Home Aviação de Caça Indonésia, Índia e Vietnã não serão afetados pela CAATSA

Indonésia, Índia e Vietnã não serão afetados pela CAATSA

3593
11
Sukhoi Su-35
Sukhoi Su-35

A agência estatal de notícias Antara, da Indonésia, informou que o secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, assegurou à Indonésia que ela não será sancionada com um embargo pela compra de equipamentos militares da Rússia.

A Indonésia está em processo de compra de jatos de combate Su-35 russos e está preocupada com a possibilidade de que a transação acione a lei Countering America’s Adversaries Through Sanctions Act (CAATSA, na sigla em inglês) dos EUA.

Uma declaração oficial vista pela Antara afirma que a Indonésia, a Índia e o Vietnã não serão afetados pela CAATSA.

Mattis continuará a convencer o Congresso dos EUA a permitir que vários parceiros estratégicos do país comprem armas da Rússia sem qualquer sanção após a implementação da CAATSA a partir do ano passado, de acordo com um dos pontos apresentados em uma reunião com o ministro da Defesa da Indonésia, Ryamizard Ryacudu, em Washington DC, em 28 de agosto.

O ministro Ryamizard agradeceu a Mattis por ter convencido o Congresso a abandonar a sanção e que a aquisição do Sukhoi Su-35 pela Indonésia foi feita muito antes da implementação da CAATSA.

“No futuro, a Indonésia comprará vários equipamentos do sistema de defesa dos Estados Unidos, como a aeronave de transporte C-130 Hercules e outras aeronaves de transporte pesado”, revelou Ryamizard.

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
2 anos atrás

Só não querem perder a influencia com esses países por conta da China, simples!

Antonio
Antonio
2 anos atrás

Americano é bobo, mas não é burro.
Se os EUA continuarem assim, embargando clientes de russos e chineses, vão acabar negociando com o vento.

Carlos Henrique Valente Campos
2 anos atrás

China e Rússia vão ter que entrega um pós venda Premium, pq os EUA com essas ações, o FMS e a doação de equipamentos é um rival que ninguém quer.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
2 anos atrás

São 3 países que fazem compras de todos e não aceitariam este tipo de pressão, se os EUA não aceitassem a compra do Su-35 perderia a venda dos C-130 e eles iriam de Y-9 chinês.

Bruno w Basillio
2 anos atrás

Exatamente … E esse negócio de pressão sobre paises soberanos, para não comprar equipamento Russo , acaba sendo medíocre para os EUA ,antidemocrático e antiliberal , os americanos acusam os Russos daquilo que eles mesmo ficaram viciados em fazer…
Enquanto isso na Índia …
http://www.defencenews.in/article/Will-go-ahead-with-S-400-missile-deal-with-Russia,-India-to-tell-US-during-2-Plus-2-dialogue-570358
Su 35 se junta a disputa na índia ..
http://www.defencenews.in/article/DAC-all-set-to-clear-acquisition-of-114-Fighter-Jets-worth-$20-billion-570354

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Bruno w Basillio
2 anos atrás

Quando ficou a discussão se os EUA venderiam ou não ARP armados para a Indonésia eles rapidamente compraram o modelo chinês. Quando os EUA ficaram enrolando a análise se a Indonésia deveria comprar mais F-16 eles que usavam o Su-27 compraram o Su-30, rapidamente a conversa mudou e os EUA ofereceu F-16A/B para modernizaão, eles recusaram e queriam só se fosse F-16C/D, os EUA doou 24 F-16C/D block 25 da Guarda Nacional e eles pagaram 32 Mihoes de Dólares para modernizar cada para um pafrão próximo do block 52, que ficou designado F-16C-52ID. O recado foi dado, se não nos… Read more »

Ricardo
Ricardo
2 anos atrás

A Caatsa não é uma lei obrigatória e sim opcional. Ou seja, o presidente só a aplica se julgar interessante. A vantagem do armamento russo são bem simples, preço e uso irrestrito. Isso dá uma vantagem enorme e a carteira de negócios russos ronda 45 bilhões. Turquia já bateu o pé e disse que não desiste do s400. Como os russos, espertamente, pediram um adiantamento de mais de 1 bilhão de dólares, se os turcos pularem fora levaram um prejuízo bilionário além de pegar muito mal para Edorgan internamente, já que o sentimento anti-USA da Turquia é enorme!

sub-urbano
sub-urbano
2 anos atrás

Vamos ver até quando os Amerikanski conseguem bater de frente com todo mundo… A Indonésia é um Brasil em forma de arquipélago, tem grande população, muitos recursos naturais e território extenso. É um país de grande potencial.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  sub-urbano
2 anos atrás

São 250 milhões de habitantes em 17.000 ilhas das quais 7.000 habitadas, tem mais de 300 vulcões ativos, se o Krakatoa explodisse hoje mataria 2 milhões de pessoas sendo a maior tragédia do mundo. O mais importante é que é o maior país muçulmano do mundo com 87 % de sua população, e geograficamente possuem a passagem entre a Pacífico e o Indico, claro que não fecharão, mas é um estreito com 100 km de largura em alguns pontos. Segundo as projeções dos maiores bancos a sua economia ficará entre as 5 ou 7 maiores do mundo, aliás entre os… Read more »

Professor
Professor
2 anos atrás

Engraçado que quando eu dizia que os EUA não permitiam ao Brasil que comprasse equipamento de origem não-ocidental, o que os incautos – ou não intencionados – respondiam? “Não, o Brasil é soberano, isso é papo de petista, vá morar em Cuba”.

E agora? o que têm a dizer?

Charly Diego
Charly Diego
2 anos atrás

Os mi 26 e os igla vieram de onde? Quais embargos sofremos por essas compras? Os egípcios sofreram embargos?