Home Abate Rússia reforçará baterias antiaéreas da Síria em resposta a Israel

Rússia reforçará baterias antiaéreas da Síria em resposta a Israel

6373
110
Sistema de defesa aérea S-300, conhecido como SA-10 Grumble pela OTAN
Sistema de defesa aérea S-300, conhecido como SA-10 Grumble pela OTAN

Kremlin reitera avaliação de que derrubada de aeronave que matou 15 soldados russos na semana passada foi provocada por Israel

MOSCOU — O governo da Rússia reiterou nesta segunda-feira que considera os militares israelenses culpados pela derrubada de um avião de reconhecimento russo pela defesa antiaérea síria, na semana passada, e afirmou que o incidente prejudicará as relações russo-israelenses. Na última sexta-feira, o governo de Israel havia afirmado que conseguira provar sua inocência no incidente, ocorrido na terça-feira da semana passada.

— A destruição do avião causou a morte de 15 dos nossos soldados. Segundo as informações de nossos especialistas militares, houve atos premeditados dos pilotos israelenses, algo que só pode prejudicar nossas relações [com Israel] — disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, confirmando a avaliação inicial do Ministério da Defesa russo, de que um jato israelense usou a cobertura do avião russo para atacar alvos iranianos na Síria.

Em reação ao incidente, o Ministério da Defesa russo anunciou que vai reforçar a defesa antiaérea síria com baterias S-300 e bloqueará as comunicações no Mediterrâneo entre os aviões que bombardeiem a Síria.

O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, informou que os militares sírios já foram treinados para usar esse sistema de defesa, que originalmente iria ser enviado à Síria em 2013. Segundo ele, a entrega havia sido suspensa “a pedido de Israel”.

— No entanto, a situação mudou nos últimos dias — frisou Shoigu.

Nas regiões costeiras da Síria no Mediterrâneo, acrescentou ele, “a navegação por satélite, os radares de bordo e os sistemas de comunicação de aviões militares que estejam atacando alvos em território sírio serão bloqueados”.

Para o Kremlin, a aeronave russa foi usada como “escudo” contra os mísseis sírios no incidente.

— Estamos convencidos de que nossas medidas vão esfriar o ardor de alguns e impedirão ações irrefletidas que são uma ameaça para nossos soldados — avisou Shoigu.

Apesar das implicações diretas das palavras de Shoigu, o porta-voz do Kremlin disse que a decisão russa sobre os S-300 “não estava dirigida a nenhum terceiro país”.

— A Rússia precisa aumentar a segurança de suas forças e isso deve estar claro para todo mundo — afirmou.

No momento, há sistemas antiaéreos S-300 implantados em torno da base naval russa de Tartus, no território sírio. Há sistemas ainda mais modernos (S-400) na base aérea russa de Khmeimim, no Oeste da Síria. Nos dois casos, os sistemas são operados pelos russos, e não pelos sírios.

FONTE: O Globo/Agências Internacionais

110
Deixe um comentário

avatar
31 Comment threads
79 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
47 Comment authors
ScudBBalbinoPlínio JúniorJoséGuacamole Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Augusto L
Visitante
Augusto L

Vai dar mais sistemas que seriam usados contra seus próprios aviões ?
Seria melhor mandar os russos operarem todo o sistema anti-aereo sírio e mandar os mesmo a embora !

Bravox
Visitante
Bravox

Pensei o mesmo só rindo desses russos .
Não dão o treinamento correto para os mohamed perder um avião é natural, lembro dos sirios fumando ao lado de uma bateria Pantsir muito mal treinandos.
(Culpa da Russia por não ter controle integrado com os sirios)

Ygor
Visitante
Ygor

Bom a Rússia só quer testar seus equipamentos, para ver a eficiência, todas as nações fazem, quando se fabrica um míssil ,um sistema de bateria ante aérea, tem que testar em combate,coloca 20 aeronave ALX voando todas juntas o sistema de radar fica doido e não identifica a ameaça

Luiz Floriano Alves
Visitante

Corroborando a teoria dos especialistas da RAF, a melhor defesa contra aviões atacantes se dá com o emprego de misseis. Se alguém acredita que um avião pode interceptar um míssil supersônico tem que rever seus conceitos. Baterias de S-300 podem interditar o uso do espaço aéreo com mais eficiência.

Augusto L
Visitante
Augusto L

O avião abate o míssil com mísseis, seu segundo argumentos contradiz com o primeiro, rsrsrs.
Não importa se o míssil e ar-ar ou ar-solo, o que acontecia é que sistemas terrestres móveis eram mais difíceis de detectar, do aviões ou bases aéreas, bom, hoje não mais.
Assim que um S-alguma coisa ou um Pac-algumn° ligar seus radares sua posição estará comprometida, sem falar nas plataformas de GMTI.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Inexplicável ter uma aliado que não é capaz de operar de forma segura sistemas de mísseis antiaéreos. Se eu fosse piloto russo ficaria bem esperto para também acabar no fundo do mar. Uma coisa que causa estranheza é da Síria não ter um sistema de alerta aéreo para envio de vetores de interceptação. São atacados por todos os lados e são sempre pegos de calça curta. Acredito que a doutrina de defesa Síria esteja desatualizada. E isso é culpa dos russos. Com um amigo destes quem precisa de inimigo, certo?

BENJAMIM MENDES JUNIOR
Visitante

O S-300 tem IFF, fogo só de propósito, se bem que deve ser um suplício para um árabe ler em sirilico

Delfim
Visitante
Delfim

No caso do IL-20 a defesa síria agiu rápido. Abateu a aeronave errada, mas foi ágil.
.
Óbvio que Israel sabia do voo do IL-20 através de troca de informações, e se valeu disso. Não apertou o gatilho, mas não tem mãos limpas sobre o assunto.
.
Agora é pegar a pipoca e ver no que vai dar.

BILL27
Visitante
BILL27

tbm com aqele rcs enorme nem tinha como nao acertar

André
Visitante

O que me espanta é que os sírios não sabiam sobre o avião russo mas os israelenses sim…

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Tinha gente aqui dizendo que russos e israelenses eram grande amigos…. Parece que eram, no passado mesmo, a Rússia acordou.

Tadeu Mendes
Visitante

Walfrido Strobel,

Eu não sei como traduzir para o português porque não me lembro mais. O que a Russia está fazendo é o que chamamos de saiving face.

Quero ver os russos colocarem uma bateria SAM dessas aonde os iranianos contrabadeam armas para o Hezbollah. Israel vai atacar seja quem for ou que for, de maneira a proteger seus interesses de segurança nacional.

A Russia colocar S-400 perto de suas bases não significa nada para Israel. Mas se colocarem iranianos dentro das bases russas, contrabandeando armas para terroristas palestinos, aí o circo pega fogo, e os russos sabem disso.

wwolf22
Membro
wwolf22

como seria feito o bloqueio das comunicações dos aviões inimigos??

Bosco
Visitante
Bosco

Os russos têm na Síria um sistema de interferência específico para atuar contra aeronaves e satélites que é o sistema Krasukha.

Vale salientar que esse sistema operando se torna alvo de mísseis HARM de posse de Israel e de bombas JDAM com seeker anti-jammer, que Israel também pode ter.

CRSOV
Visitante
CRSOV

Mas será que Israel teria culhões para atacar esse sistema de guerra eletrônica russo operado por russos ?? A Rússia está convidada para estar na Síria logo suas forças estão legalmente posicionadas na Síria e portanto tem legalidade e legitimidade para estar ali atuando !!

Bosco
Visitante
Bosco

CR,
Aí eu não faço a mínima ideia. Sei que os meios existem!
Agora, em termos de não atacar X ou Y por conta deles terem “legitimidade” eu não acho que vem ao caso sendo que quem confere a legitimidade é o alvo do ataque. Ou seja, se Israel não reconhece a legitimidade do outorgante, menos ainda do outorgado.
Agora, se terá “culhões” aí é outro caso. rsrssss

Bosco
Visitante
Bosco

Wolf,
O desempenho de um sistema de interferência (ECM) é diretamente proporcional à incapacidade do sistema interferido reagir utilizando contra-contra medidas. O sistema interferente não tem a mínima ideia se sua ação está logrando êxito ou não tendo em vista as potencialidades (ocultas) da capacidade de ECCM do “inimigo”.
Como disse um general israelense certa vez: “a melhor arma antirradar é uma bomba de 2000 lb”.

wwolf22
Membro
wwolf22

Bosco, esse sistema seria parecido ao sistema que o Ira usou para capturar o RQ170 ??

Bosco
Visitante
Bosco

Wolf,
Provavelmente. Se bem que até onde eu sei o Krasukha é um sistema de interferência eletrônico “bruto” e no caso do RQ170 parece ter sido mais um tipo de “guerra cibernética”. Plantaram um malware no bicho e assumiram o comando. rsrsss
Fosse só interferência ele provavelmente não “cairia” tendo em vista que ele tem grande capacidade autônoma. Diferente de um mini drone que se sofrer interferência, cai.
*Provavelmente não caiu por defeito porque se fosse o caso não teria sobrado muita coisa.

wwolf22
Membro
wwolf22

Então seria possível implantar um malware nos aviões inimigos??
existe alguma arma míssil/radar/… de pulso magnético que possam danificar a parte elétrica do aparelho??

Antonio
Visitante
Antonio

O jornal israelense Haatez publicou que as autoridades israelenses estão com medo da Rússia fechar o espaço aéreo sírio para operações de sua força aérea.

nonato
Visitante
nonato

Fechar o espaço aéreo só para Israel?
E para os EUA?

Antonio
Visitante
Antonio

O que eu li era para todos os países.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Segundo análise de um general aposentado sírio:

“”São apenas os primeiros passos, a resposta ainda está para chegar. Ninguém sabe como a Rússia responderá. Mas lembramos que, quando a Turquia derrubou o avião russo [Su-24 em novembro de 2015], as medidas de resposta tiveram bastante influência em Ancara”, disse o analista sírio.”

Preparem-se, amantes de Israel e Ocidente. O caldo vai engrossar.

O estilo Putin de vingança é com o prato frio: lentamente e tomando as medidas mais racionais possíveis. De cabeça fria.

OBS: Israel em pânico.

Gostaria muito de ver os comentários sensatos da torcida Ocidente F.C.

Flanker
Visitante
Flanker

Sim…..Israel está em pânico total! Os judeus otodoxos cortaram o cabelo e a barba, fizeram tatuagens, começaram a fumar e pegaram suas pranchas e foram surfar no mar morto…..ninguém mais dorme, as escolas foram fechadas, ninguém mais foi trabalhar….deserção em massa nas IDF……faos total……..kkkkkkkk
Ora, Israel em pânico……vai te catar! Quem vive em guerra permanente desde 1948 somente para ter o direito de existir como país vai ter medo do que um ministro qualquer da Rússia disse?? Me poupe…..vai ser bitolado noutro canto…….

Bosco
Visitante
Bosco

rrsrssss
Valeu o dia!

Antonio
Visitante
Antonio

Se a Rússia atacar Israel com força total, em quantos minutos as F.A. israelenses vão se render?
a) 15 minutos;
b) 30 minutos;
c) 60 minutos,
d) Não vão se render. Não vai dar tempo.
Dá um tempo, né? Querer confrontar o poderio russo com Israel é alguma espécie de ironia moderna, né? Só pode ser.

Bosco
Visitante
Bosco

Antônio, Você mistura capacidade nuclear com capacidade convencional e capacidade defensiva com capacidade expedicionária/projeção de poder. Nem Israel pode atacar a Rússia convencionalmente e nem a Rússia pode atacar israel convencionalmente de forma arrasadora e conclusiva. A ambos falta capacidade expedicionária e capacidade de projeção de poder e sobra capacidade defensiva. A Rússia está a 1500 km de Israel e é difícil esses dois países se enfrentarem na base do tete a tete. Claro, os russos podem usar suas bases na Síria para atacar Israel a partir delas mas ficaria vulnerável a ser atacado. A capacidade de lançamento de mísseis… Read more »

Antonio
Visitante
Antonio

Até posso concordar em grande parte com vc, mas acredito que a Rússia teria condições de concentrar uma enorme força militar na região de maneira segura. Mesmo porque, Israel certamente seria severamente bombardeado e teria suas capacidades militares bastante reduzidas. A capacidade de guerra eletrônica da Rússia é fantástica, bem como seu arsenal convencional. Não creio em nada nuclear. Só como curiosidade, a Rússia parece que está restaurando sua artilharia de grande porte, com canhões de calibre suficiente para lançar armas nucleares. São armas poderosas e que não estão ao alcance de qualquer exército. O poder de fogo do exército… Read more »

Flanker
Visitante
Flanker

Armas nucleares lançadas a partir de canhões? De qual tamanho é esse canhão? Ou, de qual tamanho é essa arma nuclear? Qual o alcance, para não ser afetado pela própria arma que lançou? Ou a arma não será tão potente assim, restringindo-se a um efeito nuclear bem pequeno? Aí pergunto, qual a utilidade disso? Só para ser como bombas sujas, usadas só para contaminar radiativamente? Esses russos são os “picas das galáxias”….. não sei como vivem na terra ainda…..pelas capacidades hiper-mega-ultra fodásticas deles, já deveriam ter colonizado um planeta qualquer e se mudado pra lá! Bem que na realidade poderiam… Read more »

Antonio
Visitante
Antonio

Canhões que lançam artefatos nucleares táticos são produzidos desde a década de 1950. Seriam utilizados para atacar grandes concentrações de tropas, blindados e etc. Os EUA e a URSS possuíam (ou possuem) este tipo de armas. Pequenos artefatos nucleares foram testados até como carga de profundidade. Como se vê, não é nenhuma novidade tecnológica, mas apenas poucos países têm acesso.

Antonio
Visitante
Antonio

Só um adendo. Antes de vc postar algo, faça uma pesquisa sobre o que vc vai explanar. A própria Wikipedia tem um razoável artigo sobre isso, inclusive com fotos do disparo do canhão e da explosão da carga de profundidade. No caso em tela, o do ‘canhão atômico’ existem até vídeos no Youtube.

Bosco
Visitante
Bosco

Flanker O Antônio tem razão. No passado haviam projéteis nucleares lançados por canhões de diversos calibres: 155mm, 203 mm, 280 mm, 406 mm. Isso , só do lado americano. Em geral eram de pequeno rendimento, menor que 5 Kt, com raio de destruição de não mais que 2 km. O alcance mínimo ficava na faixa de 24 km, o que mantinha a tropa longe dos efeitos diretos da detonação. Em termos de miniaturização, existiam até as bombas “maleta”, ou se prefeir, bombas “mochilas” (como por exemplo a SADM), que podiam ser transportadas por um único homem, com rendimento na faixa… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Só para deixar claro meu comentário, quando digo “só do lado americano” não estou querendo dizer que só os americanos tinham projéteis nucleares de artilharia, e sim que esses eram os calibres americanos que tinham projéteis nucleares.
Os russos tinham nos calibres 152, 180, 203 e 240 mm.

Antonio
Visitante
Antonio

Bosco. Os vídeos dos ‘canhões atômicos’ eram americanos. Se não me engano são de 1953. Agora, a reportagem sobre a reformulação dos canhões russos não falava de artefatos nucleares. Apenas de canhões de grande calibre para demolição de fortificações.

Flanker
Visitante
Flanker

Realmente não tinha conhecimento desse tipo de canhões, até pq não temos que saber de tudo. Mas, como explicado, as armas iniciais são das décadas de 1950 e 60. Hoje em dia, usar armas nucleares, mesmo que tào pequenas, é praticamente impensável, por quem quer que seja. Quem usar, mesmo pequenas assim, sofrerá uma pressão internacional imensa. Armas nucleares, de qualquer tamanho, são feitas para não serem usadas. Imagina uma ogiva pequena, lançada por um canhão entre 155 e 200 e poucos milímetros….pode causar um grande estrago? Obviamente que sim….mas, qual o resultado radiativo? Lembram do caso do Césio 137… Read more »

Fox-2
Visitante
Fox-2

É claro que Israel está desconfortável com isso, afinal, Israel é um território de 100 km x 50 km, ou seja, quando um caça levantar voo já estará dentro da zona de engajamento do S-300.
Os judeus logo vão destruir esse sistema.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Eu estou torcendo pro Ocidente!!!
Eu moro aqui….vivo aqui… tenho família… casa… trabalho…

Bosco
Visitante
Bosco

Agnelo, Os antiocidentais que moram no Brasil vão dizer que de acordo com “Sei Lá Quem” que escreveu um livro “Sei lá qual”, a AL não faz parte do Ocidente e que portanto o Ocidente como o conhecemos pode ir para as cucuias. Elas têm a convicção (????) e a esperança de que quando isso ocorrer eles vão se dar bem e ficar assistindo de camarote o detestável Ocidente branco, cristão, misógino, racista, homofóbico, escravocrata, imperialista… ruir. Ou então eles acham que vão receber algum salvo conduto para se pirulitarem daqui a tempo, provavelmente montados num arco-iris ou num unicórnio.

Leo
Visitante
Leo

Brasil não faz parte do ocidente e sim é excluido e ignorado pelo ocidente! Ocidente se resume a EUA e Europa ocidental. O resto não é contado por ninguém por se tratar de peso morto no cenário internacional

Bosco
Visitante
Bosco

Leo,
Você já tá assegurando um lugarzinho no lombo do unicórnio, né? rsrsss

TIGER 777
Visitante
TIGER 777

Bosco você mitou, Kkkkkkkkkkkkkkkk

Alessandro
Visitante
Alessandro

eu não sei pq esse pessoal anti ocidente ainda moram por aqui, estão esperando oq para mudar para o oriente ? são uns comédias mesmo rsrs..

Balbino
Visitante
Balbino

Balela! Esse negócio de Ocidente-Oriente vale apenas no campo geopolitico e não geografico em si. Nesse caso ocidente se delimita ao EUA E seu aliados na europa.
Portanto você como tupiniquim está fora disso. Se coloque em seu devido lugar. Nós aqui do Brasil estamos para oriente como povos explorados que somos, do que para ocidente de saqueadores e escravagistas que são seus lideres. Lide com isso, e para de querer bancar o Trump tupiniquim

GripenBR
Visitante
GripenBR

Lamento lhe informar, mas Israel está no Oriente. E este termo não é usado por lá. https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Mundo_oriental

Alessandro
Visitante
Alessandro

GripenBR 25 de setembro de 2018 at 20:42

AL = américa latina

Tadeu Mendes
Visitante

Os russos sabem muito bem comquem estão mexendo e não irão arriscar uma terceira guerra mundial por causa de 15 militares mortos em tiroteio de fogo cruzado.

Realmente vocês não o que Israel é capaz de fazer para proteger o seu povo e a sua terra.

Balbino
Visitante
Balbino

Oh dó. Se eles se meterem a besta com a Rússia serão varridos do mapa sem misericórdia. É melhor eles pensarem duas vezes antes de sabotar os outros como fizeram com os militares russos. Tã pensado que Rússia é Egito, Libano ou qualquer daqueles países do Oriente médio.

José
Visitante
José

Delírio e mais delírio.Vejam o quanto o ódio,gratuito e nutrido,não é capaz!
Eu fico admirado,perplexo e pergunto como pode um ser humano em sã consciência devotar tanto ódio a ponto de querer a destruição de uma pequena e brava nação,cercada de inimigos por todos os lados,que luta por sua sobrevivência.
E bom que vc leia o Livro e fique sabendo da historia de um homem tal qual vc,cujo nome era Amã. Ele era um conselheiro poderoso do rei Artaxerxes,no império persa,tentou destruir o povo hebreu,porém o mal caiu nele próprio e em sua família.Pense nisso!

Bispo
Visitante
Bispo

… GBU-39 … não poderá mais “passear”no céus Sírios…
… F-16 não poderá mais brincar de “cabra cega” na Síria..
Em fim … os russos “meteram o pé na porta”… acabou… casa da mãe joana é só no Líbano…rs

Flanker
Visitante
Flanker

E quando Israel entrar na Síria, atacar seus alvos iranianos lá baseados e sair incólume você vai fazer o que? Morder a língua?

Bispo
Visitante
Bispo

rs…nem vou dormir mais… sim Israel ira peitar a Rússia para mostrar que é fodastica… vamos aguardar…

Flanker
Visitante
Flanker

Não, Israel não precisa mostrar que é fodástica pra ninguém…..russos e sírios são um amontoado de incompetentes, tanto que no caso do Il-20 que foi abatido pelos sírios, os próprios russos disseram que eles e os sírios usam IFF diferentes. Se usassem esse equipamento simples, da mesma forma, na mesma frequência, os sírios iriam perceber (ao menos deveriam perceber, se sua imbecilidade não impedisse) que se tratava de uma aeronave amiga. Os russos estão na Síria há tanto tempo e nem sequer um IFF em conjunto com os sírios é utilizado?

BILL27
Visitante
BILL27

Russos só vão abater jatos de israel se forem colocados em risco .PRa mim ,ficou claro que estes sistemas ira fazer defesa das tropas russas e não sirias .Israel deve continuar atacando ,agoira com maior cooordenação com os Russos ,assim espero.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Quando falamos os Russos e Isrrael devemos ter claro que são 2 estados soberanos, dúvido que as relações entre os dois paises sejam no nivel de debate que é travado aqui no PA, duvido em muito que o pedido dos sionista de não disponibilizar os S-400 para os Sirios seja desconsiderados pelo governo do Putin, essa perda de vidas dos tripulantes Russos, vai servir para os Russos adotarem uma retórica mas na prática o comportamento vai ficar no mesmo, apenas fazer manter sua zona de influência, e quem sabe mais tarde as companhia Russas façam o tal gazoduto.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Eu não me espantaria em ver mais ações dos F-35 israelenses e até de uma comprar bem amigável de uns JASSM direto do arsenal da USAF, se os russos comprarem sua retórica.

Antonio
Visitante
Antonio

Nessa linha de raciocínio, eu não duvido que os russos se irritem e pulverizem o que vc chama de bases aéreas israelenses. Acho que vc está exagerando um pouco na possibilidade (capacidade) de Israel tentar confrontar os russos, né? Menos. Voltamos à realidade,

Augusto L
Visitante
Augusto L

Pulverizar com o que ? Nada que os russos tem penetra a defesa anti-aerea israelenses, salvo os ICBM/SLBM, mas o contrário não é o mesmo.
Israel tem os meios para destruir qualquer IADS.
Sem contar que os israelenses estarão defendendo seu solo pátrio, enquanto a Rússia um aliado.
Os culhoes estão todos do lado israelense.

Flanker
Visitante
Flanker

Hahaha……o dia em que os russsos fizerem isso estarão declarando guerra aos EUA! Seria o estopim para a 3ª GM……Putin é um tirano prepotente….mas, burro acredito que ele não seja! Portanto, guarde seu ódio por Israel, fique o remoendo….seu desejo de ver o fim de Israel não vai se realizar….

Gabriel
Visitante
Gabriel

Sim.
Os russo farão igual fizeram com as bases turcas, depois que o avião russo foi derrubado.

Antonio
Visitante
Antonio

Não precisou atacar. Putin puxou a orelha e domesticou Erdogan.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Continuarem* não comprarem

Ricardo
Visitante
Ricardo

Uma chuva de Iskander e os diversos misséis de cruzeiro russos vareriam as bases israelenses do mapa. É obvio que os russos não tem inetresse nenhum nisso e Israel muito menos!

Antonio
Visitante
Antonio

Ricardo. É isso aí. Pessoal ‘viaja’ muito. Acho que eles não se tocaram que os russos têm uma quantidade de armas muito, mas muito maior do que Israel tem para se defender. Sucessivas ondas de ataques com mísseis e aviões tiraria de combate as F.A. de Israel em pouco tempo. Pessoal está meio fora da realidade.

Augusto L
Visitante
Augusto L

So que a Rússia não tem a quantidade de armas, nem oseios de entrega em números suficientes necessarios pra fazer Israel perder, ou se parado. O que ela pode fazer é um ataque de vingança, mas que pouco mudará a atitude de Israel visto que os mesmo tem grande capacidade de defesa, o cenário mudaria se os russos ussasem armas nucleares, mas como a Síria não é uma situação explícita de segurança nacional e somente um interesse, o uso de tais armas e pouco provável. Mas o que importa que Israel tem um relação com a Rússia, um pouco amistosa,… Read more »

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Eu só imagino esses S-300 sendo destruídos por ataque aéreo de Israel porque os Sírios não vão saber operar igual o Pantsir foi destruído… afinal Israel já ta brincando com os F-35

TX-DILLARD
Visitante

Israel em pânico? Jamais.
Seus inimigos que esperem fogo e a mão pesada de Yhwh.
Anotem e esperem a próxima paulada.
Vida longa a Israel.

rodrigo
Visitante
rodrigo

Israel, a maior potencia militar da regiao, nunca deu um tiro para defender cristaos de massacres dos jihadistas no Iraque e na Siria, e Assad que protege minorias religiosas esta sendo atacado por Israel e EUA, deixando o caminho livre para o ISIS, e os neocons protestantes comemoram.

Flanker
Visitante
Flanker

E o que Israel tem que ver com os cristãos de outros países? Israel defende seus interesses e ataca seus inimigos, onde quer que estejam…não vejo onde Israel teria que defender quem quer que seja….eles defendem seu minúsculo país e os interesses de seus cidadãos…..e antes que diga, eu sou cristão,católico, nada tenho a ver com Israel. E Assad defende os cristãos da Síria?? Kkkkk….me poupe ..neocons protestantes?!?! Que diabos isso quer dizer?!?! Assad protegendo minorias?? Hahaha…..só se minorias quer dizer o rabo dele próprio e o apego obstinado que ele tem pelo poder….apego em ser o presidente, mesmo que… Read more »

jota ká
Visitante
jota ká

O verdadeiro pânico dos judeus radicais é com a bomba demográfica palestina!

Ricardo
Visitante
Ricardo

Aquele país minúsculo bater de frente contra a segunda potência militar do globo? Essa eu quero ver…

Agnelo
Visitante
Agnelo

Ninguém ainda falou do código fonte do S-200….

Aliás… Israel deve estar preocupadíssimo com os russos…
Imagina uma tropa Russa atravessar sei lá quantos Km pra atacar Israel…
E a aviação? saindo lá da caixa prego pra combater os melhores pilotos com as aeronáves mais consagradas no cmb ar-ar na porta de casa….
É….

Felipe
Visitante
Felipe

A culpa de Israel no caso é não ter avisado com antecedência os Russos que realizaria o ataque, como já era de praxe e o combinado. Isso resultou que a Russia não suspendeu o voo de sua aeronave IL-20.

Fabio
Visitante
Fabio

A Rússia vai colocar apenas o S300? Deveria colocar + S400 e uns dois esquadrões de Su35 em alerta 24 horas

Mabeco
Visitante
Mabeco

Israel ainda tem capacidade de fazer ataques na Síria. O que mudou, exponencialmente, foi o risco. Até onde sei, S-300 ou S-400 nunca foram utilizados em combate real. Imaginem a propaganda caso uns dois F16 ou F15 sejam transformados em sucata. Sem contar o impacto moral pela quebra da suposta invencibilidade israelense. Por outro lado, caso alguma bateria de S-300 venha a ser inutilizada, sempre poderá ser reputada à inépcia dos sírios. Analisando-se as implicações táticas e estratégicas, bem como a fratura na histórica neutralidade russa/israelense, é possível afirmar que o último ataque foi um estrondoso tiro no pé e… Read more »

José Luiz
Visitante
José Luiz

José Luiz 25 de setembro de 2018 at 20:22
off topic: Para quem puder, oportunidade de ver o tiro ao vivo de artilharia antiaérea do Exército, amanhã na Praia Grande, litoral de São Paulo às 10h00. Dá para ver da faixa da areia.

http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/cidades/exercito-realiza-disparos-reais-com-canhoes-e-metralhadoras-em-praia-grande/?cHash=15c9d0678d47ac05991ba28c325da319

Ricardo
Visitante
Ricardo

Israel pisou na bola com os russos, agora aguenta! O que Israel poderá fazer é tentar destruir o s-300 sírio, mas o risco é muito grande e Israel não vai comprar uma briga que claramente não pode vencer, então não mexera com os russos. Até porque, históricamente, a mão russa é muito pesada e é provável que seja o país que mais se envolveu em guerras do mundo!

XFF
Visitante
XFF

Benjamin Bestaniau tentou dar um de malandro pra cima do Putin, com explicações esfarrapadas que não convenceu ninguém. Israel abusou dos ataques demais contra Síria, achando que podia fazer qualquer coisa e que não daria em nada. As coisas não é bem assim. Putin não age com emoção e não toma decisões precipitadas. Putin deu uma patada em Israel. Agora, Israel tem que refletir demais sobre as decisões que vai tomar de agora em diante contra a Síria. Se Israel tentar destruir os S-300 Sírio, vai agravar ainda mais as relações com a Rússia, e Putin pode dar uma patada… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Como tem gente fanboy aqui. Mesmo Israel sendo um país fantastico e tendo uma das melhores forças armadas do mundo, ainda assim ele é um país minusculo, um anão. Por mais que os fanboys nao aceitem, Israel nao tem a menor condicao de enfrentar a Russia numa guerra aberta, seja ela convencional ou nuclear. Mas isso é algo que nao vai acontecer pq acordos entre Moscow e Tel-a-viv ja devem estar em andamento para mitigar a tensao entre os dois países. E mais, Putin nao é burro e nem louco, ele vai fazer Israel ficar de vilao nessa historia sem… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

Simplesmente as armas made in America/Israel/Europa penetram as defesas russas, o contrário não se pode dizer o mesmo. Rsrsrsr
No OM a vantagem é toda israelense, eles varrem tudo que está na Síria do mapa antes dos russos saberem o que aconteceu.
O que só restaria os russos atacar com seus ICBM numa guerra nuclear aberta, ou atacar com seu arsenal de mísseis de cruzeiro o que não faria efeito nenhum devido o avançado sistema anti aéreo israelense, só teriam alguma chance de usassem ogivas nucleares nos seus mísseis.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Augusto L Esse comentario foi serio ou vc tbm acredita em estorias de ficcao cientifica igual os russofilos qndo leem as noticias do Sputinik??? Se seu comentario foi serio entao eu so lamento por vc acreditar neste tipo de fantasia que escreveu, pois na vida real as coisas sao diferentes. Ate parece que um ataque russo de saturacao nao atingiria nenhuma cidade de Israel. Bastaria um missil nuclear cair em Tel-a-viv ou Haifa e acabou o país, ja era. A cegueira ideologica faz com que as pessoas percam a noçao de bom senso e nao analisem os fatos de acordo… Read more »

Flanker
Visitante
Flanker

Vocês falam em ataques nucleares como se isso fosse a coisa mais normal, que acontece toda semana, em toda guerra que acontece pelo mundo!! Quantas armas nucleares foram usadas em guerra em toda a história? Duas!! Há mais de 70?anos atrás!! Você já imaginou as implicações, de todo as as ordens, decorrentes de um ataque nuclear nos dias de hoje? Putin é um tirano ex-KGB, louco, mas vurro ele não é!! Portanto, esqueçam essa história de ataque nuclear contra Israel!

MGNVS
Visitante
MGNVS

Flanker Ngm falou em ataque nuclear e sim que Israel por ser um país minusculo nao tem como suportar uma guerra aberta contra Russia seja ela convencional ou nuclear. O amigo Augusto L é que colocou o tema em questao atraves do viés ideologico que ele segue, ou seja, pra ele o Ocidente é simplesmente indestrutivel e inatingivel. As Forças Armadas Israelenses estao entre mais bem treinadas e competentes do mundo, mas ainda assim elas nao suportariam uma guerra em grande escala contra um adversario muito superior, mesmo a Russia estando em defasagem tecnologica. No maximo os israelenses conseguiriam conter… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

Israel suporta pq a Rússia não teria como fazer muito estrago após seu aparato militar ser destruído da Síria. A Rússia não tem capacidade expedicionária. A Rússia não tem 9 mil mísseis de cruzeiro como os EUA, contando só os Tomahawk e JASSM Na verdade a Rússia não tem nem cerca de 1000 Kaliburs na versão de cruzeiro. Dos quais muitos serão interceptados, alguns terão mal funcionamento, o que sobra é pouco para parar um país, ainda mais Israel. Seus Iskander dificilmente chegaram a Síria depois da destruição do aparato militar russo lá, e ainda assim, a Rússia só tem… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Augusto L Me corrija se eu estiver enganado, mas no seu ponto de vista Israel realizaria um “ataque preventivo” contra a Russia??? Pelo que vc acabou de descrever Israel é praticamente uma Superpotencia Militar, pq no seu ponto de vista a Russia praticamente nao tem meios de se defender. Pelo que vc escreveu parece q as Forças Armadas Russas estao piores que as da America do Sul. Por mais que as Forças Armadas de Israel estejam em um nivel de excelencia superior, ainda assim a Russia mesmo em defesagem tecnologica venceria Israel, vc aceitando isso ou nao. A Russia mobilizou… Read more »

Felipe
Visitante
Felipe

Augusto tá viajando. Estude um pouco e pare de sonhar… Israel é uma potencia militar local, e só. Não teria como sustentar uma guerra contra a Russia em nenhum cenário. E isso nunca vai acontecer mesmo.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Israel atacaria a Rússia na Síria, mobilização em seu território é fácil, fazer isso em um ambiente expedicionário bem longe do solo pátrio é outra coisa diferente.
A Rússia não tem capacidade para isso, ela teria alguma chance de Israel não a atacasse preventivamente, ou somente ganharia usando suas armas nucleares.
Vocês é que não tem noção da capacidade russa e israelense e o TO em que seria travada a luta.
Expliquei detalhadamente mas se vcs se negam a ver, não é problema meu.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Augusto L

Uma coisa é vc “querer” que seja do jeito que vc “acha” que tem que ser.
Outra coisa é a realidade.
Fica a dica.

Daniel
Visitante
Daniel

Li há um tempo que o Brasil havia recuado na compra do Pantsir pra adquirir o sistema S-300, sob alegação que o último atenderia melhor os requisitos.
Alguém sabe me dizer se foi boataria ou se de fato realidade?
Se real, como está o andamento?

André
Visitante

Acho que 70 anos dando um cacete atrás do outro na dupla árabes + russos tiraram o medo de Israel.

O Putin vai falar, falar e falar, os coitadinhos de seus admiradores vão sonhar, sonhar e sonhar e Israel vai continuar na fazer o que bem entender.

A Turquia abateu um avião russo e ainda proibiu os russos de chegarem perto de sua fronteira com a Síria. O Putin latiu, latiu e latiu e ficou por isso…

Ricardo
Visitante
Ricardo

A Turquia tomou 15 bilhões de dólares de prejuízo. Sem duvida a derrubada de caça mais cara da história. Tanto que Erdogan correu para pedir desculpas!

Heraclides
Visitante

Em 1973 na Guerra do Yom Kippur também seria derrotado, e com super ajuda vermelha.
Bem, a história conhecemos.
Russo sabe é abater avião civil, como o da Korea Air Lines sobre águas japonesas e o da Malaysia na Ucrânia. Depois gostam de mentir.
Se acham d+.

Tadeu Mendes
Visitante

MGNVS, Israel nao tem profundidade estrategica (isso e’ um fato) e todo mundo sabe disso. Israel nao tem como vencer a Russia em uma guerra convencional. Isso tambem todo mundo sabe. Agora voce vir aqui dizer que Israel nao tem como encarar a Russia nuclearmente, ai sim ou e inocencia da sua parte ou desconhecimento das capacidades nucleares (ICBMs., MRBMs.) da IDF. A quantidade de armas nucleares russas e’ muito superior ao arsenal de Israel, e poderia facilmente varrer o Estado judeu do mapa. Mas Israel tem a capacidade estrategica de vaporizar Moscou e outras capitais em territorio russo. Mas… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Tadeu Mendes Saudacoes Eu nao disse que Israel nao tem capacidade de atingir a Russia nuclearmente, todo mundo sabe que tem. Mas alguns foristas aqui de vies ideologico amplamente pro-Ocidente e sem o menor bom senso e auto-critica acham que USA, Israel e cia Ltda sao praticamente inatingiveis ou indestrutiveis e isso esta mto longe da realidade dos fatos. A Russia nao é a URSS e esta em defasagem tecnologica mas ainda assim ela é um player global com a capacidade de dizimar países inteiros. E diferente do que muitos aqui “acham”, a Russia nao é inimiga do Ocidente e… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

Mas ela não tem a capacidade de dizimar Israel convencionalmente só na sua mente que tem. E vc tem a cara do pau de ainda falar de um jeito inseto, coisa que seus comentários não mostram. Simplesmente a Rússia não tem capacidade expedicionária para enfrentar Israel naquele TO, simplesmente. Israel vai sofrer perdas, vai sofrer um ataque de vingança russo ? Vai mas nada Herculano. Enquanto Israel tem a chance de varrer do mapa tudo equipamento militar russo, Iraniano e sírio que estão na Síria, com mínima e pouca chance de reforço. EUA sofrem da mesma coisa, são extremamente fortes… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Augusto L

Vc esta se dxando levar pela famosa cegueira ideologica e nao esta analisando os fatos de acordo com a realidade.

Suas postagens estao no mesmo nivel de fanatismo dos russofilos que acreditam em noticias do Sputinik.

Nenhum país do mundo é invencivel e nem inatingivel.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Israel não seria intangível, mas a capacidade de poder que a Rússia conseguiria levar até Israel não seria o suficiente.
O poder Russo de projeção se concentra nas suas periférias, fora delas só com uso de armas nucleares.
Simplesmente não existe nenhuma potencia no mundo que para Israel no OM, com meios militares convencionais. Só os EUA teria essa capacidade de projeção de poder.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Augusto L

Essa é a sua opiniao, nao estamos aqui numa disputa de quem vence quem num debate onde os pontos de vista sao diferentes. Vc pode ter sua opiniao, mesmo que ela nao esteja de acordo com a realidade dos fatos.

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Uai agora é hora de mandar o F-35 Natimorto de Israel para Síria!
Os jornais pelo mundo dirão!
” Caças F-35 de Israel bombardeiam um dos palácios de Assad!!!”

Lutz
Visitante
Lutz

Segundo fico peguntando, quais os países são capaz de brigar com a Russia…… acho que somente os EUA são capaz de lidar com essa potência militar, com a infra instrutura de construção bélica e força naval, aérea e um exercito bem treinado como a Russia tem é imbatível……

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Quanto a pequenos artefatos nucleares citados acima:
US scientists with a full-scale cut-away model of the W48, a very small tactical nuclear weapon with an explosive yield equivalent to 72 tons of TNT (0.072 kiloton). Around a thousand of these shells were produced during the Cold War.
The W48 was an American nuclear artillery shell, capable of being fired from any standard 155 mm (6.1 inch) howitzer, e.g. the M114, M198 or M109. It was manufactured starting in 1963, and all units were retired in 1992.
.comment image

Guacamole
Visitante
Guacamole

Sei que essa pergunta é mais provável que vá dar brigas, com gente super pró Israel e super contra, mas azar. Pelo que que entendi, o jato israelense usou o avião russo como escudo no sentido de voar em um trajeto que coloca-se o avião russo na frente do S-300 (uma vez que um jato é muito mais rápido e manobrável do que um avião de transporte) uma vez que o lançamento do missel tinha sido detectado pelo israelense. Mas aí vem a pergunta: isso pode até ser uma filha da p**** sem tamanho, mas é algum crime ou violação… Read more »

José
Visitante
José

A Israel não resta alternativa senão atacar os seus inimigos fidagais,pois todos eles querem a destruição daquela pequena e brava nação.E uma questão de sobrevivência para Israel,que muitos pelos viés ideológico e ódios atávicos se recusam a entender,a sua agressividade,pois do contrario será engulido pelos tubarões ávidos que não aceitam a sua existência.Acreditem se quiserem!
Os russos correm grande risco enviando suas armas para os sírios,pois quando Israel atacar e destruir aquelas armas,que são cantadas em prosa e versos pelos fanáticos russófilos,elas,as tais infalíveis,serão desmoralizadas e os russos perderão compradores.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Esquece que esta guerra é um exvelente laboratória para a Rússia, ainda mais com F-22 da USAF e F-35 da IAF operando no país, os russos estão colhendo informações importantes sobre estes aviões através de seus radares e sensores.

José
Visitante
José

Engana que eu gosto!

Agnelo
Visitante
Agnelo

Pena pra eles q algumas dessas informações explodiram com fogo amigo.

Tadeu Mendes
Visitante

Exatamente Agnelo. Falou tudo.
Os russos se ferraram.

Eu no estou convencido de que os russos estejam em continues de combaterem eficazmente em TOs complexos.

Quase 200 mercenaries russos morreram na Siria durante poucas horas de fogo cruzado contrab os americanos.
Os EUA nunca mataram tantos russos em uma tacada só.

Até mesmo a Turquia abateu um Sukkoi.

Os russos tem muito poder mas estão enferrujados.

Naquela regional, somente Israel e os EUA, estão afiados para o combate, dada a experiência de ambos.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Concordo.
Não tenho dúvida da ferrugem russa. Até porque, quando eram um exército forte, a experiência moderna foi contra guerrilha no Afeganistão… e levaram pau…

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Tadeu! Algumas correções. Americanos mataram muito mais que 200 russos 100 anos atrás na intervenção “Urso Polar”.Tb levaram couro mais isso ja outra historia. Também mataram russos(soviéticos) em 1944 na Yugoslavia com “fogo amigo” perto da cidade Nish. São fatos históricos. Ja os contos sobre 100500 mercenários do Wagner mortos ate agora continue como um conto : sem fotos, sem documentos , sem nenhum tipo de confirmação.De nenhum dos lados.Pense assim : se tal acontecimento foi do lado dos curdos então centenas e milhares de corpos deveriam ficar por la mesmo. E ninguém poderia impedir tirar um misero vídeo… Read more »

Plínio Júnior
Visitante

O russos vão fornecer S-300 para os sírios para quê ?? Continuar abatendo aviões russos por falta de orientação…só se for…não se leva a sério o discurso russo, que diga-se de passagem, se tivessem que fazer algo, já o teriam com as unidades que lá se encontram…não são loucos para bater de frente com os israelenses, ainda mais com apoio americano…o discurso russo é para jogar para a galera e só…