Home Aviação Civil Tráfego aéreo europeu bate recorde de voos diários

Tráfego aéreo europeu bate recorde de voos diários

2112
6

A Eurocontrol informou que o tráfego aéreo europeu bateu novo recorde de voos diários no dia 7 de setembro de 2018 (assista ao vídeo acima).

Uma aeronave decola ou entra no espaço aéreo europeu em média a cada 3 segundos. Isso significa que cerca de 29.000 voos ocorrem todos os dias.

Este número foi substancialmente ultrapassado na penúltima sexta-feira, atingindo 37.101 voos, em apenas um dia.

A Eurocontrol é uma organização civil-militar pan-europeia dedicada ao apoio à aviação europeia. A organização foi criada em 1960 e conta com mais de 40 Estados Membros de toda a Europa e 2 Estados do Acordo Compreensivo (Marrocos e Israel).

A organização é empenhada na visão europeia de um céu único europeu e apoia os Estados-Membros e as partes interessadas (incluindo prestadores de serviços de navegação aérea, utilizadores civis e militares, aeroportos e fabricantes de aeronaves/equipamento) num esforço conjunto para fazer a aviação na Europa mais segura, mais eficiente, mais rentável e com um impacto ambiental mínimo.

6
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Sérgio LuísWalfrido StrobelMarcos10 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos10
Visitante
Marcos10

O números de voos, tanto na Europa como EUA não param de aumentar.
Mas a grande movimentação hoje ocorre no corredor sobre Mar Vermelho, Arábia Saudita e Golfo Pérsico, da Europa em direção ao Oriente e vice versa. Leia-se: dinheiro circulando.
Lamentavelmente a América Latina ainda é um absoluto vazio no mapa.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Que bom que estão voando pouco na AL, os aeroportos ainda estão cheios parecendo uma rodoviária.
Falta infra-estrutura adequada para se aumentarem o número de voos.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Não vi lógica no seu raciocínio.
A falta de infraestrutura dos aeroportos (e pequeno número de vôos) é só um reflexo de um país que não sai do lugar.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Se não tem infra-estrutura não adianta ter mais voos.
Não deu para entender.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Nem vou comentar!

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Quando em Barajas tive o prazer de ver os rastros das turbinas e realmente eram muitos e o tempo todo e em “fila indiana”!