F-22 é evidente que irão de F-22 no combate aéreo se puderem escolher. A pergunta teria sentido se fosse feita à Pilotos Belgas ou Noruegueses se preferem o F-16 ou o F-35 para o combate aéreo. Até hoje, só li… Read more »

Vítor Portugal
Vítor Portugal
Reply to  Sidney
1 ano atrás

Excelente comentário

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

F 15EX, melhor.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

Eu concordo.

Washington Menezes
Washington Menezes
1 ano atrás

E há quem acredite que ele abateu na proporção de 20 pra um de outros caças americanos.

Davi
Davi
1 ano atrás

Estranho.
Há pouco tempo li aqui mesmo uma matéria onde foi divulgado uma taxa de Kills de 20:1 do F35 sobre outros caças americanos de 4 geração.
Agora do nada o avião virou uma presa fácil? Eu heim?!

Adriano RA
Adriano RA
Reply to  Davi
1 ano atrás

Pois é… cada um diz o que quer. No fundo, só a USAF sabe o que tem ou não tem em mãos. O resto, por enquanto, é especulação.

Renato da Cunha
Renato da Cunha
1 ano atrás

“O F-35 foi projetado para combate ar-terra, em missões de ataque, enquanto o F-22 é para combates aéreos.”

É claro que um piloto de Raptor, doutrinado à superioridade aérea vai preferir o F-22 ao F-35.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
1 ano atrás

O fato é que o F-35 vai ter que “comer muito feijão com arroz” para chegar ao nível de respeito, letalidade e confiabilidade do F-22.

Fábio
Fábio
1 ano atrás

O F-35 é antecessor do F-22? O F-35 virá substituir o F-22?

Romp
Romp
Reply to  Fábio
1 ano atrás

o que veio primeiro? O ovo ou a galinha ?

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Romp
1 ano atrás

A galinha, cientistas enfim conseguiram acabar com essa dúvida.

João Paulo
João Paulo
1 ano atrás

Ambos são caças icônicos, mas sem as fontes de quais seriam os pilotos e sua experiência em combate não tenho como crer na veracidade dessa notícia.

André
André
1 ano atrás

Estão comparando bananas com maçãs. F22 é um caça de superioridade aérea, destinado ao combate ar-ar. F35 é um caça multifinção. É obvio que o F22 é superior em combate direito.

Tronnos
Tronnos
1 ano atrás

Eu entendo que são duas aeronaves com propostas distintas, um para caçar F 22 e o outro F 35, para Missões de bombardeio. se os dois atuarem em conjunto, nada poderá dete -los. já pensaram nisso?

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Fiquei intrigado com a origem de mais uma notícia, tentando denegrir o caça F-35.
Pouco tempo depois descobri que se tratava de uma matéria do jornaleco canhoteiro lá dos States. O tal National Interest. O mesmo que sempre é utilizado como referência de opiniões “internas” norte-americanas, publicadas exaustivamente no site Sputnik. Preciso dizer mais alguma coisa ?
Sobre o caça em si, e se realmente o F-22 é superior ao F-35. Nada irá mudar o sucesso que o F-35 já tem demonstrado.
Chora turminha da foice !

Pedro
Pedro
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

National Interest canhoteiro????? Amigo, esse site foi criado por pessoas ligadas ao Partido Republicano nos anos 70 ou 80 (como revista). O NI qdo analisa ou comenta algo sobre equipamentos militares que não são americanos são, nos EUA, a opinião mais sensata e mais imparcial. Entre no site e vera que há muitas reportagens tecendo elogios a equipamentos Russos, Suecos, Ingleses e etc. O problema do NI é que nas analises de material dos EUA, ele puxa muito a sardinha e, se em uma matéria do NI eles estão criticando algo de lá, é pq o mesmo tem seus defeitos.… Read more »

Vitor Silva
Vitor Silva
Reply to  Pedro
1 ano atrás

O F-22 não pode ser exportável , logo não pode ser vendido em grandes quantidades e para enúmeros operadores.

Vitor Silva
Vitor Silva
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Mas também é verdade que o F-22 é apenas para consume interno, estando proibida a exportação do mesmo vector. Alguma forte razão deve haver para assim seja, por parte do tio Sam…

Jacinto
Jacinto
1 ano atrás

Parece-me que estão comparando coisas diferentes. O F-22 tem como função precípua a superioridade aérea então é natural que ele seja mais apto a esta atividade do que o F-35 que não é um caça de superioridade aérea.

nonato
nonato
1 ano atrás

E parece discussão de blog.
Ou seja, não parece algo oficial.

nonato
nonato
1 ano atrás

O F 35 a 80 milhões não é um caça caro.
Para superioridade aérea, poderiam fabricar mais uns 100 ou 200 F 22 NG.

Adriano RA
Adriano RA
Reply to  nonato
1 ano atrás

Não vai acontecer, infelizmente, mas ter fechado a linha de montagem com tão poucos caças fabricados foi uma estupidez sem tamanho. Agora é partir pra sexta geração, sem dó.

nonato
nonato
Reply to  Adriano RA
1 ano atrás

Não sei não.
Se o F 35 ainda está com dificuldades, quando um sexta geração estaria pronto?
Mais prático fabricar mais 200 F 22 NG, que já testado.
É fabricar, voar e soltar mísseis sobre a China.

Chris
Chris
Reply to  nonato
1 ano atrás

Problema do F-22 é o preço !

Ja li que cada um supera os 200 milhões!

Warlon Junior
Warlon Junior
1 ano atrás

O título da matéria induz ao erro, o custo unitário de um F-35 é de em média uns 100 milhões. Obviamente que vão achar o F-22 melhor que o F-35 pois este não foi feito pra ser superior ao F-22.

Dyego
Dyego
1 ano atrás

Sabem o que é engraçado? É o tipo de material apresentado aqui que aparentemente não teve nenhum estudo por parte do autor. O F35 nunca foi projetado para ser superior ao F22 e sim um avião de operações de baixo custo. Ele deveria substituir os F15e F18 com um custo de operação inferior aos atuais, por isso ele tem apenas um motor e o sistema de impulso vertical para decolagens em pistas curtas sem a necessidade de catapultas. Ele nem possui os mesmos sistemas de radares do F22.

Mauro Oliveira
Mauro Oliveira
1 ano atrás

Preferência é uma coisa. O que você vai ter é outra. Quando você se forma na USAF você vai a um auditório e de todos os caças que eles tem, você faz uma apresentação e no projetor aparece o avião que você gostaria de pilotar para a platéia Depois te chamam de novo e te mostram o que você vai pilotar. Lembro de um sujeito contar que em 1980 ele escolheu o F-16. Deram um F-15 pra ele. Para o F-22 que tem números limitados só vão os melhores dos melhores “the elite” como dizia o viper. Para o F-35… Read more »

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 ano atrás

Eu sempre disse e digo é um “natimorto” mesmo!!
“E agora José “???
Como é que nós faz ???
Entraram numa barca furada!!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Sérgio Luís
1 ano atrás

O bom dos EUA é que eles podem rodar a impressora à vontade para pagar outro programa trilhardário, tem sempre trouxa comprando dolar aos montes. Inclusive eu kkkkk

Bavarian Lion
1 ano atrás

Quando ainda era possível voltar, a Lockheed ofereceu mais F-22 no lugar do F-35. Ele ficou bem aquém do esperado. Mas analisando friamente, não dá pra dizer que ficou ruim (tanto que Israel já está usando sem problemas). O que mais denegriu a imagem do vetor foi o acidente no Japão. Chegou em um ponto que ele vai ter que funcionar (tem várias marinhas e forças aéreas aliadas esperando e dependendo dele) ou as indenizações que a Lockheed irá pagar fecharão a empresa. Mas que era melhor ter desenvolvido mais o F-22, era. Além do que, o F-35 terá que… Read more »

Luiz Flávio
Luiz Flávio
1 ano atrás

A matéria parece uma tradução mal feita, começa com o erro primário de comparar aeronaves de categorias diferentes, como já observaram aqui.

Luiz Flávio
Luiz Flávio
1 ano atrás

Seria como comparar, na geração anterior (ainda atual) , o F15 Eagle com o F16 Falcon!

Bruno José
Bruno José
1 ano atrás

Esqueceu de falar que o f22 ainda é bem mais caro tanto para construir como para manter, o f35 foi feito para ser um f22 mais barato, e para que pudesse ser exportados sem grandes problemas de engenharia reversa (o f22 é avançado demais para arriscar que algo do tipo fosse feito), o projeto teve um valor final bem mais alto que o previsto, porém, não quer dizer que foi um fracasso.

Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

Respondido pq o F22 não foram vendidos nem para o UK, Japão e o Tio David

Bosco
Bosco
1 ano atrás

Uma pena a Trilogia perder tanto tempo com essa obsessão com o F-35 e com o crescimento chinês. Aqui temos a sensação de estarmos atolados nesses assuntos enquanto o mundo aeroespacial e a tecnologia militar passam por uma revolução a cada dia e que aqueles que bebem exclusivamente dessa fonte ficam alijados de conhecimento.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Sem choro!

Thiago Telles
Thiago Telles
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Faz falta seus comentários extremamente profundos e de qualidade sobre os temas. Vejo coisas razas e só (nao estou desmerecendo, apenas sinto falta das aulas). Esse dias me peguei pensando se és d fato o Bosco das antigas com um conhecimento excepcional ou se alguém roubou seu nick. Sério e sem críticas ao seu comentário aki. Encheu o saco de dar aulas (de fato eram verdadeiras aulas sobre os temas) aqui? #voltabosco. Abs

JPC3
JPC3
Reply to  Thiago Telles
1 ano atrás

Estranho você dizer isso porque nas matérias do F-35 só faz péssimos comentários e piadas sem graça.

Quem sabe você capricha mais nos seus ao invés de ficar patrulhando os outros?

JPC3
JPC3
Reply to  Thiago Telles
1 ano atrás

Olha os cometários do defensor da liberdade e veja se tem um que poderia ter sido escrito por uma criança com mais de 8 anos….

Tiago Antunes
Tiago Antunes
1 ano atrás

Advinha porque o f22 não é comercializado e o f35 é??? Acerto mizeravi f22 rapitor melhor caça do mundo. E creio que vai ser até às próximas 2 décadas.

Alfredo
Alfredo
1 ano atrás

Si viz pacen parabellun

Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
1 ano atrás

Kkkkkkkkkk não precisa nem discutir nada. Se arrependimento matasse….

Control
Control
1 ano atrás

Srs Até os anos 70, caça era caça e avião de ataque era bombardeiro, existindo os caça-bombardeiros que eram caças que quebravam o galho como bombardeiros leves. Com o aumento de custo dos aviões alguns genios de marketing dos fabricantes e burocratas expertos das forças aéreas sacaram o conceito dos multirole, aviões que fariam todas as funções eficazmente, o que é um sonho, pois um bom caça dificilmente será um bom avião de ataque.os hoje os multirole Mas a idéia pegou e o “must” é ser um multirole. Na década de 60, os burocratas do MD americano tentaram empurrar o… Read more »

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 ano atrás

Quem tem dinheiro para gastar com um caça aonde se tem de evitar um dogfight à todo custo, mesmo ele sendo um caça stealth de quinta geração é outra coisa.

Moacir Guitti
Moacir Guitti
1 ano atrás

Ok, mas até onde sei ele não nasceu para substituir o F22, que assim como o Blackbird e o B2 alcançaram o status de “armas em estado de arte” (cada um em sua respectiva epoca). O F35 tem propósito bem especifico e absurdamente amplo e está cumprindo com sua missão. Apenas a possibilidade de suas versões poderem ser vendidas a aliados (ao contrário do F22 do qual nem o reino unido terá acesso um dia) e de compartilharem ao menos 75% de peças e estrutura entre si, com certeza trará compensações financeiras consideráveis. Muito se fala sobre o orçamento militar… Read more »

Ze zinho
Ze zinho
1 ano atrás

O f35 não foi feito para ser melhor q o f22, feito para ser mais barato, e para ser vendido para outros países

Denis
Denis
1 ano atrás

“No entanto, as autoridades dos EUA estão dispostas a apontar que os dois jatos são entidades completamente diferentes e servem a propósitos diferentes.

O F-35 foi projetado para combate ar-terra, em missões de ataque, enquanto o F-22 é para combates aéreos.”

Que papo é esse? Não foi supostamente projetado pra ser o GOAT multirole, não?