sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Northrop Grumman completa a 500ª fuselagem central do F-35 Lightning II

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A Northrop Grumman Corp, fabricante de defesa norte-americana, informou que entregou a 500ª Fuselagem Central do caça F-35 Lightning II.

“Entregamos uma fuselagem central do F-35 a cada 36 horas e tenho muito orgulho em dizer que fizemos todas as nossas entregas desde o início do programa”, disse Frank Carus, vice-presidente e gerente do programa F-35 da Northrop Grumman. “Nossa equipe dedicada trabalha em estreita colaboração com o cliente e fornecedores para melhorar a qualidade e acessibilidade em apoio ao combatente”.

De acordo com um comunicado divulgado pela Northrop Grumman Corp, designada AU-18, a 500ª fuselagem central do F-35 é uma variante de decolagem e aterrissagem convencional para a Royal Australian Air Force. A Northrop Grumman começou a produzir a fuselagem central da AU-18 em junho de 2018 e concluiu os trabalhos em 21 de fevereiro. A Northrop Grumman produz fuselagens centrais para todas as três variantes do F-35 desde maio de 2004.

“Estabelecemos o padrão para a produção de aeronaves militares”, disse Kevin Mickey, vice-presidente do setor e gerente geral de sistemas de aeronaves militares da Northrop Grumman. “Nossas equipes e fornecedores estão constantemente encontrando maneiras melhores e mais acessíveis de entregar um produto superior dentro do prazo, a um custo e, como nesta fuselagem central, antes do prazo. Quando você associa esse nível de comprometimento com as tecnologias de fabricação avançadas, é apenas uma situação ganha-ganha para nós, nosso cliente e o combatente.”

Uma estrutura central da aeronave F-35, a fuselagem central é projetada e produzida na linha de montagem integrada da Northrop Grumman, uma instalação de última geração apoiada por tecnologias exclusivas ou pioneiras da Northrop Grumman, reunindo robótica, sistemas autônomos, Virtual 3D e automação preditiva à frente da produção de fuselagem central.

A Lockheed Martin é a líder do setor para o programa F-35 e a Northrop Grumman desempenha um papel fundamental no desenvolvimento, modernização, sustentação e produção do F-35. Além de produzir a fuselagem central e as películas de asa para a aeronave, a empresa desenvolve, produz e mantém vários sistemas de sensores, aviônicos, sistemas de missão e software de planejamento de missão, material didático para treinamento de pilotos e mantenedores, capacidade de teste de simulação de guerra eletrônica e tecnologias de baixa observação.

- Advertisement -

54 Comments

Subscribe
Notify of
guest
54 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rui chapéu

Quanto furo!
O avião é um rebite voador.

Foragido da KGB

Todos são !

Chris

Pelo contrário… F-22 e F-35 ficam com poucos rebites à mostra, depois de prontos ! Para melhorar a capacidade stealth !

Já o SU-57…..

Bruno

Chris eu não entendi o que o SU 57 tem a ver com isso? Pois o que o Rui chapel comentou é a quantidade de rebites na fuselagem central do F35 e não se fica amostra ou nao , pois mesmo que não está mostrando os rebites eles estão lá em grande quantidade assim mesmo, interpretacao de texto sempre é bom !

Washington Menezes

Depois do tempo e do dinheiro gasto o minimo que se espera é uma linha de produção eficiente. Parabéns.

Antunes 1980

Este vetor já é um sucesso !
Mesmo sofrendo uma campanha difamatória pela banda progressista/esquerdista, ele já está operacional e mostrando suas insuperáveis qualidades.
Mesmo com a chegada dos duvidosos SU-57 e J-20, estes não serão compartilhados com nenhuma outra força aérea. Os comunistas chineses e russos não sabem fazer parcerias de desenvolvimento, construção e venda.
Ao contrário do F-35 que é um projeto global !

igortepe

Essa ideologia vesga sua é complicada. Qual foi a campanha feita pela banda progressista / esquerdista?
A Northrop Grumman, o Pentágono e o DOD confessaram sem torturas todos os defeitos do avião.
Alguns só vem aqui para fertilizar o solo.

Bruno

Quem difamou o F35 foi o pentagono e o próprio fabricante espondo cada defeito dele á mídia e isso nada tem a ver com o lado negro da força (esquerda), como muitos costumam imaginar que tudo se resume como num filme bem e o mal.

Minuteman

Antes do primeiro diziam que seria um desastre, agora que chegou a 500, falarão o quê?

Carlos Gallani

Falarão que depois de tanto dinheiro gasto é o mínimo e que o Gripen foi um melhor negócio!

Marcos10

Um desastre caro, muito caro. Caro para projetar, caro para construir, caro para operar.
Mas um baita avião, sem dúvida!

Minuteman

Concordo em tudo. Mas acrescento:
1º Qualquer projeto que preceda uma nova era em qualquer setor, é caro, normal.
2º O F-35 é um avião de patrão, caro de construir e operar, normal.

Neves João

Complementando o Minuteman, é o preço para se manter na vanquarda, o domínio tecnológico ABSOLUTO dos EUA, mas é somente para quem pensa grande e quer morder forte, já no lado oposto, o vira-latas tem que se virar no lixo mesmo(nada contra os vira-latas, tenho 3)

igortepe

Os Chinas já invadiram as seguras instalações da Northorop e do pentágono e só não copiaram o que não quiseram.

Thiago Telles

Como sempre falei…. Um laboratório tremendo e q agrega muito na maturação das novas tecnologias. Tomara q consigam um modelo futuro sem tantos problemas e com escala para baratear ao menos um pouco

Sidney

Não te preocupa que quando forem 4.000 e os Russos ainda estiverem decidindo o motor do SU-57 teremos no Brasil idiotas úteis ainda criticando o avião sem base em fatos reais mas também sem esconder a inveja dos Americanos. É caro? É! Mas se EUA, Japão, Israel, Itália e outros 10 países que já compraram (14 no total, entendeu Kings) podem pagar e o consideram capaz de realizar o que promete, tudo isso, as taxas de 20:1 no combate aéreo, a fusão de sensores incomparável e eventuais sucessos em operações futuras, NADA fará os idiotas úteis verem a verdade. Eles… Read more »

Magost

E o F-35 terá transferência total de tecnologia e montagem nestes países (ironia) em média muito mais adiantados que o nosso… aaa mas temos que ter transferência de tecnologia e montagem no país.. e assim poder dominar esta tecnologia e construir jatinhos executivos e cargueiros… (30 anos depois seguimos com carroças)

Antoniokings

‘Antes do primeiro diziam que seria um desastre, agora que chegou a 500, falarão o quê?’

Um desastre multiplicado por 500.

Rafael Coimbra

E o Kings falando que os russos já tem o deles ….. kkkkk

Neves João

Kkkkkk… Os Russos são muito bons, mas estão atrás dos EUA, não há dúvidas quanto a isso, imaginem quando os 2 países se unirem num só?

Bispo

Bem falarão que apesar de ser tão tecnológico …não pode portar misseis hipersônicos …razão pela qual os EUA encomendaram “novos” F-15…. resta saber quando os EUA terão tais misseis… 2030 ?

filipe

O melhor caça tripulado de todos os tempos…

Antoniokings

Esse é o problema.
A era que está chegando é a dos caças não tripulados.
Bola fora!

filipe

O novo Filme TOP GUN 2 do Tom Cruise retrata isso, o fim da era dos caças tripulados, a 6ª Geração de caças será a dos caças não tripulados… O Stealth foi o salto tecnologico dos anos 80 e 90, agora é a Inteligência Artificial e a Robotica…

PauloSollo

O interessante aqui é que a cadeia de produção do F-35 é tão abrangente que a concorrente derrotada participa fornecendo partes da fuselagem, avionicos, softwares, e todos os parceiros do programa também participam com várias empresas.
Todo mundo está ganhando dinheiro com este programa e isto demonstra uma parte do seu sucesso. a outra parte é que se trata do mais moderno caça do mundo que irá dominar os céus por pelo menos duas décadas.

Foragido da KGB

Maldito capitalismo opressor ! 😛 😛 😛

DENYS

Mais as empresas de defesa americanas, são públicas.

Minuteman

Nada a ver, caro Denys.

PauloSollo

Em que planeta você está amigo?

ghutoz

vc tá de brincadeira né?

Neves João

Americano é prático e não faz nada pra perder, todas as empresas são PRIVADAS E PATRIOTAS, como tem que ser, todo mundo ganha, ao contrário daqui onde empresas nascem numa noite apenas para ganhar a concorrência, sem ter 1 funcionário sequer e 30 anos depois apresentam um protótipo obsoleto, que custou centenas de milhões de dólares, o governo não compra, elas pedem falência, o povo toma no fiofó e os “empresários” gastam a fortuna nas Bahamas…

Antoniokings

‘Americano é prático e não faz nada pra perder…….’

E esse monte de empresas americanas que estão se desfazendo no ar devem ser comandadas por quem?
Cada coisa.

Bosco

Como você adota o socialismo como meta e como exemplo de virtuosismo, onde as empresas são mancomunadas com o Estado e portanto são “perenes” , você desconhece como as coisas acontecem no livre mercado. Nele, as empresas podem desaparecer, transformar, misturar, etc. sem que isso configure uma catástrofe para a nação já que elas não são puxadinhos do Estado.

Carlos Gallani

Exatamente amigos Bosco, a Nokia se foi mas o mercado de celulares nunca foi tão grande, o estatal é moroso demais, quem lembra da telesp sabe, perder uma grande estatal em um país de mercado fechado então… é catastrófico!!!

teropode

Isso, a despeito do 1 trilhão que segundo muitos entendidos foram jogados fora , observo o quanto o projeto provocou os centros de pesquisas , num primeiro plano ele absorveu oque havia de mais moderno , no segundo plano ele fomentou o surgimento de novas tecnológias e conceitos de produção , o vale do silício certamente ja se beneficia do F35 , a medicina também se beneficiou do projeto , isso sem contar o número de empregos criados e garantidos , o valor do F 35 para os Americanos está muito além do valor de combate , imagino que o… Read more »

Antoniokings

Repita, repita, repita isso até vc mesmo acreditar.
Tá todo mundo pulando fora desse projeto e cada um desenvolvendo o seu próprio.

teropode

Este F 35 é um multiplicador de oportunidades, gera muito emprego em áreas de tecnologia de ponta , multiplica a obtenção de novas tecnológias e até mesmo nos fracassos ele provoca os pensadores Norte americanos , já li publicações que falam de desenvolvimento de tecnologias que serão aproveitadas na medicina, portanto a despeito dos trilhões gastos no programa , a indústria americana contribuiu e irá usufruir dos ganhos em novas tecnologias , existe também a desconfiança deque parte do orçamento dispensado ao programa é na realidade enviados para programas secretos , coisa que já ocorreu antes, por exemplo no desenvolvimento… Read more »

Carlos Gallani

Eu acredito piamente que boa parte deste trilhão já foi para o caça de 6ª geração, quem sabe para um projeto Aurora ou até para algo com o mesmo propósito de um “guerra nas estrelas” que é a próxima grande tecnologia disruptiva!

Alfredo RCS

500, heheheh, mas os russofilos podem se alegrar tambem, afinal, alinha de producao do su-57 conseguiu entregar seu…1o. aviao de seria (sim, os outros nao eram de serie). Mas dirao que o deles vale por 500 gracas aos aceleradores quanticos que paralisam destroyers yankes…

Paulo Costa
DOUGLAS TARGINO

Fiquei sabendo que o 501 a 512 serão feitos para o Brasil! kkkkk

Jacinto

Perdoe-me os moderadores pelo off-topic, mas a Índia acaba de atacar o Paquistão com 10 Mirage 2000

DOUGLAS TARGINO

Não foi exatamente o Paquistão, e sim um território que ambos brigam por ele!

Jacinto

Equivoco meu então. Eu vi a notícia no twitter e a reproduzi aqui.

Carlos Campos

de qualquer forma isso é uma fagulha caindo em cima de barril de pólvora

NEUDIMUR ELIS FERMINO

Fazem mais de 10 anos que entro aqui todo dia, e nunca esteve tão chato, os comentarios não se acrescenta em nada no conhecimento, é só pessoas defendendo um lado ou outro parece um bando de meninos !!! Admiro a coragem e esforço dos Russos e sei da Tecnologia de ponta dos EUA, E Admiro mais ainda o crescimento Chines!!! Ai vem aqui o povo brigando como meminos, falando que um tem um pipi maior que o outro.

andre

Exatamente o que penso. E cada vez me afasto. A qualidade do que se lê está deplorável.

Carlos Campos

O F35 tem um design mais ou menos, se a Northrop tivesse ganhado essa conconrrência do JSF, imagino que tipo nave alienígena sairia kkkkkk, lembro YF23, e do B2 e me vem a cabeça algo com design ainda mais incrivel que o YF23.

Renato da Cunha

A versão da Boeing era bem feinha:
https://en.wikipedia.org/wiki/Boeing_X-32

Carlos Campos

feinha não, horroroso

Carlos Gallani

Isso é o Fiat Múltipla dos aviões!

Antunes 1980

O F-35 é um projeto global que logo estará com o mesmo sucesso de vendas do F-16.
Enquanto isso, o SU-57 e o J-20 não estão à venda.

cwb

Eu vejo no desenvolvimento do f-35 o mesmo que o f-16 passou,mas em escala menor antes de ser o sucesso que ainda é. O f-16 tinha na época tecnologias tipo centro de gravidade instável controlado por computador e o stick de controle não tinha os movimentos dos manches normais.Isso levou a alguns acidentes sendo alguns com perdas humanas.Acho que num período de 4 anos (1975-1979)ele já estava operacional e quando israel adquiriu e atacou o reator nuclear do iraque com alguns f-16 as suas potencialidades começaram a ficar evidentes e a víbora passou a ter o bote e a picada… Read more »

BILL27

Reportagens especiais

Além do Gripen: Saab apresenta fábrica de aeroestruturas do caça, no Brasil, de olho no mercado mundial

Grupo sueco, que venceu o programa F-X2 de 36 caças para a FAB, apresentou em São Bernardo do Campo...
- Advertisement -
- Advertisement -