Home Aviação de Ataque Suíça lança calendário de testes de concorrência de caças

Suíça lança calendário de testes de concorrência de caças

7867
84
F-5E Tiger II e F/A-18 Hornet da Força Aerea Suíça
F-5E Tiger II e F/A-18 Hornet da Força Aérea Suíça

BERN — Os ensaios de voo e solo com os cinco candidatos a caças serão realizados em Payerne de abril a junho. As capacidades da aeronave serão verificadas no aeródromo militar lá em ordem alfabética. As datas para criadores de mídia e spotters também já estão corrigidas.

Para cada candidato, um total de oito missões com uma ou duas aeronaves de combate será realizado durante quatro dias de voo. As capacidades da aeronave e as informações das ofertas enviadas são verificadas. De antemão, os provedores têm a oportunidade de se familiarizar com outro voo com os procedimentos específicos no espaço aéreo suíço. Um voo será realizado à noite. Para isso, os horários de início da temporada devem ser ajustados de acordo, com os voos sempre terminando antes da meia-noite. Durante feriados, nenhum voo de teste será realizado.

Os candidatos são testados em ordem alfabética de acordo com o nome do fabricante:

  • Airbus, Alemanha, Eurofighter: nas semanas de calendário 15 e 16
  • Boeing, EUA, F/A-18 Super Hornet: nas semanas de calendário 17 e 18
  • Dassault, França, Rafale: nas semanas de calendário 20 e 21
  • Lockheed Martin, EUA, F-35A: nas semanas de calendário 23 e 24
  • Saab, Suécia, Gripen E: nas semanas de calendário 25 e 26

Processo de registro para profissionais de mídia
Na preparação para os testes, o DDPS informará a mídia na segunda-feira, 8 de abril de 2019, às 14 horas, em uma coletiva de imprensa em Berna sobre os testes e o processo de avaliação.

Além disso, os fabricantes apresentam suas aeronaves durante os respectivos testes e estão disponíveis aos representantes da mídia para perguntas durante uma sessão da manhã.

Para obter acesso à base militar em Payerne e participar da apresentação, os representantes da mídia devem registrar-se individualmente para cada ocasião. O formulário de inscrição para o primeiro evento de mídia será publicado no site da armasuisse no dia 2 de abril de 2019 no dossiê da web.

Processo de registro para spotters
Para spotters e outras pessoas interessadas da população, uma tarde é planejada para cada aeronave candidata, quando eles podem ver a respectiva aeronave de perto. Para obter acesso à base militar em Payerne, os observadores devem registrar-se para cada tipo de aeronave individualmente. O formulário de inscrição para o primeiro evento spotter será publicado no site da armasuisse no site do DDPS em 2 de abril de 2019 no dossiê da Web. O número de participantes é limitado.

Eurofighter Typhoon

Airbus, Eurofighter:
Evento de Mídia: Sexta-feira, 12 de abril de 2019 (manhã)
Evento Spotter: Sexta, 12 de abril de 2019 (tarde)
Registro de: terça-feira, 2 de abril de 2019, 9h

Boeing F/A-18E Super Hornet
Boeing F/A-18E Super Hornet

Boeing, F/A-18 Super Hornet:
Evento de Mídia: terça-feira, 30 de abril de 2019 (manhã)
Evento Spotter: terça-feira, 30 de abril de 2019 (tarde)
Registro de: Qui, 18 de abril de 2019, 09:00

Dassault, Rafale:
Evento de Mídia: Ter, 21 de maio de 2019 (manhã)
Spotter Event: Ter, 21 de maio de 2019 (tarde)
Registro de: qui, 9 de maio de 2019, 9h00

F-35a
Lockheed Martin F-35A

Lockheed Martin, F-35A:
Evento de Mídia: Sexta, 7 de junho de 2019 (manhã)
Evento Spotter: Sexta, 7 de junho de 2019 (tarde)
Registro de: terça, 28 de maio de 2019, 9:00

Saab Gripen E
Saab Gripen E

Saab, Gripen E:
Evento de Mídia: Ter, 25 de junho de 2019 (manhã)
Spotter Event: terça-feira, 25 de junho de 2019 (tarde)
Registro de: qui, 13 de junho de 2019, 9h00

FONTE: DDPS – Departamento de Defesa, Civil, Proteção e Esportes da Suíça

Subscribe
Notify of
guest
84 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

Achei bem curiosa essa forma de testar diferentes caças….algum país já fez isso antes, ou é um método comum e eu não sabia?

BILL27
BILL27
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Eu tbm achei mto bom .Alem de ter um resultado mais acertado ainda da a oportunidade para a midia cobrir a escolha de uma maneira mto proxima

Leonardo de Araújo
Leonardo de Araújo
Reply to  BILL27
1 ano atrás

-8 fazendo bonito.

DENYS
DENYS
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Qual é o risco da Suiça entrar em guerra?? Suiça não tem inimigo.

Augusto
Augusto
Reply to  DENYS
1 ano atrás

Denys, tenho muita dificuldade em entender esse seu tipo de raciocínio. Você já se perguntou “para quê construir hospitais se estou saudável?”

DENYS
DENYS
Reply to  Augusto
1 ano atrás

Você já pensou na segunda guerra?

Nunão
Nunão
Reply to  DENYS
1 ano atrás

Você já pensou quantas interceptações de aviões intrusos os suíços tiveram que fazer durante a Segunda Guerra?

Sossego01
Sossego01
Reply to  DENYS
1 ano atrás

Eles devem saber melhor que a gente né? O risco não é entrar em guerra, é ser arrastado pra uma. O Sr. Putin anda Putin com a Otan e a Europa Ocidental, e os Jihadistas estão sempre Putin com todo mundo. Então, melhor se defender ne? Os Chineses tb andam Putin. Ta td mundo Putin entende?

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Na realidade eles já sabem quais aviões querem: f-35 ou F-18, o resto é só o “mimimi” de sempre para dizer que fez a seleção, mas todos lá já sabem qual é o vencedor.

DENYS
DENYS
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Concordo com você, é muito mimimi.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Você deve ter algum tipo de informação privilegiada para concluir que F-35 e F-18 são os preferidos.

Gonçalo Jr.
Gonçalo Jr.
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Há que se levar em consideração o que a população acha disso. As coisas na Suiça se resolvem de forma plebiscitária com relação a gastos militares e os suíços são muito conhecidos por relevar o custo benefício em seu sistema de defesa.

Dito o acima, a Suíça não iria gastar dinheiro público (sim, gasto em homens horas nos testes), à toa para estabelecer um finalista ou finalistas pois ainda não é sabido se desses concorrentes saíra uma short list.

BILL27
BILL27
1 ano atrás

O Gripen E vai participar mesmo com um prototipo ???O avião nem esta pronto ainda

Rui chapéu
Rui chapéu
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Que choro heim …..
F-35 já está com IOC.

Tem até um site que fez uma matéria sobre isso, aquele aéreo.jor….

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  Rui chapéu
1 ano atrás

Na verdade os F-35A e F-35B já estão com Capacidade Operacional Plena, o último com mais de 100 missões e 1.200h operacionais sobre o Iraque, Afeganistão e Síria.

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Galante, IOT&C não tem relação com FOC, o FOC veio com o Block 3F (F de Full) em setembro de 2017. IOT&C é condição para a cadência de produção máxima esperada para o início da próxima década.

BILL27
BILL27
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás
Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

IOC foi declarado no Block 3I e o FOC já foi declarado no Block 3F em 2017, por isso o “I” e o “F” respectivamente como sufixo do 3. IOT&C é condição para o Full Rate Production (FRP).

Pericles Ferreira Leite
Pericles Ferreira Leite
Reply to  Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

Nenhuma unidade equipada com o F-35 atingiu FOC. Os noruegueses estimam que apenas em 2025 atingirão FOC com o F-35: http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/192593/norway-aims-for-f_35-full-operational-capability-in-2025.html

Mais sobre a FOC do F-35: http://www.thedrive.com/the-war-zone/14103/lets-talk-about-the-usafs-plan-for-fully-combat-capable-f-35s

O desenvolvimento de software do F-35 ainda nem terminou, vai ter, no mínimo, um Block 4 ainda. Enquanto isso, o Gripen E 39-8 fez o primeiro voo com todo o desenvolvimento de software terminado: https://web.archive.org/web/20180323155013/http://www.janes.com/article/71455/gripen-e-makes-maiden-flight

BILL27
BILL27
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Ah Galante ,eu não to lendo isso ….Vc quer comparar o estagio do Gripen E com o F-35 ??? Eu disse que o Gripen não está pronto literalmente e vc sabe disso

Kemen
Kemen
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Entrou em produção, ou seja, os prototipos atenderam aos requisitos.

https://brasiljornal.info/negocios/gripen-entra-em-produa-em-erie-saab-negocia-novo-lote-fab-20802044

BILL27
BILL27
Reply to  Kemen
1 ano atrás

O primeiro Gripen E de serie só vai ser entregue a Suecia em 2021.

Nunão
Nunão
Reply to  BILL27
1 ano atrás

A discussão saiu do ponto inicial. Se o Gripen E está concorrendo é porque as regras permitem que concorra.

Assim como permitiram que concorresse na última seleção suíça, na qual justamente o Gripen E, num estágio ainda menos desenvolvido que hoje, ganhou…

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  BILL27
1 ano atrás

De todos, o Gripen é o único que deve mandar algum protótipo ou até mesmo uma varinate anterior. O quanto isso pode contribuir negativamente ? Não sabemos. No fim, eles já sabem o que querem, se for o Gripen, pouco importa se não podem avaliar algo próximo do caça final.

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

Na verdade, dependendo do modelo oferecido, nenhum terá a umidade exato para avaliação. Talvez o F-35 seja o mais próximo do modelo exato por não ter nenhuma mudança significativa de hardware programa até 2025. O Gripen deve ser o que terá uma unidade avaliada mais distante do produto final.

BILL27
BILL27
Reply to  Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

Saab, Suécia, Gripen E: nas semanas de calendário 25 e 26

Não acredito que vao mandar o modelo anterior ,pois senão ja seria divulgado como Gripen C/D. Ensaio em voo com um modelo que não ira ser comprado não parece ser uma coisa sensata

Maurício.
Maurício.
Reply to  BILL27
1 ano atrás

BILL27, ele venceu nosso F-X2 quando nem protótipo existia rsrsrs, e o Galante sempre com uma pontinha de maldade com o F-35 rsrsrs

BILL27
BILL27
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Mauricio ,mas como o Gripen E vai participar destas missoes com um prototipo ? Nem se conhece ainda suas reais capacidades e nem se tem o produto final ainda .Este é o ponto …se não tivesse este exercicio ,td bem ,ate poderia haver uma compra e tals ,mas não é o mesmo caso que aconteceu com a FAB

Kemen
Kemen
Reply to  BILL27
1 ano atrás

BILL27, suas capacidades gerais foram bastante publicadas, outras capacidades em detalhe geralmente não são divulgadas ao publico somente nos documentos das concorrencias, a FAB não comprou no escuro.

BILL27
BILL27
Reply to  Kemen
1 ano atrás

Não tem como passar as capacidades reais ,antes do avião ser homologado .São capacidades teoricas e só se concretizam ou não depois de terem sido feito todos os testes e integrações ,o que ainda não é o caso.

Fligth_Falcon
Fligth_Falcon
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Então tá difícil para todo mundo com exceção do F-18 que já uma aeronave consolidada, o restante tem um monte de capacidades ainda em testes, homologação em andamento e assim vai.
Rafale nem o Meteor pode ser lançado ainda.
F-35 tem vários itens em desenvolvimento e assim vai.

Kemen
Kemen
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Bill27, tem sim como receber as especificações do fabricante, aconselho a reler o que é uma homologação. O protótipo é desenvolvido pelo fabricante para atender aos dados informados por ele.
http://www2.anac.gov.br/dicasanac/pdf/novos/certificacao_dicas/certificacao/certificacao_ok.pdf

Nunão
Nunão
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Na seleção passada, que foi cancelada após referendo popular que não aprovou o sistema de financiamento para a compra de caças, os suíços avaliaram o Gripen utilizando a versão C/D e depois voaram o demonstrador do Gripen NG (hoje denominado E/F). E o Gripen ganhou. Não há problema algum nisso, em inúmeras seleções ao resor do mundo caças que ainda não estavam plenamente desenvolvidos participaram. Inclusive no Japão, onde o F-35 ganhou ainda com seu desenvolvimento muito menos avançado do que hoje. Basta que as regras permitam e as formas de avaliação levem isso em conta.

cwb
cwb
1 ano atrás

Os armamentos que os aviões suíços usam é de origem americana ou também local e europeia?
Pergunto isso para o caso de outro concorrente ganhar,este armamento poderia ser usado?

Gustavo
Gustavo
Reply to  cwb
1 ano atrás

Atualmente americanos, AMRAAM e AIM-9X nos F-18.
Os aviões europeus podem ser adaptados para lançar… Não há dificuldade para essa integração.
Lembre que nós talvez usaremos o A-Darter em nossos Gripen e chegamos a oferecer mundo a fora o Super Tucano com possibilidade de lançar Aim-9L, Phyton 3 , Phyton 4 e MAA1 Piranha. Isso mostra que não existe tanta dificuldade em se integrar armas ocidentais em caças ocidentais.

PauloSollo
Reply to  Bardini
1 ano atrás

A nível de parceria estratégica creio que é a melhor escolha, porém não sabemos se haverão outros fatores, aqueles que não são divulgados, a influenciar a escolha.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Concordo, não somente pela capacidade do caça. Mas as compensações comerciais pesarão muito junto com o custo de operação e aquisição do caça.
Lembrando que o referendo de 2014 o principal ponto discutido por lá era justamente o custo de aquisição e operação de novos caças.
Em outras palavras, caças com hora de voo mais caras, vão ter que suar muito a camisa pra ter chance.

BILL27
BILL27
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Só pq a RUAG fabrica os pilones ? Grande indicio …..

Kemen
Kemen
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Acho dificil dar Rafale ou F-35, deve ficar entre o Gripen ou o Super Hornet, nessa ordem.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Bardini
1 ano atrás

A nível técnico? Possivelmente.
A nível político? Dificilmente.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

SH é a lógica.

Eduardo
Eduardo
Reply to  Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

Gripen é a lógica. Se vai dar serão outros 500…

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

O Super Hornet seria a Melhor escolha e a escolha logica, a menos e claro que eles sigam o exemplo brasileiro e comprem o Gripen para substituir o F-5 deles por pura inveja kkkk

100nick-Elã
100nick-Elã
1 ano atrás

Dos caças ocidentais, o melhor é o Rafale. F35 não me convence, a menos que destrua um S-300 na Síria, ou participe de um dogfight com sucesso, derrubando um MIG ou um SU. Ou bombardeie uma área altamente contestada, na Síria, Venezuela ou similar.

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

so nao pode ser um dogfight com Mig 21 porque esse ta virado no siri, derrubando tudo kkk

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
1 ano atrás

Torço pra algum caça europeu. Ta na hora dos europeus darem um chega pra la nos EUA

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  Fabio Jeffer
1 ano atrás

concordo, e seria bom ate acabar com a OTAN que nao é mais necessária com o fim da URSS porque a nova Russia pode ajudar eles a se defender de qualquer invasão dos inimigos e promover a Paz e a Segurança em todo continente..

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Paulo Costa
1 ano atrás

É ironia?

Eduardo70
Eduardo70
1 ano atrás

Suiça gosta de brincar mesmo! Mais uma vez o vencedor é o F-35. Lobby forte.

Kemen
Kemen
1 ano atrás

Na minha opinião isto esta mais para demonstração do que para testes. Voltado para a midia e para o público suiço para ter maior aprovação com a escolha. Como um caça apenas voando pode mostrar as suas capacidades ? Num “air show” todas as capacidades serão parecidas aos observadores e pesa mais a coragem e maestria do piloto! Não existirão disparos, não existirão combates simulados, etc, etc. Tudo que se possa conhecer em detalhe é informado pelos fabricantes e, desempenhos, consumos, especificações de sistemas, etc são incluidos em garantia de contrato. Se houver pilotos suiços no controle das aeronaves, o… Read more »

BILL27
BILL27
Reply to  Kemen
1 ano atrás

Isso é muito diferente de um “air show”

Para cada candidato, um total de oito missões com uma ou duas aeronaves de combate será realizado durante quatro dias de voo. As capacidades da aeronave e as informações das ofertas enviadas são verificadas. De antemão, os provedores têm a oportunidade de se familiarizar com outro voo com os procedimentos específicos no espaço aéreo suíço. Um voo será realizado à noite.

Kemen
Kemen
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Bill27, nada…os suiços estão inventando, que capacidades serão vistas com eles voando nos céus suiços? Se lembra do problema na escolha do Gripen C antes pela Suiça e que originou essa concorrencia atual? https://www.aereo.jor.br/2012/02/14/gripen-a-escolha-preferencial-da-suica/ A preferencia da escolha do Gripen C pelos suiços anteriormente originou criticas e alguns politicos foram a favor e outros contra, dai esse “air show” previsto agora, para que os que não entendem nada se deliciem com o que não prova capacidade nenhuma dos aparelhos, todos voam, todos são supersonicos, todos tem radar, todos alçam voo, todos pousam, alguns em pistas maiores outros em pistas menores,… Read more »

Mauro lucio
Mauro lucio
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Possivelmente missão contra atuais caças suíços.

Carlos
Carlos
1 ano atrás

Pq não tem nenhuma aeronave russa no programa deles tipo su-35 flanker ou mig -35 ?

Nilson
Nilson
1 ano atrás

Será um ótimo teste para os protótipos do Gripen E, e a SAAB deve estar correndo contra o tempo para colocá-los nas melhores condições possíveis. Ainda teve a sorte de ser a última na ordem alfabética, pelo que entendi ganhou tempo até junho, serão quase quatro meses para evolução. Para nós, uma ótima notícia, tanto porque poderemos ver o Gripen brigando fora do ambiente controlado da SAAB, quanto porque o evento obrigará a SAAB a correr para queimar algumas etapas que estejam pendentes.
Fiquemos de olho…

Fernandes
Fernandes
1 ano atrás

Se der Gripen, é zebra e teremos que enviar os especialistas da LavaJato para investigar, mesmo sendo a Suíça.
Motivo: É um protótipo, sem chance na avaliação detalhada que farão, frente a candidatos fortes, com homologação e já testados.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Infelizmente o Gripen já começa a concorrência com uma grande desvantagem.
Não está operacional, e ainda com varios testes a serem realizados (incluindo de armamentos).
Os suecos se complicaram feio nessa, empurrar com a barriga o nosso gripen, nunca custou tão caro.
Ser um player relevante no mercado global, exige rapidez acima da média.
Fica a lição dona SAAB.

Caleb
Caleb
1 ano atrás

F18 não vale nada!!!!
F35 muito caro e não é lá essas coisas!!!
Iria de Rafalle ou Gripen pelo custo total!!

Corcel
Reply to  Caleb
1 ano atrás

É sério?
parece comentário do orkut.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 ano atrás

Até gostaria de ir mas já que o PA vai me sinto representado.

Ivanmc
Ivanmc
1 ano atrás

Gripen, EF2000, F-35, F-18SH, Rafale dão tudo no mesmo. Nada muda.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Como a Suíça não faz parte da OTAN, deveria ir de SU-35. Caça extremamente capaz e em alguns aspectos até superior aos vetores já listados.
Através desta aquisição, a Europa poderia se aproximar ainda mais da Rússia.
Já que 80% do gás e 30 % do trigo provém da Rússia. Onde Moscou fornece 27,1 milhões de toneladas de trigo para o mercado europeu.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Aí desequilibra a região, para melhor. Mas, a Suíça não iria desafiar a Otan e a sua saúde financeira e a dos “investidores”, ao adquirir o Su-35.

Marquês de São Vicente
Marquês de São Vicente
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Você vê necessidade de um caça russo, bi-motor, para um país neutro, centro-europeu e com o território menor do que o Estado do Rio de Janeiro?

Antunes 1980
Antunes 1980
Reply to  Marquês de São Vicente
1 ano atrás

Israel opera varios F-15, qual o problema?

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Antunes, que comparação absurda. Me parece desnecessário descrever a realidade militar dos dois países, bem como as perspectivas de enfrentamento com as quais Israel convive.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Eles querem um caça barato de operar também. O Su-35 tem hora de voo cara, por mais capaz que seja, tem seu custo.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

O Su-35 é realmente um avião muito bom, mas os suíços sequer consideraram a hipótese de comprar algo vindo de um país com humor tão instável. O pós-venda russo é muito irregular.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
1 ano atrás

E esses apetitosos F5 ai vão sobrar?

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

AHhahahahahhahahahah

BILL27
BILL27
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Vão .A FAB esta na fila de espera

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  BILL27
1 ano atrás

A Argentina quem sabe, agora que esta alinhado ao paspalhão.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Nilton L Junior
1 ano atrás

Leu meus pensamentos, Nilton

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Não dá ideia.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Quem está de olho é o Uruguai. E a Embraer pode lucrar com isso. Pois houve o boato que eles estariam interessados em comprar os F-5E (que estariam em ótimas condições) da Suíça e moderniza-los em Gavião Peixoto. Vamos torcer para isso.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Gustavo
1 ano atrás

Eu já li sobre isso, Gustavo.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Gustavo
1 ano atrás

Otima noticia

rosario
rosario
1 ano atrás

nesta ai tenho que concordar com os que sao contra o gripen , nao por eu ser contra , o que nao sou, mas dos 5 concorrentes o gripen e sim o unico que nao podera mostrar nada alem de um voo monotono e sem sequer manobras mais abruptas,supercruse , nem pensar ,comparar com o f35 que ja ate iniciou a FABRICACAO da celula de n 500 e covardia com o gripen, nao e achismo e fato. para o brasil foi otimo a escolha do gripen pois , pra quem opera f5 a 40 anos ele se tornara uma espaconave… Read more »