Home Aviação de Caça Caça furtivo J-20 mostra suas armas no Airshow China 2018

Caça furtivo J-20 mostra suas armas no Airshow China 2018

19294
118

O caça stealth chinês J-20 fez passagens no Airshow China 2018 com as baias de armamento abertas e mostrando seu armamento ar-ar.

Em seu 69º aniversário, a Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (PLAAF) mostrou seu poder no Zhuhai Air Show com uma esquadrilha de caças furtivos J-20, com dois deles realizando manobras e dois abrindo seus compartimentos de armas, apresentando 4 mísseis ar-ar de médio alcance PL-15 (BVR) e 2 mísseis de curto alcance PL-10 (WVR) para dogfight.

O Chengdu J-20 é um caça furtivo de quinta geração, bimotor e desenvolvido pela Chengdu Aerospace Corporation para a PLAAF. O J-20 fez seu primeiro voo em 11 de janeiro de 2011 e tornou-se operacional em 2018.

Com o desenvolvimento do J-20 e sua planejada fabricação em massa, a China espera pôr em xeque a supremacia aérea dos EUA na região Ásia-Pacífico.

Subscribe
Notify of
guest
118 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rui chapéu
Rui chapéu
1 ano atrás

Existe alguma explicação técnica para os mísseis serem daquela cor?
E outra, eles não usam aquele sistema de “argolas” que os americanos usam nos seus mísseis, que cada cor significa uma coisa?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rui chapéu
1 ano atrás

Mísseis azuis são mísseis de manejo.

MGNVS
MGNVS
1 ano atrás

Esses caças da China nao parecem ser so uma maquete.
Parecem estar bem operacionais.
A questao pertinente que fica é sobre a qualidade e capacidade da avionica e se realmente sao um stealth puro de fato.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

Quem sabe la sul do mar china possa se conhecer

Rui chapéu
Rui chapéu
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

Eu não sei qual dúvida vcs tem com aviônicos e eletrônicos em geral.
Daquele lugar sai tudo que é tipo de software e hardware que são exportados pro mundo inteiro. Eles tem engenheiros e técnicos de montes.
Não sei pq ficariam atrás de outros.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Rui chapéu
1 ano atrás

Rui Chapeu
A duvida fica sobre maiores especificacoes e eficacia do aviao em seus testes de certificacao, ja q a força aerea chinesa nao divulga tais dados. Quanto a eletronica e software todos sabem da capacidade chinesa de engenharia na area e tambem da ciber-espionagem.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Rui chapéu
1 ano atrás

O chineses não são tão bons em softwares assim não, quem domina isso é os EUA.
Eles são os mestres do hardware, a cidade de Shenzhen é conhecida como capital do hardware. Mas em microprocessadores os EUA são os que ainda dominam.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

Só gostaria de saber uma coisa… Como q se sabe, por fotos, q um avião “parece” estar bem operacional ?

MGNVS
MGNVS
Reply to  Alfredo Araujo
1 ano atrás

Alfredo
A propria foto ja responde a sua pergunta.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

hahahaha
Ok !

Pedro Bó
Pedro Bó
1 ano atrás

Pode soltar pecinha, precisar de ar-condicionado e outros deméritos citados constantemente por comentaristas em um outro blog de aviação, mas o bicho é bonito!!!!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Pedro Bó
1 ano atrás

Muito bonito e não quebra o trem de pouso

J-20
J-20
Reply to  Pedro Bó
1 ano atrás

Está falando do tupiniquim que acha que é um navio inglês? Pode falar nele, cadê ele nesse blog? Sumiu de vez.

Marcelo
Marcelo
Reply to  J-20
1 ano atrás

ele disse em outro blog que nao vem mais aqui…

Alex
Alex
Reply to  Marcelo
1 ano atrás

Ah que bom!

J-20
J-20
Reply to  Marcelo
1 ano atrás

Tradução: não é capaz de falar nada em um ambiente que controla os comentaristas tóxicos ou ofensivos.

Dr.Telêmaco
Dr.Telêmaco
Reply to  J-20
1 ano atrás

Eu achava que ele tinha sido “convidado a se retirar” daqui rsrsrs

Wagner
Wagner
1 ano atrás

Tanto o f117, f22 e f35 são furtivos em qualquer ângulo, os caças furtivos chineses e russos são furtivos somente na parte frontal.

Kelvin
Kelvin
Reply to  Wagner
1 ano atrás

Por quê?

Abner
Abner
Reply to  Wagner
1 ano atrás

O único caça furtivo de todos os ângulos é o f-22, os demais só são de frente.
E com base em que você diz que o j-20 é furtivo só de frente?

Kelvin
Kelvin
Reply to  Abner
1 ano atrás

Não mesmo. Basta ver o bocal do motor do F-35.
O único, em operação, em que isso foi cuidadosamente observado é o F-22, com seus nozzles stealth.
Não há muita diferença na assinatura radar traseira do F-35 e do J-20.

J-20
J-20
Reply to  Kelvin
1 ano atrás

Na verdade, tem. O motor do J-20 é mais exposto, já o do F-35 é quase enterrado na fuselagem, bem depois dos profundores, isso sem contar com seu bocal serrilhado que é uma medida para desviar ondas de radar. No futuro, o J-20 terá os seus bocais serrilhados também, mas por enquanto, apenas o protótipo Nº 2021 tem e está em fase de teste.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Wagner
1 ano atrás

Repasse estes dados para os americanos.
Eles devem se interessar, porque nem eles sabem disso.

Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Mas você sabe que ele é stealth até virado do avesso.

Wagner
Wagner
Reply to  Wagner
1 ano atrás

Quais as fontes?

Dr.Telêmaco
Dr.Telêmaco
Reply to  Wagner
1 ano atrás

A velha e boa “engenharia olhométrica”. Nessa ciência os brasileiros são imbatíveis.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Dr.Telêmaco
1 ano atrás

‘Engenharia olhométrica’ aliada a uma boa dose de ‘chutometria’ e regada a quantidades cavalares de complexo de vira-latas.

FLAVIO MARQUES DA SILVA
1 ano atrás

O que eu não consigo entender é como os “Pastéis de Flangos” conseguem desenvolver um caça fultivo, com uma tecnologia de ponta, mas não conseguem desenvolver um caça para operar no seu porta-aviões, já que os que estão lá não passam de cópias baratas do su30 .

AL
AL
Reply to  FLAVIO MARQUES DA SILVA
1 ano atrás

Flávio, eles já estão com a mão na massa no tocante a aeronaves embarcadas:

https://www.naval.com.br/blog/2018/07/06/china-desenvolve-novo-caca-embarcado-para-substituir-seus-j-15/

Wagner
Wagner
Reply to  FLAVIO MARQUES DA SILVA
1 ano atrás

Qual o problema? Ingleses além de não desenvolver nada stealth também não desenvolvem aeronaves para pouso enganchado. Aliás, desde o Harrier lá nos anos 70 eles não desenvolveram nada de asa fixa para uso embarcado. Se usar seu raciocínio, não dá para entender como eles desenvolveram o Typhoon sem possuirem capacidade de construir uma aeronave que preste para uso embarcado…

João Francisco Neves
João Francisco Neves
1 ano atrás

MGNVS, a China não fabrica maquetes, eles aprenderam tudo graças ao ocidente que transferiu todas as suas fábricas para lá, a fim de aproveitar a mão-de-obra escrava. Com isso eles aprenderam tudo e agora estão fazendo por conta própria, mas o problema é que eles não inventam , pois ainda não tem criatividade, por enquanto só copiam, modificam algumas partes, mas vc pode reparar que é tudo cópia, mas funcionam 100% e não se deve subestimar os chinos, que ainda vão dominar o mundo se ninguém fizer nada.

MGNVS
MGNVS
Reply to  João Francisco Neves
1 ano atrás

Joao Francisco
Se a sua analise se confirmar entao o caça chines esta bem a frente do caça russo.
Nao subestimo a China, pelo contrario, no ritmo q estao produzindo material militar muito em breve eles chegarao a equiparacao com os EUA.

Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

O que é muito em breve para você ?

MGNVS
MGNVS
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Rodrigo Martins
Muito em breve foi modo de falar
Mas como a China hj ja esta produzindo quase um navio por ano… entao… posso dizer q sim… em breve a China tera meios suficientes para confrontar os EUA.

nonato
nonato
Reply to  João Francisco Neves
1 ano atrás

Trump precisa agir…

MGNVS
MGNVS
Reply to  nonato
1 ano atrás

Nonato
E o Trump ia agir como?
Os EUA lançariam sançoes economicas ou um ataque preventivo contra a China?
Voce so pode estar de brincadeira.

nonato
nonato
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

Se não agir agora por vontade própria, no futuro nem se quiser conseguirá fazer nada. Tem duas alternativas: 1) ficar assistindo para evitar uma guerra; 2) entrar numa fuerra perdida quando a China agir… A China deixa bem claro. Quer confronto. Vai ficar assistindo e esperando a China ter mil navios de guerra? 10.000 aviões de caça? Os EUA têm medo de entrar numa guerra agora? A China não tera medo algum. Não se trata de haver guerra ou não. Mas de quando haverá e quem vai decidir começar e quem estará em superioridade. A China prefere começar quando estiver… Read more »

WVJ
WVJ
Reply to  nonato
1 ano atrás

Porque diz que a China quer confronto? Pode até querer no mais obscuro pensamento de dominação ‘comunista’ humano, mas, desde que acompanho, eles agem como se quisessem um mundo multipolar, coisa que vários países importantes do mundo também querem, exceto EUA.

MGNVS
MGNVS
Reply to  nonato
1 ano atrás

Nonato Meu caro… jamais havera essa guerra EUA x China e nem guerra EUA e Europa x Russia. Simplesmente pq nao seria guerra, seria a extinçao da raça humana. Diante das cameras um quer latir mais alto que o outro mas nos bastidores tudo é resolvido sem que um tiro sequer seja disparado. A Russia retomou a Crimeia e ficou por isso mesmo. Se a China invadir Taiwan acontecera a mesma coisa, os EUA vao latir mas nao vao fazer nada. Os EUA e a OTAN tomaram Kosovo da Sérvia, a Russia esbravejou pq a Servia era aliada de Moscou… Read more »

Ignacio Fernandes
Ignacio Fernandes
Reply to  nonato
1 ano atrás

Excelente visão! O problema é que estamos indefesos. Especialmente em uma área da guerra moderna que á a informacional. Basta ver esta catástrofe que foi a ultima eleição. No final nos dera a escolha entre Satã e o Diabo.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  João Francisco Neves
1 ano atrás

“Mão de obra escrava”

Na China não existe escravidão, apenas inexistem leis trabalhistas, empregador e empregado são livres para negociar termos sem precisar de justiça do trabalho e sindicatos cagando regras. Os chineses são altamente produtivos, e até onde eu sei produtividade e escravidão não se misturam.

Alfredo RCS
Alfredo RCS
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Nem existem salários, pois não existe lei de mercado, pois o mercado lá é o Estado…

As leis trabalhistas existem sim, o trabalhador entra com a bunda e o Estado com o coturno…

Alfredo RCS
Alfredo RCS
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

E se o escravo, digo, trabalhador reclamar, o Estado passa por cima deles com tanques de guerra.

Tai o massacre da Praça da Paz Celestial para provar….60 mil mortos, entre manifestantes e familiares…

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Que mistureba heim!

Misturou trabalhador com protestante, empresa privada com estado…..

Nunca ouvi falar de policial chines entrando em empresa e prendendo trabalhador.

Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Alfredo RCS
1 ano atrás

Seria por que lá não tem exatamente liberdade de imprensa ?

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Defensor da Liberdade (11 de novembro de 2018 at 20:15 ), você já morou lá? Conhece, in loco, a realidade chinesa? Conhece quem tenha vivido lá alguns anos, trabalhando para empresas chinesas (e não me refiro a ocidentais trabalhando para filias de empresas ocidentais lá instaladas)? É claro que o termo “escravidão” é aplicado sob a ótica do Ocidente, com seu prisma de estado social, mas as condições de trabalho na China são péssimas, os direitos inexistentes e o trabalhador não tem voz nenhuma nem, muito menos, a quem reclamar. Não fosse exatamente assim, eles não seriam o país da… Read more »

RODRIGO
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Salario medio do setor industrial chines superou Brasil e Mexico e já avança sobre os países menos desenvolvidos da zona do Euro: https://oglobo.globo.com/economia/salario-medio-de-setor-industrial-na-china-ja-supera-do-brasil-20986009

Dodo
Dodo
1 ano atrás

É o poder do comunismo

João Augusto
João Augusto
Reply to  Dodo
1 ano atrás

AUEHAUEHAEUEHUAEHAEUEHEUEAHUAEHAEUAEHAEUAHEAEHEAHU
Não.

carcara_br
carcara_br
1 ano atrás

Só digo uma coisa:
Maturidade!
Aos que comentaram que a china não é isto tudo apenas porque comprou Su-35 e S-400 da Rússia, abram suas mentes!
Lembrem-se nós (Brasil) quase levamos Pansistir por motivos de balança comercial, a china pode está comprando boa vontade dos russos, não apenas a tecnologia pela tecnologia….

nonato
nonato
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Boa vontade vendida barata.
Em troca de 25 caças…

Julio
Julio
1 ano atrás

Porque as baias dos misseis de curto alcance não estão abertas, e os misseis estão presos nelas pelo lado de fora?

Bosco
Bosco
Reply to  Julio
1 ano atrás
Julio
Julio
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Obrigado.

BMIKE
BMIKE
1 ano atrás

Verdadeiro tijolo voador com pintura furtiva…

Kelvin
Kelvin
Reply to  BMIKE
1 ano atrás

Falou o ispessializta…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  BMIKE
1 ano atrás

Deixa eu te dar uma tijolada, aí tu descobre se mata ou não.

José
José
Reply to  BMIKE
1 ano atrás

E verdade,não passa de um simulacro das aeronaves americanas,por um lado ela é furtiva,os chinas se especializaram em furtar,dai furtiva,tecnologia do ocidente,porém vc não pode se expressar assim,é que o torcida chinesa protesta ofende.Isso é perigoso!

Nilo Rodarte
Nilo Rodarte
1 ano atrás

Uns dizem que a tecnologia furtiva está com os dias contados porque russos e chineses já criaram tecnologia de radar que invalida essa vantagem, mas estão criando aviões furtivos e com as mesmas soluções tecnológicas dos americanos. Outros dizem que o combate BVR e a tecnologia sthealt matou o dogfight, mas esse caça tem misseis especialmente voltados para esse cenário. Ou seja, tecnologia vai e vem, mas teoria é uma coisa e pratica é outra. Na hora que o bicho pega, ninguém quer abrir mão do que já é conhecido e efetivo.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Nilo Rodarte
1 ano atrás

Quem fala sobre que furtividade esta com dias contados ou não sabe o que significa ou não ideia do seja, mesmo que tenha alguma tecnologia de detecção a furtividade ainda será útil em qualquer cenário de conflito, por uma razão muito simples, toda estação de radar também é um alvo a ser atingido.

Marcos10
Marcos10
1 ano atrás

A baia de armas está muito a frente do Centro de Gravidade da aeronave (vide onde estão as asas). Completamente armado o Centro de Pressão vai se deslocar para frente e terá de ser compensado pelo canard.

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Marcos10
1 ano atrás

Visualmente até parece mesmo.
Mas é bom lembrar que esse avião foi desenvolvido com uso de computação gráfica “hardcore” e certamente está muito além do que nós meros entusiastas possamos imaginar.
Já foi comentado que ele bem como o F-22, F-35.. Usam a própria fuselagem para também gerar sustentação.
Sem contar o próprio fly-by-wire etc…

Fabio
Fabio
1 ano atrás

Bom, não sei até onde esses caças são eficientes,mas só sei de uma coisa,me agrada o visual porque lembra um pouco do caça do filme a raposa de fogo,no filme era um caça com ficha técnica 100 anos a frente de seu tempo kkkkkkkkkkk, gostava deste filme,ele era do tipo asas em delta com aletas canard mas possuía uma geometria incomum como o f117 ,ele era angular 😃

Chico Novato
Chico Novato
1 ano atrás

Eu não duvido nem um pouco da capacidade tecnológica e industrial dos chineses. Só que tem algo que nem todo o dinheiro do mundo compra… Experiência. Os americanos já estão botando em campo sua terceira geração de aeronaves discretas ou de baixa assinatura, enquanto Rússia e China estão recém lançando seus primeiros modelos, quissá testando em combate.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Chico Novato
1 ano atrás

Quem não tem experência e tem dinheiro compraquem tem experiência.

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Chico Novato
1 ano atrás

Chico Novato,
Eita.. Então lascou-se a fortuna que estamos pagando na tal ToT!

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Chico Novato
1 ano atrás

“O homem que move montanhas, começa carregando pedras pequenas”

Ditado Chinês

Chico Novato
Chico Novato
Reply to  Chico Novato
1 ano atrás

Depois que chineses apresentarem pelo menos uma década de resultados da tecnologia “stealth” comprovados em combate (o que eu acredito que vai acontecer, inevitavelmente) eu começo a comparar eles com os americanos. Até lá, temos somente protótipos e promessas.
Os russos, ao que parece, já enviaram seus Su-57 a Síria, as próximas gerações dessa aeronave certamente vão apresentar modificações oriundas do aprendizado em operação.

Bispo
Bispo
1 ano atrás

Estava lendo um post do Business Insider, escrita por Michael Kofman (Senior Research Scientist at CNA Corporation) sobre o F-22 , SU-57 e J-20. Ele foi direto, SU-57 é avião “invisível” de “pobre”, rs, muito capaz , porem não se iguala em termos de furtividade a F-22/35. Para ele SU-57 é superior ao J-20 , em tudo , aviônicos, furtividade etc. Por fim o site pergunta – Então, você poderia tomar o Su-57 sobre o J-20? Kofman: eu tomaria qualquer avião russo-projetado com motores russos concebido em que mais de qualquer plano Chinês-projetado com velhos motores russos na mesma. Eu… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bispo
1 ano atrás

Em termos de furtividade não é não. Só pelo desenhos das asas e o aliamento da mesma com a cauda da pra ver que o J-20 é mais stealth. Sem contar o canopy que no J-20 é igual aos dos stealths americanos e no SU-50 convencional, além de que por fotos o J-20 parece ter uma qualidade de construção de melhor qualidade, o que é fundamental para o conceito stealth, já foi comprovado que o SU-50 não tem essa qualidade, pq os russos não conseguiram importar o maquinário necessário e nem aprender todo o know-how. O SU-50 deve ter sistemas… Read more »

ScudB
ScudB
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

So entendi que : um deles é comprovadamente melhor porque (acha que) obviamente(!) um é muito mais ja que o outro é bem menos pois parece que um deles não foi tão bem como outro foi .E achando que estou com razão estou certo!Serio.. Tem diploma de aerodinâmica e eletrodinâmica? Tem acesso aos dados REAIS e/ou importância de “desenho das asas e alinhamento com cauda” para RCS frontal? Ou por acaso tem algum , pelo menos , dado sobre tipo de cobertura e diferenças “fisico-químicos” de película de canopy de todos os modelos citados? Caso a resposta seja “não” sugiro… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  ScudB
1 ano atrás

O alinhamento entre frontal e traseiro entre as asas e cauda, o formato do canopy, o bocal dos motores, a qualidade de construção do avião, até mesmo a qualidade de parafusos e o modo de como aplica-los, o formato externos e internos dos dutos de ar tudo isso afeta o conceito de Stealth. E a fotos suficiente na própria internet que prova que o Su-57 não tem as asas completamente alinhadas com a cauda, principalmente no aspecto traseiro, não tem a qualidade de construção de caça de quinta geração, há espaçamentos entre as soldas em algumas partes, não tem um… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

E vc acha que os milhares de cientistas chineses e russos não sabem disso? Precisa que vc os alerte sobre isso?
Fala sério!!!!!!

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Então pq o SU-57 não tem essas coisas?
Me diz.
O J-20 é mais furtivo que o SU-57, gostem ou não.

Bosco
Bosco
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Augusto,
Esses conceitos são relativos à técnica de forma. Na medida que a tecnologia de material RAM evolui, a técnica de forma passa a ser menos determinante.

Antonio,
Quando é pra criticar o F-35 vocês passam a mesma impressão em relação aos engenheiros da Lockheed.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

RAM hoje só representa 10% da capacidade Stealth.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Bispo
1 ano atrás

“Wagner 11 de novembro de 2018 at 12:18 Tanto o f117, f22 e f35 são furtivos em qualquer ângulo, os caças furtivos chineses e russos são furtivos somente na parte frontal.” Não resta duvidas de que a tecnologia stealth desenvolvida pelos eua é a mais avançada…MAS SÃO INVIÁVEIS E INSUSTENTÁVEIS PARA SE MANTER…é por isso que a linha de produção do f-22 e do b-2 acabaram tendo que serem desativadas…pois nem mesmo os eua tem condições de bancar estes grandes abacaxis… fundado no fim do século XIII no noroeste da Anatólia na vizinhança de Bilecik e de Söğüt pelo líder… Read more »

MGNVS
MGNVS
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 ano atrás

Cavalo do Cão Analisando a questao pelo seu ponto de vista entao a sua suposicao se apresenta correta. A capacidade de producao industrial chinesa tendo a seu dispor bilhoes de pessoas em mao-de-obra lhes da grande vantagem numa guerra convencional, restando ao atacante apenas a opçao nuclear, o que seria altamente contraproducente. Mesmo que um F35 americano derrube 10 caças chineses de 4 geracao, ele nao poderia derrubar 100, ao passo q a China poderia repor esses caças em curto prazo de tempo. Isso fora outros armamentos. O que sobraria para o EUA seria um ataque nuclear, mas isso geraria… Read more »

Mauricio R.
1 ano atrás

A capacidade industrial aeroespacial chinesa é o seguinte: eles gramaram 40 anos até se tornarem capazes de clonar o “Black Hawk”.
Um produto ocidental, da metade dos anos 70.
Só no J-10 que todo mundo gosta de dizer que é um clone de “IAI Lavi”, foram por baixo 23 anos.
E 4 trocas de motorização.
Mas não se enganem, eles lá são disciplinados, aplicados, aprendem com os próprios erros e os erros dos outros; especialmente os soviéticos e dos próprios norte americanos.
Não são Embraer, não.
E eles tem dinheiro, muito dinheiro.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Mauricio R.
1 ano atrás

Esses J20 está mais para MIG 1.42 que para Lavi.

Mikhail Bakunin
Mikhail Bakunin
Reply to  Marcos10
1 ano atrás

Leia de novo, ele comentou J 10.

Marcos10
Marcos10
1 ano atrás

A China teve imensa dificuldade em certificar seus aviões civis, tanto que apelou para um consorcio russo para desenvolver seu avião de fuselagem larga. Os russos, com larga experiência, estão apanhando para desenvolver o Su-57 e dai os chineses aparecem com um avião furtivo em um estalar de dedos?

Marcelo
Marcelo
1 ano atrás

Esse J-20 leva 6 mísseis internamente. Alguém sabe me dizer quantos mísseis o F-22 e o SU-57 levam internamente ?

Bosco
Bosco
Reply to  Marcelo
1 ano atrás

Marcelo,
Ambos levam 8 mísseis (6 BVR e 2 de curto alcance).

J-20
J-20
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Na verdade, o Frazor só pode levar 4 ou 6 mísseis internamente, dependendo da configuração. É bait a história de que ele possui duas pequenas baias laterais de arma.

Bosco
Bosco
1 ano atrás

Apesar de não ter fotos mostrando seis R-77 nas baias internas. Mais provável é que só caibam 4 R-77 internamente.

Léo Neves
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco
Creio que sejam 6 , pois ele leva 4 misseis de cruzeiro daquele testado na síria , então provavelmente cabem 6 misseis R-77 .

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

Processadores ?

Desenvolvimento desses ?

Israel, USA e …..

China copia ….

E os motores ?

Somente provado em combate.

Japão tem que parar de reinventar a roda,
compra logo F 15 SPHF e F 35, passa a régua.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

O sonho dos japoneses é o F-22, mas esse vai ficar apenas nos sonhos mesmo.

J-20
J-20
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

O que barra a venda do F-22 não é nem sua suite eletrônica, pois os japoneses conseguiriam fazer algo parecido ou melhor com uma mão amarrada nas costas. O problema é o material composto utilizado na fuselagem do F-22 que o faz absorver as ondas de radar. Isso os americanos não querem revelar de jeito nenhum.

Mauricio R.
Reply to  J-20
1 ano atrás

O que barra a venda do F-22 ao Japão, a própria USAF, ou a qualquer um que o queira, é que o ac já não é mais fabricado em série.
E boa parte de seus jigs, já virou ferro velho.
A própria Lockheed já lhes ofereceu um híbrido de F-22/35.
Resta saber se o Japão tem interesse.

J-20
J-20
Reply to  Mauricio R.
1 ano atrás

O que eu disse foi exatamente o motivo pelo qual foi baixado a lei federal que proíbe a venda do F-22 para o estrangeiro. O Japão já estava com um estudo para adquirir o F-22, mas a lei federal caiu como um balde de água fria no alto comando japonês, temente a expansão do poderio aeronaval chinês.

Marcos10
Marcos10
1 ano atrás
Bardini
Bardini
1 ano atrás

comment image

carcara_br
carcara_br
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Em termos de proporção e volume os compartimentos internos se parecem bastante pelas fotos. Talvez o chinês seja até maior dado o tamanho do J-20. Talvez o diferencial seja a forma e arranjo dos mísseis internamente.

nonato
nonato
1 ano atrás

Se os EUA não quiserem agir agora, quando podem, no futuro talvez queiram, mas não possam mais…

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  nonato
1 ano atrás

O que os EUA podem fazer agora?

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  nonato
1 ano atrás

Pois é, a única coisa que os EUA podem fazer é mandar ICBMs carregados de nukes na China, mas isso traria uma catástrofe humanitária e econômica sem precedentes.

DomVitto
DomVitto
1 ano atrás

Olá caros colegas! Confesso que estou bem impressionado com a capacidade de alguns usuários, de avaliar o nivel de furtividade de uma aeronave no “olhometro”. Já adianto que sou bastante leigo no assunto. Sei que o stealth, além do material e da “tinta”, está diretamente relacionado a forma e ângulos de uma aeronave. As ondas do radar batem na fuselagem e são absorvidas ou refletidas em direção oposta ao radar. Pegunto. As formas “retas e angulares” estão consolidadamente comprovadas serem mais eficientes do que as formas curvas arredondadas ? Seria correto afirmar que (hipoteticamente), se tivéssemos 3 aviões, de massa… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  DomVitto
1 ano atrás

A esfera e a pirâmide teriam RCS menores que o do Cubo.
Partindo do pressuposto que o topo da pirâmide seria o “bico” da aeronave.

DomVitto
DomVitto
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Augusto, obrigado pela resposta !

Augusto L
Augusto L
Reply to  DomVitto
1 ano atrás

E a esfera teria RCS menor que a pirâmide, é só olhar o F-117 e os F-22 e 35.

Bosco
Bosco
Reply to  DomVitto
1 ano atrás

Dom, Sem prejuízo da resposta do Augusto, a forma piramidal facetada do F-117 era devido à deficiência computacional da época. Era muito mais fácil “calcular” o ângulo de reflexão de uma feixe de radar sobre uma superfície plana que se fosse uma superfície arredondada. Hoje, com computadores modernos, pode-se desenhar uma aeronave que atenda à “técnica de forma” proposta inicialmente pelo físico russo Ufimtsev sem que a aeronave fique parecendo uma nave alienígena, mantendo as superfícies suaves e arredondadas. Por isso o F-22 e o F-35 lembram aeronaves convencionais. Somado ao maior poder computacional que possibilitou o desenho de células… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Sim, mas uma esfera tem menos pontos de reflexão que uma “pirâmide”, ou, triângulo.
É assim como F-117 é menos Stealth que os F-22 e o F-35, só fiz uma conexão

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Partindo do principio que gosto não se discute, apenas falo que não acho esse avião tão bonito assim (só Eu consigo ver uma grande semelhança do F-22 na parte do bico e da cabine?) Nem precisa ser tão eficiente assim. Eles vão atacar quem?? O Japão? Ali não precisa de avião invisível, basta saturação. Se diminuir a assinatura de radar já está de bom tamanho. A unica coisa que questiono nos aviões furtivos Chineses e Russos é a questão dos motores. Os americanos tomaram um cuidado danado com a assinatura térmica do F-22 e o mesmo não parece ser notado… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

… um evento impossível.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Na verdade não.

MARCOV
MARCOV
1 ano atrás

“Avic’s J-31 Fighter Is a Winner After All”

http://aviationweek.com/defense/avic-s-j-31-fighter-winner-after-all

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
1 ano atrás

“DSC 12 de novembro de 2018 at 2:34 Abner O F-35 (e também o F-117 o era) é também furtivo de todos os ângulos/lados.” “Capacidade de manobra e voo 3.13: O desempenho furtivo do JSF, refletido na modelagem, foi otimizado em torno desse modelo, com análises técnicas independentes mostrando que a aeronave terá um stealth viável no setor frontal, mas um desempenho furtivo muito mais fraco nos setores de viga e popa. O mercado em evolução de radares e mísseis de superfície a ar, no entanto, tomou um rumo diferente daquele antecipado quando o programa JSF foi lançado. Os SAMs… Read more »

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
1 ano atrás

“Helio Eduardo 12 de novembro de 2018 at 8:16 Defensor da Liberdade (11 de novembro de 2018 at 20:15 ), você já morou lá? Conhece, in loco, a realidade chinesa? Conhece quem tenha vivido lá alguns anos, trabalhando para empresas chinesas (e não me refiro a ocidentais trabalhando para filias de empresas ocidentais lá instaladas)? É claro que o termo “escravidão” é aplicado sob a ótica do Ocidente, com seu prisma de estado social, mas as condições de trabalho na China são péssimas, os direitos inexistentes e o trabalhador não tem voz nenhuma nem, muito menos, a quem reclamar. Bastariam… Read more »

RODRIGO
1 ano atrás

Salario medio do setor industrial chines superou Brasil e Mexico e já avança sobre os países menos desenvolvidos da zona do Euro: https://oglobo.globo.com/economia/salario-medio-de-setor-industrial-na-china-ja-supera-do-brasil-20986009

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  RODRIGO
1 ano atrás

João Francisco Neves 11 de novembro de 2018 at 12:20

MGNVS, a China não fabrica maquetes, eles aprenderam tudo graças ao ocidente que transferiu todas as suas fábricas para lá, a fim de aproveitar a mão-de-obra escrava. Com isso eles aprenderam tudo e agora estão fazendo por conta própria

….

“Os capitalistas nos venderão a corda com a qual os enforcaremos”

Lênin

Bosco
Bosco
1 ano atrás

“ótica ocidental de escravidão” rrsrss
Eu já posso morrer!

Heli
Heli
1 ano atrás

Interessante notar que ele esta levando “apenas” 4 misseis na baia central. Também não pude deixar de notar que os misseis de curto alcance estão fixados na lateral…