Home Aviação de Ataque Vídeo: Saab Colaboração Real – 7º episódio – Gripen e Akaer

Vídeo: Saab Colaboração Real – 7º episódio – Gripen e Akaer

2565
7

Qual o papel da empresa de engenharia aeronáutica brasileira Akaer no programa Gripen? Entre desenhos, desenvolvimento de peças estruturais e cálculos, a Akaer já executou mais de meio milhão de horas de trabalho, o que representa um salto de anos em tecnologia para o Brasil.

A troca de conhecimento entre a Saab e a Indústria Aeronáutica Brasileira ocorre por meio da cooperação industrial, um processo complexo, que envolve não somente aspectos técnicos, mas também uma profunda interação entre as partes, e com um objetivo em comum: fazer com que o Brasil seja capaz de desenvolver, montar e manter uma aeronave supersônica – o Gripen – aqui no Brasil.

Entre outubro de 2015 e 2024, mais de 350 engenheiros e técnicos brasileiros das empresas parceiras da Saab irão à Suécia para participar de cursos e treinamentos presenciais, o que representará uma década de aprendizado e parceria intensa.

Assista aos outros vídeos da série clicando aqui.

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo M
Rodrigo M
2 anos atrás

Eu quero assistir logo é o episódio dos Gripens chegando no Brasil.

GengisDu39
GengisDu39
2 anos atrás

Shoooooow!!!!!

housemaq
housemaq
2 anos atrás

É só os “pulíticus” não atrapalharem…

Rommelqe
Rommelqe
2 anos atrás

Para aqueles que acham que “fazer estruturas” é algo ate pejorativo: vejam só, 500.000 homens hora de dedicados até aqui. Nas minhas contas ainda é até pouco. Muito arduo trabalho pela frente!
Parabens AKAER! Ótimo trabalho!

nonato
nonato
Reply to  Rommelqe
2 anos atrás

E sem fabricar um avião sequer. Que foi desenvolvido na Suécia e não no Brasil.
Isso não é sinal de baixíssima produtividade?

R22
R22
Reply to  nonato
2 anos atrás

Isso é sinal de falta de interesse político. Não só no caso do Gripen mas outros projetos como fragatas e até o porta aviões classe “Queen Elisabeth” o Brasil foi convidado a participar dos projetos desde o início mas a falta de interesse e a demora nas decisões fazem o Brasil perder oportunidades únicas de adquirir verdadeira expertise em varios Ramos da indústria de defesa.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  R22
2 anos atrás

Desconhecia essa história do Queen Elizabeth. Tem algum link sobre o assunto?