Home Aviação Militar A instalação de uma base de bombardeiros russos na Venezuela e seu...

A instalação de uma base de bombardeiros russos na Venezuela e seu impacto no Brasil

15205
167

O Artigo 13 da “Constitución de la República Bolivariana de Venezuela”, a instalação de uma base aérea no Arquipélago de Orchila e o que temos com isso tudo

Sérgio Santana*

 “Fake news”, “muito barulho por nada”, “alarmismo”, “paranoia”, “não temos nada com isso”. São alguns dos adjetivos e frases têm sido utilizadas para qualificar a recente notícia de que a Federação Russa e República Bolivariana da Venezuela pretendem instalar no Arquipélago de Orchila, distante pouco mais de 100 km do território venezuelano.

Há até quem lembre que a “Constitución de La República Bolivariana de Venezuela” proíbe a instalação de bases militares estrangeiras no território daquele país.

É, proíbe sim. Está lá expressamente colocado no Artigo 13: “El espacio geográfico venezolano es una zona de paz. No se podrán establecer en él bases militares extranjeras o instalaciones que tengan de alguna manera propósitos militares, por parte de ninguna potencia o coalición de potencias.” (“O espaço geográfico venezuelano é uma zona de paz. Não se poderão estabelecer nele bases militares estrangeiras ou instalações que tenham de alguma maneira propósitos militares, por parte de nenhuma potência ou coalizão de potências”).

Entretanto, todos sabem que o governo venezuelano está nas mãos de Nicolás Maduro e de uma elite politico-militar que lhe proporciona até mesmo amparo constitucional. Assim, sem entrar em minucias jurídicas que não vem ao caso aqui, não é difícil acreditar que o tal “Artigo 13” seja modificado ao bel-prazer dos que governam a Venezuela, sob o pretexto de, por exemplo, “resistir ao imperialismo ianque”. Outras regras ainda mais relevantes da “Lei Magna” daquele país já foram modificadas para permitir que o atual presidente seja “reeleito” até quando bem entender…

A despeito de tal notícia ser rotulada como falsa (mesmo após ter sido repercutida por veículos de comunicação sérios do porte da Agência Reuters), não é de agora que as Orchillas (que devem seu nome à abundância de uma espécie de líquen a partir do qual é extraído um corante de cor púrpura) são cogitadas para sediarem uma base militar para a aviação russa. Em 2009, um ano após a primeira visita de bombardeiros Tupolev Tu-160 “Blackjack” à Venezuela, o mesmo local foi oferecido como ponto de escala técnica para aquelas aeronaves ou qualquer outra da Federação Russa.

Pista de pouso na Isla de la Orchila

La Orchila como base aérea avançada da Federação Russa

Na realidade, La Orchilla (ou a maior das suas ilhas) já é uma instalação militar, sediando a Base Aeronaval C/N Antonio Díaz – que já serviu de prisão ao falecido presidente venezuelano Hugo Chávez em 2002 – e conta com uma pista de asfalto medindo, de acordo com as informações oficiais, 3000x45m, suficiente para operar não apenas os “Blackjack”, mas também os Antonov An-124, que também vieram à Venezuela na polêmica missão de dias atrás. La já existe toda uma infraestrutura pronta (depósitos de combustível, paióis e outras edificações) que poderia ser ampliada no caso de o local vir realmente a sediar uma base aérea avançada da Federação Russa no Caribe (o que já aconteceu com as instalações similares que este país mantém a todo o custo na Síria, seu único ponto de apoio no Mar Mediterrâneo). E por ampliação se entenda a implantação de dispositivos de inteligência, comando e controle em uma região bem próxima ao território do maior adversário da Federação Russa, o que proporcionaria economia no emprego dos seus meios, visto que não mais exigiria o deslocamento emergencial de aeronaves, efetivos ou embarcações. Contudo, o estabelecimento de tal “cabeça-de-ponte” aumentaria proporcionalmente o nível de ameaça contra o regime venezuelano, embora gerasse em resposta a instalação de sistemas antiaéreos russos de última geração no local, cuja defesa estaria sob a direta responsabilidade da Rússia.

TU-22M3
TU-22M3

A possibilidade de bombardeiros estratégicos operarem em La Orchila não é meramente simbólica. Se aquela pista pode receber aeronaves deste porte, poderá também receber também bombardeiros médios Tu-22M3 “Backfire-C” ou aeronaves de ataque Sukhoi Su-34 “Fullback” em uma clara ameaça às operações aeronavais da Frota do Atlântico dos EUA.

Colocando de lado as razões geopolíticas que levarão (caso seja mesmo concretizada) à instalação de uma base aérea russa em La Orchila, estamos presenciando algo que representa o típico movimento da Guerra Fria, que muitos acreditavam ser coisa do passado. E mesmo que não perceba a real dimensão disto, o governo venezuelano está sendo arrastado para esta disputa, que vai além das pessoas físicas daqueles que hoje o ocupam. Este jogo geopolítico envolve, por exemplo, a disputa pelas reservas venezuelanas de petróleo, que abastecem o mercado norte-americano. E que melhor instrumento para marcar presença em tal disputa que uma base aérea na mesma localização que La Orchila?

E nós, brasileiros, com isso?

A Administração Bolsonaro ainda nem tomou posse, mas já dá claros indícios de que se oporá ferrenhamente ao regime de Maduro, no que é claramente apoiada por Estados Unidos, Colômbia e Argentina.

Portanto, estamos, sim, enquanto nação, conectados a este acontecimento.

Em termos de Defesa, antes mesmo que a provável transformação das instalações militares de La Orchila em posto avançado da Federação Russa fosse noticiada, já se cogitava de ações militares na Venezuela para “restaurar a democracia”. Entretanto, se tal notícia se confirmar, é muito improvável que uma ação nestes moldes vá ocorrer, porque implicaria em uma escalada de tensões e movimentos ainda mais imprevisíveis.

Possivelmente, considerando a posição política do Governo Bolsonaro em relação a este assunto, podemos esperar por uma atuação mais concreta das Forças Armadas brasileiras em termos de Inteligência a ser aplicada no monitoramento da evolução desta situação.

É provável ainda, considerando esta mesma posição, que um convite formal para que o Brasil passe a integrar a OTAN de uma maneira ainda mais efetiva que a já praticada pela Colômbia possa surgir, algo a ter os seus prós e contras muito bem pesados.

Esperemos…

F-5M da FAB baseados em Manaus
Caças F-5M da FAB baseados em Manaus

*Bacharel em Ciências Aeronáuticas (Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL). Pesquisador do Núcleo de Estudos Sociedade, Segurança e Cidadania (NESC-UNISUL). Pós-graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC/MG). Autor de livros sobre aeronaves de Inteligência/Vigilância/Reconhecimento. Único colaborador brasileiro regular da Shephard Media, referência em Inteligência de Defesa.

167
Deixe um comentário

avatar
57 Comment threads
110 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
73 Comment authors
GauchãOrtizmarcosomagJorgeRogerio D MaestriJoão Bosco Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

A primeira foto é maravilhosa, pena algo tão belo como este bombardeiro ser sinônimo de destruição e morte em seu uso efetivo.
Sobre o post, só nos resta aguardar o pós 31 de Dezembro e tudo o que nos espera na futura visão estratégica e geopolítica do GF brasileiro.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Uai, cadê a postagem sobre a compra de mais 21 aeronaves E-195 E2???

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

E vão ter que postar aqui toda a venda de um Boeing 190?

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Calma camarada, eu confundi aqui pois estava debatendo com outros foristas sobre EMB/Boeing e rolava em outro post sobre venda de E 190 onde eu mencionei a venda de E-195 E2. E ainda é Embraer E-195 E2.

marcus
Visitante
marcus

Venda do Boeing E-190 ou E195 ?

Vinicius
Visitante
Vinicius

Se isso vier a se concretizar, Bolso ira negociar com os ucranianos para uma possível instalação de um base militar brasileira na Ucrânia, o que seria ótimo vista que ao mesmo tempo em que plota poder e influência para fora dos domínios tupiniquins, também causaria grande temor na Rússia devido ao poder e preparo do exército brasileiro um dos mais bem equipados e treinados do mundo sendo rankiado entre os 10 primeiros de acora com a Global Fire Power.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Eu sinceramente espero que seja um comentário sarcástico…

ALEXANDRE
Visitante

Com certeza é…nem no Brasil tem caça direito

Luís Henrique
Visitante

Hahahahaha
Vai matar os russos de tanto rir.

Paulo
Visitante
Paulo

Tomcat4.0 19 de dezembro de 2018 at 11:48

Parabéns pelo comentário. Penso a mesma coisa sobre essas incríveis máquinas. Dá pra entender a amargura do Santos Dumont no fim da vida.

Maurício.
Visitante
Maurício.

O real problema no que tange a soberania nacional são as ONGs, ainda bem que agora o general Heleno está na política, espero que algo mude.
https://youtu.be/IOqDokGXH0s

Almeida
Visitante
Almeida

Generalizou feio e colocou ONG estrangeira de evangelização indígena junto com ONG de ajuda para animais e de saúde…

Maurício.
Visitante
Maurício.

Almeida, são mais de 100 mil ONGs na Amazônia, você acha que todas elas são para evangelizar ou cuidar de animais? Até para evangelizar e cuidar de animais as coisas devem ser as claras, o governo deve saber exatamente que ONGs são essas, na matéria do link que eu postei, ninguém sabia para onde íam aqueles canadenses, nem PF nem o exército, e isso tem que mudar.
A Amazônia virou a casa da mãe Joana, essa é a verdade.

Marcos
Visitante
Marcos

Como fica o TNP com o TU-160 pousando na Venezuela durante missões? Podemos mandar para as cucuias alegando que a Venezuela está mantendo em seu território aviões com capacidade nuclear?

Flamenguista
Visitante
Flamenguista

O TNP funciona como o TIAR funcionou para os hermanos argentinos nas Malvinas.

Wellington Rossi Kramer
Visitante

No caso o país agressor foi a Argentina, não a Grã-Bretanha.

Flamenguista
Visitante
Flamenguista

Tem razao amigo… Retificando… o TNP funciona como o TiAR funcionou para nós brasileiros, durante a Guerra da Lagosta!!

Maurício.
Visitante
Maurício.

Marcos, estamos no Brasil, aqui um exemplo claro de como nossos governantes se importam com nossa defesa.
https://omundoagora.com.br/wp-content/uploads/2017/08/collor-bomba-atomica.jpg

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Bem,por enquanto não há nada preparado para receber aeronaves russas, a não ser a pista. Há que se dimensionar pátios de estacionamento (as aeronaves são grandes), depósitos de combustível ( consomem muito), paióis adequados, instalações para o pessoal e comando e controle, segurança orgânica. Leva tempo. E, algumas dezenas de aeronaves (não caberão mais do que isso), não vão fazer conflito com os EUA. Será, se for o caso, uma base de apoio. Acredito ser uma situação diferente da base na Síria. O que ocorrerá será uma crise diplomática EUA/Rússia. E nós? Sim, vai respingar aqui, não pelo alinhamento com… Read more »

marcus
Visitante
marcus

O governo tem que se alinhar com a população, não com uma nação que quer que continuemos como país em desenvolvimento.
O que é bom para os Americanos não é bom para o Brasil.

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

O Brasil é um país de 3º não por causa dos americanos ou qualquer outra nação estrangeira. Nos estamos nesta situação devido aos político que elegemos. Não terceirizo a culpa do que nós somos e onde estamos. A culpa é exclusivamente nossa. Afinal, não são os americanos que elegem os nossos mandatários. Somos nós.

Esse discurso de terceirizar o fracasso é o mesmo que Maduro faz, colocando a culpa da miséria em que se tornou a Venezuela no “imperalismo yanque”, o que comprovadamente é uma farsa.

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

*imperialismo

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Cojones eu também acho que ele não tem não. Mesmo em um espasmo de loucura decidir fazer algum coisa, Putin deve colocar ele na coleira e os militares que estiverem abaixo dele sabem o tamanho da encrenca e devem passar um rivotril importado do bom para ele antes que a coisa voe no ventilador.

BILL27
Visitante
BILL27

A noticia não era Fake ?

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Em tempos de Sarmat, uma base russa na Venezuela teria efeito maior no campo político, com a Rússia demonstrando seu alcance global.
Aliás, duvido um pouco da instalação dessa base, visto que é um tanto quanto desnecessária.
Em tempo: A Agência síria Al Masdar está noticiando que não haverá base russa na Venezuela.

JPC3
Visitante
JPC3

Ontem você disse que era uma jogada de mestre, agora diz que a base é desnecessária?

Foi meio engraçado.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Primeiro tente entender de situações relacionadas à aviação e depois sobre política internacional. É bem mais complexo.

JPC3
Visitante
JPC3

Como uma coisa pode ser jogada de mestre e desnecessária ao mesmo tempo é um mistério…

E mandar alguém entender de aviação depois de escrever tantas abobrinhas é outro mistério maior ainda.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Vou tentar te ajudar.
Estou falando que em tempos de SARMAT não é necessária base com aviões com bombas nucleares.
Isto não impede de vc anunciar uma base e deixar o inimigo com cara de tacho. O que, cá para nós, não é difícil com Trump.
Assim, teríamos um efeito político, uma jogada de mestre, conforme Putin costuma fazer.
Na boa. Na ânsia de criticar, vc deveria ler e tentar interpretar o que os outros estão escrevendo.
Fica a dica.

JPC3
Visitante
JPC3

Quer dizer agora que a jogada de mestre foi anunciar uma base falsa???
Sabemos que não foi isso que você disse ontem. Não tente enrolar porque fica pior.

Essa foi demais.

Acha mesmo que o departamento de defesa dos EUA se informa pela
internet???

Nem opinião própria você tem, muda conforme a notícia.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Prezado ‘american fanboy’.
EU CONSIDERO desnecessária uma base.
Não se sabe se teremos base ou não.
Só isso. Se Putin achar que não, o problema é dele e da Rússia.
O fato é que ele (Putin) está fazendo gato e sapato com Trump.
O mesmo que Kim, os aiatolás do Irã e etc.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Digo: O mesmo que Kim, os aiatolás do Irã e etc. fazem com Trump.

Em tempo.
Particularmente, eu gostaria que tivessem várias base russas e chinesas pela América Latina.
Assim, talvez pudéssemos tirar da mente dos colonizados a eterna mania de achar que somos um Continente de repúblicas de bananas .

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Só devo lembrar que a United Fruit Company acabou em 1970, ok?

JPC3
Visitante
JPC3

De que adianta chamar os outros de fanboy se só faz comentários de fanboy da Rússia da china?

E com informações erradas ainda.

Ao menos eu consigo sustentar os meus. Já você tem que mudar de assunto ou fugir da conversa.

JPC3
Visitante
JPC3

Sim deve ter razão, Coréia do Norte, Venezuela e Irã estão indo super bem, acho que até os europeus vão fugir pra lá.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

“Particularmente, eu gostaria que tivessem várias base russas e chinesas pela América Latina.”

Uma confissão de culpa, dada e passada em cartório…..

Ademais desde quando a presença militar de uma autocracia e de uma ditadura totalitária fará a AL deixar de ser um continente de repúblicas de bananas? Aliás, a Venezuela é uma república sem papel higiênico, metáfora perfeita para todo e qualquer país que se alie à China e Rússia…..

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

Antoniokings
Você acaba de confessar a sua “genialidade”. És uma piada. Critica o ocidente mas usa diariamente tudo o que o ocidente oferece inclusive e, principalmente suas tecnologias. Afinal vc usa este blog não é mesmo?

Agora, viva o que vc prega. Configure o seu navegador para hao123 e deixe de usar Google e outros. Comece você a sua revoluçãozinha…

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

“jogada de mestre…” Queria realmente ver a Russia com o seu alcance global que Você fala agora. “Alcance Global” (em letras maiúsculas) são as campanhas de bombardeio sustentado que uma nação vem realizando a pelo menos 30 anos em conflitos que se envolve em qualquer canto do Mundo. Isso é “Alcance Global” e estou me referindo a Força Aérea Americana. Repito, é um menosprezo a inteligencia do militares Russos ao afirmarmos que estariam dando de mãos beijadas alvos extremamente fáceis de serem alcançados pelos Americanos em caso de crise real. Chega a ser um absurdo imaginar que os Russos não… Read more »

JPC3
Visitante
JPC3

Esse tipo de comentarista vai aplaudir tudo que a Rússia dizer ou fizer. Se constroem base é jogada de mestre, se não constroem é porque a base era desnecessária. Colocam a ideologia acima de tudo. Se faltar argumento eles fogem da conversa ou mudam de assunto, não tem como debater com eles. Eles não tem opiniões próprias nem preocupação com a verdade. A pergunta é: O que fazem em um blog sobre aviação se não sabem nada sobre aviões militares e tão pouco tem interesse em aprender? Pela insistência em postar informações erradas (ou sem fundamento) desconfio até que sejam… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

“Teremos”????

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Existe uma Assembléia Constituinte que é totalmente controlada pelo Maduro que pode alterar a Constituição. Faz anos que a Rússia esta de olho nesta base, o Chaves resistiu a ceder e colocou na Constituição uma proibição, o Maduro tem batido de frente com alguns Chavistas, será que ele vai comprar essa briga?

athalyba
Visitante
athalyba

Com todo respeito ao autor do artigo: Constituição não é problema em lugar nenhum do mundo que viva tempos conturbados (Brasil é o melhor exemplo desse relativismo, de fato). Logo, acho que foi uma escolha equivocada abrir a artigo com essa abordagem, pois basta as FAs Bolivarianas dizerem que a base é conjunta que a lei fica intacta. No mais, o cenário ainda é nebuloso seja pelo próprio caráter nacional/bi-nacional, seja pela motivação e posterior operacionalização de uma doutrina de uso. Sempre bom lembrar: a Russia opera apenas 21 bases ao redor do mundo, muitas delas em suas áreas de… Read more »

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

Mas o autor disse exatamente isso sobre constituição. Ele não negou nada sobre Maduro fazer o que bem entender com a carta bolivariana. Até porquê não é mais Venezuelana.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Não vai rolar,simples assim.

Jr
Visitante
Jr

Também acho, no máximo os bombardeiros russos vão aparecer com mais frequência na Venezuela e fazer escalas por lá, agora vim para ficar acho difícil, parece que a prioridade da Rússia é manter a base deles na Síria

_RR_
Visitante
_RR_

Amigos,

Uma base como essa, pode prover aos russos um ponto para operações ELINT/SIGNIT direcionadas a todo o Caribe.

Aeronaves de vigilância partindo dessa ilha, também aumentam a consciência situacional da frota russa, notadamente para seus SSN.

Em menor escala, pode ser utilizada para apoio a embarcações, proporcionando aos russos uma instalação privativa que, se adequadamente preparada, pode aumentar o tempo de mar de vasos em patrulha…

Enfim…

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Todo mundo esquece da franqueada CUBA que os russos fazem usocapião a mais de 50 anos. Porque os Russo (vocês menosprezam esses caras) seriam tão idiotas montando bases mais distantes dos EUA do que em Cuba??????????????????????????????? Todo mundo (desculpem o uso livre da palavra) “c… e anda” pelos que os Russos fazem na Ilha de Cuba depois da Crise dos Mísseis na década de 60. Podem por antena de satélite, Sigint, Elint, robô, drone, James Bond, KGB, etc, etc, etc. Isso já foi superado a mais de 40 anos Muita torcida e pouca lógica. Peço aos “vermelhos” que respeitem mais… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Talvez os russos saiam de Cuba logo após os EUA devolverem Guantánamo.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Vai demorar…

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Ali eles fazem Sigint, Elint, James Bond, espionam o Caribe, monitoram os movimentos de Subs e Aviões (estratégicos ou não) de potenciais nações agressoras etc, etc, etc, etc…

Obs.: Já que é para fantasiar também parti para essa brincadeira

Ps.: Até hoje não entendi como os Cubanos apoiados pela presença global estratégica Russa nunca retomaram esse pedacinho de terra da mão dos infiéis americanos. Se forem ficar no “da licença, por favor” podem pegar um banquinho e esperar sentado.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E porque não chegou o momento oportuno.
Mas, está chegando.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Dia de são nunca, à tarde, os cubanos retomam para si Guantánamo….

Fatos são fatos….

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

Guantánamo foi arrendada pelos EUA em 1903 de forma perpétua. Eles pagam por ela um valor fixo desde 1903 de 4.085 dólares por ano e era área de mineração e estação naval. Não vão sair de lá nunca. Então, não é caso de devolução e sim cumprimento de acordos entre estados.

Daqui a pouco vc vem com a baboseira que o Brasil deve devolver o Acre aos bolivianos e acreditar que o Brasil comprou o Acre por um cavalo.

Aliás, não duvido que acredite.

WVJ
Visitante
WVJ

Talvez o objetivo seja mostrar ao Brasil que o Maduro não está só

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Precisa convencer o povo Venezuelano, que querem apenas viver com dignidade (principalmente no banheiro).

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Ou em Madri.

WVJ
Visitante
WVJ

https://www.youtube.com/watch?v=Z4d2c2Xqn14
Pode ser fake, pode ser que não.
Se Brasil se meter a besta pode descobrir tarde que deveria ter ficado guardando fronteira de dentro dos matos que é onde somos efetivos.

Pedro
Visitante
Pedro

Em Novembro, apos o incidente de Kerch, houve a especulação por meios de mídia Ucranianos, onde o presidente deste país havia pedido (para não dizer, implorado) para uma base Americana, visando com esta “defender-se” da Russia. Até onde se sabe os EUA nada falaram. Agora temos essa de uma base Russa na Venezuela. Se voltarmos um pouco mais no tempo e lembrarmos da Crise de Misseis de Cuba, onde o real interesse da URSS era “fazer o circo pegar fogo”, para com isso conseguir um argumento para os EUA retirarem os misseis de médio alcance nucleares existentes na Turquia em… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

A instalação de uma Base Aérea russa na Venezuela não teria implicação nenhuma para o Brasil, nunca tivemos problemas com a Rússia e serão bem vindos.
Se fosse para reclamar de bases estrangeiras na América do Sul, os EUA instalaram uma Base na Colômbia e não me lembro de muita gente aqui protestar.

Mauro
Visitante
Mauro

O problema é que essa base não se compara a qualquer outra base que os EUA tenham operado nessa região.
A base dos EUA na Colômbia teria que operar o B-2 Spirit por exemplo, para ser comparada a essa base russa na Venezuela.
Nem avião de caça de segunda linha dos EUA tinham na base na Colômbia, quanto mais um bombardeiro nuclear estratégico.
Não tem comparação.

Cronauer
Visitante
Cronauer

Mauro!
Touché !!!!

Gabriel Nery
Visitante
Gabriel Nery

“A instalação de uma Base Aérea russa na Venezuela não teria implicação nenhuma para o Brasil, nunca tivemos problemas com a Rússia e serão bem vindos.” Concordo contigo e acho que a maioria das pessoas aqui também. O problema não é Rússia. O problema ao meu ver é Maduro. É ele achar que por causa da Rússia ele teria a proteção para fazer qualquer loucura aqui na AS. E tem mais, se a Rússia realmente instalar uma base na Venezuela o que impediria de amanhã a China vim com essa “idéia” também? As ramificações e possíveis consequencias disso são completamente… Read more »

jose
Visitante
jose

creio que a rússia não é idiota de sequer permitir ao meduro ter essa idéia de que tem proteção nas costas. e a china não precisa dos movimentos russos pra nada. a china age pela via econômica, muito mais eficaz. vejam que nosso futuro presidente esperneia, braveja, diz que é contra… mas não pode fazer nada. os chineses compram tudo que interessa pela via legal, dentro das regras estabelecidas, oferecendo o melhor preço e ganhando. o que fazer? pegar de volta e entregar pros EUA? quem não tem competência não se estabelece. e no jogo do capitalismo, os comunistas chineses… Read more »

Pafúncio
Visitante
Pafúncio

No Paraguai tem uma Base Americana Também

Delfim
Visitante
Delfim

Há bombardeiros lá ?

Jr
Visitante
Jr

Mais não há base russa nenhuma na Venezuela, essa matéria é pura especulação

Diego Képler
Visitante
Diego Képler

A base Russa bate de frente contra os interesses do novo governo brasileiro no papel regional do Brasil. As bases americanas não se opõe ao nosso governo. Agora a base russa está ali pra defender um ditador que mata seu povo de fome, a base russa está ali pra tirar casquinha de governos autoritários corruptos como sempre faz seja vendendo material bélico ou roubando descaradamente junto aos ditadores. E nós cidadãos livres e democráticos não apoiamos isso. Ainda mais trazendo um avião de capacidade nuclear para uma zona que até agora era livre disso.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

O impacto é que os generais da reserva devem pensar em como uma situação simples como esta, nos faz pensar em como não investimos em defesa, mas somente em aposentadorias gordas para si e para suas filhas.
Se o Vietnã abrir uma base no Suriname, não somos capazes de mostrar força para coibir uma ação como esta. Os SU-30 deles nos deixarão de calças curtas.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Antunes, o dinheiro do orçamento destinado às FFAA é definido pelos “generais da reserva”? Ou pelo CN? Depois disso, é contingenciado por quem? Por que atrasamos o pagamento do KC-390? Ignoramos a defesa mas criamos o Gripen, PROSUB, SISFRON, PROSUPER, Guarani, IA-2, SGDC, KC-390, modernização dos E-99? Pra dizer pouco.
O que você tá falando?

pedro
Visitante
pedro

será que o tornado adv da Inglaterra, que estão estocados ainda estão operacionais, seria uma boa comprar alguns pelo menos barra botar moral nessa situação, outro interceptador só o f-15, mas é muito caro, eu moro em Manaus e fiquei preocupado com esses tu-16- por aí.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Melhor se preocupar com o incêndio no Educandos, ou com a banda que vai tocar no Porão do Alemão. Nenhum TU-160 vai jogar bomba na tu cabeça.

Bueno
Visitante
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Visitante

Sinceramente, penso que é melhor ver para crer, neste caso. A Rússia não precisa da Venezuela, tem reservas petrolíferas suficientes para manter a guerra que quiser. Se perder seu tempo e seus recursos protegendo uma porcaria de país como a Venezuela, faltarão para cuidar do seu quintal. Ademais, a Rússia já tem um problema muito pior que os EUA, chama-se CHINA, com quem faz divisas e fronteiras, um país cuja doutrina de segurança é bem parecida: conquistar e dominar países limítrofes como forma de proteger seu território. Achar que a Russia vai dispender recursos para cuidar de Venezuela e Cuba,… Read more »

marcosomag
Visitante
marcosomag

Os chineses e russos vêm unindo esforços e integrando suas defesas. E a situação dos EUA é delicadíssima na Europa pois todos lá estão assustados com os movimentos geopolíticos estadunidenses contra a Alemanha, que levou uma “tunda” histórica dos EUA na questão dos imigrantes, que foram expulsos da África do Norte e do Oriente Médio pelas guerras estadunidenses na região (embora a Alemanha tenha uma participação ínfima na ocupação do Afeganistão) e foram parar nas estações ferroviárias alemãs exatamente no momento no qual a Alemanha mostrava seu poderio na Europa “estrangulando” a Grécia e ameaçava unir-se aos BRICS. Emanuel Macron,… Read more »

Socrates Pereira
Visitante
Socrates Pereira

O Brasil vai enviar uma carta de repúdio? Aceitarem o uso de bombardeios e apoio a uma ditadura nas nossas fronteiras? Vamos ficar quieto diante do expansionismo russo do nosso lado? Se eu sou presidente eu mando o embaixador dar um recado: retire seu apoio da Venezuela, não enviei mais materiais militares ou vamos romper relações, nacionalizar e bloquear bens russos no Brasil e romper relações. O brasil como país pacífico não aceita ameaças da Rússia e voo de bombardeiros nas nossas fronteiras.

Dr. Mundico
Visitante
Dr. Mundico

Mesmo legalmente não haveria nenhum problema da base ser construída ou mesmo ampliada.
Como a base já é venezuelana, basta a Rússia “financiar” a ampliação das instalações existentes mediante “empréstimo” e dotá-las de equipamentos compatíveis com suas aeronaves. Assim, mesmo sob administração venezuelana, a base poderia ser utlizada mediante comodato, arrendamento temporário ou gestão conjunta dos dois países. Solução é o que não falta, fiquem tranquilos.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Um país que quer uma base militar de uma potência estrangeira em seu território não pode nem ser chamado de país soberano, se bem que a ditadura de Maduro não tem nada de soberano mesmo.
País soberano de verdade não precisa de base militar estrangeira em seu território, essa é a verdade, tá mais para país incompetente.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Penso a mesma coisa, mas a Alemanha e Japão estão acomodados com bases do invasor americano até hoje.
Brinquei com um vizinho alemão de que a Alemanha não pode falar em soberania enquanto não expulsar os americanos de lá e ele se ofendeu, disse que os americanos estão como convidados por causa da ameaça russa, eu fingi que acreditei….

Maurício.
Visitante
Maurício.

Walfrido, esse é meu pensamento, e isso vale para qualquer país que possua bases estrangeiras em seu território, passando por países aliados tanto dos EUA como da Rússia/China.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Há bases norte-americanas na Grã-Bretanha. Os EUA invadiram a terra da Rainha Walfrido?

Entendeu o porquê do seu raciocínio ser falho?

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

Seu ‘amigo’ deve ter se ofendido com a sua contumaz deselegância, que você considera uma qualidade sem igual e nos ‘brinda’ diariamente com comentários deste nível…

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Elegância nunca foi ou será meu forte, pode ter certeza.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Pesquise em Estratégia sobre Aliança.

Humberto
Visitante
Humberto

Ser soberano é também permitir que um pais tenham bases militares estrangeiras AUTORIZADAS para estar baseada nela. Não vejo qualquer problema nisto.
Inglaterra, Espanha, Alemanha, Bélgica, Japão, Coreia… Não me parecem países que tenham problemas de soberania ou orgulho pelo pais. Tá existem outros como a Turquia, Qatar que não são exemplos, mas também possuem.
Se a Venezuela quer permitir problema deles, deixa eles lá, isto tem mais provocação contra os gringos, não existe o porque se preocupar. Agora que se isto acontecer, a FAB vai começar a ter mais trabalho.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Humberto, cada um encherga a soberania de uma maneira diferente, no meu caso eu não gostaria de uma base estrangeira no Brasil.
No caso da Alemanha e do Japão, e em especial do Japão, de uma pesquisada para você ver se eles aceitam tão bem assim essa presença.

Zampol
Visitante
Zampol

Mauricio, eu vivo distante 3 km da base de Aviano. Você não pode imaginar a riqueza que se difundiu intorno a essa base. Exagerado dizer que Alemanha, Itália e Inglaterra não sejam soberanos. Até Cuba, que tem, a sua revelia, uma base americana, é um país soberano. Não é? A Rússia fica perdendo tempo com esses joguinhos de poder aqui e na Síria, enquanto isso seu pior inimigo cresce de olho no famoso “espaço vital”. Na opinião de vocês país fronteiriço à China, com imensos territórios de densidade populacional quase insignificante pode dormir sossegado? A única saída pra Rússia seria… Read more »

Maurício.
Visitante
Maurício.

Zampol, esses joguinhos de guerra fazem parte do jogo da grandes potências, sinceramente, você acha necessário uma base militar americana na Itália? Foi como eu disse ao comentárista Humberto, cada um tem uma visão diferente sobre o termo soberania, e no meu ponto de vista, um país que precisa de uma base militar estrangeira em seu território, seja lá qual for o motivo, no meu entendimento é um país no mínimo incompetente, já que precisa de uma base militar de outro país no seu próprio país. E veja que eu falo de todos os países que possuem bases militares, seja… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Pesquise em Estratégia sobre Aliança.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

O Chinês pode ser tudo, menos burro de comprar uma briga feia com a Rússia.

marcosomag
Visitante
marcosomag

Os estadunidenses são os maiores inimigos dos russos. Têm planos para desmantelar a Rússia através de fundamentalistas islâmicos que são treinados por forças especiais dos EUA em campos de treinamento na Líbia, Iraque e Afeganistão. Também treinam terroristas uigures, da província de Xinjiang, para tentar desestabilizar a China. A política estadunidense para o século XXI foi demonstrada claramente pela “Doutrina Bush”. É a política de “domínio de total espectro”. Toda a iniciativa para debilitar tal política de domínio mundial dos EUA é bem-vinda. Portanto, são bem-vindos os bombardeiros russos, e mais ainda, as baterias S-300 e S-400, que certamente vão… Read more »

Zampol
Visitante
Zampol

Mauricio, eu vivo distante 3 km da base de Aviano. Você não pode imaginar a riqueza que se difundiu intorno a essa base.
Exagerado dizer que Alemanha, Itália e Inglaterra não sejam soberanos.
Até Cuba, que tem, a sua revelia, uma base americana, é um país soberano. Não é?
A Rússia fica perdendo tempo com esses joguinhos de poder aqui e na Síria, enquanto isso seu pior inimigo cresce de olho no famoso “espaço vital”. Na opinião de vocês país fronteiriço à China, com imensos territórios de densidade populacional quase insignificante pode dormir sossegado?
A única saída pra Rússia seria entrar pra OTAN!

Billy
Visitante

Ameaça de alto grau à disposição dum tiranete desequilibtado que não tem problema algum em matar à fome seu próprio povo. Essa base na venezuela poderá operar bombardeiros que atingiriam as principais capitais Brasileiras sem mesmo sobrevoar o território Nacional. Não há defesa pra isso. Não podemos aceitar essa provocação.

Delfim
Visitante
Delfim

Se Bolsonaro resolver adotar caças tampão, em quanto tempo tais caças estariam disponíveis, considerando o treinamento dos pilotos e pessoal de terra ?
Lembrando que os F-39 só a partir de 2021, e ficarão baseados em Brasília.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Não existe a menor possibilidade disto, mas levaria de seis meses a um ano para algum país entregar um avião e treinar uma equipe que o utilize, isso sem modernização.

Delfim
Visitante
Delfim

Antes tarde que nunca, se o F-18SE tivesse sido escolhido já estaria voando aqui. Nada contra o F-39, é a melhor escolha, mas como disse Garrincha, “não combinamos com os russos”.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Delfim,

Não vai precisar, não existe essa crise que muitos torcem.

Costumo brincar que na ultima CRUZEX 2018 o mais relevante que foi escrito nos relatórios dos observadores Venezuelanos é que a “comida era boa, farta e sem restrições”.

Delfim
Visitante
Delfim

Falta de comida deixa pessoas e nações hostis. Não menospreze. Quem nada tem nada tem a perder.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Sun Tzu fala mas ou menos isso. Mas podemos ler as suas citações quando olhamos o Governo Ditatorial Bolivariano e o povo venezuelano, este ultimo esta ficando sem lugar para fugir (apesar das fronteiras para o Brasil e Colombia). Como Eles não tem mais nada a perder podem se levantar contra o despota que os governa (isso é se podemos chamar aquela ditadura de governo).

Delfim
Visitante
Delfim

Ou atacarem um vizinho mais rico. Não espere racionalidade.

ALDO GHISOLFI
Visitante

Me respondam, por favor: um ataque de mísseis balísticos não tira essa base do mundo?

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Do Mundo não, mas a levará a “Idade da Pedra”.

Não precisa tanto… uma esquadrilha de 12 F-22 e 12 F-35 dão conta do recado em minutos, tudo com armamento convencional.

Rafa_positron
Visitante
Rafa_positron

Sei…

Todos os F22 do mundo não surtem efeito diante de 1 unico Bulava

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

O fato é que 3 F-15E riscam essa base do mapa..,

Agnelo
Visitante
Agnelo

4… 2 elementos

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Sim Ricardo.
Do mesmo leito que todas as bases americanas que lançarem os mísseis também voltarão à Idade da Pedra.
Esse é o mecanismo do terror que surte efeito. Desta forma não teremos ataque nenhum.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Obvio ululante.

Apenas disse que a base seria tão mal localizada que apenas alguns aviões dariam “cabo” dela, muito provavelmente os russos nem veriam (literalmente) o que os acertaram…

Rafa_positron
Visitante
Rafa_positron

E quem irá atacar uma base russa e recer o troco na mesma moeda?

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Olhe o mapa meu caro Rafa! Essa ilha venezuelana fica a módicos minutos de vôo de Curaçao, que com muita frequência recebe aeronaves militares dos EUA.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Não entendo a colocação do autor: “Este jogo geopolítico envolve, por exemplo, a disputa pelas reservas venezuelanas de petróleo, que abastecem o mercado norte-americano.” Perguntas: 1) Existe algum problema em vender o seu Petróleo aos Americanos a preço de mercado? Qual mercado poderia substituir os EUA em matéria de consumo de petróleo Venezuelano??? 2) Ao fazer esse movimento os Russos vão tomar os poços de petróleo Venezuelanos? 3) Se tomarem o Petróleo das mãos dos Venezuelanos pagarão por Ele a preço de mercado? (Obs.: Para fazer isso não precisariam criar uma crise internacional, basta fechar um contrato comercial.) (Obs2.: Tem… Read more »

Rafa_positron
Visitante
Rafa_positron

AGORA O PESSOAL TA SABENDO COMO É RUIM TER ADVERSÁRIO AO REDOR NÉ……

Agora o Pessoal sabe como a Russia se sente com a OTAN bem no cangote

Pimenta no c***** dos outros é chá de Camomila eim, Trilogia

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Rafa,

Não conta para ninguém, mas na face da Terra ninguém acredita que a OTAN quer atacar a Russia.

Me de pelo menos uma razão que deve lhe assombrar para que isso aconteça.

Obs.: Já disse um monte de vezes ai na parte de cima dos comentários que os Russos estão sistematicamente presentes em Cuba a pelo menos 50 anos, e isso nunca mudou a cotação do Dollar. Pode conferir no Mapa, Cuba esta muito, mas muito, muito mais próxima dos EUA dos que essa Ilhota Venezuelana

LEONEL TESTA
Visitante
LEONEL TESTA

Vamos comprar uns 12 tufoes tranche 3 delivery da Alemanha ou Reino Unido pra se garantir rsrsrs. Falando serio essa historia nao vai virar nada

Tadeu Mendes
Visitante

Os EUA não possuem nenhuma base militar na America do Sul.

O que existe, são bases de monitoramento e escuta.(Intelligence gathering).

No caso da Colombia o que existe é uma instalação de radar americana, funcionando dentro de uma base da fôrça aérea Colombiana, operado por pessoal da DIA e suporte técnico da Raytheon.

Quanto aos russos; êles não são loucos de provocar o porrete Americano por causa do zé mané chamado Maduro.

O Brasil pode ficar tranquilo porque se os russos não fizerem a besteira de trazerem armas nucleares para a tal base, nada grave vai acontecer.

Pafúncio
Visitante
Pafúncio

Há uma base americano no Paraguai em Mariscal Estigarribia, no Chaco paraguaio. Além de sensores.

Cronauer
Visitante
Cronauer

Há bombardeiros nucleares nela???

Você não respondeu essa mesma pergunta já lhe feita ali em cima…

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Vamos analisar os fatos: Que uma base na Venezuela e uma boa para Russia, também ninguém duvida, Que o ditador e incompetente maduro venderia ate a mãe por dinheiro ninguém duvida, Que Maduro esta com a reeleição contestada por muitos países ninguém duvida, Que Maduro esta mais sujo que pau de galinheiro e com medo prisão ninguém duvida. Então como todas essas noticias de Venezuela, invasão, aviões da Russia, milicia, começaram depois da reunião com o Presidente Piutin em moscou, pode ser tudo um grande desenrolar de FACTOIDES bolivariano criado na cabeça ideologicamente lesada do maduro para reforçar sua permanência… Read more »

Kommander
Visitante

Acho muito legal a geometria de alguns aviões russos, os desenhos não são “nada normais” do que a gente tá acostumado a ver no ocidente, mesmo assim eles voam que é uma beleza!

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

“Fake news”, “muito barulho por nada”, “alarmismo”, “paranoia”, “não temos nada com isso”.
.
De fato, essa é a mentalidade do homem médio brasileiro.
Não estamos aonde estamos por uma acaso, fizemos por merecer.

HPF
Visitante

O problema não é base nenhuma Senhores.
É o Brasil, esse eterno manso e despreocupado.
Sem memória, sem história importante, sem líderes dignos de qualquer nota, sem façanhas científicas e militares, etc…
Falar da necessidade real do fortalecimento da defesa e do patriotismo nacional é quase pecado.
Esse país tem que ser reinventado.
Quem sabe daqui uns 200 anos melhora.
Quem pode garantir Fernando de Noronha?

Diego Képler
Visitante
Diego Képler

A base Russa bate de frente contra os interesses do novo governo brasileiro no papel regional do Brasil. As bases americanas não se opõe ao nosso governo. Agora a base russa está ali pra defender um ditador que mata seu povo de fome, a base russa está ali pra tirar casquinha de governos autoritários corruptos como sempre faz seja vendendo material bélico ou roubando descaradamente junto aos ditadores. E nós cidadãos livres e democráticos não apoiamos isso. Ainda mais trazendo um avião de capacidade nuclear para uma zona que até agora era livre disso.

Binho
Visitante
Binho

” base russa está ali pra defender um ditador que mata seu povo de fome,”

Aqui tem gente morrendo na porta de hospital, nas mãos de bandidos, em estradas com buracos…..

No fundo é a mesma coisa

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Temos dois cenários nesse caso, levantado pelo amigo Sérgio Santana. O primeiro é a possibilidade de incrementar maiores e melhores capacidades às FFAA brasileiras, não é questão de ficar plantando diabinho, mas de não contar toda a realidade da coisa, para assim buscar mais recursos e projeção (aliás, todo mundo faz isto, então sem falsos moralismos); Segundo é que não devemos tomar partido de ninguém (EUA ou Rússia) e sim fortalecer nossos próprios interesses, sem esse papo de alinhamento automático a este ou aquele país pois, passando ou consolidando esta situação, não iremos declarar guerra a ninguém e com ambos… Read more »

Mf
Visitante
Mf

Receberemos caças F-16C americanos ou israelenses a preços camaradas em breve. E ficarão em Manaus ou Boa Vista. Minha aposta.

Esperar 2025-2030 para um segundo lote de Gripen NG não dá mais. Temos que marcar presença no norte do país.

Delfim
Visitante
Delfim

Possível disso arrebentar antes de chegar o primeiro lote.

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

E outra, a quantas anda (se é que anda) o tal projeto de 5°G sueco?
O tal FS2020 que o Brasil (???) supostamente (????) embarcaria (???) embalado pela parceria com a SAAB com a tal ToT (???)
Ou a lua de mel vai ser só com o Gripen mesmo? Que diga-se de passagem parece congelado no tempo.
Ô cronogramazinho demorado…..

Maurício.
Visitante
Maurício.

Para descontrair, e já que é de graça, eu também vou viajar um pouco na maionese, eu não gosto da presença americana na Colômbia, da russa na Venezuela e nem da chinesa na Argentina, de uma maneira ou outra esses 3 países ou são ditaduras ou apóiam ditaduras mundo afora, esqueçam esses supostos novos caça para a FAB, temos a nossa bomba trocano, vamos construir umas 3 e vamos atacar ao mesmo tempo essa suposta base russa, a americana e a chinesa, pronto, fazendo isso vamos mostrar quem manda de verdade na América do Sul.
comment image

sub urbano
Visitante
sub urbano

É blefe. A Venezuela está dizendo que tem disposição e amigos poderosos, nada mais. Já o nosso próximo governo pode ficar isolado (externa e internamente) em um curto espaço de tempo. Esperem e vejam.

XFF
Visitante
XFF

Vão usar ameaça Russa agora pra vender armas na América do Sul. Até já estão fazendo agitações para o Brasil comprar todo tipo de armas…

XFF
Visitante
XFF

Vão usar ameaça Russa agora pra vender armas na América do Sul. Até já estão fazendo agitações para o Brasil comprar todo tipo de armas…

Os agitadores de Tio Sam e Tio Jacó são muito engraçados.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Se o Brasil aceitar fazer parte da OTAN será um passo estúpido para quem não quer se envolver em beligerâncias externas com atual circunstância da instalação da base russa em Orchila.
O passo acertado é o Brasil manter a aliança com os EUA, aumentar a vigilância na região norte do país em termos terrestre, marítimos e aéreos sem deixa de ser pacifista.
Uma atual entrada na OTAN nos arrastará automaticamente para o esse micro tabuleiro tão sensível aos EUA e Rússia. E como tal sofreremos as consequências desse passo nada inteligente.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Lembrei do episódio do Presidente Gal JBF em sua visita aLindtes para a Dama de Ferro:

“Não ponham os pés em continente Sul Americano….”,

como quem diz “entraremos em ação”.

O Tadeu Mendes exemplificou bem aí para cima.

O Capitão dirá:

“Não ponham artefatos nucleares na América do Sul”,

senão eu chamo o primo Donald.

Kkkkk

Luís Henrique
Visitante

Nós temos um PIB equivalente ao da Rússia.

Se fizermos direito, em anos podemos transformar nossas forças armadas e sermos reconhecidos como potência militar.

Não precisa chegar no tamanho das forças russas, mas da para atingir um nível que nos coloque em um seleto grupo de países, os quais NINGUÉM quer entrar em conflito.

jose
Visitante
jose

pra atingir o status de potência precisamos dominar mais profundamente a tecnologia militar, com o DESENVOLVIMENTO de motores, radares e armamentos etc. só montá-los não adianta nada. enqto isso n ocorrer, seremos meros grandes compradores de armas, nada mais.

esse negócio de “transferência de tecnologia” é um mito que causou e causa gdes prejuízos ao brasil. ninguém transfere tecnologia para ninguém que possa ser um concorrente no futuro.

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Precisamos ter ARMAMENTO NUCLEAR e um foguete com capacidade de alcance global e pronto.
O resto é perfumaria.
Vide a Coréia do Norte que ainda voa com caças da idade da pedra, mas hoje é convidada pelos EUA a sentar-se à mesa para conversar como gente grande.
.
Ah, mas a constituição e o tratado que o Brasil assinou proíbe etc..etc..
Enquanto esse blá,blá,blá, continuar, vamos continuar sendo meros vassalos no mundo.
POTÊNCIA MILITAR de verdade é NUCLEAR, Simples assim.

Luís Henrique
Visitante

Caro José, Na verdade nós somos pequeninos em compra de armas. Concordo que a independência se atinge com investimentos e desenvolvendo uma indústria bélica própria. Mas pouquíssimos países possuem independência quase total e vários são considerados potências militares. O Japão, Israel, a Índia são exemplos de países que não produzem 100% de seus armamentos e são considerados potências militares. Se o Brasil conseguir a reforma da previdência e INCLUIR os militares já no primeiro ano de governo, em 2019. E em seguida aprovar um plano para atingir 2% do PIB para o orçamento de defesa em um prazo de 5… Read more »

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

. “Se o Brasil conseguir a reforma da previdência e INCLUIR os militares já no primeiro ano de governo, em 2019.” . Luis Henrique, Pelo jeito grande parte dos problemas do Brasil são os “privilégios” dos militares.. Então vamos resolver isso? -Os militares passam a ter direito a greve como todo trabalhador. -Os militares passam a ter direito a horas extras como todo trabalhador. -Os militares passam a ter direito a FGTS como todo trabalhador. -Os militares passam a ter direito a adicional noturno como todo trabalhador. -Os militares passam a ter direito a folga nos FDS e feriados como… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Vamos lá… -Os militares passam a ter direito a greve como todo trabalhador. E quando ele souber q a ordem q receberá trará risco de morte, o q é comum em Op Militares? -Os militares passam a ter direito a horas extras como todo trabalhador. -Os militares passam a ter direito a adicional noturno como todo trabalhador. -Os militares passam a ter direito a adicional de periculosidade como todo trabalhador. Esse estudo já foi feito e custa mais ou menos (depende da quantidade de operações) + 60 BILHÕES por ano… -Os militares passam a ter direito a participar de atividades… Read more »

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Visitante

Queridos, a Rússia gasta com armamentos o que o Brasil gasta com o SUS… ou seja, eles tem forças armadas, nós temos um sistema de saúde que, se não é nem longe do ideal, não deixa os brasileiros desamparados.

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Agnelo…

Minhas escusas, o erro foi meu.
Sempre esqueço que escrevendo aqui, escrevo para o homem médio brasileiro, incapaz de interpretar um texto e perceber a sutil diferença entre veracidade e ironia.
É preciso esclarecer sempre.
Então vamos lá: Eu estava sendo IRÔNICO entendeu?

Agnelo
Visitante
Agnelo

Rodrigo
Entendi
Mas achei uma oportunidade muito boa pra mostrar o quão óbvio é mais caro fazer de outra forma.
Sds

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

A Rússia gasta com armamentos o que o Brasil gasta com SUS. Mentira!!! você não conhece em nada a Rússia, o sistema de saúde deles é melhor que o nosso. Como um país que, em tese, seria similar ao nosso é uma superpotência militar e nós não? para começar, os BANCOS comem, só de juros, cerca de 5% do pib. Você sabe quanto isso representa em dinheiro? só para você ter idéia, isso representa toda a indústria automobística brasileira e os bancos levam sem produzir nada. Outra coisa, todos os gastos com nossa previdência representa quase isso, 6% do pib.… Read more »

rodrigo
Visitante
rodrigo

o Brasil, em resposta, tem que fazer um acordo de desenvolvimento de foguetes com a Ucrania, acho que com U$ 1 bilhao na mao deles, transferem tecnologia para gente na hora.

Mf
Visitante
Mf

Nosso PIB é quase 25% maior que o da Rússia

Bueno
Visitante
Bueno

off topc
Aeroporto confins fechado , Avião da TAM na pista dês das 00h

Um voo da Gol teve que desviar , agora as 07:20h-
https://www.flightradar24.com/GLO1321/1eedf06c

Binho
Visitante
Binho

Chamado brasileiro é um dos seres mais burros que eu já vi na vida….ou deve ser efeito do novo presidente batedor de continência pra bandeira dos EUA Russia virou inimiga do Brasil? país que aumentou seu comércio consideravelmente conosco nos últimos anos. Não viram quanto pib brasileiro cresceu depois do inicio do comercio com China, Russia, Índia, Irã, Emirados…. Ou querem importar para mercados fechados e exigentes como Europa e EUA? já chegaram a ler sobre judeu Henry Kissinger? Única coisa que o Brasil deve fazer ir melhorando suas FA para auto defesa, fechar as fronteiras e regular entrada de… Read more »

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

TODO chefe de ESTADO é merecedor de receber continência.
TODA bandeira nacional é merecedora de receber continência.
Entre vários outros..
Isto está no REGULAMENTO das FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS.
.
Prestar continência é simplesmente um CUMPRIMENTO feito por militares. E não um gesto para demonstrar submissão, como você parece imaginar.
.
Se as pessoas pesquisassem um MÍNIMO (5min de Google) antes de sair escrevendo na internet, evitariam passar vergonha.

Binho
Visitante
Binho

A continência é um sinal de respeito tipicamente militar.

Pelas regras militarismo mundial, você deve continência a outro militar (seja que país for) e chefe de estado maior, e bandeira……..

Bolsonaro ocupa um cargo civil e não militar, ou estou enganado?

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Bolsonaro teve formação militar.
Bolsonaro É um Capitão da Reserva do Exército Brasileiro.

Ou estou enganado?

Ademais, ainda que ele ocupe cargo civil (Diga-se de passagem, comandante em chefe das própria Forças Armadas) existe alguma LEI que o proíba prestar continência?
Se existir me informe por favor.
.
Ah… Outra coisa, não existe “regras militarismo mundial” cada país tem suas próprias regras.

Binho
Visitante
Binho

Rodrigo M

“Ah… Outra coisa, não existe “regras militarismo mundial” cada país tem suas próprias regras.”

Eu sou militar 20 anos, as coisas mudaram e eu não sei…….

Você é militar amigo? serviu aonde?

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Toda essa genuflexão é para defender o ciclo político iniciado por um presidiário, onde se fingia falar grosso com os EUA e se falava fino com a Bolívia, que expropriou ativos da Petrobrás sem a correta compensação? Ou então quando o Brasil tornou-se linha auxiliar da diplomacia de Hugo Chávez quando acolheu em nossa embaixada o presidente deposto de Honduras violando de forma flagrante a constituição federal? E o que dizer do acordo nuclear farsesco com o regime iraniano, que foi rejeitado por todos os membros permanentes do CS da ONU (China e Rússia inclusos)? e nem vou falar de… Read more »

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Binho…
.
“Ah… Outra coisa, não existe “regras militarismo mundial” cada país tem suas próprias regras.”

“Eu sou militar 20 anos, as coisas mudaram e eu não sei…….”

Escrita confusa.. Não entendi se você tem 20 anos de idade ou de militarismo.
Enfim, vou entender como 20 anos de militarismo, o que aumenta ainda mais a dúvida..
Há 20 anos quando vc entrou no militarismo por acaso existia “regras de militarismo mundial” ???

Art
Visitante
Art

A guerra fria está bem quente. O que vemos é a Rússia garantir pela força das armas o que o foro de São Paulo perdeu, e ainda Maduro se apoiando em ajuda externa para se manter no poder. Parece que a fome chegou as Forças Armadas e se ele perder o apoio dos militares ele cai. O que vemos é um xadrez da guerra fria, para o Brasil resta modernizar suas capacidades como aviação de caça, misseis de média altura e instalar radares OTH.

Carta Branca
Visitante
Carta Branca

O primeiro problema do Brasil são os sabotadores e traidores em potencial que pode surgir com a presença russa na Venezuela e acirramento de tensões entre EUA/Rússia. Mesmo que o Brasil fique neutro em um cenário assim, os traidores não ficarão, e vão tentar impôr sua decisão a nação. Temos muitos fãs de X, Y e etc aqui no Brasil e poucos fãs do Brasil, mesmo aqui nesse blog isso é visível, e esse cenário é propício para ações de cooptação por serviços de inteligência estrangeira por razão de um acirramento de tensões. É visível essa tendência de distanciamento patriótico… Read more »

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Parabéns, Fan boys americanos. Conseguiram o que tanto queriam: atrairam a atenção dos russos para nós.

Disk-OTAN: ligue já e garanta seu míssel russo – tem para todos os gostos: Satan2, Kalibr, Avanguard, Status-6, Khinzal – é só escolher.

O povo brasileiro não concorda com a ideologia de vocês (aqui na trilogia 90% devem ser fan boys) mas isso não reflete o pensamento do povo brasileiro que é dividido 50% para cada lado. E isso pode ser comprovado nas eleições em que cada lado sempre recebe, em segundo turno, o lado vencedor sempre recebe poucos pontos percentuais acima.

Luís Henrique
Visitante

Para ver como o Brasil precisa evoluir, quase 50% da população votaram em um homem que foi considerado o pior prefeito de São Paulo, e somente fizeram isso porque um presidiário mandou.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Geralmente eu discordo de você Luís mas agora é preciso admitir que você foi perfeito!

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Você realmente acha que essa risível demonstração de “força” dos russos é por causa dos arroubos do nosso presidente eleito? Como diria o filósofo Compadre Washington: “Sabe de nada inocente…”

Arariboia
Visitante
Arariboia

Nossa isso aqui se perdeu de vez. Antes se tinha uma Russia Vs USA / USA vs Russia minimamente bem explicado e com dados. Agora parece que abriram a porta do manicômio. É bomba Nuclear, Misseis de Cruzeiro, Submarinos Balísticos, Fragatas, Destroyer, Centenas e Centenas de caças, PIB*, Helicópteros até jogar dinheiro fora com os coitados dos Ucranianos** e etc… O comedores de crianças estão na nossa porta… e mais devaneios! * A Divida Publica e Privada russa é uma das menores do mundo. Possuem a Quinta maior reserva de dinheiro e Quarta de Ouro do mundo e continuam comprando.… Read more »

GEN Escobar
Visitante
GEN Escobar

A questão não é Brasil e sim USA. Porém incomoda o fato de termos uma força desse porte no terreno do vizinho que está fazendo uma zona na sua casa, entendem?! Isso tudo se resume à: Se a Venezuela estivesse estável e pacificada, não faríamos qualquer alusão que Russia ou USA tenham base lá! Simples assim! Mas…temos um vizinho instável e imprevisível onde seu povo morre de fome e é governado por um tirano comunista! Agora eu acho sim que precisamos olhar para dentro de casa e ver que não temos condições de lidar com as novas ameaças ou “pseudo”… Read more »

Maurício.
Visitante
Maurício.

Rússia e EUA estão convivendo em “paz” na Síria, nem Rússia nem EUA têm coragem de se atacarem, estão envolvidos numa guerra no mesmo país e com objetivos diferentes, quantas bases Americanas os russos atacaram? Quantos caças americanos os russos derrubaram? O mesmo vale para os americanos, qual base russa foi atacada e quantos caças russos os americanos abateram?
Estão sob o mesmo país e cadê a valentia americana e russa para se atacarem?