Home Aviação de Ataque Encomendas do Su-57 e MiG-35 no Army 2018

Encomendas do Su-57 e MiG-35 no Army 2018

10885
27
Sukhoi Su-57
Sukhoi Su-57

Durante o fórum militar-técnico Army 2018, realizado de 21 a 26 de agosto em Kubinka, a oeste de Moscou, o Ministério da Defesa da Rússia assinou um total de 32 contratos com 20 fabricantes russos. O valor dos pedidos superou 130 bilhões de rublos (quase US$ 2 bilhões) e pede a entrega de 600 equipamentos e a modernização de mais 1.500.

A assinatura ocorreu em 22 de agosto, seguida de uma coletiva de imprensa do vice-ministro da defesa, Alexei Krivoruchko, que comentou: “O cumprimento desses contratos fará com que as forças armadas russas usem as armas mais modernas, com foco em sistemas de precisão e munições para elas.”

Ele não divulgou nenhum número, exceto um. Com os acordos anteriores levados em conta, o Ministério da Defesa da Rússia receberá 15 caças Sukhoi Su-57 de quinta geração. “Nós achamos este avião como estado-da-arte”, disse Krivoruchko. “Receberemos 15 aeronaves novas da fábrica, com a primeira a ser entregue no próximo ano. Esta aeronave é um projeto de sucesso, pois supera todos os seus análogos estrangeiros, passou por todos os tipos de testes e ganhou alguma experiência de combate. ”O lote inicial de produção será seguido por encomendas de mais aeronaves em versões melhoradas que estão em desenvolvimento. Em particular, o cliente espera que uma variante atualizada, passando por testes de voos, esteja disponível em quantidades a partir de 2023.

Também falando no briefing, o presidente da United Aircraft Corporation (UAC), Yuri Slyusar, disse que, a julgar pela relação preço-desempenho, o Su-57 e o MiG-35 representam a melhor solução em suas classes, respectivamente. Ele descreveu os contratos assinados em 22 de agosto como os de produção em quantidade de ambos os tipos. O Su-57 fornecerá a base para uma família de aeronaves, como o Su-27 fez, acrescentou. “O Su-57 é uma plataforma básica que irá se desenvolver, sofrer modernização e reengenharia. No processo, instalaremos mais e mais sistemas avançados, de modo a expandir os recursos de combate e a funcionalidade da aeronave básica. Isso moldará o futuro de nossa aviação por muitos anos à frente ”.

Tocando no Su-57, o fabricante enfatizou o emprego da inteligência artificial, o amplo uso de materiais compostos e a capacidade de atacar alvos altamente defendidos, incluindo centros de controle que lidam com operações de aviação. “Tecnologicamente, lançar o Su-57 em produção nos ajudará a dar um salto adiante, já que estaremos dominando novas tecnologias relativas à próxima geração de aeronaves”, disse Slyusar.

MiG-35
MiG-35

O presidente da UAC disse ainda que, ao adicionar contratos para a produção em quantidade de Su-57 e MiG-35 àqueles dos caças de geração 4++, como Su-30SM, Su-34 e Su-35, o Ministério da Defesa da Rússia aumentou a carga de trabalho para a indústria nacional. Além disso, as encomendas domésticas iniciais para os dois últimos tipos de aeronaves poderiam influenciar os clientes estrangeiros. “Ambos os tipos de aeronaves têm algum potencial de exportação”, disse Slyusar.

Embora não haja nenhum anúncio oficial sobre os números do tão aguardado pedido do MiG-35, fontes da indústria afirmaram que o contrato inicial é de apenas seis aeronaves. O MiG-35 será produzido na fábrica RAC MiG em Lukhovitsy, na região de Moscou. Foi relatado que este primeiro lote pode ser entregue à equipe acrobática “Strizhi” (Swifts), que é baseada em Kubinka e atualmente voa com MiG-29s.

Convidados estrangeiros selecionados conheceram exemplares de produção dos Su-57 e MiG-35 nos hangares em Kubinka. Um par de protótipos de desenvolvimento Su-57 voou de outro aeródromo para uma apresentação de voo de 10 minutos sobre a base no dia de abertura do evento. Nenhum dos dois tipos foi exibido durante os dois dias de negócios e três dias públicos que se seguiram. O Army 2018 incluiu um programa de voo diário envolvendo até 20 aeronaves, incluindo os seis caças Chengdu J-10 da equipe acrobática “1º de agosto” da PLAAF, com mais 30 aeronaves em exibição estática.

FONTE: AIN Online

27
Deixe um comentário

avatar
14 Comment threads
13 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
19 Comment authors
Mauro HenriqueAndréCássioMaurício.Wilton Feitosa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Renato Carvalho
Visitante

Penso exatamente isso, o SU- 57 irá evoluir da mesma forma que os Flankers evoluiram do analógico SU-27 ao moderníssimo e perigoso SU-35, portanto acho prematuro que falem na falência do projeto.

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

O Sukhoi Su-57 começa a surgir com as carenagens superiores de seus motores inteiramente pintadas.

J-20
Visitante
J-20

Já tem mais de um ano que esse protótipo foi construído e revelado em fotos.

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Ora mas não é mesmo?
Por favor, não repare, é desatenção minha. Então vamos aguardar o voo do segundo protótipo para ver se ele também com a carenagem pintada!

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Li em um site que essa área é feita de liga de titânio e que quando pintada a tinta descasca muito rápido e se solta. Acontece o mesmo com outros aviões, como a parte inferior do F-15, o F-5, o F-100 Super Sabre, etc. E acredito que isso aconteça levando em consideração o aumento da temperatura na peça quando o pós-combustor é usado, é preferível não pintar a região.

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Prezados J-20 e DSC.
Alguns desses protótipos, sinceramente, eu mal havia reparado, e um ou outro, eu nem mesmo tinha visto as fotos.
Obrigado pelas informações.

P.S. Existe algum site onde se pode ver um apanhado geral de todos os protótipos já feitos?

J-20
Visitante
J-20

No próprio Wikipedia tem a lista de todos os protótipos e as suas especificações para o projeto. Segue o link da primeira notícia do site sobre o T-50-9:
https://www.aereo.jor.br/2017/05/15/primeiras-fotos-caca-pak-fa-t-50-9/

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

“Esta aeronave é um projeto de sucesso, pois supera todos os seus análogos estrangeiros, passou por todos os tipos de testes e ganhou alguma experiência de combate.”

Truco!

Depois não sabem pq tem gente que torce o nariz quando vem as palavras oficiais a respeito das armas deles, poderiam ser mais humildes.

O Su-57 deve ser sensacional, mas forçam muito a amizade quando vão falar dele

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Hahahahaha

Esse eh o problema.
Já os EUA são humildes. A lockheed divulga o F-22 como um caça meia boca. Eh só acessar o site deles para ver.

A eurofighter também. Fala que eh um caça mais. ou menos.

Os suecos então, são ainda mais humildes.
Acabei de ver na capa da revista a propaganda que diz:

Estamos criando o mais avançado caça multimissao do Mundo, no Brasil.

Mas isso foi erro digitação.
Eles queriam dizer o Menos Avançado do mundo.

Kkkkkkkkk
Esses russos são uns convencidos mesmo.

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Matou a pau Luís Henrique ahahahahaha

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

As armas deles abateram 10.000 (dez mil kkk) aeronaves americanas na Guerra do Vietnã.

Tallguiese
Visitante
Tallguiese

O interessante no mig-35/29, su-27/35 E eles não levarem tanques subalares para aumento de autonomia o que prejudicaria um pouco em manobras aéreas bruscas sendo obrigado a ejeta-los em casa de um confronto. Por isso esse tanto de mísseis que eles levam nas asas é abaixo da fuselagem. Mas na prática não é preciso levar isso tudo não né? Numa missão típica deve-se levar bem menos acho Eu!

JPC3
Visitante
JPC3

Os sukhois não vistos com tanques externos por que tem boa autonomia, já com os migs a situação é diferente.

J-20
Visitante
J-20

Os Mig-29 sempre levam um tanque externo entre as entradas de ar do motor. Já os Flankers tem uma autonomia muito grande sem tanque de combustível externo, sendo assim não há necessidade de usa-los, liberando mais espaço para armas

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Bom se não quebrar o trem dianteiro já pode ser considerado 1 sucesso né, agora é preparar a pipoca sentar e assistir.
Mas como diz aquele adágio, propaganda é há alma do negócio.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Evento somente para países não alinhados com o Ocidente. Pagamentos que podem ser feitos em café, banana, carne ou até em cacau.

Renato Carvalho
Visitante

China, Índia, Malásia e outros que não me lembro parecem dispor mais que de bananas e afins para pagarem por seus sukhois…

ScudB
Visitante
ScudB

E pesquisar sobre assunto deve ser a religião (ou orientação) não deixa , né ?..
Foram Alemanha, França, Turquia , Eslováquia , RU , Singapura, Tailândia, Republica Tcheca , etc.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Aeronaves de pré-serie, esses 15 Su-57. Pode apostar que vão terminar seus dias como aeronaves de treinamento e desenvolvimento de sistemas.

Aliás, coisa comum com outros caças famosos, como o F-4. Alguém já viu o modelo A?:

comment image

PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
Visitante
PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
Wilton Feitosa
Visitante
Wilton Feitosa

O que vc queria que eles falassem? … “Somos uns idiotas e gastamos um monte de dinheiro com esse lixo!”…
O que os franceses, alemães, americanos falam, só a verdade, nada mais que a verdade?

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Sobre a questão do combustível transportado notada pelo J-20. A questão não se relaciona diretamente com o Su-57, mas é interessante notar, que, certos projetos tentaram evitar o uso de tanques externos, principalmente caças de defesa de ponto. Um deles foi Grumman Bearcat, que a princípio levaria somente 700 litros de combustível na fuselagem (a versão definitiva levava 900 litros), a aeronave acabou adotando um conceito, inclusive defendido por Pierre Sprey, e que, particularmente, eu acho muito bom. Seria que, o caça levaria tanques externos alijáveis somente enquanto não entrasse em combate. A teoria parece um tanto óbvia, mas ela… Read more »

Maurício.
Visitante
Maurício.

Esse papo de geração 4++ não me convence, na minha opinião só existe aeronaves de 4° geração, que são gripem, Rafale, eurofighter e talvez o F-35(não considero um 5°geração puro tipo o F-22), o resto é aeronave modernizada com outro nome.

Mauro Henrique
Visitante
Mauro Henrique

Concordo su-35 é de terceira geração.

Cássio
Visitante
Cássio

Muito papo fiado e propaganda desses russos, o programa PAK FA tá de mal a pior, ainda mais agora que os indianos se cansaram das promessas e abandonaram o projeto. Deviam esquecer essa história de furtividade e dar outro objetivo para o T-50.

André
Visitante
André

15 su57 e 6 Mig 35???

Delx do sel….melhor o ocidente se preparar prq a Rússia está se armando até os dentes.

E tem gente achando que 36 gripen são poucos…

Mauro Henrique
Visitante
Mauro Henrique

Concordo su-35 é de terceira geração.