Home Ataque aéreo Por que a Índia usou o Mirage 2000 no ataque a terroristas...

Por que a Índia usou o Mirage 2000 no ataque a terroristas na Caxemira?

18034
67

Por Alexandre Galante

A Índia realizou um ataque aéreo em território do Paquistão nesta terça-feira (26/02), contra um campo de treinamento do grupo Jaish-e-Mohammad (JeM) em Bala Kote, na região da Caxemira.

Segundo o ex-piloto de Jaguar indiano Vijainder K. Thakur, a Força Aérea Indiana escolheu o Mirage 2000 porque é uma plataforma de lançamento de armas muito capaz, com boas capacidades BVR e de combate aéreo a baixas e médias altitudes, ao contrário dos Jaguars e MiG-27UPG.

Os MiG-29UPG estão disponíveis apenas em pequenos números, por isso não foram usados.

Ainda segundo Thakur, o Su-30MKI teria sido igualmente eficaz, mas a aeronave é o trunfo da IAF. Ele não foi exposto a defesas aéreas do Paquistão, ao contrário do Mirage 2000, que viu ação em Kargil. A IAF gostaria de deixar o Su-30MKI para uso em uma situação que exija um alcance muito maior.

As diferente áreas da Caxemira controladas pela Índia, Paquistão e China
O alvo atacado pela IAF estava em Bala Kote e não Balakot (que fica mais ao norte) como foi noticiado em algumas mídias

Os primeiros informes dizem que 12 aeronaves Mirage 2000 da Força Aérea da Índia atravessaram a Linha de Controle e percorreram pelo menos 10 km dentro da Caxemira ocupada pelo Paquistão, antes de lançar várias bombas guiadas por precisão Spice-2000 que atingiram o campo de treinamento Jaish-e-Mohammed em Bala Kote na província de Khyber Pakhtunkhwa terça-feira de manhã.

As principais fontes de defesa disseram ao site ThePrint que o ataque foi feito por cinco Mirage 2000 apoiados por mais aeronaves de caça do mesmo tipo, juntamente com vários Sukhoi Su-30MKIs, uma aeronave de reabastecimento aéreo e dois AWACS (Airborne Warning and Control System). o ataque começou às 3h45 e durou 21 minutos.

A ideia inicial era não cruzar a LoC (Line of Control) e lançar as bombas, cada uma pesando 1.000 kg, de dentro do espaço aéreo indiano, porque elas têm um alcance de cerca de 100 km.

“No entanto, o vento era muito forte de oeste para leste, e, portanto, os cinco caças atravessaram a LoC”, disse uma fonte de elite ao ThePrint.

Mirage 2000 da IAF em voo de ensaio com a bomba Spice 2000
Mirage 2000 da IAF em voo de ensaio com a bomba Spice 2000
Spice 2000

Coordenadas GPS e uma imagem
As fontes disseram que a bomba israelense foi pré-alimentada com coordenadas de GPS e uma imagem do campo, que continha seis alojamentos, cada um com pelo menos dois ou três andares de altura.

A Spice 2000 usa uma tecnologia DSC (Digital Seen Matching Area Correlator) que combina automaticamente o alvo, à medida que aumenta o zoom, com a imagem que foi pré-alimentada, além das coordenadas de GPS.

Eles acrescentaram que a bomba guiada com precisão pode ser usada de dia ou de noite, e também possui um sistema anti-jammer, o que significa que a tecnologia GPS não pode ser bloqueada pelo inimigo.

F-16 do Paquistão

Força Aérea do Paquistão enviou dois caças
Uma fonte disse que, assim que os cinco caças Mirage 2000 atravessaram a LoC, a Força Aérea do Paquistão acionou dois caças F-16.

“Mas eles bateram em retirada logo que perceberam que a formação indiana era grande. Em poucos minutos, os caças da IAF soltaram as bombas e retornaram”, disse a fonte.

Perguntado por que o Mirage 2000 foi escolhido no lugar do caça Su-30 MKI da linha de frente da Índia, fontes disseram que apenas o Mirage é capaz de usar a bomba Spice 2000 no momento.

Subscribe
Notify of
guest
67 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Andrew Martins
1 ano atrás

Pergunta: É intenção da FAB que os Gripens usem a Spice 2000 né?

Bosco
Bosco
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Galante,
Acho que a FAB adquiriu a Spice 1000 e a Spice 250.

Morais
Morais
Reply to  Andrew Martins
1 ano atrás

Não seriam a Spice 1000 e a 250?

Brunow Basillio
Reply to  Morais
1 ano atrás
Bruno
Bruno
Reply to  Andrew Martins
1 ano atrás

Já comprarmos

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
1 ano atrás

Azedou o caldo heim !
“Unconfirmed reports of extremely heavy clashes between Indian and Pakistani troops on the border near Sialkot in Pakistan”
.
https://twitter.com/Conflicts/status/1100503504521740289?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1100503504521740289&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.snafu-solomon.com%2F

Renato B.
Renato B.
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Nesse ponto a internet está doida. Já se fala no abate de um F-16 do Paquistão e de dois Mig’s-21 Bison indianos.

Chris
Chris
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Engraçado foi o Paquistao negar que a India tenha atingido o campo terrorista..

E ainda dizer que foram os caças Indianos que correram do F-16 !

Mas acho que essa própria resposta paquistanesa, entrega a verdade ! Heheh

BILL27
BILL27
Reply to  Alfredo Araujo
1 ano atrás

Isso aí é treinamento

Ivanmc
Ivanmc
1 ano atrás

“Ainda segundo Thakur, o Su-30MKI teria sido igualmente eficaz, mas a aeronave é o trunfo da IAF. Ele não foi exposto a defesas aéreas do Paquistão, ao contrário do Mirage 2000, que viu ação em Kargil. A IAF gostaria de deixar o Su-30MKI para uso em uma situação que exija um alcance muito maior.” . É logico que deveria ter Su-30 fazendo a contenção, mas ele não vai entregar o ouro para o bandido. Eu creio que o Su-30MKI deverá ser utilizado para manter a soberania do território Indiano, para essas incursões o M2000 está ótimo. Tem gente que não… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ivanmc
1 ano atrás

É isso mesmo. Para que expor os seus melhores caças para bombardear agrupamentos de militantes extremistas.
Como dito acima, é o trunfo da IAF.

kaziranga
kaziranga
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Antonio,
Não foi apenas bombardear militantes extremistas, como aqueles do chamado “Estado Islâmico ” na Síria ou no Iraque, que praticamente não tinham poder de fogo para derrubar um caça. Entrar no espaço aéreo de um país extremamente hostil, militarmente capaz – certamente o mais bem armado, treinado, poderoso do mundo muçulmano – é outra bem diferente. Assim, era possível supor o emprego de um vetor como o Su -30, que é, merecidamente, considerado mais capaz que o Mirage.

Wagner
Wagner
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Ou talvez no mundo real o Su30 nao seja a última bolacha do pacote que muita gente pensa…

Augusto L
Augusto L
1 ano atrás

Em que distancia estava esses acampamentos da fronteira da Índia?
Para usarem uma arma stand off, mesmo entrando 10 km em território inimigo, esses alvos deveriam estar no mínimo há 80 km da fronteira.

kaziranga
kaziranga
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

É isso, Balakot , pelo que verifiquei, fica a 80 km da fronteira. Situa-se bem perto de Abbottabad, aquela cidade onde estava o bin Laden. Assim, ao contrário dos outros alvos, já não esta na Caxemira controlada pelo Paquistão.

cwb
cwb
1 ano atrás

na matéria do tejas apareceu um forista dizendo em inglês que o tejas tem capacidade de lançamento de vários tipos de munição inteligente,agora só o mirage pode lançar a spice..
pessoal,não estou sendo chato,apenas estou lendo os posts e cruzando as informações…

Ivanmc
Ivanmc
1 ano atrás

Última forma. Não consegui apagar. Desculpa.

F16 nutela
F16 nutela
1 ano atrás

Ainda bem que os F 16 bateram em retirada, do contrário iria ficar feio ser abatido por mirages 2000, ia acabar com essa conversa de caça nunca derrotado, apesar do perda de um F 16 turco para um mirage 2000 grego.

PauloSollo
Reply to  F16 nutela
1 ano atrás

O placar continua 74×0 para o F-16, caro nutela.
Perda de um Mirage 2000 grego para um F-16 turco:
https://www.youtube.com/watch?v=ZevYcmIf4dI

F16 nutela
F16 nutela
Reply to  PauloSollo
1 ano atrás

E o placar vai continuar, afinal, correram da briga, só combatem com superioridade numérica, tecnológica e contra aviões obsoletos ou que não foram projetados para combater um caça, como exemplo cito os A 37, super tucano e até mesmo helicópteros dessa listinha de 74 abates.
É até engraçado, caças F 16 bk 52 armados com 4 misseis AIM 120 c5 correndo de mirages armados com MICA, o top correndo da jaca!!!

nonato
nonato
Reply to  F16 nutela
1 ano atrás

A matéria é clara.
2 F 16 contra 12 mirage…
Não entendo porque os radares paquistaneses não identificaram que havia 12 mirage…
Por que não mandaram o hiper mega JF 17?

Paulo
Paulo
Reply to  nonato
1 ano atrás

eles usaram os AWACS, eles além de identificarem alvos a distância e passarem a informação para a equipe de ataque também fazem jamming contra os radares inimigos (guerra eletrônica)

Theo Gatos
Theo Gatos
Reply to  PauloSollo
1 ano atrás

Não é bem assim, um Mirage grego já abateu um F16 turco em 1996…
.
Sds

DENYS
DENYS
Reply to  F16 nutela
1 ano atrás

Bateram em retirada, pq deram um ferrari; param um bando de criança.

F16 nutela
F16 nutela
1 ano atrás

Por outro lado, fica claro que uma coisa é abater caças obsoletos sem apoio de AEW, ou pior ainda , abater helicópteros, super tucano ou A 37 e fazer um histórico de cerca de 100 abates , outra coisa completamente diferente é enfrentar um caça do mesmo nível, pilotado por pilotos treinados e com apoio de aviões radares e vants. Os pilotos de F 16 do Paquistão não são bobos para acreditar que o F 16 é a última bolacha do pacote. Vamos esperar o desdobramento desse conflito, estou curioso para ver esses enfrentamentos, de um lado mirage 2000, mig… Read more »

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  F16 nutela
1 ano atrás

O que você disse é obviedade. Naturalmente que 2 aviões irão evitar combate contra um grupo muito maior e apoiado por AEWACS e outras aeronaves. Daí a concluir que A é pior que B, é um exercício de falsa lógica.

F16 nutela
F16 nutela
Reply to  paddy mayne
1 ano atrás

Diga isso aos defensores do F16 na operação tempestade no deserto no Iraque e na guerra da Iugoslávia, afinal, falam maravilhas do F16 nesses dois teatros, só que esquecem que eles tinham o apoio da maior rede tecnológica do Mundo, assim é fácil não?

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  F16 nutela
1 ano atrás

Ou seja, a força vencedora ganhou por ser mais preparada e você acha que há uma injustiça intrínseca nisso? Acho que você está confundo guerra com algum esporte, onde os dois lados são rigorosamente iguais. Faz o seguinte: compra um F-16 de plástico e pisa em cima, para se acalmar.

Thiago Carvalho
Thiago Carvalho
Reply to  paddy mayne
1 ano atrás

É uma obviedade, mas é o tipo de propaganda mais difundida e incrivelmente aceita. Isso sem contar quando os tomahawk e afins acabam com as defesas aéreas e depois vêm os supercaças com 100% de aproveitamento pra botar na conta das estatísticas perfeitas.

PauloSollo
Reply to  F16 nutela
1 ano atrás

Um sujeito que adota um nick name com o intuito de demonstrar a birra que têm contra um modelo de caça não pode ser levado a sério, é coisa e adolescente.

F16 nutela
F16 nutela
Reply to  PauloSollo
1 ano atrás

Um sujeito que não sabe conviver com opiniões contrárias e sempre parte para denegrir os outros é pior que um adolescente, trata-se de um adulto mal amado e mal educado. Mas, mesmo assim, vai ter que conviver com o contraditório, goste ou não.

PauloSollo
Reply to  F16 nutela
1 ano atrás

E você terá que conviver com o sucesso do F-16 pelo resto da vida. Larga esta inveja nutella, aceite que é melhor.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  PauloSollo
1 ano atrás

Era o que eu estava pensando. Ele não está preocupado em aprender sobre defesa, é apenas uma espécie de trauma pessoal contra um objeto inanimado. Tem outros aqui com problemas “pessoais” contra o F-35 também. Acho que pediram o kit Revell para o papai e ele não deu, daí o trauma.

Marcos
Marcos
1 ano atrás

Não usaram o Su-30 pra não correr o risco de perder mais um avião

Alfredo RCS
Alfredo RCS
Reply to  Marcos
1 ano atrás

A propria india ja relatou a pessima disponibilidade dos caças russos…quanto mais voam, mais caem…fato.

Alfredo RCS
Alfredo RCS
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Tai o bombardeiro russo que deu um role na venezuela, e, alguns dias depois, caiu…

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Alfredo, o modelo que visitou a Venezuela foi o Tu-160. O que caiu foi um Tu-22M.

rdx
rdx
1 ano atrás

O Mirage 2000 é um verdadeiro caça multirole e foi usado nessa missão como aeronave de ataque tático. Já o Su-30 é um caça de superioridade aérea (foi usado para proteger o M2000)…e provavelmente é a aeronave de ataque estratégico da IAF. Salvo engano, o Mig-29 da IAF é usado em missões de interceptação.

Juscelino
Juscelino
Reply to  rdx
1 ano atrás

Dica: Como estamos no Brasil seria mais interessante escrever multipapel ou multifunção, pois nosso rico idioma dispõe de palavras suficientes. Sei que a culpa não ė sua, mas sim de entendidos da área que não conhecem o português e acabam usando o palavras estrangeiras que como jargões que não são, diferente de palavras que ainda não possuem tradução na nossa lingua.

rdx
rdx
Reply to  Juscelino
1 ano atrás

Piada!

Augusto L
Augusto L
Reply to  rdx
1 ano atrás

Pouco SU-30 indianos receberam capacidade de ataque ao solo, e acredito eu que seja somente misseis, ou seja não é muito versatil.
Então o ataque estratégico Indiano, digo interdição, fica a cargo dos Jaguares e no futuro o Rafale.
Os SU-30 devem ter como segunda função interdição ja que receberam misseis anti navio

DENYS
DENYS
1 ano atrás

Os cara um f-16, pularam fora?

Rodrigo Pereira Abdo
Rodrigo Pereira Abdo
Reply to  DENYS
1 ano atrás

Sim Denys, parece que havia uma vantagem numérica por parte da força aerea indiana e os paquistaneses devido a isso resolveram voltar. O F16 é um ótimo caça de superioridade mas não chega a ser um F22 Raptor por exemplo que pode se engajar contra vários alvos ao mesmo tempo.

Marcos10
Marcos10
1 ano atrás

Mirage velho e melhor que Sukhoi novo.
Não a toa que Saddam teve de comprar F1 para enfrentar os F14 iranianos.

Ronaldo
Ronaldo
Reply to  Marcos10
1 ano atrás

Boa Noite Marcos 10,os velhinhos tão na ativa ainda,kkkkkk!!!

Tiger 777
Tiger 777
1 ano atrás

Este ano chegam os Rafales Indianos, o que é um trunfo, pra Índia. Ja o Paquistão vai ter de tomar muito todinho, pra ter a mesma qualidade na sua Força Aérea…

Leonardo
Leonardo
1 ano atrás
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

EXTRA, EXTRA: Paquistão derruba dois caças da India e India derruba um F-16 Paquistanês!

Fonte: https://br.sputniknews.com/asia_oceania/2019022713394851-tensao-ataque-aerea-india-paquistao-derrubada-avioes/

MGNVS
MGNVS
1 ano atrás

Noticias atuais informam que o Pakistan derrubou dois caças da India.

Se os editores permitirem o link da publicaçao esta logo abaixo:

internacional.estadao.com.br/noticias/geral,paquistao-anuncia-derrubada-de-dois-avioes-da-india-na-caxemira,70002737441.amp

Bueno
Bueno
1 ano atrás

Os pilotos indianos foram capturados pela força paquistanesa
da pra vê os destroços, os que são fera vai saber identificar o avião, tem vídeos , agora vão ter que usar o usar o SU30

https://actualidad.rt.com/actualidad/306869-saber-tensiones-india-pakistan?utm_source=browser&utm_medium=aplication_chrome&utm_campaign=chrome

Jeff
Jeff
1 ano atrás

Tem muita população nessas áreas, parece que eles estão buscando uma forma de reduzir drasticamente esta quantidade de gente. Desde sempre brigando por diferenças étnicas e religiosas. Eles que se resolvam.

Bueno
Bueno
1 ano atrás

A índia já emitiu nota , pelo menos um caça MIG 21 abatido , e um F16 do Paquistão abatido

Sergio Peixoto
Sergio Peixoto
1 ano atrás

…explicado…..

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Pergunta quantos kit,s da SMKB Britanite/ Mectron será que a FAB adquiriu? Assim como os Kit,s de asas FPG-82 da Friulli. Mesmo sendo um defasadas as Spice, nossos kit,s seriam de grande valia, pois são mais baratos e oferecem boa precisão. E o FPG já foi usado em combate na Colômbia junto com um A-29. Resultando na morte de um comandante guerrilheiro. Já deveriam estar fabricando a versão 2 desses kit,s nacionais, com propulsão adicional, melhora no distância de navegação e guiagem etc. Outra dúvida é será que nosso Mirrage 2000 ainda não poderiam estar operacionais na FAB até entrada… Read more »

Juarez
Juarez
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

oxtrot 27 de fevereiro de 2019 at 8:10 Pergunta quantos kit,s da SMKB Britanite/ Mectron será que a FAB adquiriu? Nenhum, pelos imples fato que o projeto não andou. Assim como os Kit,s de asas FPG-82 da Friulli. Também nenhum porque não andou Mesmo sendo um defasadas as Spice, nossos kit,s seriam de grande valia, pois são mais baratos e oferecem boa precisão. Como tu podes afirmar que uma coisa é barata que outra se a primeira não existe e a segunda tu não sabe o preço? E o FPG já foi usado em combate na Colômbia junto com um… Read more »

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Juarez
1 ano atrás

Você deve está mais informado que qualquer um Juares. Até mais que os donos e sócios da Britanit, pois no site da empresa a SMKB é comercializada até hoje. Quanto a FOG-82 a última notícia que o tive era que a FAC havia adquirido quantidades não reveladas do mesmo. Notícia essa vinculada em site de jornalismo militar crível e sério. Mas como você deve ser brigadeiro da FAB e saber mais que todo mundo, não vou perder meu tempo de rebater suas informações. E se não percebeu ou não sabe ler mesmo, não estou afirmando na estou questionando com quem… Read more »

wallace
wallace
1 ano atrás

Acabei de ver que o Paquistão derrubou 2 aviões indianos que sobrevoava a caxemira.

Luiz Floriano Alves
Reply to  wallace
1 ano atrás

A India deve ser muito pobre para usar os Mirage 2000. Nós aposentamos os nossas por falta de verba de manutenção. Era avião tampão, que deve ter rendido bons lucros para os interessados.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  wallace
1 ano atrás

boatos:
2 MiG-21 versus 1 F-16 ou 2 MiG-21 versus 1 JF-17
Aguardando a guerra de versões que se seguirá entre os dois países.

Mercenário
Mercenário
1 ano atrás

Embora a fonte tenha exaltado a aeronave de origem russa como o “trunfo da IAF”, o real motivo daquela ser preterida para a missão é apontado na parte final do texto:

“Perguntado por que o Mirage 2000 foi escolhido no lugar do caça Su-30 MKI da linha de frente da Índia, fontes disseram que apenas o Mirage é capaz de usar a bomba Spice 2000 no momento”.

João Bosco
João Bosco
1 ano atrás

Estava demorando esses dois se estranharem de novo……

Luiz Brandão
Luiz Brandão
1 ano atrás

Interessante que FAB desativou um esquadrão de Mirage 2000 por considerarem que não valia a pena mais manter os caças na linha de frente……e agora a gente vê a Índia com muito mais opções aéreas utilizando brilhantemente o Mirage 2000.

Wagner
Wagner
Reply to  Luiz Brandão
1 ano atrás

A FAB desativou os M2000 dela pois já tinham voado até dar o limite de horas da célula.