Home Aviação de Ataque Forças Aeroespaciais Russas vão receber caças Su-57 no cronograma

Forças Aeroespaciais Russas vão receber caças Su-57 no cronograma

12637
26
Sukhoi Su-57
Sukhoi Su-57

MOSCOU – Os testes dos caças de quinta geração Su-57 da Rússia continuam em regime normal, a aeronave será entregue às Forças Aeroespaciais russas dentro do cronograma, segundo o vice-ministro da Defesa da Rússia, Alexei Krivoruchko.

“A entrega de jatos de combate multifunção Su-57 às unidades de aviação das Forças Aeroespaciais da Rússia será realizada de acordo com o programa estatal de aquisição de armas até 2027”, disse ele.

O Su-57 (também conhecido como Prospective Airborne Complex da Frontline Aviation – PAK FA ou T-50) é um jato de combate multifunção de quinta geração da Rússia. Ele é projetado para destruir todos os tipos de alvos aéreos e terrestres e navais, monitorar o espaço aéreo a longas distâncias da base de desdobramento, destruir quartéis-generais, postos de comando e sistemas de controle do adversário.

O jato pode empregar uma ampla gama de armas guiadas e não guiadas, incluindo mísseis ar-ar de curto, médio e longo alcance, mísseis guiados ar-terra de várias famílias, bombas inteligentes de 250, 500 e 1.500 kg (a última de transporte externo).

A forma da aeronave, materiais e revestimento refletem e absorvem ondas de radar, bem como sistemas de guerra eletrônica, diminuem a assinatura do Su-57. A assinatura do radar é diminuída quando as armas são transportadas dentro da aeronave. As medidas enfraquecem o sinal e o desviam da fonte. Radares adversários não recebem informações sobre a localização e a velocidade da aeronave. A assinatura ótica baixa é fornecida pela pintura de camuflagem digital (pixel) do avião.

Um protótipo T-50 com motores de primeira fase (tipo 117) fez seu primeiro voo em janeiro de 2010. Dez aeronaves participaram dos testes de voo no âmbito do programa PAK FA. O T-50 com motores de segunda fase (tipo 30) fez o voo inaugural em dezembro de 2017.

Em fevereiro de 2018, dois T-50 foram testados na Síria, onde eles dispararam mísseis de cruzeiro operacionais-táticos.

FONTE: TASS

26
Deixe um comentário

avatar
15 Comment threads
11 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
22 Comment authors
WagnerWalfrido StrobelHeyarthDr.TelêmacoBeto Santos Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Aos poucos, as coisas vão se acertando.
Em tempo: Belíssima aeronave.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Belíssimo avião.
Os russos tem se mostrado competentes ao longo de décadas. O que pesa contra a indústria russa é a incapacidade de manter um pós venda eficiente, vide o avião regional da Sukhoi.

Flanker
Visitante
Flanker

Vocês juram que esse avião não tem problemas? Não apresentou nenhum percalço de desenvolvimento? Me engana que eu gosto! Claro que teve, tem e terá problemas, só que a Rússia, assim como a China e seu J-20, não divulgam os problemas, erros e defeitos. Só mostram alguma coisa quando dá certo. No quesito unicamente de beleza, acho os estabilizadores verticais muito pequenos, em desarmonia com o restante do airframe. Avião russo, no quesito exclusivamente de beleza, para mim, é a família SU-27/30/35. O SU-34 acho feio. E ainda, somente considerando beleza, acho o mais bonito de todos o Rafale. Gosto… Read more »

Overandout
Visitante
Overandout

Ta brincando? Acho o SU-34 muito elegante! Parece um ornitorrinco kkkkk

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Flanker, no quesito beleza, e apenas no quesito beleza, eu fico mais com os MiG-35. Na minha opinião, uma das aeronaves modernas mais belas à alçar vôo. Acho bonita toda a família do MiG-29, mas o ’35’ é o ápice. Mas também acho o Su-34 bonito, emora eu não curta muito as formas da família do Su-27 hehehehe

Washington Menezes
Visitante

Flanker, sinceramente nenhum site diz que o desenvolvimento do SU 57 é perfeito, e o fato de o desenvolvimento ser discreto ou mesmo sem informações eu pessoalmente acho correto, afinal é uma informação que pode ser explorada pelos adversários, no caso dos EUA que desenvolvem o F35 falando aos quatro ventos quando cai um parafuso e vira um problema e uma questão governamental. O próprio F117 quando do se desenvolvimento foi extremamente escondido tipo 007 e ninguém fica criticando o segredo de sua produção ao contrario tem programas contando o desenvolvimento e as dificuldades na época de sua produção secreta.

Pedro Pinto
Visitante
Pedro Pinto

O problema é que qualquer coisa relativa ao F35 é “notícia”…
Se um F35 não decola porque o piloto estava com a unha encravada, os tendenciosos e sensacionalistas divulgam ampla e imediatamente como um “problema da aeronave”.
Por outro lado, vocês acreditam mesmo que o F35 é a “aeronave mais avançada” dos EUA?
Vocês acreditam mesmo que todo esse rio de dinheiro de que tanto falam e criticam está sendo investido integralmente no desenvolvimento e “correção dos problemas” do F35?
Acreditam mesmo que não há um “F235” ou coisa parecida sendo desenvolvido?
De onde acham que vem os recursos para isso?
OK, especulação, mas pensem racionalmente…

Tadeu Mendes
Visitante

Pedro Pinto,

Só uma correção: o F-35 é a aeronave mais avançada do mundo.

O SU-57 é a mais bonita aeronave do mundo.

Requena
Visitante
Requena

O bicho é bonito demais.
Aliás os 4 caças geração 5 são belíssimos.
F22, F35, J20 e SU57.

São como grandes felinos.
Belíssimos e extremamente mortais.

Que sonho seria ver QUALQUER UM deles na FAB.
Quem sabe em 2045…

Wagner
Visitante
Wagner

Está mais para 2145…

Rui chapéu
Visitante
Rui chapéu

Quantos serão fabricados para a Rússia?

A marinha deles vai operar TB?

André
Visitante

Se minha memória não está muito ruim, aqui no aéreo publicou que o pedido era de incríveis 12 unidades. Será que eles conseguem entregar todas as 12 até 2027?

Alexandre Fontoura
Visitante
Alexandre Fontoura

Pergunta: a qual “cronograma” os russos se referem? Esse cronograma já foi modificado “n” vezes, assim como a data das entregas também… Russices…

willhorv
Visitante
willhorv

Dizem por aí, que uma força aérea é composta por vários vetores, ou pelo menos 2 diferentes….
Imaginem nossa FAB com todos os atuais esquadrões lotados com os Gripens…Fantástico né! Caça polivalente, multifuncional e coisa e tal.
Agora imaginem tudo isso com mais um esquadrão lotado em Anápolis com o T 50….kkkkkk.
Aí sim hein!!!!

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Belíssimo caçador! Alguém saberia informar se o novo motor já está disponível, pois até onde eu sei, ainda não estavam totalmente operacionais.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Esse não quebra trem de pouso, agora negócio é negócio, só que falta os fabricantes de material bélico serem ineptos para divulgar os pontos fracos dos seus produtos, menos torcida ai galera e mais imparcialidade.

RL
Visitante
RL

Não consigo gostar desse avião. Eu o vejo como um eterno protótipo. Posso estar eternamente enganado. Más é só minha opinião.

Bispo
Visitante
Bispo

Belo avião.
Sites russos dizem que ..talvez.. enviarão SU-57 e MiG-31BM a Síria para fazer companhia aos S-300.
O motor Tipo 30 ainda esta em desenvolvimento…creio que só por 2020 entra em operação.

OFF Topic …

se o S-300PM pode(dizem os russos) localizar e travar alvos com superfície reflexiva até 0,01 … e de lado o F-35 nunca terá esse parâmetro… que o piloto se benza antes de arriscar…rs

Flanker
Visitante
Flanker

Qual RCS do F-35 “de lado”?? Você sabe? Seção Reta Radar frontal do F-35 é tida, em várias publicações, como sendo de 0,0013m².
Se os russos dizem que essa versão do S-300 pode travar alvos de RCS 0,01, eles por acaso dizem em qual distância ele consegue isso??

Bispo
Visitante
Bispo

Vou tentar descobrir em que distância. Penso que, pela dimensão do território Sírio, já haver N baterias russas e seus radares(incluindo claro o S-400) quase certo que os russos podem “fechar” grande parte do território com radares para “todos os gostos do espectro”..

Flanker
Visitante
Flanker

Eu, particularmente, não acredito nisso. Os radres do S-300 e S-400 podem adquirir e travar em um F-35? Talvez, bem talvez! Mesmo assim, acredito que a distância em que consigam isso já seja perto, e arriscado, demais para a sobrevivência da bateria de S-300/400.
Acredito que esse confronto (F-35 x S-300/400) vai acontecer, mais cedo ou mais tarde. É questão de tempo. Aí vamos ver quem leva a melhor. E quando houver o primeiro confronto, acredito que não será o único. Outros mais acontecerão.

Beto Santos
Visitante
Beto Santos

Não vou nem comentar sobre a aeronave e os outros comentários dos colegas pois só vou dizer uma coisa adoraria ver os Gripen da FAB com esta codificação (camuflagem) de cores digitalizadas e não este padrão de hoje camuflado de verde, não somos o exército e muito menos voamos com os caças entre as árvores pra usar esta camuflagem.

Flanker
Visitante
Flanker

Essa questão da camuflagem das aeronaves da FAB já doi mais que discutida por aqui pela Trilogia. A atual camuflgem verde/cinza já se mostrou efetiva. Foi fruto de estudo por parte do Comaer para se chegar a esse padrão. Os Gripen vão manter o mesmo padrão? Pode ser que sim, pode ser que não. Teremos que aguardar.

Dr.Telêmaco
Visitante
Dr.Telêmaco

E tinha sido “cancelado” né? kkkkkk

Heyarth
Visitante
Heyarth

Qual cronograma? Eu lembro que no início do projeto a previsão era entregar os motores já em 2014 e começar as entregas pra Força aérea russa em 2015. O pessoal que gosta da Russia dizia que estava tudo uma mil maravilhas e que o Brasil tinha perdido uma grande oportunidade, que o Gripen NG era um lixo pq só iria voar em 2019 e com o PAK-FA já estaríamos voando em 2016. Acredito que se bobiar o NG fica pronto antes dos T-50. É amigos, o “tempo”, o senhor da razão…rsrs

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Eles tem 10 Su-57 voando na certificalão e testes e o Gripen tem um novo e um antigo modernizado para certificar componentes.