Home Asas Rotativas Helicóptero T129 ATAK será apresentado no Brasil

Helicóptero T129 ATAK será apresentado no Brasil

10772
65

Os executivos da Turkish Aerospace estarão no Brasil na semana do dia 26 de março para a realização de um roadshow de demonstração de voo do helicóptero T129 ATAK.

As demonstrações acontecerão em Taubaté, Brasília e Rio de Janeiro.

O objetivo desse roadshow é mostrar o helicóptero T129 ATAK, apresentar as tecnologias desenvolvidas pela companhia e estreitar relacionamento com a Força Aérea Brasileira.

Veja notícia completa no Forças Terrestres, clicando aqui.

65
Deixe um comentário

avatar
33 Comment threads
32 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
51 Comment authors
Maynard CondeDenisManoel Jorge Marques NetoMarceloErick Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

A trilogia estará presente ?

Tallguiese
Visitante
Tallguiese

Tomara que sim, a trilogia tem uns caras que saca da máquina! Aguardando pela análise desse aparelho e no canal do Caiafa tambem que com certeza ele vai estar lá.

Cristiano
Visitante
Cristiano

Engraçado e que falaram em força aerea e não exército. Será que só a FAB opera helicopteros de ataque?

Maynard Conde
Visitante

Não deveria ser assím. É típica Aviação do Exercito!!!

Davi
Visitante
Davi

Compra logo EB! O custo benefício é muito bom.

Cris Turco
Visitante
Cris Turco

Deveriamos aumentar a parceria com essa empresa… e quem sabe abrir uma filial de manutebcao aqui para a america do sul.

André Marques de Almeida Viana
Visitante
André Marques de Almeida Viana

A ideia não é má mas Hedorgan é um ditador

Juarez
Visitante
Juarez

O EB já se decidiu, só não anunciou, ainda.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Se depender das tuas vontades/escolhas…… Deve ser um Battlehawk, ou um Super Cobra recauchutado. rsrsrs

Esse teu papo vai longe……..

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

E aí, cadê os Cobras?!

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Decidiu? O quê?

Humberto
Visitante
Humberto

Pela compra do AH-1W Super Cobra (mais do que 6 e no máximo 12)
Difícil imaginar o pais comprando um helicóptero tão especializado (e caro) zero assim de primeira.

Johnny
Visitante
Johnny

A apresentação em Taubaté, sede da aviação do EB, pode trazer frutos para os turcos. Mas sabemos que os EUA estão oferecendo versões interessantes do cobra via FMS.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Sem falar que o AH-1W/Z é mais helicóptero de ataque que esse aí

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

O Z é, o W……..

nonato
Visitante
nonato

Não dou valor.
Não podemos financiar o belicismo chinês nem o turco.
Eles estão de parabéns porque desenvolveram o helicóptero.
Mas na minha opinião não deveríamos comprar.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Então é melhor comprar dos pacíficos americanos não é🤔🇺🇲⁉️
Bela linha de pensamento essa sua, parece até com aqueles crânios que acham que o Brasil deveria deixar de comercializar com os chineses por serem comunistas, não serem democráticos e não respeitarem os direitos humanos

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

No que o belicismo turco ou chinês nos ameaça?

Zampol
Visitante
Zampol

Justo! Evitemos di alimentar ditaduras, Putin, Erdogan etc
Principalmente o Dragão!

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Será que o t129 será uma venda de prateleira com os AH ou poderemos ter algumas compensações tecnico-financeiras na jogada?

Johnny
Visitante
Johnny

Então… mas se o EB está analisando o cobra (usado) americano, o viper (novo) também americano, o agusta T129 da matéria e o tiger europeu, é sinal que a FAB não deve ter passado boas referências dos MI russos.

Marcos Cooper
Visitante
Marcos Cooper

lembrando que o Tiger está sendo empurrado à contra-gosto do EB…

Munhoz
Visitante
Munhoz

Se o equipamento russo fosse ruim não venderia !

Simples assim

Vc avalia um equipamento pela quantidade de vendas, acho que no Brasil o equipamento russo deve ter alguma dificuldade de manutenção devido a falta logística russa local o que não deve ocorrer no resto do mundo .

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Até os indianos reclamam da logística Russa e eles estão “do lado”

(o maior problema dos russos é a extrema burocracia deles e a incapacidade atual de manter uma alta cadeia logística pra atender todos os seus clientes)

sagaz
Visitante
sagaz

E qual o critério para avaliar como bom? Por que a Venezuela comprou? O Paquistão? O Camboja?

Munhoz
Visitante
Munhoz

Volto a insistir a Russia é o segundo maior exportado de armas !

não é a toa !

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E os melhores helicópteros são os russos.
Simples.

Denis
Visitante
Denis

Nem sempre. Há quem compre equipamento de segunda, ou por falta de dinheiro, ou devido a embargos. Não vou dizer que o equipamento russo é ruim, mas não é só o fator qualidade que conta. Você mesmo mostrou a deficiência da logística russa.

Hélio
Visitante
Hélio

O MI 35 não é um helicóptero de ataque puro. O Mi28 já foi avaliado, o KA52 foi apresentado, mas não foi testando por ser protótipo na época.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Uma coisa não tem nada a ver com outra. O objetivo do EB é maior do que, tão somente, comprar um helicóptero. Uma dica, tem a ver em criar conduções para uma segunda planta fabril de asas rotativas, daí porque querem substituir os helicópteros de manobra e comprar um helicóptero de ataque (quem tiver os dois produtos, leva vantagem).

O resto é torcida de fã boy!

Rcb
Visitante
Rcb

No campo de batalha contra a Venezuela seria inútil, a Venezuela tem igla aos milhares, o Brasil precisa de um Helicóptero de ataque silencioso e mais avançado, tipo apache.

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Tomara que os yankees ofereçam uma opção melhor ao Bolsonaro por ocasião da visita presidencial. Desconfio muito da Turquia como fornecedor leal, não que algum seja mas as instabilidades políticas internas e externas dos turcos geram duvida. Os Turcos ainda não se decidiram se seguem uma linha democrática ocidental ou abraçam uma pseudo democracia ao estilo do oriente médio.

Hélio
Visitante
Hélio

Quem não cumpre os contratos são os EUA.
A Turquia, como país soberano, tem todo o direito de escolher o caminho que bem quiser, porque deveríamos desconfiar deles se os “pseudo-democráticos do oriente médio” sempre foram nossos maiores clientes militares? E mais, não existe democracia em lugar algum no mundo, o que existem são pseudo-democracias criadas para manter sempre a mesma casta no poder, começando pelos EUA onde só existem duas forças politicas iguais, mesmo com o clamor popular por um terceiro, quarto, quinto… Partido.

Zampol
Visitante
Zampol

Não sei em que mundo você vive. Dá dó.

Johnny
Visitante
Johnny

Sim. Se o equipamento fôsse bom teria sido bem recomendado pela FAB e a nova versão do MI russo seria considerada nesses testes. Também simples assim.

Pedro Rocha
Visitante
Pedro Rocha

Mestre Johnny, saudações! Essa aquisição do EB deve está em “stand by” por enquanto apesar que foram avaliados todos! Inclusive o Major que fez avaliação dos AH-1W/Z foi enfático que seria oneroso as maquinas usadas W. Em outras palavras o EB está interessado em maquinas novas, que acho muito justo para um ciclo maior de utilização! O EB avaliou o Mi 28 Havoc e acredito que gostaram da maquina! Os executivos da Turkish Aerospace estão no papel deles mas acho que só é uma prospecção. Ninguém está comprando nada aqui (rs).

Pedro Rocha
Visitante
Pedro Rocha

Em tempo: O EB está interessado em helicópteros de ataque puro, reconhecimento e ataque bem ou mal já está sendo atendido pelos Esquilos, inclusive foram modernizados sendo estes mais avançados que os da MB e FAB. O Mi 35 apesar de toda sua versatilidade e robustez não tem o perfil que busca o EB bem como o “xodó” de alguns o AH-60 Harpia. Tenho notado em alguns sites que o EB tem visto com muito bons olhos o Mi 8/17/171, lembro que na Colômbia os Mi (acho que é o 17) é muito bem quisto inclusive é considerado o “pau… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Pedro,
Tem um fator que acho desvantajoso para os helicópteros russos que é a insistência deles em utilizar mísseis antitanques guiados por sistemas de linha de visão, seja por comando ou por laser beam rider.
E também eles não seguirem o padrão de foguetes e canhões é um diferencial negativo para os helis russos.

Pedro Rocha
Visitante
Pedro Rocha

Mestre Bosco saudações! Quem sou para discutir porem acredito que os ATGM russos são mais velozes que seus similares dando um tempo muito menor de reação do alvo! Meu ponto de vista do porque que ainda usam a linha de visão! Os Mi 35 da FAB fizeram vários disparos de misseis guiados, pena que a FAB não divulga os resultados! Acredito que a doutrina russa de emprego seria os helicópteros (Mi 35, Mi 28 e o Kamov) e aviões (Su 25) apoiando o avanço de forças blindadas e mecanizadas e não caçando alvos. Infelizmente os Mi 35 são “o patinho… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Pedro,
Sem dúvida a velocidade maior dos mísseis russos compensa de certo modo a necessidade do helicóptero permanecer exposto todo o tempo até o impacto do míssil.
Quanto à doutrina justificar o modo de operação dos mísseis, você foi muito feliz na exposição. O problema é que devemos adotar a postura ocidental, onde o heli de ataque opera mais como um predador furtivo que fica à espreita da caça. Nessa caso um míssil com seeker seria bem vindo.
*Dos mísseis antitanques pesados “ocidentais” só o Hellfire é que é supersônico (Mach 1.3).

Gustavo
Visitante
Gustavo

O governo Brasileiro vai perguntar pro dono se pode comprar coisas da Turquia…e a resposta será não, não pode.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Cuba já não manda mais aqui, agora estamos livres pra fazer nossas escolhas, então fique tranquilo.

Soldat
Visitante
Soldat

Ta certo concordo em 101% quem manda no Brasil são os Âmis eles que decidem o que o Brasil vai fazer na área militar…não adianta ficarem de chororororo…

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

A Turquia já anda criando problemas com os Estados Unidos, ao se aproximar da Rússia.
Perigoso até perder seus F-35 devido a aquisição dos sistemas S-400 russos.
Sinceramente não vejo a Turquia com um bom parceiro. Equipamentos em si, grande parte são de capacidades similares. O mais relevante para qualquer governo são a manutenção e principalmente a forma de pagamento. Se estes dois pontos forem 100% garantidos, aí quem sabe esse helicópteros turcos podem ser considerados.

TeoB
Visitante
TeoB

Bem, de fato não conheço muito as relações entre Brasil e Turquia, mas por ser um modelo com muita coisa compartilhada com os Italianos, além de usar armas ocidentais não vejo grandes dificuldades logísticas, porem acho que a escolha mais acertada seriam o AH-1Z, já com as devidas preparações para operar tbm embarcado no PHM Atlântico, isso no âmbito de uma parceria entre o EB e a MB, visto que isso vem sendo proposto desde a compra do mesmo. sem falar que teríamos uma excelente maquina também! depreende a MB poderia comprar alguma coisa para os fusileiros para usar tbm… Read more »

Japaman
Visitante
Japaman

Bom dia Senhores,
Alguém aqui tem os valores de cada Heli de ataque das opções escolhidas ou ofertadas ao exército Brasileiro?
Sds.

teropode
Visitante

Enquanto isto o Catar compra helicópteros de verdade .

Delfim
Visitante
Delfim

Feio, parece que foi projetado pela Lego. Mas leva jeito de ser barato de fazer, comprar, manter e operar.
.
Se um heli projetado para o seco OM vai operar bem em um país parte equatorial, parte tropical é outra coisa que deve ser avaliada. Até mesmo se pode operar no mar a partir do PHM Atlântico.
.
Seria comprado de prateleira ou rolaria um ToT ? Nesse caso quais empresas brasileiras poderiam se associar ?

Bardini
Visitante
Bardini

Existe mais de um tipo de Offset… ToT é só um deles. No caso dos AH-1Z americanos, como Offset, poderíamos negociar treinamentos, manutenções, simulador e por aí vai. Não haveria tanto ganho tecnológico para a indústria, mas haveria um grande ganho doutrinário, que é o que mais importa nessa aquisição no meu entender, pois não temos conhecimentos operativos com este tipo de aeronave.

Vidigal
Visitante
Vidigal

Poderiam trazer uns quatro HÜRJET para o exercito e para os fuzileiros da marinha? Quem sabem montar em manaus? Ou rio? Quebrar o monopolio da Fab é urgente para este séculi.

Jefferson B.
Visitante
Jefferson B.

Se for para pegar esse helicóptero da Turquia é melhor pegar os MANGUSTA usados da Itália, os italianos estão desenvolvendo o MANGUSTA 2 e vão por os atuais 60 helicópteros MANGUSTA a venda. Acho que eles fariam um preço interessante para o Brasil…
Outra alternativa seria os super cobra dos EUA, outro helicóptero que seria vendido a preço interessante.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Ainda prefiro os Cobras…

Delfim
Visitante
Delfim

Por outro lado:
.
Se virarmos “grandes aliados extra-OTAN” pode-se comprar os SuperCobra W/Z com excelentes condições.
.
E o Erdogan anda muito assanhadinho com o Moreno. Dependendo dos contenciosos com a Venezuela, podemos ficar com um “mico preto” pior ainda que os Sabres.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Eu iria de AH-1Z Viper novos, nada de cobra já usado e detonado, se vai comprar, que compre algo novo.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

E as células de AH-1Z Viper são 0km🤔❓

Celso
Visitante
Celso

Esqueça.
Este governo é terminantemente contra a situação da Venezuela. A Turquia ajuda a sustentar o Maduro. Ponto. Esquece…

Hawk
Visitante
Hawk

Bosco 15 de março de 2019 at 10:51, fazia tempo que não via seus excelentes comentários!
Esse pessoal tá muito mimizento, pode ser qualquer um (comprovado em combate melhor) desde que seja de ataque puro! O MI35 é o “BMP” dos helicópteros, só que os Russos venderam ao Brasil a versão mais “standard” possível. Era melhor ter comprado aquela versão “tunada” da África do Sul!

Sheeraz Faseeh
Visitante
Sheeraz Faseeh

The AH-1Z is a superior attack helicopter than T 129, It is probably the best in the world along with the Apache.But it is very expensive as well. The Pakistan Army has operated around 50 AH1F Cobras for decades. They have replaced their Cobras with 15 AH1 Zs and around 30 T 129s after evaluating other platforms like Chinas Z 10. So it will be good if Brazil too can have a combination of both these helicopters in their inventory as both are very good.

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Uai teremos dois modelos diferentes de helicópteros de ataque!?!?

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Um ótimo helicóptero de ataque. Seria excelente se o exército adquirisse 25 exemplares desses para formar um esquadrão para começar.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

25 aeronaves não sei, mas 12 em um esquadrão já seria um bom começo…

João Bosco
Visitante
João Bosco

Esse helicóptero é muito interessante…. ele poderia utilizar algum outro tipo de armamento do que o mencionado? de outra origem ou apenas armamento turco ou italiano?

Erick
Visitante
Erick

O evento de demonstração será aberto ao público?

Marcelo
Visitante
Marcelo

alguém sabe qual dia exato da apresentação no Cavex aqui em Taubaté! vlw!!

Manoel Jorge Marques Neto
Visitante
Manoel Jorge Marques Neto

Vão só gastar tempo e dinheiro…com esse governo colônia aqui só entra sucata americana e alguma coisa israelense.