Home Aviação de Ataque Caças stealth chineses J-20 participam de exercício noturno

Caças stealth chineses J-20 participam de exercício noturno

11190
59
A PLAAF continua a trabalhar no J-20, seu mais recente caça furtivo, que agora está participando de treinamento aéreo de combate com caças J-16 e os mais novos caças multifuncionais J-10C
A PLAAF continua a trabalhar no J-20, seu mais recente caça furtivo, que agora está participando de treinamento aéreo de combate com caças J-16 e os mais novos caças multifuncionais J-10C

A Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (PLAAF) recentemente conduziu um treinamento de combate noturno envolvendo três tipos de seus caças mais avançados, equipados com mísseis ar-ar, que um especialista chinês chamou de combinação perfeita.

O jato de combate stealth mais avançado da China, o J-20, realizou treinamento conjunto com o caça J-16 multifunção e J-10C, envolvido em exercícios de penetração de defesa aérea, informou a China Central Television (CCTV) no dia 31 de maio.

Os aviões de combate usaram o míssil ar-ar de médio alcance PL-15 e o míssil ar-ar de curto alcance PL-10, ambos desenvolvidos na China, informou o site de notícias Sina, de Pequim.

“Os três jatos de combate e os dois mísseis são combinações perfeitas”, disse Song Zhongping, um especialista militar e comentarista de TV, ao Global Times.

O exercício é um esforço para melhorar ainda mais a capacidade de combate da PLAAF.

Durante o treinamento, os pilotos do J-20 usaram as vantagens de suas aeronaves em termos de consciência situacional e furtividade para obter superioridade aérea, enquanto os caças J-16 e J-10C realizaram ataques de precisão de longo alcance contra alvos terrestres.

O treinamento buscou aproveitar ao máximo as diferentes capacidades dos caças, disse He Xing, um piloto da PLAAF.

O caça furtivo J-20 fez seu vôo inaugural em 2011. Uma grupo de três jatos fez uma aparição em desfile militar para marcar o 90º aniversário do Exército Popular de Libertação no ano passado.

O projetista-chefe do J-20, Yang Wei, disse que a manutenção da paz precisa não apenas de defesa, mas também de capacidade ofensiva. Os jatos J-20 são uma parte importante dos esforços para modernizar a PLAAF.

Mísseis BVR PL-15 no caça J-10C
Mísseis BVR PL-15 no caça J-10C
Mísseis ar-ar chineses (clique no gráfico para ampliar)
Mísseis ar-ar chineses (clique no gráfico para ampliar)

Subscribe
Notify of
guest
59 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio
Antonio
2 anos atrás

Apenas exercitando os músculos.

Jack
Jack
2 anos atrás

A última foto é belíssima !

Gustavo
Gustavo
Reply to  Jack
2 anos atrás

ia falar isso!

Andre
Andre
2 anos atrás

Todo mundo fala mau da China por causa de suas cópias mais vamos combinar a china de hj só e uma potência militar e uma futura potência econômica graça a roubos de informações hj em dia ate os carros chineses são muito bem feito enquanto isso temos problemas até para exporta nosso super tucano por causa que as peças tem que te licença americana.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Andre
2 anos atrás

Na verdade este caça seria o primeiro projeto genuinamente chines, pois o J 10 é um antigo projeto israelense, o J 11 etc são da serie Su 27 russo e por ai vai.

É interessante notar também que os caças stealth chineses tem a fuselagem negra parecida com o F 117.

Sera que foi mera coincidência o bombardeio a embaixada da China em Belgrado com bombas incendiarias pouco tempo depois do F 117 ter caído na Servia.

Sera que os destroços não estavam la dentro ?

Fabiano WVJ
Fabiano WVJ
Reply to  Munhoz
2 anos atrás

Caraca, que informação intrigante.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Fabiano WVJ
2 anos atrás

Tá mais para teoria conspiratória….

Johnny Walker
Johnny Walker
Reply to  Munhoz
2 anos atrás

Amigo, você fala tanto de cópia, mas se esquece que os EUA também o fizeram no pós guerra, pois a quantidade de cientistas alemães nos EUA era enorme, então dizer que a China copiou ou deixou de copiar é retórica, pois copiar até o Japão o fez. Mas hoje em muitas áreas a China tem tecnologias que já superam os EUA, mesmo assim vejo preconceitos tolos aqui e acolá com este país. Queria que o Brasil fosse um décimo do que é a China hoje, talvez não estaríamos onde estamos. Falar de um país sem conhecer a sua história é… Read more »

Munhoz
Munhoz
Reply to  Johnny Walker
2 anos atrás

Na verdade os chineses estão fazendo trabalho de tecnologia reversas, eles não estão errados, os EUA e a URSS fizeram o mesmo.

Não é menosprezando, tô apenas passando uma informação.

Se a China fosse trilhar o caminho sem captação de tecnologia reverso iriam demorar 30 anos para fazer o que pode ser feito em 10.

Mas hoje eles já começaram a trilhar seu próprio caminho, com o J 20 por exemplo e até antes com o J 8.

J-20
J-20
Reply to  Munhoz
2 anos atrás

Na verdade, sem tinta RAM, o J-20 tem uma coloração amarelada.

Ronaldo de souza gonçalves
Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

Ninguém para a china,saiu das cinzas e virou um gigante asiático superando os tigres de papel,que de certa forma deu uma sacudida no japão que deve está apavorado atrás do prejuízo alias não só ele como a índia também.

Jota Ká
Jota Ká
Reply to  Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

Até Mrs Trump e equipe está se sentindo incomodado! 🙂

Antonio
Antonio
Reply to  Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

Inclusive, li artigo (acho que nesse mesmo Global Times) defendendo o aumento da população da China. Consideravam ser fator estratégico a grande população do País.
Agora, imaginem se a China chegar a 1,8 ou 2 bilhões de habitantes.
Uma nação que resolveu ser moderna e poderosa que tenha essa magnitude será imparável.

Humberto
Humberto
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Antonio, Até onde eu sei, a China mesmo sendo subdesenvolvido (sem qualquer intenção pejorativa) , está tendo os mesmos problemas dos países desenvolvidos, que é o envelhecimento da população, a população em idade ativa estabilizou e começou a cair. Envelhecimento da população gera um custo muito grande, dizem que o investimento em defesa deve começar a diminuir dentro de alguns anos, POIS, o número de pessoas com mais de 60 anos, vai estar na casa dos 300 milhões em 10 anos. Temos que lembrar que a China é um país com um deficit social previdenciário. Por isto tem todo o… Read more »

Fabiano WVJ
Fabiano WVJ
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Informação muito relevante.

Defensor da Liberdade
Defensor da Liberdade
Reply to  Antonio
2 anos atrás

O problema da China ainda é seu governo ditatorial. Outra dia estava lendo que os chineses conseguem poupar mais de 30% de sua renda média, o que é muito acima do nível de poupança médio até mesmo dos países mais ricos. Mas todo esse dinheiro poupado dos chineses é sugado pelo seu leviatã para fazer dumping, comprar ativos de outros países e investir no mercado imobiliário interno e na indústria de armas, sem nem mesmo haver essa grande demanda por casas na China, e é por isso que vemos aquelas fotos de cidades fantasmas luxuosas pela china, enquanto milhões de… Read more »

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

Ótima matéria. A China fazendo a lição de casa com o J-20. E por outro lado, o J-10 era para ser uma ave da FAB sem problema nenhum.

J-20
J-20
Reply to  Ivanmc
2 anos atrás

A adaptação do J-10 para os padrões OTAN usado pelo Brasil geraria custos desnecessários

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  J-20
2 anos atrás

Dinheiro tem. E não seria mais caro que o NG.

ivanmc
ivanmc
Reply to  J-20
2 anos atrás

Alguém que critica jatos Chineses não poderia pensar diferente.

J-20
J-20
Reply to  ivanmc
2 anos atrás

Me diga aonde critiquei que eu te respondo apropriadamente. Acho que só pelo meu pseudônimo já entrega qual a minha posição sobre caças chineses, né?

TIGER 777
TIGER 777
2 anos atrás

Quando penso que basta somente uma guerra nuclear, envolvendo, China, Índia e Paquistão, pra metadade da população da Terra, vir pó, vejo que nunca devemos usar mais tais armas…

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  TIGER 777
2 anos atrás

Usar não mesmo, concordo. Mas TER é preciso sim.
Pergunte ao Afeganistão, Iraque, Síria e depois a Coréia do Norte a importância de se TER tais armas.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Rodrigo M
2 anos atrás

Rapaz, se o Trump oferecer um bangalô em Mar-a-Lago e uma temporada em alguns dos seus hotéis cassino em Las Vegas o gordinho da Coréia do Norte entrega até a mãe, que dirá as Nukes.

Defensor da Liberdade
Defensor da Liberdade
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

O gordinho não precisa disso, pois o país inteiro passa fome para que ele fique gordinho no luxo. Agora se oferecer esses paraíso para um norte-coreano comum, pode ter certeza que ele vende até a a alma pra fugir, e com razão…

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

O lider norte coreado já viajou para vários lugares com passaporte brasileiro quando jóvem.

Renato Carvalho
2 anos atrás

Estranho não usarem o Su35 nesse exercício, até porque ele é supostamente superior ao J16, pelo menos não o citam na matéria.

Ivan
Ivan
Reply to  Renato Carvalho
2 anos atrás

Renato,
Demonstração de força.
Apenas aviões de combate “genuinamente” chineses…
…inclusive o J-16 Flankerling !!!

Ivan
Ivan
2 anos atrás

Fiquei curioso e fui verificar o que ‘raios era o caça-bombardeiro J-16.
Na Wikipedia encontrei uma declaração interessante:
“According to media reports, China developed the Shenyang J-16 fighter based on the Shenyang J-11B airframe, with modifications from the Russian Sukhoi Su-30MKK that was sold to China in 2000.”
.
Pois é!
Copiaram também o Sukhoi Su-30MKK.
Olha só a confusão quando estes se encontrarem como os Sukhoi indianos Su-30MKI nos céus sobre a Caxemira.
Por fora são quase iguais e na névoa do combate são idênticos.
.
Sds.,
Ivan.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Ivan
2 anos atrás

Mestre Ivan, eu quero ver é quando a UAC começar a deixar de vender os Su-30 por causa dos J-qualquer coisa…

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Os russos não vão ter moral p/ reclamar de clonagem ou desrespeito aos direitos de propriedade, pois estão falando em fabricar o An-124 na cara dura, só lembrando que eles foram feitos pela Antonov, Ucrânia.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  LucianoSR71
2 anos atrás

Em termos amigo! O antigo sistema soviético, ainda em vigor na Rússia, preconizava que uma empresa projeta ( no caso de aviões um bureau de projetos- OKB) ao passo que a outra constrói. Assim é bem provável que o An-124 tenha sido projetado na Rússia.

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Se for algo bom, eles vão dizer que foi criado na Russia, se for ruim a culpa é dos outros, rs.
Me lembrei de uma história, dizem que o Einstein falava que se sua Teoria da Relatividade estivesse correta os alemães exaltariam sua nacionalidade, mas se estivesse errada eles destacariam sua origem judia.

Bruno V. Campestrini
Bruno V. Campestrini
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

“Se minha Teoria da Relatividade estiver correta, a Alemanha dirá que sou alemão e a França me declarará um cidadão do mundo. Mas, se não estiver, a França dirá que sou alemão e os alemães dirão que sou judeu.”

Antnio Palhares
Antnio Palhares
Reply to  LucianoSR71
2 anos atrás

Até onde eu sei a Antonov e a Ucrânia pertenciam à União Soviética.

J-20
J-20
Reply to  Ivan
2 anos atrás

A única diferença mesmo é que o J-16 desempenha mais o papel de um Su-34 que de um Su-30. Airframe o mesmo, só que funções totalmente diferente. Ah, e outra, o J-16D será exclusivamente para guerra eletrônica, assim como o Growler

LucianoSR71
LucianoSR71
2 anos atrás
HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  LucianoSR71
2 anos atrás

Não custa lembrar que o USMC já testou o A-29 sob o programa Imminent Fury

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Bem lembrado, salvo engano de 2008 a 2009.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  LucianoSR71
2 anos atrás

E por mais que os EUA comprem centenas de A-29 você ainda vai achar neguinho reclamando daquela meia dúzia de aviões que tiveram a venda embargada para o “cúmpanhêro” Chávez.

Ypojucan
Ypojucan
2 anos atrás

Como bem lembrado pelo Tireless, na URSS um modelo era projetado por uma equipe ou grupo de projetos e a produção era dividida por várias fábricas dentro da URSS. Assim até mesmo MIG’s e Tupolev’s recebiam sistemas e peças de outras repúblicas soviéticas, ou seja, se formos ver a Antonov tem sede na Ucrânia mas era uma empresa soviética e no caso específico do An-124 existiam duas linhas independentes de fabricação, sendo que a da Rússia é em Ulyanovsk na fábrica da Avistar -SP ( Samolotnoye Proizvodstvo – Fábrica de aviões). Ou seja, a Rússia pode manter e até mesmo… Read more »

Andre
Andre
2 anos atrás

Acho que a Russia deveria produzir esse caça em licença. Ele faria um ótimo hi-low com o 4++++ Su-57 semi-steath.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Andre
2 anos atrás

O Su-57 não é um caça “semi-Stealth” e seguramente é mais furtivo que o aparelho chinês. Aliás os indianos recentemente afirmaram que conseguiram detectar o J-20 sobre o Himalaia.

Kelvin
Kelvin
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Caro HMS Tireless, nos exercícios em que participaram os J-20 chineses usaram lunenberg lens, conforme várias imagens disponíveis na rede. Logo, essa afirmação, que partiu de um jornal indiano e não da Força Aérea Indiana merece pouca credibilidade.

Saudações

Andre
Andre
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Tireless, quem dise que o SU57 é semi stealth foi o Bosco: Bosco 27 de Maio de 2018 at 0:32 Tireless, Para ser considerado stealth (nível VLO) é preciso ter RCS frontal menor que 0,001 m². Hoje se entende que o F-35 é mais furtivo que o F-22 e ambos são considerados aeronaves stealths. O Su-35 por sua vez não é considerado VLO mas tão somente LO (semi stealth) tendo RCS entre entre 0,001 e 1 m². Fala-se de 0,4 m². Os caças de 4,5ªG são convencionais já que têm RCS maior que 1 m² quando armados (chegam a ter… Read more »

Antnio Palhares
Antnio Palhares
2 anos atrás

Até onde eu sei a Antonov e a Ucrânia pertenciam à União Soviética.

Delmo Almeida
Delmo Almeida
2 anos atrás

Off Topic:

Estou no Museu Aeroscopia em Toulouse. Primeira vez que vejo/toco/entro em aviões marcantes como o Mig-15, Mirage IIIC, F-8, Mirage, F-104, Jaguar, Bf-109, Concorde e tantos outros. Pra quem gosta, chega a ser emocionante.
.
Sexta visito a Airbus.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Delmo Almeida
2 anos atrás

Tem um Senhor aí na França que tem uma coleção particular gigantesca de aeronaves militares. É tão conhecido que sempre que o AdLAir desativa um tipo de avião bate um fio perguntando se ele não deseja um exemplar.

Delmo Almeida
Delmo Almeida
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Sabe ontem fica e se é possível visitar???

TIGER 777
TIGER 777
Reply to  Delmo Almeida
2 anos atrás

Aproveite a estadia.

Delmo Almeida
Delmo Almeida
Reply to  TIGER 777
2 anos atrás

Obrigado. Estou no aeroporto de Toulouse agora, uma quantidade enorme de bela aeronaves em diversos estados de preparação está sempre visível.

XFF
XFF
2 anos atrás

Johnny Walker 5 de junho de 2018 at 10:00 >>> Concordo com você, Johnny . Muitos Brasileiros não estudam geopolítica, vivem repetindo o que a imprensa disse , principalmente a Rede Globo. Não buscam outras informações mais profundas. Dizer que a China só faz cópia é uma grande bobagem que não se sustenta mais atualmente. A China produz tudo, desde produtos de alta tecnologia e de baixa tecnologia. Os Estados Unidos estão muito preocupados com avanço da China em diversos área de tecnologia sensíveis, principalmente militares e semicondutores. OS EUA estão fazendo de tudo para parar o crescimento nessas área,… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  XFF
2 anos atrás

E vai retomar Taiwan sem dar um tiro.

Kelvin
Kelvin
2 anos atrás

Aos entusiastas do blog, segue adiante link de uma matéria de uma rede de televisão chinesa sobre o exercício referido no post, com belíssimas imagens das aeronaves chinesas, especialmente do J-20 e do J-10C.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=148&v=udhMvR3TUQU

Vale dar uma conferida.

Saudações

Maurício.
Maurício.
2 anos atrás

Eu tenho uma revista Avião Revue de dezembro de 2002 onde mostra a primeira imagem nítida do caça J-10 e na minha opinião desde 2002 a China avançou sim em tecnologia, basta ver que o próprio J-10 já está na versão C.

Matheus Vinicius
Matheus Vinicius
2 anos atrás

Acompanho o site desde 2013, naquela época qualquer (e até pouco tempo atrás) coisa da China era taxada como pura cópia mal feita e até mesmo eu acreditava nisso, devido a seção de comentários daqui ser majoritariamente pró-EUA, é bom ver ao menos uma mudança de posicionamento de uma boa parcela dos comentários sobre a China.
E para quem ficava falando que soltava peçinha, eu realmente espero que solte peçinhas…. De alguns F-35 de um certo país que acha que pode ser o mandachuva da Ásia bem no covil do dragão.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
2 anos atrás

Bem a despeito dos comentários preconceituosos para com as Forças Armadas da China pró-americanos, a China esta mostrando para que veio. Será a nova guerra fria do século?!? Só o tempo dirá?!? Uma coisa certa, a rota da seda já esta estabelecida, queira o EUA ou não.

Juvenal Santos
Juvenal Santos
2 anos atrás

A China se desenvolveu muito porque deixaram, os países de primeiro mundo apreoveitaram a mão-de-obra escrava e passaram a produzir tudo lá, então, o que impede o governo de se aproveitar e copiar tudo? Nada. Mas falta a criatividade, chinês copia tudo na maior cara de pau e ainda é assim até hoje. O J-20 não é criação chinesa como muitos pensam, mas é cópia aperfeiçoada do MIG1.44, só mudaram a localização das entradas de ar do motor, de resto, é tudo cópia descarada. E como são cópias, é óbvio que são bons equipamentos, mas pecam pela qualidade e precisão… Read more »