Home Aviação de Caça Israel atacou vários sistemas de defesa aérea Pantsir-S1 na Síria

Israel atacou vários sistemas de defesa aérea Pantsir-S1 na Síria

26505
342

As Forças de Defesa de Israel (IDF) confirmaram que atacaram várias das baterias de defesa aérea Pantsir-S1 das Forças Armadas sírias em Damasco, no dia 21 de janeiro

Em 21 de janeiro, a IDF afirma ter atingido alvos iranianos e sírios em Damasco, incluindo o avançado sistema de defesa aérea Pantsir-S1.

As IDF disseram que a operação durante a madrugada teve como alvo a Força de Quds de elite da Guarda Revolucionária Iraniana, bem como as defesas aéreas sírias. Quatro pessoas morreram.

“Durante o nosso ataque, dezenas de mísseis terra-ar sírios foram lançados, apesar de avisos claros para evitar esse tipo de reação. Em resposta, também atacamos várias baterias de defesa aérea das Forças Armadas sírias”, disse o comunicado militar.

Além disso, militares israelenses divulgaram imagens mostrando os vários sistemas de defesa antimísseis Pantsir-S1 (SA-22, de acordo com a designação da Otan) de fabricação russa atingidos diretamente durante um ataque aéreo israelense na Síria.

O Pantsir-S1 é um sistema de mísseis/canhões combinados e avançados, de fabricação russa, do tipo móvel em caminhões 8×8. O sistema de arma transportável/SAM inclui até 12 mísseis superfície-ar dispostos em dois grupos de 6 tubos na torre e um par de canhão de 30 mm.

Este não é o primeiro caso em que a Força Aérea Israelense destrói o sistema Pantsir-S1 com impunidade.

Em 10 de maio de 2018, caças israelenses atingiram vários alvos militares na Síria, incluindo o sistema russo Pantsir-S1.

Pantsir-S1
Pantsir-S1
Subscribe
Notify of
guest
342 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo RCS
Alfredo RCS
1 ano atrás

Ufaaaa, ainda bem que a presidenta nao teve tempo para fechar o negocio. Seriam alvos caros demais.

Brunow basillio
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Não tem nada haver uma coisa com outra, no seu ponto de vista os Abrams também seria alvo pois muitos estão sendo destruído no Iêmen, e nós não poderia ter los…. , Todo sistema semelhante ao Pantsir que tente pegar todas as “balas” sem tentar acertar o atirador uma hora deixa passar uma , afinal ele precisa de 10 a 15 minutos para recarregar , enquanto usarem o Pantsir da forma que estão usando vão levar chumbo , o Pantsir é um sistema que teria que atuar atrás do S 300 e S400 , mas pelo jeito os Sírios não… Read more »

teropode
Reply to  Brunow basillio
1 ano atrás

O pantsirzzzzźzzzz deve ser usado apenas para ocasiões festivas , de modo estático para nao correr risco , carnaval deve ser evitado, principalmente o carnaval baiano que é mais pesado , festas juninas e de colheita de uvas são ideais . Ao contrário do pantsirzzzzzzz , os fãs do Abrans nunca disseram que eles são infalíveis.

francisco
francisco
Reply to  teropode
1 ano atrás

Antes de ser atingido quantos misseis esse pantsir derrubou? há casos de Israel ter disparado cerca de 30 misseis e todos terem sido abatidos. Então o pantsir é economicamente viável. Já pensaram o quão caro está sendo para Israel? cada míssil, por ele lançado, vale milhares de dólares e aquele pais esta disparando a torto e a direita para ver se tem algum resultado positivo.
Israel é um pais pobre. Será que ele aguenta continuar com essas escaramuças a longo prazo? Acho que vai faltar dinheiro e a crise econômica vai ser séria.

Brunow basillio
Reply to  teropode
1 ano atrás

Não quero discutir com torcedor afinal aqui não e uma partida de futebol !

francisco
francisco
Reply to  Brunow basillio
1 ano atrás

Fiquei com uma pequena dúvida ao ver as imagens, que aliás são péssimas: foi divulgado que Israel está disparando seus misseis a partir do espaço aéreo do Líbano, para evitar os S-300. Então como é que seus aviões estão filmando a destruição dos pantsir? a filmagem dá a impressão que as câmeras estão no chão, ao nível do pantsir. Os misseis vem de cima (dos aviões) ou foi disparado do chão (terra-terra)?

Rustam
Rustam
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Alfredo RCS,

You’re right! Let the Brazilian army remain in the technological pit for centuries! ))) Installing Gepard and Igla-S is all she needs!

carcara_br
carcara_br
Reply to  Rustam
1 ano atrás

Parece melhor investir em sistemas adaptados de mísseis ar-ar com sistemas de guiagem ativa que num sistema dedicado como o pansistir que foram bastante susceptíveis aos ataques israelenses

Brunow basillio
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Pantsir é bom para fazer o que estão fazendo na base aérea Russa na Síria , derruba um drone ali outro aqui , um foguete ali outro aqui , mas se for para defender um ataque de saturação aonde o “atirador” chega descarrega sua arma e vai embora tranquilo , ai fica complicado.. Acompanho este acontecimento Sírios de perto pela mídia alternativa local, e já teve casos nos últimos dias que a aviação Israelense lançava uns trinta misseis , ia embora 30 minutos depois voltava e lançava mais trinta , e os Sírios se limitava em se defender ;todos estes… Read more »

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Brunow basillio
1 ano atrás

Engraçado, então quem ataca o inimigo tem que ser justo? Tem que ser tipo RPG, você só pode se movimentar novamente depois que o oponente terminou o seu turno? Tá de sacanagem, né?

Alfredo RCS
Alfredo RCS
Reply to  Rustam
1 ano atrás

Sorry you didnt understand my remark. Lets make it clear: three pantsir were down. Israel proved that it doesnt wotk very well, its the only real FACT we have up till now about that defense system. IAF 3 x 0 Pantsir. Maybe pantsir works well for an war against an unprepared army but it isnt effective against an air force like israel’s.
Thats FACT! And we will see more and more Pantsir systems being destroyed along Syrian war.

Pedro nine-nine
Pedro nine-nine
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Alfredo não estás a apresentar facto nenhum sabias? O pantsir pode não estar a abater aviões, mas está concerteza a abater misseis. Os F16 israelitas podem estar a lançar misseis bem para lá do alcance dos pantsir, em ataque de saturação tens de ter um sistema para abater aviões e outro para abater os misseis por eles lançados. Na Síria, aparentemente, os pantsir estão a operar desprovidos de um meio adequado capaz de os apoiar. Serem destruídos por um míssil não significa que tenham falhado no abate dos anteriores. As operações israelitas não são uma campanha de um ataque mas… Read more »

Pedro nine-nine
Pedro nine-nine
Reply to  Pedro nine-nine
1 ano atrás

As pessoas tendem a acreditar, que os sírios devem ter muito equipamento bélico disponível, mas acreditem que não. Os pantsir sírios são em número limitado e com um apoio igualmente limitado. Estão ali e derrepente já não estão, tão simples quanto isso, fala se em abater aviões…os israelitas limitam se a lançar misseis à distância, qual avião? Os pantsir abatem os que podem (mísseis) e israel divulga as imagens dos que acertaram. Não precisam de ser muitos, um pantsir alvo de 6 misseis está imediatamente em posição desfavorável se não contar com uma devida estrutura militar. Os israelitas sabem onde… Read more »

Pedro nine-nine
Pedro nine-nine
Reply to  Pedro nine-nine
1 ano atrás

No primeiro vídeo, o sistema é abatido por outro míssil antes mesmo do que filma atingir o alvo. Ainda antes do pantsir ser atingido, pela segunda vez, o mesmo lança pelo menos dois misseis, não sabemos quantos já tinha lançado, de quantos adversários já se tinha defendido nem de quantos estava a ser alvo. Eu só vejo um “pobre” equipamento a ser atacado de forma saturada, com assinaturas vindas de diferentes lados e finalmente a ser destruído. Se a tripulação se encontrava no interior (podia estar em modo automático), a mesma lutou heroicamente. Israel é a potência ali, não ah… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Pedro nine-nine
1 ano atrás

Caro Pedro, comentário mais coerente até o momento. Um sistema “alone” desprovido de uma defesa adequada nunca irá fazer milagre contra saturação de mísseis guiados. No segundo vídeo aparece um sistema que aparentemente não está operando/alerta, com alguns soldados perto … alvo relativamente fácil assim. Abraço,

Peter nine-nine
Peter nine-nine
Reply to  Henrique
1 ano atrás

Obrigado Henrique, abraço.

teropode
Reply to  Rustam
1 ano atrás

😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭,

teropode
Reply to  teropode
1 ano atrás

Não pode ser verdade , Israel ainda avisou pra não ligarem o Pantsir e os caras teimaram , e agora ? Estavam sem armas ? Tava na hora do jantar ? Os Sirios faziam o intervalo para as orações? A Rússia forneceu os códigos? O vídeo é montagem ? Israel gastou 300 mísseis pra cada Pantsir? Israel deveria logo anexar a Síria e acabar com esta brincadeira de dar pauladas em Pinhatas..

Kavi kove
Kavi kove
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

o pantsir é uma segunda linha de defesa ataque do S300. Vc veria ele fazer abates, se a Rússia liberasse leitura satélite pelo pantsir, porem a Rússia deixa esse detalhe passar despercebido pelos inimigos. Se houver uma guerra envolvendo diretamente à Rússia, vc verá isto como fator surpresa…Não se esqueça ou fique sabendo que via satélite, os pantsir pode fazer leitura de percurso interceptação desde decolagem de aeronaves através do radar dos s300 e s400; por isso que ele é uma segunda linha de defesa dos S300 e s400.

JPC3
JPC3
Reply to  Kavi kove
1 ano atrás

Mas o percurso das aeronaves eles já tem. Antes do pantisr ser usado os caças israelenses são detectados por outros radares de maior alcance.

Também existe a possibilidade dos russos estarem ajudando a defesa aérea síria repassando dados de seus radares de alerta.

Bosco
Bosco
Reply to  Kavi kove
1 ano atrás

Cuma?????

tony
tony
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

PANTISIR ACERTOU ALGO, notem que, quando o segundo míssil e laçado ele vai em trajetória balística , na direção aposta ao do objeto filmador , passando por cima deste, nesse momento e possível ver uma fumaça preta saindo da parte de cima da tela , a mesma direção do objeto filmador , só que rumo ao solo. (indo do centro para a esquerda da tela )o míssil aparentemente acetou algum objeto que estava diretamente acima do objeto filmador o que aparece provavelmente são destroços caindo tenho quase certeza !

Ricarte
Ricarte
Reply to  tony
1 ano atrás

Concordo plenamente tony

tony
tony
Reply to  Ricarte
1 ano atrás

pois e galera que da negativa nem o vídeo deve ter visto, se visse teria notado, pois e bem nítido que o segundo míssil sírio atinge algo !!!

tony
tony
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

O pantsir atinge algo ( tenho quase certeza ) , quando o segundo míssil e lançado, ele aparentemente passa acima do objeto filmador, logo em seguida pode se ver uma trilha de fumaça negra indo na mesma direção do objeto filmador, só que mais rápido e rumo ao solo, ela passa do centro para a esquerda da tela , aparentemente o míssil atingiu algo logo a cima do objeto que esta filmando.

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Eu acho o Pantsir-S1 um ótimo sistema de defesa infinitamente superior ao nosso e e uma pena nao temos conseguido compra pelo menos 15 dessas unidades na epoca.

E claro que todo sistema tem limitações e um treinamento ruim dos operadores so piora isso.

O 1º video parece bem real e novo sim mas o 2º videos talvez seja um antigo visto outro angulo

Vamos ver o desempenho dos F-16 ou do F-35 IDF contra os S-300, faltou esse vídeo e Israel pode ser esse teste do caça para os EUA.

Ricardo
Ricardo
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Os Pantsir-S1 estavam inativos por isso foram atingidos. Um sistema de defesa aérea eficiente deve possuir várias camadas que se completam e se protegem. Quem criticou o Pantsir-S1 demonstrou toda a sua ignorância sobre o assunto.

Jeferson
Jeferson
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Sim estamos muito mais seguros com o que temos , não é verdade ? Afinal de contas se formos atacados com mísseis ar terra , basta fazer arminha com a mão e os mísseis serão abatidos .

teropode
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Os mísseis do buck estavam doidoes dando piruetas , a guerra eletrônica fritou os sensores deles , ja o soneca pantsir zzzzzzzzz estava distraidinho e levou um balaço de ladinho .

Mauro Cambuquira
1 ano atrás

Estranho, a defesa não ter a mínima reação neste caso. Devem ter sido pegos de novo sem munição.
Também tive a impressão de ver um operador ao lado da bateria.

JPC3
JPC3
Reply to  Mauro Cambuquira
1 ano atrás

Ao que parece no primeiro vídeo da para ver a defesa atirando, dois mísseis sobem em espiral.

Só não da para ver qual SAM era.

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  Mauro Cambuquira
1 ano atrás

O 2o vídeo é mais antigo; já apareceu aqui no Aéreo.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Cinturão de Orion
1 ano atrás

Sem essa! A imagem é fresquinha e mostra outra bateria de Pantsyr sendo aniquilada….

BILL27
BILL27
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

O segundo video é do ano passado ….O Sistema ate disparou ,mas parece q foi um ataque de saturação ,pois houve disparos em direções opostas aos misseis(bombas) e pelo que parece 2 misseis atingiram o Pantsir.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

A data de “up” do vídeo no Youtube é de 10 de maio de 2018… rs

João Borges Queiroz Júnior
João Borges Queiroz Júnior
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

O segundo vídeo é de MAIO DE 2018.

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Caro Tireless. É “… mais antigo;…” sim. É o mesmo que deflagrou aqui uma “senhora discussão” sobre o azarado do Soldado que aparentemente retorna à boléia exatamente no momento do impacto, enquanto os outros 3 ficaram parados no … … acostamento. Fogo amigo.

tony
tony
Reply to  Mauro Cambuquira
1 ano atrás

sem munição ??? essa desculpa não cola na primeira imagem da pra ver claramente que o sistema lançou 2 misses antes de ser atingido

Leo Neves
Leo Neves
Reply to  tony
1 ano atrás

Tony
Nas primeiras imagens não era um pantsir , os missseis do pantsir não saem do lançador naquela trajetória.

tony
tony
Reply to  Leo Neves
1 ano atrás

Léo veja como o míssil manobra, outra os misses do buk, são muito grandes para manobrar como o míssil do vídeo, nessa altitude.

Leo Neves
Leo Neves
Reply to  tony
1 ano atrás

Não necessariamente precisa ser um Buk… Pode ser um Strela. O Pantsir precisa estar virado para o alvo para lançar o míssil , e geralmente o míssil vai em uma trajetória mais retilínea.

Leonardo
Leonardo
Reply to  tony
1 ano atrás

O buk manobra bem é é muito muito rápido

José
José
Reply to  tony
1 ano atrás

Vai ser sempre assim,isto é,o uso de uma desculpa,até ele ser aposentado.

Pedro nine-nine
Pedro nine-nine
Reply to  tony
1 ano atrás

Ninguém disse isso Tony, no que toca ao de 2018 claramente o equipamento não estava “nem aí” para o que se estava a passar.

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

O último vídeo divulgado mostra um SAM sendo atacado (provavelmente não é um Pantsir) em que o mesmo lança dois mísseis sem sucesso. Logo em seguida, ai sim um Pantsir, é possível observar que a bateria estava em stand-by, ou foi pega de surpresa ou já tinha descarregado suas armas.

Sidney
Sidney
Reply to  Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

Sim de fato é muito estranha a trajetória dos mísseis lançados, literalmente se perdem. E parece claro ser uma posição fixa pois há uma barreira circular de pedras ao redor do lançador. Seria uma SA-2 ou SA-3 ?

E novamente o PANTSIR na mesma situação do video mais antigo, sem reação.

Off topic – Acompanhando a lista dos caças BVR, Pergunta: O RAFALE F-4 com METEOR pularia para a 3ª posição?

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  Sidney
1 ano atrás

O Rafale F3R com Meteor (padrão a estar operacional ainda esse ano),a meu ver, seria o 4G mais capaz na arena BVR. O Rafale possui AESA, EW avançada, um certo controle RCS e execelente cinemática.

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

*excelente

tony
tony
Reply to  Sidney
1 ano atrás

O primeiro mostra claramente que foi um ataque de saturação, observe que o PANTSIR, explode, e o objeto que esta filmando claramente atinge ele ja depois da explosão, os misses lançados pelo PANTSIR devem ter engajados alvos que estevam mais próximos.

JPC3
JPC3
Reply to  tony
1 ano atrás

Mostra que foram dois mísseis, não sei se da para dizer que foi saturação.

BILL27
BILL27
Reply to  JPC3
1 ano atrás

2 que acertaram ….o pantsir deve ter derrubado algum.pela trajetoria dos disparos , da pra perceber que ele engajou alvos em diversas direções

BILL27
BILL27
Reply to  tony
1 ano atrás

Concordo com vc brother

carcara_br
carcara_br
Reply to  Sidney
1 ano atrás

A trajetória em si não é estranha, os mísseis não sobem retinho é meio errante mesmo.

Brunow basillio
Reply to  Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

Foram destruído um Pantsir e um Buk .. Em comparação com um time de futebol o Pantsir e seus similares seria o “goleiro” , este pode ser até bom mas se não tiver uma zaga e um meio campo bom ele não tem como pegar tudo … E enquanto os Sírios tiverem usando o Pantsir para segurar ataque Israelense sem um sistema de longo alcance vai levar “tiro” e prejuízo , eles tentam segurar tudo no Pantsir e similares , e aquele negocio preferem defender a “bala” sem atacar o atirador e quando ataca e com o velho S 200..… Read more »

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Brunow basillio
1 ano atrás

Exatamente. Por mais que o goleiro seja bom, sem zaga e cabeça-de-área, ele vai buscar muita bola na rede. O S-300 até teria capacidade para ser essa zaga, mas… Imagina a zona que é o espaço aéreo na Síria… Aeronaves iranianas, russas, americanas, israelenses etc. etc. etc. Militares e civis… Passando a torto e a direito… Se o IFF não tiver redondo, eles vão nem ativar esses sistemas porque vai dar muita m… Fora isso… Os Sírios com certeza não possuem doutrina absorvida e muito menos treinamento técnico-militar decente pra operar esses vetores caríssimos. Os russos vem desenvolvendo e operando… Read more »

Pedro nine-nine
Pedro nine-nine
Reply to  Brunow basillio
1 ano atrás

Bruno. No dia que os russos deixarem os sírios abaterem aviação israelense serão eles próprios a fazê lo, caso contrário, não vejo hipótese, a Síria não tem a capacidade necessária para contestar os céus nem contrariar ataques israelenses, no máximo tentam se defender deste tipo de ataque da melhor forma que conseguirem. Não digo que um piloto de F16 mais azarado não se aproxime de mais, afinal a superioridade de Israel pode muito bem dar o excesso de confiança necessário para que tal ocorra. Podíamos dizer que os russos poderiam equipar mais activamente as forças de Assad, mas mais uma… Read more »

Moreira
Moreira
1 ano atrás

Clara propaganda Isralense. Se pode observar claramente que os videos foram cortados e editados. Na primeira parte do vídeo é impossível identificar o alvo, na segunda parte, trata-se de um pantsir, mas este esta com o radar dobrado, ou sejam fora de uso. Possivelmente esgotou seus misseis na primeira onda de misseis (que foram interceptados) e estava sendo remuniciado. Tanto assim, que havia um caminhão bem ao lado. Usemos a lógica básica: se os Pantsirs fossem “ineficientes”, porque colocá-los como alvo preferencial? E porque ainda por cima editar vídeos mostrando um pantsir descarregado e indefeso sendo atingido? Na guerra, a… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Na verdade é um claro sinal de ineficiência das defesas antiaéreas sírias e também de que o Pantsyr é incapaz de lidar com ataques de saturação.

Moreira
Moreira
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

NENHUM sistema suporta ataque de saturação. Um patriot tem quantos missies? Jogue 60 em cima dele e veja os americanos correndo.

JPC3
JPC3
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Eu vi dois mísseis para cada alvo, não vi 30 nem 60. Isso é suposição sua.

Brunow basillio
Reply to  JPC3
1 ano atrás

“Eu vi dois mísseis para cada alvo” JPC3 isso vc viu em alguns segundos do vídeo e antes …quanto de munição ainda o Pantsir tinha ? Estes dois seriam o último? Pode ter certeza que não foram só dois , tem vídeos filmados por populares e colocado no twitter e Facebook que parecia fogos de artifício em Damasco , com tanto míssil chegando e saindo .. Mas em nenhum momento podemos negar a capacidade Israelense , eles vacilaram no passado perderam uma aeronave , aprenderam com o erro e estão levando vantagem toda vez que ataca a Síria .. Um… Read more »

JPC3
JPC3
Reply to  Brunow basillio
1 ano atrás

Quis dizer que vi dois mísseis para cada alvo. Sei que foram mais. Mas não há nada provando que foram disparados 8 ou 10 mísseis contra cada pantsir.

Israel normalmente ataca com 4 ou 6 aviões, a capacidade de saturação deles não é muito grande se for assim.

carcara_br
carcara_br
Reply to  JPC3
1 ano atrás

JPC3, no ataque de 2018 muito se comentou do Harop, na realidade ele poderia ter sido lançado desde israel, ou por forças especiais no terreno, são 6h de autonomia de voo e 1000km.
Repare como os mísseis parecem lentos até chegar ao alvo, se assemelha muito ao perfil de voo do harop…
Mas você está absolutamente correto, não existe nenhuma prova que houve saturação é apenas uma suposição, como todas as outras….

BENJAMIM MENDES JUNIOR
BENJAMIM MENDES JUNIOR
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Se o Pantsir está descarregado é um motivo ainda maior de vergonha, pois significa que ele disparou 12 mísseis e nenhum se quer serviu para afastar o atacante.
Sim mais uma coisa, a matéria deixar claro que o segundo vídeo é de 2018 e não do ataque referido na matéria.

Moreira
Moreira
Reply to  BENJAMIM MENDES JUNIOR
1 ano atrás

Querido, tirando seu “achismo”, o que mais vc tem como evidência? Os pantsirs derrubaram a maioria do misseis tomahawk no ultimo ataque americano à Siria. E existem diversos vídeos e até mesmo os próprio americanos confirmaram isso. Mas claro, sua bola de cristal sabe tudo, não é? SQN

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Não derrubaram não! aliás a taxa de acerto dos Pantsyr é de menos de 20% na Síria…

JPC3
JPC3
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Mostra para nós a fonte e os vídeos em que os pantisr derrubaram a maioria dos tomahawks na síria. Se tiver um vídeo onde os americanos confirmam coloca aí.

Bosco
Bosco
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Moreira,
Isso tudo que você falou dos israelenses saturarem as defesas com grande quantidade de mísseis (coisa que duvido) , pode ser resumido da seguinte maneira: “Israel não sabe brincar”.

Paulo
Paulo
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Qual é a fonte?

Moreira
Moreira
Reply to  BENJAMIM MENDES JUNIOR
1 ano atrás

Outro detalhe, se tivessem mesmo ‘acabaaaado’ com os pantsirs, Israel precisaria estar editando videos? Forjando provas? Acho que não.

JPC3
JPC3
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Dá para claramente que o segundo vídeo é diferente do primeiro.

JPC3
JPC3
Reply to  Moreira
1 ano atrás

No primeiro vídeo da para ver o SAM disparando contra os mísseis israelense e errando o alvo.

Claro que é propaganda israelense, não tem propaganda russa e síria dizendo que eles abatem todos os mísseis?

Foram desmentidos.

Moreira
Moreira
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Cara, o primeiro vídeo NÃO É UM PANTSIR. Ha um monte de fumaça, mas pelo formato vê-se que não é um pantsir. Os misseis fazendo piruetas, chega a ser ridiculo, até mesmo os nossos igla comprados dos russos são melhores que isso (e testados, e sim, funcionam). O simples fato de Israel ter lançado mão de um video antigo, de um ataque a um pantsir desligado, já é indicativo de que não passa de mentira.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Moreira
1 ano atrás

O primeiro sistema era um Buk, o que mostra que as forças israelenses estão preparadas para neutralizar mais de um sistema de SAM de origem russa. E o segundo é sim um Pantsyr, que mais uma vez prova a sua ineficácia.

ScudB
ScudB
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Míssil do Buk não tem booster. Logo ou Osa , ou Pantsyr..

JPC3
JPC3
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Se os mísseis estão fazendo piruetas ridículas é culpa do fabricante, só comprova o que o pessoal aqui diz.

O primeiro vídeo é novo e mostra a defesa aérea ativa.

BILL27
BILL27
Reply to  Moreira
1 ano atrás

O segundovideo é do ano passado e realmente parece q estava fora de combate ,inclusive os operadores estavam afastados do carro.no primeiro video ,atual , mostra 2 disparos .

Moreira
Moreira
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Tem muito fanboy “torcendo” contra ou a favor deste ou daquele lado. Muita fala, muito chute, e pouca análise crítica. A solução de integrar misseis a uma torre de tiro AA é uma excelente ideia, e pode ser usado inclusive nos nossos gepard, com algum upgrade.

Caio
Caio
1 ano atrás

Esse pantsir está virando bananada. Kkkkkk

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Caio
1 ano atrás

Mês que vem, terá outro Pantsir destruído, mas o vídeo será o mesmo.

JPC3
JPC3
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Até agora tem 3 vídeos diferentes.

Moreira
Moreira
Reply to  Caio
1 ano atrás

O simples fato de Israel ter lançado mão de um video antigo, de um ataque a um pantsir desligado, já é indicativo de que não passa de mentira.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Esse negócio de fake news está na moda entre o pessoal de extrema-direita.
Não é Bibi?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Moreira
1 ano atrás

O Vídeo é recente e mostra claramente uma bateria de Pantsyr sendo destruída. Aliás, se os sírios desligaram a mesma deram mais um prova de incompetência….

Bosco
Bosco
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Moreira,
Quem colocou o vídeo antigo foi o Galante. E nem é preciso ser gênio, já que a data do vídeo está nele (5/10/2018)

Andre vedoze
Andre vedoze
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Às vezes eu acho que o Antoniokings é um alter ego do Galante só para atiçar a galera do blog…Se for é genial, porque realmente funciona!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andre vedoze
1 ano atrás

Tem assuntos que são mais interessantes.
Se colocar Israel, até fantasma reaparece para comentar.
kkkkkk

MFB
MFB
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Nem todos são lunáticos desocupados como você.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MFB
1 ano atrás

Apenas tento trazer luz para mentes obscurecidas.

Luiz Konfidera
Luiz Konfidera
Reply to  Moreira
1 ano atrás

Rapaz, deixe de conversa fiada!
No primeiro vídeo é mostrado um ataque a um sistema Buk (possivelmente) e ao Pantsir. O segundo vídeo é antigo, do ataque do ano passado (maio 2018).
Quando comparamos os 2 vídeos de destruição do Pantsir, qualquer pessoa com mais de 2 neurônios é capaz de verificar que no primeiro vídeo o Pantsir está em um lugar não pavimentado (possivelmente uma colina), no segundo vídeo, o mais antigo, da para ver nitidamente que o Pansir está na pista de um aeródromo.
Use os neurônios e pare de passar vergonha.

Bosco
Bosco
1 ano atrás

Os israelenses não sabem brincar.

Sidney
Sidney
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco tem mesmo S-300 operacional na Síria e operado pela Síria? Se tem o que eles estariam esperando para usar?

Ricardo N. Barbosa
Ricardo N. Barbosa
Reply to  Sidney
1 ano atrás

Tomando a vez do Bosco rs, os S-300 estão em processo de integração (provavelmente ainda não operacionais, mas não devem tardar). Importante observar que eles provavelmente serão operados pelos sírios, mas especula-se que subordinados a um centro de controle e gerenciamento russo, ou seja, subordinados à defesa antiaérea russa na Síria.

Bosco
Bosco
Reply to  Ricardo N. Barbosa
1 ano atrás

Beleza Ricardo.
Pra mim já tava operando. Mas os S400 dos russos está!

Bosco
Bosco
Reply to  Sidney
1 ano atrás

Sim! Tem! Se formos seguir a propaganda eles deviam estar sendo utilizados e interceptando tudo que voa sobre a Síria. Na verdade tem até S-400 com os russos.
Há dois meses falaram pela terceira vez que o espaço na Síria tava “fechado” pros israelenses mas parece que os israelenses têm a chave.
Tomara que as outras armas russas indefensáveis funcionem mesmo porque os “Ss” e os Pantsir não tão convencendo não.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Deixa de onda. Os sírios ainda não estão usando nem os S-300. Ainda estão nos S-200.
Os S-300 são para mercadorias mais especiais.
Os S-400 serão usados apenas pelos russos.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Acho que você está no perigoso jogo da autoenganação pois os S-400 não foram capazes de detectar os F-35I, e tal como provam as imagens os sistemas antiaéreos sírios se mostraram incapazes de neutralizar os ataques israelenses.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Reze para que os russos não se aborreçam e interditem o espaço aéreo israelense.
Aí, nem os EUA serão capazes de ajudar.

JPC3
JPC3
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

E o moderno Buk-M2? E o pantsir que intercepta tudo que a OTAN possui?

BILL27
BILL27
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

mercadorias mais especiais ? rs o resto que se dane né kkkkk

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Ah, é? Então tá…..enquanto isso, a mercadoria mais simples entra lá, ataca e vai embora. Isso pra calar a sua boca e de vários outros que diziam que Israel tava como m medo de entrar lá.
Enquanto isso, seu ódio por Israel só cresce….talvez você se afogue nele.

teropode
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

6 meses para instalar um sistema de mísseis , eu preocupado com os Adir, melhor é anexar toda Golan , vai sair mais barato e os moradores

Rustam
Rustam
Reply to  Bosco
1 ano atrás

So what? Israeli aviation does not enter the airspace of Syria and hits from the territory of Lebanon!

Need to arrange air battles in Lebanon?

Brunow basillio
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Sr. Bosco todos nós sabemos que os Russos nunca usaram o S400 ou 300 na Síria para atacar alvos ,apenas usam este sistema para ficar ao par da situação no espaço aéreo aonde seu radar alcança , e VC sabe se os “S” não funcionasse jamais Turquia, China e Índia ou até mesmo a própria Rússia confiaria nestes sistemas .. Outro detalhe interessante Israel ficou quase 3 meses sem atacar a Síria depois que o S300 chegou ; mas um detalhe que me chamou atenção no final de dezembro foi a ligação de Netanyahu para Putin ,conversaram por vários minutos… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Sidney
1 ano atrás

Sidney, eles até devem estar a atirar, o duro é travar em alguma coisa que seja um alvo de verdade. Não dá para menosprezar os Israelenses, que jogam o jogo a décadas aprimorando os equipamentos e as doutrinas de emprego dos mesmos.

Moreira
Moreira
Reply to  Sidney
1 ano atrás

CUSTA MILHOES… Você realmente usaria um míssil caríssimo para abater meros misseis cruzeiro que custam 200.000 cada um? Até mesmo os antigos S200 são pouco usados quando Israel faz desses ataques. Mas na vez que se usou um S200 derrubaram um f16v, ultia geração, israelense. O que Israel quer é justamente que a Siria gaste seus S300, mas eles sao a ultima linha de defesa.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Sidney
1 ano atrás

Não querem ver bilhões sendo destruído em pouco tempo. O que interessa para Israel são os alvos iranianos, só atacaram as AA sírias porque dispararam contra eles, se acionarem o s-300 ele vai ter o mesmo destino dos “avançados” pantsir heuhue

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Fica fácil disparar um monte de mísseis do Líbano na esperança de algum acertar o alvo.
Os sírios reportaram quatro mortos e seis feridos, se não me engano, em um depósito.
Mostraram, entretanto, fotos e vídeos de diversos mísseis abatidos.
Relataram 30 mísseis derrubados.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Os relatos sírios como de costume são falsos e não traduzem a realidade, expedientes comuns em ditaduras. A verdade que Assad e seus sócios iranianos omitem é que vários alvos foram destruídos assim como oito sistemas antiaéreos, e 12 membros da guarda revolucionária iraniana perderam suas vidas junto com 11 soldados sírios.

E a julgar pela maneira que os sistemas de SAM foram neutralizados tudo leva a crer que os F-35I estão sendo empregados.

BILL27
BILL27
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Relataram …tem filmagem ou foto dos misseis destruidos ?Tem video das interceptações ? Seria bom pra gente ver …Escrever qq um escreve

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Na esperança de acertar? Kkkkkkk

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Os israelenses não sabem brincar, mesmo. Quando começam a apanhar, vão pedir ajuda ao Tio.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Quem está apanhando e certamente está inconformada é a teocracia iraniana.
Aceite

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Apanhar? De quem? Por que a Síria e o Irã não entram no espaço aéreo israelense e atacam? E quem foi pedir ajuda, e pra Rússia, foi o Assad.

BILL27
BILL27
Reply to  Flanker
1 ano atrás

NEm precisa entrar em espaço aereo Israelense ….Eles podem atacar fora do territorio tbm ,igual Israel usa o Libano.A real é que pelo ar ,eles não podem fazer nada …Iran,só pode fazer alguma coisa se lançar foguetees terra terra de longo alcance.

JPC3
JPC3
1 ano atrás

Não da para medir o sucesso das operações com vídeos aleatórios, me parece que os dois lados acertam e erram. Muitos mísseis israelenses podem estar sendo abatidos, mas muitos outros também passam pelas defesas sírias.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  JPC3
1 ano atrás

ué ?

E tem um limite de mísseis que tem que ser usados pra medir sucesso da operação?

Ah, só vale 3 mísseis por Pantsir ? Ou como é essa conta ai?

JPC3
JPC3
Reply to  Rui Chapéu
1 ano atrás

Quero dizer que não dá para medir a porcentagem de mísseis que estão sendo abatidos, tão pouco, da para medir a porcentagem de mísseis que estão atingindo os alvos.

MGNVS
MGNVS
Reply to  JPC3
1 ano atrás

JPC3
Esse comentario seu foi o mais sensato ate agora.

E como sempre os outros foristas (os mesmos de sempre) ja encamparam mais uma das famosas “briguinhas de torcidas”.

JPC3
JPC3
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

Obrigado.

Eu dificilmente faço afirmações sobre coisas que eu não tenha lido ou não tenha visto.

Tenho meu lado na torcida, mas procuro ser justo o máximo possível.
Não tenho interesse em defender informações que podem estar incorretas.

Abraço.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 ano atrás

Agora marquem a alternativa da desculpas que o Antonio xings vai dar:

1- Era equipamento de 2 linha pra não cair nas mãos dos americanos
2- Era equipamento ultrapassado de tecnologia antiga
3- Os operadores árabes são bobos e não sabem operar
4- Usaram 1000 aviões para cada Pantsir
5- Todas as alternativas anteriores

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rui Chapéu
1 ano atrás

6- Filme antigo repetido.

Andrigo
Andrigo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

7- Não estava sendo operado por Cossacos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andrigo
1 ano atrás

Aí, já é covardia. hehehe

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

1 deles, sim. E foi dito pelos próprios israelenses. E os outros? Você mesmo disse que os próprios sírios teriam confirmado o ataque. Seu desespero é o melhor de tudo! Kkkkk

BILL27
BILL27
Reply to  Rui Chapéu
1 ano atrás

OLha brother ,podem não ter usado mil aviões ,mas pelo visto usaram varios misseis para cada bateria de pantsir.

Flanker
Flanker
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Que seja! Mas, o que vale mais, alguns mísseis por cada Pantsir ou um Pantsir?

BILL27
BILL27
Reply to  Flanker
1 ano atrás

Não tem problema nenhum usar varios misseis para se destruir o Pantsir …só foi uma constatação .E ate o Toninho pode usar este tipo de desculpa para seus argumentos rs

Alessandro
Alessandro
Reply to  Rui Chapéu
1 ano atrás

Rui, só completando as desculpas, a partir de hoje tem que ter regras para Israel atacar, senão, não valerá 1- Israel não pode atacar quando seus inimigos estiverem dormindo 2 – Ter limite de mísseis para Israel, mandar um de cada vez pra não haver saturação do sistema AA sírios 3 – Israel não pode ter ajuda de terceiros, só seus inimigos 4 – Israel tem que avisar a hora e o local onde atacará com antecedência 5 – E Israel está proibido de atacar qualquer sistema AA sírio se ele estiver desligado, em manutenção, ou seu operador for sírio… Read more »

Oganza
Oganza
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

Hahaha pode crer!!! Pode crer, a partir de hoje só vale Guerra Café com Leite.

Augusto L
Augusto L
1 ano atrás

Um SA-22 sem estar integrado há uma IADS, ou seja, à outros sistemas, não é nada para um adversário moderno e equipado.
Rsrsrs, me fez lembrar da Mole Cricket.

Renato H M Oliveira
Renato H M Oliveira
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Na verdade, o Pantsir faz parte da IADS síria, que por sinal já está integrada com a IADS russa no país. O Caiafa, do Tecnodefesa, fez uma live muito legal e tecnicamente irrepreensível, e a conclusão dele é que o problema não é que o Pantsir é ruim, e sim que os israelenses tem mais de 50 anos de experiência em atacar alvos bem defendidos. Segundo ele, dificilmente algum SAM conseguirá parar a IAF, e isso sem contar com o F-35I, que está cada vez mais atuante. Um comentário aqui falou que pelo menos um dos Pantsir estava atirando no… Read more »

Mauro matuso
Mauro matuso
Reply to  Renato H M Oliveira
1 ano atrás

Ótimo comentário, se discute muito de equipamento mas não se atentam para o mais básico, soldados Sirio fora do Pantsir, desmuniciado ou que não dispara.
Israel está há uma distancia gigantesca em termos de profissionalismo e treinamento em relação a todas forças da região, qualquer vacilo está resultando em equipamento voando pelos ares dos arabes.
Diferença pura e simples.

MFB
MFB
1 ano atrás

Pois é meu caro xings, como está difícil a vida dos robozinhos simpatizantes de ditaduras e regimes terroristas. No mais, Israel sendo Israel, apenas mais um dia de surra em ditadores e terroristas.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MFB
1 ano atrás

Israel não tem mais entrado no espaço aéreo sírio. Tem atacado através do Líbano. Dispara vários mísseis. O que acertar está bom.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Não conta para ninguém, Eles estão entrando sim é que o resto não consegue ver…

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Cadê as fotos dos jatos israelenses?

Essa fonte é mais furada que uma nota de 3 reais…

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Que seja! Enquanto isso, destrói seus alvos. Que lancem da lua! Atacando e destruindo, cumpriu a missão!

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

Com as últimas declarações do Irã querendo tirar Israel do mapa, o que mais vai acontecer é Pantsir indo pelos ares, essa é a verdade.
Israel tem que estar atento aos movimentos dos iranianos na Síria, é uma questão de sobrevivência, por mais que alguns não gostem de Israel, uma coisa não podemos negar, eles não brincam em serviço, eles levam a sério a defesa de seu território.

FICO SÓ OBSERVANDO
FICO SÓ OBSERVANDO
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Engraçado essa torcida para a nação totalmente armada até os dentes, com subvenção americana $$$, contra um país pobre de nível de desenvolvimento medíocre esperavam o que ? acho um absurdo uma nação estrangeira EUA subvencionar outra nação e meter-se nos assuntos internos dela alegando democracia ou seja la o que quiserem ter nos países da África até ditadores tem porém como lá não chegou AINDA os interesses americanos a potencia se lixa se tem ditadores ou reis etc… porém onde é de seu interesse lá eles se metem a empurrar goela abaixo a dita democracia aos outros voces que… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  FICO SÓ OBSERVANDO
1 ano atrás

Sim essa! antes de mais nada a ajuda norte-americana corresponde a menos de 20% do orçamento de defesa israelense. Ou seja, de cara a alegação de que Israel seria “subvencionado” pelos EUA cai! Ademais Israel atacou depois de ter sido atacado visto que a Força Quds, ligada ao regime iraniano, disparou foguetes em direção ao Estado judeu. E os alvos principais da ação israelense não foram os sistemas antiaéreos sírios mas sim instalações do regime iraniano, que pretende usar a Síria como base para uma agressão a Israel.

Portanto, como você pode constatar o ataque israelense é completamente justificável.

Dalma
Dalma
Reply to  FICO SÓ OBSERVANDO
1 ano atrás

Conversa fiada

Maurício.
Maurício.
Reply to  FICO SÓ OBSERVANDO
1 ano atrás

Fico só observando, eu particularmente não tenho torcida por ninguém, eu apenas mencionei o fato de que Israel não brinca na defesa de seu território, eu também não concordo com esse conflito de interesses das grandes potências na Síria, mas o fato é que a Síria está deixando entrar em seu país o pessoal do Irã, e esses tem claras intenções de destruir Israel, claro que Israel não vai deixar isso acontecer, eu também não concordo com a intenção terrorista que o Irã tem contra Israel, apenas isso. No mais, quero que os governantes e militares de EUA, Rússia e… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

Esse vídeo é replay.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O vídeo é fresquinho e mostra as defesas antiaéreas sírias sendo neutralizadas pelas IDFs.

Simples assim

Rui chapéu
Rui chapéu
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Realmente é um replay de que todas as guerras árabes- israelenses os equipamentos russos não funcionam.
Replay de mig-21, de t-72…

JPC3
JPC3
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Só olhar o terreno em volta, são diferentes.

WFonseca
WFonseca
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

“Esse vídeo é replay”
1 – Você está sendo irônico;
2 – Você é cego. Até enxerga mas suas convicções o impedem de ver;
3 – Você está se auto enganando.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

É replay já vi na guerra arabe-israelense, guerra dos 6 dias e guerra do Yom Kippur.

Rodrigo M
Rodrigo M
1 ano atrás

Ué… Mas temos um comentarista “equispérti” que afirma que em caso de guerra um país pequeno não tem nenhuma chance…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rodrigo M
1 ano atrás

Ôxe. E não tem mesmo. Não vale ficar atirando de longe, sabendo que se o outro atacar, o Tio (no caso, o Sam) vai ajudar.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

OS fatos provam exatamente o contrário ou seja, nem um dos países da região e tampouco a teocracia iraniana tem capacidade de atacar Israel.

É melhor se conformar….

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Israel tem armas nucleares, a Rússia ia fazer o que? o Putin ia bater o pé e dizer que o Bibi é feio e Malvadu? kkkkkkkkkk

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Rodrigo M
1 ano atrás

Pior é experto que confunde um país como Israel e uma cidade estado como Singapura, é muita ignorancia.
Se Israel tivesse o tamanho de Singapura não existiria mais.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Walfrido Strobel
1 ano atrás

Se Israel tivesse o tamanho de Cingapura continuaria no mesmo lugar…..

Impressionante como o ódio que alguns nutrem por Israel atrapalha o raciocínio e a racionalidade….

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Se Israel não tivesse ajuda americana, teria deixado de existir há muito tempo. Sendo do tamanho de Cingapura ou não.
O fato é: Até quando os EUA vão carregar esse fardo?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Sem ajuda norte-americana Israel continuaria onde está, e derrotando seus vizinhos…

Aceite.

Farley Diego
Farley Diego
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

E se a Síria não tivesse o apoio da Mãe Rússia? Assim como os vizinhos Iranianos… kkk

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Sabe de nada, inocente.

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Walfrido Strobel
1 ano atrás

Sr. Walfrido Strobel, Já que entrou na conversa e parece ser muito entendido do assunto, poderia dizer qual seria a diferença em SEGUNDOS que um míssil, artilharia, foguete.. etc.. etc.. levaria para atingir QUALQUER alvo em Singapura e Israel, sendo lançado da borda de suas fronteiras? E SE essa pequena diferença seria decisiva. Cite exemplos se possível! Ah.. Gostaria de lembra-lo que em certos trechos Israel chega a ser mais estreito que Cingapura ok. Caso queira você pode medir no Google Earth.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rodrigo M
1 ano atrás

Rodrigo M. As bases aéreas de Cingapura estão apenas a 10 km da fronteira malaia. Evidentemente, qualquer militar malaio, em caso de guerra, inimigo vai determinar seu bombardeio, inutilizando-as. A Indonésia, muito maior que a Malásia, tem território a apenas 30 km e também teria facilidade em atacá-las. A China, nem preciso comentar, tamanho o poderio de suas forças armadas. Já a questão israelense é um pouco mais complexa. Quando Israel devolver a Cisjordânia, ilegalmente ocupada, ficará com um ponto de estrangulamento no meio do país, que realmente tem poucos quilômetros de largura. Seria impossível de defendê-lo perante um exército… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Cingapura não deixe todas suas armas no País, estão espalhados pelos EUA, Europa e Austrália, vc comentou como se os “chineses fossem idiotas”, e devolver a Cisjordânia? quem vai pegar ? o Irã? kkkkkkk, o Egito? a Arabia Saudita? kkkkkkkkk a Rússia? os marcionos? nesses eu acredito

Leo Neves
Leo Neves
1 ano atrás

Estava provavelmente sem munição o radar estava abaixado… Provavelmente Israel saturou o Pantsir como fez da outra vez… O sistema é bom , mas ele somente não da conta de um ataque de Israel.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
1 ano atrás

Sem querer ser chato, e sendo honesto: Os Pantisirs atacados nos vídeos estavam todos desligados, canhões e radar total mente recolhidos. Não tiro o mérito das forças de Israel, que soube engajar os inimigos no momento correto, onde estavam desativados, nota 10 para Israel. Agora que os sírios estão sendo muito ineficazes na operação de suas defesas antiaéreas estão… teriam que ter 2 unidades do Pantisir operando junto, atira com uma primeiro, depois enquanto remunicia opera a outra, 1 única unidade é alvo fácil para um ataque de saturação. Vendo essa questão, se vê o quanto é importante uma embarcação,… Read more »

BILL27
BILL27
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Como que estavam desligados se eles dispararam ?

Bosco
Bosco
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

O fato de um radar não estar girando não quer dizer que o veículo estava desativado já que nem sempre numa mesmo região há a necessidade de mais de um radar atuar e os veículos trocam informação entre si. Um só radar de um só veículo ou um radar de busca dedicado dá conta do recado e fornece os dados para a aquisição de alvos dos veículos individuais.
A regra é clara (pergunta pro Arnaldo rsrss): tá no ar livre … tá operando e é alvo.

Bosco
Bosco
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

E um sistema de defesa AA coordenado que tem como inimigo Israel, deveria ter sobreposição de coberturas. Não é aceitável quando um veículo de combate AA é pego e da-se a desculpa que “na hora ele estava “desativado” ou “a equipagem tava fumando” ou ” era hora do lanche” ou “já tinha lançado todos os mísseis e gasto toda a munição”. Isso nem devia ser colocado em questão porque em vez de servir como defesa tem efeito contrário.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco, não dei desculpas, o que pode ter acontecido é de terem utilizado toda a carga de munições e ficaram sem ter ninguém na cobertura, é um erro enorme caso tenha sido o ocorrido. Também sou fã das forças do ocidente em geral, da mesma forma que acho muito legal diversos equipamentos russo, mas acho que o erro maior é o modo como as defesas da Síria estão sendo operadas, talvez não estejam tendo reposição de munições etc, ou mesmo falta profissionais experientes para formular estratégias ou até mesmo falta unidades de defesa antiaérea para cobrir de modo adequado o… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex,
Apesar de ter postado meu comentário na sua linha de comentários o meu não foi uma resposta ao seu.
Peço desculpas se fui mal interpretado. Concordo com você no que disse.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

O que disparou não parece ter sido um Pantisir, no mais, pelo que eu entendo, estavam todos com canões e radares recolhidos, o que significa que não estavam em operação.

O fato de não estar operante (ligado, realizando busca de alvos), não significa que não sejam alvos.

Acredito que o serviço de inteligência de Israel fez a lição de casa corretamente e ajudou no sucesso das operações.

Ponto para Israel (o que não significa demérito do equipamento russo).

Dalma
Dalma
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Não é demérito ser mandado pelos ares????
Como Bosco disse, não há desculpa.
Israel não sabe brincar.
huahuahuhua

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

Gente posta um trem desse não sô, o Xings tem um troço !!!hauhauhau
Tio Jacó realmente não sabe brincar !!!rs

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Esse filme já passou na Sessão da Tarde.

Andromeda1016
Andromeda1016
1 ano atrás

O Pantsir não anda muito bem estes dias. Na India acabou sendo preterido pelo sistema coreano Biho numa licitação que visava adquirir sistemas móveis antiaéreos. Foram dois sistemas russos (Tunguska e Pantsir) e um coreano (Biho) competindo na licitação. Os sistemas russos tinham capacidade técnica superior (como o alcance) em relação ao sistema coreano, mas uma vez que o Biho satisfazia os critérios técnicos exigidos na licitação e era o mais barato acabou ganhando. Segundo os indianos a superioridade técnica dos sistemas russos eram desnecessários para os fins pretendidos por eles logo se sentiram confortáveis em adquirir o produto coreano.… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andromeda1016
1 ano atrás

Se o sistema russo é melhor, mas não atende aos requisitos dos indianos, paciência.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Andromeda1016
1 ano atrás

É preferível comprar alvos baratos a alvos caros. Nos dias de hoje a aviação de 1a. linha está sempre em vantagem. Até os A-29 realizam ataques ao solo muito mais seguros (CCIP e o CCRP), se bobear conseguem atacar posições sem correr muitos riscos de serem atingidos por armas tipo Stinger ou Igla. Fico apenas a imaginar o que as moderníssima naves das melhores forças aéreas podem fazer.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Ricardo não se trata de comprar “alvo barato” mas de comprar o melhor equipamento disponível para as necessidades deles. O equipamento coreano só perdeu dos russos em um quesito técnico: alcance dos radares e armas. De resto foi considerado superior pois além de possuir sistemas eletrônicos mais modernos (sistemas ópticos, capacidade de operar de noite, capacidades estas que os russos não tinham) era mais eficiente pois na defesa com mísseis apresentou 70% de eficiência e nos canhões 100%. A eficiência dos equipamentos russos foi sofrível comparado ao coreano. Os indianos pretendem usar o sistema como escolta aos seus blindados em… Read more »

Doug385
Doug385
1 ano atrás

Acho que os russos não deveriam mais armar os sirios. Essas cenas são péssimas para futuras vendas.

Plinio Jr
Plinio Jr
1 ano atrás

Para os israelenses, a farra continua nos céus sírios, para russos, sírios e iranianos, restam as desculpas…cadê S-300/400, Su-35 entre outras coisas que iriam fechar os céus sírios ???

Rustam
Rustam
Reply to  Plinio Jr
1 ano atrás

Israeli aviation does not enter the airspace of Syria and hits from the territory of Lebanon!

carcara_br
carcara_br
Reply to  Rustam
1 ano atrás

Sei, e os S-300 não teriam alcance pra repelir o ataque? É divulgado que sim, logo deveriam impedir os ataques, não podem disparar antes dos aviões entrarem em espaço aéreo sírio? Hora, isto não faz sentido algum já que Israel não pede autorização. A verdade é que a rede de defesa se mostrou extremamente frágil e os s-300 estão expostos

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Os russos têm condições de interditar o espaço aéreo israelense e derrubar qualquer avião em qualquer ponto dele.
Não o faz por questões políticas.
Obviamente que os S-300 também teriam condições de derrubar qualquer avião israelense em qualquer parte do território inimigo.
Mas, a situação política criada seria grave e vai ter gente evocando até o Holocausto para defender a situação israelense.
Ainda não é o momento para esse tipo de situação.
Fique calmo.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Os russos não conseguem sequer impedir os F-22 de interceptar seus Su-35, o que dirá interditar o espaço aéreo israelense.

Aceite….

JPC3
JPC3
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Não tem não.

Russos tem algumas dezenas de caças no Oriente Médio, Israel tem 250 além de mísseis balísticos.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

To achando que você usa algum tipo de entorpecente antes de vir comentar aqui. não é possível, só sendo alucinado ou propositalmente ignorante para falar tanta besteira.

Augusto L
Augusto L
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Tem uma grande cadeia montanhosa entre o Líbano e a Síria.
Radares até onde se sabe não contornam montanhas, rsrsrs.
Desculpe, a ironia, mas não me contive.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Sem querer polemizar, mas polemizando, qualquer sistema mais poderoso instalado no sul da Síria na região de Daraa e até de Al-Swaida teria condições monitorar todo o território israelense. De Haifa até Eilat.

Flanker
Flanker
Reply to  Rustam
1 ano atrás

É sua opinião, e respeito. Mas, tens como provar que eles não entram em espaco aéreo sírio? E se não precisam entrar, para que vão entrar? Se uma porcentagem dos mísseis lançados alcançar os alvos, missão cumprida! Se os israelenses lançarem seus mísseis de dentro do espaço aéreo sírio ou a partir da lua e, entretanto, cumprirem a missão, é o que importa! Não adianta se apaegarem à afirmação de que os aviões israelenses não adentram espaço aéreo sírio. O que interessa é que os mísseis lançados por Israel alcançaram seus alvos! Ponto! O resto é choro!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
1 ano atrás

Não é o que pensa o piloto israelense abatido. Se é que está vivo para pensar algo.

Renato H M Oliveira
Renato H M Oliveira
Reply to  Rustam
1 ano atrás

Yeah, but Russia loves to brag about how their SAM can destroy PGM.
So far they haven’t demonstrated that capability against Israel.
IAF has been attacking Syria for more than 35 years now with almost total impunity.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Ué?!?!? Esse tal de Pantsir não derrubava até pensamento?

Segue o jogo, #osceusdasiriasãodetodosnós.

Como diria Platão: “Jogo é jogo, treino e treino”.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Se um sistema tem condições de derrubar 10 mísseis, mas o inimigo dispara 20, certamente ele terá problemas.
Apenas tem de saber se vale o custo x benefício de disparar um monte de mísseis para acertar um alvo.
E Israel está gastando muito. Vamos ver até quando os EUA vão bancar essa brincadeira.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Uma bateria de Pantsyr custa algo em torno de US$ 30 milhões. Enquanto isso um míssil Delilah custa se muito alguns milhares de dólares.

Quem está gastando muito mesmo?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

E uma edição de vídeo custa menos ainda.
Mas, até agora, não entendi porque Israel está tão preocupado.
Árabes e iranianos são muitos fracos e não representam ameaça a ele.
Keep cool.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

“Árabes e iranianos são muitos fracos e não representam ameaça a ele.”
Não representam porque Israel vive se preocupando com eles.

Júlio Costa
Júlio Costa
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Não é bem assim. O Irá representa uma grave ameaça a Israel. O maior problema dos Israelenses é que o Irã esta utilizando o território Sírio para lança um ataque maciço contra Israel, o próprio Caiafa relata isso. A estimativa é que Hamas e Irã já tenha acumulado cerca de 130.000 mísseis na Síria. Isso é coisa pra c***, não tem como se defender de um ataque com esse volume de mísseis. Além do mais, não existe isso de inimigo fraco. Se existisse, os EUA já teriam saído vitoriosos contra o Talebã, a URSS não teria levado uma surra no… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Júlio Costa
1 ano atrás

Verdade. Já li sobre essa grande quantidade de mísseis no Líbano. O poder destrutivo disso é imenso e Israel sabe das consequências.
Talvez por esse motivo, tenha se aquietado mais um pouco depois do desastre de sua invasão no Líbano.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Júlio Costa
1 ano atrás

130.000 misseis, de que tipo? São misseis de cruzeiro? Ou são do porte de um Scud-D com 700km de alcance (apenas como exemplo)? Realmente 130.000 misseis representam uma quantidade razoável, porem instalar e preparar para lançamento 130.000 misseis de médio porte como um Scud chega a ser meio que impossível de conceber. Se fossem MLRS russos Tornado-C ou Uragan-1M o alcance seri de menos de 90km o que deixariam expostos os meios de lançamento sendo possivel assim um ataque preventivo ou de retaliação com grande possibilidade de serem muito eficientes. Se foram 130.000 Katiushas o alcance é irrisório numa campanha… Read more »

Mauro Gardusi
Mauro Gardusi
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Deixa só eu entender seu raciocínio. Tudo que Israel faz, são os EUA por traz. Mas não seria o mesmo conceito a se considerar no caso Síria/Rússia?
Do jeito que se posiciona, parece dizer que só os EUA têm interesse na região; todos os acertos de Israel são acertos americanos; todos os acertos sírios são acertos russos; todos os erros sírios são erros sírios.
É isso? Pura torcida?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Mauro Gardusi
1 ano atrás

Não estou afirmando isso. Todos recebem ajuda.
Mas, é fato histórico que o engajamento dos EUA com Israel é, digamos, mais entusiasmado.
Não é demais lembrar que a sobrevivência de Israel depende disso.
A sobrevivência dos árabes não depende da Rússia.
Simples.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

A existência de Israel não depende dos EUA como atesta a história…

Como sempre com inverdades não é Xings!?

Marcelo-SP
Marcelo-SP
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Não fossem os russos, Assad já teria sido enforcado e a Síria já estaria irremediavelmente fatiada.

Mauro Gardusi
Mauro Gardusi
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Antoniokings, não quero ofender, mas me parece que seu raciocínio é simplista. Sim, Israel não pode perder nenhuma e até agora só ganhou, de goleada, diga-se de passagem. O fato de receber ajuda americana, não invalida o fato dos árabes receberem ajuda russa. Se os russos não são, como você diz, mais engajados, a meu ver, parece só tornar os russos piores do que os monstros americanos que você pinta (manipulando e faturando com a desgraça alheia). Ou não são, como dizem seus detratores, tão bons (de briga, na fabricação de armas ou o que for) Se for isso, está… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Mauro Gardusi
1 ano atrás

Qualquer historiador militar sabe que Israel foi derrotado em 1973 pelo Exército egípcio. O que ninguém entende é porque Sadat resolveu parar seu avanço quando o caminho para Tel Aviv estava livre com a IDF batida.
Depois, como os relatos mostram, chegou ajuda maciça dos EUA.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Qualquer historiador militar sabe que os árabes perderam em 1973! Os egípcios pararam o avanço porque a cobertura de SAM não poderia acompanhá-los. E tanto as IDFs não estavam “batidas” que antes mesmo da chegada da ajuda norte-americana empurraram os sírios para fora do Golan e chegaram a 40km do Cairo. E Sharon se aproveitou de uma brecha deixada pelos egípcios e não apenas cruzou o canal e cercou dois exércitos como chegou a 100km do Cairo.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Caro Antonio, recomendo releitura atenta sobre os fatos acontecidos na Guerra do Yom Kippur. É inegável que as manobras empreendidas pelas forças combinadas (terrestres e aéreas) do Egitoe outros paises Arabes foram dignas de nota. Como foram dignas de nota as ações de defesa e contra-ataque das forças Israelenses que lutando em dois flancos se organizaram e empreenderam uma contraofensiva histórica. Claro que os suprimentos de armas do Ocidente que chegaram rapidamente a Israel foram decisivos para a Vitória mas não podemos esquecer que os Russos não deixaram o lado Arabe sem armamentos em momento algum. O que Israel conseguiu… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Dignas de nota foram as revelações das gravações de reuniões do Alto Comando israelense admitindo a derrota e, em tom de desespero, pedindo ajuda americana.
Como ponto positivo, apenas a coragem de Israel de permitir a publicação desses áudios.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Errou de novo! Não houve desespero do alto comando israelense. Aliás Golda Meir manteve a serenidade apesar da situação crítica.

Agora vexame mesmo deu-se do outro lado. Já sem armas os árabes pediram reforços a Moscou, que fez ouvidos moucos. Então o presidente Boumedienne da Argélia viajou a Moscou e ouviu dos russos que estes não iriam mais fornecer armas aos árabes pois tudo o que eles (árabes) estavam fazendo era “entregá-las para a Israel”….

Essa é a verdade! trate de aceitá-la….

Flanker
Flanker
Reply to  Mauro Gardusi
1 ano atrás

Mauro, é exatamente isso! O que eu mais gosto de ver é as desculpas que ele inventa pra tentar desconstruir o óbvio. Me divirto muito!

Bosco
Bosco
Reply to  Mauro Gardusi
1 ano atrás

Mauro,
É Israel/EUA e Síria/Urso Panda da Estrela.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Como li, certa vez no Haaretz: ‘Israel não pode perder nenhuma guerra. Os árabes podem perder quantas forem necessárias’.
E os EUA sabem muito bem disso.

José
José
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Fato 1:o seu azedume de torcedor fanático não lhe deixa ver que vc tem a vocação para ser um eterno derrotado/ perdedor.
Fato 2:troque de torcida talvez o seu humor melhore.
Fato:você é um mau perdedor,sempre tentando,a todo custo,desqualificar os méritos do vencedor.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Antonio, acho que os Russos estão tendo uma grande oportunidade de provar a eficiência e eficácia de seus armamentos na Síria. Na contrapartida acredito que Israelenses e o Ocidente em geral estão muito satisfeitos em perceber que o “Leão é grande, mas é manso”,

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

ops… o Leão é da piada… o melhor seria: “O Urso é grande, mas é manso”.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Ricardo.

Tenho certeza absoluta que a Rússia tem condições de interditar o espaço aéreo israelense quando quiser e bem entender.
Por que não fazem?
Pergunte ao Putin.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Tá! Eu vou avisar os israelenses pra maneirar na quantidade de mísseis.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Não precisa. O Tio Sam banca tudo. Tudo mesmo.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Então eu aviso pro Trump parar de dar dinheiro pra Israel. Se ele me perguntar “porquê” eu digo que você não acha isso legal.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Vcs pensam muito pouco adiante.
Não será um ataque aqui, uma bombinha ali que vai resolver.
Eu já estou imaginando Israel sendo obrigado a devolver a Cisjordânia e a Autoridade Nacional Palestina tomando posse do território e autorizando a presença de alguns milhares de ‘assessores’ árabes e iranianos na região.
Será interessantíssimo.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Acorda para a vida Xings! Quem você acha que vai obrigar Israel a devolver a Cisjordânia? Rússia e China é que não serão. E outra, o que você acha que Israel vai fazer caso ali adentrassem iranianos? Iria atacá-los, expulsá-los de lá e ainda por cima iria reocupar a Cisjordânia com o apoio de toda a comunidade internacional.

E aí!?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Será por falência múltipla de órgãos.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Brasil 247 kkkkk

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  Jagderband#44
1 ano atrás

KKK. PÔ, Mano Jadger! Me roubaste a fala.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Querido Bosco

O que ocorre naquela região é que os Russos querem agradar gregos e troianos.

Putin é amigo íntimo do Bibi e assim por diante.

Não sejamos ingênuos!

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

E quem bancou as baterias destruídas por Israel? Não foi o Assad, então sobrou para o contribuinte russo…rs!

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

E dai? Qual o problema? Tu és contribuinte norte-americano?
Teu ódio por Israel é maior do que você consegue disfarçar. E isso te deixa maluco……e eu acho hilário!

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

“Se um sistema tem condições de derrubar 10 mísseis, mas o inimigo dispara 20, certamente ele terá problemas.”
Se um país tem um inimigo com 20 mísseis ele deve preparar sua defesa contra 20 mísseis. Se não o faz ele foi incompetente e irresponsável.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

Vou ver quanto tempo vai demorar para que os Russos mudem o nome dos Pantsir-S1 para qualquer outro igual fizeram nas versões posteriores do T-72 depois do “Grande desempenho” do “leão da babilônia” (T-72 iraquianos) Frente aos M1 Abrams americanos. Apesar de qualquer justificativa (aceitáveis ate mesmo) o desempenho foi tão pífio que influenciou na mudança de nome do veiculo

Rustam
Rustam
1 ano atrás

Video made of three cuts! In the first one, is there a truck in the second one? There is no third in the third one Is Tsakhal really bad with advertising?

Renato H M Oliveira
Renato H M Oliveira
Reply to  Rustam
1 ano atrás

What about the satellite images showing that the targets were indeed destroyed?
Some people are convinced with facts, others won’t be convinced, not even with facts.

Pedro
Pedro
1 ano atrás

So eh noticia qdo Israel mostra um vídeo de algo destruído? Qdo o ataque da em nada ou eh um fracasso e não tem press relance, ai nem noticia vira? Pois quem acompanha a situação na Siria sabe que desde inicio de 2018 os ataques Israelenses são comuns, onde Israel ja alegou mais de uma vez a extinção das AA Sirias mas o que se ve eh o oposto. Na noite anterior a Síria alegou que foi atacada por mais de 20 misseis e nenhum vídeo ou foto de dano apareceu. Ou como o link abaixo, maioria dos misseis foram… Read more »

JPC3
JPC3
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Em muitos ataques eles usam SDBs que não tem câmeras para filmar e frequentemente Israel divulga imagens de satélites com fotos dos alvos destruídos.

Pode ser que Síria esteja abatendo muitos mísseis sim, possivelmente a maioria deles. Só não parecem ser tão eficientes como a mídia e o governo sírio alegam.

Os vídeos não provam que o Pantsir é um sistema ruim, só “demonstra” que um bom número de mísseis israelenses atinge seus alvos dentro das defesas sírias.

JPC3
JPC3
1 ano atrás

Israel ataca normalmente com 4 ou 6 F-16 e consegue saturar toda a defesa aérea de uma região da Síria???

Renato H M Oliveira
Renato H M Oliveira
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Além dos F-16I, Israel também utiliza aeronaves e drones de guerra eletrônica, e também drones ‘kamikaze’ como os Harop.
A Síria fica numa sinuca de bico – se ligar os radares os Harop fazem a festa, se não ligarem não conseguem parar os ataques.

JPC3
JPC3
Reply to  Renato H M Oliveira
1 ano atrás

Sim, verdade. Mas a capacidade de saturação com apenas 4 ou 6 aeronaves fica limitada.

carcara_br
carcara_br
1 ano atrás

No primeiro vídeo chama atenção que o sistema de defesa parece disparar contra o míssil. Alguns motivos para a falha podem ser 1 distancia o disparo de defesa foi realizado muito próximo não dando tempo de ativar a espoleta de proximidade (todo sistema de defesa possui um tempo mínimo para ativação da cabeça explosiva do míssil) 2 guerra eletrônica o radar pode ter sofrido um ataque eletrônico e o míssil não conseguiu determinar corretamente a distancia p o alvo 3 baixo rcs. O sistema não parece ter sido capaz de disparar a longa distancia p se proteger. 4 saturação os… Read more »

Renato H M Oliveira
Renato H M Oliveira
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

5 presença de decoys e drones ‘kamikaze’ como os Delilah e Harop, respectivamente.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Renato H M Oliveira
1 ano atrás

Certamente notou a velocidade relativamente baixa de aproximação dos mísseis?
Curiosamente não vemos muitas imagens dos canhões do pansistir nesta situação, talvez fossem armas melhores, aqueles dois mísseis dos vídeos foram disparados a “queimar roupa” rsrsrs, estariam melhor servidos de canhão, eu imagino…

Luiz Henrique
Luiz Henrique
1 ano atrás

Gente, mas o russos não tinham ajudado os “irmãos sírios a “fechar o espaço aéreo, não diziam que o S-300 estavam prontos para a ação.
O está acontecendo????

Farley Diego Andrade Xavier
Farley Diego Andrade Xavier
Reply to  Luiz Henrique
1 ano atrás

Touché

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  Luiz Henrique
1 ano atrás

Na mosca.

Marcos
Marcos
1 ano atrás

A Russia inovando como sempre com um sistema antiaéreo em que os mísseis lançados por ele desviam do alvo para deixar eles atingirem o veículo…

FICO SÓ OBSERVANDO
FICO SÓ OBSERVANDO
Reply to  Marcos
1 ano atrás

A superpotência tem no oriente médio um filhote bem nutrido com doações a fundo perdido treina, subvenciona e tolera que que a mesma tenha forças nucleares que não obedecem a tratados nucleares internacionais e nem sequer a agência internacional de energia nuclear pode fazer inspeções como aqui no pais tupiniquim faz, a mesma nação subvencionada (E só ler os diversos artigos publicados sobre o assunto) pratica o que outrora condenou no passado invade o país dos outros com o mote de combater grupos hostis quando poderia facilmente através de seus múltiplos meios de inteligência localizá-los e destruí-los com meios moderníssimos… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  FICO SÓ OBSERVANDO
1 ano atrás

Fico só observando,
Cê devia ficar só observando mesmo.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  FICO SÓ OBSERVANDO
1 ano atrás

E você não diz nada da Rússia bancar o regime de Assad? E o que me diz do regime iraniano ameaçar Israel? Na boa mas esse discurso não cola mais nem no DCE….

Bosco
Bosco
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Tireless,
Quem lacra não lucra. rssss
Já deu pra esse discurso. Tá muito manjado.
Fica parecendo o Namorado da Fátima Bernardes falando.

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  FICO SÓ OBSERVANDO
1 ano atrás

Não fala nada da “afanada” que a Rússia deu na Ucrânia também?

João Borges Queiroz Júnior
João Borges Queiroz Júnior
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Provavelmente foi um ataque de saturação.

Flanker
Flanker
1 ano atrás

Uma das funções do Pantsir não é proteger os lançadores e radares do S-300/S-400? Xiiiii……

Alessandro
Alessandro
1 ano atrás

Já é o terceiro ataque israelense contra bases iranianas em território sírio, em menos de uma semana, falar mais o que ? é paulada atrás da outra rsrs… só to me divertindo lendo as desculpas esfarrapadas dos incrédulos anti-israelenses, tentando entender o que aconteceu, e tá HILÁRIO !!

Kemen
Kemen
1 ano atrás

Eu sempre desconfio das propagandas, principalmente quando querem mostrar superioridade ou provocação…falta saber: – Por que atacaram um sistema Pantzir S1 em territotio sirio ? Porque dizem que era do Iran… – Por que divulgaram o video de quando o misil atinge o Pantsir ? Posivelmente para insinuar que não serve para proteção aérea, e é sistema ultrapasado, o que parece ser. Faltaria saber em que condições foi, como estava o sistema de defesa; tinha defeito, disparou e não acertou, sem munição, operadores incompetentes (normal nessa região), etc. Uma coisa eu tenho certesa, o avião que disparou o misil estava… Read more »

Renato H M Oliveira
Renato H M Oliveira
Reply to  Kemen
1 ano atrás

Israel não brinca em serviço.
Eles avisaram aos sírios que não tem interesse em destruir recursos deles, mas também não aceitam o Irã instalado no quintal.
Israel disse o seguinte – se vocês expulsarem os iranianos, melhor. Se não, deixem-nos atacar eles em paz, e não atingiremos nada de vocês.
Mas se vocês abrigarem os iranianos E tentarem defendê-los, aí vocês vão ser atacados também.
Ao contrário do Obama, que só ameaçava, Israel cumpre o que promete, e o resultado está aí pra todo mundo ver.

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  Renato H M Oliveira
1 ano atrás

Perfeito. Israel simplesmente “não brinca”. Só isso.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
1 ano atrás

Eu comendo minha pipoca e tomando uma twist gelada, adorando a discussão EUA/Rússia e Israel contra os demais da região, o que é fake? por que um sistema anti-míssil toma na lateral um míssil?

tony
tony
1 ano atrás

Vou fazer algumas considerações sobre o primeiro video: 1 não foi um buk, se presta atenção, a ação toda se deu a uma altitude muito baixa,um misses buk tem dimensiones medianas, dificilmente manobraria como os misses do vídeo a uma altitude tão baixa. 2 A trajetória errática dos misses quando disparados , acontece por que como á ação já se da a baixa altitude, os misses já saem do lançador do PANTSIR, manobrando para engajar o alvo que esta muito perto. 3 foram lançados pelo menos 3 misses do PANTSIR, notem que assim que o vídeo começa, já ha uma… Read more »

Renato H M Oliveira
Renato H M Oliveira
Reply to  tony
1 ano atrás

O alvo do Pantsir provavelmente foi um drone ou decoy israelense.
Israel usa muito o Harop, que é um ‘drone kamikaze’: ele fica voando ao redor do alvo, esperando as defesas antiaéreas tentarem alguma coisa contra ele. Ligou o radar, morreu.

Jonatas
Jonatas
Reply to  Renato H M Oliveira
1 ano atrás

Seu comentário agregou conhecimento. Valeu!

Augusto L
Augusto L
1 ano atrás

O ruim é que os dados das operações não saem, e se saírem seram só daqui a 10 anos, ou talvez nunca.
Até hoje não se sabe, quase nada do ataque da marinha americana contra a Síria na década de 80.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Não dá pra fazer nenhum comentário assim, só especulação.

Bosco
Bosco
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Mas zoar a PTezada não tem preço. rsrsss

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

E os minions, então, nem se fala.
Aliás, de repente, parece espécie em extinção.
Sumiram quase todos.
kkkkkk

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Com certeza a culpa não é da bactéria que exterminou 80% dos eleitores do PT, a famosa “actinomyces vergonhanacaras” . rsrss

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Pode ter sido um vírus. Mais perigoso e letal.
E extramamente rápido.
kkkkkkkk

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

Avançado só na propaganda russa 🤣

tony
tony
1 ano atrás

Vou fazer algumas considerações sobre o vídeo 1 Não foi um buk , pelo vídeo a ação se da a baixa altitude , os misses do buk, são de proporções medianas , o que impede que eles consigam manobrar como os misseis do vídeo a uma altitude tão baixa 2 a trajetória errática dos misses, ela se da por que como já mencionei a ação se da a baixa altitude, o que faz com que o míssil do PANTSIR já saia do lançador corrigindo sua rota para interceptar o seu alvo, note que o 3 míssil não manobra segue em… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
1 ano atrás

O curioso é que a Rússia está adorando. Quando mais sistemas são destruídos mais dinheiro os sírios terão que gastar para comprar outros sistemas. Por isso. Creio eu que os Russos não fazem nada pra intervir.

TeoB
TeoB
1 ano atrás

Me divirto com as torcidas aqui… só falta uns pompons hehe vamos esperar a vez da Venezuela, como é aqui perto da pra ir lá e contar o saldo no final… bem agora falando sério, e fugindo um pouco do tópico, o que me faz refletir com esses debates aqui é a situação da nossa defesa aérea, se lá onde existem baterias em solo com um alcance digamos razoável já sofrem perdas, imagina a nossa situação dependendo de RBS e Igla, claro vamos ter os F-39 para interceptar os atacantes, coisa que a Síria quase não dispõe no momento ficando… Read more »

Diogo Dantas
Diogo Dantas
1 ano atrás

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Honestamente, os comentários da trilogia perderam o viés de análise e debate que os marcaram há anos. Hoje, são basicamente torcida. E o pior: torcida de baixíssima qualidade, que nem um mínimo de coerência têm ou com argumentos que chegam a ser até bobos. “Israel ataca do Líbano” ou “Israel satura a região de mísseis, o que pegar, pegou”. Que argumento mais infantil! Trata-se de uma guerra em que falhar enseja ver seu país diariamente bombardeado ou a perda de pilotos (treinados arduamente e onerosamente) e de equipamentos caríssimos. Se os mísseis… Read more »

Leonardo Telles
Leonardo Telles
1 ano atrás

Galera, a força área de Israel é uma das melhores do mundo! Muito treinamento e experiência de combate. Por mais avançada q seja uma bateria AA, os israelenses sabem como neutralizá-las. Os Pantisir tb não são nenhuma maravilha, sozinhas em solo, contra f-16 altamente manobráveis contornando solo, ou até os f-35 da IAF, são presas fáceis. A Síria + o Irã precisariam de muito mais do q dispõe para se defender de forma aceitável.

Humberto
Humberto
1 ano atrás

Prezados, A Síria é um pais bem defendido e equipado com sistema anti-aéreos fantástico MAS tem do outro lado Israel. Só para entender um pouco, Israel sendo um pais pequeno e pouco populoso (comparado aos seus vizinhos), sempre priorizou a sua Força Aérea como primeira defesa do pais, que deveria segurar a barra até que os reservistas pudessem chegar a frente de batalha. Na guerra do Yom Kippur, esta estratégia não funcionou, a poderosa força aérea Israelense (que tinha massacrado os Árabes na guerra dos 6 dias) foi quase vencida pelo sistema anti-aéreo Egípcio, Israel perdeu dezenas de caças F-4… Read more »

FICO SÓ OBSERVANDO
FICO SÓ OBSERVANDO
Reply to  Humberto
1 ano atrás

O dia que o país a ser atacado e destruído for a INGLATERRA ai eu mudo de ideia, porque por enquanto só vejo países pobres serem destruídos por países ou poderosos ou SUBVENCIONADOS por eles, e sejamos honestos, A INGLATERRA SIM é osso DURO DE ROER, agora interessante é dizer que é justificável a agressão porque o país que teve seu território roubado, invadido, espoliado não pode tentar tê-lo de volta ou seja conforme-se com o meu roubo e fique grato por não querer TUDO.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  FICO SÓ OBSERVANDO
1 ano atrás

A Síria teve as Colinas de Golã invadidas e tomadas por Israel porque antes da Guerra dos Seis Dias usava as mesmas para atacar cidades e vilas israelenses. Se quiser tê-las de volta terá de reconhecer o Estado de Israel e assinar um tratado de paz. Simples assim. Ademais, essa conversa de Israel seria subvencionado pelos EUA apenas têm eco entre os odiadores do Estado Judeu, que são poucos…. Por fim, enquanto Bachar Al Assad aceitar a presença iraniana no país com o fim que este ataque Israel, está sujeito a ser atacado pois os israelenses têm o direito de… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Que reconhecer, o quê!?!?!?
Já estão sendo acantonadas na região forças árabes e iranianas.
O mesmo ocorre em território libanês. Árabes e iranianos.
Não existe essa possibilidade de reconhecer Israel.
E o tempo conspira contra ele, na medida que mais e mais iranianos chegam ao local.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Ou reconhecem o Estado de Israel ou continuarão a ser bombardeados. Simples assim….

E se o tempo conspira contra alguém conspira contra o regime iraniano visto que a superioridade israelense apenas aumenta tal como estamos vendo nesses ataques.

Aceite.