Home Aviação de Ataque Turquia deve receber primeiro caça F-35 nos EUA no próximo mês

Turquia deve receber primeiro caça F-35 nos EUA no próximo mês

1525
19
Lockheed Martin F-35
Lockheed Martin F-35

Por Uğur Ergan

ANCARA – Os Estados Unidos entregarão o primeiro caça F-35 à Turquia em 21 de junho, como parte de uma parceria de longa data entre os dois aliados, apesar das tentativas do Congresso dos EUA de impedir o fornecimento de armas ao governo turco.

De acordo com autoridades da indústria de defesa, a entrega do primeiro dos 30 caças F-35 será feita no dia 21 de junho, em uma cerimônia que será realizada nos EUA.

As Forças Armadas Turcas (TSK), que fazem parte do programa JSF do Departamento de Defesa dos EUA, juntamente com vários proeminentes aliados da OTAN, incluindo o Reino Unido, Itália e Holanda, planejam atualizar suas Força Aéreas com 100 Aeronaves F-35 a serem produzidas conjuntamente no âmbito deste programa. O primeiro pacote, no entanto, é sobre a entrega de 30 caças F-35.

Os pilotos da TSK receberão treinamento intenso na sede do principal produtor do F-35, a Lockheed Martin, antes que os caças sejam transportados para a Turquia ainda este ano, disseram fontes. Elas também informaram que estão sendo tomadas providências em bases militares na Turquia, onde os F-35 serão posicionados.

A atual defesa aérea da Turquia é baseada em frotas fortes de F-16. As TSK estão planejando mudar algumas dessas frotas com os novos F-35.

A entrega do primeiro caça F-35 ocorrerá em um momento em que vários congressistas dos Estados Unidos têm instado o governo dos EUA a suspender a venda desses caças para a Turquia por causa da decisão da última de atualizar seus sistemas de defesa aérea com sistemas de mísseis anti-balísticos russos S-400.

A Turquia criticou fortemente o movimento do Congresso dos EUA e prometeu retaliar. “Se eles derem esse passo em um momento em que estamos tentando consertar nossos laços bilaterais, eles definitivamente receberão uma resposta da Turquia. Não há mais a velha Turquia”, disse o ministro das Relações Exteriores, Mevlüt Çavuşoğlu, à emissora privada CNN Türk em uma entrevista em 6 de maio.

Sócios do Programa F-35

FONTE: Hurriyet Daily News

19
Deixe um comentário

avatar
12 Comment threads
7 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
BISPOJuninhoWashington MenezesDelfimEduardo Lima Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Leonardo Araújo
Visitante
Leonardo Araújo

Que história e essa de mudar as regras depois do jogo.
A Turquia foi um dos países que se engajou no projeto de lançamento agora vem o EUA com história de restringir acesso ao produto?
Vai ter que cumprir o acordo.

Nonato
Visitante
Nonato

Onde já se viu?
Um país nada confiável, uma ditadura, islâmico, com pretensões imperialistas com 100 F 35…

Adalberto
Visitante
Adalberto

Fora o termo “nada confiável” (=fazer o que os EUA querem naquela dada região), você acabou de descrever a Arábia Saudita. Liberar F-35 para este reino só uma questão de tempo e vontade de seus governantes.

Adalberto
Visitante
Adalberto

corrigindo: “nada confiável” (= não fazer o que os EUA querem naquela dada região)

Nonato
Visitante
Nonato

No dia seguinte, a Rússia tem acesso in loco ao F35.
O cara ameaçou uma resposta.
Então é melhor cancelar agora a cancelar depois…

Gustavo
Visitante
Gustavo

se tem alguém interessado no sucesso da pesquisa dos radares quânticos, neste momento, é a Grécia. rs

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

Loucura, Erdogan com isso vai arrumar muita confusão.

Jefferson Ferreira
Visitante
Jefferson Ferreira

Agora resta saber de qual lote que eles receberam o F35 provavelmente será da versão somente de treino…

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Ou cediam os F-35, ou os turcos caíam nos braços dos russos e dos chineses, e ainda teriam que arcar com os prejuízos financeiros da retirada de um parceiro do programa.

Nonato
Visitante
Nonato

O Brasil bem que poderia fazer o mesmo, não é?
Dizer ou me cede o F 35 ou me jogo nos braços do Irã… Ou China…

Delfim
Visitante
Delfim

Me cede o F-35 ou não tem nióbio para fabricá-lo.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Até parece que o Brasil está no mesmo contexto geopolítico da Turquia. Se fizéssemos isso os EUA responderiam “vão, não temos nada a perder com isso”. Trump mesmo já disse que não nos quer na OCDE, eles preferem os hermanos perezosos.

Marcelo
Visitante
Marcelo

Imagino q essas aeronaves vão ser entregues à oficiais turcos para voar nos EUA. Até eles irem efetivamente pra Turquia são outros 500…

As aeronaves do Reino Unido que é um partner level 1 (Turquia é 3), por exemplo ainda estão nos EUA – mas é verdade tb q suas unidades são da versão B…

Eduardo Lima
Visitante
Eduardo Lima

Essa política sem sentido e responsabilidade Americana vai dar rolo. Primeiro aceita o acordo e depois a bel prazer desfaz. Isso é perda de credibilidade, o que estão pensando agora na Coreia do Norte depois da quebra do acordo com o Irã.. Podemos ser o próximo.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Já melaram nossa entrada na OCDE, vão colocar a caloteira Argentina! kkkkkkkk

Delfim
Visitante
Delfim

Isso é relativo. Israel nem faz parte do JSF e furou a fila.
Na verdade o F-35 é dos EUA que os venderá a quem quiser.
Qto ao ressarcimento de ser excluído do JSF… a LM passa a perna no Tio Sam, não vai passar em outros ?

Washington Menezes
Visitante
Washington Menezes

A Turquia pediu truco e os EUA, correu.

Juninho
Visitante
Juninho

Sei não, também. Vejo os turcos com sentimentos expansionistas exacerbados, vejo em rede sociais muito posts deles de ódio e muitos exaltando um futuro triunfo de ocupação e derrota da Europa e ocidente por meio de conquista étnica cultural.

BISPO
Visitante
BISPO

Índia … Rafale
Turquia … F35
——————-
Rússia .. novos brinquedos para explorar ?