Home Abate Israel derruba avião da Força Aérea Síria usando mísseis Patriot

Israel derruba avião da Força Aérea Síria usando mísseis Patriot

8789
153
Lançadores de mísseis Patriot em Israel
Lançadores de mísseis Patriot em Israel

Os militares israelenses derrubaram um avião de combate sírio depois que ele entrou no espaço aéreo israelense na terça-feira à tarde, informaram as Forças de Defesa de Israel (IDF).

O avião de combate sírio foi abatido pela Força de Defesa de Israel com dois mísseis Patriot. O piloto morreu no local, o destino do outro é desconhecido.

O avião russo Sukhoi entrou dois quilômetros dentro do espaço aéreo israelense quando dois mísseis Patriot foram lançados para interceptar a aeronave, informaram as IDF. Os mísseis atingiram o jato uma vez que ele havia cruzado o espaço aéreo sírio, disseram as IDF, acrescentando que os militares não sabiam o que aconteceu com o navegador da aeronave.

A Síria disse que seu jato estava conduzindo uma operação contra “grupos terroristas” quando foi atingido por fogo israelense, segundo uma reportagem da mídia estatal.

“O inimigo israelense alvejou um dos nossos aviões de guerra enquanto fazia ataques aéreos contra esses grupos na área de Saida, nos arredores da Bacia al-Yarmouk, no espaço aéreo sírio”, disse uma banner da TV estatal síria, citando uma fonte militar.
Israel disse que houve um aumento notável na atividade dos militares sírios na região na terça-feira, especialmente a Força Aérea Síria, como resultado de contínuos combates internos no país devastado pela guerra.

O jato decolou da base militar T-4, a nordeste de Damasco, segundo o porta-voz das IDF, tenente-coronel Jonathan Conricus. Israel atacou a base T-4 várias vezes no ano passado, visando o que os militares israelenses disseram ser os ativos militares iranianos na base.

Antes de iniciar o ataque, Israel se comunicou com a Rússia para garantir que o jato fosse sírio e não fizesse parte da Força Aérea Russa, segundo Conricus. As chamadas “medidas de desconflito” estão em vigor entre os dois países desde que as forças russas entraram na Síria em nome do presidente Bashar al-Assad.

O jato era um Sukhoi Su-22 ou um Sukhoi 24, disseram as IDF na terça-feira. Ambos os jatos são aviões de fabricação russa desenvolvidos nas décadas de 1960 e 1970 e operados pela Força Aérea Síria. Um dia antes, Israel lançou dois mísseis do sistema de defesa antimísseis David’s Sling contra dois foguetes sírios, que as IDF acreditavam estar indo para território israelense. Quando ficou claro que os dois mísseis sírios SS-21 iriam pousar dentro da Síria, os mísseis de David’s Sling receberam a ordem de se autodestruir, disse o Exército Israelense. Um míssil se autodestruiu com sucesso, enquanto não ficou claro o que aconteceu com o segundo, disseram os militares.

Su-22 Fitter da Síria
Su-22 Fitter da Síria
Subscribe
Notify of
guest
153 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo RCS
Alfredo RCS
2 anos atrás

É, esse sistema funciona. Diferentemente de outros…

MSB
MSB
Reply to  Alfredo RCS
2 anos atrás

Sim, funciona, e ate agora só abateu velharias, por outro lado, um certo sistema ultrapassado, abateu um F-16 na mesma região ….

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  MSB
2 anos atrás

só que o sistema ultrapassado precisou de 20 misseis pra derrubar um piloto desatento KKKKKKKKKK isso você esqueceu né?

Bosco
Bosco
Reply to  MSB
2 anos atrás

Quando o Su-24 “paralisou” um destróier Aegis não era velharia.

Fox-2
Fox-2
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bosco,
Com certeza era modernizado, porque era um caça do inventario Russo.
Todos os caças Russos inclusive passaram por um tratamento de pintura RAM na estrutira e fuzelagem nos anos 80.
Afinal foram ele que inventaram esse revestimento.

Bosco
Bosco
Reply to  Fox-2
2 anos atrás

Fox, Só um adendo! Foram os “alemões” na SGM que inventaram o RAM magnético (ou ferroso). Um soviético de origem russa (Petr Ufimtsev) elaborou na década de 60 um estudo sobre o comportamento das ondas EM relativas à sua reflexão que foi liberado pelo “partidão” por tê-lo considerado sem valor prático. Os americanos o leram e viram o potencial militar no trabalho do dito cujo, que serviu para agregar na sua busca por um método de redução da assinatura radar. Deu no que deu! *Parece que até hoje os russos acham que o trabalho do Petr Ufimtsev não serve pra… Read more »

Eduardo
Eduardo
Reply to  MSB
2 anos atrás

O problema é que além desse abate do F16 não houve nenhum outro.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  MSB
2 anos atrás

No aguardo dele argumentar que 2 disparos são um exagero e comprovam a ineficiência do sistema americano

Bosco
Bosco
Reply to  Victor Filipe
2 anos atrás

Victor,
De acordo com os russos os sistemas antiaéreos sírios de origem russa interceptaram mais de 70 mísseis cruise , entre Tomahawks, JASSM e Storm Shadow, com índices de alguns sistemas que chegam a 100% de eficiência.

Fox-2
Fox-2
2 anos atrás

Geramente é disparado 1 missil apenas pra abater o caça ou forçar-lo á alijar suas cargas e conseguinte tolir o ataque inimigo, Porém um salva de 2 misseis tem como objetivo da defesa aérea de Israel abater o caça à todo custo, pois dessa forma, reduz praticamente à zero a probabilidade de escapar da defesa aérea.
Esses caras sabem que Israel não hesita em atacar, mas mesmo assim aventuram contra Israel….
Tô começando à achar que esses Sirios e Palestinos gostam de apanhar do povo judeu.

Petardo
Petardo
Reply to  Fox-2
2 anos atrás

Contra Israel? Os caras entraram 2km dentro do território quando dispararam o míssil. A menos que seja um erro de tradução, a medida é totalmente descabida e esse relato não faz sentido nenhum.
Quem, em questão de segundos, consulta os russos é dispara um míssil?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Petardo
2 anos atrás

Petardo, é bem provável que a aeronave tenha sido rastreada desde sua decolagem. Quando se chega à uma determinada distância do espaço aéreo restrito e dependendo de seu curso, velocidade e ações, a verificação com os russos já poderia ter sido feita nesse momento para já liberar as baterias de mísseis para ação. Não é algo que ocorre em 2 segundos, mas sim o resultado de monitoramento.

Não me parece ser uma medida descabida considerando o que anda acontecendo na região.

Bosco
Bosco
Reply to  Petardo
2 anos atrás

Consulta o Urso Panda pra ver se ele autoriza ou não abater um avião do … aliado.
Afinal, o quê os russos estão fazendo na Síria??

Fox-2
Fox-2
Reply to  Petardo
2 anos atrás

Amigo você está desinformado !
Israel e a Siria estão em estado de querra.
Israel só não apaga a Siria do mapa porque eles estão debaixo dos braços de Putin.

José
José
Reply to  Petardo
2 anos atrás

Pelo que eu li em um site de Israel,a aeronave síria foi rastreada desde quando decolou de sua base e foi acompanhada.Segundo o próprio site a aeronave se deslocou em alta velocidade em direção a Israel.A FDI atirou primeiro,depois consultou os russos a fim de saber as suas origens,isto é,se o caça era russo.

Caio
Caio
2 anos atrás

Esse sistema patriot ganhou nome desde a primeira guerra no golfo: EUA x Iraque, e pelo custo deles, realmente tem que ser bom, muito bom.

Bueno
Bueno
2 anos atrás

Muito interessante o alinhamento com os Russos, esta Claro que a Rússia se limita aos seus interesses neste conflito, não estendendo para o Lado de Israel e nem para o Lado Turco.

Pergunta de leigo.. (se..)
Os S300/400 poderiam ser acionados como contra medidas do Patriot , caso estivesse na área do ocorrido?
E se Su-22 tivesse usado contra medidas daria temo de evadir ?

Se fosse o MiG-29SM , tinha mais chances de se defender?

Fox-2
Fox-2
Reply to  Bueno
2 anos atrás

Bueno,
isso depende da altitude em que o caça se encontra e o quanto ele está perto da zona sem escapatória ZNE do sistema de defesa aérea.
Se ele estiver em baixa altitude ou média altitude, basta ligar o jammer, lançar dispistadores, alijar as cargas e mergulhar para ficar bem rente ao solo fugindo em alta velocidase e em direção oposta ao sistema de defesa aérea.

Bueno
Bueno
Reply to  Fox-2
2 anos atrás

Fox-2
São tentativas ne, se der certo, ufa esta salvo. Mas para esta turma do oriente se morrer também esta salvo , então não faz muita diferença. rsrs
É muito importante um sistema de defesa antiaérea bem localizado, não daria tempo de acionar um F16 ou F15 para abater o SU22…
Conforme o discutido aqui pelos especialistas, o Brasil precisa de um sistema defesa antiaérea completa e eficiente, mesmo considerando que não temos ameaças na região e a dimensão do pais para uma reação caso invadido .

Fox-2
Fox-2
Reply to  Bueno
2 anos atrás

Bueno,
Quando um caça decola na Siria imediaramente o comando aéreo de Israel já sabe, seja por Satélite, alerta antecipado ou por observadores proximos a base.
A questão é que nesse caso, se Israel proximace algum caça, o operador de radar da Siria avisaria o piloto do S-22 e o mesmo evadiria. A melhor estratégia foi esperar que ele entrasse na ZNE do sistema de defesa aérea.

Bueno
Bueno
Reply to  Fox-2
2 anos atrás

Fox-2
Valeu

ScudB
ScudB
2 anos atrás

Srs editores!
Errata : SS-21 (Tochka-U).Não SS-22 (Temp-S).
E uma sugestão da visão de ocorrido : http://www.israelhayom.co.il/article/573807
Um grande abraço!

Bruno w Basillio
2 anos atrás

Foi um Su-22M4 da SyAAF ,o piloto Coronel Omran Marri foi encontrado bem carbonizado perto dos destroços do avião ,mas o navegador não se tem notícia… provavelmente o piloto tentou levar o avião de volta até uma base , por isso não se ejetou ,pois a área que o avião caiu é dominada por militantes ..

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
2 anos atrás

Sinceramente, a questão importante aqui não é o avião abatido ou o míssil usado.

Israel se vê no direito de atacar territórios em outros países quando lutam contra terroristas, mas não reconhecem esse direito a outros se o território em questão é o seu.

Fora isso é a guerra da informação !

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Ricardo da Silva
2 anos atrás

Ricardo, bem, talvez você não tenha entendido direito. A aeronave de guerra entrou no espaço aéreo Israelense e foi abatida. Os Sírios tentam fazer a mesma coisa quando os aviões israelenses entram em seu espaço aéreo. Ambos se acham no mesmo direito. Agora, conseguir entrar em espaço aéreo de um ou de outro em busca de seus interesses nacionais é outro papo.

É bom lembrar que todo país se acha no direito de defender seu território e isso é feito, preferencialmente, no território dos outros.

Roberto Lobo
Roberto Lobo
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Leandro Costa
É serio? Você acha que os Sírios sabendo que Israel atacaria com tudo que tem qualquer um que avance um palmo de suas fronteiras, iriam entrar 2 km em território Israelense?
Esta versão esta muito mal contada, ou o piloto sírio foi muito mal orientado. Ele não entraria no espaço aéreo de Israel nem sonhando.

Luiz Konfidera
Luiz Konfidera
Reply to  Roberto Lobo
2 anos atrás

Os Sírios são burros mesmo. É a segunda aeronave que eles perdem por fazerem exatamente a mesma coisa: Voar perto da fronteira de Israel.
Como Israel e Síria estão em uma guerra não declarada, voar perto da fronteira do inimigo, mesmo que não tenha invadido o espaço aéreo israelense é suicídio!
Parece que não aprendem a lição nunca.

Eduardo
Eduardo
Reply to  Ricardo da Silva
2 anos atrás

Serio que vc acha que tem insurgentes sírios em território Israelense?? Acha mesmo que Israel ia deixar isso acontecer?

Uma coisa que Assad não precisa se preocupar é em procurar insurgentes sírios em Israel.

Aliás arrisco a dizer que Israel não tem o menor interesse em que Assad saia do poder na Síria, pois é inimigo conhecido. Agora se Assad sair de cena, sabe-se lá quem vem no lugar.

Bosco
Bosco
Reply to  Ricardo da Silva
2 anos atrás

Ricardo, “Israel se vê no direito de atacar territórios em outros países quando lutam contra terroristas, mas não reconhecem esse direito a outros se o território em questão é o seu.” Os outros podem fazer o mesmo com Israel … e aguentar as consequências. Assim como podem reagir contra Israel. Não há nem de um lado nem de outro qualquer tipo de acordo com cláusulas exorbitantes em favor de Israel. É questão de capacidade, coragem e determinação. Se Israel pode mais, azar de quem pode menos. O dia que Israel deixar de ser assim ele deixa de existir. Se querem… Read more »

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Simples assim Boscovisk!!!!!

Aranaldo
Aranaldo
Reply to  Tomcat4.0
2 anos atrás

Olhando a aeronave síria, acredito que a “margem de erro” para a navegação é bem maior que esses 2km, ou seja, sequer pretendiam talvez entrar em espaço aéreo israelense, mas entraram… a regra é clara..

Raduga
Raduga
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Quem pode mais chora menos.

Talisson Goet
Talisson Goet
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Perfeito. O dia em que Israel vacilar, deixará de existir.

Everton Matheus
Everton Matheus
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Sempre foi assim, e essa “Lei do mais forte” esta em vigor no Oriente Médio, e no Mundo desde SEMPRE.

Bosco
Bosco
Reply to  Everton Matheus
2 anos atrás

Mas só é passível de crítica quando o Ocidente põe em prática.

Thiago
Thiago
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Depende muito do conceito de ‘Ocidente”. Eu considero o Brasil Ocidente, mas infelizmente para muitos ocidente é apenas o mundo anglofono, com isso seu modelo cultural e seu cães de guarda . Qualquer coisa que se distanciar minimamente dessa ordem é passível de ataques e acusas insensatas. Como se o único ou melhor modelo de democracia admissível fosse o deles, até às nações européias são alvos dessas críticas. Por isso mesmo não perdo ocasião de lembrar e apontar a dupla moral, a incoerência, e o sistema de dois pesos e duas medidas rotineiramente utilizado pelos ungidos do destino manifesto que… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Thiago, “…rotineiramente utilizado pelos ungidos do destino manifesto que se auto-elegeram juízes/árbitros dos demais.” Tem um sujeito aqui no Brasil que se diz a reencarnação de Jesus, é o “INRI Cristo”. Acredita no que ele alega quem quer! O mundo tá cheio de exemplos de megalomanias e narcisismo mas você só implica com o tal do “direito manifesto dos EUA”, que advém da empolgação deles com o país deles. Direito deles pensarem assim e dos outros não levarem esse discurso em consideração. Provavelmente daqui uns 30 anos quem vai alegar ter esse “direito manifesto” serão os chineses, assim como no… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Ricardo da Silva
2 anos atrás

Ricardo, nada em relação a Israel tem a ver com direito ou legitimidade. Tudo é baseado em subterfúgios e força bruta. Puro cinismo, desde sua criação / fundação baseada em atitudes cinicas , ferocidade , sangue e atentados terroristas contras as autoridades Ingleses. São cobras que já morderam a mão de quem os sustenta (USS Liberty …) , nós ensinam que a única maneira de ser respeitado no cenário internacional é o puro cinismo e sobrepor os próprios interesses antes de todos e tudo. E eu acho que o Brasil deveria fazer nem mais nem menos o que eles fazem,… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Agora você entendeu!! Sem chorumelas! É assim que o mundo funciona. Não sei quanto a você mas eu por exemplo estou no meu apartamento onde antes devia ser uma praça de uma aldeia indígena. E não faz muito tempo não. Diria que a no máximo uns 70 anos. O mesmo tempo da criação de Israel. E sabe qual o meu remorso por esse fato incontestável: nenhum. Para que eu possa falar da perfídia de Israel de boca cheia eu teria que doar meu apartamento para o primeiro índio que eu visse, do tronco linguístico Macro-Jê, e nunca irei fazer isso… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Então espero que você compartilhe a visão de um Brasil menos servo e de firme oposição a qualquer lição de moralidade oriunda de potências estrangeiras ou ONGs picaretas. Estou me lixando da “perfídia “de Israel, primeiro porque estou bem longe graças a Deus, e também porque quanto a perfídia os Árabes não são certamente menos . Mas não deixa de ser irritante quando brasileiros , com imenso complexo de inferioridade, observam a política internacional do nosso Estado através de uma visão dogmática, doutrinária e moralista cuja única função é manter o nosso país fora da arena internacional e alinhado a… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Thiago, Meu imenso complexo de inferioridade vem da clareza em ver que meu país é o que é por conta da incompetência e desonestidade de seu povo, que reflete na qualidade e nas características de seus governantes e do Estado, e enquanto for assim é melhor para a humanidade que fiquemos onde estamos na arena internacional. Se há uma interferência externa na nossa soberania ela reflete minimamente na qualidade de vida dos cidadãos tendo em vista que 50% da arrecadação é desviada por cidadãos BRASILEIROS, que não raro cantam o Hino Nacional com a mão sobre o coração e se… Read more »

Andre
Andre
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Bosco,

vc tem canal no youtube?

Abs

Bosco
Bosco
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Andre,
Tenho não!
Um abraço.

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Ricardo da Silva
2 anos atrás

Senhores,
Bom, lamentavelmente temos então que reconhecer que vivemos em mundo de barbárie. Onde o respeito e convivência são determinados pela força. Que “aqueles que se provam superiores tem mais direitos”. O curioso é que quem defendia esse discurso eram os “nazistas”. E hoje ? Podemos chamar de neo-nazistas ? É o Estado Sionista de Israel nazista ? Seria bom que cada fizesse uma reflexão individualmente.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Ué a Síria tinha falado que Israel não acertou e o caça tinha retornado em segurança, não tiveram como esconder mais e admitiram que o caça foi atingido. É doença divulgar tanta mentira como faz a Síria e os russos.

Thiago
Thiago
2 anos atrás

Qual seria esse ” territorio israelense” as colinas do Golã ? Se for, não da para ser considerado território israelense e sim território sírio ocupado por forças israelenses.

Bosco
Bosco
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Thiago,
A Síria não reconhece a existência do Estado de Israel que foi estabelecida pela ONU, de forma pacífica, completamente de acordo com as normas internacionais.
Em vista disso, por que você acha que Israel tem que reconhecer que as Colinas de Golã pertencem à Síria?

Edmilson Sanches
Edmilson Sanches
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Mas Israel,criado pela ONU,não respeita as determinações da mesma organização para que se retire dos territórios roubados dos árabes.Não deixa que a ONU tenha acesso ao seu programa nuclear,não assina tratado de não proliferação de armas nucleares….É um estado fora da lei,racista,dirigido por assassinos.Não difere em nada de certos países árabes.Não sei porquê defendem tanto Israel,um estado criado para um grupo religioso e não para uma nação.

smichtt
smichtt
Reply to  Edmilson Sanches
2 anos atrás

Perfeito.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Edmilson Sanches
2 anos atrás

Fora as afirmações enviesadas e tendenciosas que você ora colocou meu caro Edmilson, as pessoas defendem Israel porque o país é a única democracia da região.

E os territórios não foram “roubados” e sim conquistados em uma guerra que, diga-se de passagem, foi provocada pelos próprios árabes.

Thiago
Thiago
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Democracia ? So se for Democracia étnica/teocrática, não muito longe dos “bárbaros ” que eles borbardeiam.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Meu caro Thiago infelizmente existe a falsa percepção de que a democracia apenas existe quando é do nosso agrado, não é à toa que há quem ache que impeachment é golpe, que desembargador possa conceder ordem de HC violando resolução do CNJ e desrespeitando julgamento de órgão colegiado e que presidiário pode se candidatar à presidência da república. Quanto à Lei em si ela não transforma os israelenses não judeus em cidadãos de segunda classe visto que os outros grupos étnicos religiosos que lá habitam não sofreram redução ou supressão de direitos. Ou seja, continuarão a ter assegurados os direitos… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Edmilson Sanches
2 anos atrás

Edmilson,
Do mesmo modo que há defensores encarniçados desses “certos países árabes” ,apesar deles serem fora da lei, racistas , dirigidos por assassinos e teocráticos, há defensores de Israel.
Não sei porquê a sua surpresa?

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Edmilson Sanches
2 anos atrás

E fizeram em 2006 o maior dos absurdos, uma placa comemorando os 60 anos do atentado terrorista contra o Hotel King David feito pelo terrorista Menachem Begin que depois foi primeiro ministro e como maior absurdo ganhou o Nobel da Paz, ocupado por ingleses na mauoria, morreram assassinados no ataque 91 pessoas, 28 ingleses, 41 arabes, 17 judeus e 5 outros. . “The rightwingers, including Binyamin Netanyahu, the former Prime Minister, are commemorating the bombing of the King David Hotel in Jerusalem, the headquarters of British rule, that killed 91 people and helped to drive the British from Palestine. They… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

O magnata Yasser Arafat (mais de 500 milhões de dólares quando morreu), líder da OLP, terrorista confesso, também ganhou o Prêmio Nobel. Você esqueceu de citar ele!
Com certeza tem um monte de placa com o nome dele espalhado na Faixa de Gaza e na Cisjordânia. Pode procurar que você acha!

Mk48
Mk48
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Bosco, por falar em placa, existe uma avenida em Ramalah que passou a se chamar há alguns anos atrás de Avenida Brasil ( com placa ) , em gratidão as doações enviadas para a “Autoridade Palestina” pelo ex-presidente que hoje reside em Curitiba.

Luiz Konfidera
Luiz Konfidera
Reply to  Edmilson Sanches
2 anos atrás

Edmilson Sanches, roubado? Em uma bela manhã do ano de 1967, o PM de Israel pensou: Pô, ta um tédio aqui, que tal se eu desse uma camaçada de pau nos sírios e tomasse Golã? Foi isso que aconteceu segundo a sua visão então? Quer reescrever a história? Vai dizer também que Israel resolveu atacar uma coligação de pobres coitados árabes pacíficos também? Israel não roubou nada de ninguém, ganhou o território em guerra, a qual diga-se de passagem foi provocada pela própria Síria em conjunto com a liga Árabe, então não venha com essa conversa fiada aqui, não cola.… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Entao não tem nada a ver com o projeto-piloto de perfuração das colinas do Golã, conforme relatado pelo Times of Israel, a israelense Afek Oil and Gas encarregada das explorações, empresa que faz parte de outra empresa , a americana Genie Energy, que possui um comitê de consultores com ex-funcionários do governo dos EUA (entre eles Dick Cheney, ex-vice-presidente dos EUA, e R. James Woolsey Jr., ex-diretor da CIA). Não tem a ver que as águas do Golã fornecem a Israel um terço da necessidade idrica do país? Posição estratégica,milhões de metros cúbicos de água e potenciais milhões de barris… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Thiago,
Supondo que suas suspeitas acerca do fetiche imensurável de petróleo por parte dos americanos esteja correta, por que Israel tem que fazer esse agrado à Síria, que não o reconhece?
Qualquer movimento no sentido de devolver os territórios ocupados tinha que ser precedido da aceitação por parte da Síria do reconhecimento de Israel na sua forma inicial, de 48.
Não há lógica em Israel agir unilateralmente em favor de um “inimigo”.

Thiago
Thiago
Reply to  Bosco
2 anos atrás

“Thiago, Supondo que suas suspeitas acerca do fetiche imensurável de petróleo por parte dos americanos esteja correta, por que Israel tem que fazer esse agrado à Síria, que não o reconhece? Qualquer movimento no sentido de devolver os territórios ocupados tinha que ser precedido da aceitação por parte da Síria do reconhecimento de Israel na sua forma inicial, de 48. Não há lógica em Israel agir unilateralmente em favor de um “inimigo”.” Concordo em parte , mas duvido muito que o simples reconhecimento de Israel permitiria a Síria ter de novo posse do seu território . Com Israel o único… Read more »

Eduardo
Eduardo
Reply to  Bosco
2 anos atrás

A insanidade antissemita vai longe… O Bosco está com toda a razão, para que Israel vai devolver Golan para um inimigo declarado?? E não vem dizer que os Israelenses não tem boa vontade em devolver as terras porque o Sinai foi tomado do Egito e devolvido após o Egito reconhecer o estado de Israel estando em paz com esse desde lá.

Andre
Andre
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Thiago,

O que o Egito precisou fazer para que Israel lhe devolve-se a península do Sinai?

Abs

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Thiago, na verdade se pode utilizar de alguns conceitos de direito internacional que poderiam muito bem serem usados para reconhecer as colinas de Golã como território Israelense. Mas vamos começar com o básico: Eles ocuparam por via militar e a Síria não conseguiu tirá-los de lá a mais de 50 anos. Então, de fato, é território israelense. Não quer dizer que seja obrigatório o reconhecimento disso, mas apenas que é mesmo um fato. E quem não goste, que os tire de lá. Mas vou logo avisando que vai ser meio difícil, já que os maiores interessados não conseguem fazer isso.

Bravox
Bravox
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Então se for por essa linha dos comentarios o Uruguai é um estado do Brasil ?
Esses dias comentei que o Uruguai era um estado do Brasil em tom de brincadeira .

TIGER 777
TIGER 777
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Leandro Costa, assino embaixo.

Bosco
Bosco
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Na verdade a culpa é da ONU. Olha só onde foram enfiar Israel. As chances de não dar zica eram nulas.
A região já era um pandemônio por conta de quem é o sucessor de Alá, aí, a ONU foi e jogou gasolina pra apagar o incêndio.
Essa porqueira da ONU tinha que ser demolida e o local coberto com cal.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Prezado Bosco
Não culpe a ONU. Os judeus só aceitam aquela região para ter seu país. É a terra prometida, que consta na Bíblia. Foram eles que escolheram aquele local.
Fora a obsessão pela posse integral de Jerusalém.
Só esqueceram de combinar com os russos, ops, quer dizer, com os seus primos árabes.
Abraço

Bosco
Bosco
Reply to  João Adaime
2 anos atrás

Mas a ONU deixou! rsrsss

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Thiago
2 anos atrás

Se informe melhor Thiago! Até 1967 as colinas de Golan eram utilizados pelos Sírios para atacar com artilharia cidades e vilas israelenses. Nesse sentido a ocupação das mesmas pelos israelenses não apenas é correta como justa.

sub-urbano
sub-urbano
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Sim, a região é de grande valor estratégico, estendendo-se a cordilheira antilíbano e o maciço do monte Hermon, na prática tudo é um acidente geográfico só. Batalhas muito importantes foram travadas lá, principalmente na guerra de 73, entre elas a sangrenta batalha do Vale das Lágrimas e as 3 batalhas pelo Monte Hermon.

Mk48
Mk48
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Inclusive uma boa parte do Golã não pode ser utilizada por Israel , porque são campos minados. Foi um presentinho que os Sírios deixaram enquanto batiam em retirada. Andando por lá voce vê um monte de placas e cercas nessas áreas.

Wagner
Wagner
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

HMS, esse rapaz aí não entende nada de história nem de Israel. Na certa não conhece nenhum judeu.

Jmgboston
Jmgboston
2 anos atrás

Estou impressionado com a eficiência. Apenas 2 km para dentro da fronteira e foi abatido? Isso são milésimos de segundos para um caça. E tambem o mesmo tempo para verificar o país de origem.
A não ser é lógico que ele ficou voando em circulos dentro de Israel.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Jmgboston
2 anos atrás

na realidade são 6 segundos…

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Jmgboston
2 anos atrás

Ele devia estar voando paralelamente a fronteira, difícil de entender?

Petardo
Petardo
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Que grande ameaça um caça voando paralelamente à fronteira. Claramente hostil.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Petardo
2 anos atrás

A Síria é um país hostil governada por um ditador sanguinário e qualquer invasão tem que ser destruída.

carcara_br
carcara_br
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Gosto de sorvete….

Augusto L
Augusto L
2 anos atrás

O controle deve ter detectado antes do caça entrar no espaço aéreo israelense, pela trajetória tem como ter noção. Ai perguntaram os russos se eram eles, e depois devem ter avisado o caça “você está próximo do espaço aéreo israelense, dê meia volta em tantos minutos ou segundos, ou será abatido”, o caça continuou e foi derrubado.

Bosco
Bosco
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

O caça devia estar voando vários quilômetros 2 km dentro do território israelense e não tendo voado “apenas”” 2 km e território israelense. Para que o caça seja interceptado dentro do território israelense apenas 6 segundos após ter invadido o espaço aéreo seria preciso que a ordem de lançamento tenha sido dado enquanto ele ainda estava em território sírio, e isso não deve ter acontecido. Apenas após confirmar que o caça estava efetivamente dentro do território israelense é que a ordem seria dada já que os israelenses não têm bola de cristal pra saber se um caça vindo em direção… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Eu imaginei que o caça tivesse vindo em linha reta em direção a fronteira e o radar israelense um alcançe alem da fronteira israelense, o que é bem provável.
E um caça voando a 900km/h percorre 2km em 13s nao 6s.
A identificação provavelmente se deu ainda em território sírio, bem como o primeiro aviso e o abate em territorio sírio.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Território israelense não sírio.

Bosco
Bosco
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

8 segundos!!

XFF
XFF
2 anos atrás

Eu não acredito que o caça Sírio invadiu espaço de Israel. Creio que Israel abateu esse avião por vingança e também para proteger vários terroristas que se encontravam na Colina de Golan. Mais vidas foram perdidas do piloto e copiloto ,apenas por capricho de testar suas armas modernas.

Bosco
Bosco
Reply to  XFF
2 anos atrás

É sério!?? Baseado em quê essas suspeitas?

XFF
XFF
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Porque tem bombardeado todo território Sírio, sempre usando Irã como desculpa, vários bases aérea foram atacado ilegalmente. Sem contar que toda vez que o Exército está próximo de uma vitória, Israel ataca eles, sempre com desculpa que um projétil caiu no território deles, eles atacam a posição do exercito Sírio para proteger terroristas que eles financiam para lutar contra o exército Sírio. O exército não está interessado em abrir outro campo de batalha contra Israel por enquanto, eles estão preocupado em expulsar todos os terroristas que ocupam o país deles ilegalmente, que são financiado pelo ocidente ilegalmente para depor o… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  XFF
2 anos atrás

O que você escreveu não faz qualquer sentido. Deseja tentar de novo de maneira mais clara? Afinal de contas os ‘terroristas’ que ocupam a Síria, de forma ‘ilegal’ são, em sua maioria, cidadão sírios que se rebelaram contra seu próprio governo. A descrição da situação já deveria conter as informações suficientemente detalhadas: “Guerra Civil.”

XFF
XFF
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

A Síria nunca esteve em guerra civis. 90% dos terroristas que lutam contra governo Sírio não são Sírio. maioria são dede vários países Àrabes, que foram recrutados e treinados. Tem até da Chechênia(Rússia) e os Uigures em Kashgar (China) Isso é palavras dos Generais Sírios em campo de batalha. Muitos desses terroristas foram treinados em: Jordânia, Arábia Saudita, Turquia, parte de Colina de Golan Ocupado por Israel e Norte da Síria onde ficam várias bases dos EUA.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  XFF
2 anos atrás

Como pode um piloto militar sirio, entrar em Israel, sabendo que vai tomar chumbo. O espaco aereo de Israel e’ estrategicamente delicado para a IDF/IAF. Qualquer jato vindo da Siria por exemplo, demoraria menos de 10 minutos para sobrevoar o territorio isralense desde o Golan ate’ o mar mediterraneo. Seria um verdadeiro suicidio entrar em Israel pelo ar. O piloto/navegador devem ter cometido um erro e entraram acidentalmente. Eles jamais invadiriam propositalmente, ainda mais sabendo que a chances de sobreviver seriam praticamente nulas. E como a Russia controla os militares da Siria, eu penso que os russos jamais provocariam Israel… Read more »

Mk48
Mk48
Reply to  XFF
2 anos atrás

XFF, Não interessa a ninguem aqui o que voce acredita ou não acredita. Houve um fato concreto e pronto.

Adalto Castro
Adalto Castro
2 anos atrás

Bem provável que a aeronave já estava sendo monitorada desde que saiu do solo, ai ao rumar fronteira a dentro por algum descuido, cabuuuum!

Augusto L
Augusto L
2 anos atrás

O governo sírio ta usando a ofensiva na região para contestar a presença israelense nas colinas de Golan, da mesma forma que fizeram ontra a linha que os EUA demarcou no rio Eufrates, pelo menos essa é minha visão.

Arariboia
Arariboia
2 anos atrás

Hahaha… Que medo de atirar nos russos! Tem uns videos recentes de SU-35S e Su-34 voando sobre Golan na FOX e Al Jazeera.

Os russos estão com a seguinte politica: Se peguem, se matem, mas não nos envolva.
https://www.youtube.com/watch?v=qd-ndqdvA8g

Gabriel Henrique
Gabriel Henrique
2 anos atrás

Pelo custo da operação era melhor ter interceptado de outra forma mais barata , mas falando a serio os israelenses gostam mesmo é de bater em cachorro morto…

PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
2 anos atrás

Bosco, Bosco, O que a Rússia está fazendo na Síria? Em 2015 o governo de Assad estava a beira do colapso, controlava menos de 40% do país, tinha perdido as maiores cidades é mais de 50% dos poços de petróleo e gás. 2018 Assad ainda está no poder, até mesmos as potências ocidentais já não acreditam que ele seja deposto. Reconquistou mais de 70% do país. Reconquistou boa parte do Norte, e agora está esmagando a resistência no sul. Aleppo, Palmira, Douma, Ghouta Oriental, retomou vários poços de petróleo, inclusive em Raqqa ( 15 poços ao leste da área de… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
2 anos atrás

Pedro,
Mas a Rússia defende a Síria dos insurgentes mas não defende contra Israel nem contra os EUA. Isso eu não entendo!!

Petardo
Petardo
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Insurgente não tem voz internacional é praticamente não gera incidente diplomático. Insurgente “não tem Estado aliado” em termos formais para tomar partido por eles. A diferença de enfrentar insurgentes e Estados é gigantesca. O custo político vai no mesmo sentido.

Fox-2
Fox-2
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bosco,
A unica coisa que os Russos estão fazendo na Siria é impedir que o gasioduto da Arabia Saudita passe pelo território da Siria e chegue à abastecer a Europa.
Se isso acontecer a Russia ficará à beira de um caos economico.
Por isso que o regime não pode mudar na Siria, qualquer tentaviva de mudar o regime pode ocasinar uma querra de proporção catastroficas. Pois é uma questão de sobrevivencia para os Russo.
Pode bater, mas não pode matar !

ScudB
ScudB
Reply to  Fox-2
2 anos atrás

Mai um com esse delírio de gasoduto..

Wagner
Wagner
Reply to  ScudB
2 anos atrás

ah… é por causa do acesso aos doces sírios. A Russia não pode perder a maior fonte de doces sírios do planeta! Gasoduto? Blargh, besteira

PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Então Bosco, acredito que a essa altura a estratégia da Rússia já tenha ficado evidente. A Rússia não tem intenção de escalar uma briga contra outra potência, custaria muito financeiramente e politicamente. Os objetivos primários da Rússia eram: 1-Estabilizar o governo de Assad – Alcançado. 2-Impedir que suas bases fossem capturadas por Rebeldes/mercenários – Alcançado. 3-Aumentar seu poder de influência no Oriente Médio – Alcançado. 4-Vencer o isolamento da Rússia e projetar ela como potência – Resultado parcial. 5 – controlar a questão energética da Siria/Europa, apesar de acreditar que esse é um motivo secundário – alcançado. Como pode ver… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Sabe aquele passarinho que come pedra?

Bruno w Basillio
2 anos atrás

Tenho uma dúvida sobre as Colinas de Golan…. Historicamente ela pertenceu a Síria ,foi ocupada numa guerra ,e jamais devolvida.. A Criméia historicamente pertencia a Rússia ,foi tomada desta e anexada a Ucrânia ,depois tomada da Ucrânia e anexada a Rússia novamente…. Minha duvida, por que a Rússia é sancionada e pressionada por pegar de volta algo que era seu ? E por que Israel não é pressionado e sancionado ,a devolver o que nunca foi seu ,no caso as Colinas de Golan? Esta semana um ataque do ISIS em Sweida fez 150 mortos ,entre soldados do exército Sírio e… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bruno w Basillio
2 anos atrás

Crimeia pertencia à Rússia??

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bruno,
A Rússia tem poder de veto no CS da ONU. Se há pressão e sanções elas partem de países individuais, que a Rússia tem como proceder de forma equivalente.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bosco.
Meu sapientíssimo guru para assuntos tecnológicos da área militar. Ler os seus comentários significa banhar-me na fonte e saciar a sede de informações técnicas e precisas que fluem deste cérebro abençoado. Todavia, A Criméia pertence à Russia desde os tempos da imperatriz Catarina, a grande. Salvo, quando o partido comunista passou para a Ucrânia o seu controle. Mais uma decisão inconsequente e irresponsável do lider comunista. A frota Russa do mar negro sempre esteve estacionada/ancorada lá. Quando vier à Sampa, fico a vossa disposição para comermos pastéis de bacalhau no mercado municipal.

Bosco
Bosco
Reply to  Antonio Palhares
2 anos atrás

Antônio,
Mas eu realmente não sou versado na história da Crimeia e me surpreendi de forma legítima. Faltei a essa aula no dia.
Devia estar lendo aquele livrinho de bolso “Guia de Armas de Guerra”. rsrsss

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bosco.
Um fraterno abraço.

Fox-2
Fox-2
Reply to  Bruno w Basillio
2 anos atrás

Bruno,
A Russia deu a Crimei para Ucrania nos anos 50 de presente. E agora que estão de mau, tomou de volta.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bruno w Basillio
2 anos atrás

Simplesmente pq a Russia tomou à forca ofensivamente, sem o governo ucraniano fazer nada, enquanto Israel tomou numa guerra puramente defensiva.
Cenarios diferentes meu chapa.

Bosco
Bosco
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Alto lá!! “Sem a Ucrânia fazer nada” vírgula! Para esse pessoal só o fato da Ucrânia querer se voltar mais para o Ocidente já é motivo mais que suficiente para a Rússia agir. Ora bolas! Como é que um país soberano pode se sublevar contra seu antigo algoz, a Rússia, e sair assim de fininho. Na-na-ni-na-não! Pra que isso ocorra só se a CIA com seu desbugalhador cerebral mexer com a cabeça de todo mundo para que fiquem contra a Mãe Rússia. Só um “desbugalhador” explicaria tal atitude. Aliás, é o mesmo “desbugalhador fotônico” que foi usado no OM na… Read more »

Victor Moraes
Victor Moraes
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Risadas sonoras! kkk Só um desbugalhador de mentes mesmo…

Agnelo
Agnelo
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Você está esquecendo daquele navio que Hugo Chavez tinha medo…. q lançava ondas….
Ou era um satélite?

Rafael_PP
Rafael_PP
Reply to  Bruno w Basillio
2 anos atrás

Fiquei curioso agora da sua opinião sobre o enclave de Kaliningrado, acho a situação bem semelhante às Colinas de Golã…

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
2 anos atrás

Bruno,

Em 1973 foram os sirios quem, durante a guerra do Yom Kippur invadiram Israel cruzando as colinas do Golan. Israel simplesmente combatateu os invasores e tomou posse das colinas por pura questao estrategica. Como a guerra oficialmente nao foi terminada, e as partes continuam em conflito, seria impossivel devolver terreno altamente estrategico para os sirios. A culpa e’ totaltmente dos arabes. Foram eles e’ quem comecaram o conflito.

Humberto
Humberto
Reply to  Tadeu Mendes
2 anos atrás

Um pouco de preciosismo. Golan, foi conquistado pelos Israelenses na Guerra dos 6 dias e a guerra foi iniciado pelos Israelenses (é aceito por historiadores que Egito estava para atacar Israel, ou seja, foi uma forma de defesa), depois na guerra do Yon Kippur, os Sirios reconquistaram o Golan, antes do conflito acabar, Israel tomou novamente a região e chegou a menos de 50Km de Damasco. Israel mais de uma vez propôs a devolução de Golan para a Síria, assim como a do Sinai para os Egípcios em troca da paz. Egito aceitou e teve o Sinai de volta, já… Read more »

Kemen
Kemen
Reply to  Humberto
2 anos atrás

Bem vejamos, os praticantes da religião judia tem todo o direito a Palestina onde foi criado o estado de israel isso não é discutivel. O problema é a radicalização que vem ocorrendo por exemplo, agora Israel é o estado para a religião judia. se a moda pega os paises da Europa ocidental poderiam declarar que são paises para os catolicos, o japão poderia declarar que é um pais para os shintoistas e budistas…não tem sentido.

Bravox
Bravox
Reply to  Kemen
2 anos atrás

E os paises islamicos ? tem varios que seguem essa linha de pensamento….

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Humberto
2 anos atrás

Humberto, Eu tenho conhecimento desde os anos 70, talvez muito antes que voce, de que Israel fez um ataque pre-emptivo contra o Egito durante a chamada Guerra dos Seis Dias. Mas em 1973 foram os arabes que atacaram Israel primeiro, no dia em os judeus estavam praticamente todos em suas sinagogas, fazendo as oracoes e rituais do Yom Kippur. E me lembro que os Sirios vieram das Colinas de Golan e entraram em territorio israelense. Em 1973 Israel nao invadiu ou comecou Guerra com ninguem. E tenho algo a que acrescentar: os servicos de inteligencia de Israel, Mossad e Shin… Read more »

Humberto
Humberto
Reply to  Tadeu Mendes
2 anos atrás

Caro Tadeu, Como comentei no meu post, Israel decidiu o ataque na guerra dos seis dias, pois as suas fontes garantiram que seriam atacados. Já tinha lido também que os Israelenses estavam informados sobre um possível ataque no Yon Kippur, lembro ter lido em alguns foruns (nos EUA) sobre o porque da “passividade” Israelense, procurei mas não achei os posts, mas o que me lembro. 1- Israel (no caso o Mossad) tinha uma fonte extremamente privilegiada dentro do Egito (genro do Nasser), por sinal, foi ele quem afirmou que o ataque do Egito iria começar um dia antes. Creio que… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Humberto
2 anos atrás

Excelente comentário Humberto,

Também não podemos esqueçer do famoso espião israelense na Síria durante a guerra do Yom Kippur, Eli Cohen. Êle era tão amigo íntimo de Assad, que for nomeado Ministro da Defesa.

Êle passou informações estratégicas importantes sôbre as posições dos tanques sírios no Golan, as quais culmiram na derrota do exército sírio.

Saudações.

Bruno w Basillio
2 anos atrás

Novamente as sirenes voltaram a disparar nas Colinas de Golan..
Isso aconteceu a uma hora : “Dois mísseis lançados da Síria pousaram no mar da Galiléia. Os foliões de verão apreciando a água viram dois projéteis caírem do céu.”

Bruno w Basillio
2 anos atrás

Sim Sr.Bosco ,ela foi tomada por Nikita Kruschev na década de 50 , e anexada a Ucrânia ,Nikita era ucraniano precisava do apoio do PC ucraniano para governar a URSS ,então fez este agrado, muitos políticos e militares russos da época foram contra ,mas fora punidos alguns com prisões outros com execuções…
Mas isso é apenas um resumo da história….

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bruno w Basillio
2 anos atrás

Mas antes, a Russia tomou a Crimeia, por isso o Kruschev devovel.

ScudB
ScudB
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Tomou de quem??Quando??

José
José
Reply to  ScudB
2 anos atrás

Toda a atual Rússia foi tomada,conquistada…!Qual é o verbo que vc quer que se use?
Não sei se vc sabe,a Rússia começou a sua expansão com o grão ducado de Moscou!São mais de 100 etnias incorporadas e mantidas à força,são 11 fusos horários que compõe o império!

Arariboia
Arariboia
2 anos atrás

Crimeia vem da época da Russia Imperial. Foi integrada 1783 ao reino.

CRSOV
CRSOV
2 anos atrás

Se houve invasão do espaço aéreo israelense com toda certeza está correto o abate da aeronave síria por Israel !! A dúvida é o porque dos israelenses terem optado por abater a aeronave com artilharia anti aérea do que com a aviação de caça !!

Camilo
Camilo
2 anos atrás

Uma pregunta,por leis internacionais,não tem que comunicar ou informar ao piloto que esta invadindo o espaço aêreo de um pais,antes de abrir fogo e ser abatido,e 2 KM,para mim não é justificativa em abatir um avião,poderia fazer o mesmo em terra o que passa a fronteira se dispara a matar e no mar, afundar qualquer barco que invada o territorio,tudo isso antes de avisar.Para mim seria sem lógica,ou é era o que eles queriam.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Thiago 25 de julho de 2018 at 13:04

É com “h”.
_______________________________________

CRSOV 25 de julho de 2018 at 14:15

Camadas e prioris na defesa, elementar meu caro CRSOV.
_____________________________________________________________

O debate saiu totalmente do tema.
_________________________________________________________

Notem:

https://www.youtube.com/watch?v=GOw4BuFVbfI

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Camilo,

pelas leis internacionais Israel e Syria estão em guerra.

ScudB
ScudB
2 anos atrás

Uma virada interessante (mesmo com essa fonte noiada):
https://www.debka.com/an-israeli-davids-sling-missile-falls-into-russian-and-syrian-hands/
Se for a verdade fica mais interessante ainda..

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  ScudB
2 anos atrás

Você mesmo afirma ser a fonte noiada. Ou seja, sem credibilidade…

CRSOV
CRSOV
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

HMS Tireless o site debka é intimamente ligado ao pessoal da IDF !! Logo se eles colocaram que o míssil que não se auto destruiu caiu em mãos dos russos pode se considerar que isso seja verdadeiro !!

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  CRSOV
2 anos atrás

Mas foi você que chamou a fonte de noiada e não eu…rs!

Não sei até onde isso pode ser verdade mas o risco existe. Contudo, caso o míssil tenha caído em território inimigo não caiu intacto. Assim, será que sobrou algo aproveitável para a inteligência russa?

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

ScudB 25 de julho de 2018 at 17:51

Fonte ótima,

igual nota de 33 dólares.

ScudB
ScudB
Reply to  Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Sei , por isso dei aquele “apelido”.
Mas , paralelamente , os fóruns alternativos estavam comentando um movimento grande na área com presença das forcas especiais russas (invés da Policia Militar chechena que sempre ta por la). E muita agitação e alegria nos comentários.
Por tanto , vamos aguardar algum esclarecimento.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Pessoal, zona quente …. iranianos prometem reforço:

https://www.aereo.jor.br/2013/11/22/sera-que-ele-voa/

“Não foi a libertação do medo, mas o equilíbrio do medo, que tornou possível a sobrevivência da nossa civilização.

“Eu sempre repeti que em nossas guerras contra os árabes tínhamos uma arma secreta: a falta de alternativa”.

“Se os palestinos baixarem as armas, haverá paz. Se os israelenses baixarem as armas, não haverá mais Israel”.

“É melhor receber críticas do que condolências”.

Todas frases de — Golda Meir.

Shalom

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

ScudB Raython e Rafael nessa furada ? Foi feito em milhoes de pedaços antes.] Outra: Descobriram a “Atlandida” e dai ? Quem vai miggrar essa alta tecnologia para o Hamas ou Hezbollah antes ? Os Russos podem replicar ? E dai ? Israel mantém excelentes relações com os Russos. Quando parte do mundo ocidental de fechou para a Rússia (Tchetchênia e Criméia), quem manteve ótimas relações com os russos ? Israel. Maior exportador de frutas/hortaliças/legumes para a Rússia depois da Turquia. Questão Syria, quer mais ? Nunca houve um único incidente entre ambos. Crê que essa tecnologia miggre ….? Scub,… Read more »

ScudB
ScudB
Reply to  Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Muita coisa..
Sabe que pais faz 9 de Maio dia Vitoria alem da Russia?
Sabe qual a segunda língua mais falada em Tel Aviv? E em Odessa?
Kidon? Se for baioneta tenho 4 – Kidon, Ks-98,SVT-40 e 6×3 (na casa dos pais). Se for as forcas especiais “assustadoras” – conhece Holuaj?
E sim. Acredito que os russos não vão compartilhar com ninguém o achado..
Um grande abraço!

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Bosco. Desde as Cruzadas que o Ocidente sabe que a “Terra Santa” é um ninho de vespas. E quando desistiu das Cruzadas, veio o Renascimento, o Homem como centro do Universo, e o fim da Idade Média e suas trevas. Quando os judeus começaram a se organizar no séc.XIX para terem seu Estado, não faltou oferta de local : Patagônia, Uganda, e até o Sul do BR. O Ocidente sabia que ia dar confusão. Israel deu certo contra todos os obstáculos, mas sempre me pergunto se fosse feito na Pomerânia e Silésia perdidas à Polônia no final da WW2 não… Read more »

Humberto
Humberto
2 anos atrás

Quando o F-16 israelense foi abatido, a Força Aérea Israelense, estudou as causas e divulgou os motivos, não para punir, mas sim para que eles aprendessem a lição e o erro não fosse repetido. Isto é uma das coisas que gosto dos Israelenses, fruto de povo democrático e livre.
Será que os Sírios vão fazer algo parecido? Os russos que tiveram o caça abatido pela Turquia, chegou a publicar algum relatório?

kornet
kornet
2 anos atrás

Israel usa o Barack e o Spyder como complemento? Ou o Patriot é o principal pra sua defesa aérea?

Bosco
Bosco
Reply to  kornet
2 anos atrás

Kornet,
Israel não opera o Barak e nem o Spyder. Seus sistemas antiaéreos/antimísseis são o Patriot, o Iron Dome, o David’s Sling, o Arrow, o Machbet e mampads Stinger.

Hawk
Hawk
2 anos atrás

Pinhão é vinho aqui no sul, pra acompanhar as novelas do comentários!
Dá lhe Bosco!

Russian Bear
Russian Bear
2 anos atrás

É importante que fique claro que o acordo da Rússia com a Síria é estritamente relacionada a ações de contra terrorismo. Fico intrigado como os inúmeros especialistas de plantão não conseguem enxergar isso. Para a Rússia é de suma importância a sua presença na Síria. É incalculável poder testar seus equipamentos, refinar doutrinas e acima de tudo, se manter forte no cenário mundial. Os terroristas que atacam o povo sírio, são os mesmos que se explodem em ataques suicidas por todo o oriente médio e também atacam a população civil ocidental, seja na Europa ou no Cáucaso. Sobre Israel, ele… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Russian Bear
2 anos atrás

Russian,
Acho que você está equivocado. Insurgentes e terroristas não têm caças e os russos alegaram há algum tempo que o espaço aéreo da Síria estaria fechado devido aos S-300 ou 400 que estariam lá. Lá tem até um Krasukha-4 feito para interferir em aviões tipo AWACS e JSTAR.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Porque que tem nações apoiando estes terroristas(moderados segundo os apoiadores) com aviões e drones.

kornet
kornet
2 anos atrás

Valeu Bosco,estava com essa dúvida.
Enquanto aqui nosso espaço aéreo está “muito ” bem protegido com Iglas e RS 70.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Scub

“….conhece Holuaj?”

Não conhheço, do que se trata ?

ScudB
ScudB
Reply to  Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Holuaj é tipo Kidon. Super grupo de GRU com vinculo da marinha russa (regimento 59190).A mais antiga (raiz formada na SGM , oficialmente começou sua atividade em 1955) e mais mortal da Rússia.
Um grande abraço!

MGNVS
MGNVS
2 anos atrás

O pessoal confunde o povo de Israel com o Governo de Israel igual fazem ao confundir o povo do Iran com o Governo do Iran. Igual ja disse num comentario de outro post, conheco aqui em minha cidade as colonias judaicas e syrio-libanesas, judeus e muçulmanos que convivem em paz e harmonia e com grande respeito mutuo pela religiao e cultura um do outro. Sao judeus e muçulmanos que tem horror ao ouvir os nomes Khomeini, Saddam, Netanyahu, Assad, Gaddaffi, Familia Saudita. Sao judeus e muçulmanos que dizem que apesar do Brasil ter uma violencia urbana muito grande, de jeito… Read more »

Robson
2 anos atrás

Quando Arafat veio ao Brasil eu trabalhei na segurança pessoal dele… “fui o homem mosca”… ou seja, deveria ficar como se fosse o perfil dele… tampando ele sempre … Tentaram matar o cara 69 vezes e la estava eu… até ele entrar na limosine… pesadamente blindada…