Home Aviação de Ataque Tailândia apresenta primeiro F-5F Super Tiger modernizado

Tailândia apresenta primeiro F-5F Super Tiger modernizado

16183
81
Primeiro F-5F Super Tiger da RTAF
Primeiro F-5F Super Tiger da RTAF

Foi apresentado o primeiro protótipo do F-5F Super Tiger (F-5ST) da Força Aérea Real Tailandesa (RTAF) que foi modificado pela Elbit Systems de Israel com novo software e hardware. A RTAF planeja modificar catorze F-5 para o padrão ST.

A atualização conhecida como “Programa F-5 Super Tigris” da Elbit Systems transforma o F-5E/F Tiger II em um poderoso caça tático de capacidade de 4ª geração, equipado com recursos operacionais de última geração, como um poderoso radar, suíte de guerra eletrônica, glass cockpit, capacidades avançadas ar-ar e ar-solo e mira montada no capacete da Elbit Systems.

Em agosto de 2017, o governo tailandês concordou com o programa de atualização do F-5 e assinou um contrato com a Elbit no valor de US$ 96 milhões. O contrato implica quatro atualizações completas dos Tigers, enquanto os dez restantes recebem apenas novos radares.

A Elbit (com a subcontratada israelense Rafael Advanced Defense Systems) está liderando o upgrade, mas o trabalho é executado pela estatal Thai Aviation Industries (TAI).

RTAF comemora 40 anos de operação do F-5

RTAF comemora 40 anos de operação do F-5
RTAF comemora 40 anos de operação do F-5 (clique na imagem para ampliar)

A Royal Thai Air Force (RTAF) celebra o 40º aniversário do F-5 em seu serviço. Dois Tigers receberam marcas especiais na cauda.

Os Tigres da RTAF são baseados em Ubon Ratchathani e são atribuídos à 2nd Air Division/21st Wing, 211sq Eagles.

FONTE: Scramble / FOTOS: RTAF/Elbit

SAIBA MAIS:

81
Deixe um comentário

avatar
43 Comment threads
38 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
54 Comment authors
TiagoMarcoCarlos Alberto SoaresJeffcaveroso Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
rogerio rufini
Visitante
rogerio rufini

Deixa a FAB ver

Gustavo
Visitante
Gustavo

ia falar isso… falem baixo porque se ouvirem por aqui, cancelam até o Gripen. hahaha

caveroso
Visitante
caveroso

Nossos F-5 já foram modernizados. Pela mesma empresa, inclusive com mais recursos que os tailandeses

douglas santarelli
Visitante

mas esse ai pelo menos voa por instrumentos?

Roberto Dias
Visitante
Roberto Dias

Tapa na cara de quem critica o F-5M!

willhorv
Visitante
willhorv

O que este tem a mais que nosso F-5M?

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Era justamente isto que eu ia perguntar!!!!! abraços st4

Jorge Knoll
Visitante
Jorge Knoll

o nosso é 2ª geração, o deles caça de 4ª geração. Só perdem para F-22 e F35

Marcos R.
Visitante
Marcos R.

Menos, Jorge, bem menos!

Mauro Mancuso
Visitante
Mauro Mancuso

kkkkkkkk

F-5 ng

Mr White
Visitante
Mr White

Boa piada Mauro! =)

Celso
Visitante
Celso

A esta hora ja tem um grupo montado na FAB pra conhecer o projeto de perto…aquela ajudinha de custo basica…e um futuro perojeto F5 Mega Tiger….

Ricardo da Silva
Visitante
Ricardo da Silva

“US$ 96 milhões. O contrato implica quatro atualizações completas dos Tigers, enquanto os dez restantes recebem apenas novos radares.”
Vale a pena ?

Gustavo
Visitante
Gustavo

sinceramente, não. Eles operam 12 Gripen C/D, 53 F-16 A/B/AM/BM e tem 12 T-50 encomendados que vão se somar aos 18 Alpha Jet e 30 ou 35 L-39 Albatros. Modernizar F-5, mesmo que seja como base para treinamento de outras plataformas (visto que vão modernizar a versão F), não faz sentido pois já tem meios modernos de treinamento como o T-50, Alpha Jet e o L-39 (não tão moderno assim). E modernizar pensando na linha de frente, modernizaria alguma quantidade restante de F-16 não modernizados, pois eles tem alguns modernizados, e não de F-5. Com certeza existe alguma explicação, as… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Os F-5FM vão manter a baixo custo uma unidade operacional, o que é importante para a Força Aérea manter pilotos de caça treinados com aeronaves modernizadas de alta performance, mesmo que seja uma 2° linha em relação aos F-16 e Gripen.

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Ainda acho o design dele lindo e como 2a linha de defesa ainda dá um bom caldo! st4

Stene Nilton
Visitante
Stene Nilton

Opinião de um semi-ignorante: Acho que a guerra no futuro precisará “apenas” que levante voo. Já se atinge um oponente sem nem ver… Então, basta voar. Pra quê ser hipersônico se os mísseis já são? Acho que o investimento neste projeto é pra lá de positivo. Viva os F5 !

Bosco
Visitante
Bosco

Stene,
Manobrabilidade tá em baixa mas velocidade tá em alta. Os de 6ª G deverão sinalizar a volta à tendência observada até os anos 70 em busca de maior velocidade.
Velocidades acima de Mach 3 deverão ser buscadas e fala-se até em caças hipersônicos.
E também a autonomia deverá dobrar.
Soma-se a isso furtividade “banda larga” e armas de energia direta e temos um resumo da Sexta Geração.

Stene Nilton
Visitante
Stene Nilton

Tá certo…

Fox-2
Visitante
Fox-2

Bosco,
As armas de energia direta para caças, ainda é um futuro bem distante…
Digo isso, porque energia não se cria, mas se transfere. não vejo nada que uma caça pode carregar tão potente que possa fornecer energia suficiente pra derrubar um caça ou até mesmo um míssil.
Em um vetor de grande porte já existe a muitos anos e é totalmente efetivo.

Tiago
Visitante
Tiago

Talvez um interceptador super especializado, que só tenha que gastar energia com o mínimo de equipamentos a bordo, sendo guiado por datalink e usando todo o espaço interno pra baterias e laser.

A questão é que seria um caça extremamente dependente de outros aviões, sejam AWACS sejam esquadrões de caças convencionais que protejam ele e que forneçam dados. Acaba fazendo mais sentido que esse avião seja um bombardeiro, que por ter um porte maior, teria mais espaço disponível e motores maiores.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Não se pode esquecer que eles têm:
53 F-16, vários modernizados
11 Gripen
34 F-5 inclusive um esq. agressor com 14 em modernização
18 Alpha Jet
12 Kai T-50.
Eles usam inclusive dois F-16 na Esq. de Demonstração, que fazem exibição junto com os Pilatus PC-9.
. http://www.f-16.net/g3/var/resizes/f-16-photos/album39/album49/10324-1542198054.jpg?m=1380467706

Delfim
Visitante
Delfim

Que salada.

Aerokicker
Visitante
Aerokicker

Em quesito de mistureba, eles são piores que a Índia. O almoxarifado disso deve ser um pandemônio.

E ainda assim, com tanto avião diferente, nenhum deles embarca no Chakri Naruebet, que hoje não passa de um iatão de luxo.

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Muito lindo, quero 1 para mim :D.

Vida longa ao F-5, quem sabe sua produção um dia volte.

GengisDu39
Visitante
GengisDu39

Que o bicho é bonito, ahhhh isso é!!!

Hermes Gomes dos Santos Junior
Visitante
Hermes Gomes dos Santos Junior

Alguém sabe como foi a “folha de combate” do F-5 E Tiger II? Sei sobre as operações no Vietnam do F-5 A Freedom Fighter, no programa “Skoshi Tiger”, onde foram realizadas missões de ataque ao solo, mas nenhum combate ar-ar. Mesmo procurando, nenhum F-5 encontrou com um MIG (19 ou 21) no Vietnam. Sei tb sobre a guerra Irã x Iraque, onde os Iranianos utilizavam seus F-14, com seu poderoso radar, para “iluminar” alvos para seus F-5, mas não sei contra quais aeronaves nem sei como foram estes combates. Existe muita informação sobre o F-5, inclusive ressaltando seu bom desempenho… Read more »

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Na Guerra Irã-Iraque os F-5E iranianos foram superiores aos Migs-21, também derrubaram alguns Su-22 e abateram um Mig-25 que já havia sido danificado por um AIM-54 disparado por um Tomcat.

Hermes Gomes dos Santos Junior
Visitante
Hermes Gomes dos Santos Junior

Obrigado pela informação!

Almeida
Visitante
Almeida

Na verdade embates entre Mig 21 e F5 foram raros na guerra Irã-Iraque. E o resultado foi um empate técnico.

https://warisboring.com/in-the-iran-iraq-war-f-5s-and-mig-21s-fought-to-a-standstill/

Mauricio R.
Visitante

Em conjunto com os F-4, saco de pancada dos Mirage F-1 iraquianos.

Hermes Gomes dos Santos Junior
Visitante
Hermes Gomes dos Santos Junior

Muito esclarecedor esse artigo!

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Mais um a agregar e não pra carregar um país continental nas costas sozinho.

Sds.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Pergunta que não se quer calar, pois afinal do F-5M já sabemos a resposta que é não. Esse F-5F Super Tiger teve algum tipo de reforço na estrutura?!?
Acho que a empresa que comprou o Northrop tá perdendo um nicho muito bom do mercado. Poderiam retornar com F-20 Tigershark e pô-lo a venda que pelo que vemos muita gente compraria!

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Hoje seria um concorrente do F-16 e Gripen sem chance de venda, por isso os EUA focaram no F-16.

Delfim
Visitante
Delfim

Gostaria de saber porque a Embraer come mosca e nunca disponibilizou o upgrade “M” para F-5E/F no mercado.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Porque não detem a capacidade completa de fazer o serviço, a revisão estrutural com troca de componentes e preparação para a modernização é feita pelo PAMA-SP e só depois da célula revisada é que a Embraer moderniza a aviônica. Outro detalhe é que a AEL é Elbit e esta modernização da Embraer tiraria o serviço da Elbit, o que poderia não interessar aos israelenses. . Isto poderia ser feito, mas com concordancia e participação da FAB e Elbit, como a modernização dos F-16C/D da Indonésia que foi feita nos EUA pela USAF com participação da LM, mas existe um entendimento… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Esta Base Aérea de Ubon tem história, foi usada pela Austrália com os Sabre contra insurgentes comunistas apoiados por Laos e depois e depois pela USAF com os F-104, F-4, AC-130 e outros aviões e helicopteros durante o periodo de 1962 a 1974 na Guerra do Vietnam.
. https://en.m.wikipedia.org/wiki/Ubon_Royal_Thai_Air_Force_Base

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

pela bagatela de atualização de um F-5 voce consegue o desempenho de um moderno lift na arena de combate e com capacidade de BVR.

Estão certissimos….caça bom é o que voa e cumpre o prometido….

Luiz Antonio
Visitante
Luiz Antonio

Eta aviãozinho porreta. Ja fez história. Daqui uns 20 anos ainda verão B-52 com F-5 na ala.
Projeto bom é isso. os caras “enterram” o bicho e ele renasce com melhorias.
Eu não gostaria de topar com um esquadrão de F-5 TOP como inimigos, quaisquer que seja a aeronave que eu estivesse voando. Teria que incapacita-los no chão.

Luiz Antonio
Visitante
Luiz Antonio

Isso me faz recordar aquela bela menina que todo mundo queria pegar, mas a que deixou saudades é aquela magrela da rua de baixo…kkkkkkk. Eficácia não se esquece.

GripenBR
Visitante
GripenBR

Com essa pintura ai tá parecendo até “Stelfis”. Rs.
Ficou bonito o velho! Velho! Velho Bicudo!

Fábio Mayer
Visitante
Fábio Mayer

Israel tem ótimas relações com a China.

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro
Visitante
Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro

Não sei se alguém já perguntou isso aqui, mas: e a fuselagem, é só repintar e pronto? Troca-se penas o software, sistemas de armas, fiação, radar ? E a estrutura, talvez com fissuras do tempo de uso ?
A Embraer tem capacidade para fabricar toda a fuselagem/empenagens do F-5 ?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor

Francisco, Se está falando dos F-5 tailandeses, a matéria anterior, disponibilizada em link no texto desta, fala de trabalhos na parte estrutural para ampliar a vida útil em horas de voo. Sobre os F-5 da FAB, a cada 1200 horas de voo (se não me engano, pois estou escrevendo de memória) o caça vai para a revisão nível parque, onde todos os equipamentos são retirados e a célula inspecionada em busca de corrosão, fissuras etc, e passa por reparos. Sobre a Embraer fabricar partes do F-5, chegou a produzir na década de 70 algumas partes, se não me engano do… Read more »

Gilberto Rezende
Visitante
Gilberto Rezende

Os Iranianos fazem exatamente assim para manter parte dos quase 300 F-5 de A a F que receberam dos EUA nos tempos do Xá amigo do Tio Sam nas suas “versões xiitas” Saegheh (ou Saeqeh) e Azarakhsh; e estão se lixando por obter licenças ou permissões para fazê-lo… 🙂

https://www.aereo.jor.br/2008/11/16/a-familia-f-5/

https://www.aereo.jor.br/2008/09/06/saudades-do-f-5/

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

A diferença é que o Brasil, além de não ser um Estado fora da lei como o Irã, possui relações diplomáticas normais com os EUA, algo que nem a “diplomacia dos atabaques” do governo anterior conseguiu abalar.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Mais fácil comprar de ex operadores, novas ou usadas.

Anderson
Visitante
Anderson

A pintura ficou uma obra de arte! A elbit se garante| O F5 Modernizado pode fazer um belo estrago, até mesmo com forças contra uma força superior, aplicando-se é claro uma estratégia adequada. Dá-lhe F5.

willhorv
Visitante
willhorv

Ok Nunão.
Acredito então partir logo para as substituições dos nossos F5-M por Gripens, uma vez que existem diferenças tais, que uma nova modernização dos F5-M, sejam caras e de pouco uso prático devido a sobrevivência das células.
Mas vamos usar até o osso os Mike

Mk48
Visitante
Mk48

Todo F5 deveria ter após a sua identificação (F5E, F5F, F5M, etc..) um “H” de Highlander. Esse aí ainda vai estar voando em algum lugar do mundo mesmo quando a designação de caças da USAF já estiver em algo próximo de F-210.

Vida longa ao F5!

Eduardo Jardim
Visitante
Eduardo Jardim

Boa noite foristas.

Qual a vida útil das células do F5-M brasileiros? E qual a média de horas das células na FAB?

Interessante saber que a mesma pode ultrapassar 9.000 horas. Aqui voa-se pouco mas já vi, salvo engano, comentários do Galante e do Cel. Nery sobre as células estarem no osso.

Tallguiese
Visitante
Tallguiese

Ou ressucitem o F-20 logo, tá mais que provado que o tigre e muito bom no que faz. Pequeno muito ágil com garras. Pouca autonomia? Ok coloca ele perto da fronteira como linha de frente então! Olha a silhueta do bicho que lindo. Pelo amor de Deus ressucitem o F-20 haaaaaaaa. Há e fala do Brasil agora também! É Tiger até 2050 ha ha ha

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Já ressuscitaram, e ainda melhor! Mas agora atende pelo nome: Gripen.

Juvenal Santos
Visitante
Juvenal Santos

Eu, que acho que os nossos F5 deviam estar num museu, já ia escrever que fiquei feliz em saber que existe um país com uma força aérea mais miserável que a nossa, mas quando li que ele possuem mais de 50 F-16, achei melhor engolir seco…

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Como os nossos ultimos 3 F-5FM modernizados serão entregues este ano, voaremos até 2030 com certeza, pelo menos um ultimo esquadrão com as ultimas unidades modernizadas, estes 3 Fox e alguns Echo.

mf
Visitante
mf

Nossos F-5M também foram modernizados com aviônica de nível quarta geração, deixando a era analógica para trás. Creio que estes F-5 tailandeses ficarão no mesmo nível dos nossos, sistemas digitais, computadores de bordo, comunicação via datalink, radar multimodo, sistema dash no capacete, sistema de proteção eletrônica, e etc, o normal num caça de quarta geração no que diz respeito ao recheio. O F-5 em si possui limitações incontornáveis, como por exemplo o radar limitado no alcance por não caber um mais potente, seu alcance de ação e autonomia de voo, capacidade de carga e etc, o projeto nunca foi para… Read more »

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Uma pergunta em cima da resposta da minha pergunta, dizem o que o F-20 Tigershark seria concorrente do F-16 e Gripen. Mas volto a dizer, se disponibilizarem, tem país que compraria desde que fosse mais barato que os outros dois aviões anteriores. Agora se a Northrop foi comprada pela fabricante do F-16, ae mesmo que não tem chance de ele, o F-20, voltar ao mercado.

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Quem quer F-5 se o Gripen está chegando!?!
Chega de ser obsoleto!

Delfim
Visitante
Delfim

Alguém sabe qual o valor da hora de voo de um F-5E ?

Alfredo CS
Visitante
Alfredo CS

Ja temos um potencial comprador para nossa frota de F-5…ou, se melar, ja sabemos de onde comprar mais F-5 para a nossa,,,,kkkkkkkk

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

F-5F Super Tiger que beleza! Eu fiz um comentário mas deu problema pode ser que saia repetido um pouco.
Com isso, eu também sou a favor da reabertura da linha de montagem do F-20 novamente, foi um dos melhores projetos de aviação de caça que já existiu, sou saudosista. Apesar de ser Fkanker o F-5G é um dos meus preferidos. Ótima matéria.
Um F-20NG, no Brasil seria o F-40A/B para ser Low do F-39, não seria nada mal.

Almeida
Visitante
Almeida

Reabertura de uma linha de montagem que nunca existiu? O F-20 não passou da fase de protótipo.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Sou saudosista, Almeida. Realmente o foram 3 protótipos, porém um projeto espetacular na época, o qual inspirou alguns fabricantes de caças atuais que se originaram do seu projeto. Só não foi adiante por jogada política, mas isso é assunto para outro post, o que não é o caso.

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.

O novo F-20 chama-se Gripen.

Além do mais, o F-20 é uma evolução de um projeto da década de 50, e creio não haver mais possibilidade de expansão do mesmo.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Rafael M. F., é isso aí. O Gripen NG, JF-17 Thunder, AIDC F-CK-1…

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

N400NT, a ideia ainda vive e vai se concretizando aos poucos.

http://www.aereo.jor.br/2016/08/20/prototipo-do-northrop-t-x-revelado-no-mojave/

Fresney
Visitante
Fresney

Qual radar a Elbit colocou???

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Elta EL/M-2032, claro que colocariam um israelense, no nosso caso usaram outro por decisão da FAB.

Luiz
Visitante
Luiz

Enquanto isso os nossos continuam caindo. Hoje foi mais um.

GripenBR
Visitante
GripenBR

Não dá para deixar de pensar no F-20, se Reagan não tivesse condenado o projeto. Poderiam tê-lo limitado à aqueles que só poderiam ter acesso ao F-5. Estaria com certeza, ainda vendendo igual pão quente.https://youtu.be/1SZB881GXFc

Stene Nilton
Visitante
Stene Nilton

Caiu um F5 agora cedo em Santa Cruz, os pilotos se ejetaram antes.

Rodrigo
Visitante

Atenção !!! última hora, F5 E/F caiu agora de pouco pela manhã na beira da Rio/Santos, os 2 pilotos Ejetaram e estariam bem e já foram levados ao hospital

Fernando "Nunão" De Martini
Editor

Pessoal, agradecemos o aviso, mas já tem post a respeito subindo. Aguardem para comentar nele. Pedimos para deixar esse aqui para continuar o debate sobre os F-5 da Tailândia.

Rodrigo
Visitante

OK “Nunão”

Jeff
Visitante
Jeff

Ficou muito bom pra um caça dos anos 70, considerando todas as limitações de projeto e idade das células, pra um país como o deles pode ser um bom negócio, mas pra nós não, principalmente por ser um caça monomotor pequeno e com limitações de carga útil.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

“Walfrido Strobel 24 de Maio de 2018 at 14:41
Elta EL/M-2032, claro que colocariam um israelense, no nosso caso usaram outro por decisão da FAB.”

Chegou a ver a foto do Fox e o “nariz” com esse radar Israeli ?

Procuro a foto há anos e não encontro.

Marco
Visitante
Marco

Espero que a Tailândia cuide bem de seus avioes, porque em 2050, como ainda nao teremos recebido e nem produzido um Gripen sequer, vamos __________ os F5 deles para reequipar a FAB !
Tá é uma piada. Mas com um pé na realidade…

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO ESCREVA EM MAIÚSCULAS. LEIA AS REGRAS DO BLOG.
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/