Home Aviação Militar Força Aérea de Israel lança ataque militar maciço contra alvos iranianos na...

Força Aérea de Israel lança ataque militar maciço contra alvos iranianos na Síria

6503
95
Caças F-16 de Israel
Caças F-16 de Israel

MONTE BENTAL, Colinas de Golã – O Exército Israelense disse na quinta-feira que bombardeou dezenas de instalações militares ligadas ao Irã na Síria, enquanto as tensões entre os três países disparavam.

O Exército disse em um comunicado que seus caças tinham como alvo os locais de inteligência e logística iraniana em Damasco, bem como armazéns de munição, postos de observação e militares.

Os ataques seguiram uma onda de ataques com foguetes feitos durante a noite e direcionados ao território israelense – aparentemente interceptados – atribuídos ao Irã por Israel.

Um porta-voz militar israelense disse que os foguetes foram disparados pela Força Quds do Irã, uma unidade de forças especiais afiliada ao Corpo Revolucionário da Guarda do Irã, marcando a primeira vez que as forças iranianas dispararam diretamente sobre as tropas israelenses.

Do monte Bental, nas colinas de Golan, o porta-voz do Exército Israelense, tenente-coronel Jonathan Conricus, apontou para o local de onde disse que foguetes iranianos foram disparados contra Israel logo após a meia-noite. “Vimos que estava muito claro o que os iranianos estavam fazendo, atacando Israel do solo sírio”, disse ele.

Quatro dos 20 foguetes estavam indo para o alvo, ele acrescentou, mas foram interceptados, enquanto o restante ficou aquém. Israel respondeu atacando 70 locais ligados ao Irã na Síria. “Este foi de longe o maior ataque que fizemos, mas foi focado em alvos iranianos”, disse ele.

As defesas antiaéreas sírias também foram atingidas depois que dispararam contra os jatos israelenses, reconheceu ele. O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um grupo de monitoramento, disse que pelo menos 23 pessoas foram mortas nos ataques.

Israel e Irã estão em rota de colisão na Síria, já que Israel prometeu não deixar o Irã construir uma presença e escalou os ataques contra alvos iranianos do outro lado da fronteira.
O Irã prometeu retaliação após sete de seus soldados terem sido mortos por um ataque aéreo israelense em abril.

Analistas dizem que o desmantelamento do acordo nuclear com  Irã pelo presidente Trump significa que ele tem menos a perder retaliando, e a medida aumentou o peso dos radicais da República Islâmica que querem mostrar força.

O forte apoio de Teerã ao presidente sírio Bashar al-Assad permitiu que ele se aprofundasse na Síria, mas a mídia iraniana minimizou o papel de Teerã na violência, descrevendo os confrontos como sendo entre Israel e a Síria.

Ataques das IDF contra alvos iranianos na Síria
Ataques das IDF contra alvos iranianos na Síria

FONTE: Washington Post

95
Deixe um comentário

avatar
30 Comment threads
65 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
47 Comment authors
Tomoko FujinamiNelson SouzaMarcos AguiarFelipe FernandezMauro Henrique Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mauro 76
Visitante
Mauro 76

O começo do fim dos aiatolas. .

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Amém!

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

O Irã já já vai pro buraco.

Trump tá apavorando.

Fez o Gordinho ficar no lugar dele e agora vai partir pra cima do Irã, com apoio de Israel.

Bem vindos ao novo mundo!

MBP77
Visitante
MBP77

Pois é, Rui.
O topete apertou o gordinho onde dói (China), o que o forçou às negociações com o seu par do Sul, algo inimaginável poucos meses atrás.
Mas o problema é o Trump.
Claro (que não).

Sds.

Delfim
Visitante
Delfim

Não se derruba um regime estabelecido com ataques e sim com invasão terrestre.

Bardini
Visitante
Bardini

Quem vai derrubar aquele regime vão ser os iranianos.
Muita gente lá quer uma democracia secular e o fim da ditadura religiosa.
.
O problema da Síria, quem está causando é o Islamic Revolutionary Guard Corps. São nesses aí que Israel está sentando o dedo.
E com a benção do tio Putin:comment image

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Bem colocado Bardini! O velho major da KGB sabe que no pós-guerra sírio a presença iraniana em território sírio será um problema e um entrave para os interesses russos não apenas no país árabe como também no próprio O.M.

Antonio Jefferson
Visitante
Antonio Jefferson

Exatamente, apesar da monarquia iraniana ter sido terrível, no período dos xá existia maior liberdade civil , no que se diz a vestimentas das mulheres acesso a educação e opção religiosa, o grande êxtase que tomou conta dos iranianos na grande revolução islâmica já passou , eles querem mudanças , e os recentes casos de corrupção dentro os clérigos iranianos de alto escalão, está causando mais revolta diante os jovens.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Bem lembrado! A verdade é que hoje as placas tectônicas da sociedade iraniana se movem sem que a truculência do regime teocrático (e de tintas notoriamente fascistas) possa fazer muito. Recentemente durante o feriado da ascensão do profeta (quando segundo a crença islâmica Maomé foi escolhido por Alá para ser seu mensageiro) muitos moradores da cidade de Shiraz simplesmente ignoraram as mesquitas e se dirigiram ao túmulo do poeta Hafez, que no Século 14 enaltecia o amor e o prazeres do vinho ao mesmo tempo em que criticava a hipocrisia de alguns religiosos. Assim, ante a repressão e brutalidade do… Read more »

Hélio
Visitante
Hélio

Diziam o mesmo da Síria e olha só. Nunca é bom acreditar nesse tipo de informação sem conhecer o país por dentro. A propaganda sempre vai tentar criar um ambiente favorável. Sem falar que esse tipo de propaganda só justifica o endurecimento e tem efeito contrário. Um Irã ocidentalizado, hedonista e pagão foi o que fez o Irã entrar nesse regime, alias, é justamente o fantasma da decadência moral que criou o radicalismo islâmico. Defender a ocidentalização, que sempre trará junto com sigo o hendoismo, o secularismo e a decadência cultural é o mesmo que defender esse ~socialismo liberal~ que… Read more »

Mauro Henrique
Visitante
Mauro Henrique

Muito bem colocado Bardini 👏👏

Leonardo Guerreiro
Visitante
Leonardo Guerreiro

Com os EUA e Israel olhando o Irã como almoço, a Russia fica feliz em olhar a Ucrânia como jantar

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Senti algo de poético nas suas palavras….rs!

Helio Eduardo
Visitante
Helio Eduardo

Diria profético!

marrua 113
Visitante

O USA sempre achando alguém pra iniciar uma guerrinha , não que o “gordolinha , “yossef” ou do “turbante” sejam bons, mas os USA sempre procurando uma maneira de gastar seu recursos em armas pra manter “conflitos” em que o maior interessado é o próprio USA com suas fábricas de armas e todo seu lobby interno, “trumpete” e sua trup mantendo aquecida e viva a economia dos USA, vamos gastar com munição, armas e víveres made in USA e dane-se as vidas que isto arrastam junto.

tomcat3.7
Visitante
tomcat3.7

Bem vindo ao mundo real meu jovem.

GEN Escobar
Visitante
GEN Escobar

Caro Marrua 113, Respeito seu comentário mas cuidado com as idéias rasas e unilaterais vermelhas que repetidas 1000 vezes tornam-se verdades absolutas e dificultam o bom andamento do mundo que vivemos. Disse “dificultam” não porque você tem uma opinião contrária – ao que respeito e faz parte da democracia – mas porque essas visões impedem de justamente ver os dois lados de uma problema retardando uma tomada de decisão. Provavelmente você toma coca-cola, pepsi, sprite, fanta e afins, usa ou já usou tenis Nike, o computador de onde você mandou essa mensagem tem componentes “made USA” ou desenhado por americanos,… Read more »

Gavião 15
Visitante
Gavião 15

Criticar os EUA, e principalmente Trump, que com certeza tem uns parafusos a menos, não significa em hipótese nenhuma apoio ao regime dos aiatolás, ou qualquer simpatia com ideologias marxistas ou afins. É óbvio que os regimes democratas ocidentais com seus defeitos, estão anos luz a frente em termos de civilidade, em relação aos regimes totalitários, fanáticos-religiosos obscurantistas do Oriente Médio.

Hélio
Visitante
Hélio

Cuidado hein, talvez a Suíça, a Itália, os países da Europa central, sim, agora, Alemanha, França, Inglaterra estão se tornando tão ou mais “piores” que os regimes do oriente médio. Não existe mais democracia ocidental, os governos estão cada vez mais centralizadores e cada vez mais ditando o que as pessoas devem fazer com base em coerção. Veja o caso da censura, até poucos anos atrás era inimaginável que um governo ocidental punice quem se expressa, hoje na França já é crime se manifestar publicamente contra o aborto. Na Inglaterra você pode ser preso por ~misoginia~. Dos países ocidentais, o… Read more »

Bravox
Visitante
Bravox

Isso é bom gera uma grande encomodo logo uma revolta dos povos .

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Só o fato de vc citar o Deus deles como um “deus” em minúsculo, ja mostra todo o seu radicalismo e preconceito.

GEN Escobar
Visitante
GEN Escobar

Caro Walfrido, Vamos lá…o entendimento do anunciado faz parte da prova. Eu me referí a “deus” aqueles que usam da fé e das crenças como meio de controle, persuasão e domínio. Exemplo…temos um ex-político aqui no Brasil preso em Curitiba que todos que o seguem já o consideram um “deus”, ou seja, usam de sua imagem, fé, crença, mentiras e etc para que continuem controlando e domindando as pessoas que o seguem para seus (líderes desse movimento) próprios proprósitos. Entendeu agora?! Aliás…o verdadeiro Deus (Agora sim com “D”) do povo árabe é o mesmo que o meu, mas com nome… Read more »

Nelson Souza
Visitante

Very very good !.

Luiz Guilherme Menezes Di Calaça
Visitante
Luiz Guilherme Menezes Di Calaça

Uma dúvida:

“O Exército disse em um comunicado que seus caças tinham como alvo os locais de inteligência e logística iraniana em Damasco, bem como armazéns de munição, postos de observação e militares.”

Em Israel a Força Aérea é uma força dentro do exército ?

Vader
Membro
Vader

A tradução deve estar errada. Devem ter traduzido IDF (Israeli Defence Force ou Força de Defesa de Israel) como “exército”, quando na verdade a IDF engloba os três ramos.
https://pt.wikipedia.org/wiki/For%C3%A7as_de_Defesa_de_Israel

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Sem dúvida uma reação contundente de Israel ante ao ataque desferido pelas forças a mando do ditadura teocrática iraniana. Na noite de quarta a força Quds da Guarda revolucionária iraniana disparou 20 foguetes contra o Golan sendo que 4 foram interceptados pelo sistema Iron Dome (que mais uma vez mostra sua eficácia) ao passo que 16 caíram em território sírio. Em resposta as forças israelenses, especialmente a Heyl Ha’Avir, desfecharam um contundente ataque contra as infraestruturas iranianas em território sírio que atingiram depósitos de armas, instalações logísticas e centros de inteligência, matando 18 combatentes estrangeiros (ao que tudo indica iranianos).… Read more »

Antonio
Visitante
Antonio

Os iranianos já chegaram na fronteira de Israel. E a situação vai piorar com a próxima ofensiva do Exército sírio no Sul do País. Sem contar a vitória eleitoral do Hezbollah no Líbano. Tirando o regime decrépito da Jordânia, Israel está só com ‘amigos’ na fronteira.
Lembro que ontem correram notícias que os iranianos bombardearam a Colinas de Golã criminosamente ocupadas por Israel.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Rubinho, você está atrasado! Após o risível ataque iraniano ao Golan (conquistado por Israel em 1967 e reconquistado em 1973) onde a imensa maioria dos foguetes caiu em território sírio e os restantes foram interceptados pelo Iron Dome os israelenses desfecharam um contundente ataque que praticamente dizimou as infraestruturas iranianas no país árabe. Ah! Falando nos vizinhos de Israel você esqueceu do Egito que, como todos sabemos, desde o tratado de Camp David mantém relações normais com o Estado Judeu sendo que a relação entre políticos e militares dos dois países é excelente. Lembro que durante a Operação Protective Edge… Read more »

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

O bom é que Israel já deu uma surra em tudo esses países juntos.

Ai vai ser a segunda vez que vai acontecer.

Nada de mais pra quem já bateu em todos esses na guerra dos 6 dias:
Egypt
Syria
Jordan
Iraq[1]
Lebanon[2]

Apoiados por:

Algeria
Kuwait
Libya
Morocco
Pakistan[3]
PLO
Sudan
Tunisia

Antonio
Visitante
Antonio

Rui Chapéu. Israel seria derrotado em 1973, não fosse a ajuda americana. Interessante artigo publicado em 2010: http://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,as-licoes-da-guerra-de-1973-imp-,623694 Alguns trechos: ‘Para muitos israelenses, a Guerra do Yom Kippur, de 1973, foi um momento de terror. O país sofreu um ataque devastador e obteve a vitória a um alto custo, com a ajuda americana no último minuto. Na semana passada, os debates confidenciais entre os líderes do governo nos primeiros dias da guerra vieram a público e tomaram a atenção de todos.’ ‘As transcrições das reuniões mostram o ministro da Defesa Moshe Dayan no limiar do desespero. ‘ ‘Buscando uma salvação,… Read more »

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

bla bla bla

Mas não foi.

E esses países árabes seriam o que sem a ex-URSS? Vc esquece desse detalhe?

Ah… é lógico que vc esquece! eaiohaeoihoei

Antonio
Visitante
Antonio

As aventuras dos liliputianos vão durar até quando a paciência dos contribuintes americanos aguentar.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Os único liliputianos, morais por acaso, são os iranianos e seus acólitos…

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Nada mais falso! Embora no momento inicial de fato o gabinete israelense tenha sido tomado pelo pânico o fato é que Israel logrou virar o jogo no conflito. Israel “não seria derrotado” em 1973 sem a ajuda americana visto que a ofensiva síria no Golan, que era a que ameaçava de forma mais premente o país, foi contida antes que a operação Nickel Grass (o envio de ajuda pelos EUA) fosse deflagrada. De igual forma os egípcios estacionaram do lado leste do Sinai o que permitiu a Ariel Sharon, em uma das manobras mais brilhantes da história militar, cruzasse o… Read more »

Antonio
Visitante
Antonio

Se vc quer negar relatos históricos, o problema não é meu.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Eu estou relatando os fatos históricos e não os distorcendo como você…

Vader
Membro
Vader

Vc acha mesmo que Israel seria derrotado em 73 com 50 ogivas termonucleares à disposição?
.
Tolinho… 🙂

PS: a própria Golda Meir disse antes de morrer que se Israel se visse na iminência de perder no Yom Kipur ela teria autorizado ataques nucleares contra todos os inimigos.

Antonio
Visitante
Antonio

Se vc considerar que teria de lançar bombas no próprio território, visto que os árabes estariam lá, seria uma interessante possibilidade.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Atrasado de novo Rubinho!? os inimigos a quem o Vader estava se referindo eram os Sírios, egípcios e iraquianos!

Outrossim, durante esses conflitos esses países sequer conseguiram invadir o território israelense visto que ficaram no Sinai e no Golan.

Continue assim! o teatrinho dos inimigos de Israel, invariavelmente com o cheiro de enxofre do antissemitismo, é risível…

Antonio
Visitante
Antonio

Levando-se em conta que os israelenses estavam sendo derrotados e com território tão exíguo, certamente os árabes estariam nas ruas de Tel Aviv.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Quem chegou muito perto das ruas de Damasco (40km) e do Cairo foi justamente os israelenses. Isso é que é “estar sendo derrotado” não é mesmo!?

Outrossim, repetir a mentira de que “os israelenses estavam sendo derrotados” não vai torná-la verdade Toinho!

Antonio
Visitante
Antonio

Israel não tem potencial para dominar grandes territórios. Com uma população de cerca de 8 milhões de habitantes, sendo apenas 6 milhões de judeus, não tem condições de manter qualquer tipo de guerra de desgaste. A última guerra no Líbano atesta tal situação, quando ocorreram perdas de homens e armas que estressaram o País. Imagine isso contra dezenas de milhões de adversários. Sem chances.
Além do mais, os fatos históricos confirmam que sem forte ajuda externa, Israel não se aguenta.

Vader
Membro
Vader

“Criminosamente” ocupadas? Israel já se ofereceu para devolver o Golan Heights para a Síria por INÚMERAS vezes, bastando que para tanto a Síria reconheça o Estado de Israel.
.
O que o Egito, por exemplo, já fez, motivo pelo qual recuperou o Sinai.
.
O que o pai desse crápula que se diz o governante sírio fez? Mandou Israel às favas…
.
Israel tem é muita paciência com a Síria… devia é ter parado a ocupação em Damasco…
.
Ou solta logo uma bomba atômica e acaba com a palhaçada pelos próximos… dois bilhões de anos…
.
Israel é muuuuuuito, mas muuuuuuito bonzinho…

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Esse argumento de que o Golan estaria “criminosamente ocupado” só cola na plenária do DCE Lord Vader….rs!

No mais é exatamente o que você afirmou! Foram inúmeras as ofertas de Israel para devolver o Golan em troca da paz e do reconhecimento diplomático e todas foram rechaçadas quer pelo pai, quer pelo filho. Ou seja, a Síria e o seu povo são vítimas das péssimas escolhas da tirania dos Assad.

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Se alguém souber se o F-35 Natimorto deu as caras na Síria nos avise!
Agora é a grande chance de ver se presta ou não essa tão elogiada furtividade!!!

Luiz Konfidera
Visitante
Luiz Konfidera

Pois é Sérjão, você vivia arrotando aqui no blog dizendo que Israel não entra mais no espaço aéreo Síria por causa das defesas antiaéreas, o que aconteceu agora? Tem até vídeo do Pantsir sendo destruído. Pior, você fica cobrando a presença de um avião furtivo (F-35) na Síria, e Israel mais do que provou que consegue entrar e sair do espaço aéreo Sírio com aviões de 4º geração. Se com aviões de 4º geração Israel já fez essa festa toda, imagina com o F-35 plenamente operacional? Para a tristeza dos anti-semitas, Israel mais uma vez logrou sucesso em se defender… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Daqui a pouco vamos ficar sabendo quantos mísseis, bombas e projéteis de 20 mm disparados pelos caças israelenses foram interceptados pelo sistema de defesa sírio.

ScudB
Visitante
ScudB

Duvido Bosco (apesar que já tem fotos com misseis abatidos).
Agora o que é mais interessante é que Israel mudou a tática vendo a pouca eficiência das ataques feitas com 2-4-6 cacas somente.Foram usados 28 para disparar os 50 “ar terra” (e com dezenas de unidades de apoio de EW e inteligência). E mais 10 misseis táticos..
Temos uma mudança considerada. Não acha?
Um grande abraço!

Bardini
Visitante
Bardini

Os caras usaram até Spike NLOS!

Augusto
Visitante
Augusto

Então, no seu mundinho particular, Israel ‘Tornou-se um verdadeiro pária evitado por quase todos’? Que todos? Ontem mesmo Netanyahu estava na Rússia participando das celebrações do Dia da Vitória, sentado ao lado de Putin. O maior aliado de Israel são os EUA. Evite ficar escrevendo bobagem aqui.

Antonio
Visitante
Antonio

Eventos sociais não contam.

Eduardo
Visitante
Eduardo

Não existe eventos sociais entre países. A relação entre nações não é igual a relação de vizinhança, onde vc pode aturar um vizinho chato no seu churrasco só para fazer uma social. A participação de um chefe de estado em um evento de outro país é um símbolo diplomático de prestigio, quem não tem esse tipo de prestígio não é convidado e se for de entrão nem é recebido. Entre nações existe apenas interesses e se ele foi chamado para um evento importante como o dia da vitória e ainda sentou ao lado do chefe de estado é porque estes… Read more »

Antonio
Visitante
Antonio

Aturar vizinhos chatos é o que mais existe nas relações entre países. Ainda mais quando o vizinho, o nanico do bairro, fica se escudando no irmão mais velho.

Luiz Konfidera
Visitante
Luiz Konfidera

O nanico tem um porrete chamado bomba termonuclear, o qual pode usar contra qualquer vizinho, então Israel não necessita obrigatoriamente de outros países para se defender.
Como não pega bem usar bomba nuclear em guerras, Israel não as usará, a menos que esteja perto de uma derrota iminente.
Por esse motivo só utiliza armamento convencional, recebendo ajuda financeira americana. É óbvio que se os USA não ajudassem financeiramente ou se não vendesse aviões e misseis, Israel certamente sofreria bastante, mas ainda assim poderia terraplanar seus vizinhos com bombas termonucleares.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

No mundinho particular dos odiadores do Estado de Israel qualquer bobagem está valendo amigo Augusto!

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

OMG, isso aqui virou Amantes X Inimigos de Israel…o que não vai a lugar nenhum, quem ama vai continuar amando e quem odeia vai continuar odiando.

Heraclides
Visitante

Israel sabe que para eliminar a ameaça na fronteira, o alvo principal será o próprio território do Iran.
Talvez, breve.

Heitor
Visitante
Heitor

Não convém ao mundo ver Israel ser atacado… todos tem negócios por lá, inclusive a Rússia do tio Putin, sem contar que o Irã pode ser um entrave no Pós-Guerra Sírio, onde até a Turquia está passando o dedo. O Pós-Guerra será uma bagunça e não convém para a Rússia ver o Irã por lá…

Vader
Membro
Vader

Eu fico realmente impressionado com a paciência da única democracia daquela pocilga de Oriente Médio, Israel.
.
Se sou eu acabava com a palhaçada em dois movimentos: um Jericho III bem localizado na Síria e um comunicado alertando que o próximo “pousaria” em Teerã.
.
Pronto: guerra acabada. Paz com Israel.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Lord Vader, desconfio que sírios e iranianos ainda precisam tomar muita bomba na cabeça para aprender….

Vader
Membro
Vader

Basta uma Leo…

Antonio
Visitante
Antonio

Pelo tamanho de Israel, acho que lá seria onde uma bastaria, né?

Marcos Aguiar
Visitante
Marcos Aguiar

Tamanho não é documento. Não é atoa que um país tão pequeno é muito superior em todos os aspectos aos seus vizinhos hostis, e ainda bate neles sem mais dificuldades.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Mas antes tem que passar no congresso americano para pedir as doletas que vão custear os ataques.

Luiz Konfidera
Visitante
Luiz Konfidera

As bombas termonucleares já estão pagas a bastante tempo….

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Se já estão, pois está na hora de cancelar a mesada dos EUA, que o bobobama renovou por mais uma década.

PauloR
Visitante
PauloR

A essas horas os iranianos já repuseram tudo que foi perdido e segue o jogo.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Explica como vão repor em menos de 24 horas toneladas de suprimentos, armas e munição? E como irão reconstruir as infraestruturas destruídas?

PauloR
Visitante
PauloR

Acho que você não entendeu o que eu quis dizer.
O ataque israelenses contra as posições iranianas na Síria tem pouco efeito porque o que foi destruído pode ser reconstruído em poucos dias, as munições, armas e suprimentos podem ser repostos, e a Rússia como aliado tanto doas sírios quanto dos iranianos pode garantir o fornecimento se for preciso. Por isso disse que esse ataque só serve para colocar fogo debaixo das saias do fanboys e admiradores do genocida corrupto israelense.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Quando você diz “a essas horas” implica afirmar que os iranianos teriam nesse exíguo tempo de menos de 24 horas não apenas reposto as toneladas de armas, munições e suprimentos perdidos no ataque israelense como também reconstruído as infraestruturas físicas. Ademais você se esqueceu que essas armas e suprimentos precisam ser transportados para a Síria estando os referidos comboios, portanto, sujeitos a novos ataques israelenses. E a despeito da Rússia ser aliada da Síria, não faz doações aos iranianos inclusive pelo fato dos mesmos estarem sob embargo de armas da ONU. Por fim, já que você afirma ser Netanyahu corrupto… Read more »

PauloR
Visitante
PauloR

Só um tolo para achar que o Irã não recebe apoio russo na área militar, seja por meios legais ou ilegais. Quanto ao regime iraniano, eu acho fascista e não concordo com as ideias radicais do regime mas isso é um problema interno deles, por isso, longe de mim achar que eu devo apoiar americanos e israelenses contra o Irã porque não concordo com o sistema do país. Agora me surpreende quem com toda boçalidade chama Putin de corrupto, critica as posições dele, fala dos fascistas iranianos ao mesmo tempo, rasga calcinha para o corrupto e genocida do Netanyahu e… Read more »

PauloR
Visitante
PauloR

Esse ataque só serviu para colocar fogo debaixo das saias dos fanboys e admiradores do genocida corrupto Netanyahu, o Irã não vai sair da Síria hoje e nem amanhã mas vai fortalecer sua presença no local.

Vader
Membro
Vader

E vai continuar tomando bomba na cabeça…

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Se os iranianos tentarem permanecer e reforçar sua presença continuarão sendo atacados por Israel, que tem todo o direito de se defender. Simples assim.

Marco Souza
Visitante
Marco Souza

Nao consigo entender esta estranha relaçao entre Netanyahu e Putin, ontem ele estava sentadinho do lado do Putin na Praça Vermelha, o que sera que Trump acha disso?

Vader
Membro
Vader

Simples: o facínora do Kremlin é quase tudo que existe de ruim, mas não é burro. Ele SABE que se Bibi quiser detona o OM inteiro, o que não presta pras suas pretensões.

carcara_br
Visitante
carcara_br

A Rússia vem tentando um diálogo com os americanos a muito tempo, se expondo a situações diplomáticas embaraçosas por este objetivo, aposto que prefeririam ter o trumph ao lado de putin, só que os americanos simplesmente não fazem isto, eles podem se dar ao luxo da confrontação aberta aos interesses do kremlin. O fato de bibi está presente demonstra bem que israel pode atacar o OM inteiro, mas ele de forma alguma pode atacar a Rússia.

Paulo
Visitante
Paulo

Vamos destruir esses malditos Russos, melhor é o facínora da Casa Branca. Mata muita gente para ter a hegemonia financeira mundial delegando aos seus aseclas a missão de assassinos. Capacetes brancos, Grã-Bretanha, França, Israel…

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

O lobby de Israel na casa branca e no congresso americano é fortíssimo, tu acha mesmo que o Trump liga para o que Bibi faz?

Jacinto
Visitante
Jacinto

Existem muitos russos em Israel. Mas na verdade, os ataques de Israel contra os iranianos ajudam os russos. Isso porque existe, hoje, o Irã é “concorrente” dos russos na capacidade de influenciar o Assad. Se o Israel enfraquecer o Irã, os russos saem fortalecidos.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Se os iranianos querem repor o que foi destruido, vai continuar jogando dinheiro fora, porque sera bombardeado outra vez.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Pelo que eu conheço de lançadores múltiplos de foguetes, e pelo vídeo do ataque se foram usados 2 lançadores foi bastante, muito provavelmente o fogo partiu de um único lançador. Se, isto for verdade, o ataque costuma ser concentrado num ponto específico com os mísseis caindo a poucas dezenas de metros um dos outros, logo, interceptar 4 de 20 não é sinal de sucesso, mas de um tremendo fracasso, o que o ataque planejou acertar foi acertado, a menos que a mira não estivesse boa. Temos uma boa ideia do quão difícil é lidar com um ataque de saturação. Para… Read more »

Agnelo Moreira
Visitante
Agnelo Moreira

Senhores
Todos fazem alianças. Se Israel foi salvo ou não, não interessa, ganhou a guerra dando um pau nos outros.
Os árabes quase ganharam! Uns vão dizer. Não foi com meios deles…
O q interessa é q o OM está fervendo, e isso pode respingar em todo mundo.
Sds

pgusmao
Visitante
pgusmao

Os israelenses deviam atacar logo as instalações nucleares iranianas e liquidar tudo, já andaram treinando com seus jatos a uma distância semelhante, mas resta saber quando implementarão um ataque desses.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Engraçado… Tou vendo aqui gente dizendo que o fim dos Aiatolás esta chegando… Se é verdade?!? Pq não vão logo e derrubam heim?!?
Respondo… É melhor ter um monte de terrorista doido num local do que vários lobos solitários espalhados.
Ninguém em sã consciência vai derrubar o Irã somente e tão somente por isso!

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Vídeo para lá de interessante do twitter das IDFs, mostrando o exato momento em que uma bateria de SA-22 (Pantsir S-1) é colocada fora de combate por um míssil israelense:

https://twitter.com/IDFSpokesperson/status/994625305007607813?s=19

carcara_br
Visitante
carcara_br

Interessante entre os segundos 5 e 6 alguém parece correr em direção a bateria

Ridge
Visitante
Ridge

Míssil israelense atingindo um veículo lançador Pantsir-S1 durante os ataques:

https://twitter.com/IDFSpokesperson/status/994625305007607813?s=19

Jacinto
Visitante
Jacinto

Tem um usuário do Twitter chamado “QalaatAlMudiq” que tem um vídeo mostrando um Pantsir sendo destruído pelos israelenses. OBVIAMENTE NÃO ATESTO A VERACIDADE DO VÍDEO mas é uma cena impressionante.

Peço desculpas pela caixa alta, mas é para ressaltar que não sei se ele é verdadeiro ou não.

Abraços

marcio alves
Visitante

Uma coisa que fico pensando, o Irã tem bases na síria e não colocaram sistemas de defesa anti- aérea pra proteger tais instalações? Ai fica uma pergunta no ar, será que vão deslocar seus S-300 para a Síria? Claro que isso é apenas um pensamente e pouco provável de acontecer. E seus mísseis balísticos serão usados?

CRSOV
Visitante
CRSOV

Vejo aqui alguns pregando que Israel deve liquidar logo essa disputa usando armamento nuclear porém vejo essa possibilidade como sendo muito perigosa pois quem garante que o outro lado (Iran) não tenha também armas nucleares para retaliar ?? O Iran passou anos e anos e gastou bilhões e mais bilhões de dólares construindo centrífugas e cavernas a centenas de metros abaixo do solo para não ter nada em mãos hoje em dia ?? Será que são tão burros ou tão incompetentes ?? Será que não existem muitas outras bases subterrâneas totalmente desconhecidas e trabalhando secretamente na construção de armas nucleares… Read more »

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

Ué?! Mas não tinha gente falando que os Sírios tinham achado o caminho das pedras na defesa antiaérea contra Israel? E como Israel, então, entrou com quase 3 dezenas de aeronave para martelar 70 alvos? Na sequência, previsível, de uma ataque de foguetes iranianos ao território israelense? Então estava tudo desligado? São burros, assim, esses sírios?

Olha, é melhor Putin parar de incomodar o bolso do contribuinte russo com esse negócio de presentear os sírios com defesa antiaérea. Ontem ficou claro que não vai adiantar grande coisa…

Luiz Konfidera
Visitante
Luiz Konfidera

Pois é Marcelo, os fanboys dos equipamentos Russos esquecem de forma proposital a capacidade da Hel HaAvir, esqueceram que a IDF lutou grandes guerras, em sua maioria em inferioridade numérica de soldados e equipamentos (aviões, tanques, etc), e ainda assim ela saiu vitoriosa. Esquecem desses grandes feitos de Israel e de sua grande capacidade, confiando exclusivamente na propaganda de equipamentos russos. Os armamentos russos são bons? Óbvio que são. Mas de nada adianta equipamento bom sem doutrina adequada de emprego e operado por cabeças de bagre. Mesmo que a Síria possuísse S-300, ainda assim poderiam sair derrotados, como ocorreu nesses… Read more »

Felipe Fernandez
Visitante
Felipe Fernandez

Tem gente aqui que errou de país, são imbecis que não entendem nada de R.I. e não conseguem reconhecer uma hegemonia nem estampada na cara deles, tá na cara que se queremos um Brasil forte isso significa apresentar problemas para a hegemonia dos EUA e não incentivar a sua consolidação. Quanto aos islâmicos o melhor é que desapareçam como todas as religiões e no processo levem os cristãos e judeus!

Tomoko Fujinami
Visitante
Tomoko Fujinami

Há relatos que a Força Aérea Israelense atacou seis posições do Hamas na noite de quarta-feira em toda a Faixa de Gaza com algumas dezenas de mísseis.

O Irã deve prosseguir com uma proxy war contra Israel.