Home Aviação Comercial Terceiro SuperJet 100 entregue à Royal Air Force da Tailândia

Terceiro SuperJet 100 entregue à Royal Air Force da Tailândia

2940
10
SuperJet 100 da Royal Thai Air Force
SuperJet 100 da Royal Thai Air Force

Em 19 de junho de 2018, o terceiro jato SSJ100 na versão executiva aterrissou em Bangkok para se juntar à frota da Força Aérea Real da Tailândia (RTAF).

O voo de entrega Zhukovsky – Bangkok foi realizado com pouso técnico em Islamabad (Paquistão).

As aeronaves SSJ100 são operadas pela RTAF desde julho de 2016. A entrega da versão executiva do SSJ100 está sendo realizada como resultado da concorrência que a SCAC (Sukhoi Civil Aircraft Co.) venceu em 2014. A aeronave está sendo usada para o governo e o transporte do mais alto comando dentro do país e no exterior.

A aeronave entregue à Royal Thai Airforce tornou-se a primeira versão executiva do SSJ100 adquirida pelo cliente estrangeiro. Outros operadores da versão são: RusJet, destacamento de voo para fins especiais ‘Rossiya’ do Gabinete de Gestão de Propriedades e Instalações sob o Presidente da Federação Russa, destacamento de voo da EMERCOM, Kazakhmys Corporation e outros. Atualmente, já existem 10 aviões SSJ100 na versão executiva em operação em todo o mundo.

O projeto está em pleno andamento – com aeronave sendo aprimorada continuamente: está planejada a implementação de decisões técnicas separadas de acordo com os requisitos dos clientes, como escadas aéreas integrais, comunicações via satélite, sistema multimídia e outras opções.

O outro objetivo a alcançar é o voo sem escalas para distâncias superiores a 7.000 km.

FONTE: Sukhoi Civil Aircraft Co.

10
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
6 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
CaerthalRui ChapéuDelfimCarlos Alberto SoaresWalfrido Strobel Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
JT8D
Visitante
JT8D

Está aí um avião sem grandes perspectivas no mercado. Mas os Russos querem se tornar competitivos em aviação comercial e tinham que começar de algum jeito …

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Com 418 encomendas, 136 já entregues ele já valeu a pena, usa aviônica francesa Thales com motores franco russos Safran/Progress e teve a Boeing como consultora contratada no projeto, foi certificado pela EASA europeia.
Com detalhe no acabamento interno que é de primeira linha feito na Itália, o avião é fabricado na Rússia e depois voa até a Itália onde tem o interior finalizado.
A Leonardo italiana é a responsável pela comercialização e suporte na Europa.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Interessante é que s Boeing participou do projeto e indicou e viabilizou a parceria com 30 empresas ocidentais nos componentes do Superjet porque ele não concorria com seus produtos, agora se concretizar a parceria com a Embraer será um concorrente fora dos EUA onde não é certificado, se bem que a maioria dos Superjets foi vendida na Rússia, na América teve 30 unidades vendidas no México que voam para os EUA e 15 na Irlanda que voa a partir do UK para toda a Europa, uma boa vitrine para o avião.

Caerthal
Visitante
Caerthal

No mundo ocidental, que pode escolher com liberdade as aeronaves sem receio de bloqueios, o SSJ para ser vendido precisa ser oferecido a custo muito baixo. Isso para compensar o baixo fator de disponibilidade operacional, fruto de problemas de suporte técnico. O SSJ exibe baixo alcance, se aproximando a família 170/175E1. Não muito adequados ao transporte governamental.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Para transporte regional dentro da Tailândia está bom, para voos internacionais tem os Airbus 319 e 340.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Fraco de vendas🍭
Concorre numa faixa já dominada.

Delfim
Visitante
Delfim

Feio.
Não tem slots em ponta de asa, os motores parecem pequenos, o bico pouco afilado.

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

Ele parece a primeira geração do 737 com o bico da Embraer e pintura á la anos 80!

Tem um charme esse avião!

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

É a pintura padrão do “GTE” da Tailândia.
. http://www.airliners.net/photo/Thailand-Air-Force/Airbus-A340-541/4044433

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Quanto ao desenho, o Superjet lembra o Dornier Do-728 que não passou do protótipo com o fechamento da fábrica.
. https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRG63Y-yGiYUzwsxU_6eD8pk4KlsY4iMOBDmZwNj2zwPlQJWAqr